Physis: Revista de Saúde Coletiva, Volume: 22, Issue: 4, Published: 2012
  • Editorial

    Camargo Jr, Kenneth R. de
  • Political dimension in the education of health professionals Artigos do Tema

    Lobato, Carolina Pereira; Melchior, Regina; Baduy, Rossana Staevie

    Abstract in Portuguese:

    São necessários avanços na implementação do SUS no Brasil. Os trabalhadores da saúde são agentes instituintes de mudança nas práticas do mundo do trabalho. O presente artigo buscou compreender algumas possibilidades para contemplar a dimensão política na formação desses trabalhadores. O território de estudo foi um programa de residência multiprofissional em saúde no interior de São Paulo. Para a produção dos dados, além de observação, foram realizadas 14 entrevistas semiestruturadas com residentes, preceptores, tutores e com a coordenação do programa. A análise foi dividida em potências para a dimensão política nas práticas pedagógicas e nas práticas de gestão da Residência. Encontraram-se potências nos espaços pedagógicos, de gestão e no mundo do cuidado. As tensões dispararam um processo de autoanálise nos sujeitos envolvidos e propiciaram novos arranjos no processo formativo. Evidenciou-se que as residências podem ser dispositivos para a formação de trabalhadores da saúde na defesa do SUS.

    Abstract in English:

    Advances are needed in the implementation of the Unified Health System (SUS) in Brazil. Health workers are instituting agents of change in the practices of the working world. This paper aims to understand some possibilities to ponder on the political dimension in training these workers. The territory of study was a multidisciplinary health residence program in São Paulo. For data production, as well as observation, semistructured interviews were conducted with 14 residents, preceptors, mentors and program coordination. The analysis was divided into powers for the political dimension in teaching practices and management practices of the Residence. Powers were met in educational, management and world of care. Tensions created a process of self-examination in the subjects involved and provided new arrangements in the training process. It was evident that the residences can be devices for the formation of health workers in defense of SUS.
  • Critical factors for setting the physician in the Family Health Strategy Artigos do Tema

    Ney, Márcia Silveira; Rodrigues, Paulo Henrique de Almeida

    Abstract in Portuguese:

    O artigo analisa as condições que interferem na fixação do médico na Estratégia Saúde da Família. Trata-se de pesquisa de natureza qualitativa envolvendo análise documental das políticas de recursos humanos praticadas, aplicação e análise de questionários e grupo focal, visando identificar a percepção dos médicos sobre seu trabalho na estratégia. Revelou-se uma alta rotatividade dos médicos, determinada por insatisfação profissional, condições de trabalho inadequadas e carga de trabalho pesada. Dentre as características da política local de recursos humanos, destacaram-se distorções em relação à remuneração; e problemas no plano de cargos, carreira e salários em relação aos médicos de família, que limitam e penalizam a ascensão do profissional. Os principais motivos identificados na pesquisa que favorecem a permanência foram: identificação com a filosofia da estratégia, vocação profissional e possibilidade de servir à comunidade. São apresentadas reflexões sobre a gestão dos recursos humanos na estratégia e no SUS como um todo, apontando algumas das principais fragilidades da mesma, das quais se destacam: deficiências na política de formação profissional para a especialidade, insuficiente regulação da profissão médica no Brasil por parte do Estado e excessiva interferência política na prestação de serviços públicos de saúde, particularmente nessa estratégia.

    Abstract in English:

    The paper analyzes the conditions that interfere with the setting of the physician in the Family Health Strategy. It is a qualitative research involving documentary analysis of human resources policies practiced, application and analysis of questionnaires and focus groups to identify the physicians' perception of their work in the strategy. There was a high turnover of doctors, determined by job dissatisfaction, poor working conditions and heavy workload. Among the characteristics of the human resources local politics stood out distortions in relation to remuneration, and problems with job plans, career and wages for family doctors, which limit and penalize the professional rise. The main reasons identified in the research that promote the continuity were identification with the strategy's philosophy, professional vocation and ability to serve the community. Reflections on human resources management in the strategy and SUS as a whole were presented, pointing out some of its main weaknesses, mostly including: deficiencies in vocational training policy for the specialty, insufficient regulation of the medical profession in Brazil by the State, and excessive political interference in the provision of public health services, particularly in this strategy.
  • Community engagement in Family Health Strategy: dilemmas between institutionalization and effective participation Artigos do Tema

