Revista Brasileira de Epidemiologia, Volume: 5, Issue: 2, Published: 2002
  • Editorial

    Carvalheiro, José da Rocha
  • Duration of breastfeeding after the introduction of another milk: a cohort follow-up of children born in a university hospital in São Paulo

    Bueno, Milena Baptista; Souza, José Maria Pacheco; Paz, Suzana Maria Rebêlo Sampaio da; Souza, Sonia Buongermino de; Cheung, Priscila Po Yee; Augusto, Rosangela Aparecida

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste trabalho foi estudar a duração do aleitamento materno após a introdução de outro leite na alimentação infantil. Foi analisada uma coorte de 450 crianças selecionadas no hospital universitário de São Paulo na ocasião do parto, entre 1998 e 1999. Informações diárias sobre a alimentação da criança foram obtidas a partir de registro feito pela mãe. Para análise dos dados foi utilizada a técnica de análise de sobrevida, atuarial e Kaplan-Meier, e o modelo de Cox. Cinqüenta e quatro crianças (12,0%) não chegaram a receber leite não materno durante o tempo de observação, 193 (43,0%) tiveram a introdução de outro leite até sessenta dias de idade (grupo 1), 151 (33,5%) receberam leite não materno pela primeira vez entre sessenta e um e cento e oitenta dias (grupo 2) e 52 (11,5%) passaram a receber leite não materno depois de cento e oitenta dias (grupo 3). Os tempos medianos de duração da amamentação para os três grupos, após a introdução do leite não materno, foram, respectivamente, 76, 120 e 176 dias. Tomando como categoria basal o primeiro grupo, a razão de hazards do segundo grupo foi 0,73 (IC: 0,57-0,94) e a do terceiro foi 0,43 (IC: 0,26-0,72). Concluiu-se que quanto mais tarde é introduzido o outro leite, por mais tempo a mãe tende a amamentar, e as mães que desejam prolongar a amamentação retardam a introdução de outro leite e, após a introdução, mantêm pelo maior tempo possível a concomitância do outro leite com o leite materno.

    Abstract in English:

    The duration of breastfeeding after the introduction of another milk in child feeding was studied, by following a cohort of mothers and their infants during one year. Daily information about breastfeeding, introduction of non maternal milk, besides other events concerning the child, were registered by the mother in a specially formatted sheet, with a 60-day "capacity". Trained interviewers visited the mothers at infant ages of 15, 30, 60, 90, 180, 270 and 360 days to return and replace the sheets. Four hundred and fifty children provided valid information to be included in the analysis. Survival analysis techniques were used to describe and to compare the duration of breastfeeding after the introduction of non maternal milk. Fifty four (12.0%) infants never received non maternal milk during the observation period; 193 (43,0%) received non maternal milk within the first sixty days of birth (group 1), 151 (33.5%) started receiving non maternal milk between sixty one and one hundred and eighty days (group 2) and 52 (11,5%) thereafter (group 3). The median times of duration of breastfeeding after the introduction were, respectively, 76, 120 and 176 days. Taking the first group as the base category, the hazards ratio of the second group was 0.73 (IC: 0.57-0.94) and 0.43 (IC: 0.26-0.72) for the third group. It was concluded that the earlier the introduction of non maternal milk the faster the process of weaning, and that mothers intending to breastfeed their children for a large period do it delaying the introduction of non maternal milk, and maintaining both breastfeeding and non maternal milk after the introduction, for as long as possible.
  • Body Mass Index, waist hip ratio and hospitalizations in the City of Rio de Janeiro, RJ

    Afonso, Fernanda da Motta; Sichieri, Rosely

    Abstract in Portuguese:

    O índice de massa corporal tem sido associado à morbidade e à mortalidade. Câncer, doenças infecciosas e pulmonares têm sido associadas ao baixo peso; entretanto, qualquer grau de excesso de peso e também a deposição de gordura abdominal associam-se a diabetes e doenças cardiovasculares. A associação do índice de massa corporal e da razão cintura quadril com a ocorrência de hospitalizações foram avaliadas em uma amostra de base populacional no Município do Rio de Janeiro (1996). Moradores de ambos os sexos, de 20 a 60 anos, totalizando 1.446 homens e 1.749 mulheres foram medidos e entrevistados em seus próprios domicílios. A hospitalização referiu-se à presença ou não de internações no último ano, excluindo-se partos. Cerca de 5% dos homens e 5,8% das mulheres relataram ter sido internados. Para as mulheres, a prevalência de hospitalizações aumentou gradativamente com o aumento do índice de massa corporal. O método de regressão logística foi escolhido para a análise, tendo a hospitalização como variável dependente e incluindo no modelo a idade, tabagismo, renda per capita, índice de massa corporal e razão cintura quadril. Estes dois últimos associaram-se positivamente com as hospitalizações somente para mulheres (Odds ratio=1,06 para cada unidade de índice de massa corporal, p=0,01), e em relação à gordura abdominal, um aumento de 12 cm na cintura de uma mulher com 80 cm de quadril resultou num Odds ratio de 3,5 (p=0,01). O excesso de peso e, particularmente, a deposição abdominal de gordura são importantes preditores de morbidade em mulheres, avaliadas através das hospitalizações.

    Abstract in English:

    Body Mass Index has been associated with morbidity and mortality. Cancer, infectious diseases and lung diseases have been associated with low weight. However, any degree of overweight, as well as intra-abdominal fat are associated with diabetes and cardiovascular diseases. The associations of Body Mass Index and waist/hip ratio with the occurrence of hospitalizations were evaluated in a population based sample of the city of Rio de Janeiro (1996). Residents of both sexes from 20 to 60 years, totaling 1,446 men and 1,749 women were measured and interviewed in their homes. About 5% of men and 5.8% of women reported hospitalizations. Hospitalization in the previous year excluded childbirth. For women, hospitalizations increased with the increase of Body Mass Index. Logistic regression was chosen for analysis, having hospitalization as the dependent variable and including Body Mass Index, waist/hip ratio, age, smoking and per capita income in the model. Body Mass Index and waist/hip ratio were positively associated with hospitalizations only for women (Odds Ratio = 1.06 for each unit of Body Mass Index, p=0.01). In relation to abdominal fat, an increase of 12 cm in the waist and 80 cm in hips in women resulted in an Odds Ratio of 3.5 (p = 0.01). Overweight and particularly abdominal fat distribution are important risk factors for morbidity, evaluated through hospitalizations among women.
  • Prevalence of minor psychiatric disorders in the City of Pelotas, RS

    Costa, Juvenal Soares Dias da; Menezes, Ana Maria Baptista; Olinto, Maria Teresa Anselmo; Gigante, Denise Petrucci; Macedo, Silvia; Britto, Marcelo Alexandre Pinto de; Fuchs, Sandra Costa

    Abstract in Portuguese:

    Foi realizado um estudo transversal, de base populacional, com o objetivo de determinar a prevalência de distúrbios psiquiátricos menores (DPM) e verificar sua associação com fatores de risco. A amostragem por conglomerados foi definida em estágios múltiplos, incluindo 1967 pessoas com idade entre 20 e 69 anos, identificadas em 40 setores censitários da zona urbana da cidade de Pelotas. As entrevistas foram realizadas nos domicílios, utilizando-se um questionário pré-codificado, contendo SRQ-20, informações socioeconômicas e demográficas, presença de doenças crônicas, utilização de serviços de saúde, consumo de álcool, hábito de tabagismo e coleta de medidas antropométricas. A presença de DPM foi definida a partir de 6 e 7 respostas positivas no SRQ-20, para homens e mulheres, respectivamente. A prevalência de DPM foi de 28,5%, com intervalo de confiança de 95% entre 26,5% e 30,5%. A prevalência foi maior nas pessoas inseridas nas classes sociais mais baixas, de menor renda, acima de 40 anos e do sexo feminino. Na análise ajustada, os distúrbios psiquiátricos menores mantiveram-se associados com hábito de tabagismo, presença de doença crônica não transmissível e freqüência de consultas médicas. Os resultados indicam que as prevalências de DPM foram semelhantes a outros estudos realizados no município e atingem principalmente as camadas sociais mais baixas. Embora não tenham sido diferentes em relação ao tipo de serviço de saúde utilizado, mostraram associação com a freqüência de utilização de assistência médica, sugerindo que esses resultados possam orientar a formação de profissionais de saúde e o planejamento das ações de saúde.

