• Prevalence of tooth loss and associated factors in institutionalized adolescents: a cross-sectional study Article

    Casarin, Maísa; Nolasco, Wagner da Silva; Colussi, Paulo Roberto Grafitti; Piardi, Carla Cioato; Weidlich, Patricia; Rösing, Cassiano Kuchenbecker; Muniz, Francisco Wilker Mustafa Gomez

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Esse estudo objetivou avaliar a prevalência de perda dentária e fatores associados em adolescentes institucionalizados. Esse estudo transversal incluiu 68 adolescentes do sexo masculino de um Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE) com idades entre 15 e 19 anos. Questionários estruturados foram aplicados individualmente para acessar variáveis sociodemográficas, econômicas, médicas, comportamentais e autopercepção de saúde bucal. Todos os dentes presentes foram avaliados pelo Índice de dentes Cariados, Perdidos e Obturados (CPOD). A prevalência de perda dentária foi analisada em indivíduos com ≥1 dente perdido. Associações entre perda dentária e variáveis de exposição foram analisadas por regressão de Poisson com estimativa de variância robusta. A prevalência de perda dentária foi 47,06%. Primeiros molares na mandíbula e maxila e incisivos centrais na maxila foram os dentes mais ausentes. No modelo multivariado, número de dentes cariados esteve associado com perda dentária, e aqueles que faziam uso diário de medicações foram associados a maior perda dentária. Além disso, perda dentária foi associada com cárie dentária e uso diário de medicação. Promoção de saúde bucal e seu tratamento devem ser implementados nessas instituições para reduzir a prevalência de perda dentária nesses adolescentes.

    Abstract in English:

    Abstract This study aimed to assess the prevalence of tooth loss and associated factors in institutionalized adolescents. This cross-sectional study included 68 male adolescents incarcerated from Socio-Educational Assistance Center (CASE) aged between 15 and 19 years. Questionnaires were applied individually to assess sociodemographical, economical, medical, behavioral and oral health self-perception variables. All present teeth were evaluated by Decay, Missing, Filling (DMF) Index. The prevalence of tooth loss was analyzed in individuals with ≥1 tooth loss. Associations between tooth loss and exposure variables studied were analyzed by Poisson Regression with robust variance estimation. The prevalence of tooth loss was 47.06%. First molars in the mandible and maxilla and central incisor in the maxilla were the most absent teeth. In the multivariate model, number of decayed teeth, and those that reported daily use of medication were associated with higher tooth loss. Besides, tooth loss was associated with decayed tooth and daily use of medication. Oral health promotion and treatment should be implemented in these institutions to reduce the prevalence of dental loss in these adolescents.
ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revscol@fiocruz.br