• EDITORIAL Editorial

    Leal, Maria do Carmo; Costa, Maria Fernanda F. de Lima e
  • Social determinants of health and disease: the role of small-scale projects illustrated by the Koster health project in Sweden and Ametra in Peru Analysis

    Follér, Maj-Lis

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo revê e avalia dois projetos de saúde - o Koster Health Project realizado nas ilhas Koster, Suécia, e o Ametra Project, realizado entre os indígenas Shipibo-Conibo, Peru. Ambos enfocam, principalmente, os determinantes de saúde, ao invés da doença. Os projetos também privilegiam em suas abordagens os sentimentos subjetivos individuais sobre a doença, ao invés de doenças "objetivamente" reconhecidas pela biomedicina. "Mobilização" e "responsabilidade" pela saúde do próprio indivíduo são conceitos centrais em ambos os projetos. O artigo busca na ecologia humana o suporte teórico para analisar a interação entre saúde humana e mudanças ambientais. A autora enfatiza a importância da pesquisa interdisciplinar na avaliação do papel exercido pelos fatores naturais e sociais sobre os seres humanos e a saúde. A abordagem da ecologia humana é vista como complementar à pesquisa biomédica sendo, saúde e doença, concebidas como dois pontos em um continuum. A autora argumenta que em uma sociedade pluralista deve-se lutar no sentido de se avançar rumo ao polo da saúde.

    Abstract in English:

    Two different health projects are evaluated in this paper. The Koster Health project taking place at the Koster Islands in Sweden and the Ametra project going on among the Shipibo-Conibo in Peru. Both projects focus more on the determinants of health than on sickness and more on the individual's subjective feeling of illness than on the biomedically "objectively" recognizable disease. "Mobilization" and "responsibility"for the individual's own health are central concepts in both projects. In the theoretical part of the paper a human ecological perspective is suggested to analyse the interaction between human health and environmental changes. The author emphasizes the importance of interdisciplinary research when evaluating how the external determinants from the natural and social environment affect human beings and health. The human ecological approach is seen as a complement to the biomedical research. Health and disease are two poles in a continuum. In a pluralistic society we should struggle towards the pole of health.
  • New approaches to disease vector control in the context of sustainable development Analysis

    Bos, Robert

    Abstract in Portuguese:

    Devido a problemas específicos do setor saúde, bem como a problemas associados a questões de manutenção, os programas para o controle de doenças transmitidas por vetores estão cada vez mais retornando à adoção de práticas de manejo ambiental para reduzirem populações de vetores, como parte de uma abordagem de controle integrada. Os problemas mais gerais advindos da interface entre ambiente e desenvolvimento que necessitam ser abordados no contexto do controle de vetores incluem a acelerada exploração de recursos naturais, mudanças demográficas em populações rurais e a rápida urbanização. Os vetores de doenças devem ser reconhecidos como fatores biológicos de risco no ambiente para a saúde humana. Para uma implementação sustentável das medidas de controle de vetores, estes aspectos devem fazer parte do processo de desenvolvimento. Isto requer modificações na formulação de políticas, aumento da nossa base de conhecimento acerca destes processos, desenvolvimento de métodos e técnicas operacionais, assim como uma maior ênfase em treinamento e educação.

    Abstract in English:

    Faced with problems that are specific to the health sector and ones associated with issues of sustainability, programmes for the control of vector-borne diseases are increasingly resorting to environmental management measures to reduce populations of disease vectors as pan of an integrated control approach. The broader problems on the interface between environment and development that need to be addressed in the context of vector control include accelerated development of natural resources, demographic changes in rural populations and rapid urbanization. Disease vectors need to be recognized as biological risk factors to human health in the environment, and for a sustainable implementation of vector control measures, these should be made an integral pan of the development process. This requires modifications in the policy framework, expansion of our knowledge base, development of operational methods and techniques and a shift in emphasis in training and education.
  • Environment, arbovirus transmission and control of epidemics Analysis

    Cordellier, Roger; Degallier, Nicolas

    Abstract in Portuguese:

