Physis: Revista de Saúde Coletiva, Volume: 32, Issue: 1, Published: 2022
  • Demarcation of indigenous land, health and new territorialities in the transposition of the São Francisco River in the Pipipã people, in Floresta-PE, Brazil Temas Livres

    Gonçalves, Glaciene Mary da Silva; Silva, Edson Hely; Bezerra, Virgínia Carmem Rocha; Gurgel, Idê Gomes Dantas; Costa, André Monteiro

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A demarcação de terra interconecta-se com a reprodução social e a saúde dos povos indígenas. Encontra-se desafiada pela economia globalizada e a implantação de grandes empreendimentos desenvolvimentistas nos territórios indígenas. Este artigo objetiva refletir sobre demarcação de terra indígena, saúde e novas territorialidades na implantação da transposição do rio São Francisco, no povo Pipipã, em Floresta-PE. A abordagem teórico-metodológica para o estudo é a reprodução social e a saúde formulada por Juan Samaja. Trata-se de estudo analítico, qualitativo, com a realização de entrevistas, observação participante e oficinas participativas nas aldeias cortadas pelo Eixo Leste da transposição. Evidencia-se meio século de mobilizações dos Pipipã pela demarcação de terra, marcadas por entraves políticos nos âmbitos municipal, estadual e nacional. A demarcação de terra inter-relacionou-se com a saúde e representou o maior sonho dos indígenas. Para vencerem o medo, no contexto da transposição, assumiram compromissos de união, participação e marcação do território com os rituais. A transposição desestruturou relações, inseriu novas territorialidades, ampliou os desafios de demarcação de terra, agravou a saúde indígena e não promoveu o acesso à água transposta, principal objetivo do projeto, configurando uma situação de injustiça ambiental.

    Abstract in English:

    Abstract Land demarcation is interconnected with the social reproduction and health of indigenous peoples. It is challenged by the globalized economy and the implementation of large developmental projects in indigenous territories. This article aims to reflect on the demarcation of indigenous land, health and new territorialities in the implementation of the transposition of the São Francisco River, in the Pipipã people, in Floresta-PE. The theoretical-methodological approach to the study is social reproduction and health formulated by Juan Samaja. This is an analytical, qualitative study, with interviews, participant observation and participatory workshops in the villages crossed by the East Axis of transposition. There is evidence of half a century of mobilizations by the Pipipã for land demarcation, marked by political obstacles at the municipal, state and national levels. Land demarcation was interrelated with health and represented the greatest dream of the indigenous people. To overcome fear, in the context of transposition, they assumed commitments of union, participation and marking the territory with rituals. The transposition disrupted relationships, introduced new territorialities, expanded the challenges of land demarcation, worsened indigenous health and did not promote access to transposed water, the main objective of the project, configuring a situation of environmental injustice.
  • Profile of those who participate in group activities in Brazil: an analysis based on data from the National Health Survey (NHS), 2013 Temas Livres

    Tesser Junior, Zeno Carlos; Kovaleski, Douglas Francisco; Boing, Antonio Fernando

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O artigo busca caracterizar as pessoas que frequentam diferentes espaços de participação no Brasil. Para isso, realizou-se um estudo de estatística descritiva, a partir de dados de um inquérito maior, a Pesquisa Nacional em Saúde (PNS), que contou com 64.348 respondentes. Os dados foram analisados conforme a frequência de participação dividida em quatro blocos de atividades participativas: sexo, escolaridade, renda e estado civil dos participantes. Os resultados mostraram que a maior frequência de participação foi em eventos e cultos religiosos (69,7%), seguidos pelas atividades artísticas e esportivas em grupo (26,2%), depois por reuniões de associações de moradores ou funcionários, movimentos comunitários, centros acadêmicos ou similares (16,1%) e, por último, em trabalho voluntário não remunerado (12,1%). Observou-se que as mulheres tiveram participação mais intensa em cultos e atividades religiosas (76,4%), enquanto os homens participaram mais de atividades artísticas e culturais (33,5%). Quanto a faixa de renda e escolaridade, o estudo mostrou que quanto mais elevadas eram essas duas categorias, maior foi a frequência de participação. Evidencia-se, do ponto de vista político e democrático, que a participação no Brasil é escassa e marcada pelo elitismo.

    Abstract in English:

    Abstract This article seeks to characterize people who attend different spaces of participation in Brazil. For this, a study of descriptive statistics was carried out, using data from a larger survey, the National Health Survey (NHS), which had 64,348 respondents. The data were analyzed according to the frequency of participation divided into four blocks of participatory activities: sex, education, income and marital status of the participants. The results showed that the highest frequency of participation was in religious events and cults (69.7%), followed by artistic and sports activities in groups (26.2%), then by meetings of associations of residents or employees, community movements, academic or similar centers (16.1%) and, finally, in unpaid voluntary work (12.1%). It was observed that women had a more intense participation in cults and religious activities (76.4%), while men participated more in artistic and cultural activities (33.5%). As for income and education, the study showed that the higher these two categories were, the higher the frequency of participation. It is evident, from a political and democratic point of view, that participation in Brazil is scarce and marked by elitism.
  • Medical knowledge and approach in cases of violence against women in a public hospital in Alagoas, Brazil Temas Livres

