Revista Brasileira de Epidemiologia, Volume: 16, Issue: 1, Published: 2013
  • Epidemiology and public policies Artigos Originais

    Barata, Rita Barradas

    Abstract in Portuguese:

    Este ensaio trata das relações entre a epidemiologia e as políticas públicas, destacando inicialmente a posição da disciplina no campo da saúde coletiva, analisando os impactos de políticas públicas sobre o perfil epidemiológico e as contribuições da epidemiologia para a formulação, implementação e avaliação de políticas públicas de saúde. No primeiro tópico são discutidos os vínculos da disciplina com o campo da saúde coletiva, o modelo de determinantes sociais e de ação política formulados pela Comissão de Determinantes Sociais em Saúde da OMS, e diferentes enfoques de políticas de saúde. O segundo tópico analisa a redução da desnutrição infantil no Brasil como um exemplo de políticas públicas com impacto no perfil epidemiológico. No terceiro tópico são apresentados três temas estratégicos para a ação das políticas públicas em saúde: redução das desigualdades sociais em saúde, promoção da saúde e regulação sobre bens e serviços com impacto na saúde. O quarto tópico discute as possibilidades e dificuldades de incorporação dos conhecimentos epidemiológicos na formulação, implementação e avaliação de políticas públicas e, finalmente, são apresentados exemplos concretos dessa relação entre epidemiologia e políticas públicas.

    Abstract in English:

    The present essay deals with the relation between epidemiology and public policies, highlighting the epidemiology position in the public health field, analyzing the impact of public policies over epidemiological profile and contributions from epidemiology to the lay down, implementation and evaluation of public health policies. In the first title, the essay debates the links between the epidemiology and public health field, the social determinants and political action framework proposed by the WHO's Commission on Social Determinants of Health, and different approaches of health policies. In the second title the essay analyses the reduction of child stunting in Brazil as an example of public policies that impact epidemiological profile. The third title presents three strategic topics for the application of public health policies: reduction of social inequalities in health, health promotion and regulation of products and services that have impact over health. The fourth title discusses the possibilities and difficulties to combine the epidemiological knowledge in the lay down, implementation and evaluation of public policies and, finally, material examples of such relation between epidemiology and public policies are presented.
  • Spontaneous and voluntary fetal losses in Brazil in 1999-2000: a study of associated factors Artigos Originais

    Machado, Carla Jorge; Lobato, Ana Christina de Lacerda; Melo, Victor Hugo; Guimaraes, Mark Drew Crosland

    Abstract in Portuguese:

    Apesar de ilegal no Brasil, cerca de 31% das gestações terminam em aborto. A maioria dos abortamentos provocados é realizada por pessoas não capacitadas, e em condições inseguras, resultando em aumento da mortalidade feminina. O presente estudo utilizou dados de uma amostra representativa de 3.047 puérperas, de 1999-2000, de corte transversal, parte de estudo multicêntrico nacional sobre soroprevalência de sífilis no Brasil. Destas, foram analisadas 1.838 puérperas com pelo menos uma gravidez anterior à gravidez de referência. Os desfechos estudados foram perdas fetais prévias (voluntária e espontânea) e ausência de perda fetal prévia. A análise foi conduzida por meio de regressão logística multinomial. Os resultados indicaram alto número de perdas fetais por mulher (até seis) e 31% das perdas foram voluntárias. A ausência de pré-natal, a história de DST na gravidez de referência e a ausência de filhos vivos aumentaram a ocorrência de perdas fetais. Para as perdas voluntárias, a raça/cor não branca, mais de um parceiro no ano anterior e idade precoce à primeira relação sexual também concorreram para o aumento da ocorrência. Características de vulnerabilidade destas mulheres devem ser consideradas em programas de planejamento familiar e de aconselhamento de mulheres, focalizando aquelas que já tiveram abortos, para a redução do número e consequências deste procedimento.

