• Health regions and geographic scales Artigos

    Guimarães, Raul Borges

    Abstract in Portuguese:

    O presente artigo tem como objetivo central discutir o processo de regionalização da saúde no país, considerando-se o novo cenário de direcionamento do investimento de unidades públicas de saúde, a partir da publicação da Norma Operacional de Assistência à Saúde (NOAS - SUS 01/2001). Para isso, um esforço faz-se necessário: o de superação da compreensão predominante a respeito de alguns conceitos, principalmente o de região e de escala geográfica. A proposta de divisão regional dessa NOAS baseia-se no conceito de região de planejamento que, desde a fundação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, tem subsidiado as políticas territoriais do Estado brasileiro. Contudo, a regionalização da saúde no Brasil é uma necessidade para o fortalecimento do SUS e uma mudança qualitativa da política nacional de saúde. É preciso avançar, relacionando a divisão regional do Brasil com a questão da escala. O que está em questão é se a regionalização da saúde brasileira representa ou não um aprimoramento das mediações entre as diversas escalas do SUS.

    Abstract in English:

    The present article aims to discuss how the so-called health regions have been organized in Brazil since the respective governing ruling was issued (NOAS - SUS 01/2001). In order to clarify this new context, the author emphasises such concepts as region and geographic scale. The regional division under this ruling is based on the regional planning concept underlying the country's territorial policies since the founding of the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE). However, the apportionment in health regions has been both a requirement for improving the Unified National Health System (SUS) and a qualitative change in the national health policy. It is necessary to move forward by relating the regional division to the issue of scale. What is at stake is whether the regionalization of health in Brazil represents an improvement in the mediations between the various scales in the SUS.
  • Inclusion of oral health services in the Family Health Program in the State of Paraná, Brazil Artigos

    Baldani, Márcia Helena; Fadel, Cristina Berger; Possamai, Taisiane; Queiroz, Márcia Geny Schweitzer

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste estudo foi analisar o perfil de implantação da Odontologia no Programa Saúde da Família (PSF) no Estado do Paraná, Brasil, um ano após a entrada em vigor da Portaria n. 1.444 do Ministério da Saúde (MS). Para tanto, delineou-se um estudo quali-quantitativo que envolveu os 136 municípios que tinham implantado Equipes de Saúde Bucal no PSF até o início de 2002. Foram encaminhados questionários previamente testados, abordando aspectos administrativos e operacionais relacionados às equipes. Os resultados revelam que a média da população coberta por equipe corresponde ao mínimo estipulado pelo MS em 2000. Apesar disso, essas têm dificuldades em desempenhar todas as atividades pertinentes a elas. O encaminhamento dos casos de maior complexidade também foi referido como ponto crítico. A recepção favorável por parte da população e a participação dos dentistas entrevistados em cursos de capacitação foram pontos positivos relatados. Finalmente, verificou-se que o número de contratos temporários de dentistas não é pequeno (37,7%) e os relatos indicam que há necessidade de formação de profissionais generalistas com perfil adequado para o PSF.

    Abstract in English:

    The aim of this study was to analyze the implementation of dental care in the Family Health Program (FHP) in the State of Paraná, Brazil, one year after Ministry of Health (MoH) Ruling 1,444 went into effect. A qualitative and quantitative study was designed, focusing on the 136 municipalities which had included oral health services in the program by early 2002. The dental care teams received previously tested questionnaires on administrative and operational issues. The mean population covered by each team is close to the minimum stipulated by the MoH in 2000. However, some teams experienced difficulties in developing all the activities under their responsibility. Referral of more complex cases was also reported as a critical point. Favorable reception by the population and participation by dentists in the training courses were identified as positive points. Finally, a large proportion of dentists were under temporary work contracts (37.7%); there were also reports of the need to train general dental practitioners with an adequate profile for the FHP.
  • The use of an analytic flowchart to organize healthcare in the Brazilian Family Health Program Artigos

    Barboza, Tatiane Aparecida Venâncio; Fracolli, Lislaine Aparecida

    Abstract in Portuguese:

    Para remodelar a assistência à saúde dentro da estratégia do Programa Saúde da Família (PSF) deve-se modificar os processos de trabalho em curso. Os processos de trabalho vivenciados nos serviços de saúde são focos de atenção especial para os processos de gestão da mudança e compõem os grandes temas contemporâneos dos debates sobre as práticas de gestão em saúde. O objetivo deste estudo foi discutir e analisar com os profissionais do PSF, a utilização do "fluxograma analisador" como instrumento de auto-análise e autogestão do trabalho. Os dados foram coletados por meio da dinâmica de grupo focal e analisados segundo a técnica de Discurso do Sujeito Coletivo. Os resultados mostraram que o "fluxograma analisador" é um instrumento potente para impactar os exercícios privados dos profissionais, tornando-os mais controlados e produzindo com isso serviços mais descentrados da lógica medicocêntrica; é um instrumento capaz de atuar sobre as disputas que ocorrem entre os diferentes profissionais dos serviços de saúde, procurando impor um certo controle sobre estas.

    Abstract in English:

    To reorganize healthcare in the Family Health Program (FHP) it is necessary to change the work process in health services. The work process is both the focus of special attention for introducing changes in health services and an important health services management issue. This study aimed to discuss and analyze the use of an analytic flowchart with FHP professionals in São Paulo, Brazil, as an instrument to facilitate self-analysis of the work process. Data were obtained through focus groups and analyzed using a technique called collective subject discussion. The results showed that the analytic flowchart is a powerful instrument impacting the private exercises of health professionals, making them more controlled and thereby producing services less focused on the physician-centered logic; it can also help solve disputes among different health professionals.
  • Fragments of a health work genealogy: genealogy as a research technique Artigos

    Nardi, Henrique Caetano; Tittoni, Jaqueline; Giannechini, Letícia; Ramminger, Tatiana

    Abstract in Portuguese:

    O artigo busca explorar os processos de subjetivação a partir do dispositivo do trabalho, especificamente do trabalho em saúde. Parte do entendimento de que a noção de história utilizada em muitas das produções em saúde está calcada em uma lógica evolucionista e desenvolvimentista. Em contrapartida, a perspectiva da genealogia utilizada neste artigo e baseada em Foucault, dá visibilidade às noções de descontinuidade, acontecimento e produção de verdades, trazendo em si condições para repensarmos as implicações éticas e políticas da produção de conhecimento, práticas e sujeitos. Para ilustrarmos estas questões, esboçaremos uma genealogia do trabalho em saúde, mais especificamente em relação à produção dos trabalhadores da saúde mental e aos trabalhadores da prevenção à infecção pelo HIV/AIDS.

