• The scientific production in Epidemiology of the Journal Ciência & Saúde Coletiva Artigos

    Silva, Antônio Augusto Moura da; Peixoto, Sérgio Viana

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O objetivo deste artigo é apresentar uma descrição e análise da produção científica em Epidemiologia da Revista Ciência & Saúde Coletiva desde sua criação, em 1996. Os títulos e os resumos de todos os artigos publicados em três períodos (1996 a 2002, 2011 e 2019) foram lidos e aqueles relacionados à área da Epidemiologia foram analisados. Essas publicações foram classificadas quanto à área temática, tipo de estudo, procedimento e tamanho amostral e local de procedência do autor principal. O percentual de artigos epidemiológicos publicados na revista saltou de 12,8% no primeiro período para 31,0% em 2011 e 55,3% em 2019. Os temas mais estudados foram as doenças crônicas não transmissíveis (20,3%), epidemiologia nutricional (12,2%) e avaliação de sistemas, políticas, programas e serviços de saúde (10,9%). Predominaram os artigos descritivos/transversais, conduzidos entre adultos e provenientes da região Sudeste. Os resultados indicam a necessidade de maior participação de estudos de coorte, caso-controle e ensaios clínicos no escopo das publicações da revista, além de artigos que utilizem métodos estatísticos mais sofisticados e modelos teóricos bem definidos, o que poderá contribuir de forma mais relevante para prevenção e controle de agravos à saúde.

    Abstract in English:

    Abstract The aim of this article is to present a description and analysis of the scientific production in Epidemiology of the Journal Ciência & Saúde Coletiva since its creation in 1996. The titles and abstracts of all articles published in three periods (1996 to 2002, 2011 and 2019) were read and those related to Epidemiology were analyzed. These publications were classified according to the thematic area, study design, sampling method and sample size, and place of origin of the first author. The percentage of epidemiological articles published in the journal jumped from 12.8% in the first period to 31.0% in 2011, and to 55.3% in 2019. The most studied topics were chronic non-communicable diseases (20.3%), nutritional epidemiology (12.2%) and evaluation of health systems, policies, programs and services (10.9%). Descriptive/cross-sectional studies, conducted among adults and from the Southeast region, predominated. The results indicate the need for greater participation of cohort studies, case-control and clinical trials in the scope of the journal’s publications, in addition to articles that use more sophisticated statistical methods and well-defined theoretical models, which may contribute in a more relevant way to prevention and control of health problems.
  • The power to make history by disseminating science Artigos

    Minayo, Maria Cecília de Souza

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Neste texto conta-se a história da criação, do desenvolvimento e do status atual da Revista Ciência & Saúde Coletiva sob a perspectiva de quem foi responsável pela sua criação. O objetivo é contribuir para a construção da memória de um periódico nacional, suas possibilidades e limitações. Embora seja um depoimento pessoal, na sua elaboração se utiliza a perspectiva teórica da narrativa, que consiste na utilização de uma sequência singular de eventos, estados mentais, ocorrências envolvendo seres humanos como personagens ou autores, podendo ser real ou imaginária sem perder seu poder como história. Autores que trabalham com estudos de narrativas e processos de construção científica são referenciados; assim como é explicitado o contexto em que a história acontece. O estudo mostra a importância de, na gestão da Revista, ter metas claras, persistência no trabalho e contar com a interconexão de importantes atores sociais, de apoios institucionais e de cooperação nacional e internacional. O papel dos indivíduos e das organizações é realçado. O artigo conclui que a Revista avaliza a produção intelectual, assegura a propriedade intelectual, legitima novos temas e define os limites do que é publicável no campo da saúde coletiva, sendo fiel a seus princípios originais.

    Abstract in English:

    Abstract This text tells the story of the launching, development, and current status of the scientific Journal Ciência & Saúde Coletiva from the perspective of who was responsible for its creation, and aims to contribute to the construction of the memory of a national journal, its possibilities, and limitations. While it is a personal statement, the theoretical perspective of narrative is employed in its elaboration, which consists of the use of a singular sequence of events, mental states, events involving human beings as characters or authors, which can be real or imaginary without losing its power as history. Authors who work with studies of narratives and scientific construction processes are reference, and the context in which the story takes place is explained. The study shows the importance of having clear goals, persistent work, and interconnection of important social actors, institutional support, and national and international cooperation in the Journal’s management. The role of individuals and organizations is highlighted. The paper concludes that the Journal endorses intellectual production, ensures intellectual property, legitimizes new themes, and defines the limits of what is publishable in Collective Health, in line with its primary principles.
  • Primary health care in the 25 years of Journal Ciência & Saúde Coletiva Artigos

    Bousquat, Aylene; Medina, Maria Guadalupe; Mendonça, Maria Helena Magalhães de; Almeida, Patty Fidelis de; Aquino, Rosana; Santos, Alaneir de Fátima dos; Giovanella, Ligia

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A Atenção Primária à Saúde (APS) é uma área de estudo que tem crescido nacional e internacionalmente. No Brasil, esta produção se expressa sobremaneira no campo da Saúde Coletiva. O objetivo do artigo é o de analisar a produção sobre APS divulgada nos primeiros 25 anos da Revista Ciência & Saúde Coletiva (C&SC). Foi realizada uma revisão narrativa, com análise dos temas, dos métodos, da escala de análise, das parcerias estabelecidas e da autoria. Foram publicados 295 artigos, o que corresponde a 5,9% do total de publicações. Observou-se tendência de crescimento de artigos versando sobre a APS. Os estudos foram na sua maioria empíricos (78,6%), com abordagem qualitativa (58,0%) e com predomínio de abrangência local ou municipal. Quanto à população estudada, foram mais frequentes os estudos realizados com profissionais de saúde. Os três temas que predominaram foram: o modelo assistencial, o desempenho ou efetividade da APS e o processo de trabalho. O perfil encontrado dialoga com a rica e diversa experiência da APS brasileira, no entanto permanece o desafio de incorporar análises mais amplas. Os artigos publicados evidenciaram os debates e contribuíram para a reflexão e a divulgação da experiência da APS brasileira, que foi e é central para a construção do Sistema Único de Saúde.

