• Editorial: subjetividade, saúde e trabalho

    Camargo Jr., Kenneth Rochel de
  • Biosafety and the subjective dimension of work and risk Artigos de tema

    Navarro, Marli B. M. de Albuquerque; Cardoso, Telma Abdalla de Oliveira

    Abstract in Portuguese:

    O artigo discute as possibilidades do campo reflexivo que se abre para a biossegurança, utilizando como ponto de partida interpretações de análises que abordam o mundo do trabalho, considerando as relações entre labor e subjetividade. Enfoca a dinâmica do trabalho, valorizando a questão da subjetividade como elemento de possibilidade criativa e inovadora no mundo do trabalho, analisando a articulação entre o pensamento com várias habilidades, incluindo a precisão dos gestos, o engajamento do corpo, a mobilização da inteligência, a capacidade de refletir, de interpretar e de reagir às situações, apresentando a plenitude do sentir associado ao pensar, como estímulo ao processo de criar, de inventar, contexto onde podemos identificar plenamente a dinâmica da atividade laboratorial e sua relação com a construção e a superação dos contextos de risco.

    Abstract in English:

    This paper discusses the possibilities of the reflective field that opens for biosafety, using as a starting point interpretations of analyses that address the world of work, considering the relationship between labor and subjectivity. It focuses on the work dynamics, highlighting the issue of subjectivity as creative and innovative opportunity in the world of work, examining the relation among thought with several skills, including the accuracy of gestures, the engagement of the body, the mobilization of intelligence, the ability to reflect, to interpret and to react to situations, with full feeling associated with thinking, stimulating the process of creation, invention, where we can fully identify the dynamics of laboratory activity and its relation with the construction and overcoming of risk contexts.
  • The invisibility of the hidden ones Artigos de tema

    Costa, Daniel de Oliveira; Tambellini, Anamaria Testa

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo aborda as manifestações da precarização do trabalho como uma nova e complexa questão social. Procuramos descrever as dimensões humanas implicadas nesse processo de trabalho, traduzindo o nível de exploração de suas relações precárias. Dentre os resultados, destaca-se a relação que esses trabalhadores fizeram de seus sintomas de saúde com seu vínculo de trabalho. A relação precária de trabalho associada à baixa remuneração pode ter manifestações físicas de insônia e medo, refletindo a perda da autoestima. Discutimos a atual reorganização social da produção, em virtude da crise e reestruturação do capitalismo, no último quartel do século XX, que repercutiu no mundo do trabalho, desordenando as relações que conformaram o Estado de Bem-Estar Social e reordenando-as sob a égide da regulação pelo mercado. Concluímos que o trabalhador, frente à sua relação precária de trabalho, tem como preocupação central a ausência de garantias sociais, e suas consequências no longo prazo, quando não mais será útil a esse modelo de exploração da força de trabalho. A pesquisa foi realizada junto a 112 trabalhadores terceirizados por cooperativa, lotados no Serviço de Enfermagem de uma unidade pública de saúde localizada na cidade do Rio de Janeiro, vinculada ao Ministério da Saúde.

    Abstract in English:

    This paper discusses the symptoms of the precariousness of work as a new and complex social issue. We seek to describe the human dimensions involved in the work process, reflecting the level of exploitation of their poor relations. Among the results, we highlight the relationship that these workers made of their health symptoms with their work link work. The precarious work relation associated with low incomes may bring physical manifestations of insomnia and fear, reflecting the loss of self-esteem. We discussed the current social reorganization of production due to the crisis and restructuring of capitalism in the last quarter of the 20th century, which affected the world of work, scrambling relations that have shaped the state of Social Welfare and rearranging them under the market regulation. We conclude that the employee, in face of his precarious work relationship, is mainly concerned with the lack of social guarantees, and its consequences in the long run, when he will be no more useful for this type of workforce exploitation. The research was conducted with 112 workers contracted by a cooperative, in a Nursing Service of a public health center of the Health Ministry, located in Rio de Janeiro city.
  • Work, health and subjectivity in the viewpoint of administrative and operational workers in a public general university hospital Artigos de tema