    Silva, Karlos Eduardo Alves; Santos, José Ismair de Oliveira dos; Bezerra, Waldez Cavalcante

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A violência contra a mulher é um fenômeno social complexo, que apresenta alta reincidência e desafia a rede socioassistencial. Este estudo de campo, de caráter qualitativo, buscou conhecer os saberes e as práticas de profissionais médicos de um hospital público de Alagoas a respeito dessa temática. A produção dos dados se deu a partir do uso de entrevistas semiestruturadas e a análise dos mesmos ocorreu por meio da técnica de análise de conteúdo, do tipo categorial. Constatou-se que, apesar de reconhecerem alguns aspectos importantes para o atendimento à mulher vítima de violência, há um enorme desconhecimento quanto às políticas e a rede de atenção, decorrente da ausência de formação. A inexistência institucional de protocolos para lidar com os casos leva a uma prática profissional subjetivista e por vezes limitada às lesões físicas da violência.

    Abstract in English:

    Abstract Violence against women is a complex social phenomenon, which has a high recurrence and challenges the social assistance network. This qualitative field study sought to understand the knowledge and practices of medical professionals from a public hospital in the state of Alagoas, Brazil, regarding this theme. The production of data used semi-structured interviews and their analysis took place through the content analysis technique, of the categorical type. It was found that, despite recognizing some important aspects for the care of women victims of violence, there is a huge lack of knowledge about the policies and the care network, due to the lack of training. The institutional inexistence of protocols to deal with cases leads to a subjective professional practice that is sometimes limited to physical injuries caused by violence.
  • Portraits of the discharge process in mental health care of children and adolescents from the perspective of occupational therapists Temas Livres

    Richter, Raíssa Herold Matias; Matsukura, Thelma Simões; Taño, Bruna Lídia; Cid, Maria Fernanda Barboza

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Objetivou-se compreender as concepções e o processo de alta de crianças e adolescentes acompanhados em Centros de Atenção Psicossocial Infantojuvenis sob a perspectiva de terapeutas ocupacionais trabalhadores desses equipamentos. Foi realizada pesquisa de campo qualitativa, descritiva e exploratória, com 15 terapeutas ocupacionais que atuam em Centros de Atenção Psicossociais Infantojuvenis do município de São Paulo. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada e analisados a partir da técnica do discurso do sujeito coletivo. A reflexão crítica sobre o conceito da alta na saúde mental infantojuvenil, o planejamento para a alta e a efetivação da articulação desses equipamentos com a rede intra e intersetorial durante todo o acompanhamento são determinantes para que o processo de alta de crianças e adolescentes que vivenciam o sofrimento psíquico aconteça de forma implicada, corresponsável e segura. O estudo avança ao pautar o tema da alta no contexto do cuidado em saúde mental infantojuvenil, revelando desafios e perspectivas para o aprimoramento de ações e de políticas públicas, e fortalecendo a Reforma Psiquiátrica brasileira.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The objective was to understand the conceptions and process of discharging children and adolescents in Child Psychosocial Care Centers from the perspective of occupational therapists working in these locations. Qualitative, descriptive and exploratory field research was carried out with 15 occupational therapists who work at Child Psychosocial Care Centers in the city of São Paulo. Data were collected through a semi-structured interview and analyzed using the Collective Subject Discourse technique. Critical reflection on the concept of discharge in child and adolescent mental health, planning for discharge and the articulation of these services with the intra and intersectoral network throughout the follow-up are determinants for the discharge process of children and adolescents who experience psychological distress happen in an implicated, co-responsible and safe way. The study advances by addressing the issue of discharge in the context of child and adolescent mental health care, revealing challenges and perspectives for the improvement of actions and public policies and strengthening the Brazilian Psychiatric Reform.
  • Consumption of information about healthy eating and diets on Facebook pages: a qualitative approach in the virtual environment Temas Livres

    Passos, Jasilaine Andrade; Vasconcellos-Silva, Paulo Roberto; Santos, Ligia Amparo da Silva

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este artigo parte de uma abordagem qualitativa em páginas no Facebook (FB) para analisar sentidos do consumo de informações sobre alimentação saudável e dietas atribuídos por internautas. Foram realizadas observações com registro em diário de campo durante oito meses e entrevistas semiestruturadas com 10 internautas, norteadas por roteiro específico. As páginas refletem um mercado de emagrecimento que não é explícito para os consumidores. Todos os entrevistados acessam o FB diariamente, sendo que o consumo de informações variou entre os que buscam "o tempo todo", "às vezes" e "quando aparece na timeline". As informações são submetidas a processos de filtragem e validação mediados por experiências, por pares ou comparações em fontes diversas da Web- de modo a fazerem sentido. Internautas agenciam seus cuidados alimentares a partir de novos elementos "garimpados" na rede - as comunidades virtuais fazem parte de itinerários de autocuidado alimentar pautados no autocontrole e disciplinarização dos corpos. As análises podem contribuir para a compreensão e perspectivas de utilização das redes social por comunicadores em saúde e debates sobre o papel das mídias sociais no âmbito sanitário e sobre possibilidades de conciliação da lógica da mídia com a lógica da promoção da saúde.