    Abstract in English:

    The purpose of this study was to determine the prevalence of minor psychiatric disorders (MPD) in the population of Pelotas, and to determine their association with risk factors. A cross-sectional, population-based survey was conducted, with a cluster sample, defined through multiple stages, of 1,967 adults ranging from 20 to 69 years of age. The questionnaire included several items, such as age, gender, family income, BMI (Body Mass Index), chronic disease report, health service utilization, and alcohol and tobacco consumption; it also included the Self-Reporting Questionnaire (SRQ-20), a valid instrument. Six positive answers for males, and 7 for females, indicated the occurrence of MPD in this test. Among the 1,967 people included, 561 (28.5%) had MPD. Individuals with a low income were twice as likely to acquire minor psychiatric disorders, when compared to those classified in higher social classes. The condition was more frequent in females, with 383 (34.2%) individuals affected. People aged 40, or more, were at higher risk. The association with cigarette smoking, chronic diseases, and frequency of medical visits persisted after calculating logistic regression. The results were similar to those of comparable studies carried out in the city, which demonstrated a high prevalence in lower social classes. MPD are also associated with the frequency of medical visits, showing that these results might be of use in the training of health professionals and in planning health care interventions.
  • Prevalence of respiratory diseases and evaluation of the influenza vaccination program for workers

    Faria, Neice Müller Xavier; Gianisella Filho, João

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: Apesar de a vacina contra a gripe ser considerada eficiente na prevenção da gripe e de suas complicações, ainda existem controvérsias sobre as vantagens de sua utilização em adultos sadios. Esta pesquisa foi desenvolvida para caracterizar a ocorrência de problemas respiratórios comuns, particularmente a gripe, e avaliar um programa de imunização contra a influenza entre trabalhadores. METODOLOGIA: Foi realizado um estudo de delineamento transversal entre trabalhadores da indústria. Foram coletados dados sobre características sociodemográficas e sobre problemas respiratórios. Foram caracterizadas as gripes ocorridas no último ano e avaliado o desempenho da vacina. RESULTADOS: Entre os 446 entrevistados, 18,3% apresentaram quadros intensos de gripes e a 11,7% foi concedido afastamento do trabalho devido a gripe. No geral, 70% dos funcionários avaliaram que no seu caso pessoal houve melhora na ocorrência de gripes após a vacinação. CONCLUSÕES: A avaliação positiva da vacina feita pelos funcionários e a baixa ocorrência de efeitos colaterais apoiam a manutenção do atual programa contra a influenza. Mas persistem várias dúvidas sobre as vantagens econômicas da vacina, indicando a necessidade de mais estudos sobre este tema.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: The vaccine against influenza is an efficient way to prevent flu episodes and its complications; however, its economical advantages for healthy workers are still controversial. This study was developed to characterize the occurrence of common respiratory problems, especially influenza, and evaluate an influenza vaccination program for workers. METHODOLOGY: A cross sectional study was developed among factory workers. Data on socio-demographic characteristics and respiratory diseases were collected. Flu episodes during the past year were characterized and vaccination was evaluated. RESULTS: Among 446 interviewed workers, 18.3% presented influenza-like episodes and 11.7% were absent because of flu. In general, 70% of workers evaluated the vaccination positively. CONCLUSION: The positive evaluation by workers and the low occurrence of side effects support the maintenance of the current vaccination program against influenza. However, the economic advantages of this vaccination program are still unclear, indicating the need for further studies.
  • Evaluation of different blocking strategies in probabilistic record linkage

    Coeli, Cláudia Medina; Camargo Jr., Kenneth Rochel de

    Abstract in Portuguese:

    A blocagem (blocking), que consiste na criação de blocos lógicos de registros dentro de arquivos a serem relacionados, é um dos processos que faz parte do relacionamento probabilístico de grandes bases de dados. Os objetivos deste trabalho são comparar a eficiência de diferentes esquemas de blocagem e estudar a eficiência da utilização de uma rotina de padronização desenvolvida pelos autores, que aplica a mesma grafia para as primeiras sílabas de nomes com o mesmo som. Procedemos ao relacionamento de uma base de dados de mortalidade com 59.065 óbitos com uma base de óbitos hospitalares com 531 registros, que apresentavam um registro correspondente na base de mortalidade. Diferentes estratégias de blocagem foram comparadas em relação ao custo para o processamento e a proporção de pares verdadeiros perdidos. A estratégia de blocagem em múltiplos passos foi mais eficiente, permitindo a identificação de todos os pares verdadeiros com a formação de um número total de pares que foi inferior ao obtido em duas rotinas diferentes de passo único. Já entre as estratégias de passo único avaliadas, a que se baseou no emprego da chave formada pela combinação do código soundex do primeiro nome e sexo apresentou o melhor resultado. A utilização da rotina de padronização que aplica a mesma grafia para as primeiras sílabas de nomes com o mesmo som não apresentou um impacto importante, quer em custos, quer na redução da perda de pares verdadeiros.

    Abstract in English:

    Blocking, that is, the creation of logical record blocks within the files to be linked, is one of the steps that have to be taken in the process of probabilistically linking large databases. This paper is aimed at comparing different blocking strategies and studying the effectiveness of a standardizing algorithm that we have developed, which uses the same spelling for similarly sounding first syllables of names. We linked a mortality database with information on 59,065 death reports with a hospital death report database with 531 records, which had corresponding entries in the larger database. Different blocking strategies were compared with regards to processing cost and the proportion of lost true matches. The multiple steps blocking strategy was more effective, allowing the identification of all the true matches, at the same time producing a total number of pairs which was smaller than the one obtained with the use of two different single-step strategies. Among the single-step strategies, the best result was achieved with the utilization of a key produced by a combination of the soundex codes of the first name and sex. The utilization of the algorithm that standardizes the spelling of similarly sounding first syllables of names produced no remarkable effects, both in terms of cost and reduction of the loss of true matches.
  • The national mortality information system: problems and proposals for solving them I - Deaths by natural causes

    Jorge, Maria Helena Prado de Mello; Gotlieb, Sabina Léa Davidson; Laurenti, Ruy

    Abstract in Portuguese:

    As estatísticas de mortalidade representam importante subsídio para a maioria dos indicadores de saúde. No Brasil, esses dados são produzidos pelo Sistema de Informações sobre Mortalidade do Ministério da Saúde (SIM/MS), implantado em 1975/76, e vêm desde então aumentando sua abrangência. Entretanto, várias situações (a existência de óbitos cujas causas básicas sejam mal definidas ou diagnósticos incompletos ou presumíveis de Aids ou maternas) levam a lacunas no conhecimento da sua real distribuição segundo as causas. O objetivo desta pesquisa foi avaliar o SIM/MS dos pontos de vista quantitativo e qualitativo e o ganho possível, diante de método simples de resgate/recuperação de informação. Foram estudados 618 óbitos classificados em uma das quatro situações referidas, ocorridos no último trimestre de 2000 em quinze municípios com características demográficas e socioeconômicas heterogêneas, de Sergipe, São Paulo, e Mato Grosso. Foram feitas entrevistas em domicílios, hospitais, Institutos de Medicina Legal, com a utilização de formulários específicos. Como resultado, dos 294 óbitos por causas mal definidas, excluindo as 38 perdas, em 71% houve possibilidade de melhorar o diagnóstico; das 172 mortes com diagnóstico incompleto, 51,2% passaram a ter diagnóstico bem definido. Foi possível acrescentar sete óbitos aos quatro já classificados como causa materna (fator de correção igual a 2,75) ao serem estudados aqueles de mulheres de 10 a 49 anos, e três novos casos de Aids foram informados. Os achados do trabalho, para o conjunto dos municípios, evidenciam que o SIM/MS pode ser aprimorado, com ganho apreciável na qualidade da sua informação, resultando de adoção de metodologia simples, acessível e exeqüível.