    Bianchessi, Desiree Luzardo Cardozo; Tittoni, Jaqueline

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo se inscreve no campo da saúde do trabalhador, analisando o trabalho hospitalar a partir das experiências dos trabalhadores. O objetivo da investigação foi analisar o sofrimento dos trabalhadores da área administrativo-operacional e as estratégias de produção de saúde, em razão da frequente ocorrência de adoecimentos e afastamentos do trabalho. O campo conceitual articula os conceitos de trabalho, saúde e subjetividade, buscando a ampliação da análise dos aspectos centrados no diagnóstico clínico. Nas estratégias metodológicas parte-se dos pressupostos da pesquisa-intervenção, utilizando o grupo-dispositivo para operar no campo, aliado às entrevistas individuais, observações nos locais de trabalho e intervenção fotográfica. As análises apontam a configuração do sofrimento do trabalhador administrativo-operacional relacionada à vivência da invisibilidade, gerada pelos embates nas relações profissionais na organização do trabalho no hospital, onde seu lugar é associado ao desvalor e à desqualificação. Os jogos de verdade no hospital mostram que o trabalho reconhecido como tendo valor está ligado à medicina e ao lugar de destaque que o saber médico ocupa historicamente no hospital. Os trabalhadores estudados sugerem vivências de impotência frente às demandas dos pacientes e familiares, considerando as limitações impostas pelas políticas públicas na área de saúde. Frente aos tensionamentos originados nessas vivências, produzem estratégias ligadas à produção da saúde e ao enfrentamento do cotidiano de trabalho no hospital. A pesquisa intervenção propiciou agenciamentos múltiplos no grupo, tornando mais viável efetivar as transformações necessárias nas relações de trabalho, trazendo novos sentidos e buscando outros modos de subjetivação.

    Abstract in English:

    This study falls within the field of occupational health, analyzing the hospital work from the experiences of workers. The purpose of this investigation was to analyze the suffering of administrative and operational workers and the strategies of health production, due to the frequent occurrence of illnesses and absences from work. The conceptual field articulates the concepts of work, health and subjectivity, seeking the extension of the analysis of the focus in clinical diagnosis. The methodological strategies are based on the assumptions of intervention research, using the group device to operate in the field, combined with individual interviews, observations in the workplace and photographic intervention. The analyses show the configuration of the suffering of administrative and operational worker as related to the experience of invisibility, generated by collisions in labor relations in the organization of work at the hospital, where his place is associated with unworthiness and disqualification. Games of truth in the hospital show that the work recognized as having value is linked to medicine and to the prominent place medical knowledge historically occupies in the hospital. The workers studied suggest experiences of powerlessness in the face of demands of patients and families, considering the limitations imposed by public health policies. In view of the tensions generated in these experiences, they produce strategies linked to the production of health and coping with daily work in the hospital. The intervention research has provided multiple assemblages in the group, making it feasible to carry out the necessary changes in working relationships, bringing new meaning and seeking other modes of subjectivation.
  • Application of the model of health beliefs in the worker's compliance with hypertension treatment Artigos de tema

    Moreira, Ana Karine de Figueiredo; Santos, Zélia Maria de Sousa Araújo; Caetano, Joselany Afio

    Abstract in Portuguese:

    Estudo descritivo e qualitativo que objetivou analisar as mudanças comportamentais em trabalhadores hipertensos na adesão ao tratamento, após aplicação de uma tecnologia em saúde embasada no Modelo de Crença em Saúde. O cenário da pesquisa foi uma instituição filantrópica e, após a proposta de educação em saúde, os participantes foram entrevistados. Selecionamos as seguintes categorias temáticas: percepção da severidade da HAS, percepção dos benefícios da adesão, percepção dos custos da mudança, identificação das mudanças visando à adesão e motivação para o estabelecimento de metas para a mudança. Os dados alcançados reforçam a educação em saúde do trabalhador hipertenso como estratégia de mudança de hábitos e valores pela aquisição de novos conhecimentos e adoção de atitudes favoráveis à saúde, através de uma educação crítica e transformadora, em que o sujeito assume participação ativa no processo de aprendizagem.