    Abstract in English:

    Despite its illegality in Brazil, about 31% of all pregnancies end in abortion. Most abortions are performed by unskilled personnel and under unsafe conditions, resulting in increased female mortality. This study used data from a cross-sectional representative sample of 3,047 puerperal women, in 1999-2000, part of a national multicenter study on the prevalence of syphilis in Brazil. Of these, 1,838 women with at least one previous pregnancy before the reference pregnancy were included in the analysis. The outcomes studied were voluntary prior fetal loss, spontaneous prior fetal loss, and no prior fetal loss. The analysis was carried out using multinomial logistic regression. The results indicated a high number of fetal losses per woman (up to six); and 31% of the losses were voluntary. The absence of prenatal care, history of STD in the reference pregnancy, and absence of living children were factors that increased the odds of fetal loss. For voluntary fetal loss, being non-white, having more than one partner in the previous year, and an early age at first sexual intercourse also increased the odds of fetal loss. These data confirm the public health relevance of abortion in Brazil. Characteristics related to women´s vulnerability should be considered in family planning programs in order to reduce the number of abortions and their consequences. Counseling must also be provided, targeting women with a previous abortion.
  • Ten years of HIV-AIDS epidemic in more than 60 years in Federal District - Brazil Artigos Originais

    Oliveira, Maria Liz Cunha de; Paz, Leidijany Costa; Melo, Gislane Ferreira de

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: O aumento progressivo no número de casos de HIV/AIDS em idosos traz a necessidade de estudos sobre as especificidades deste fenômeno por região. OBJETIVO: Descrever as características dos casos de AIDS em indivíduos com idade > 60 anos ou mais no Distrito Federal - Brasil. MÉTODO: Realizou-se um estudo de série temporal, com dados secundários do SINAN/AIDS, no período de Janeiro de 1999 a dezembro 2009. RESULTADO: Neste período foram diagnosticados 4258 novos casos de AIDS; destes, 89 (2,0%) são idosos. Embora seja uma porcentagem pequena, o crescimento anual foi contínuo. A categoria de exposição mais frequente foi a de heterossexual, a faixa etária mais acometida foi de 60 a 69 anos com 71 (79,8%) casos, e a proporção de casos homem/mulher vem mudando ao longo dos anos, sendo que em 1999 era de 1:1 e, em 2006, de 0,7:1. CONCLUSÕES: A epidemia de HIV/AIDS pode ser considerada estável entre os idosos no Distrito Federal.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: The progressive increase in number of HIV/AIDS cases in old age brings the necessity of studies about the specificities of this phenomenon by region. OBJECTIVE: To identify the epidemiology in AIDS cases diagnosed in Distrito Federal - Brasil, in individuals aged > 60 years old. METHODS: We conducted a time serie study with secondary data from SINAN/AIDS for the period January 1999 to December 2009. RESULTS: In this period, 4,258 new cases of AIDS were of whom 89 (2.0%) are elderly. Although a small percentage, the annual growth was continuous. The most frequent exposure category was heterosexual, the age group most affected was 60 and 69 years, with 71 (79.8%) cases; the proportion of cases man/woman has changed over the years, in 1999 was 1:1 and in 2006, 0,7:1. CONCLUSION: The HIV/AIDS epidemic among the elderly can be seen stable on the Distrito Federal.
  • Alcohol consumption pattern and Coronary Heart Disease risk in Metropolitan Sao Paulo: analyses of GENACIS Project Artigos Originais