    Abstract in English:

    Mortality statistics play a key role in the estimation of health indexes. In Brazil, the source of these data is the System on Mortality Information of the Ministry of Health (SIM/MS), created in 1975/1976, which covers almost 85% of the deaths. However, there are some important gaps in our knowledge on the distribution of deaths according to their underlying causes. Some examples of these events are deaths classified as the consequence of ill defined conditions, incomplete diagnoses, maternal causes and Aids. The objective of this study was to evaluate the quality of the information of the SIM/MS and the gain that could be attained by using a very simple method of information recovery. The studied population was comprised of 618 deaths classified in any of the four referred situations, and that had occurred in the last three months of 2000, in 15 Brazilian cities with heterogeneous demographic, social and economic characteristics, in the states of Sergipe, São Paulo, Mato Grosso. Interviews and medical appointments were conducted in houses, hospitals, and forensic institutes using specific forms. Of 294 deaths with an ill defined condition, excluding 38 losses, there was the possibility of having a well defined underlying cause in 71% ; from the 172 deaths with an incomplete diagnosis, 51.2% had a well defined condition. It was possible to aggregate seven new maternal deaths to the four already known (permitting to estimate an adjustment factor equal to 2.75 for maternal deaths), and three new cases of deaths due to Aids were informed. The results provide evidence that the quality of the SIM/MS data can be improved, by adopting a very simple, accessible and executable methodology.
  • The national mortality information system: problems and proposals for solving them II - Deaths due to external causes

    Jorge, Maria Helena Prado de Mello; Gotlieb, Sabina Léa Davidson; Laurenti, Ruy

    Abstract in Portuguese:

    As causas externas representam importante fator na mortalidade do Brasil. Conhecer quem é vulnerável e quais os motivos disso constituem um elemento fundamental para políticas de prevenção de acidentes e violências. Para que esses programas sejam efetivos, é necessário um detalhamento sobre as reais causas de morte. O objetivo desta pesquisa foi verificar, dentre as declarações de óbito (DO) por causas externas, aquelas que poderiam ter causas básicas melhor descritas, bem como o ganho possível diante de metodologia do resgate/recuperação da informação. Foram estudados 320 óbitos do último trimestre de 2000, de quinze cidades com características demográficas e socioeconômicas heterogêneas. A metodologia baseou-se em visitas aos Institutos de Medicina Legal e Delegacias de Polícia (com consulta aos laudos e Boletins de Ocorrência) e aos domicílios dos falecidos. Do total, 164 (51,3%) já poderiam ser considerados bem definidos, em uma primeira análise; dos demais, 83 constituíam óbitos por causa externa do tipo ignorado e 73, diagnóstico incompleto de causa externa. Após a investigação houve mudanças apreciáveis na distribuição dessas mortes: o total de homicídios foi cinco vezes maior; os suicídios dobraram sua freqüência; e os acidentes de transporte tornaram-se 90% a mais do que os informados pelas DO originais, diminuindo sensivelmente as mortes por causas externas de tipo ignorado. Embora se reconheça que as mortes por violências e acidentes sejam melhor informadas do que as naturais, há ainda muito a ser feito enquanto os legistas não alcançarem um patamar ideal no preenchimento das DO. A adoção desta metodologia, simples, acessível e exeqüível, possibilita o desejado aprimoramento das estatísticas de mortalidade.

    Abstract in English:

    Given that the importance of morbidity and mortality due to accidents and violence is increasing in Brazil and that, coroners frequently do not fill out the death certificate (DC) with the external cause which prompted the lesion that led to death, a decision was made to analyze all these deaths, even cases in which the information in the original DC could be considered appropriate. The aim of this research was to verify the level and amount of proper information put into the DC and up to what extent the ones labeled as inadequate could be enhanced; it also aimed to verify the gains provided by using a very simple method for recovering information. There were 320 deaths due to external causes, in the last quarter of 2000, in 15 Brazilian municipalities with heterogeneous demographic, social and economic characteristics, in the states of Sergipe, São Paulo, Mato Grosso. The clarification of each situation was obtained through consultation to autopsy reports in Forensic Institutes, reports at police stations and, whenever necessary, home visits. The results showed important changes in these causes of death. The numbers of deaths due to homicides, suicides and transportation accidents grew, respectively, six fold, two-fold and 90% after the investigation in relation to the original DC; and there was a significant decrease in deaths due to unknown external causes. Although deaths due to external causes are known to be better informed than deaths due to natural causes, there is much to be done in order to solve the problem of ill-defined causes. The adoption of this very simple and accessible methodology can lead to the desired improvement in these data.
Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revbrepi@usp.br