    Abstract in English:

    Qualitative and descriptive study aiming to examine the behavioral changes in hypertensive workers in the compliance with treatment after application of a health technology based on the Health Belief Model. The scenario of the research was a philanthropic institution, and after presenting health education issues, the participants were interviewed. Then we selected the following theme categories: perception of the severity of hypertension, awareness of the benefits of compliance, awareness of change costs, identification of the changes aiming the compliance and motivation for the establishment of objectives for the change. The data obtained reinforce the health education of hypertensive worker as a changing strategy of habits and values for the acquisition of new knowledge and adoption of positive attitudes towards health, through a critical and changing education, in which the subject actively participates in the learning process.
  • Review of scientific literature on primary health care in Brazil in four selected journals Temas Livres

    Baptista, Tatiana Wargas de Faria; Fausto, Márcia Cristina Rodrigues; Cunha, Marcela Silva da

    Abstract in Portuguese:

    O artigo analisa a produção bibliográfica em atenção primária no Brasil publicada em quatro revistas de grande circulação no campo da Saúde Coletiva - Cadernos de Saúde Pública, Revista de Saúde Pública, Ciência e Saúde Coletiva e Saúde em Debate -, com o intuito de identificar os conceitos utilizados, as abordagens dos estudos e os principais temas associados à discussão da atenção primária. A análise foi feita a partir da compreensão do contexto político-institucional da saúde, buscando correlações do momento da política com a produção de conhecimento. A análise abrangeu a discussão realizada nesses periódicos de 1977 até 2006. Verificou-se uma carência de estudos de abordagem conceitual e uma abundância de estudos de caso sem a promoção do diálogo entre autores e instituições, fragilizando essa área como produtora de conhecimento. Com este estudo, pretendese contribuir para o aprofundamento do debate teórico sobre o modelo assistencial com foco na atenção primária e identificar linhas de força das propostas, contribuindo para a consolidação do campo.

    Abstract in English:

    This paper analyzes the scientific production in primary care in Brazil published in four magazines with wide circulation in the field of Public Health - Cadernos de Saúde Pública, Revista de Saúde Pública, Ciência & Saúde Coletiva and Saúde em Debate - in order to identify the concepts used, the approaches to studies, and the main issues associated with the discussion of primary care. The analysis was based on the understanding of the political and institutional context of health, an attempt to correlate the time of policy with knowledge production. The analysis covered the discussions held in these journals from 1977 to 2006. There was a lack of studies of conceptual approach and many case studies without the promotion of dialogue between authors and institutions, weakening this area as a knowledge producer. This study aims to contribute to a deeper debate on the theoretical model of care focused on primary care and to identify the strength of the proposals, thus contributing to consolidate the field.
  • Public Health and Colonization of Nature Temas Livres

    Ianni, Áurea Maria Zöllner

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho apresenta algumas questões sobre as quais o campo da Saúde Pública/Coletiva no Brasil precisa se reposicionar. Tomando por referência a concepção de biológico e social que se consolidou no campo a partir da década de 1970, discute-se a concepção de natureza e cultura que subsidiou o debate. Mostra como esse debate foi circunstanciado historicamente, por isso mesmo merecendo uma revisão, tendo em vista o contexto das sociedades modernas contemporâneas. As práticas biotecnológicas são objeto da análise na medida em que, além do seu uso intensivo pela saúde, carregam consigo as características de articular o biológico e o social num mesmo objeto, de transformar e criar seres vivos e de atuar na diversidade biológica. Este cenário coloca, à Saúde Pública/Coletiva, a imperiosa necessidade de rever seus marcos teórico-epistemológicos.