    Abstract in English:

    Abstract This article starts from a qualitative approach on Facebook pages (FB) to analyze the meanings of consumption of information about healthy eating and diets attributed by Internet users. Observations were carried out with a field diary for eight months and semi-structured interviews were carried out with 10 internet users, guided by a specific script. The pages reflect a weight-loss market that is not explicit for consumers. All respondents access FB daily, and the consumption of information varied between those seeking "all the time", "sometimes" and "when it appears on the timeline". The information is subjected to filtering and validation processes mediated by experiences, pairs or comparisons in different sources on the Web - in order to make sense. Internet users organize their dietary care from new elements "mined" in the network - virtual communities are part of self-care itineraries based on self-control and discipline of bodies. The analyzes can contribute to the understanding and perspectives of the use of social networks by health communicators and debates on the role of social media in the health field and on possibilities for reconciling the logic of the media with the logic of health promotion.
  • Among us: permanent health education as part of the work process of the Extended Nuclei for Family Healthcare and Basic Care Temas Livres

    Germano, Josiane Moreira; Ceccim, Ricardo Burg; Santos, André Souza dos; Vilela, Alba Benemérita Alves

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O artigo apresenta uma pesquisa cujo objetivo foi analisar o processo de trabalho de um Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB), sob as perguntas de quem apoia o apoiador matricial e como esses profissionais aprendem/apreendem seu fazer. A pesquisa estudou o processo de trabalho com os próprios apoiadores de NASF-AB e, articulado às perspectivas da servidão e liberdade em Baruch Spinoza, problematizou como sentem e como agem, evocando o pensamento-afecção e o pensamento-ação. As escolhas metodológicas envolveram a cartografia e o pesquisar-com. Foi possível identificar um comportamento de equipe, promotor da educação permanente em saúde e do necessário coletivo de enunciação que o NASF-AB deve representar. Compreendeu-se que o “apoio aos apoiadores” objetivamente se expressa pelos processos de autoanálise (institucional), providências de educação permanente em saúde (entre pares) e esforço por exaurir medo e esperança para que os afetos apareçam genuínos e encontros vicejem (liberdade). A ação entre pares, no interior do próprio NASF-AB para aprender, apreender e exercer o matriciamento levou à compreensão de que se trata de algo que acontece como um “entre nós” (os próprios apoiadores), investida a perseverança da liberdade ante a servidão.

    Abstract in English:

    Abstract The article presents a study aimed to analyze the work process of an Extended Nucleus of Family Health and Primary Care (NASF-AB), questioning: who are those that support the matrix supporter? and how these professionals learn/understand their work? The research studied the work process with the NASF-AB supporters and, articulated with the perspectives of servitude and freedom in Baruch Spinoza, problematized how they feel and how they act, evoking thought-affection and thought-action. Methodological choices involved cartography and research-with. It was possible to identify team behavior that promotes permanent education in the healthcare field and the necessary collective enunciation that the NASF-AB must represent. It can be understood that “support for supporters” is objectively expressed through the processes of self-analysis (institutional), measures of permanent health education (among peers) and efforts to allow fear and hope to be expressed so that affections appear genuine and encounters may thrive (freedom). The action among peers, within the NASF-AB to learn, get ownership and practice the matrix support led to the understanding that it is something that happens as “among us” (the supporters themselves), invested with the perseverance of freedom in the face of servitude.
  • Pregnant women admitted to the psychiatric hospital: a portrait of vulnerability Temas Livres

    Paulino, Denise; Santos, Deivisson Vianna Dantas dos; Santarosa, Martina Nogueira de Magalhães; Stefanello, Sabrina; Carvalho, Denise Siqueira de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O hospital psiquiátrico foi (re)inserido na rede de atenção psicossocial no Brasil, tornando-se uma opção para tratamento na crise em saúde mental. Este artigo objetivou descrever o perfil e os cuidados ofertados às gestantes durante a internação em um hospital psiquiátrico. Trata-se de estudo quantitativo, transversal, observacional e descritivo, com dados de prontuários de janeiro/2015 a agosto/2019. A amostra teve um n=67, evidenciando uma população jovem, na maioria sem qualquer renda (incluindo assistências governamentais), com baixa escolaridade. As internações foram majoritariamente não voluntárias com queda no acompanhamento de pré-natal durante internação, o qual explicita uma situação de vulnerabilidade social, com questões de gênero, representando forte influência nos encaminhamentos de saúde para essas mulheres. A internação demonstrou uma fragilidade na integralidade do cuidado, reforçando um tratamento segregador. Ficou evidenciada a necessidade do cuidado articulado na atenção básica, considerando os determinantes sociais e direitos de cidadania, bem como a importância de se repensar o efetivo papel do hospital psiquiátrico.