    Abstract in English:

    The article aims to explore the influence of health work in subjectification processes. The notion of history commonly used in health-related scientific output is based on an evolutionist and developmental logic. As a counterpoint, the genealogical approach used in this article and based on Michel Foucault highlights the notions of discontinuity, event, and the production of truth as tools to rethink the ethical and political implications involved in the production of knowledge, practices, and subjects. To illustrate these aspects we sketch a health work genealogy, specifically in the field of mental health and HIV/AIDS work.
  • Birth defects and health strategies in Brazil: an overview Artigos

    Horovitz, Dafne Dain Gandelman; Llerena Jr., Juan Clinton; Mattos, Ruben Araújo de

    Abstract in Portuguese:

    O impacto dos defeitos congênitos no Brasil vem aumentando progressivamente, tendo passado da quinta para a segunda causa dos óbitos em menores de um ano entre 1980 e 2000, apontando para a necessidade de estratégias específicas na política de saúde. Foram localizadas, no Brasil, direcionadas aos defeitos congênitos, ações governamentais e não-governamentais. Estas envolvem serviços de informação sobre agentes teratogênicos na gravidez e sobre doenças metabólicas geneticamente determinadas, monitorização de defeitos congênitos, programa de triagem neonatal e tratamento de algumas doenças genéticas, imunização contra rubéola, além da fortificação de farinhas com ácido fólico como ação preventiva de certos defeitos congênitos. Apesar da importância de tais iniciativas, é pouco provável que seja possível atender à questão dos defeitos congênitos de forma integrada. Para a efetivação de um sistema de atenção voltado aos defeitos congênitos, deverá ser formulada política específica, de âmbito nacional, com a participação ativa do Ministério da Saúde, utilizando, como espinha dorsal, os serviços de genética existentes. Só assim, será possível a estruturação de uma rede regionalizada, hierarquizada e funcional voltada à atenção aos defeitos congênitos no Brasil.

    Abstract in English:

    Birth defects have increased progressively in Brazil, shifting from the fifth to the second cause of infant mortality from 1980 to 2000, thus highlighting the need for specific health policy strategies. Some governmental and nongovernmental actions related to birth defects in Brazil include information services on teratogenic agents and inborn errors of metabolism, monitoring of birth defects, neonatal screening and treatment of some genetic diseases, and rubella immunization. In addition, flour fortification with folic acid for prevention of certain birth defects has begun recently. Despite the importance of such initiatives, it is still difficult to view birth defects from a comprehensive perspective. A specific national policy on birth defects must be formulated. Active participation is needed by the Ministry of Health, using existing genetic services as the backbone, in order to develop a regionalized, hierarchical, and functional network related to birth defects in Brazil.
  • Hospital admissions forms versus medical records to assess risk of in-hospital death from acute myocardial infarction in Rio de Janeiro, Brazil Artigos

    Escosteguy, Claudia Caminha; Portela, Margareth Crisóstomo; Medronho, Roberto de Andrade; Vasconcellos, Mauricio Teixeira Leite de

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste estudo é avaliar o desempenho do Sistema de Informações Hospitalares (SIH) em relação ao prontuário médico na análise dos fatores associados à variação do risco de óbito hospitalar no infarto agudo do miocárdio. O estudo envolveu uma amostra aleatória, estratificada por hospital, de 391 prontuários médicos sorteados com base nos 1.936 formulários de Autorização de Internação Hospitalar (AIH) registrados com o diagnóstico principal de infarto agudo do miocárdio no Município do Rio de Janeiro, Brasil, em 1997. Para estudo dos fatores associados à variação do risco de óbito hospitalar foram usados modelos logísticos a partir do SIH e do prontuário, com construção de curvas ROC para comparar desempenho relativo entre eles. O diagnóstico foi confirmado em 91,7% dos casos; a letalidade foi 20,6%. O modelo desenvolvido a partir do prontuário apresentou o melhor ajuste por incluir variáveis de gravidade e processo não disponíveis no SIH (concordância = 90,1%). O modelo derivado do SIH teve um menor poder explicativo (concordância = 70,6%), mas a correção de erros de digitação e informação através do prontuário não modificou significativamente seu desempenho. A maior limitação do SIH foi o elevado sub-registro do diagnóstico secundário.

    Abstract in English:

    The objective of this study was to analyze the usefulness of the Brazilian Hospital Information System (SIH) in comparison to medical records to study factors associated with in-hospital mortality due to acute myocardial infarction (AMI). We evaluated a stratified random sample of 391 medical records (out of 1,936 hospital admissions forms) with AMI as the primary diagnosis in the city of Rio de Janeiro. Factors associated with in-hospital death were studied through logistic modeling. Models were developed directly from the SIH and from medical records. ROC curves were constructed to allow comparison of the different models. We found an AMI diagnostic confirmation = 91.7% and hospital mortality = 20.6%. The logistic model derived from medical records produced the best fit (concordance = 90.1%). Although the SIH model had a worse fit (concordance = 70.6%), the correction of keying-in and information errors using data from medical records did not significantly modify its performance. Under-recording of secondary diagnosis was high in the SIH forms and was the main limiting factor.
  • Adolescent pregnancy, prenatal care, and perinatal outcomes in Montes Claros, Minas Gerais, Brazil Artigos