    Abstract in English:

    This paper presents some issues on which the field of Public/Collective Health in Brazil needs to reposition. Based on the design of biological and social consolidated in the field from the 1970s, it discusses the concept of nature and culture that has supported the debate. It shows how this debate has been historically positioned, so it deserves to be reviewed, given the context of contemporary modern societies. Biotechnology practices are the subject of analysis in that, in addition to their intensive use by health, hold the characteristics of joining biological and social factors in the same object, transforming and creating living beings and working in the biodiversity. This scenario requires from the Public/Collective Health the urgent need to review their theoretical and epistemological marks.
  • The body and the construction of the unevenness of gender by science Temas Livres

    Fernandes, Maria das Graças Melo

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho analisa, a partir de uma revisão bibliográfica assistemática, como a distinção entre o corpo masculino e o feminino produzida pela ciência desde o século XIX, especialmente pelo discurso e prática médica, enunciadores legítimos dos desígnios naturais dos corpos, vem contribuir para a construção de uma inferioridade do corpo feminino que legitima desigualdades de gênero vigentes nas sociedades tradicionais que, de algum modo, ainda se reproduzem ou permanecem na contemporaneidade.

    Abstract in English:

    This paper analyzes, from an unsystematic literature review, how the distinction between male and female body produced by science since the 19th century, especially through the discourse and practice of medicine, legitimate enunciators of bodily legitimate designs, can help make the construction of inferiority of the female body that legitimizes gender inequality in traditional societies that, somehow, still reproduce or remain in the contemporary world.
  • Legal framework of emergency contraception and the difficulties of its institutionalization in public health services Temas Livres

    Souza, Rozana Aparecida de; Brandão, Elaine Reis

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo discute as dificuldades de implementação da Anticoncepção de Emergência (AE) nas práticas do Sistema Único de Saúde, no período de 2000 a 2008, mediante revisão crítica da literatura sobre o tema e análise de documentos oficiais. Aponta avanços no âmbito da legislação em saúde para a utilização da AE, os quais permitem oficialmente reconhecê-la no país como alternativa contraceptiva em situações emergenciais, para além dos casos de violência sexual. O levantamento da literatura nacional e internacional, centrada na América Latina e em alguns estudos da Europa, dos EUA e do Canadá, suscita questões referentes à não-incorporação dessas normas nas práticas cotidianas dos serviços de saúde, revelando representações sociais difíceis de serem revertidas em pouco tempo. Documentos oficiais do MS e do CFM foram analisados para construção do marco legal e político-institucional que pauta a discussão. Os resultados mostram paradoxos entre as normas asseguradas e as práticas existentes nos serviços de saúde: dificuldade no acesso e utilização da AE via serviços públicos de saúde; a pílula do dia seguinte (PDS) é comumente considerada abortiva por profissionais de saúde, usuárias e seus parceiros; embora pesquisas apontem aumento significativo do uso desse método, há resistência dos serviços a disponibilizá-lo; persiste a ideia recorrente no senso comum de que a AE levaria os usuários, principalmente adolescentes, a abandonar outros métodos contraceptivos de uso regular, inclusive preservativo, fato não confirmado pelos estudos realizados, pois eles indicam que os adolescentes que recorrem à AE são os que usam tal método.

    Abstract in English:

    This paper discusses the difficulties to implement emergency contraception (EC) in Brazilian Public Health Service, from 2000 to 2008, based on critical literature review and analysis of official documents on the theme. It shows advancements in health legislation, concerning the use of EC, that allow to recognize officially EC in Brazil as an emergency contraceptive alternative, beyond cases of sexual violence. The critical literature review - which includes data from Latin America, mainly, and some European, American, and Canadian studies - brings out issues related to the non-use of these norms by public health services in its everyday practice. This situation reveals strong social representations that are not easy to be reversed at once. Official Health Ministry and National Medical Professional Board documents were analyzed, in order to establish the legal, normative, and politicalinstitutional frameworks that guide the discussion. The analysis displays paradoxes between the established norms and the health services practices, such as: trouble accessing and using EC through public health services; health professionals and potential users commonly relate the morning after pill (MAP) to abortion; there is noticeable resistance of health services to making that method available, although researches point out substantial increase in its use; and there persists the idea that EC would lead users, especially teenagers, to abandon regular contraceptive methods, like condom - a fact not confirmed by the reviewed studies, once they show that teenagers that resort to EC are the ones that regularly use condom.
  • Formation processes within the National Humanization Politics: the experience of a course for managers and workers in primary health care Temas Livres