    Abstract in English:

    Abstract The psychiatric hospital was (re)inserted in the psychosocial care network, in Brazil, becoming an option for treatment in the mental health crisis. This article aimed to describe the profile, and care offered to pregnant women during hospitalization in a psychiatric hospital. This is a quantitative, cross-sectional, observational, descriptive study with data from medical records from January/2015 to August/2019. The sample had an n=67, showing a young population, mostly without any sort of income (including governmental assistance), with low education. Admissions were mainly non-voluntary, with a drop in prenatal care during hospitalization, which exposes a situation of social vulnerability with gender issues, representing a strong influence on health referrals for these women. Hospitalization demonstrated a weakness in providing integral care, reinforcing a segregating treatment. The need for articulated care from Primary Care was highlighted, considering the social determinants and citizenship rights, as well as the importance of rethinking the effective role of the psychiatric hospital.
  • Coordination and list of services for the management of tuberculosis: perspective of health professionals Temas Livres

    Ferreira, Melisane Regina Lima; Bonfim, Rafaele Oliveira; Siqueira, Tatiane Cabral; Orfão, Nathalia Halax

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este estudo buscou analisar a coordenação e os serviços para o manejo do cuidado às pessoas com tuberculose (TB) na Atenção Primária à Saúde (APS) no município de Porto Velho-RO, sob a ótica dos profissionais de saúde. Trata-se de um estudo descritivo, do tipo inquérito, realizado de forma transversal a partir de abordagem quantitativa, com enfermeiros, médicos, técnicos/auxiliares de enfermagem e agentes comunitários de saúde, por meio de entrevista utilizando o questionário Primary Care Assessment Tool (PCATool), após atendidos os preceitos éticos, sendo analisado somente as dimensões elenco de serviços e coordenação, a partir de análise descritiva. Foram entrevistados 266 profissionais de saúde, e a partir das respostas, obteve-se um escore médio geral regular para o elenco de serviços (3,38), embora o oferecimento de incentivos sociais, realização do tratamento diretamente observado e de grupos de indivíduos com TB tenha sido insatisfatório. A dimensão coordenação foi satisfatória (4,54), mas identificou-se que a contrarreferência foi regular na perspectiva dos profissionais. A compreensão dos problemas operacionais enfrentados durante o manejo da TB na APS do município permite reorientar práticas e oferta de ações e subsídios para a construção de um novo paradigma de cuidado a esses indivíduos.

    Abstract in English:

    Abstract This study sought to analyze the coordination and services for the management of care for people with tuberculosis (TB) in Primary Health Care (PHC) in the city of Porto Velho-RO, from the perspective of health professionals. This is a descriptive, survey-type study, carried out cross-sectionally from a quantitative approach, with nurses, physicians, nursing technicians/assistants and community health workers, through interviews using the Primary Care Assessment Tool (PCATool) questionnaire), after meeting the ethical precepts, analyzing only the list of services and coordination dimensions, based on descriptive analysis. A total of 266 health professionals were interviewed, and based on the answers, an overall average regular score was obtained for the list of services (3.38), despite the provision of social incentives, directly observed treatment and groups of individuals with TB has been unsatisfactory. The coordination dimension was satisfactory (4.54), but it was identified that counter-referral was regular from the perspective of professionals. The understanding of the operational problems faced during the management of TB in the PHC of the city allows reorienting practices and offering actions and subsidies for the construction of a new paradigm of care for these individuals.
  • Oral History of women in psychological distress in Primary Care from a gender perspective and the repercussion of Integrative and Complementary Practices Temas Livres

    Pinheiro, Eslia Maria Nunes; Severo, Ana Kalliny de Sousa; Ramalho, Dayse Catão; Sá, Aralinda Nogueira Pinto

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Articular gênero e saúde mental é um desafio urgente. Este artigo analisa relatos de mulheres em sofrimento psíquico na Atenção Básica sob uma perspectiva de gênero e as repercussões de práticas integrativas e complementares na percepção dessas mulheres. Para tanto, foram realizadas entrevistas com cinco usuárias de uma Unidade Básica de Saúde acompanhadas nas atividades de terapia de florais e grupo de mulheres. Para as entrevistas, utilizou-se a técnica da História Oral Temática entre novembro e dezembro de 2018. A análise dos dados foi feita nos termos da Análise de Conteúdo, resultando na síntese das seguintes categorias: 1) histórias de sofrimento das mulheres acolhidas na Atenção Básica, e 2) a produção de saúde mental a partir da terapia de florais e do grupo de mulheres. Ao lançar luz sobre as histórias por trás dos diagnósticos de transtornos mentais comuns, a compreensão de sofrimento psíquico das mulheres foi ressignificada, revelando sua dimensão ético-política. A terapia de florais e o grupo de mulheres apresentaram um potencial de produção de saúde mental e empoderamento, apontando um caminho para a desconstrução do caráter a-histórico do sofrimento psíquico e da medicalização de fenômenos sociais no âmbito da Atenção Básica.