    Bispo Júnior, José Patrício; Martins, Poliana Cardoso

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo analisa o desempenho dos Conselhos Locais de Saúde enquanto instrumentos da participação social no âmbito da Estratégia de Saúde da Família. Trata-se de pesquisa quali-quantitativa com triangulação de métodos. O campo de estudo foi o município de Vitória da Conquista-BA. Os dados e informações foram obtidos por meio de análise da agenda de compromissos, dos formulários de acompanhamento, das atas das reuniões dos conselhos e por entrevistas semiestruturadas com informantes-chave. Os resultados demonstraram que os conselhos locais de saúde apresentam desempenho limitado, com baixa frequência de realização de reuniões, agenda de compromissos voltada para o próprio conselho e reuniões pautadas nas dificuldades de acesso aos serviços de saúde. Os baixos níveis de mobilização social e envolvimento comunitário são o principal entrave para o bom desempenho desses fóruns. São apontados problemas sobre representatividade dos conselheiros, desmotivação em participar de atividades voluntárias e sentimento de despreparo em decorrência das fragilidades da formação e capacitação. Conclui-se que a institucionalização dos conselhos locais não é condição suficiente para promover a participação comunitária. São sugeridas algumas iniciativas com potencial de promover a mobilização social e despertar as comunidades para a importância da participação e do envolvimento coletivo.

    Abstract in English:

    This paper analyzes the performance of Local Health Councils as tools for social participation in the Family Health Strategy. It is a quali-quantitative research with triangulation method. The research took place in the city of Vitoria da Conquista, state of Bahia, Brazil. Data and information were gathered through the analysis of the agenda, follow-up forms, minutes of meetings of the council and semi-structured interviews with key informants. The results show that the local health councils have limited performance, with a low frequency of meetings, commitments directed to the council itself and meetings on difficulties to access health care services. Low levels of social mobilization and community engagement are the main draw-backs for the good performance of these forums. Some problems stand out: counselors' representativeness, lack of motivation to perform voluntary tasks and feeling unprepared due to a poor graduation and training program. We conclude that institutionalization of local councils is not enough to promote community participation. It requires actions that can promote social mobilization and inform communities of the importance of group participation and engagement.
  • Intersectoral practices in public policies for health promotion Artigos do Tema

    Azevedo, Elaine de; Pelicioni, Maria Cecília Focesi; Westphal, Marcia Faria

    Abstract in Portuguese:

    Esta revisão analisa algumas políticas públicas estabelecidas entre 2006 e 2010 que dialogam com as diretrizes da Promoção da Saúde, de modo a investigar como a intersetorialidade perpassa suas ações. A intersetorialidade tem o potencial de revitalizar tais políticas, estimulando ações promotoras da saúde que contemplem os complexos condicionantes do processo saúde-doença. Entretanto, evidenciam-se alguns problemas para atingir esse desafio. Destacam-se o despreparo político e técnico de gestores e profissionais da saúde para assumir ações intersetoriais e questões de ordem administrativa que dificultam a execução integrada de ações. Tal despreparo leva, entre outros danos, à falta de reconhecimento de alguns dos temas das políticas como questões legítimas de Saúde Coletiva. Além disso, permanecem em muitas das agendas das políticas, decisões centralizadas que impedem a participação da comunidade e o surgimento de problemas ajustados às realidades locais, cujas soluções exigem intervenções intersetoriais e criativas. Assim, torna-se essencial fomentar um efetivo processo educativo interdisciplinar que forme profissionais da saúde com visão intersetorial em sintonia com as diretrizes das políticas públicas de promoção da saúde. Também é importante valorizar a dimensão territorial e as redes sociais, potencializando processos participativos que ampliem a perspectiva intersetorial dessas políticas, bem como estimular a ativação do sujeito nos processos decisórios.

