• International cooperation and affirmative action policies: the role of the Pan American Health Organization (PAHO) Debate

    Maio, Marcos Chor; Pires-Alves, Fernando A.; Paiva, Carlos Henrique Assunção; Magalhães, Rodrigo Cesar da Silva

    Abstract in Portuguese:

    O artigo analisa o processo de formulação, legitimação e implementação de uma política de recorte racial no âmbito da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). O trabalho compreende a emergência do tema no interior da organização internacional, a dinâmica institucional em torno da questão e as propostas centradas na população negra na América Latina. Essas são abordadas com base nas interações estabelecidas entre a OPAS e um conjunto de agências intergovernamentais e organizações privadas com atuação relevante no domínio da saúde internacional. O envolvimento da OPAS com a temática étnico-racial fornece elementos para entendimento do duplo papel desempenhado por organizações intergovernamentais no novo cenário global: como atores sociais e arenas. Como ator social importante no campo da saúde internacional, a OPAS produziu e disseminou valores e enunciados prescritivos relacionados com a temática étnico-racial. Como arena, a organização mostrou-se permeável a interesses de origens variadas, com sua burocracia interna procurando movimentar-se em sintonia com os mesmos.

    Abstract in English:

    The article analyzes the formulation, legitimation, and implementation of a policy with an ethnic/race approach by the Pan American Health Organization (PAHO). The study includes the emergence of the theme within this international organization, the institutional dynamics related to it, and the proposals focused on the Black population in Latin America. These issues are discussed on the basis of interaction between PAHO and a range of intergovernmental agencies and private organizations working in the international health domain. Participation by PAHO in the ethnic/racial theme provides elements for understanding the dual role played by intergovernmental organizations in the new global scenario, as both social actors and arenas. As an important social actor in the international health field, PAHO has produced and disseminated values and guidelines related to the ethnic/racial theme. As an arena, the organization has proven open to various interests, seeking to work harmoniously with them through its internal administration.
  • Debate on the paper by Maio et al Debate

    Pinheiro, Leticia
  • Como se estabelecem agendas na Saúde Internacional? Debate

    Hochman, Gilberto
  • A incorporação de agendas pelas organizações internacionais de saúde Debate

    Goldbaum, Moisés
  • Do enfrentamento à "harmonização" Debate

    Almeida, Celia
  • The authors reply Debate

    Maio, Marcos Chor; Alves, Fernando A. Pires; Paiva, Carlos Henrique Assunção; Magalhães, Rodrigo Cesar da Silva
Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br