• Risk factors for preterm births in São Luís, Maranhão, Brazil Articles

    Aragão, Vânia Maria de Farias; Silva, Antônio Augusto Moura da; Aragão, Lívia Farias de; Barbieri, Marco Antônio; Bettiol, Heloísa; Coimbra, Liberata Campos; Ribeiro, Valdinar Sousa

    Abstract in Portuguese:

    A prematuridade continua sendo uma das principais causas de morbidade e mortalidade neonatal. O presente estudo tem como objetivo identificar os fatores de risco para a prematuridade em São Luís, Maranhão, Brasil. Foi estudada uma amostra de partos hospitalares ocorridos em dez hospitais públicos e privados no período de 1º de março de 1997 a 28 de fevereiro de 1998. Foram selecionados 2.443 nascidos vivos de forma aleatória, sendo excluídos os nascimentos de partos múltiplos e os natimortos. A incidência de nascimentos pré-termo em São Luís foi de 12,7%. Os fatores de risco para a prematuridade foram: idade materna menor de 18 anos, renda familiar menor ou igual a um salário mínimo, primiparidade, nascer em hospital público e de parto vaginal, viver sem companheiro, e não ter feito pré-natal. Após análise multivariável para controle dos fatores de confundimento, permaneceram associados ao nascimento prematuro: idade materna menor de 18 anos (OR = 1,9), primiparidade (OR = 1,5) e o não comparecimento ao pré-natal (OR = 1,5).

    Abstract in English:

    Preterm birth continues to be one of the main causes of neonatal morbidity and mortality. The objective of the present study was to identify risk factors for preterm birth in São Luís, Maranhão, Brazil. The sample consisted of hospital births at 10 public and private hospitals from March 1, 1997 to February 28, 1998. A total of 2,443 live births were randomly selected, excluding multiple deliveries and stillbirths. Preterm birth rate in São Luís was 12.7%. Risk factors for preterm delivery were maternal age below 18 years, family income equal to or less than one minimum wage/ month, primiparity, vaginal delivery at a public hospital, single mothers (or living without a partner), and absence of prenatal care. The following factors remained associated with preterm birth after multivariate analysis to control for confounding: maternal age below 18 years (OR = 1.9), primiparity (OR = 1.5), and failure to appear for scheduled prenatal care visits (OR = 1.5).
  • Analysis of medical prescriptions dispensed at health centers in Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil Articles

    Acurcio, Francisco A.; Perini, Edson; Magalhães, Sérgia M. S.; Terceiro, Leonardo G. Vieira; Vieira Filho, José Maurício; Coutinho, Karla E. O. M.; Caldeira, Kênia V.; Cabral, Luiza H. P.; Santos, Maria Carmen F.; Abrantes, Patrícia M.; Vale, Simone A.; Souza, Miraneide C.

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho avalia prescrições médicas aviadas em farmácias de unidades de saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte (SMS-BH), Brasil. Foram analisadas 4.607 prescrições, no período de março a abril de 1999, agrupadas segundo sua origem. A análise enfocou informações que deveriam constar em uma prescrição médica. Os principais resultados encontrados foram: (a) número médio de 2,4 medicamentos/prescrição para os dois grupos; (b) prescrição de quatro ou mais medicamentos em 18,0% das prescrições internas e 17,6% das externas; (c) ausência de recomendações de uso em 84,3% das prescrições internas e 85,5% nas externas; (d) presença de dados posológicos variando de 51,2% a 97,6% nas prescrições internas e de 57,9% a 96,5% nas externas; (e) utilização do nome genérico para todos os medicamentos em 51,9% nas prescrições internas e 28,4% nas externas e (f) prescrição com todos os medicamentos padronizados pela SMS-BH em 88,7% das internas e 76,4% das externas. A análise dos dados demonstra necessidade de educação continuada dos prescritores e adoção de outras medidas para melhoria da qualidade de prescrições, na perspectiva de promover o uso racional de medicamentos.

    Abstract in English:

    This article focuses on medical prescriptions dispensed at health centers under the Municipal Health Department in Belo Horizonte, Minas Gerais State, Brazil. The study analyzed 4,607 prescriptions from March to April 1999, grouped according to origin (internal or external). The analysis focused on information written on medical prescriptions. The main findings were: (a) an average of 2.4 drugs per prescription in both groups; (b) prescriptions filled out with 4 or more drugs accounted for 18.0% of internal and 17.6% of external prescriptions; (c) 84.3% of internal and 85.5% of external prescriptions provided no instructions for use of medication; (d) information on dosage regimen varied from 51.2% to 97.6% for internal and 57.9% to 96.5% for external prescriptions; (e) generic names were specified for 51.9% and 28.4% of all drugs on internal and external prescriptions, respectively; (f) prescriptions containing standard drugs from the Municipal Health Department accounted for 88.7% of internal and 76.4% of external prescriptions. Data analysis shows the need for continuing education of physicians and adoption of other methods to improve quality of prescriptions and promote rational use of drugs.
  • Prevalence of cervical intraepithelial neoplasia and invasive carcinoma based on cytological screening in the region of Campinas, São Paulo, Brazil Articles

    d'Ottaviano-Morelli, Maria Gabriela L.; Zeferino, Luiz; Cecatti, José Guilherme; Terrabuio, Débora Raquel; Martinez, Edson Zangiacomi