    Abstract in English:

    Abstract Primary Health Care (PHC) is an area of study that has improved remarkably in the last decades. In Brazil, this academic production is highly expressed in the field of Collective Health. This paper aims to analyze the PHC production published in the first 25 years of the “Journal Ciência & Saúde Coletiva” (C&SC). A narrative review was carried out, with analysis of the themes, methods, scale of analysis, partnerships, and authorship. A total of 295 papers were published, which corresponds to 5.9% of the total publications. A growing trend in papers addressing PHC was observed. The studies were mostly empirical (78.6%), with a qualitative approach (58.0%) and were predominantly local or municipal. Studies on health professionals were more frequent. The three prevailing themes were the health care model, PHC performance or effectiveness, and the work process. The profile found dialogues with the rich and diverse experience of Brazilian PHC. However, the incorporation of broader analyses is still challenging. The published papers highlighted the debates and contributed to the reflection and dissemination of the experience of Brazilian PHC, which was and is central to the construction of the Brazilian Health System.
  • Noncommunicable diseases in the Journal Ciência & Saúde Coletiva: a bibliometric study Artigos

    Malta, Deborah Carvalho; Silva, Alanna Gomes da; Cardoso, Laís Santos de Magalhães; Andrade, Fabiana Martins Dias de; Sá, Ana Carolina Micheletti Gomide Nogueira de; Prates, Elton Junio Sady; Alves, Francielle Thalita Almeida; Xavier Junior, Gesner Francisco

    Abstract in Portuguese:

    Resumo As Doenças Crônicas Não Transmissíveis configuram importante problema de saúde pública no Brasil e no mundo. Visando conferir visibilidade às contribuições da revista Ciência & Saúde Coletiva para a divulgação do conhecimento científico e o debate das questões relacionadas às Doenças Crônicas Não Transmissíveis, o presente estudo teve por objetivo analisar a produção científica publicada pela revista. Realizou-se um estudo bibliométrico das publicações veiculadas no período de 1996 a 2019, referentes a essas doenças. Com base em critérios de elegibilidade, selecionou-se um total de 458 publicações. Observou-se tendência temporal de aumento das publicações, coincidente com o estabelecimento de marcos político-institucionais no país. Destacaram-se os artigos quantitativos e os estudos sobre fatores de risco e proteção. Evidenciou-se a liderança das instituições públicas de ensino e pesquisa na produção científica sobre o tema e, também, no financiamento público dos estudos. Os autores que mais publicaram são majoritariamente do sexo feminino. A revista vem refletindo a magnitude e a prioridade da temática na agenda pública ao promover o debate e oportunizar a divulgação científica sobre as doenças crônicas.

    Abstract in English:

    Abstract Noncommunicable Diseases are an important public health issue in Brazil and worldwide. This study aimed to analyze the scientific production published by the “Journal Ciência & Saúde Coletiva” in order to shed light on its contributions for the dissemination of scientific knowledge and the debate regarding noncommunicable diseases. A bibliometric study on the publications from 1996 to 2019 related to noncommunicable diseases was carried out. A total of 458 documents that met the eligibility criteria were selected. An increasing trend in the number of publications per year was found; at some points, it coincided with political and institutional milestones in Brazil. Quantitative research papers stood out, as did studies on risk and protective factors. Public educational and research institutions led the publishing and the financing of the studies. Most authors were female. The journal has been reflecting the magnitude of the theme and its prioritization on the public agenda by promoting the debate and providing a scientific dissemination of content related to noncommunicable diseases.
  • Ciência & Saúde Coletiva - 25 years: contributions to pregnancy, delivery, and childhood studies Artigos

    Costa, Janaína Calu; Maia, Maria Fatima Santos; Victora, Cesar Gomes

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Revisamos a produção sobre saúde materna e de crianças menores de dez anos disseminada pela Revista Ciência & Saúde Coletiva, através de revisão sistemática de publicações dos últimos 25 anos, com foco em estudos quantitativos. Características de autores e populações sob estudo, eixos temáticos e metodologia são descritos. Foram selecionadas 170 publicações classificadas em 12 temas. Gestação, parto ou puerpério foram objeto de 47 estudos, seguidos de avaliação antropométrica (29 artigos), amamentação (24) e mortalidade (13). Os trabalhos selecionados representaram 3,5% do total de artigos originais publicados pela Revista desde 1996, com tendência crescente, constituindo cerca de 5% das publicações em 2015-2020. As principais fontes de dados foram registros de serviços de saúde, sistemas de informação e inquéritos populacionais. O delineamento transversal foi utilizado em 113 dos 170 artigos e 70% destes abrangeram apenas um município. As Regiões Sudeste e Nordeste foram alvo da maioria dos estudos, sendo a Região Norte a menos representada. As publicações refletem a complexidade de temas que perpassam a saúde materna e da criança, com especial foco na importância do Sistema Único de Saúde e demonstrando como dados em acesso aberto podem contribuir para a pesquisa em Saúde Coletiva.

    Abstract in English:

    Abstract We reviewed the scientific production on maternal health and the health of children under ten years of age, published in Journal Ciência & Saúde Coletiva during the last 25 years, focusing on quantitative studies. The authors’ characteristics, populations under study, thematic areas, and methodology are described. A total of 170 publications were identified and grouped into 12 major themes. Pregnancy, delivery, and puerperium were the subject of 47 studies, followed by child anthropometric assessments (29), breastfeeding (24), and mortality (13). The selected publications represented 3.5% of the total original papers published by the Journal since its creation in 1996 and about 5% of the publications in the 2015-2020 period. The primary data sources were health service records, information systems, and population surveys. The cross-sectional design was used in 113 of the 170 articles, and 70% covered only one municipality. The Southeast and Northeast Regions of Brazil were the target of most studies, and the North Region was the least represented. The publications reflect the complexity of maternal and child health themes, with a particular focus on the importance of the Unified Health System and showing how open access data can contribute to public health research.
  • Contribution to the Journal Ciência & Saúde Coletiva on Food and Nutrition in Brazil Artigos