    Para ilustrar as relações existentes entre os biótopos (ou zonas fitogeográficas), os vetores e hospedeiros vertebrados (incluindo o homem) de arbovírus e a epidemiologia, o conhecimento atual sobre a transmissão do vírus de febre amarela na África Ocidental é apresentado e discutido. Um modelo dinâmico foi desenvolvido para integrar a distribuição geográfica dos casos observados e o momento de sua ocorrência. Duas áreas principais, endemicidade e epidemicidade, foram definidas de acordo com a presença ou ausência de transmissão silvática macaco-mosquito. A intensidade e o potencial dos contatos entre homem e vetores depende do grau das alterações ambientais produzidas pelas atividades humanas, geralmente aumentando a extensão das áreas de ecótono onde os mosquitos estão ativos ao nível do solo. A prevenção e/ou controle de arboviroses requer estudos eco-epidemiológicos detalhados para que se conheça (1) o papel de cada vetor potencial em cada região fitogeográfica; (2) os fatores de risco para as pessoas vivendo nas proximidades ou nas áreas de transmissão silvestre; (3) quais são as prioridades (vacinação e/ou controle) para prevenir a expansão dos focos naturais.

    Abstract in English:

    In order to illustrate the relationships between the biotopes (or phytogeographical zones), arbovirus vectors and vertebrate hosts (including man), and epidemiology, current knowledge on the transmission of Yellow Fever virus in West Africa is reported. A dynamic scheme has been devised to integrate the observed geographical distribution of cases and the timing of their occurrence. Two principal areas, endemicity and epidetnicity, were defined according to the presence or absence of sylvatic monkey-mosquito transmission. The intensity and potential of contacts between humans and vectors depends on the degree of man-made changes in the environment, often increasing the extension of ecotone areas where the mosquitoes are easily biting at the ground level. Prevention and/or control of arbovirus diseases require detailed eco-epidemiological studies to determine: (1) the effective role of each potential vector in each phytogeographical region; (2) the risk factors for the people living in or near areas with a sylvatic transmission cycle; (3) the priorities - vaccination and/or control - for preventing the expansion of natural foci.
  • Analysis and reflection on theoretical models of the health-disease process

    Arredondo, Armando

    Abstract in Spanish:

    Este trabajo parte de la necesidad de hacer una revisión y análisis de los diferentes modelos teóricos sobre los determinantes y condicionantes del proceso salud-enfermedad como herramienta relevante de los programas educativos en la formación de recursos humanos. Determinando para cada modelo la hipótesis propuesta, las variables de estudio, ventajas, desventajas, época y representantes, se plantea como objeto de análisis el carácter científico y/ó metodológico de los modelos: mágico-religioso, sanitarista, unicausal, multicausal, epidemiológico, ecológico, social, histórico-social, geográfico, económico e interdisciplinario. La discusión y conclusiones se centran en la necesidad de discutir hasta que punto la metodología, los planteamientos y aportes fundamentales de cada modelo son compatibles, complementarios, contradictorios, científicamente sólidos, tendenciosos, conservadores, críticos y reflexivos, así como su relevancia en la formación de recursos humanos en salud.

    Abstract in English:

    The present paper does a review and analyses the models which have been developed for the analysis of determinants and explanatory factors of the health-disease process as an elementary input for designing educational programs in the training of health manpower. Establishing the hypothesis, variables, advantages, disadvantages, time and authors of each model, the object of the analysis includes the models' methodological and/or scientific aspects: magic-religious, sanitary, unicausal, multicausal, epidemiological, ecological, social, social-historical, geographical, economic and interdisciplinary. The discussion and conclusions focus on the critical and reflexive characteristics of the models, contradictions and compatibilities among them, and their relevance for the training of human resources in health.
  • Reflections on a continuing education program in public health Análise

    Paim, Jairnilson S.; Nunes, Tânia Celeste M.

    Abstract in Portuguese:

    O presente trabalho constitui-se em um conjunto de reflexões para um Projeto de Educação Continuada dirigido a profissionais de saúde coletiva. A partir de reflexões sobre o tema que vêm sendo estimuladas pela Escola Nacional de Saúde Pública da Fiocruz, os autores sugerem um referencial teórico nos campos da saúde coletiva e da educação, apontando para a formulação de objetivos baseados em dados do contexto nacional, em fatores sócio-econômicos, nos determinantes das condições de saúde, nas políticas de saúde e trabalho e nas estruturas e objetivos das instituições onde estejam inseridas as clientelas eleitas pelo Programa. A estratégia aponta para cinco pontos fundamentais, recomendando a organização de um banco de dados de egressos, a articulação entre universidades e órgãos formadores de recursos humanos da área de saúde, a realização de oficinas e seminários, a análise de conjunturas locais com definição de seus prováveis cenários e a opção pelo nível local. O Programa elege o trabalho como eixo integrador de suas ações, superando o modo escolar de ensinar e aprender, oferecendo um processo educativo a partir de dados da realidade, organizado entre docentes das instituições acadêmicas e agentes das práticas de saúde, privilegiando o enfrentamento e a solução dos problemas dos serviços como referência para a aplicação dos conhecimentos produzidos e base de reflexão para a recriação das práticas de saúde em vigor.