    Goldenberg, Paulete; Figueiredo, Maria do Carmo Tolentino; Silva, Rebeca de Souza e

    Abstract in Portuguese:

    A presente investigação tem como propósito dimensionar a ocorrência de partos de adolescentes na rede hospitalar de Montes Claros, Minas Gerais, Brasil. Num universo de 7.672 Declarações de Nascidos Vivos do ano 2001, a proporção estimada de nascidos vivos de mães adolescentes foi de 21,5%. Ao lado da reduzida presença de adequada freqüência ao pré-natal, particularmente na faixa de 10 a 14 anos de idade (12,0%), o estudo apontou, no âmbito dos desfechos, para um crescimento da ocorrência de complicações, inversamente relacionada com a idade, sendo estas diferenças significativas no tocante à prematuridade e baixo peso ao nascer - o que não aconteceu com o Apgar no quinto minuto. Confirmando a hipótese de maior chance de ocorrência dessas complicações na vigência de um número inadequado de consultas ao pré-natal, os resultados também sinalizaram para a existência de um risco associado à idade, particularmente na adolescência precoce (10 a 14 anos). Ao lado dos indicativos de aumento da gravidez na adolescência, na região (período de 1997 a 2001), esses resultados apontaram para a consideração da gravidez na adolescência como problema de saúde pública.

    Abstract in English:

    The aim of the present study was to measure the proportion of adolescent pregnancies in Montes Claros, Minas Gerais, Brazil. From a total of 7,672 live births in 2001, the estimated proportion of births by adolescent mothers was 21.5%. In addition to the limited presence of adequate frequency in prenatal visits, especially in the 10-14-year bracket (12.0%), the study identified an increase in the number of complications, inversely related to age, and these differences were significant in relation to prematurity and low birth weight, which did not occur with the 5-minute Apgar score. Confirming the hypothesis of greater frequency of these complications when the number of prenatal visits was inadequate, the outcomes also signal an age-associated risk, particularly in early adolescence (10-14 years). These results, together with the data on an increase in adolescent pregnancy in the region from 1997 to 2001, point to teenage pregnancy as a public health problem.
  • Malocclusion prevalence and orthodontic treatment need in 10-14-year-old schoolchildren in Belo Horizonte, Minas Gerais State, Brazil: a psychosocial focus Artigos

    Marques, Leandro Silva; Barbosa, Cristiane Carvalho; Ramos-Jorge, Maria Letícia; Pordeus, Isabela Almeida; Paiva, Saul Martins

    Abstract in Portuguese:

    Os objetivos deste estudo transversal foram determinar a prevalência da maloclusão e verificar a associação entre necessidade normativa de tratamento ortodôntico e determinados aspectos psicossociais. A amostra (n = 333) foi representativa de todos os adolescentes de 10 a 14 anos de idade, residentes em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. A variável dependente "necessidade normativa de tratamento ortodôntico" foi avaliada por intermédio do Dental Aesthetic Index (DAI), e as variáveis independentes (gênero, idade, escolaridade da mãe, nível econômico, percepção dos pais quanto à estética bucal e necessidade de tratamento dos filhos e desejo de tratamento pelos adolescentes), mediante questionários. Foram realizadas análises descritiva, univariada e de regressão logística múltipla (Stepwise Forward Procedure), adotando-se o nível de significância p < 0,05. A prevalência de má-oclusão foi de 62,0% e a necessidade normativa de tratamento ortodôntico de 52,2%. Desejo de tratamento ortodôntico relatado pelo adolescente e percepção dos pais quanto à estética bucal do filho foram variáveis que apresentaram associação estatisticamente significativa com a necessidade normativa de tratamento ortodôntico. Os resultados sugerem que fatores psicossociais devem ser incorporados aos critérios clínicos considerando a decisão para o tratamento ortodôntico.

    Abstract in English:

    The objectives of this cross-sectional study were to assess the prevalence of malocclusion and to verify the association between normative orthodontic treatment need and certain psychosocial aspects. The sample (n = 333) was representative of the population of adolescents (10-14 years) in Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil. The dependent variable "normative orthodontic treatment need" was evaluated through the Dental Aesthetic Index (DAI) and the independent variables (gender, age, mother's schooling, economic status, parent's perception of the child's oral aesthetics, parent's perception of the child's orthodontic treatment need, and the adolescent's desire for orthodontic treatment) were evaluated through questionnaires. Descriptive, bivariate, and logistic regression (stepwise forward procedure, p ¾ 0.05) analyses were performed. Malocclusion prevalence was 62.0% and normative orthodontic treatment need was 52.2%. The variables adolescent's orthodontic treatment desire and parents' perception of the child's oral aesthetics were significantly associated with normative orthodontic treatment need. These results suggest that psychosocial factors should be considered in making the decision to undergo orthodontic treatment.
  • Health conditions in the cargo and passenger road transportation industry: a study based on the Brazilian National Sample Household Survey Artigos

    Neri, Marcelo; Soares, Wagner L.; Soares, Cristiane

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste artigo é realizar um comparativo das condições de saúde dos profissionais do setor de transporte rodoviário e a saúde dos ocupados nos demais setores da economia nos Estados brasileiros. As informações foram obtidas com base nos microdados do suplemento saúde da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios de 1998, e por meio de regressões logísticas estimou-se as chances de um trabalhador ficar doente ou se auto-avaliar doente, segundo suas características sócio-demográficas. O contingenciamento de algumas variáveis também permitiu avaliar a "produção sacrificada" decorrente da restrição das atividades de trabalho por motivo de saúde no setor de transporte rodoviário. Quanto às doenças cardiovasculares e músculo-esqueléticas, observou-se variações nas chances de adquirir essas afecções em função da idade e dos anos de escolaridade, assim como o risco aumentado para trabalhadores do setor de cargas e de passageiros, e para a categoria motoristas e cobradores. A média de dias perdidos de trabalho dos motoristas e cobradores foi de 6,28 dias, o que representou uma perda salarial de aproximadamente R$ 6,6 milhões nos Estados da Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais.