    Fonseca, Vania Matos; Rebelo, Fernanda; Marano, Daniele; Abranches, Andrea Dunshee de; Amaral, Yasmin Notarbartolo di Villarosa do; Xavier, Vanessa Mendes; Vasconcelos, Francisco de Assis Guedes de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Revisão sistemática realizada em janeiro de 2020 na base de dados SciELO com o objetivo de analisar a produção científica da Revista Ciência & Saúde Coletiva na área de alimentação e nutrição no período 1996-2019. A busca resultou em 904 artigos e 509 foram selecionados após leitura dos títulos e resumos. Os artigos foram agrupados em dez temas, sendo discutidos os de maior frequência: Avaliação do Estado Nutricional (n=142), Consumo Alimentar (n=111), Políticas e Programas de Alimentação e Nutrição (n=105) e Aleitamento Materno (n=35). As publicações foram em sua maioria artigos originais (75,6%) com método quantitativo (81,6%) e, entre estes, 18,8% utilizaram amostra probabilística. Observou-se um amplo leque de temas e subtemas abordados, evidenciando uma produção relevante que constitui um repositório importante de dados e conhecimentos para profissionais e gestores da área da saúde. Como lacunas, observou-se a escassez de publicações voltadas para a deficiência de micronutrientes; a popularização do Guia Alimentar para População Brasileira; a promoção da ascensão do aleitamento materno; os diagnósticos da descontinuidade da Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional e suas articulações intersetoriais com as políticas sociais de combate à fome.

    Abstract in English:

    Abstract A systematic review conducted in January 2020 using SciELO database with the objective of analyzing the scientific production from 1996-2019, of the Journal Ciência & Saúde Coletiva in the area of food and nutrition. We selected 509 out of the 904 articles screened by titles and abstracts. We grouped the articles into ten themes and discussed the most frequent ones: Nutritional Status Assessment (n=142), Food Intake (n=111), Food and Nutrition Policies and Programmes (n=105) and Breastfeeding (n=35). The publications were mostly original articles (75.6%) employing quantitative method (81.6%) and, among these, 18.8% used a probabilistic sampling. We assembled a wide range of topics and subthemes, a relevant production and repository of data and knowledge for health professionals and managers. As gaps, there was a scarcity of publications focused on micronutrient deficiency; the promotion of the Food Guide for the Brazilian Population; supporting the rise of breastfeeding, the impact and analyses of the disruption of the National Food and Nutrition Security Policy and its multi sector interactions with social policies to fight hunger.
  • The building of Collective Health and health policies - Contributions from Journal Ciência & Saúde Coletiva Artigos

    Vieira-da-Silva, Ligia Maria; Esperidião, Monique Azevedo; Silveira, Anne Soares; Paim, Jairnilson Silva

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Com o objetivo de analisar a contribuição da Revista Ciência & Saúde Coletiva (C&SC) para a construção do campo da Saúde Coletiva, particularmente nas suas relações com a Política de Saúde, compreendida tanto como disciplina acadêmica como âmbito de práticas, foi realizada uma revisão dos artigos publicados na C&SC no período compreendido entre 1996 e 2019. Para dimensionar a magnitude e identificar as principais temáticas e abordagens teórico-metodológicas foram lidos títulos e resumos de 397 documentos sobre políticas de saúde. Já para investigar a contribuição da Revista para a construção do campo da Saúde Coletiva foram selecionados e lidos na íntegra 35 documentos dentre os 142 localizados. A análise apoiou-se na sociologia de Bourdieu. Revelou que a C&SC constituiu-se em um dos espaços de construção da Saúde Coletiva em múltiplos âmbitos, particularmente no que diz respeito à reflexividade sobre campo. Especificamente em relação à Política de Saúde, a despeito do pequeno percentual de documentos sobre essa problemática (6,8%), ela abarcou os diversos significados dessa temática para o campo. Os autores discutem as possíveis relações existentes entre as características identificadas e o processo histórico de incorporação desse objeto nos diversos âmbitos de constituição do campo da Saúde Coletiva.

    Abstract in English:

    Abstract This paper aimed to analyze the contribution of Journal Ciência & Saúde Coletiva (C&SC) to the construction of the CH field, particularly in its relationships with the Health Policy, understood both as an academic discipline and as a scope of practice. We reviewed papers published between 1996 and 2019 in the C&SC. Titles and abstracts of the 397 documents on health policies were read to measure the magnitude and identify the main themes and theoretical-methodological approaches. Thirty-five documents were selected and read in full among the 142 revised ones to investigate the Journal’s contribution to CH’s construction. The analysis was based on Bourdieu’s sociology. It revealed that C&SC was established as a space for the construction of CH in multiple dimensions, particularly concerning the reflexivity on the field. Specifically, concerning the Health Policy, despite the small percentage of documents on the issue (6.8%), it encompassed the different meanings of this subject for the field. The authors discuss the possible relationships between the characteristics identified and the historical process of incorporating this subject in the various areas of CH.
  • Production of knowledge on policy, planning, and management in Journal Ciência & Saúde Coletiva Artigos

    Machado, Cristiani Vieira; Lima, Luciana Dias de; Bousquat, Aylene; Pereira-Silva, Marcus Vinicius; Fernandes, Daniela Rangel Affonso; Artmann, Elizabeth; Viana, Ana Luiza D’Avila; Lima, Sheyla Maria Lemos

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A área de Políticas, Planejamento e Gestão em Saúde (PPG) é um dos pilares do campo da Saúde Coletiva, expressando a interseção entre pesquisa, intervenção e ação política. O artigo analisa a dinâmica da produção de conhecimento em PPG, na revista Ciência & Saúde Coletiva (C&SC), de 1996 a 2019, articulando abordagem bibliométrica e qualitativa para caracterizar três dimensões: temática, metodológica e autoria/parcerias institucionais. Identificaram-se 1.680 manuscritos, correspondendo a 28,3% do total de publicações da revista no período. A análise temática mostrou influência do contexto e da trajetória de implantação do Sistema Único de Saúde (SUS). Destacaram-se estudos empíricos qualitativos, seguidos dos quantitativos e dos com outros desenhos. A combinação de procedimentos metodológicos foi frequente, sendo mais citadas a revisão bibliográfica e entrevistas/questionários. A maioria dos artigos foi publicada em português e, apesar do aumento das publicações em inglês no final do período, parcerias com autores de outros países foram raras, persistindo o desafio da internacionalização. Conclui-se que a área de PPG se destaca na revista C&SC, periódico que expressa o vigor do campo da Saúde Coletiva na produção de conhecimento científico relevante para o SUS e para a saúde da população.

