• Editorial

    Camargo Jr, Kenneth R. de
  • Apresentação - "Raça", sexualidade e saúde: discutindo fronteiras e perspectivas

    Moutinho, Laura
  • The use of the "race" variable in health research

    Laguardia, Josué

    Abstract in Portuguese:

    Nos últimos anos, um interesse crescente tem sido observado no uso das categorias raciais e étnicas na Saúde Pública. Entretanto, isso não tem sido acompanhado por um aprofundamento da discussão dos problemas teóricos e práticos relacionados à utilização da variável "raça". Embora o conceito biológico de "raça" ainda tenha forte apelo entre os pesquisadores da área, vários estudos têm proposto outras formas de definir o conceito e estabelecer seu uso na pesquisa em saúde. Neste artigo, busca-se delinear as implicações analíticas das diferentes definições e usos de "raça" e etnicidade na pesquisa em saúde, bem como apontar seus limites e potencialidades.

    Abstract in English:

    Recent years have witnessed growing interest in the use of racial and ethnic categories in public health. However, this interest has not been accompanied by a more in-depth discussion of the theoretical and practical problems related to the utilization of the "race" variable. Although the biological concept of "race" still holds a strong appeal among health researchers, various studies have proposed other forms of defining the concept and applying it to health research. This article seeks to outline the analytical implications of the different definitions and uses of "race" and ethnicity in health research, besides identifying its limits and potentials.
  • What can gamete donor selection tell us about notions of race

    Costa, Rosely Gomes

    Abstract in Portuguese:

    O artigo, fruto de uma pesquisa em andamento, analisa como é feita a seleção de doadores de gametas para a realização de fertilização in vitro e sua relação com noções sobre raça. Quem realiza essa escolha? Quais características são levadas em conta e, como, e em que medida, essas características apontam para noções referentes à raça? A pesquisa vem sendo feita com médicos e com pessoas que buscam a técnica de doação de gametas em clínicas privadas e um hospital público do interior de São Paulo e com bancos de sêmen da cidade de São Paulo. Busca-se discutir: a importância das semelhanças fenotípicas entre doadores e receptores assinalada tanto por médicos como por pacientes; a intervenção e o controle dos médicos na seleção de doadores; as classificações raciais utilizadas pelas instituições médicas nessa seleção; o desejo, por parte das receptoras, de doadoras semelhantes ou "mais claras" que elas, seja para manter o segredo da doação, seja para que a criança não seja discriminada no futuro.

    Abstract in English:

    This article, resulting from research currently under way, analyzes how gamete donor selection is conducted for in vitro fertilization and its relationship to notions on race. Who makes this choice? Which characteristics are taken into account, and how (and to what extent) do these characteristics point to notions pertaining to race? The research focuses on physicians and individuals requesting gamete donation techniques in private clinics and a public hospital in the interior of São Paulo State and at semen banks in the city of São Paulo. The article discusses: the importance of phenotypical similarities between donors and recipients, as emphasized by both physicians and patients; physicians' intervention in (and control over) donor selection; racial classifications used by medical institutions in this selection; and gamete recipients' requests for donors that are similar to or "lighter-skinned" than themselves, whether to keep the gamete donation secret or with the purpose of avoiding future racial discrimination against the child.
  • Cholera and people "of color" or access to public health care in 19th-century Brazil

    Beltrão, Jane Felipe

    Abstract in Portuguese:

    A diversidade étnica no Grão-Pará, na época da cólera, está estampada nas categorias anotadas pelos profissionais de saúde, pelos viajantes e pelos publicistas que registraram as nuanças relativas à cor e à etnia de cada uma das vítimas da epidemia. Arrolados como indígenas, as vítimas caboclas, índias, e tapuias somam 205 almas; e, como negros, vítimas cafuzas, mamelucas, mulatas, pardas e pretas chegam a 646, enquanto os brancos somam 184. As gentes de cores abatidas pela epidemia constituem 82% dos mortos sepultados na Soledade. A cólera "escolhe" ou não suas vítimas? É cega em relação à condição social, à cor e à etnia dos grupos que flagela? São as perguntas que se fazem tendo como campo empírico a epidemia ocorrida no século XIX, e o acesso aos socorros públicos na Belém do Grão-Pará, trabalhando documentos depositados no Arquivo Público do Estado do Pará (APEP) e no Instituto Histórico e Geográfico do Pará (IHGP).