    Guedes, Carla Ribeiro; Pitombo, Luciana Bettini; Barros, Maria Elizabeth Barros de

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo tem como objetivo relatar a experiência de um curso de formação da Política Nacional de Humanização voltado para gestores e trabalhadores da atenção básica de um município no estado do Rio de Janeiro. O curso visou a formação de apoiadores institucionais capazes de fomentar rede no Sistema Único de Saúde (SUS), promover mudanças e consolidação nos modos de atenção e de gestão dos serviços. Como referencial metodológico, buscou-se um modo de "formação-intervenção" que fosse baseado em práticas concretas de intervenção dos trabalhadores nos processos de trabalho em saúde. O curso envolveu quarenta participantes, gestores e trabalhadores de nível médio e superior, ligados à atenção básica, oriundos da Estratégia de Saúde da Família e de Unidades de Saúde. Como resultados destacam-se ações de co-gestão no formato de reuniões com os usuários para o compartilhamento de decisões relativas ao serviço; implementação de acolhimento, com intervenções que garantam o acesso do usuário ao serviço; e de clínica ampliada, com discussões em equipe dos casos clínicos; e ações no campo da saúde do trabalhador, como efeito das discussões dos processos de trabalho nas equipes multiprofissionais.

    Abstract in English:

    This paper aims to report the experience of a training course of the National Humanization Politics facing managers and workers of primary care in a municipality in the State of Rio de Janeiro. The course aimed at training of institutional supporters that will encourage networking in the Unified Health System (SUS), advocating for change and consolidation in the modes of attention and service management. In the methodology, we sought a way of "training area" that was based on practical concrete action by employees for health work. The course involved forty participants, managers and employees of medium and higher levels are linked to primary care, resulting from the strategy of the Family Health Units and Health The results highlight comanagement actions in the form of meetings with users to share decisions on the service, implementing a host of measures to ensure the User access the service, and extended clinic, with team discussions of clinical cases, and actions in the field of occupational health, the effect of the discussions work processes in multidisciplinary teams.
  • Drugs policy: from the universality of rights to the limits of operation Temas Livres

    Paula, Patrícia Aparecida Baumgratz de; Alves, Terezinha Noemides Pires; Vieira, Rita de Cássia Padula Alves; Souza, Auta Iselina Stephan de

    Abstract in Portuguese:

    O presente artigo discute os motivos que levaram à adoção de uma política de medicamentos no Brasil. Para tanto busca, através de uma revisão bibliográfica, fazer um resgate histórico dos múltiplos fatores que interferiram na construção dessa política. Além de traçar a trajetória deste processo, o artigo procura assinalar algumas de suas características no Brasil contemporâneo. Enfatiza-se, aqui, a política de saúde como uma política universalista e igualitária, reclamando a responsabilidade do Estado na efetivação do direito à saúde preconizado na Constituição de 1988. Nesse contexto, apontam-se as razões para que a política de medicamentos seja parte integrante da política de saúde, com o objetivo de se obter um acesso mais próximo do integral, entendendo que o campo da saúde é também um espaço onde a cidadania deva ser buscada de modo pleno.