    Abstract in English:

    This review examines some public policies established between 2006 and 2010 that dialogue with the guidelines of Health Promotion, in order to investigate how intersectorality permeates their actions. Intersectoriality is able to revitalize such policies, encouraging health promotion actions that address the complex determinants of the disease process. However, some problems showed up to meet this challenge. Noteworthy is the unpreparedness of political and technical managers and health professionals to take intersectoral actions and administrative matters that hinder the implementation of integrated actions. This unpreparedness leads, among other damages, to the lack of recognition of some themes of the policies as legitimate questions of public health. Moreover, many remain in the policy agendas, centralized decisions that prevent community participation and the emergence of problems adjusted to local realities, whose solutions require intersectoral and creative interventions. Thus, it becomes essential to foster an effective educational process to form interdisciplinary health professionals with intersectoral viewpoint in line with the guidelines of public policies to promote health. It is also important to highlight the territorial dimension and social networks, improving participatory processes that enhance the intersectoral perspective of these policies, as well as to stimulate the activation of the subject in decision making.
  • "It was normal, it was not forced!" versus "I was sexually abused": an interpretation of the discourses of sex offenders, their victims and witnesses Temas Livres

    Zúquete, José Gonçalo Pais Estrela da Silveira; Noronha, Ceci Vilar

    Abstract in Portuguese:

    Os crimes sexuais contra crianças e adolescentes são uma forma de violência física que constitui uma preocupação no campo da Saúde Pública. Compreender estes crimes torna-se crucial para se poder intervir na sua prevenção e fundamentar o seu conhecimento para as políticas de saúde. Oartigo analisa as versões do crime sexual, comparando o discurso dos agressores com os depoimentos das vítimas e dos familiares registados em documento judicial. Estudo de natureza qualitativa, utilizando como técnicas de formação do corpus da pesquisa a entrevista individual com réus condenados ao regime de perda de liberdade e a análise documental das sentenças dos agressores sexuais de crianças e adolescentes. A reconstrução do delito sexual por parte dos reclusos, das vítimas e das testemunhas difere muito. Alguns dos agressores admitem o ato sexual criminoso, mas suas justificativas vão no sentido de eximir-se da responsabilidade alegando o consentimento da vítima; outros consideram seu crime uma acusação mentirosa elaborada por terceiros com o propósito de prejudicá-lo. As crenças partilhadas entre eles fazem com que minimizem seus comportamentos delituosos, declarando que o abuso sexual não tenha sido forçado, ou realizado mediante ameaças, nem traga sequelas físicas e psicológicas às vítimas. Os argumentos apresentados frequentemente pelos agressores expõem uma troca de papéis, passando do lugar de agressor ao da vítima. Esses agressores igualmente não reconhecem o fato de as vítimas ficarem com sequelas resultantes da violência sexual que poderão colocar seu futuro em causa.

    Abstract in English:

    Sexual crimes against children are a form of physical violence that is a concern in the field of Public Health. Understanding these crimes becomes crucial to be able to intervene in their prevention and foster knowledge on which to ground health policies. The article analyzes versions of sexual crime, comparing the speech of the attackers with the testimonies of victims and family members recorded in court document. It is a qualitative study, using techniques such as individual interviews with defendants sentenced to prison, as well as court documents pertaining to the sex crime against children and adolescents. The reconstruction of the sexual offense on the part of inmates, victims and witnesses differ much. Some of the attackers admit the sex offense, but their justifications go towards shirk responsibility by claiming the victim's consent; others consider his crime an elaborated lie concocted by third parties in order to cause harm. The shared beliefs between them make them minimize their criminal conduct, declaring that sexual abuse has not been forced under threats or that it brought physical and psychological effects on victims. The arguments presented by the sexual offenders often expose an exchange of roles; the attacker becomes the victim. These sexual offenders also do not recognize the fact that the victims are left with injuries resulting from sexual violence that may put their future in question.
  • Mental illness and criminal dangerousness in contemporary psychiatry: discursive strategies and etiological models Temas Livres

    Mitjavila, Myriam Raquel; Mathes, Priscilla Gomes

    Abstract in Portuguese:

    O artigo analisa algumas dimensões socioculturais do campo semântico e dos modos de estruturação dos discursos da psiquiatria forense em torno da periculosidade criminal e de suas conexões com a saúde mental. A partir dos resultados de uma pesquisa baseada na análise de conteúdo de uma amostra de manuais e livros de psiquiatria forense, examinaram-se alguns significados e formas de enunciação da noção de periculosidade criminal, bem como as principais estratégias interpretativas que organizam os modelos etiológicos da criminalidade predominantes nessa área.