    Abstract in English:

    This article aims to compare health conditions among transportation workers and the general population. Data were obtained from the health survey supplement of the National Sample Household Survey (1998) and were estimated by means of a logistic regression model with socio-demographic characteristics as predictive variables. Production losses resulting from time off the job due to disease was estimated. Age, years of schooling, work in the cargo transportation industry, and being a driver were significantly associated with the odds of cardiovascular and musculoskeletal diseases. The average number of working days lost by drivers and fare collectors was 6.28, representing a wage loss of approximately US$2.6 million.
  • Are we really detecting violence in families of children visiting our health services? The experience of a public health service in Rio de Janeiro, Brazil Artigos

    Moura, Anna Tereza M. Soares de; Reichenheim, Michael E.

    Abstract in Portuguese:

    A violência familiar é considerada uma questão prioritária em saúde pública, sendo o problema ainda mais marcante na infância. Informações referentes à morbidade deste agravo podem estar subdimensionadas devido a entraves na detecção de casos. O objetivo deste estudo é contrastar a magnitude da violência contra a criança, aferida ativamente em um ambulatório, com a casuística espontânea do serviço. Foram realizadas 245 entrevistas entre abril e junho de 2001, utilizando-se as Conflict Tactics Scales: Parent-Child Version (CTSPC) e a Revised Conflict Tactics Scales (CTS2) para aferir os eventos violentos. Os casos encaminhados ao Serviço Social representaram a casuística do serviço no período da busca ativa (12 meses). Encontrou-se uma elevada prevalência de violência física entre o casal, com eventos graves ocorrendo em 17,0% das famílias. Em relação à criança, agressões físicas "menores" foram referidas em 46,0% de famílias, porquanto a forma grave, em 9,9%. A prevalência identificada espontaneamente foi de 3,3%. Este estudo de caso mostra as oportunidades perdidas de detecção e chama-se a atenção para a necessidade de rever a abordagem da violência familiar em serviços de saúde.

    Abstract in English:

    Domestic violence, particularly in childhood, is a growing public health concern. Information on morbidity is mostly underreported due to constraints in case detection. This paper analyzes the frequency of events measured actively by outpatient services as compared to spontaneous reports. Information on violence was assessed for 245 families from April to June 2001 using the Conflict Tactics Scales: Parent-Child Version (CTSPC) and the Revised Conflict Tactics Scales (CTS2). Cases referred to the Social Work Department provided the caseload for the active search period (12 months). There was a high prevalence of physical violence in the couple, with serious events occurring in 17.0% of the families. In relation to children, cases of "minor" physical aggression were reported in 46.0% of families and serious cases in 9.9%. The spontaneously identified prevalence was 3.3%. This case study demonstrates the missed opportunities for detection and calls attention to the need to review the approach to domestic violence by health services.
  • Caseload of poisoning among children treated by the Rio Grande do Sul State Toxicology Information Center (CIT/RS), Brazil Artigos

    Ramos, Carla Luiza Job; Targa, Maria Beatriz Mostardeiro; Stein, Airton Tetelbom

    Abstract in Portuguese:

    Estudo transversal descritivo analítico para estabelecer perfil das intoxicações em crianças de 0 a 4 anos, registradas no Centro de Informação Toxicológica do Rio Grande do Sul (CIT/RS), Porto Alegre, Brasil, 2003. Selecionados 1.311 casos, extraíram-se dados de crianças que sofreram intoxicação acidental individual dentro de suas residências. Em uma amostra do tipo aleatória sistemática de 286 pacientes, foram realizadas 21 entrevistas com responsáveis legais das crianças, utilizando-se instrumento estruturado. O perfil da intoxicação apresentou faixa etária de um ano; gênero masculino; via de exposição oral; agente tóxico localizado no chão da sala de estar ou no quarto; altura do móvel inferior a 30cm; horário da intoxicação entre 18h01-22h; tempo entre o acidente e a busca por uma conduta médica menor que 30 minutos; medicamento analgésico como agente tóxico; avaliação da intoxicação como não tóxica, evoluindo para a cura. Os dados indicam características relevantes quanto ao horário da intoxicação e local em que se encontravam os agentes tóxicos. A definição do perfil permite orientar e incrementar campanhas de prevenção de acidentes tóxicos na infância promovidas pelos órgãos públicos de saúde.

    Abstract in English:

    This was an analytical, descriptive, cross-sectional study to establish the profile of poisonings among children 0 to 4 years of age reported to the Rio Grande do Sul State Toxicology Information Center (CIT/RS) in Porto Alegre, Brazil, 2003. A total of 1,311 cases were selected and data were extracted on children who had suffered individual accidental poisoning inside the home. From a systematic random sample of 286 patients, 21 interviews were held with the children's parents or guardians, using a structured instrument. The typical profile of poisoning featured: < 1 year age bracket; male gender; oral exposure; poisonous agent located on living room or bedroom floor; furniture height < 30cm; time of poisoning from 18:01 to 22:00; time between poisoning and search for emergency medical care less than 30 minutes; analgesics as poisonous agent; medical assessment of purported poisoning as non-toxic, evolving to cure. The data indicate relevant characteristics as to the time of poisoning and place where poisonous agents were located. Definition of a profile helps promote and expand childhood poisoning prevention campaigns by public health agencies.
  • Dengue control as viewed by agents and the target population in São José do Rio Preto, São Paulo, Brazil Artigos

    Baglini, Virgínia; Favaro, Eliane Aparecida; Ferreira, Aline Chimello; Chiaravalloti Neto, Francisco; Mondini, Adriano; Dibo, Margareth R.; Barbosa, Angelita A. C.; Ferraz, Amena A.; Cesarino, Marisa B.