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste estudo foi estimar e analisar a prevalência das neoplasias intra-epiteliais cervicais (NIC) e do carcinoma invasivo do colo uterino, com base no diagnóstico citológico. Foram incluídas 120.635 mulheres que realizaram o exame citológico, entre setembro de 1998 a março de 1999, nos serviços públicos de saúde da região de Campinas, Brasil. As prevalências por 100 mil mulheres foram: 354 para NIC I; 255 para NIC II; 141 para NIC III e 24 de carcinoma invasivo. À medida que a idade aumentou, as prevalências e razões de prevalência diminuíram para NIC I e NIC II, e aumentaram para NIC III até 50-54 anos, decrescendo após. A prevalência do carcinoma invasivo aumentou com a idade. O padrão da prevalência da NIC II é distinto do padrão da NIC III e semelhante ao da NIC I, o que não teria sido observado se fosse utilizado o Sistema de Bethesda. Ainda, a média da idade ao diagnóstico da NIC II foi cerca de dez anos menor que para NIC III. Portanto, um diagnóstico de lesão de alto grau, de acordo com o Sistema de Bethesda, em uma mulher jovem provavelmente seria NIC II e em uma mulher mais velha seria NIC III.

    Abstract in English:

    This study aimed to estimate and analyze the prevalence of cervical intraepithelial neoplasia (CIN) and invasive cervical carcinoma based on cytological diagnosis. The study included 120,635 women undergoing cytological exams in public health services in the region of Campinas, São Paulo State, Brazil, between September 1998 and March 1999. Prevalence rates per 100,000 women were: 354 for CIN I; 255 for CIN II; 141 for CIN III; and 24 for invasive carcinoma. As age increased, prevalence rates and prevalence ratios decreased for CIN grades I and II and increased for CIN III until the 50-54 age group, decreasing thereafter The prevalence rate of invasive carcinoma increased with age. The prevalence pattern of CIN II was distinct from that of CIN III, but similar to that of CIN I. This would not have been observed if the Bethesda System had been used for cytological diagnosis. Mean age at time of CIN II diagnosis was about 10 years less than for CIN III diagnosis. Therefore, a high-grade lesion diagnosed in a young woman according to the Bethesda System would probably be a CIN II, whereas in an older woman it would probably be a CIN III.
  • Cervical cancer in Iquitos, Peru: local realities to guide prevention planning Articles

    Hunter, Jennifer L.

    Abstract in Portuguese:

    O câncer cérvico-uterino representa um desafio para a saúde pública na América Latina e em grande parte do mundo subdesenvolvido como um todo. Historicamente, a questão não tem sido tratada como prioridade de saúde; entretanto, nos últimos anos houve um aumento de interesse e de financiamento para enfrentar o problema. Este estudo etnográfico sobre a experiência com o câncer cérvico-uterino foi realizado em Iquitos, Peru, entre agosto de 1998 e maio de 1999. As metodologias de pesquisa incluíram: (1) observação e entrevistas domiciliares para levantar dados sobre a ocorrência na região, sobre os sistemas de saúde e a cultura local em relação ao processo da doença; (2) entrevistas sobre experiências pessoais e familiares com o câncer; e (3) estudos de caso de mulheres em diversas fases do câncer cérvico-uterino ou do diagnóstico. São apresentados os achados relativos ao conhecimento e experiência locais quanto ao teste de Papanicolau e câncer cérvico-uterino e sobre a ineficácia de um programa recém-inaugurado para rastreamento do câncer cérvico-uterino. Os achados orientam recomendações para intervenções na região em relação a: (1) mudanças nos programas de educação em saúde; (2) freqüência e idade para rastreamento da doença; (3) locais para rastreamento e tratamento; (4) tipo e disponibilidade de tratamento; (5) formas de pagamento ou reembolso; (6) documentação do atendimento e (7) o potencial terapêutico das ervas medicinais.