    Abstract in English:

    This paper is a set of reflections for a Project on Continued Education aimed at professionals in collective health. From reflections on the subject that are being promoted by the National School of Public Health at the Oswaldo Cruz Foundation in Rio de Janeiro, the authors suggest a theoretical reference in the fields of collective health and education, pointing to the formulation of objectives based on data from the national context, socioeconomic factors, determinants of health conditions, health and labor policies, as well as structures and objectives of the home institutions of health professionals for whom the Program is designed. This strategy points to five major aspects and recommends the creation of a data bank on graduates, articulation between universities and agencies devoted to training human resources in health, development of workshops and seminars, and analysis of local conjunctures, with the definition of likely scenarios and choices at the local level. The issue of work is the integrating thrust of the Program's actions, going beyond the academic way of teaching and learning, and from data on reality providing an educational process organized between teachers of academic institutions and agents of health practices, favouring the confrontation and solution of problems in health services as the basis for the application of knowledge that has been generated and for the reflection towards the "re-creation" of current health practices.
  • Problems of health insurance coverage and health care in the United States: public and private solution strategies Research

    Brown, E. Richard

    Abstract in Portuguese:

    É praticamente consenso nos EUA que o atual sistema de saúde está falido. O sistema não foi capaz de controlar o rápido aumento nos custos dos cuidados em saúde (de longe, o mais elevado do mundo), e também não foi capaz de estancar o crescimento da população sem qualquer cobertura de seguro saúde (pelo menos 26 milhões de pessoas). Politicamente, há quase total concordância de que o governo deve prover seguro de saúde a uma parcela bem maior da população do que no passado. O debate político agora centra-se na questão se este papel expandido do governo deve suplementar o sistema de seguridade privado através de um programa aumentado, de modo a cobrir os que ficam de fora da cobertura oferecida pelo seguro privado, ou substituir o seguro privado por um programa de seguro-saúde governamental de abrangência universal, dando cobertura a toda a população.

    Abstract in English:

    A nearly universal consensus has developed in the United States that the current health care financing system is a failure. The system has been unable to control the continuing rapid rise in health care costs (by far, the highest in the world), and it has been unable to stem the growing population that has no health insurance coverage (at least 36 million people). There is nearly universal political agreement that government must provide health insurance to a far greater share of the population than ever before. The political debate now focuses on whether this expanded government role should supplement the private insurance system with an enlarged public program covering those left out of private insurance coverage, or replace private insurance with a universal government health insurance program covering the entire population.
  • Correspondence analysis: an application of the method to the evaluation of vaccination services Pesquisa

    Carvalho, Marília Sá; Struchiner, Cláudio José

    Abstract in Portuguese:

    A análise de correspondência é um método estatístico desenvolvido para a análise descritiva exploratória de grandes tabelas. Através desta técnica, pode-se visualizar, graficamente, as relações mais importantes de um grande conjunto de variáveis categóricas e contínuas. Neste trabalho, aplicou-se a técnica descrita, seguida de um processo de classificação hierárquica ascendente, disponíveis no programa "Systeme Portable Pour L'Analise de Données - SPAD", aos dados obtidos a partir de uma avaliação de desempenho do Programa Nacional de Imunizações realizada em 660 unidades públicas de saúde, distribuídas em 98 municípios brasileiros. Foram incluídas na análise diversas variáveis relacionadas ao cumprimento das normas do PNI e outras "determinantes" potenciais do desempenho das unidades na atividade. Os serviços avaliados não apresentaram padrão uniforme de desempenho, sendo classificados em cinco grupos, segundo sua atuação no PNI. Desrespeito às normas mais elementares foi observado em 58% das unidades. A análise de correspondência em epidemiologia pode servir como um auxiliar poderoso na primeira inspeção de grandes volumes de dados, que após seleção cuidadosa seriam então submetidos a outras técnicas de maior precisão.

