Cadernos de Saúde Pública, Volume: 14 Supplement 1, Published: 1998
  • The Program for Integrated Women's Health Care (PAISM): a landmark in the approach to reproductive health in Brazil Artigos

    Osis, Maria José Martins Duarte

    Abstract in Portuguese:

    O Programa de Assistência Integral à Saúde Mulher (PAISM) foi lançado pelo Ministério da Saúde em 1983, sendo anunciado como uma nova e diferenciada abordagem da saúde da mulher. Paradoxalmente, o PAISM constitui-se também na primeira vez em que o Estado brasileiro propôs explicitamente, e implantou, embora de modo parcial, um programa que contemplava a regulação da fecundidade. Isso suscitou suspeitas acerca de possíveis intenções ocultas de controle da natalidade. Porém, analisando brevemente a história desse Programa e seu significado social, conclui-se que o PAISM foi pioneiro, inclusive no cenário mundial, ao propor o atendimento à saúde reprodutiva das mulheres, no âmbito da atenção integral à saúde, e não mais a utilização de ações isoladas em planejamento familiar. Por isso mesmo, os movimentos de mulheres, de imediato, passaram a lutar por sua implementação. Seu conteúdo inclui plenamente a definição de saúde reprodutiva adotada pela Organização Mundial da Saúde em 1988, ampliada e consolidada no Cairo em 1994 e em Beijing em 1995. Conseqüentemente, a adoção do PAISM representou, sem dúvida, um passo significativo em direção ao reconhecimento dos direitos reprodutivos das mulheres, mesmo antes que essa expressão ganhasse os diversos foros internacionais de luta.

    Abstract in English:

    The Program for Integrated Women's Health Care (PAISM) was launched by the Brazilian Ministry of Health in 1983 as a new and different approach to women's health. Paradoxically, the PAISM also became the first case in which the Brazilian state explicitly proposed and implemented (albeit partially) a program regulating fertility. This raised suspicions as to disguised promotion of birth control. However, a brief analysis of the history of this program and its social significance suggests that the PAISM was a pioneering undertaking (even within the international scenario) in proposing integrated women's health care as opposed to isolated family planning measures. This helps explain why women's movements in Brazil immediately began to struggle to see it properly implemented. The program contained the definition of reproductive health adopted by the World Health Organization in 1988, which was expanded and consolidated in Cairo in 1994 and Beijing in 1995. Consequently, adoption of the PAISM meant a significant step towards recognition of women's reproductive rights, even before gaining the various international forums for struggle.
  • Causes and factors associated with reproductive age female mortality in Recife, Brazil Artigos

    Albuquerque, Rivaldo Mendes; Cecatti, José Guilherme; Hardy, Ellen Elizabeth; Faúndes, Aníbal

    Abstract in Portuguese:

    A população de mulheres em idade reprodutiva não tem recebido a devida atenção pela área de saúde fora do período da gestação, especialmente em países em desenvolvimento. Com a finalidade de contribuir para o conhecimento sobre as causas de óbito mais freqüentes que incidem nesse grupo populacional, realizou-se o presente estudo. Seu objetivo principal foi avaliar a ocorrência e os registros das mortes em mulheres com idade entre 10 e 49 anos residentes no Município de Recife, PE, ocorridas durante os anos de 1992 e 1993, identificando e agrupando as causas corrigidas desses óbitos. O estudo foi descritivo, de base populacional. Identificadas todas as Declarações de óbito (DO) elegíveis ao estudo na Secretaria de Saúde do Estado de Pernambuco, procedeu-se à codificação da causa básica do óbito e, quando necessário para sua elucidação, realizou-se investigação complementar hospitalar e/ou no serviço de necrópsia e/ou entrevista com o médico assistente e/ou visita domiciliar. Para a codificação da causa básica corrigida do óbito, utilizou-se a 9ª Revisão do CID. Foram identificados 1.013 óbitos de mulheres em idade reprodutiva, sendo os grupos de causas mais freqüentes as neoplasias, as doenças do aparelho circulatório e as causas externas. As complicações da gravidez, parto e puerpério representaram a nona causa de óbito nesse grupo.