    Abstract in English:

    The prevailing ethnic diversity in the province of Grão-Pará (at the mouth of the Amazon River) during the 19th-century cholera academic is revealed in the categories recorded by physicians, travelers, and chroniclers, with various nuances in the color and ethnicity of victims. The following cholera victims were classified under terms equivalent to indigenous: caboclas, índias, and tapuias, totaling 205 individuals, while blacks included cafuzas, mamelucas, mulatas, pardas, and pretas, totaling 646; meanwhile whites totaled 184. Persons of color who died during the epidemic thus comprised 82% of the individuals buried at the Soledade Cemetery. Does cholera "choose" its victims? Is it blind towards the social conditions, color, and ethnicity of the groups it strikes? These are the key questions in relation to the 19th-century epidemic, along with the question of access to public health care in Belém do Grão-Pará, based on documents from the Pará State Archives (APEP) and the Pará Historical and Geographic Institute (IHGP).
  • Mental disease, race, and sexuality in the psychiatric theories of Juliano Moreira

    Venancio, Ana Teresa A.

    Abstract in Portuguese:

    Tomando como ponto de partida a representação erudita que situa Juliano Moreira como fundador da psiquiatria científica no Brasil, este trabalho analisa as concepções por ele veiculadas sobre doença mental, raça e sexualidade. Suas teorias constituíram uma transposição sui generis do pensamento do psiquiatra alemão Emil Kraepelin, ajudando na construção do ideário em prol do processo civilizatório brasileiro no início do século XX. Fundamentava-se em pressupostos organicistas, ao mesmo tempo em que se contrapunha à idéia corrente na época sobre as condições "naturais" brasileiras desfavoráveis como o clima e a raça. Analisando os trabalhos publicados por Juliano Moreira até 1920, relaciona-se aqui o modo como seu discurso científico discutia o tema da sexualidade, expressa sob a rubrica da "sífilis", da "reprodução" e do "casamento". Com relação a essa temática, Juliano Moreira não se valeu da idéia de uma natureza feminina degenerada, crescentemente difundida em meados do século XIX. Ainda que não desconsiderasse a idéia mais geral da degeneração, pertinente apenas ao nível das unidades orgânicas individuais, descartaria a correlação entre degeneração e natureza feminina, para se ater aos fundamentos médicos hegemônicos na primeira metade do século XIX, que articulavam as marcas diferenciais da mulher à sua fisiologia sexual, paradigmaticamente representada pela imagem do útero.

    Abstract in English:

    Taking as the point of departure the academic image of Juliano Moreira as the founder of scientific psychiatry in Brazil, this study analyzes the concepts he expressed on mental disease, race, and sexuality. His theories constituted a sui generis transposition of the thinking of German psychiatrist Emil Kraepelin, aiding in the construction of the ideals in defense of the Brazilian civilizational process in the early 20th century. He based his concepts on organicist premises, while arguing against the then-prevailing notion of so-called unfavorable "natural" Brazilian conditions such as climate and race. Analyzing the work published by Juliano Moreira until 1920, one sees how his scientific discourse discussed the theme of sexuality, expressed under the label of "syphilis", "reproduction", and "marriage". On this point, Juliano Moreira did not resort to the idea of a degenerated female nature, increasingly widespread in the mid-19th century. Although he did not rule out the more general notion of degeneration, pertinent only to the level of individual organic units, he did rule out the correlation between degeneration and female nature to focus on the hegemonic medical foundations of the first half of the 19th century, which linked differential female characteristics and female sexual physiology, represented paradigmatically by the image of the uterus.
  • Between realism and fiction: representations of race, sexuality, and class in two paradigmatic novels by Jorge Amado

    Moutinho, Laura

    Abstract in Portuguese:

    Neste artigo é apresentada e discutida a forma como as concepções e representações sobre "raça", miscigenação, sexualidade, gênero, erotismo e casamento são operadas em duas obras paradigmáticas representativas de dois importantes períodos da trajetória de Jorge Amado: Jubiabá, da fase nomeada de "romance proletário", e Gabriela, Cravo e Canela, tido como o livro que representa uma virada na carreira do autor, inaugurando o período do chamado "romance dialógico". Esses dois romances são protagonizados por casais inter-raciais que funcionam como o suporte a partir do qual Jorge Amado veicula algumas representações correntes na sociedade (e na ciência da época), não somente sobre a relação entre negros e brancos, como, igualmente, de uma nação que em um nível se percebe como mestiça e em outro enfrentava (e enfrenta) o dilema da diferenciação racial. Como será visto, desejo proibido e luta de classes vividos pelo par homem negro / mulher branca (Jubiabá), uma vez contrastados com erotismo, casamento e progresso em foco na relação homem (quase) branco / mulher mestiça, lançam luzes sobre algumas das representações de nação presentes e veiculadas na sociedade brasileira por suas mais variadas instituições.

    Abstract in English:

    This article presents and discusses how concepts and representations of "race", miscegenation, sexuality, gender, erotism, and marriage are operated in two paradigmatic novels by Jorge Amado which represent two important periods in the author's trajectory: Jubiabá, from the period called "proletarian novel", and Gabriela, Cravo e Canela, which marked a twist in Amado's career, beginning of the phase called "dialogical novel". The protagonists in both novels are inter-racial couples who help the author transmit some current social representations (and on science in that time), not only of the relations between blacks and whites, but as well of a nation that, on the one hand, perceives itself as having mixed blood, and, on the other, faced (and faces) the dilemma of racial differentiation. One will see that forbidden desire and class fights lived by the couple black man / white woman (Jubiabá), once contrasted to erotism, marriage, and progress focused by the relation between (almost) white man / woman of mixed blood, explain some current representations of nation transmitted in Brazilian society through its various institutions.
  • Sexuality and politics in contemporary culture: social and legal recognition for gay couples Atualização

    Arán, Márcia; Corrêa, Marilena V.

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho tem como objetivo analisar os principais dispositivos de discurso que estabelecem fronteiras e hierarquias entre práticas sexuais. Pretende-se analisar em que medida a utilização de alguns conceitos da Psicanálise, da Antropologia e do Direito são evocados para definir fronteiras entre sexualidades normais e desviantes. Para isto, serão destacadas: a construção, por aqueles discursos, do dispositivo "diferença sexual" (de hierarquia entre os sexos e de exclusão da homossexualidade) e a noção de "ordem procriativa" (atualizadora de um modelo biológico de filiação). A partir dessas premissas, nota-se que a tríade heterossexualidade-casamento-filiação permanece como a única referência possível para pensar a cultura ou a sociedade, sendo que a visibilidade ou o reconhecimento civil do laço afetivo e sexual homossexual se transforma numa ameaça de apagamento de fronteiras ou de transgressões de limites.

    Abstract in English:

    This study aims to analyze the main discursive devices that establish borders and hierarchies among sexual practices. The objective is to analyze to what extent the utilization of certain concepts from psychoanalysis, anthropology, and law are invoked to define borders between normal and deviant sexualities. The following points are highlighted: the construction, by these discourses, of the "sexual difference" device (hierarchy between the sexes and exclusion of homosexuality) and the notion of "procreative order" (updating a biological model of filiation). Based on these premises, one notes that the heterosexuality-marriage-filiation triad remains as the only possible reference to conceive of culture or society, while the visibility or civil recognition of homosexual affective and sexual ties threatens to erase borders or transgress limits.
  • The Institute of Social Medicine and the health reform struggle: a contribution to the history of the Unified National Health System in Brazil Temas Livres

    Cordeiro, Hésio

    Abstract in Portuguese:

    O autor estuda o processo da reforma sanitária brasileira e suas relações com a produção de conhecimentos que influenciaram a aprovação do Sistema Único de Saúde, na Constituinte de 1988, e sua implementação na década de 90. O Movimento Sanitário incorporou conhecimentos desenvolvidos por pesquisadores de Saúde Coletiva e orientou práticas técnicas que serviram de base para a organização do SUS. O processo em curso na década de 90' resultou em novos conceitos relativos a Estado e Mercado, no campo da saúde. Foram configuradas novas questões que deverão influenciar a agenda de pesquisa em Saúde Coletiva, dando conta dos temas da eqüidade, da qualidade em saúde e da democratização do sistema brasileiro de saúde.