    Abstract in English:

    This paper analyzes some socio-cultural dimensions of the semantic field and ways of structuring forensic psychiatry discourses in relation to the criminal dangerousness and its connections with mental health. From the results of a research based on content analysis of several handbooks and books in forensic psychiatry, it was possible to examine some meanings and forms of enunciation about the concept of criminal dangerousness as well as the main interpretive strategies that organize the etiological models of criminality prevailing in this area.
  • The psychiatric reform and its critics: considerations on some assumptions and their consequences Temas Livres

    Gama, Jairo Roberto de Almeida

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste trabalho foi discutir as críticas que atualmente são dirigidas ao atual modelo de transformação da assistência psiquiátrica brasileira, exemplificadas nas "Diretrizes para um Modelo de Assistência Integral em Saúde Mental no Brasil" em 2006. Verificamos que existem nesse trabalho pressupostos teóricos sobre a doença mental, a terapêutica e a disciplina psiquiátrica que não estão explicitados e que se baseiam em concepções científicas reducionistas do fenômeno mental. Esses pressupostos apontam para projetos de assistência em saúde mental diversos. Como instrumentos de análise, utilizamos os trabalhos de Georges Canguilhem e do pragmatismo linguístico, além de vários autores críticos à abordagem neurocientífica reducionista. Ao final, propomos uma abordagem científica pragmática e uma perspectiva clínica pluralista.

    Abstract in English:

    This study aimed to discuss the criticisms currently directed to the current model of transformation of Brazilian psychiatric care, exemplified in the "Guidelines for a Model for Integrated Mental Health Care in Brazil" in 2006. We found that in that work there are theoretical assumptions about mental illness, psychiatric therapy and discipline that are not explained and which are based on reductionist scientific conceptions of the mental phenomena. These assumptions point to various mental health care projects. As analytical tools, we use the work of Georges Canguilhem and linguistic pragmatism, besides several authors who criticize the reductionist neuroscientific approach. At the end, we propose a pragmatic scientific approach and a pluralistic clinical perspective.
  • Like our parents? Generation, masculinity sexuality and self-care Temas Livres

    Cunha, Rosane Berlinski; Rebello, Lúcia Emilia Figueiredo de Sousa; Gomes, Romeu

    Abstract in Portuguese:

    O presente trabalho tem como objetivo analisar a relação entre os sentidos atribuídos por homens, de dois intervalos geracionais diferentes, à sexualidade masculina e ao cuidar de si. Buscou-se identificar se houve mudança no posicionamento desses homens em relação aos cuidados em saúde e se esta mudança é influenciada por aspectos geracionais. O estudo ancora-se nos marcos conceituais teóricos: geração e roteiro sexual. O desenho metodológico é de análise de narrativas. As fontes analisadas são parte do acervo de duas pesquisas realizadas na cidade do Rio de Janeiro com homens com ensino superior e universitários, que tiveram iniciação sexual nos anos 1970 e 1990, respectivamente. Os resultados mostram que os homens estudados se acham confrontados com a inadequação da construção social do masculino e as novas demandas femininas, buscando um novo modelo. Observaram-se permanências e rupturas de padrões hegemônicos da masculinidade, o que está relacionado com a forma como o homem cuida de si.