    Abstract in English:

    Abstract Articulating gender and mental health is an urgent challenge. This article analyzes reports of women in psychic suffering in Primary Health Care from a gender perspective and the repercussions of Integrative and Complementary Practices in these women’s perception. To this end, interviews were conducted with five users of a Basic Health Unit, accompanied by floral therapy activities and a group of women. For the interviews, the Thematic Oral History technique was used between November and December 2018. The data analysis was carried out in terms of Content Analysis, resulting in the synthesis of the following categories: 1) stories of suffering of the women welcomed in Primary Health Care, and 2) the production of mental health based on flower therapy and the women's group. By shedding light on the stories behind the diagnosis of Common Mental Disorders, women's understanding of psychic suffering has been reframed, revealing its ethical-political dimension. The flower therapy and the group of women present a potential for the production of mental health and empowerment, pointing a way to deconstruct the a-historical character of psychological suffering and the medicalization of social phenomena within the scope of Primary Care.
  • Readings of state and health neoliberal government Temas Livres

    Andrade, Henrique Sater de; Carvalho, Sergio Resende; Oliveira, Cathana Freitas de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A Saúde Coletiva brasileira analisou frequentemente o neoliberalismo como um fenômeno de esvaziamento do papel do Estado e de ameaça à saúde pública e universal. Tomando como subsídio o pensamento governamental de Foucault, discutimos o neoliberalismo como uma profunda metamorfose, não apenas do Estado, mas dos modos de produção de saúde. Enquanto atualização permanente do liberalismo, o governo neoliberal modifica as fronteiras entre público e privado e fabrica novas formas de normalidade, risco e subjetividade, progressivamente subordinados à verdade da economia e do mercado. Esta racionalidade econômica cria ideais de saúde inspirados em técnicas gerenciais de empresas e produz novas verdades biológicas, sanitárias, psicológicas. Restrita a “empresários bem-sucedidos de si mesmos”, a saúde pode se transformar em uma escolha moral e econômica em relação ao comportamento e ao risco individual, desresponsabilizando o Estado e criando um tipo de cidadania econômica destituída de solidariedade. Contudo, o jogo em torno de instituições e práticas de saúde não empresariais segue em aberto. Cabe-nos colocar em dúvida as formas de vida “responsáveis” e “seguras” que foram inventadas para nós, e desenvolver outras governamentalidades menos excludentes e desiguais em relação às que temos naturalizado e praticado.

    Abstract in English:

    Abstract Brazilian Public Health has often analyzed neoliberalism as a phenomenon of emptying the role of the State and a threat to public and universal health. Taking Foucault's governmental thought as a subsidy, we discuss neoliberalism as a profound metamorphosis, not only of the State, but of health production. As a permanent update of liberalism, the neoliberal government changes the boundaries between public and private and produces new forms of normality, risk and subjectivity, progressively subordinate to the truth of the logic of the economy and the market. This economic rationality creates new ideals of health, inspired by management techniques of corporations, and produces new biological, sanitary, psychological truths. Restricted to “successful self-entrepreneurs”, health may become a moral and economic choice in relation to individual behavior and risk, making the State not responsible and creating a type of economic citizenship devoid of solidarity. However, the game around non-corporate health institutions and practices remains open. It is up to us to question the “responsible” and “safe” life forms that were invented for us and to develop other governmentalities that are less excluding and unequal compared to those that we have naturalized and practiced.
  • Public Health Consortium in the regionalization process: analysis from the perspective of collective action Temas Livres

    Andrade, Silvia Karla Vieira; Mendonça, Fernanda de Freitas; Endlich, Angela Maria; Gonzalez, Alberto Durán

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A regionalização é um dos grandes desafios enfrentados desde a municipalização da saúde no Brasil e, uma vez consolidada, possibilita a estruturação de uma escala regional potencializadora dos territórios. Dentre os arranjos organizativos para a regionalização, está posicionado o Consórcio Público de Saúde (CPS), que deve tratar não apenas da soma de individualidades, mas de uma ação coletiva. Este estudo objetiva analisar a percepção dos gestores de saúde no âmbito municipal da Região de Saúde do Médio Paranapanema do Norte do Paraná acerca do papel do CPS no processo de regionalização. A pesquisa teve abordagem qualitativa, de caráter exploratório, que utilizou entrevistas e grupos focais para coleta de dados, os quais foram submetidos ao método de análise do discurso. Os resultados apresentam tanto as condições que limitam a ação coletiva quanto as condições que a favorecem. Com isso, são desveladas algumas limitações na atuação do consórcio, destacando o confundimento acerca de seu papel e os conflitos de interesses que surgem a partir dessa atuação, além de seu caráter colaborativo e apoiador, o que o posiciona como um espaço para exercitar a cooperação. Com isso, as iniciativas de ação consorciada demonstram o empoderamento dos gestores, resultando no fortalecimento da regionalização.

    Abstract in English:

    Abstract Regionalization is one of the great challenges faced since the municipalization of health in Brazil and, once consolidated, it enables the structuring of a regional scale that enhances territories. Among the organizational arrangements for regionalization, the Public Health Consortium (PHC) is positioned, which must deal not only with the sum of individualities, but with collective action. This study aims to analyze the perception of health managers at the municipal level in the Middle Paranapanema Health Region of Northern Paraná, Brazil, regarding the role of the PHC in the regionalization process. The research had a qualitative, exploratory approach, which used interviews and focus groups for data collection, which were submitted to the method of discourse analysis. The results present both the conditions that limit collective action and the conditions that favor it. With this, some limitations in the consortium's performance are unveiled, highlighting the confusion about its role and the conflicts of interest that arise from this performance, in addition to its collaborative and supportive character, which positions it as a space to exercise cooperation. With that, the joint action initiatives demonstrate the empowerment of managers, resulting in the strengthening of regionalization.
  • Challenges and potentialities of oral health in the Family Health Strategy: an analysis of work processes Temas Livres