    Abstract in English:

    Reproductive-age women, especially in developing countries, have failed to receive proper attention from the health care sector except during pregnancy. This study's objective was to contribute to the knowledge of the most frequent causes of death in this population group. The main purpose was to evaluate the occurrence and recording of deaths among women 10 to 49 years of age in Recife, Pernambuco, Brazil, during 1992 and 1993, and to identify and group the corrected causes of these deaths. It was a population-based descriptive study. After all death certificates eligible for the study were identified at the Health Secretariat of the State of Pernambuco, coding of the basic cause of death was performed. When necessary for its elucidation, a complementary investigation was also carried out at the hospital, autopsy service, and/or through an interview with the attending physician and a household visit. The 9th Revision of the ICD was used for coding the corrected basic cause of death. One thousand thirteen deaths of reproductive-age women were identified. The most frequent groups of causes of deaths were neoplasms, circulatory diseases, and external causes. Complications associated with pregnancy, delivery, and puerperium were the ninth most common cause of death in this group.
  • Association of prevalence of tubal ligation and sociodemographic characteristics of women and their partners in the State of São Paulo, Brazil Artigos

    Faúndes, Anibal; Costa, Rosely Gomes; Pádua, Karla Simônia de; Perdigão, Antero Marques

    Abstract in Portuguese:

    O Brasil tem uma alta prevalência de laqueadura tubária. Alguns setores da sociedade acreditam que essa alta prevalência estaria indicando um controle da natalidade dissimulado, que visa diminuir a fecundidade nas camadas mais pobres da população. O objetivo deste trabalho é contribuir para a compreensão das possíveis diferenças sócio-econômicas quanto à prática da laqueadura. Para este fim, analisamos uma base de dados com 1.335 mulheres com idade de 15 a 49 anos, obtida entre mulheres de nível sócio-econômico médio-baixo ou baixo, em duas regiões do Estado de São Paulo, no ano de 1991. Os resultados mostraram uma aparentemente maior prevalência de laqueadura entre as mulheres com menor nível educacional e também entre as que moravam em habitação de boa qualidade. Entretanto, ao controlar por idade, essas associações desapareceram, sugerindo que se deviam apenas a menor escolaridade e maiores recursos das mulheres de maior idade, sendo este último o fator mais fortemente associado à prevalência de laqueadura. Discute-se a complexidade das relações entre nível sócio-econômico e ligadura tubária, incluindo a diferença sócio-econômica na prevalência de cesárea, intimamente ligada à esterilização feminina.

    Abstract in English:

    Brazil has a high prevalence of tubal ligation. The hypothesis that it indicates undercover birth control efforts specifically addressed to the poorest sector of Brazilian society has been raised. The purpose of this paper is to evaluate whether there are differences in rates of tubal ligation depending on socioeconomic status. Data were gathered from interviews with 1335 women 15-49 years of age, of low or lower-middle socioeconomic status, carried out in 1991 in two regions of the State of São Paulo. The results showed an apparently higher prevalence of tubal ligation among women with less schooling,, but also among those living in better housing. However, after controlling for women's age, these associations disappeared, suggesting that they were explained by lower educational levels and greater economic resources of women of older age, where the latter factor is more heavily associated with a higher prevalence of tubal ligation. The complexity of the associations between socioeconomic status and tubal ligation are discussed, including the correlations between socioeconomic status and C-sections, which are in turn closely related to tubal ligation.
  • Regret by women following sterilization Artigos

    Vieira, Elisabeth Meloni

    Abstract in Portuguese:

    A esterilização feminina é o método anticoncepcional mais usado pelas mulheres brasileiras, embora este método não seja oferecido pelo sistema de saúde. Ele não tem sido recomendado pelos Conselhos de Medicina como um procedimento ético devido à sua ambigüidade legal. Em um estudo realizado na região metropolitana de São Paulo entre março e julho de 1992 foram entrevistadas 3.149 mulheres sobre o uso de anticoncepcionais. Delas, 407 mulheres com menos de 40 anos e que haviam sido esterilizadas há pelo menos um ano foram questionadas sobre a adaptação após a cirurgia. Entrevistas em profundidade com 15 mulheres que estavam arrependidas foram analisadas para um melhor entendimento da natureza do arrependimento. Os resultados incluem: a adaptação após a esterilização, a oferta da cirurgia, o conhecimento dos métodos anticoncepcionais, o uso prévio de métodos entre as mulheres esterilizadas e os fatores associados ao arrependimento. Os dados qualitativos enfocam a falta de informação das mulheres esterilizadas. Os resultados mostram a necessidade de regulamentar este procedimento de forma a salvaguardar a saúde das mulheres, seus direitos reprodutivos e os princípios fundamentais da ética médica.