    Abstract in English:

    This paper aims to examine the relationship between the meanings of male sexuality and how male individuals from two different generations take care of their health. We sought to identify whether there were changes regarding the standing of these men in relation to health care, and whether these changes were influenced by generation gaps. The study is anchored in two theoretical conceptual frameworks: generation and sexual script. We used the narrative analysis methodology, and the sources of this study are part of two surveys conducted in Rio de Janeiro with men of higher education as well as university students, whose sexual initiation occurred during the 1970's and 1990's, respectively. The results show that the subjects are currently facing an inadequate male's social model in conjunction with the new social demands from the females, therefore seeking a new model for themselves. During this study, both permanent and changing patterns of hegemonic masculinity were noted to be related to how men take care of their own health.
  • Building paths of knowledge on HIV / AIDS: women on the scene Temas Livres

    Silva, Girlene Alves; Reis, Valesca Nunes dos

    Abstract in Portuguese:

    Trata-se de pesquisa qualitativa com o objetivo de identificar o acesso à informação das mulheres sobre o HIV/Aids e analisar os fatores que as orientam na adoção de medidas protetoras ao HIV/Aids. Foram realizadas entrevistas com 20 mulheres matriculadas no período noturno de uma escola pública em Minas Gerais/Brasil, com faixa etária entre 18 e 55 anos. As entrevistas foram analisadas por meio da técnica de análise de conteúdo temático, e fundamentadas no referencial teórico das Representações Sociais. Foram produzidas duas categorias analíticas: o acesso à informação sobre a Aids e os mecanismos de proteção adotados para reduzir a vulnerabilidade à infecção pelo HIV. As entrevistadas apontaram escola, família, televisão, profissionais de saúde e amigos como os principais veículos de obtenção de informações acerca da Aids. Entretanto, nesses espaços e encontros o vínculo se encontra fragilizado, desfragmentado e inconsistente, não propiciando acesso a ambientes consistentes de escuta, informações e reflexões. A prevenção está focada no uso do preservativo masculino. Persiste o baixo poder da mulher em negociar relações sexuais seguras, prevalecendo a vontade do parceiro e a credibilidade no amor e no casamento. Os sentimentos de ansiedade, incertezas e medo gerados nessas mulheres devido à questão da Aids não lhes permitem efetivar mecanismos de proteção relacionados ao exercício de mudança no comportamento sexual, de forma a torná-lo mais seguro e consciente no grupo pesquisado.

    Abstract in English:

    This qualitative study aimed to identify women's access to information about HIV / AIDS and analyze the factors that guide the adoption of protective measures against HIV / AIDS. Interviews were conducted with 20 women enrolled in evening classes at a public school in Minas Gerais / Brazil, aged between 18 and 55 years. The interviews were analyzed using the technique of thematic content analysis, and grounded in the theoretical framework of Social Representations. We produced two analytical categories: access to information about AIDS and protection mechanisms adopted to reduce vulnerability to HIV infection. Interviewees pointed to school, family, television, friends and health professionals as the main vehicles for obtaining information about AIDS. However, in these spaces and encounters bond is weakened, and defragged inconsistent, not providing access to consistent listening environments, information and reflections. Prevention is focused on the use of condoms. There remains the low power of women to negotiate safe sex, prevailing will of the partner and credibility in love and marriage. The feelings of anxiety, uncertainty and fear generated in these women because of the issue of AIDS cannot allow them to perform protective mechanisms related to changes in sexual behavior in order to make it more safe and aware in the study group.
  • When the loss of meaning in the world of work involves pain and suffering: a case study on fibromyalgia Temas Livres

    Mattos, Rafael da Silva; Luz, Madel Therezinha

    Abstract in Portuguese:

    A fibromialgia é uma síndrome reumática que atinge muitas mulheres na população brasileira. Atualmente levanta-se a hipótese de que o regime social de trabalho tem contribuído para o aumento dos índices de fibromialgia, acarretando adoecimento e sofrimento coletivo. O mal-estar gerado no trabalho somatiza-se na forma de dor crônica, ansiedade e depressão, sintomas típicos da fibromialgia. Este artigo é produto de pesquisa etnográfica realizada com mais de 60 mulheres diagnosticadas com fibromialgia. A perda dos sentidos positivos em relação ao trabalho e o desencantamento com a atividade laboral implicam dor e sofrimento. A fibromialgia vem juntar-se aos casos de LER e DORT como efeito da reestruturação da relação capital-trabalho nas últimas décadas.