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo foi identificar, no contexto da atuação dos agentes responsáveis pelo controle do dengue e na sua relação com moradores, situações vivenciadas no dia-a-dia de suas funções. Realizou-se estudo transversal com aplicação de questionários à população dos agentes de controle de vetores (ACV), à dos agentes comunitários de saúde (ACS) e a uma amostra de mulheres. As respostas dadas pelos agentes foram agrupadas nos âmbitos do trabalho, particular e coletivo. As mulheres foram abordadas sobre a relação mantida com os agentes. As dificuldades citadas nos âmbitos particular e trabalho pelos ACV diferiram das citadas pelos ACS. No coletivo foram coincidentes e mostraram que ambos não estão preparados para lidar com estas questões. Das mulheres entrevistadas, 87,0% afirmaram estar bem ou muito bem informadas sobre dengue, 84,0% afirmaram que os trabalhos dos agentes ajudam sempre e 54,0% apontaram como dificuldade o horário impróprio da visita realizada pelo agente. Identificou-se a necessidade de um novo profissional que reconheça e respeite as particularidades dos locais onde atua e desenvolva suas atividades de forma integrada às questões sócio-ambientais da comunidade.

    Abstract in English:

    The aim of this article was to identify daily situations experienced by dengue control agents in their relationship to local residents. A cross-sectional study applied questionnaires among vector control agents, community health workers, and a sample of local women. The answers by the dengue control agents and community health workers were grouped in the categories of work, private life, and community. The women were asked about the relationship with the vector control and community health workers. The difficulties cited in the private and work areas by the vector control agents were different from those reported by community health workers. At the community level they coincided and showed that neither group is adequately prepared to deal with these issues. Of the local women interviewed, 87.0% reported that they were well-informed or very well-informed about dengue, 84.0% stated that the work by the vector control agents and community health workers was always helpful, and 54.0% identified inappropriate visiting hours by vector control agents and community health workers as a difficulty. The study identified the need for a new job profile that would recognize and respect the specificities of the areas where their activities are conducted, integrating the community's socio-environmental issues.
  • Prevention of vertical HIV transmission in Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, Brazil Artigos

    Fernandes, Regina Célia de Souza Campos; Araújo, Luciana Cordeiro de; Medina-Acosta, Enrique

    Abstract in Portuguese:

    A transmissão vertical do HIV continua sendo um importante desafio para a Saúde Pública. A partir de 1996 se iniciou no Brasil o uso da profilaxia com Zidovudina durante a gestação, no momento do parto e para o recém-nascido, com redução da transmissão para menos de 5,0% em muitos serviços. Desde 1999, o Programa Municipal de DST/AIDS de Campos dos Goytacazes (população: 416.441), Rio de Janeiro, atua na prevenção da transmissão perinatal do HIV. Merecem destaque o moderado aumento da captação de gestantes HIV positivas do município (de 28,0% para 36,0% no período 2001-2003), por meio da maior oferta do teste de HIV no pré-natal e o maior conhecimento que as gestantes demonstram sobre a transmissão materno-infantil do HIV. Persistem como desafios a extensão da testagem de HIV a toda a população de gestantes e, no caso das não testadas, o uso do teste rápido para diagnóstico no momento do parto. Com isso, se conseguiria modificar o panorama atual em que apenas 6,8% das crianças infectadas e em acompanhamento tiveram acesso à profilaxia da transmissão materno-infantil do HIV.

    Abstract in English:

    Prevention of mother-to-child HIV transmission is an emerging public health challenge. In Brazil, preventive prophylaxis with AZT during pregnancy, at delivery, and for newborns was introduced in 1996, with a marked reduction in transmission (less than 5.0% nationwide). Since 1999 the Municipal STD/AIDS Program in Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro State (population = 416,441) has acted in the prevention of vertical transmission. In 2001/2003, there was a moderately increased implementation (from 28.0% to 36.0%) of HIV screening services during pregnancy, and more pregnant women were knowledgeable about vertical HIV transmission. Remaining challenges are to expand HIV screening to pregnant women at large and to effectively introduce rapid diagnostic tests for HIV in the delivery room. Such actions are expected to change the current situation, in which only 6.8% of infected children under observation had access to prophylaxis for vertical HIV transmission.
  • Nutrient consumption by adults and seniors in a population-based study: the Bambuí Project Artigos

    Lopes, Aline Cristine Souza; Caiaffa, Waleska Teixeira; Sichieri, Rosely; Mingoti, Sueli Aparecida; Lima-Costa, Maria Fernanda

    Abstract in Portuguese:

    Inquérito alimentar populacional em amostra aleatória de 550 indivíduos > ou = 18 anos, realizado em Bambuí, Minas Gerais, Brasil, utilizando o Questionário Semiquantitativo de Freqüência Alimentar e recordatório 24 horas calibrados pela técnica de regressão linear. A análise constou de comparação de médias, teste de qui-quadrado e razão de adequação do nutriente (RAN-adequada: 90,0-110,0%). Foi baixo o percentual da população que apresentou RAN de acordo com o recomendado para consumo de carboidratos (2,4%), proteínas (17,6%), vitaminas (0,0-5,1%) e minerais (0-21,1%). Diferenças de acordo com sexo e idade foram encontradas: 90,2% e 91,8% de mulheres apresentaram baixo consumo de ferro e vitamina B6, respectivamente. Ao contrário, 87,7% dos homens relataram consumo excessivo de ferro, 80,3% de fósforo e 11,9% de colesterol. Quanto à idade, 64,3% de idosos (> 60 anos) relataram baixa ingestão protéica e 39,3% apresentavam inadequação das frações lipídicas; sendo que 35,7% informaram consumo excessivo de ácidos graxos saturados. Dos adultos (18-59 anos), 67,8% relataram excessivo consumo protéico e 53,4% ingestão insuficiente de ferro. Alto e inadequado consumo de lipídios e baixa ingestão de fibras, vitaminas e minerais, constituem problema importante de saúde pública por possivelmente contribuir para o aumento das doenças crônicas não transmissíveis.