    Abstract in English:

    Cervical cancer is a major public health problem in Latin America, and in much of the underdeveloped world. This issue has not historically been addressed as a health priority, but in recent years is receiving increased attention and funding. This ethnographic study on the experience of cervical cancer was conducted in Iquitos, Peru, between August 1998 and May 1999. Research methodologies included: (1) observation and household interviews to obtain background knowledge about the region, medical systems, and local cultural understanding of illness; (2) cancer experience interviews; and (3) case studies of women in various stages of cervical cancer or diagnosis. Findings are presented related to local knowledge and experience of Pap smears and cervical cancer and the ineffectiveness of a recently initiated cervical cancer screening program. The findings guide recommendations for interventions in the region in relation to: (1) needed changes in health education, (2) screening frequency and age, (3) sites for screening and treatment, (4) type and availability of treatment, (5) payment issues, (6) documentation of care, and (7) the potential of herbal remedies.
  • Ecology of Anopheline (Diptera, Culicidae), malaria vectors around the Serra da Mesa Reservoir, State of Goiás, Brazil: 1 - Frequency and climatic factors Articles

    Guimarães, Anthony Érico; Gentile, Carla; Alencar, Jeronimo; Lopes, Catarina Macedo; Mello, Rubens Pinto de

    Abstract in Portuguese:

    Foram estudados aspectos da ecologia de anofelinos (Diptera, Culicidae) em áreas da Usina Hidrelétrica de Serra da Mesa, Estado de Goiás, Brasil. Foram analisados a incidência das populações de anofelinos e os fatores climáticos. Foram realizadas capturas bimestrais, em isca humana e armadilha Shannon, ao longo de 36 meses consecutivos (janeiro de 1997 a dezembro de 1999). Capturamos um total de 5.205 anofelinos adultos, pertencentes a cinco espécies. Anopheles darlingi foi o anofelino mais freqüente (61,4%), seguido de An. albitarsis s.l. (35,4%), An. triannulatus (2,5%), An. oswaldoi (0,4%) e An. evansae (0,2%). O nível da água e a vegetação às margens do reservatório foram determinantes para a freqüência das espécies de anofelinos. Os fatores climáticos tiveram influência secundária. A estabilidade do reservatório, o aumento na freqüência do An. darlingi e a chegada de garimpeiros foram responsáveis pelos casos de malária diagnosticados.

    Abstract in English:

    The ecology of anopheline species (Diptera, Culicidae) was studied in the vicinity of the Serra da Mesa Reservoir, State of Goiás, Brazil. Climatic factors and frequency of anopheline populations were analyzed. Bimonthly human-bait and Shannon trap captures were conducted for 36 consecutive months (January 1997 through December 1999). A total of 5,205 adult anophelines belonging to five species were collected. Anopheles darlingi was the most frequently collected anopheline (61.4%), followed by An. albitarsis s.l. (35.4%), An. triannulatus. (2.5%), An. oswaldoi (0.4%), and An. evansae (0.2%). The water level and vegetation along the banks of the reservoir were crucial to the frequency of the various anopheline species. Climatic factors had a secondary influence. The reservoir's water-level stability, increased frequency of An. darlingi, and the arrival of gold prospectors were responsible for the increase in malaria cases.
  • Prevention of HIV infection among migrant population groups in Northeast Brazil Articles

    Kerr-Pontes, Ligia Regina Sansigolo; González, Fernando; Kendall, Carl; Leão, Elda Maria Área; Távora, Fábio Rocha; Caminha, Iusta; Carmo, Alexandre Medeiros do; França, Marcela Moura; Aguiar, Melícia Holanda

    Abstract in Portuguese:

    A infecção pelo HIV entre pobres, mulheres e populações migrantes do interior do Nordeste Brasileiro vem crescendo. As diferentes configurações, crenças e representações e formas de organização do comportamento, associadas à capacidade de seguir adequadamente medidas de prevenção, foram o foco desta investigação. Os participantes foram localizados em bairros com altas taxas de migração através do Programa Saúde da Família em Fortaleza e Teresina. Empregou-se a metodologia qualitativa nesta investigação. Vários sistemas de crenças, valores e organização social da sexualidade desta população representam obstáculos à prevenção da AIDS e inibem o uso do preservativo. Pobreza, falta de perspectiva e medo estão associados à situação de pobreza, exclusão social e preconceito e à total ausência de direitos humanos. Quando examinados conjuntamente, estes fatores definem diferentes configurações dos migrantes com uma elevada vulnerabilidade ao HIV/AIDS. A alta vulnerabilidade destes grupos, relacionada à complexidade sócio-econômica, deve ser considerada nos programas de prevenção e controle da AIDS.

    Abstract in English:

    HIV infection is spreading among the poor, women, and migrant communities in the interior of Northeast Brazil. The research focused on different configurations, beliefs, representations, and forms of social organization of behavior thought to be associated with the population's capacity to efficiently follow AIDS prevention measures. Participants located in neighborhoods known for having large migrant populations were identified by Family Health Program Workers in Fortaleza and Teresina. The study adopted a qualitative methodology. Several belief-system concepts and values, as well as the social organization of sexuality revealed in the study, represent obstacles both to AIDS prevention and condom use. Hunger, lack of prospects, and fear are associated with a social situation of poverty, exclusion, prejudice, and total absence of basic human rights When examined together, these elements define different configurations in the migrants' increased vulnerability to HIV/AIDS. The groups' increased vulnerability relates to the socioeconomic complexity that must be considered in HIV/AIDS control and prevention programs.
Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br