    Abstract in English:

    Abstract The area of Policy, Planning and Health Management (PPG) express the intersection between research, intervention and political action. The article analyzes the dynamics of knowledge production about PPG in the Journal Ciência & Saúde Coletiva (C&SC) from 1996 to 2019. The study articulates a bibliometric and qualitative approach to explore the profile of articles in three dimensions: thematic, methodological and authorship/institutional partnerships. 1680 PPG manuscripts were identified, corresponding to 28.3% of the total publications. Thematic analysis showed a strong influence of the context and the implementation of Unified Health System (SUS). Qualitative empirical studies predominated, followed by quantitative and quanti-qualitative studies. The combination of methodological procedures was frequent, with bibliographic review and interviews being the most cited. The average number of authors per article and national institutional partnerships increased. As most articles were published in Portuguese, the challenge of internationalization persists. The PPG area stands out in the Journal C&SC and in the production of scientific knowledge relevant to SUS.
  • Health and environment in the 25 years of ciência & Saúde coletiva Artigos

    Gouveia, Nelson; Silva, Lia Giraldo da; Carneiro, Fernando Ferreira; Franco Netto, Guilherme; Kuhn, Marla; Miranda, Ary; Castro, Hermano; Câmara, Volney de Magalhães; Tambellini, Anamaria Testa

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A revista Ciência & Saúde Coletiva surgiu na década de 1990 contemporaneamente a importantes eventos que trataram das relações produção-ambiente-saúde-desenvolvimento, o que gerou um importante conjunto de iniciativas e de produção científica, que contribuíram para o desenvolvimento do campo de práticas da Saúde e Ambiente no Brasil. Para examinar a contribuição dessa revista a esse campo, analisamos os artigos publicados sobre essa temática ao longo dos últimos 25 anos. Foram examinados 24 volumes e 170 números e suplementos da revista entre 1996 e 2019. Os textos foram classificados de acordo com 4 domínios. Foram incluídos na análise 243 textos, que representam cerca de 5% de toda a produção científica publicada nas páginas da revista nesse período. A produção é bastante variada destacando-se discussões sobre desigualdades, vulnerabilidades, desenvolvimento ou aspectos econômicos ligados a questões ambientais e seus impactos na saúde, a análise do sistema produtivo e sua relação com a saúde e o predomínio dos estudos sobre agrotóxicos. Conclui-se que a produção nesse campo vem crescendo e com tendência a incluir territórios, populações e comunidades afetadas no processo de produção desse conhecimento.

    Abstract in English:

    Abstract The Journal Ciência & Saúde Coletiva appeared in the 1990s simultaneously to essential events that addressed the relationships between production, environment, health, and development, which generated an essential set of initiatives and scientific production and contributed to the development of Health and Environment in Brazil. We analyzed the papers published on this topic over the past 25 years to examine this Journal’s contribution to the field. We examined 24 volumes and 170 issues and supplements of the Journal from 1996 to 2019. The texts were classified according to 4 domains. A total of 243 texts were included in the analysis, which represents about 5% of all scientific production published on the Journal’s pages in the period. The production is quite varied, highlighting discussions about inequalities, vulnerabilities, development or economic aspects related to environmental issues and their impacts on health, the analysis of the production system and its relationship with health, and the predominance of studies on pesticides. We concluded that production in this field has been growing and tending to include affected territories, populations, and communities to produce this knowledge.
  • The science of collective health in writing: contribution to studies in collective oral health Artigos

    Ferreira, Efigênia Ferreira e; Ferreira, Raquel Conceição; Botazzo, Carlos; Gomes, Viviane Elisângela; Rodrigues, Lorrany Gabriela; Vargas, Andrea Maria Duarte

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Comemorando os 25 anos da Revista Ciência & Saúde Coletiva (C&SC), o presente artigo analisou 375 documentos publicados entre 2000-2019 neste periódico, como parte integrante da editoria de saúde bucal coletiva. A análise da produção visou compreender como o núcleo de saúde bucal aparece nas publicações e como poderia ter contribuído com o conhecimento sobre a saúde-doença da população, as políticas públicas específicas, o ensino e a gestão dos serviços de saúde bucal no SUS. O processo privilegiou a análise bibliométrica e a de documentos. Foi possível explicitar a distribuição institucional dos autores, sua expressiva rede de colaboradores e a dimensão das citações das publicações inclusive no plano internacional. Os estados brasileiros mais presentes nas publicações foram São Paulo e Minas Gerais, seguidos por autores de Pernambuco, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. As citações foram mais frequentemente do Brasil (85,14%), seguido por Estados Unidos (2,31%), Portugal (1,34%) e Austrália (1,34%). Conclui-se que, mesmo com limitações, C&SC se mostrou, inequivocamente, um potente instrumento de divulgação da produção científica na perspectiva da saúde bucal coletiva, possibilitando a divulgação e o intercâmbio de informações, facilitando a integração entre os pesquisadores e possibilitando um caminho da sua consolidação.

    Abstract in English:

    Abstract Celebrating the 25 years of existence of the Journal Ciência & Saúde Coletiva (C&SC), this paper analyzed 375 documents published between 2000-2019 as an integral part of the editorial of collective oral health. The production analysis aimed to understand how oral health core appears in publications and how it could have contributed to knowledge on the population’s health-disease, specific public policies, education, and management of oral health services in the SUS. The process employed bibliometric and documental analysis. We could show the authors’ territorial distribution, their extensive collaboration network, and the dimension of citations in publications, including the international plan. The Brazilian states most present in the publications were São Paulo and Minas Gerais, followed by authors from Pernambuco, Rio Grande do Sul, and Santa Catarina. Citations were more frequent in Brazil (85.14%), followed by the United States (2.31%), Portugal (1.34%), and Australia (1.34%). We concluded that, despite the limitations, the C&SC showed unequivocally a powerful instrument for the dissemination of scientific production from the perspective of collective oral health, enabling the exchange of information and facilitating the integration between researchers and enabling a path to its consolidation.
  • The narrative field in Journal Ciência & Saúde Coletiva Artigos