    Oliveira, Millane Teles Portela de; Farias, Mariana Ramalho de; Vasconcelos, Maristela Inês Osawa; Brandão, Israel Rocha

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A saúde bucal foi inserida no Programa Saúde da Família por meio da Portaria do Ministério da Saúde nº 1.444/2000, mas somente após a publicação da Política Nacional de Saúde Bucal houve uma reorganização das práticas e ações em saúde bucal. O objetivo deste estudo foi identificar os principais desafios e potencialidades dos processos de trabalho em saúde bucal no âmbito da Estratégia Saúde da Família. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa realizada com as Equipes de Saúde Bucal e a Coordenação de Saúde Bucal do município de Coreaú, Ceará, Brasil, totalizando 11 participantes. A coleta das informações ocorreu entre abril e agosto de 2019, a partir de grupo focal, diário de campo e entrevista semiestruturada. Utilizou-se a Análise de Conteúdo de Bardin, sendo realizadas triangulação e interpretação das informações definidas em cinco categorias: organização do processo de trabalho; educação em saúde; interprofissionalidade e prática colaborativa; gestão participativa e satisfação dos usuários. Concluiu-se que, no processo de trabalho, a maior problemática é a marcação dos atendimentos em saúde bucal. As potencialidades identificadas foram a inserção da Odontologia na Estratégia Saúde da Família e a integração da equipe de saúde bucal com o efetivo interesse de transformação das práticas.

    Abstract in English:

    Abstract Oral health was included in the Family Health Program through Ministry of Health Ordinance No. 1444/2000, but only after the publication of the National Oral Health Policy was there a reorganization of oral health practices and actions. This study aimed to identify the main challenges and potential of the oral health work processes within the scope of the Family Health Strategy. This research has a qualitative approach carried out with the Oral Health and Oral Health Coordination Teams in the municipality of Coreaú, Ceará, Brazil, totaling 11 participants. Information was collected between April and August 2019 from a focus group, field diary and semi-structured interviews. Bardin's Content Analysis was used, with triangulation and interpretation of the information defined in five categories: organization of the work process; health education; inter-professionality and collaborative practice; participatory management and user satisfaction. It was concluded that in the work process the biggest problem is the scheduling of oral health care. The potentialities identified were the insertion of Dentistry in the Family Health Strategy and the integration of the oral health team with the effective interest in transforming practices.
  • Health regionalization in Brazil: an analysis of the managers’ perceptions of the Regional Intermanager Commissions Temas Livres

    Shimizu, Helena Eri; Pereira, Vinícius Oliveira de Moura; Carvalho, André Luís Bonifácio de; Brêtas Júnior, Nilo; Ramos, Maíra Catharina

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O estudo tem como objetivo conhecer as percepções dos gestores acerca dos avanços, barreiras e desafios do processo regionalização. Estudo qualitativo realizado por meio de 40 entrevistas em profundidade com os gestores das regiões de saúde dos estados do Ceará, Mato Grosso do Sul, Paraná, Minas Gerais e Tocantins, analisadas com auxílio do software Iramuteq. O primeiro eixo demonstrou a falta de financiamento, a dificuldade e os esforços para prover as ações e serviços, bem como as iniquidades no acesso. O segundo eixo revelou dinâmica da organização e funcionamento regional, que apresenta avanços, sobretudo no modus operandi da organização regional, que conta com melhorias na organização e no desempenho dos Colegiados Intergestores Regionais. Todavia, demonstrou-se que há que se continuar investindo na construção de coordenação federativa cooperativa para melhor organização e redução das desigualdades regionais.

    Abstract in English:

    Abstract The study aims to understand the perceptions of managers about the advances, barriers and challenges of the regionalization process. Qualitative study carried out through 40 in-depth interviews with managers of health regions in the states of Ceará, Mato Grosso do Sul, Paraná, Minas Gerais and Tocantins, analyzed using the Iramuteq software. The first axis demonstrated the lack of funding, the difficulty and efforts to provide actions and services, as well as inequities in access. The second axis revealed the dynamics of the regional organization and functioning, which presents advances, especially in the modus operandi of the regional organization, which includes improvements in the organization and performance of the Regional Inter-Management Collegiate. However, it showed that it is necessary to continue investing in the construction of cooperative federative coordination for better organization and reduction of regional inequalities.
  • Attendance to spontaneous demand in the Family Health Strategy: practices and reflections in under construction process Temas Livres

    Moura, Ricardo Amorim de; Henriques, Bruno David; Ferreira, Débora Carvalho; Caçador, Beatriz Santana

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A Estratégia Saúde da Família como estratégia de reorientação da Atenção Primária à Saúde é recente no histórico do Sistema Único de Saúde, demandando muitos desafios. O presente estudo tem como objetivo compreender a percepção do médico no contexto da saúde da família em relação ao atendimento à demanda espontânea. Trata-se de uma pesquisa exploratória com abordagem qualitativa realizada em um município do interior do estado de Minas Gerais, através de entrevista aberta orientada por questões disparadoras com 15 médicos da ESF. Os dados foram coletados nos meses de agosto e setembro de 2018, sendo analisados conforme o método análise de conteúdo de Bardin. Os resultados apontaram para dois eixos temáticos de análise: a importância do acolhimento e o equilíbrio do acesso entre demandas espontâneas e programadas. Concluiu-se que é de suma importância reorganizar o processo de trabalho de acordo com as necessidades da comunidade adscrita, equilibrando o atendimento entre demanda espontânea e programada, garantindo acesso ao usuário.