    Abstract in English:

    Fibromyalgia is a rheumatic syndrome that affects many women in the Brazilian population. There is the current hypothesis that the social labor regime has contributed to increased rates of fibromyalgia, resulting in illness and collective suffering. The unease generated is somatized as chronic pain, anxiety and depression, symptoms typical of fibromyalgia. This paper is a product of ethnographic research with more than 60 women diagnosed with fibromyalgia. The loss of positive directions in relation to work and disenchantment with work activity involves pain and suffering. Fibromyalgia has become, along with RSI and WRMD cases, an effect of the restructuring of capital-labor ratio in recent decades.
  • Epistemological and bioethical issues of quaternary prevention Temas Livres

    Oliveira, Clara Costa; Reis, Ana

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo avalia a atual tendência conceitual em Medicina Geral/Familiar, Saúde Pública e Coletiva, no tocante à prevenção quaternária. Os objetivos são identificar e divulgar esse tipo de prevenção e refletir epistemológica e eticamente sobre seus discursos. A metodologia utilizada é qualitativa, de tipo hermenêutico. Começamos por relembrar as três dimensões da prevenção da doença, desenvolvendo sua quarta forma, que é uma espécie de prevenção das anteriores. Em seguida, abordamos a atribuição da urgência de prevenção quaternária a alguns grupos específicos: médicos, idosos, "pseudo-doentes" e doentes psiquiátricos. Depois, avaliamos se os princípios-base da Bioética são ou não abordados (e o quão desenvolvidos) nesse tipo de prevenção. Ainda que tenhamos delineado algumas críticas anteriormente, abrimos uma seção especialmente para isso, na qual desmontamos epistemológica e eticamente textos dessa linhagem, que resultam em discursos nem sempre coerentes nem coadunados com a prática clínica efetiva. Salientamos o discurso dualista que se esconde por trás da maior parte dos textos, e que anula o pretenso holismo que defendem. O resultado da pesquisa é que os principais defensores desse tipo de prevenção utilizam um discurso nem sempre coerente, quer epistemologica, quer eticamente. Concluímos que, sendo uma expressão muito útil na prática clínica, a prevenção quaternária precisa ser aclarada teoricamente e mais divulgada entre - e dialogada com - profissionais de saúde de várias especialidades.

    Abstract in English:

    This paper assesses the current conceptual trend in General Medicine / Family, Public and Collective Health regarding quaternary prevention. The goals are to identify and disseminate this type of prevention and reflect on their epistemological and ethical discourses. The methodology is qualitative, of hermeneutic type. We begin by recalling the three dimensions of disease prevention, developing its fourth type, which is a kind of prevention of the above. Then we address the allocation of the urgency of quaternary prevention to some specific groups: doctors, elderly, "pseudo-patients" and psychiatric patients. Next, we assessed whether the basic principles of bioethics are not addressed (and how developed) in this type of prevention. Although we have previously outlined some criticism, we opened a section especially for this, in which we epistemologically and ethically disassembled texts of that lineage, resulting in speeches not always consistent or aligned with effective clinical practice. We emphasize the dualistic discourse that hides behind most texts, and defeats the defending alleged holism. The research result is that the main proponents of this type of prevention using a speech is not always consistent, either epistemologically or ethically. We conclude that, being a very useful expression in clinical practice, the quaternary prevention needs to be theoretically clarified and more widespread among - and dialogued with - health professionals of various specialties.
  • "Phyto-hormones": Science and nature in the treatment of menopause Temas Livres

    Sá, Ivone Manzali de

    Abstract in Portuguese:

    Um novo produto chamado "fito-hormônio" foi elaborado para substituir a terapia de reposição hormonal (TRH) nos últimos anos. Este desenvolvimento está associado a dois contextos históricos, a saber: o anúncio dos riscos associados à terapia de reposição hormonal (TRH) para mulheres no climatério no ano de 2002, e uma mudança de percepção do público consumidor e laboratórios farmacêuticos a respeito das plantas medicinais. Algumas plantas já utilizadas por comunidades tradicionais para sintomas associados ao climatério foram pesquisadas cientificamente nas últimas décadas e, como resultado, uma nova categoria de medicamento foi constituída. A partir das teorias ator-rede e de translação, de Bruno Latour, analisa-se a construção desta categoria de medicamento, e como a ideia de "natural" foi ressignificada pelos atores envolvidos na rede sócio-técnica.