    Nunes, Everardo Duarte

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O artigo aborda o campo narrativo na Revista “Ciência & Saúde Coletiva”. A noção de “campo narrativo” é construída nas relações das dimensões cognitiva (epistêmica), sócio-politica-pedagógica e aplicada. Trata-se de pesquisa exploratória quantitativo-qualitativa abordando autores, temas, questões teórico-metodológicas, conceitos e disciplinas. A pesquisa na base SciELO tem dois momentos: 1. Contexto - Restrito às publicações na saúde, pesquisa em 29/01/2019, descritor “narrativa + saúde” (sem filtro); 2. Pesquisa bibliométrica - dados coletados em dezembro de 2019, descritor “narrativa + ciência e saúde coletiva”, período 2002-2019; nenhuma referência foi encontrada na revista antes de 2002. Na análise dos 43 textos, os artigos foram agrupados em: análise narrativa, revisões narrativas, textos narrativos, biografia e tradução. Conclui-se pela relevância do tema, apesar de o número de artigos ser pequeno. Sugestões para trabalhos futuros: enfatizar as abordagens teóricas do trabalho narrativo e demarcar suas perspectivas, como uma abordagem ou um objeto, ou como ambos.

    Abstract in English:

    Abstract This paper analyzes Journal Ciência & Saúde Coletiva’s approach to the narrative field. The concept of “narrative field” is built on the relationships of three dimensions, namely, the cognitive (epistemic), the socio-political-pedagogical, and the applied. This is an analytical, quantitative, and qualitative research of authors, themes, theoretical and methodological approaches, concepts, and disciplines. The search on the SciELO database was developed in two stages: 1. Context - Restricted to the health publications, research on 29/01/2019, with the Portuguese descriptor “narrativa” + “saúde” (without filter); 2. Bibliometric research - data collected in December 2019 using descriptor “narrative” + “ciência e saúde coletiva”, period 2002-2019. No reference was found in the searched journal before 2002. In the analysis of the 43 texts, the keywords were grouped into narrative analyses, narrative reviews, narrative texts, biography, and translation. We conclude by affirming the relevance of the theme, despite the small number of works, and suggest scholars emphasize in future works the theoretical approaches of narrative work and demarcate their perspectives, as an approach or an object, or both.
  • Qualitative approaches in the Journal Ciência & Saúde Coletiva (1996-2020) Artigos

    Gomes, Romeu; Deslandes, Suely Ferreira; Moreira, Martha Cristina Nunes

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Objetiva-se analisar os artigos qualitativos, publicados no período de existência da revista “Ciência & Saúde Coletiva” (1996 até março de 2020), levando em conta temas, ancoragens teórico-conceituais, métodos e técnicas. Trata-se de um estudo bibliográfico, baseado nos princípios da análise categorial, dialogando com aspectos das Ciências Sociais. Como resultados, destaca-se que: o acervo abrange uma variedade de temas, sendo as violências a mais recorrente e, enquanto que, entretanto, temas como raça/etnia estão ausentes do acervo; 53% das publicações utilizaram referências das Ciências Sociais, sendo Bourdieu o autor mais citado; a maioria dos artigos (77%) apresenta informações metodológicas, predominando a perspectiva de Bardin. O acervo com abordagens qualitativas é modesto, com menos de 10% das publicações. Conclui-se, todavia, que o acervo traz significativa contribuição para a Saúde Coletiva porque: (a) estabelece conexões com diferentes áreas da clínica; (b) reconhece a voz dos atores, transformando-os em protagonistas; (c) colabora com a dimensão epidemiológica para compreender contextos de saúde; (d) subsidia a tomada de decisão nos âmbitos das políticas, do planejamento e da gestão da saúde; e (e) desvenda as dimensões simbólicas dos processos de saúde-doença-cuidado.

    Abstract in English:

    Abstract This study aims to analyze the qualitative papers published in the 25-year existence of the Journal Ciência & Saúde Coletiva (from 1996 to March 2020), taking into account themes, theoretical-conceptual anchors, methods, and techniques. This is a bibliographic study based on the principles of categorical analysis, dialoguing with the aspects of Social Sciences. We highlight the following outcomes. The collection spans over a variety of themes, and violence is the most recurrent topic. However, themes such as race/ethnicity are absent from the collection; 53% of the publications used Social Sciences references, and Bourdieu was the most cited author. Most papers (77%) show methodological information, under a predominantly Bardin’s perspective. The collection with qualitative approaches is modest, with less than 10% of publications. We conclude, however, that the collection makes a significant contribution to Public Health because: (a) it establishes connections with different clinical areas; (b) it recognizes the voice of the actors, turning them into leading figures; (c) it collaborates with the epidemiological dimension to understand health contexts; (d) it subsidizes decision-making in health policies, planning and management; and (e) it unveils the symbolic dimensions of health-disease-care processes.
  • Adolescence in public health - revisiting 25 years of publications Artigos

    Assis, Simone Gonçalves de; Avanci, Joviana Quintes; Serpeloni, Fernanda

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Busca-se compreender o desenvolvimento do conhecimento científico sobre a adolescência expresso em publicações dos anos de 1996 a 2020 da revista Revista Ciência & Saúde Coletiva (C&SC). O estudo de revisão sistemática integrativa foi feito a partir de levantamento bibliográfico no SciELO com a estratégia de busca: “Adolesc$” em título, resumo e palavras-chave nos artigos da C&SC publicados entre 1996 e 2020. Resumos de 432 publicações foram analisados segundo faixa etária, sexo/gênero, cor da pele, estrato social, amostra, local, metodologia e fatores de risco/proteção. Os resultados mostram que grande parte volta-se exclusivamente para a adolescência e em menor quantidade infância ou vida adulta. Grande parte dos estudos foi realizada com amostras de adolescentes nas escolas, seguida por serviços de saúde. Os temas abordados nas publicações são: atributos individuais dos adolescentes; atributos familiares; relações entre pares; abrangência social; condições de saúde e doenças; acidentes e violências; e atuação profissional e de serviços. Constata-se a necessidade de atenção especial para a saúde dos adolescentes, que precisa estar refletida na produção acadêmica nacional, visando o conhecimento sistêmico, complexo e que se volte para a promoção à saúde dos adolescentes, acompanhando as normativas e leis nacionais existentes.