    Abstract in English:

    Abstract The Family Health Strategy as a strategy for reorienting Primary Health Care is recent in the history of the Unified Health System, demanding many challenges. This study aims to understand the physician's perception in the context of family health in relation to meeting spontaneous demand. This exploratory research uses a qualitative approach carried out in a city in the interior of the state of Minas Gerais, through an open interview guided by triggering questions with 15 doctors from the ESF. Data were collected in August and September 2018, and analyzed according to Bardin's content analysis method. The results pointed to two thematic axes of analysis: the importance of welcoming and the balance of access between spontaneous and programmed demands. It was concluded that it is extremely important to reorganize the work process according to the needs of the ascribed community, balancing the service between spontaneous and scheduled demand, guaranteeing user access.
  • Origin, trajectory and joint political action of Brazilian national medical entities from 1999 to 2015 Temas Livres

    Dias, Henrique Sant’anna; Lima, Luciana Dias de; Teixeira, Marcia

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O artigo aborda a atuação política conjunta de entidades médicas nacionais brasileiras de 1999 a 2015, destacando elementos de sua origem, trajetória e configuração institucional. Foram analisados temas, bandeiras de luta, posicionamentos e estratégias na agenda dessas organizações. O estudo envolveu revisão bibliográfica e análise documental, ancoradas no institucionalismo histórico. Os resultados indicam processos de surgimento inter-relacionados, mais evidentes entre a Associação Médica Brasileira e o Conselho Federal de Medicina, repercutindo nas trajetórias e configurações institucionais. Observaram-se conexões entre aspectos históricos, institucionais e a atuação política das entidades. A ênfase na unidade representativa contribuiu para a conformação de uma agenda conjunta influenciada pela parceria entre as entidades, com incorporação posterior da Federação Nacional dos Médicos. Sua atuação foi voltada para o Legislativo, e simultaneamente para os setores público e privado de saúde, com crescimento de posicionamentos contrários às políticas de saúde do governo federal. A ação política se desenvolveu sem alterações de arranjo representativo trino, composto por conselho, associação e sindicato, favorecendo a definição de acordos em espaços intermediários de representação. A agenda corporativa dúbia e a defesa do exercício liberal influenciam a atuação contraditória das entidades médicas brasileiras, com desdobramentos no apoio político e incorporação desses profissionais ao SUS.

    Abstract in English:

    Abstract The article addresses the joint political action of Brazilian national medical entities from 1999 to 2015, highlighting elements of their origin, trajectory and institutional configuration. Themes, flags of struggle, positions and strategies in the agenda of these organizations were analyzed. The study involved bibliographic review and documentary analysis, anchored in historical institutionalism. The results indicate interrelated processes of creation, more evident between the Brazilian Medical Association and the Federal Council of Medicine, reflecting on the trajectories and institutional configurations. There were connections between historical and institutional aspects and the political action. The emphasis on the representative unit contributed to a joint agenda influenced by the partnership between the entities, with subsequent incorporation of the National Federation of Physicians. Its performance was focused on the Legislature, and simultaneously to the public and private health sectors, with growth of positions contrary to the federal health policies. The political action developed without changes of trine representative arrangement, composed of council, association and union, favoring the definition of agreements in intermediate spaces. The dubious corporate agenda and the defense of the liberal practice influence the contradictory performance of Brazilian medical entities, with consequences in political support and incorporation of these professionals to the SUS.
  • Evaluation practices in Primary Health Care management Temas Livres

    Ferreira Neto, João; Fam, Bárbara Morais; Silva, Kênia Lara

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Neste estudo, investigamos efeitos das práticas de avaliação na Atenção Básica à Saúde no município de Belo Horizonte, na perspectiva de gestores de diversos níveis. É uma pesquisa qualitativa, de caráter descritivo. O foco deste artigo foi a análise do uso de dois instrumentos de avaliação, o Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) e o Gestão do Cuidado no Território (GCT), de abrangência municipal. As análises apontaram uma tendência dos entrevistados em realçar mais os aspectos positivos dos instrumentos de avaliação estudados, já que servem prioritariamente aos processos de gestão. Além disso, mostraram as diferenças entre os dois instrumentos, tanto em natureza quanto em efeitos. O PMAQ-AB recebeu críticas específicas de problemas identificados em sua operacionalização. Por sua vez, o grau de sucesso da GCT depende do nível de engajamento e participação dos atores locais.