    Abstract in English:

    A nutritional survey was performed in a random sample of 550 individuals ( > or = 18 years) in Bambuí, Minas Gerais State, Brazil, using the Semi-Quantitative Food Frequency Questionnaire calibrated with 24-hour recall. Comparisons used means, proportions, and the nutrient adequacy ratio (NAR: 90.0-110.0%). Adequate intake was reported in only 2.4% of the individuals for carbohydrate, 17.6% for protein, 0.0 to 5.1% for vitamins, and 0.0 to 21.1% for minerals. NAR was influenced by gender and age: 90.2% and 91.8% of women presented low iron and B6 vitamin intake, respectively. Meanwhile, 87.7% of men reported excess iron, 80.3% phosphorous, and 11.9% cholesterol. Regarding aging, 64.3% of elderly (> 60 years old) reported low protein intake and 39.3% inadequate lipid fraction balance (P/S); 35.7% reported high unsaturated fatty acid intake. For adults (18-59 years), 67.8% reported excess protein and 53.4% deficient iron intake. In this population, high lipid consumption and low intake of fiber, vitamins, and minerals pose an important public health problem and may contribute to an increase in chronic non-communicable diseases.
  • Indigenous organizations and health district apportionment: the gap between seeing and believing in health policies Artigos

    Garnelo, Luiza; Sampaio, Sully

    Abstract in Portuguese:

    O trabalho se propõe a analisar repercussões etnopolíticas, éticas e sanitárias nas práticas das organizações indígenas, conveniadas com o Ministério da Saúde, ligadas ao processo de implantação dos Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI) no Estado do Amazonas, Brasil. Os DSEI escolhidos para análise foram o de Manaus e do Rio Negro. As informações trabalhadas são retiradas de relatórios de encontros, reuniões de planejamento e de gestão das convenentes indígenas, da observação participante em eventos de avaliação do processo de distritalização e entrevistas com gerentes indígenas e não indígenas dos DSEI. É discutida a ambigüidade das organizações indígenas de ter que exercer o seu papel político e ao mesmo tempo de executoras de uma política do Estado, assumindo como uma forma de superação do estigma de incapacidade de estar à frente do processo de implantação dos DSEI.

    Abstract in English:

    This study aims to analyze the ethno-political, ethical, and health repercussions, for indigenous peoples' organizations involved in agreements with the Ministry of Health, resulting from the implementation of Special Indigenous Health Districts (DSEI) in the State of Amazonas, Brazil. The DSEIs chosen for analysis were those of Manaus and Rio Negro. Data were collected from reports drafted during and after planning and other meetings of the respective indigenous peoples' organizations, participatory observation in events organized to evaluate the health district apportionment process, and interviews with indigenous and non-indigenous managers of DSEIs. The article discusses the ambiguity of indigenous peoples' organizations in having to exercise their own political role while implementing a state policy, assumed as a way to overcome the stigma of their presumed inability to head the process of implementing a DSEI.
  • Evaluation of human albumin use in a Brazilian hospital Artigos

    Matos, Guacira Corrêa de; Rozenfeld, Suely

    Abstract in Portuguese:

    A albumina humana é freqüentemente usada sem que haja correspondência entre suas propriedades farmacológicas e as doenças. Este é um estudo das prescrições de albumina humana em um hospital da rede pública no Rio de Janeiro, Brasil, com ênfase no grau de adesão das mesmas a protocolos de tratamento. As informações foram extraídas dos registros do Serviço de Farmácia e dos prontuários médicos de 99 pacientes adultos, que receberam, entre março e agosto de 2001, 1.475 unidades de albumina humana, solicitadas em 498 prescrições. A análise de confiabilidade das informações sobre indicação terapêutica resultou num kappa de 0,79 (IC95%: 0,72-0,85). As indicações terapêuticas foram avaliadas como apropriadas, inapropriadas ou controversas, com base em quatro protocolos de países diferentes. Do total de prescrições, 33,1% foram consideradas apropriadas, 61,8% inapropriadas, 4,6% controversas e 0,4% indeteminadas. Identificaram-se dois casos suspeitos de reações adversas. A proporção de prescrições inapropriadas é preocupante, dado o elevado custo do produto e o seu potencial para causar reações adversas. A implantação das diretrizes nacionais expressas no protocolo da ANVISA é estratégica para a promoção do uso racional da albumina humana em hospitais.

    Abstract in English:

    Human albumin is frequently used without regard for the relationship between its pharmacological properties and the respective disease. We investigated the prescription of human albumin in a Brazilian public hospital with emphasis on adherence to international guidelines. Data were gathered from pharmacy and medical records. From March to August 2001, 99 patients (> 15 years) received 1,475 units of human albumin, ordered in 498 prescriptions. The reason for prescribing human albumin was independently collected from medical records by two health professionals, and agreement was assessed by kappa statistics (95%CI: 0.72-0.85). According to different guidelines, prescriptions were classified as appropriate (33.1%), inappropriate (61.8%), controversial (4.6%), or undetermined (0.4%). Two probable cases of adverse reactions were identified. The proportion of inappropriate prescriptions is worrisome due to the product's high cost and its potential to cause adverse reactions. An appropriate strategy would be to encourage the application of guidelines issued by the national regulatory agency to promote rational use of human albumin and maximize patient safety.
  • The fight against AIDS among adolescent girls: the impact of the 2003 Carnival campaign by the Brazilian Ministry of Health Artigos

    Porto, Mauro Pereira

    Abstract in Portuguese:

    Em 2003, o Ministério da Saúde do Brasil (MS) lançou uma campanha nacional para promover o uso de preservativos entre meninas adolescentes. A Campanha de Carnaval 2003 foi transmitida por emissoras de rádio e televisão entre 16 de fevereiro e 3 de março, tendo como público-alvo adolescentes do sexo feminino entre 13 e 19 anos, um grupo social que havia registrado crescimento no número de casos de AIDS e outras doenças sexualmente transmissíveis. O MS contratou a artista Kelly Key para estrelar os anúncios de rádio e TV. Um dos objetivos foi o de estimular as adolescentes a não sentirem vergonha de adquirir preservativos e de exigir que seus parceiros os utilizassem. O artigo apresenta os resultados de um survey nacional encomendado pelo MS, que contou com a participação de 1.006 jovens adolescentes em 86 municípios. Os resultados demonstram que os materiais de campanha alcançaram o público-alvo, e que eles foram muito bem avaliados pelas entrevistadas. Finalmente, os resultados mostram, ainda, que a campanha teve efeitos importantes, como o desencadeamento de discussões no ambiente social das jovens e o reforço de atitudes relacionadas ao uso de preservativos.

    Abstract in English:

    In 2003, the Brazilian Ministry of Health launched a nationwide campaign aimed at promoting condom use by adolescent girls. The "Carnival Campaign" was broadcast on television and radio from February 16 to March 3 and targeted adolescent girls (13-19 years), a group which had shown an increase in the number of cases of AIDS and other sexually transmitted diseases. The MoH hired Kelly Key, a Brazilian pop singer, to star the television and radio ads and deliver the campaign message. One of the objectives was to empower girls and encourage them not to be ashamed of purchasing condoms or of demanding that their partners use them. The article presents the results of a nationwide survey with 1,006 adolescent girls in 86 municipalities, sponsored by the MoH. The results show that campaign materials reached the main target public and were evaluated in a very positive light. Finally, the survey data show that the Carnival Campaign had important effects, stimulating discussions in the adolescent social environment and reinforcing positive attitudes towards condom use.
  • Perinatal mortality due to congenital syphilis: a quality-of-care indicator for women's and children's healthcare Artigos

    Saraceni, Valéria; Guimarães, Maria Helena Freitas da Silva; Theme Filha, Mariza Miranda; Leal, Maria do Carmo

    Abstract in Portuguese:

    A sífilis permanece como causa importante de mortalidade perinatal no Município do Rio de Janeiro, Brasil, onde o presente estudo foi realizado utilizando os dados do Sistema de Informação de Mortalidade e das Fichas de Notificação e Investigação de Óbitos Fetais e Neonatais, obrigatórias para as maternidades municipais. Entre 1996 e 1998, a sífilis congênita foi responsável por 13,1% dos óbitos fetais e 6,5% dos neonatais nas maternidades municipais. Entre 1999 e 2002, os percentuais foram de 16,2% e 7,9%, respectivamente. Para o Município do Rio de Janeiro, de 1999 a 2002, os percentuais foram 5,4% e 2,2%, para óbitos fetais e neonatais. A taxa de mortalidade perinatal por sífilis congênita permanece estável no Município do Rio de Janeiro apesar dos esforços iniciados com as campanhas para eliminação do agravo em 1999 e 2000. Propomos a utilização da taxa de mortalidade perinatal por sífilis congênita como indicador de impacto das ações de controle e eliminação da sífilis congênita e sugerimos a utilização das fichas de notificação e investigação de óbitos fetais e neonatais para a vigilância de outros agravos evitáveis.

    Abstract in English:

    Syphilis is a persistent cause of perinatal mortality in Rio de Janeiro, Brazil, where this study was performed using data from the mortality data system and investigational reports for fetal and neonatal deaths, mandatory in municipal maternity hospitals. From 1996 to 1998, 13.1% of fetal deaths and 6.5% of neonatal deaths in municipal maternity hospitals were due to congenital syphilis. From 1999 to 2002, the proportions were 16.2% and 7.9%, respectively. For the city of Rio de Janeiro as a whole from 1999 and 2002, the proportions were 5.4% of fetal deaths and 2.2% of neonatal deaths. The perinatal mortality rate due to congenital syphilis remains stable in Rio de Janeiro, despite efforts initiated with congenital syphilis elimination campaigns in 1999 and 2000. We propose that the perinatal mortality rate due to congenital syphilis be used as an impact indicator for activities to control and eliminate congenital syphilis, based on the investigational reports for fetal and neonatal deaths. Such reports could be extended to the surveillance of other avoidable perinatal disease outcomes.
  • Self-perception and oral health conditions in an elderly population Artigos

    Silva, Débora Dias da; Sousa, Maria da Luz Rosário de; Wada, Ronaldo Seichi

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo avaliou as condições de saúde bucal clinicamente e através da autopercepção. A amostra foi de 112 indivíduos com mais de 60 anos, residentes em Rio Claro, São Paulo, Brasil, dividida em G1 - sem acesso a tratamento odontológico conveniado (n = 55) e G2 - com acesso a tratamento odontológico conveniado (n = 57). Os exames clínicos seguiram critérios da Organização Mundial da Saúde. A autopercepção foi avaliada usando o índice GOHAI (Geriatric Oral Health Assessment Index). O CPO-D foi de 29,13, maior no G1 (p = 0,0091). A média de dentes presentes foi de 7,63, maior no G2 (p = 0,0131). As condições periodontais avaliadas apresentaram uma grande porcentagem de sextantes nulos (70,3%), sendo que o CPI apontou o cálculo como a maior prevalência, e o PIP, as bolsas até 3mm. A porcentagem de indivíduos edêntulos foi de 45,5%, maior no G1 (p = 0,0142). Dentre os edêntulos, 69,6% usavam próteses totais superiores, e 42,9%, inferiores. A média do GOHAI foi de 33,61, qualificando como positiva a percepção da saúde bucal e houve diferença apenas na dimensão física, com o maior valor no G2 (p = 0,0154). A autopercepção da saúde bucal foi satisfatória, o que não pôde ser confirmado com os dados clínicos obtidos nos grupos.