    Abstract in English:

    Female sterilization is the most widely used contraceptive method among Brazilian women, although it has not been provided by the National Health System. Due to its legal ambiguity, it has not been recommended by Medical Boards as an ethical procedure. A study in which 3,149 women were asked about contraceptive use was carried out in the Greater São Paulo Metropolitan Area between March and July 1992. A total of 407 women under 40 years of age who had been submitted to sterilization at least one year prior to the interview were asked about their adjustment after the operation. Fifteen in-depth interviews with regretful women were analyzed in order to elucidate the nature of such feelings. The results include: adjustment after sterilization, provision of the sterilization procedure, knowledge of contraceptive methods, previous use of methods among sterilized women, and factors associated with regret. The qualitative results focus on the misinformation of sterilized women. Results indicate a need for regulating the procedure in order to ensure women's health, reproductive rights, and the fundamental principles of medical ethics.
  • Positive and negative aspects of Fallopian tube sterilization as viewed by sterilized women Artigos

    Minella, Luzinete Simões

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste artigo consiste em tratar os aspectos positivos e negativos da esterilização feminina, de acordo com o ponto de vista de dois grupos de mulheres esterilizadas em Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, a partir de uma discussão sociológica sobre o seu estado de saúde atual, avaliando-se as relações que costumam fazer entre este estado e a condição de esterilizada. O primeiro grupo está constituído por mulheres provenientes de um bairro de baixa renda, predominantemente donas de casa, e o segundo grupo inclui funcionárias públicas, estudantes e professoras universitárias, provenientes dos setores médios da sociedade, totalizando quarenta mulheres. A metodologia da pesquisa baseou-se em um questionário estruturado com perguntas abertas de modo a registrar tanto aspectos ligados a variáveis sócio-econômicas e demográficas, quanto dados subjetivos ligados às representações das mulheres sobre o período pós-esterilização. Além de uma série de outros aspectos, tornou-se possível concluir que não existe consenso sobre as conseqüências da esterilização, tendo-se constatado a existência de uma proporção significativa de mulheres esterilizadas (11) principalmente antes dos 30 anos que percebem alterações de saúde após a laqueadura.

    Abstract in English:

    The objective of this paper is to point out the positive and negative aspects of female sterilization as seen by two groups of sterilized women in Florianópolis, Santa Catarina, Brazil, based on a sociological discussion of their present health status, evaluating the associations that they generally make with the fact that they have been sterilized. The first group included mostly housewives from a low-income neighborhood, while the second involved upper-middle-class female public employees, students, and university professors, totaling 40 women. Data were obtained through a structured questionnaire with open-ended questions. Information on social, economic, and demographic variables was recorded, along with subjective data associated with women's representations of the post-sterilization period. We concluded that there was no consensus as to the consequences of sterilization, since a number of the women (11/40), mostly sterilized before the age of 30, perceived changes in their health status after surgery.
  • Metaphorical/metonymical analysis of public health thinking vis-à-vis teenage pregnancy in the 1960s Artigos

    Reis, Alberto Olavo Advincula

    Abstract in Portuguese:

    O presente artigo constitui-se num ensaio de análise de um momento histórico do processo de formação do pensamento da saúde pública acerca da adolescente grávida: os anos 60. Sua relevância assenta-se, sobretudo, no fato de que várias asserções, então produzidas, ainda exercem grande influência nas idéias e nos modelos referentes à maternidade adolescente no atual estágio do pensamento da saúde pública. Do ponto de vista técnico-metodológico, considera-se que os elementos a serem apreendidos remetem-se respectivamente a dois planos: um explícito, relativo ao registro documental, constituído por mensagens intencionais e claramente comunicadas pelos autores dos textos científicos, e um implícito, que se refere aos elementos que só se apresentariam, na superfície discursiva dos textos, por meio de efeitos estilísticos. Com base nestes pressupostos, procedeu-se a uma exploração de textos em bibliografia especializada valendo-se de uma análise metafórico-metonímica buscando evidenciar sua dimensão implícita.

    Abstract in English:

    This article is an analytical essay on a historical moment in the formation of public health thinking vis-à-vis adolescent pregnancy: the 1960s. Its relevance lies in the fact that several assertions produced then still bear great influence on ideas and models concerning adolescent maternity in current public health thinking. From the technical and methodological point of view, one can assume two levels: an explicit one pertaining to the documentary record, consisting of messages clearly communicated by authors of scientific texts, and an implicit one, with elements that could only surface in text discourse through stylistic effects. Based on such assumptions, we explored the specialized literature using a metaphorical/metonymical analysis in search of such implicit dimensions.
Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br