    Abstract in English:

    Abstract This study aims to develop scientific knowledge on adolescence in publications from 1996 to 2020 in Journal Ciência & Saúde Coletiva (C&SC). This integrative systematic review was based on a bibliographic survey in SciELO’s database, with the string word search strategy “Adolesc $” in title, abstract, and keywords of works published in the C&SC between 1996 and 2020. The abstracts of 432 publications were analyzed by age group, gender, skin color, social stratum, sample, place, methodology, and risk and protective factors. The results show that most of the abstracts brought studies exclusively focused on the adolescent population, with a smaller volume on children or adults. Most of the samples were collected in schools, followed by health services. The topics addressed in the papers are related to adolescents’ individual attributes, family attributes, peer relationships; social scope, health conditions and diseases, accidents and violence, and health services. There is a need for special attention to adolescents’ health requiring reflections in national academic production, aiming at systemic and complex knowledge focused on adolescent health promotion aspects, following the existing national legislation and laws.
  • Health promotion and quality of life: a historical perspective of the last two 40 years (1980-2020) Artigos

    Buss, Paulo Marchiori; Hartz, Zulmira Maria de Araújo; Pinto, Luiz Felipe; Rocha, Cristianne Maria Famer

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este artigo atualiza o texto anterior do autor principal publicado em 2000, revisitando as evidências científicas que reafirmam a contribuição da saúde para a qualidade de vida de indivíduos e populações. Mais do que o acesso a serviços de saúde de qualidade, é necessário enfrentar os determinantes da saúde em toda a sua amplitude, o que requer políticas públicas saudáveis, uma efetiva articulação intersetorial do poder público e a mobilização da população. Os autores revisitam a emergência e o desenvolvimento da promoção da saúde, centrando sua análise nas estratégias mais promissoras para o incremento da qualidade de vida propostas pelo setor saúde, sobretudo em formações sociais com alta desigualdade sociosanitária, como é o caso do Brasil, reforçada pela recente pandemia de COVID-19. É no movimento dos municípios saudáveis e em ações intersetoriais, na saúde em todas as políticas e no enfrentamentos dos determinantes sociais da saúde que tais estratégias se concretizam, através de seus próprios fundamentos e práticas, que estão estreitamente relacionados com as inovações na gestão pública para o desenvolvimento local integrado e sustentável, “vis a vis” a nova Agenda 2030 e seus Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

    Abstract in English:

    Abstract This article updates the previous text of the main author published in 2000, revisiting the scientific evidence that reaffirms the contribution of health to the quality of life of individuals and populations. More than the access to health services of any quality, it is necessary to face determinants of health in its entirety, which requires healthy public policies, an effective intersectoral articulation of public power and mobilization of the population. The authors revisit the emergence and development of health promotion, focusing on the analysis of the most promising health strategies for the increase in quality of life, especially in societies with high social and health inequalities, as in the case of Brazil, reinforced by the recent pandemic of COVID-19. Such strategies were concretized on healthy municipalities and intersectoral actions, in health and in all policies which confront social determinants, through their own foundations and practices that are closely related to innovations in public management for integrated and sustainable local development, in view of the 2030 Agenda and its Sustainable Development Objectives (SDG).
  • Worker’s Health in the 25 years of the Journal Ciência & Saúde Coletiva Artigos

    Lacaz, Francisco Antonio de Castro; Goulart, Patrícia Martins; Souza, Edvânia Ângela de; Trapé, Carla Andrea; Moita, Dimitri; Mota-Sousa, Gabriela; Ribeiro, Bruno Chapadeiro

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este artigo trata da produção científica relativa ao campo Saúde do Trabalhador, mais especificamente, sobre como a Revista Ciência & Saúde Coletiva, tem contribuído para a consolidação deste. Trata-se de um estudo qualitativo-descritivo com base em uma revisão do acervo da revista, no período de 1996 a 2019. Efetivou-se a seleção de artigos, resultando na amostra de 156 textos, organizada por grupos temáticos. O tema foi se desenhando com a predominância de estudos Epidemiológicos e de Políticas Públicas, e de caráter Teórico-metodológicos e relacionados às Transformações no Mundo do Trabalho. Cerca de 60% das publicações estão concentradas entre os anos de 2009 e 2015. Há diminuição relevante do número de publicações a partir de 2016. Os artigos abordam o campo Saúde do Trabalhador de maneira abrangente e diversificada. Há maior ênfase em investigações sobre trabalho e ambiente, agravos à saúde, formulação e implementação de políticas e programas. A revista cumpre expressiva contribuição ao campo Saúde do Trabalhador no cenário nacional. Fortalecer a produção acadêmica neste campo, especialmente diante da derrocada de direitos, é um desafio que se mantém.

    Abstract in English:

    Abstract This paper addresses Worker’s Health scientific production, specifically about how the Journal Ciência & Saúde Coletiva has contributed to the consolidation of this field. This is a qualitative and descriptive study based on a review of the Journal’s collection from 1996 to 2019. We selected a final sample of 156 texts organized by thematic groups. The theme was designed with the predominance of Epidemiological and Public Policy studies, studies of a theoretical-methodological nature and related to World of Work Transformations. Approximately 60% of publications are concentrated in the 2009-2015 period. A significant decline in the number of works was observed as of 2016. The papers address Worker’s Health in a comprehensive and diversified manner. There is a greater emphasis on research on work and environment, health issues, formulation and implementation of policies and programs. The journal significantly contributes to the national Worker’s Health. Strengthening academic production in this field remains a challenge, especially in the face of the loss of rights.
  • An ontology of Pharmaceutical Services in the pages of Journal Ciência & Saúde Coletiva Artigos

    Osorio-de-Castro, Claudia Garcia Serpa; Ferreira, Tatiana de Jesus Nascimento; Silva, Mario Jorge Sobreira da; Miranda, Elaine Silva; Teodoro, Cristiane Roberta dos Santos; Moraes, Elaine Lazzaroni; Lima, Elisangela da Costa; Santos-Pinto, Cláudia Du Bocage