    Abstract in English:

    Correspondence analysis is a statistical method developed for descriptive exploratory analysis of large matrices. Through this technique, the most important relations between a large pool of categorical and continuous variables may be plotted graphically. In this paper the described technique was applied to the data of an evaluation process of the National Program of Immunizations (PNI). This evaluation was carried out in 660 health clinics, distributed over 98 Brazilian cities. The variables analysed were related to the performance in PNI activities or potential determinants of this performance. The correspondence analysis was followed by an ascending hierarchical classification process of the Health Clinics, using the computer program "Systeme Portable Pour L'Analise de Données - SPA". The performance pattern was not homogeneous. The clinics were classified in five groups according to the performance in the PNI activities. In 58% of the Health Clinics, even the most elementary norms for the PNI were not followed. The correpondence analysis is a powerful tool for inspecting large data matrices and selecting the most important variables for a more detailed subsequent analysis.
  • Epidemiological study on mansoni schistosomiasis in irrigation areas of Northeastern Brazil Pesquisa

    Coutinho, Amaury D.; Silva, Manoel L.; Gonçalves, José F.

    Abstract in Portuguese:

    É mundialmente reconhecida a importância das áreas de irrigação na disseminação da esquistossomose. O presente estudo foi desenvolvido no período de outubro de 1986 a dezembro de 1987 em 23 perímetros de irrigação do Nordeste semi-árido. A análise sócio-econômica-sanitária mostrou vários aspectos de interesse epidemiológico, salientando-se a presença de trabalhadores flutuantes originários de áreas endêmicas da parasitose e vivendo em más condições sanitárias nos lotes de irrigação. O estudo coprológico indicou os seguintes resultados: de 10.279 indivíduos examinados (82% da população) somente 3 (três) casos apresentaram-se positivos para S. mansoni. O estudo malacológico mostrou a presença exclusiva da Biomphalaria straminea em 17.188 amostras coletadas. Somente em um dos perímetros (São Gonçalo, Souza, PB) foi constatada a infecção esquistossomótica ativa em 17 caramujos. Esses resultados indicam que as áreas de irrigação estudadas não constituem, no momento, problema relevante de transmissão da esquistossomose. Os autores consideram, porém, necessária uma permanente vigilância epidemiológica em todas as áreas de irrigação do Nordeste.

    Abstract in English:

    It is acknowledged throughout the world that irrigation is very important in the dissemination of schistosomiasis. The present study, involving 23 irrigation projects in the semi-arid region of five northeastern states of Brazil, was conducted during the period of October 1986 to December 1987. Socio-economic-sanitary analysis identified a number of aspects of epidemiological importance, mainly the presence of migrant farm workers, coming from endemic areas of schistosomiasis and living in poor sanitary conditions in the irrigation areas. Parasitological exams of stool samples indicated that, out of 10,229 individuals examined (82% of the population), only three were S. mansoni positive. Malacological studies identified Biomphalaria straminea as the only species out of 17,188 snails captured. In only one area (São Gonçalo, district of Souza, Paraíba State), where 3,400 snails were captured, 17 were infected with S. mansoni. These results indicate that, at present, schistosomiasis transmission is not a major problem in the areas studied. However, continued epidemiological surveilance is essential in all irrigation areas of northeastern Brazil if schistosomiasis control is to be maintained. Recommendations are made for improvement in the water supply as well as for additional sanitation measures focusing on migrant workers.
  • Air pollution and respiratory diseases: a review Pesquisa

    Duchiade, Milena P.

    Abstract in Portuguese:

    Embora saiba-se de longa data que o fumo é o principal poluente de ar lesivo às vias respiratórias, ainda não se estabeleceu o mesmo consenso a respeito dos efeitos dos demais poluentes atmosféricos sobre a saúde. Nesta revisão, buscou-se organizar as referências recentes a respeito de ação de diversos agentes poluidores sobre a saúde respiratória, tais como as partículas em suspensão, os óxidos de nitrogênio, os sulfatos e o ozônio, entre outros. A maioria dos estudos baseou-se em dados de mortalidade, sobretudo de adultos, apesar de já existirem trabalhos que investigam também os efeitos na morbidade, tanto de adultos quanto de crianças. Os primeiros estudos foram feitos em Londres e, posteriormente, em Nova York, mas atualmente inúmeros outros grupos canadenses, norte-americanos e europeus têm se debruçado sobre a questão. Tentou-se ainda rever os vários estudos nacionais a respeito do tema, de modo a fornecer um panorama geral dos conhecimentos disponíveis até o momento.