    Abstract in English:

    The author studies the Brazilian health reform process and its relationship to the production of knowledge that influenced the approval of the Unified National Health System (SUS) by the 1988 Brazilian Constitutional Congress and the System's implementation in the 1990s. The Health Movement incorporated knowledge developed by collective health researchers and oriented technical practices that served as the basis for organization of the SUS. The process under way in the 1990s led to new concepts of the state and market in the field of health. New questions were formulated that are expected to impact the collective health research agenda, dealing with the issues of equity, quality in health, and the democratization of the National Health System.
  • Health sector workforce management in the 1990s Temas Livres

    Pereira, Larissa Dahmer

    Abstract in Portuguese:

    Este ensaio objetiva traçar um panorama da gestão da força de trabalho na área de saúde pública nos anos 90, no plano nacional. A questão é tratada a partir do que se considera mais problemático na fragilização do Estado brasileiro e na gestão da força de trabalho, isto é, sua terceirização. Parte-se do princípio de que a referida década se caracterizou por um processo de reversão das conquistas sociais consagradas na Constituição Federal de 1988. Busca-se apreender, através de estudo bibliográfico, como se efetivou o processo de flexibilização das relações de trabalho na área de saúde pública na década de 90, que reúne um conjunto de estratégias, dentre as quais a desarticulação dos trabalhadores e a desqualificação do atendimento ao público o que vem sendo denominado por alguns autores de reforma informal do Estado na área de saúde pública. Por último, são tecidas algumas considerações acerca das possibilidades de reversão daquele processo no Governo Lula, com a afirmação de uma saúde pública, gratuita e de qualidade.

    Abstract in English:

    This paper provides an overview of public health sector workforce management at the Brazilian national level in the 1990s. The issue is approached in light of widespread outsourcing, considered the most problematic trend in the undermining of the Brazilian public sector and its workforce management. The 1990s were characterized by a loss of the social gains written into the 1988 Brazilian Constitution. Through a literature review, the study seeks to grasp how the casualization of labor relations took place in the public health field during the decade, through a set of strategies including disruption of workers' organization and disqualification of public services, which some authors have referred to as informal reform of the public sector in the public health field. The article concludes with observations on the possibilities for reversing this trend during the Lula Administration, with the affirmation of quality public services, free of cost, in public health.
  • Health and illness on the eve of 21st century: from private experience to the public sphere and back Temas Livres

    Herzlich, Claudine

    Abstract in Portuguese:

    Sabe-se que a doença é ao mesmo tempo a mais individual e a mais social das coisas e que ela pertence simultaneamente ao domínio privado e ao espaço público. Este artigo interroga a maneira pela qual as Ciências Sociais analisam a experiência privada e pessoal da doença, cujo impacto no espaço público foi por elas discutido.

    Abstract in English:

    Illness is known to be both the most individual and most social of all things, belonging simultaneously to the private and public domains. This article studies how the social sciences analyze the private and personal experience of illness and their discussion of the impact on the public sphere.
  • Desvendando dinâmicas locais: o caso da favela Rio das Pedras Resenhas e Críticas Bibliográficas

    Monteiro, Simone
  • A vida íntima da nação Resenhas e Críticas Bibliográficas

    Ramírez-Gálvez, Martha Celia
  • O corpo como cultura e a cultura do corpo: uma explosão de significados Resenhas e Críticas Bibliográficas

    Giacomini, Sonia Maria
  • Diálogos sobre raça e saúde na América Latina Resenhas e Críticas Bibliográficas

    Pinho, Osmundo
IMS-UERJ RJ - Brazil
E-mail: publicacoes@ims.uerj.br