    Abstract in English:

    Abstract In this study, we investigate the effects of assessment practices in Primary Health Care in the city of Belo Horizonte, from the perspective of managers at different levels. It is a qualitative, descriptive research. The focus of this article was the analysis of the use of two assessment instruments, the National Program for Improving Access and Quality of Primary Care (PMAQ-AB) and the Management of Care in the Territory (GCT), with municipal coverage. The analyzes indicated a tendency of the interviewees to emphasize more the positive aspects of the studied assessment instruments, as they primarily serve the management processes. Furthermore, they showed the differences between the two instruments, both in nature and in effects. The PMAQ-AB received specific criticisms of problems identified in its operation. In turn, the degree of success of the GCT depends on the level of engagement and participation of local actors.
  • A model for structuring primary care health teams based on B-tree Temas Livres

    Morais, Rinaldo Macedo de; Tronto, Reinaldo; Ferreira, Janise Braga Barros; Costa, André Lucirton

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A revisão das diretrizes da organização da Atenção Primária à Saúde (APS) preconiza a territorialização e a população adscrita como questões a serem operacionalizadas pelas gestões municipais. O objetivo do estudo foi apresentar um modelo para auxiliar na estruturação da APS, mais especificamente na organização de equipes de Saúde da Família em áreas urbanas. O modelo avalia os eventos de mudanças populacionais e urbanas no território e como os impactos desses eventos podem ser mitigados, por meio de adequações no arranjo estrutural das equipes e divisões no território. Um grafo hierárquico organizacional e um fluxograma de decisão foram utilizados para representação do modelo, desenvolvidos com base na organização e operações da árvore-B - uma estrutura computacional para representação de informações. A aplicabilidade do modelo foi verificada por meio de estudo de caso para uma cidade de porte médio. O modelo poderá ser utilizado desde uma forma visual de representação esquemática dos arranjos de território e alocação de equipes até uma implementação como sistema de informação, com funcionalidades de estruturação da APS no nível local, gestão efetiva de recursos e cobertura da atenção. E, ainda, como ferramenta de análise situacional ou de avaliação da estruturação da APS, na tomada de decisão.

    Abstract in English:

    Abstract The revision of the guidelines of the organization of Primary Health Care (PHC) recommends territorialization and the registered population as issues to be operationalized by municipal administrations. This study aimed to present a model to assist in the structuring of PHC, more specifically in the organization of family health teams in urban areas. The model assesses the events of population and urban changes in the territory and how the impacts of these events can be mitigated, through adjustments in the structural arrangement of the teams and divisions in the territory. A hierarchical organizational graph and a decision flowchart were used to represent the model, developed based on the organization and operations of the B-tree - a computational structure for representing information. The applicability of the model is verified through the presentation of a case study for a medium-sized city. The model can be used from a visual form of schematic representation of the territory arrangements and team allocation to a computational implementation as an information system, with PHC structuring functionalities at the local level, effective resource management and care coverage. And also as a tool for situational analysis or assessment of PHC structuring, assisting in decision making.
  • Attention to the crisis of children and adolescents: care strategies of Psychosocial Care Centers for Children and Adolescents from the perspective of managers and family members Temas Livres

    Moura, Beatriz Rocha; Matsukura, Thelma Simões

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este estudo objetivou compreender a atenção à crise de crianças e adolescentes nos Centros de Atenção Psicossocial Infantojuvenis (CAPSij), sob a ótica de gestores e familiares, e identificar as estratégias de cuidado utilizadas pelos serviços nas situações de crise. Trata-se de estudo de abordagem qualitativa do qual participaram seis gestores e 12 familiares vinculados a seis CAPSij da cidade de São Paulo. Para a análise de dados, foram utilizados os métodos Análise de Conteúdo e Discurso do Sujeito Coletivo. Os resultados apontam que as estratégias de cuidado se pautam no acolhimento imediato, cuidado intensivo, intervenção em equipe e articulação da rede, indicando alinhamento às diretrizes da atenção psicossocial. Os principais equipamentos acionados pelas equipes são o CAPSij III e os Hospitais Gerais. A indicação de ações médico-centradas pode revelar o processo de transição paradigmática vivenciado por esses serviços. Reflete-se que a condição peculiar de pessoa em desenvolvimento, em que crianças e adolescentes se encontram, sinaliza especificidades que devem estar presentes na atenção às situações de crise, como a intensa inclusão das famílias e dos outros atores da rede no processo de cuidado, o respeito aos direitos e a luta contra toda e qualquer forma de institucionalização.

    Abstract in English:

    Abstract This study aimed to understand crisis care for children and adolescents in Children and Youth Psychosocial Care Centers (CAPSij), from the perspective of managers and family members, and to identify the care strategies used by services in crisis situations. This is a study with a qualitative approach in which six managers and 12 family members linked to six CAPSij in the city of São Paulo participated. For data analysis, Content Analysis and Collective Subject Discourse were used. The results show that the care strategies are based on immediate care, intensive care, team intervention and network articulation, indicating alignment with psychosocial care guidelines. The main equipment used by the teams are the CAPSij III and general hospitals. The indication of doctor-centered actions can reveal the process of paradigm transition experienced by these services. It is reflected that the peculiar condition of the developing person, in which children and adolescents find themselves, points to specificities that must be present in the care of crisis situations, such as the intense inclusion of families and other actors in the network in the care process, respect for rights and the fight against any form of institutionalization.
IMS-UERJ RJ - Brazil
E-mail: publicacoes@ims.uerj.br