• Referral and counter-referral for the integrality of care in the Health Care Network Other Themes

    Oliveira, Cleise Cristine Ribeiro Borges; Silva, Elaine Andrade Leal; Souza, Mariluce Karla Bomfim de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Objetivou-se analisar o funcionamento do sistema de referência e contrarreferência para a integralidade do cuidado na Rede de Atenção à Saúde. Estudo qualitativo, realizado a partir de entrevistas com 66 participantes - gestores, trabalhadores e usuários de um município da Bahia, Brasil, e mediante aprovação em Comitê de Ética conforme parecer número nº 334.737. O material foi analisado a partir da Análise de Conteúdo de Bardin, finalizada em 2014. Foram identificadas diversas concepções de referência e contrarreferência, dentre estas: encaminhamento dos usuários; visão ampliada do usuário; cuidado não fragmentado; cuidado integral. Para os usuários, as dificuldades e facilidades nos fluxos concentram-se na Central de Regulação e Marcação e Unidades de Saúde da Família. Conclui-se que, para que a rede seja estabelecida com integralidade, é necessário identificar estratégias importantes instituídas no SUS e fortalecê-las, bem como identificar os empecilhos para saná-los.

    Abstract in English:

    Abstract The objective was to analyze the functioning of the referral and counter-referral system for integral care in the Healthcare Network. Qualitative study performed through interviews with 66 participants - managers, workers and users of a town of the state of Bahia, Brazil, and upon approval by the Ethics Committee, opinion number nº 334.737. The material was analyzed using the Content Analysis proposed by Bardin, finished in 2014. Various conceptions of referral and counter-referral were identified, as follows: referral of users, user’s broader view; non-fragmented care; and integral care. For the users, the difficulties and facilities in the flows are concentrated in the Regulation and Scheduling Center and Family Health Units. It is concluded that, to enable the establishment of the network in an integral way, it is necessary to identify important strategies provided by the Unified Health System (SUS) and strengthen these strategies, as well as to identify any drawbacks to remedy them.
  • Monitoring the implementation of a Municipal Policy on Complementary and Integrative Practices: the main challenges Other Themes

    Ignatti, Carmencita; Nakamura, Eunice

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este artigo é fruto de um recorte da pesquisa etnográfica de doutorado realizada em uma Unidade de Referência em Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS), no município de Peruíbe-SP. A abordagem centra-se na análise da implantação da Política Pública Municipal de PICS (PMPIC), possibilitada pela observação participante de reuniões com profissionais e gestores, registradas em diários de campo, leitura de documentos do Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde e do próprio texto da lei, bem como das narrativas dos atores envolvidos. A análise do material baseou-se na interpretação de base hermenêutica (GEERTZ, 1989), sendo apontados os principais desafios observados durante o acompanhamento do processo. O formato da PMPIC em Peruíbe, embora atenda ao recomendado em nível nacional e internacional, garantiu somente os aspectos jurídico-institucionais. Apesar do avanço na construção da política, os desafios para sua implementação e ampliação esbarram em dificuldades políticas e operacionais, que deverão ser superadas para o estabelecimento de amplas perspectivas para as práticas integrativas e complementares nos serviços de saúde do município.

    Abstract in English:

    Abstract This paper is an excerpt of an ethnographic study conducted within a doctoral program in a Complementary and Integrative Practices referral unit located in Peruíbe-SP, Brazil. It presents an analysis of the implementation of a Municipal Policy on Complementary and Integrative Practices (MPCIP), including participant observation of meetings held with workers and managers, field diaries, documents from the Brazilian Ministry of Health and the World Health Organization, legislation, and reports of those involved. The analysis was based on hermeneutic interpretation (GEERTZ, 1989), and the main challenges faced during the process are presented. Even though the format of the MPCIP in Peruíbe meets national and international requirements, it only warranted legal-institutional aspects. Despite advancements in policy development, there remain political and operational challenges to its implementation and expansion, which shall be overcome to fully implement Complementary and Integrative Practices in the city’s health service.
IMS-UERJ RJ - Brazil
E-mail: publicacoes@ims.uerj.br