    Abstract in English:

    A new product called "phyto-hormone" was designed to replace the hormone replacement therapy (HRT) in recent years. This development is associated with two historical contexts: the announcement of the risks associated with hormone replacement therapy (HRT) for postmenopausal women in 2002, and a change in public perception of consumers and pharmaceutical companies about medicinal plants. Some plants used by traditional communities for symptoms associated with menopause have been scientifically researched in recent decades and, as a result, a new category of medicine was established. From the actor-network theory and translation, Bruno Latour analyzes the construction of this class of drug, and how the idea of "natural" was re-signified by the actors involved in the socio-technical network.
  • Biosecurity and disaster: concepts, prevention, public health and management of corpses Temas Livres

    Cardoso, Telma Abdalla de Oliveira; Costa, Fernando Guilherme da; Navarro, Marli B. M. de Albuquerque

    Abstract in Portuguese:

    O artigo discute a complexidade dos desastres, realçando situações de risco e a essencialidade do suporte da Biossegurança, uma vez que, em episódios com vítimas fatais, os procedimentos formulados por este campo devem ser adotados no manejo de cadáveres, sobretudo quando da ocorrência de soterramento com busca de corpos. Contextualiza a magnitude dos desastres caracterizados pelas chuvas e suas consequências (deslizamentos, soterramento), enfatizando o fenômeno do aquecimento global e as mudanças climáticas e seus impactos sobre as comunidades, em especial as mais pobres, valorizando a análise do conceito de vulnerabilidade a partir do cenário da urbanização, da degradação do meio ambiente causada pelo manejo inadequado dos recursos naturais, da contaminação ambiental, das políticas públicas ineficientes, sublinhando o baixo investimento em infraestrutura. Sublinha o conceito de desastre como fenômeno imprevisível, súbito e violento, que causa grande número de mortos e destruição. Enfatiza as problemáticas sociais, sanitárias, jurídicas e operacionais quando do registro de um número elevado mortes ocorridas ao mesmo tempo ou em curto espaço de tempo. Traz para a análise a contribuição da Biossegurança como orientadora dos planos de emergência voltados para os desastres, realçando o risco biológico e as medidas necessárias para o manejo de cadáveres.

    Abstract in English:

    The paper discusses the complexity of disasters, enhancing risk situations and the importance of support from Biosecurity, as in episodes with fatalities, procedures formulated by this field should be adopted in the handling of corpses, particularly when occurring with search of buried bodies. It contextualizes the magnitude of the disaster characterized by rain and its aftermath (landslides, burying), emphasizing the phenomenon of global warming and climate change and its impacts on communities, especially the poorest, valuing the concept analysis of vulnerability caused by urbanization, environmental degradation by improper management of natural resources, environmental pollution, inefficient public policies, emphasizing low investment in infrastructure. It emphasizes the concept of disaster as unpredictable, sudden and violent, phenomenon causing numerous deaths and destruction; and social, health, legal and operational problems when there is high number deaths at the same time or within a short time. And it analyzes the contribution of Biosafety as guiding emergency plans facing disasters, enhancing the biological risk and the measures required for handling corpses.
  • Experiments with autonomous management of medication: narrative of mental health users in focus group meeting in psychosocial care centers Temas Livres

    Jorge, Maria Salete Bessa; Campos, Rosana Onocko; Pinto, Antonio Germane Alves; Vasconcelos, Mardênia Gomes Ferreira

    Abstract in Portuguese:

    Objetiva-se analisar as experiências vivenciadas pelos usuários do Centro de Atenção Psicossocial no desenvolvimento do grupo para Gestão Autônoma da Medicação (GAM). Opta-se pela pesquisa qualitativa, dentro de uma perspectiva crítica que protagoniza a vivência dos participantes do grupo operativo GAM. Realizado nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) Geral e Álcool e outras Drogas (AD) do município de Maracanaú-CE. Os participantes foram 13 usuários de CAPS Geral e Ad do referido município. Técnica de coleta das narrativas foi constituída por três grupos narrativos e a análise pautada na hermenêutica. Segundo as narrativas desvelaram, em todo o processo de discussão sobre a medicação, fica evidente a importância da escuta e do acompanhamento individual. A abordagem singular dos usuários possibilitou melhoria significativa no estado de saúde mental e na compreensão do adoecimento. Assim, é possível ressignificar a utilização precípua do medicamento e interagir com inovações terapêuticas mais voltadas para hábitos de vida saudável.