    Abstract in English:

    This article discusses the reasons that led to the adoption of a drug policy in Brazil. For this, through a literature review, it aims to make a historic rescue of multiple factors that interfered in the construction of this policy. Besides showing the trajectory of this process, it aims to identify its characteristics in the contemporary Brazil. The article also emphasizes the health policy as universal and egalitarian, claiming the responsibility of the State in order to accomplish the right to health advocated in the 1988 Constitution. In this context, this paper outlines the reasons why the policy of medicines is an integral part of health policy, aiming to get a more full access for the whole population. Therefore, it is intended to assist the understanding that health care is also an area where citizenship should be sought fully.
  • Physical education and the family health strategy: professional development and practice Temas Livres

    Anjos, Tatiana Coletto dos; Duarte, Ana Cláudia Garcia de Oliveira

    Abstract in Portuguese:

    O novo pensar e agir em saúde origina novos modelos de atenção em saúde, o que implica readequação do modo de intervir dos profissionais da área. As novas tendências exigem um olhar que extrapole os aspectos biológicos e tenha o sujeito - indivíduo ou seu coletivo - como foco das ações, e o reconhecimento do limite da ação uniprofissional no ato de cuidar. Desse modo, as instituições formadoras reconhecem a necessidade de readequar seu projeto político-pedagógico e, consequentemente, seus currículos. O profissional de Educação Física, recém-incorporado pelos serviços públicos de saúde, deve ter sua formação repensada, uma vez que suas atribuições são diferentes de sua formação tradicional. Assim, o propósito deste trabalho foi pesquisar currículos de Graduação em Educação Física visando a analisar: i) o objeto dos cursos; ii) quais as disciplinas relacionadas à saúde; iii) a existência das disciplinas de Saúde Coletiva e Saúde Pública; e iv) a existência de disciplinas de estágio em saúde. Os resultados indicam que i) não há direcionamento dos cursos para o campo da saúde e os bachareis têm mais respaldo em saúde do que os licenciados; ii) predominam as disciplinas de abordagem curativa, prescritiva; iii) nenhuma das instituições possui o conjunto de disciplinas Saúde Coletiva, Saúde Pública e algumas não nem as contemplam; iv) o estágio no serviço público de saúde, na Atenção Básica, não é previsto em nenhuma instituição.

    Abstract in English:

    The new thinking and act on health gives rise to new models of health care, which requires readjustment of mode of action of professionals. New trends require a look that go beyond the biological aspects and have the subject - individual or their collective - and focus of action, and recognition of the limits of uni-professional action in care. Thus, the training institutions recognize the need to readjust their political and pedagogical project and, consequently, their curricula. The physical education professional, newly built by public health, should have rethought his training, since his duties are different from his traditional training. Thus, the purpose of this study was to investigate the undergraduate curriculum in Physical Education in order to examine: i) the object of the courses, ii) what are the disciplines related to health; iii) the existence of the disciplines of Public Health and Public Health, and iv) the existence of courses of training in health. The results indicate that: i) there is no targeting of the courses for the field of health and graduates have more support in health than the licensees; ii) disciplines with curative approach, prescriptive ones prevail; iii) none of the institutions have a set of disciplines og Public Health, Public Health and some do not even address them; iv) the stage in public health, primary care is not provided in any institution.
  • The biomedical discourse and the social construction in research on intersexuality Temas Livres

    Canguçu-Campinho, Ana Karina; Bastos, Ana Cecília de Sousa Bittencourt; Lima, Isabel Maria Sampaio Oliveira

    Abstract in Portuguese:

    A intersexualidade se define pela existência de desequilíbrio entre os fatores responsáveis pela determinação do sexo: o indivíduo apresenta caracteres tanto masculinos quanto femininos. A ambiguidade sexual apresenta-se como demarcador da condição de intersexo. Esta revisão de literatura analisou artigos científicos de medicina, psicologia, ciências sociais e direito/ativismo político, acessados através de bancos e portais eletrônicos. As publicações foram analisadas segundo contexto, área/disciplina, tipo de artigo, conteúdo e metodologia do estudo. Os resultados apontaram que os artigos médicos consideraram a intersexualidade como doença crônica, enfatizando as características endocrinológicas e genéticas, efeitos físicos e psicológicos da cirurgia genital. Os artigos de psicologia destacaram aspectos da sexualidade, identidade e orientação sexual. As ciências sociais realizaram uma crítica à visão bipolar do gênero, ressaltando o processo de designação sexual dos intersexuais. Os artigos do campo do direito/ativismo político priorizaram temas como: estigmas sociais, implicações das cirurgias da genitália e mobilização social em prol do direito à saúde. Em relação às metodologias dos estudos, as pesquisas médicas utilizaram predominantemente a abordagem comparativa; os estudos em psicologia utilizaram abordagens qualitativas com entrevistas semi-estruturadas ou questionários; em ciências sociais, os artigos priorizaram pesquisas etnográficas e revisões de literatura; no campo do direito/ativismo político, foram destacadas narrativas e estudos de caso. As narrativas das famílias só foram encontradas em uma publicação, pertencente ao campo da psicologia. Na maioria dos artigos, o conceito de intersexualidade aparece claramente atravessado pelo discurso biomédico. O legado da biomedicina atua diretamente na construção de significados sobre o corpo e gênero.

    Abstract in English:

    The intersex is defined by the existence of imbalance between the factors responsible for sex determination: the individual holds both male and female characteristics. The sexual ambiguity presents the path of intersex condition. This literature review examined papers in medicine, psychology, law and social/political activism, accessed through electronic databases and portals. The publications were analyzed according to context, area/discipline, article type, content and methodology of the study. The results showed that the medical articles considered intersexuality as a chronic disease, with emphasis on endocrine and genetic characteristics, physical and psychological effects of genital surgery. Articles of psychology emphasized aspects of sexuality, identity and sexual orientation. Social sciences conducted a critique of the bipolar view of gender, emphasizing the process of designation of sex intersex. The articles of the field of law/political activism prioritized issues such as social stigmas, implications of surgery of the genitalia and social mobilization for the right to health. Regarding the methodology of the studies, medical research has predominantly used a comparative approach, the studies in psychology have used qualitative approaches with semi-structured interviews or questionnaires, social sciences articles prioritized ethnographic research and literature reviews, the field of law/political activism highlighted narratives and case studies. The narratives of families have only been found in a publication, belonging to the field of psychology. In most papers, the concept of intersexuality appears clearly crossed the biomedical discourse. The legacy of biomedicine acts directly on the construction of meanings about the body and gender.
  • Attention-deficit hyperactivity disorder: classification and classified Temas Livres

    Brzozowski, Fabíola Stolf; Caponi, Sandra

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo principal deste artigo foi analisar a visão de pais e professores sobre o diagnóstico do Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) e seu efeito sobre as crianças com esse problema. Para tal objetivo, foram entrevistados mães e professores de crianças diagnosticadas com TDAH, através de um roteiro de pesquisa semiestruturado. O artigo analisará um eixo temático que surgiu a partir da pesquisa, chamado de classificação e classificados. A estrutura de uma classificação, para Ian Hacking, engloba cinco aspectos principais: a classificação em si, os indivíduos classificados, as instituições, o conhecimento e os especialistas. Esse autor afirma que toda classificação de pessoas gera uma resposta, ou seja, classificação e indivíduo interagem, formando um ciclo, que ele chamou de efeito de arco. O TDAH é um diagnóstico médico e, portanto, uma classificação. Os indivíduos classificados são as crianças com diagnóstico de TDAH. Mesmo que a criança seja pequena e não entenda o significado da classificação que lhe foi dada, pretende-se mostrar que mesmo assim é possível que ocorra o efeito de arco. A criança, por meio das modificações sofridas no meio social no qual ela vive, se modifica. As instituições são responsáveis pela legitimação do diagnóstico e, no caso do TDAH, são os locais onde se encontram os profissionais da saúde e a escola. Além disso, por trás de uma classificação existe um corpo de conhecimento sobre ela e parte desse conhecimento, geralmente o "oficial", é dominado pelos especialistas da área, que os repassam aos demais.