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A Assistência Farmacêutica (AF) é um campo em expansão no Brasil e nos últimos 25 anos vem se consolidando também através da publicação científica. O objetivo deste trabalho foi investigar a evolução da AF como campo na Revista Ciência & Saúde Coletiva. Uma revisão de escopo, em quatro períodos, 1996-2003, 2004-2010, 2011-2015, 2016-2019, foi realizada por duplas de pesquisadores, buscando palavras e termos de busca nos títulos. As inclusões foram totalizadas por ano de publicação, suas características descritas quanto ao tipo de artigo, idioma, local e instituição de origem do primeiro autor e classificadas por temáticas principais, secundárias e especificidades. Foram resgatados 307 artigos e incluídos 260. Os resultados refletiram aumento de publicações ao longo do tempo, participação majoritária de artigos de tema livre e originais, em português, de autores das regiões Sul e Sudeste, de universidades públicas e da Fiocruz. Os temas principais foram Utilização de Medicamentos (161 artigos), Gestão (56) e Temas Tangenciais ao Ciclo da AF (43). A partir da classificação foi elaborada uma ontologia própria da AF. O campo reúne política pública a atividades gerenciais e de cuidados em saúde à população. Espera-se que essa variada gama de interrelações venha a se expressar cada vez mais na publicação científica.

    Abstract in English:

    Abstract Pharmaceutical Services (PS) is a growing field which has established itself over the last 25 years in Brazil through scientific publications. This work investigates the evolution of the field in the Brazilian periodical Journal Ciência & Saúde Coletiva. We conducted a scoping review of relevant literature produced in four separate periods (1996-2003, 2004-2010, 2011-2015, and 2016-2019). A search for articles that contained one or more of the pre-established key words in the title was performed by separate pairs of reviewers. The search resulted in 307 articles, 260 of which were included. The findings show that the number of publications increased steadily over the study period. The papers were predominantly open-topic and original articles and written in Portuguese. Most of the lead authors were from the South and Southeastern regions of Brazil and from public universities and Fiocruz. The predominant primary theme was medicine utilization (161 articles), followed by management (56), and tangential aspects of the PM cycle (43). An ontology of PS was created based on the classification of the articles. The findings show that the field of PS encompasses public policy and management and frontline activities involved in the delivery of health care to the population. It is hoped that the diverse range of interrelations in the field of PS will be increasingly addressed in future publications.
  • History, Science, and Collective Health Artigos

    Hochman, Gilberto

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O artigo analisa a presença da história da saúde no periódico “Revista Ciência & Saúde Coletiva” entre 1996 e 2020. Discute as relações entre o campo disciplinar da história e a multidisciplinaridade da saúde coletiva, suas tensões, convergências e potenciais sinergias. Apresenta a trajetória do tema da história da saúde nos artigos e fascículos ao longo dos 25 anos de existência da revista, as principais iniciativas, resultados e temáticas abordadas. Faz um balanço crítico e discute caminhos para incrementar presença da história em artigos e números temáticos de “Revista Ciência & Saúde Coletiva”.

    Abstract in English:

    Abstract The article analyzes the presence of the history of health in the “Journal Ciência & Saúde Coletiva” from 1996 to 2020, exploring relations between the disciplinary field of history and the multidisciplinary field of public health and examining their tensions, commonalities, and potential synergies. It shows how the history of health has featured in the journal’s articles and issues over the course of the journal’s twenty-five years and describes the main initiatives, results, and topics addressed in this realm. The article then offers a critical evaluation and discusses pathways for boosting the presence of history in articles and thematic issues of “Journal Ciência & Saúde Coletiva”.
  • Contributions to the literature on violence and health in 25 years of the Brazilian public health Ciência & Saúde Coletiva Artigos

    Souza, Edinilsa Ramos de; Pinto, Liana Wernersbach; Njaine, Kathie; Silva, Adriano da

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Realizou-se uma revisão da literatura sobre a temática violência e saúde publicada na revista Ciência & Saúde Coletiva/RC&SC, no período de 1996 a 2019. A busca também incluiu dois periódicos nacionais (Cadernos de Saúde Pública/CSP e Revista de Saúde Pública/RSP) e dois internacionais (“American Journal of Public Health/AJPH” e “Pan American Journal of Public Health/PAJPH”), totalizando 1.179 artigos localizados. A análise agregou o acervo de cada periódico em onze temas, segundo afinidade conceitual. Para os artigos da C&SC foram analisadas variáveis como: ano da publicação, área do conhecimento, região da instituição, abrangência do estudo, método empregado e população alvo. A análise identificou que a revista deu visibilidade à temática, destacando-se dos demais periódicos a partir de 2009. Causas externas, grupo de crianças e adolescentes, estudos quantitativos, com abrangência municipal e nacional e instituições localizadas na região Sudeste preponderaram. Há lacunas de temas relevantes como automutilação, populações vulneráveis, entre outros, sobre os quais se deveriam incentivar estudos e publicações.

    Abstract in English:

    Abstract The authors conducted a literature review on the theme of violence and health published in the Brazilian public health journal “Ciência & Saúde Coletiva” (C&SC) from 1996 to 2019. The search also included two other Brazilian journals, “Cadernos de Saúde Pública” (CSP) and “Revista de Saúde Pública” (RSP) and two international journals, the “American Journal of Public Health” (AJPH) and the “Pan American Journal of Public Health” (PAJPH), totaling 1,179 articles. The analysis aggregated each journal’s material in eleven themes, based on conceptual affinity. For the articles from C&SC, the authors analyzed variables such as year of publication, area of knowledge, institution’s region, study scope, methodology, and target population. The analysis found that C&SC gave visibility to violence and health, standing out from the other journals since 2009. External causes, children and adolescents, quantitative studies, municipal and national scope, and institutions located in the Southeast region of Brazil predominated. There are gaps in topics such as self-mutilation and vulnerable populations, among other areas where more studies and publications should be encouraged.
  • Mental Health Studies published in the last 25 years in the Journal Ciência & Saúde Coletiva Artigos

    Campos, Rosana Onocko; Santos, Deivisson Vianna Dantas dos; Diaz, Alberto Velzi; Emerich, Bruno; Trape, Thiago; Gama, Carlos Alberto Pegolo da; Amaral, Carlos Eduardo Menezes; Poderoso, Rosana Evangelista; Ferrer, Ana Luiza; Miranda, Lilian; Pereira, Mariana Barbosa; Surjus, Luciana Togni