    Abstract in English:

    The study aimed to analyze the feelings experienced by users of the Center for Psychosocial Care in developing the group for Autonomous Management of Medication (AMM). It uses qualitative research within a critical perspective that carries the experience of participating in the operative AMM group. It was conducted at the General Center for Psychosocial Care (CAPS) and Alcohol and other Drugs (AD) in the city of Maracanau, state of Ceara, Brazil. The participants were 13 users of General and Ad CAPS of that city. The technique of narratives' collection consisted of three groups based in the narrative analysis and hermeneutics. According to the narratives, throughout the discussion process on the medication, it is evident the importance of listening and coaching. The unique approach of users allowed significant improvement in health status and understanding of mental illness. Thus, it is possible to reframe the specific use of the drug and interact with therapeutic innovations that focus more on healthy lifestyle habits.
  • Interdisciplinary health care teamwork as a space of recognition: contributions of Axel Honneth's theory Temas Livres

    Miranda, Lilian; Rivera, Francisco Javier Uribe; Artmann, Elizabeth

    Abstract in Portuguese:

    O presente estudo teórico tem como objetivo relacionar uma discussão sobre o trabalho em equipe interdisciplinar nos serviços públicos de saúde com os principais conceitos do filósofo contemporâneo Axel Honneth, dentre eles aquele que denominou Luta por Reconhecimento. Para tanto, partimos da revisão da noção de sujeito na teoria honnethiana, sobretudo a partir do diálogo que faz com a psicanálise de Donald Winnicott. Destacamos que se trata de um sujeito eminentemente social, cuja constituição depende do reconhecimento do outro em relação a sua alteridade e da legitimação do seu pertencimento a um grupo social. Mostramos que esse reconhecimento se dá através de um processo de luta, essencial para o desenvolvimento da capacidade de amar e se relacionar com o outro. Em seguida, defendemos que o trabalho em equipes interdisciplinares pode ser um espaço para o reconhecimento dos profissionais, tal como discutido por Honneth. Consequentemente, as equipes podem facilitar o desenvolvimento de trabalhos criativos e inovações na organização da assistência oferecida aos pacientes.

    Abstract in English:

    This theoretical study aims to correlate the discussion about interdisciplinary teamwork in public health institutions with the key concepts of contemporary philosopher Axel Honneth with regards to what he called the Struggle for Recognition. We start by revising the notion of subject in Honneth's theory, especially based on his dialogue with Donald Winnicott's psychoanalysis. We highlight that this subject is eminently social; its constitution depends on the recognition of others regarding its otherness and the legitimacy of its belonging to a social group. Next, we show that this recognition occurs through a process of struggle, which is essential for developing the capacity to love and to relate to others. We then argue that the work in interdisciplinary teams can be configured as a potent space for the recognition of professionals, as discussed by Honneth. Teams may thus facilitate the development of creative work and innovations in the organization of care provided to patients.
  • Avaliação no trabalho: alguns dilemas Resenhas

    Ribeiro, Renata Perfeito; Martins, Julia Trevisan
  • Reforma Sanitária Brasileira: promessa não cumprida? Resenhas

    Shikasho, Larissa
  • A humanização do parto no cenário de disputas da obstetrícia Resenhas

    Ferreira Júnior, Antonio Rodrigues; Barros, Nelson Filice de
  • Iniquidades em saúde no Brasil sob as lentes da sociedade civil Resenhas

    Escoda, Maria do Socorro Quirino
IMS-UERJ RJ - Brazil
E-mail: publicacoes@ims.uerj.br