    Abstract in English:

    Although it has been known for many years that smoking is the major air pollutant capable of harming the respiratory system, there is no similar agreement about the effects of other atmospheric pollutants on health. This paper reviews recent publications about the action of major air pollutants, including suspended paniculate matter, sulfur dioxide, nitrogen dioxide and ozone, among others. Most studies are based on adult mortality data, although there are also papers that analyse the effects of air pollution on child and adult morbidity. Initial studies came from London and New York but, today many Canadian, American and European researchers are also now working in this area. A few Brazilian studies were also reviewed in order to provide a general picture of the knowledge available so far.
  • Endemic pemphigus foliaceus among the Xavánte indians, state of Mato Grosso, Brazil Notas

    Friedman, Horacio; Coimbra Jr., Carlos E. A.; Alvarez, Rosicler R.; Campbell, Iphis; Diaz, Luiz A.; Flowers, Nancy M.; Santos, Ricardo V.; Bertoli, Maria L.; Gama, Glória B. M. N.; Alcalá, Monica C. O.

    Abstract in Portuguese:

    Foi realizado inquérito soro-epidemiológico através de testes de imunofluorescência indireta e imunoprecipitação visando determinar a prevalência do pênfígo foliáceo endêmico (PFE) na população indígena Xavánte do Brasil Central. Do total de 163 amostras de soro testadas, 5 (3,1%) foram positivas à imunofluorescência. Todos os soros positivos procediam de indivíduos com sintomas clínicos da doença. Não foram observadas diferenças do PFE entre os Xavánte e a população em geral sob o ponto de vista imunológico, já que se verificou uma predominância da IgG4 entre os anticorpos nos pacientes indígenas.

    Abstract in English:

    A sero-epidemiological survey was carried out by means of indirect immunofluorescence and immunoprecipitation tests in order to determine the prevalence of endemic pemphigus foliaceus (EPF) among the Xavánte Indians from Central Brazil. Out of 163 serum samples, 5 (3.1%) tested positive for immunofluorescence. All positive sera were from patients showing clinical signs of the disease. The immunological features of EPF among the Xavánte do not differ from those of non-Indian populations, as was observed a predominance of IgG4 among the antibodies of the Indian subjects.
  • Endemics and the environment in the 21st century Opinião

    Coura, José R.

    Abstract in Portuguese:

    Na introdução do trabalho, o autor define saúde como a "adaptação do homem ao meio, preservando sua integridade física, funcional, mental e social". Por outro lado, amplifica o conceito de desenvolvimento como uma "boa qualidade de vida em tremos de alimentação, habitação, educação e saúde, seguridade social, recreação, segurança e liberdade". A relação entre desenvolvimento e saúde está associada com os recursos e meios naturais e artificiais e com os comportamentos da população humana, tais como crescimento populacional, aglomeração e migrações. O homem é "hóspede da natureza e vítima de si próprio". Embora a Conferência de Alma-Ata de 1978 tenha previsto "Saúde para todos no ano 2000", a saúde do mundo piorou na última década devido à crise econômica na América Latina, Ásia e África. Ao lado da crise econômica, o crescimento da população, de cerca de um bilhão de pessoas por década, não pôde ser acompanhado pelos serviços de saúde, educação, transporte, alimentação, habitação e seguridade social. As doenças infecciosas são responsáveis por 34% das mortes no mundo subdesenvolvido e somente 1 % nos países desenvolvidos. Anualmente, 15 milhões de crianças morrem por doenças infecciosas e/ou má nutrição, e 93% das mortes evitáveis ocorrem exatamente nos países em desenvolvimento. Não há uma correlação direta entre desenvolvimento econômico e qualidade da saúde; ela depende da organização dos serviços sociais e de saúde.

    Abstract in English:

    In the introduction the autor defines health as the "adaptation of man to environment, preserving his physical, functional, mental and social integrity". He extends the concept of development to "good living conditions, including food, housing, education, health care, social welfare, security, recreation, safety, and freedom". The relationship between development and health is associated with natural and artificial resources and environments and with human behaviours such as population growth, crowding and migrations. Man is "Nature's host and his own victim". Although the 1978 Alma-Ata Conference predicted "Health for all by the year 2000", the world's health deteriorated in the last decade because of the economic crisis and a population increase of about one billion persons that could not be matched by sendees such as health, education, transportation, food, housing and social security. Infectious diseases are responsible for 34% of deaths in the developing world and only 1% in developed countries. Yearly, 15 million children die from infectious diseases and/or malnutrition and 93% of avoidable deaths occur in the developing countries. There is no direct correlation between economic development and health quality; it depends on health and social organization.
  • O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde Resenha

    Queiroz, Marcos de S.
  • Representações sobre saúde e doença: agentes de cura e pacientes no contexto do SUDS Resenha

    Alves, Paulo César
  • Bodies, pleasures and passions: sexual culture in contemporary Brazil Resenha

    Coimbra Jr., Carlos E. A.
Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br