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Realizou-se revisão sistemática de 25 anos de produção da Revista Ciência & Saúde Coletiva sobre a temática de Saúde Mental buscando responder se essa produção tinha se modificado ao longo do tempo. Perguntou-se se essas mudanças guardariam alguma relação com a implementação de um novo marco regulatório e legal para essa área assim como com a expansão de serviços públicos e com os estímulos à investigação do tema por Agencias Públicas de financiamento. Analisaram-se 278 artigos originais, apresentados a partir das categorias: transformações socioculturais relacionadas à loucura e sua abordagem; mudanças legislativas; implantação, capilaridade e funcionamento da rede de serviços substitutivos; clínica/cuidado desenvolvido nos serviços substitutivos; o papel e as possibilidades da atenção básica; problemas relacionados ao uso de drogas; saúde mental de crianças e adolescentes; estudos epidemiológicos/categorias psiquiátricas; e outros - nas quais foram incluídas as questões étnico-raciais, de violência, acerca da população idosa, suicídio, bullying e migração. Pode ser observada relação cronológica entre o aumento de publicações e os editais de pesquisa e a expansão de serviços, não parecendo ser da mesma forma em relação ao tema dos cuidados a pessoas com problemas com álcool e outras drogas.

    Abstract in English:

    Abstract A systematic review of the 25-year Mental Health production of Journal Ciência & Saúde Coletiva was performed to identify whether this production had changed over time. We investigated whether these changes would have any relationship with the implementation of a new regulatory and legal framework for this field and the expansion of public services and the promotion of public funding agencies’ investigation on the subject. A total of 278 original papers were analyzed from the following categories: sociocultural transformations related to madness and its approach; legislative changes; implantation, coverage range and operation of the network of substitute services; clinic/care developed in substitute services; the role and possibilities of primary care; drug use-related problems; mental health of children and adolescents; epidemiological studies/psychiatric categories; and others - which included ethnic-racial issues, violence, about the elderly population, suicide, bullying, and migration. A chronological relationship can be observed between the increase in publications and research notices and the expansion of services, not seemingly in the same way concerning care for people with alcohol and other drug problems.
  • The contribution of Journal Ciência & Saúde Coletiva to gender and health studies Artigos

    Villela, Wilza Vieira; Monteiro, Simone Souza; Barbosa, Regina Maria

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este artigo tem como finalidade explorar as contribuições da C&SC para os estudos sobre gênero e saúde. Para tanto, foi realizado um mapeamento por meio da plataforma da revista no SciELO, utilizando os unitermos gênero, homem/homens, mulher/mulheres, jovem/jovens, adolescente/adolescentes. Foram selecionados 164 artigos, categorizados em função do ano de publicação, tipo de estudo, população estudada, temas abordados e método. A análise do material aponta a contribuição da revista ao propor temas que favorecem análises na perspectiva de gênero. Algumas produções traduzem discussões atuais. Entretanto, o pequeno número de artigos sobre gênero nos ciclos de vida e desde uma abordagem interseccional sugere que a postura proativa da revista deve ser mantida para estimular análises de gênero em outros temas que não a saúde sexual e reprodutiva, as masculinidades e a violência de gênero contra mulheres.

    Abstract in English:

    Abstract This paper aims to explore Journal Ciência & Saúde Coletiva’s contributions to gender and health studies. Therefore, mapping was carried out through the SciELO platform, using the terms gender, man/men, woman/women, youth/youths, adolescent/adolescents. A total of 164 papers were selected, categorized by year of publication, type of study, population, topics addressed, and method. The analysis of the material shows the journal’s contribution to proposing themes that favor analyses from the gender perspective. Some productions reflect the most current discussions. However, the paucity of works on gender in life cycles and the intersectional approach suggests that the journal’s proactive posture should be maintained to encourage gender analysis in other topics than sexual and reproductive health, masculinities, and gender violence against women.
  • Evolution of publications on health of the older adults in the Journal Ciência & Saúde Coletiva Artigos

    Firmo, Josélia Oliveira Araújo; Peixoto, Sérgio Viana; Souza, Gislaine Alves de; Loyola Filho, Antônio Ignácio de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O presente trabalho analisou o perfil das publicações relacionadas à saúde do idoso no periódico Ciência & Saúde Coletiva, em termos de sua evolução quantitativa, abordagem metodológica, temática e instituições envolvidas. A seleção dos artigos considerou o título, resumo e descritores e cobriu todo o conteúdo publicado entre 1996 e 2019. Os artigos incluídos foram classificados quanto ao ano de publicação, tipo, temática, abordagem metodológica e vínculo institucional do primeiro autor. A análise dos dados baseou-se em frequências absolutas e relativas, além de medidas-síntese (média) e de variabilidade (desvio-padrão). Os resultados mostraram um consistente crescimento das publicações acerca da saúde do idoso na Ciência & Saúde Coletiva, com predominância da abordagem quantitativa, voltada majoritariamente para a investigação de temática relacionada às condições de saúde e ao uso de serviços e insumos de saúde. Na maior parte deles, o autor principal era vinculado a uma instituição de ensino/pesquisa de caráter público, localizada na região Sudeste. Os resultados indicam que o periódico tem contribuído para dar uma maior visibilidade à saúde do idoso, mas que as publicações sobre esse tema reproduzem a desigualdade vista na produção científica nacional.

    Abstract in English:

    Abstract The present study analyzed the profile of publications related to the health of the older adults in the Journal Ciência & Saúde Coletiva, in terms of quantitative evolution, methodological approach, thematic and institutions involved. The selection of articles considered the title, abstract and descriptors and covered all the content published between 1996 and 2019. The articles included were classified according to the year of publication, type, theme, methodological approach and institutional link of the first author. Data analysis was based on absolute and relative frequencies, in addition to summary (mean) and variability (standard deviation) measures. The results showed a consistent increase in publications on the health of the older adults in the Journal Ciência & Saúde Coletiva, with a predominance of the quantitative approach, mainly focused on investigating the topic related to health conditions and the use of health services and supplies. In the majority, the main author was linked to a public teaching/research institution, located in the Southeast region. The results indicate that the journal contributed to give greater visibility to the health of the older adults, but that the publications on this theme reproduce the inequality observed in the national scientific production.
ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revscol@fiocruz.br