    Abstract in English:

    The main object of this paper is to analyze the views of parents and teachers on the Attention-Deficit Hyperactivity Disorder (ADHD) and its effect on diagnosed children. Mothers and teachers of ADHDdiagnosed children were interviewed following a semistructured interview outline. This paper examines a thematic axis that arose from the interviews, namely classification and classified. The structure of a classification, according to Ian Hacking, involves five main aspects: the classification itself, the classified individuals, the institutions, the knowledge, and the specialists. This author claims that every classification of people gives rise to a response, that is, the classification and the individual being classified interact, forming a cycle that Hacking called the looping effect. ADHD is a medical diagnosis, and thus, a classification. ADHD-diagnosed children correspond to the individuals being classified. We intend to show that even small children, who do not understand the meaning of the classification given to them, can possibly be subjects to the looping effect. The child, through modifications in her social surroundings, modifies herself, realizing that she is different. The institutions are responsible for the legitimating of diagnosis and in the case of ADHD, they correspond not only to health facilities, but also to schools. Besides that, behind each classification there is also a body of knowledge about it, and part of this knowledge is dominated by specialists.
  • Brazilian legislation for functional foods and the interface with the legislation for other food and medicine classes: contradictions and omissions Other Themes

    Silveira, Tatiana Feitoza Vianna da; Vianna, Cid Manso de Mello; Mosegui, Gabriela Bittencourt Gonzalez

    Abstract in Portuguese:

    Alimentos funcionais são aqueles que, por seus componentes fisiologicamente ativos, beneficiam à saúde além da nutrição básica. A legislação Brasileira não contempla definição sobre Alimentos Funcionais, possibilitando apenas alegar que determinados alimentos possuem propriedades funcionais e/ou de saúde. Com base na revisão da legislação, apresenta-se uma discussão sobre sua ausência de clareza a respeito da categorização dos produtos que são registrados como alimentos e como medicamentos fitoterápicos; assim como interações e contradições da legislação de alimentos funcionais. Assim, um produto pode ser registrado tanto nas categorias de Novos Alimentos e Ingredientes como de Substâncias Bioativas e Probióticos Isolados com Alegação de Propriedades Funcional e/ou de Saúde. Há também possibilidade de registro de um produto como o alho, em diferentes categorias de alimentos e medicamentos fitoterápicos. As interseções existentes na legislação de alimentos, especialmente a de "Alimentos Funcionais" e "Novos Alimentos", sugerem confusão e até mesmo omissão por parte da ANVISA. Além disso, as reivindicações da saúde em rótulos de alimentos podem dificultar a distinção entre o alimento e os medicamentos por parte dos consumidores. No Brasil, serão necessárias regras mais claras para a indústria, para que o consumidor não seja ludibriado com falsas expectativas de ganho de saúde.

    Abstract in English:

    Functional foods are generally defined as foods that, due to their physiologically active substances, benefit health in addition to providing basic nourishment. As Brazilian legislation does not provide a definition for functional foods, the only possible actions is to claim that some foods have functional health proprieties. Based on a review of legislation, this paper discusses not only the lack of transparency in relation to the categories of products classified as foods and medicinal plants, but also the interactions and contradictions of functional food product legislation. Products may be classified either within the "New Food/or Ingredient category" or as "Bioactive Substances or Isolated Probiotics with Functional Properties and/ or Health Claims". Products such as garlic can also be classified into multiple food categories and as medicinal plants. Intersections in food legislation, especially with respect to functional and new food products, lead to misunderstandings and even omissions on the part of Brazilian National Sanitary Surveillance Agency (ANVISA). Moreover, health claims on food product labels can make distinction between foods and medicines difficult for consumers. In Brazil, clearer rules for the industry are necessary so that the consumer is not deceived by false cure promises.
  • Família: redes, laços e políticas públicas Resenhas e Críticas Bibliográficas

    Hammerschmidt, Karina Silveira de Almeida; Santos, Silvana Sidney Costa
IMS-UERJ RJ - Brazil
E-mail: publicacoes@ims.uerj.br