    Abstract in English:

    This study assessed oral health conditions through clinical examination and self-perception. The sample consisted of 112 subjects 60 years of age or older in Rio Claro, São Paulo, Brazil, divided into two groups: G1, with dental insurance (n = 55) and G2, without dental insurance (n = 57). Clinical examinations were conducted according to WHO guidelines. Data on self-perceived oral health were collected using the GOHAI (Geriatric Oral Health Assessment Index). DMFT was 29.13, higher in G1 (p = 0.0091). Mean number of teeth currently present in both groups was 7.63, higher in G2 (p = 0.0131). Periodontal conditions showed a high percentage of null sextants (70.3%), where CPI revealed higher prevalence for calculus and PIP for pockets up to 3mm. The percentage of edentulous subjects was 45.5%, higher in G1 (p = 0.0142). Among edentulous subjects, 69.6% wore complete upper dentures and 42.9% complete lower dentures. Mean GOHAI was 33.61, qualifying self-perceived oral health status as positive, and the only difference was in the physical dimension, where G2 showed higher values (p = 0.0154). Self-perceived oral health was considered satisfactory, but this was not confirmed by clinical data from the two groups.
  • Health needs according to civil society and the state Artigos

    Campos, Célia Maria Sivalli; Mishima, Silvana Martins

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo tomou como objeto as necessidades de saúde de moradores da área de abrangência de uma unidade básica de saúde (UBS) no Município de São Paulo, Brasil. O objetivo geral foi investigar as necessidades de saúde reconhecidas como objeto do trabalho em saúde. Para isso identificou e analisou o que os moradores reconhecem como necessidades de saúde, bem como o que os trabalhadores da UBS tomam por objeto do trabalho. Trabalhadores da UBS e moradores da área de abrangência dessa UBS foram os sujeitos da pesquisa. Utilizou-se a entrevista semi-estruturada para a coleta dos dados e a análise temática para a apreensão da realidade. As categorias empíricas apreendidas foram: necessidade da presença do Estado, necessidades de reprodução social, necessidade de participação política, reconhecidas pelos moradores do território como necessidades de saúde. A análise indicou que os processos de trabalho da UBS têm prescindido do reconhecimento das necessidades dos moradores. A superação dessas reduções será viável quando os processos de trabalho forem instaurados a partir do reconhecimento das necessidades de saúde, respeitando a concepção da determinação do processo saúde-doença e a conquista política do direito à saúde.

    Abstract in English:

    This study focused on the health needs of a population covered by a primary healthcare center (PHC) in the city of São Paulo, Brazil. The overall objective was to investigate the perceived health needs as the object of health work. The study thus identified and analyzed what residents recognize as health needs, as well as what the PHC workers grasp as the object. The PHC workers and local residents were the research subjects. A semi-structured interview was used for data collection and thematic analysis for grasping the reality. The empirical categories identified were: need for state presence, social reproduction needs, and need for political participation recognized by local residents as health needs. The analysis indicated that the PHC work has operated without recognizing the residents' needs. Overcoming such gaps may be possible if and to the extent that work processes are implemented according to the recognition of health needs, respecting the concept of determination in the health-disease process and the right to health as a political gain.
  • Neonatal care and mortality in public hospitals in Rio de Janeiro, Brazil, 1994/2000 Artigos

    Gomes, Maria Auxiliadora de Souza Mendes; Lopes, José Maria Andrade; Moreira, Maria Elizabeth Lopes; Gianini, Nicole Oliveira Mota

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo apresenta uma avaliação da intervenção realizada pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro(SMS-RJ) (estratégias de organização e qualificação da assistência neonatal na rede municipal, incluindo a ampliação dos leitos neonatais de risco), com o objetivo de reduzir a mortalidade neonatal. Analisamos as mudanças ocorridas no atendimento dos diferentes prestadores do setor público (período 1994/2000), na taxa de mortalidade neonatal dos nascimentos ocorridos nas instituições do Sistema Único de Saúde (1995/2000) e o perfil das internações em quatro Unidades de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) da SMS-RJ (2000). Encontramos a concentração do atendimento neonatal de risco nas unidades municipais (de 28,0% do atendimento de nascidos vivos prematuros, em 1994, para 67,0% em 2000), redução na mortalidade neonatal dos nascimentos ocorridos no SUS (de 19,9 óbitos por mil nascidos vivos em 1996 para 15,5 em 2000). Não houve redução nas taxas de prematuridade e baixo peso ao nascer entre as mães residentes no Município do Rio de Janeiro. Na análise das internações nas UTIN encontramos elevada proporção de neonatos de mães moradoras de outros municípios, 14,0% de mães que não realizaram pré-natal e 32,0% de mortalidade entre neonatos com peso ao nascer < 1.500g.

    Abstract in English:

    This article analyzes an intervention by the Rio de Janeiro Municipal Health Department (SMS-RJ), Brazil, to reduce the neonatal mortality rate (strategies for organizing and upgrading neonatal care in the municipal system, including an increase in the number of neonatal high-risk beds). We studied the trends in neonatal mortality rate (1995/2000), neonatal care provided in different public hospitals (1994/2000), and admissions profile and mortality in four neonatal intensive care units (NICUs) under the SMS-RJ (2000). There was a concentration of high-risk neonatal care in the municipal hospitals (an increase from 28.0% of the care provided for live premature neonates in 1994 to 67.0% in 2000) and a reduction in the neonatal mortality rate in units under the Unified National Health System (from 19.9 deaths per thousand live births in 1996 to 15.5 in 2000). There was no reduction in the prematurity and low birth weight rates among mothers residing in the municipality of Rio de Janeiro. Analysis of admissions to the NICUs showed a high proportion of neonates born to mothers from municipalities outside Rio de Janeiro, while 14.0% of the mothers had not received prenatal care, and the mortality rate among newborns with birth weight < 1.500g was 32.0%.
Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br