    Lima, Maria Cristina Pereira; Kerr-Correa, Florence; Rehm, Jurgen

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: Examinar a associação entre consumo de álcool e risco para doença coronariana em amostra populacional. MÉTODOS: Estudo transversal, de base populacional, conduzido de janeiro/2006 a junho/2007, na região metropolitana de São Paulo, como parte do estudo internacional (Gender, Alcohol, and Culture: an International Study). Os sujeitos (1.501, sendo 609 homens e 892 mulheres) eram residentes da região metropolitana de São Paulo, tinham 30 anos ou mais de idade e foram selecionados aleatoriamente, a partir de amostragem complexa por conglomerados. Todos os indivíduos consentiram em participar da pesquisa. A variável dependente foi risco cardíaco avaliado através do WHO Rose Angina Questionnaire. A análise multivariada consistiu em regressão logística, tendo sido realizado ajuste para uso de tabaco e índice de massa corpórea. RESULTADOS: A taxa de resposta foi 75%. Ser mulher, ter mais idade, ser negro, fumante e ter um índice de massa corpórea elevado, foram associados a maior risco para doença coronariana. Indivíduos que nunca beberam na vida (OR = 2,22) e ex-bebedores (OR = 2,42) tiveram maior risco de doença cardíaca do que aqueles que informaram beber até 19 g de álcool por dia, sem episódios de beber excessivo. Entre os que tiveram episódios de embriaguês observou-se uma tendência a maior risco (OR = 3,95, p = 0,09). CONCLUSÕES: Nossos achados sugerem um menor risco para doença coronariana entre os bebedores moderados. Destaca-se que os estudos que avaliam o impacto do álcool sobre doença cardíaca precisam identificar o padrão de uso de álcool dos sujeitos, visto que este aspecto pode modificar o risco. Políticas públicas são necessárias para reduzir o uso nocivo de álcool e a morbidade a ele relacionada no país.

    Abstract in English:

    OBJECTIVES: To examine the association between patterns of drinking and coronary heart disease (CHD) risk in a populational sample. METHODS: A population-based cross-sectional study carried out from January 2006 to June 2007, in Metropolitan São Paulo, Brazil, in conjunction with the international collaborative GENACIS project (Gender, Alcohol, and Culture: an International Study), with PAHO support. The subjects (1,501; 609 men, 892 women) of this study were residents of randomly chosen households aged 30 years and above who consented to provide information. The dependent variable was cardiac risk as assessed by the WHO Rose Angina Questionnaire. Logistic Regression analysis was used and the data were adjusted for Body Mass Index (BMI) and smoking. RESULTS: The response rate was 75%. Being female, older, African-American, a current smoker, and having a greater BMI were associated with higher risk of coronary heart disease. Lifetime abstainers (OR = 2.22) and former drinkers (OR = 2.42) had greater CHD risk than those who consumed up to 19g pure alcohol per day, with no binge. Among those who had binged weekly or more there was a tendency toward higher risk (OR = 3.95, p = .09). CONCLUSIONS: Our findings suggest a lower risk for CHD among moderate drinkers. It is important, in studies which were investigating cardiac risk, assess heavy alcohol use, since it can change that risk. Also, effective public policies are needed to reduce harmful drinking and related morbidity in Brazil.
  • Bolsa-Familia Program: Diet quality of adult population in Curitiba, Parana Artigos Originais

    Lima, Flavia Emilia Leite de; Fisberg, Regina Mara; Uchimura, Katia Yumi; Picheth, Telma

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo avaliou a qualidade da dieta da população beneficiária do Programa Bolsa-Família, em Curitiba, PR. Estudo transversal, de base populacional, realizado no período de julho de 2006 a julho de 2007. Foram entrevistados 747 beneficiários, a partir dos 19 anos de idade, de ambos os sexos. Para avaliação da qualidade da dieta foi aplicado recordatório de 24 horas, e o Índice de Qualidade da Dieta (IQD) foi utilizado como parâmetro para classificação do grupo em níveis de consumo. Estatística descritiva foi utilizada para descrever a qualidade da dieta da população. Para a comparação de médias do índice segundo as variáveis socioeconômicas foram realizados o teste t de Wald e a análise de variância ANOVA, considerando-se um nível de significância de 5%. A amostra foi constituída por 91,4% de mulheres e 8,6 % de homens. A média de idade da população foi de 36,4 ± 13,3 anos, com cerca de 75 % possuindo o ensino fundamental incompleto. A média do IQD foi de 51 pontos, o que caracteriza uma dieta que precisa de ajustes. A população possui uma dieta monótona, com um consumo adequado de leguminosas, porém baixo para frutas, verduras e produtos lácteos. Na comparação entre as categorias de qualidade da dieta dos indivíduos, todos os componentes, com exceção do sódio, apresentaram medianas de pontuação estatisticamente diferentes (p < 0,01). Estudos que avaliem a qualidade da dieta são fundamentais para subsidiar a implantação de programas de educação alimentar direcionados para o cerne do problema nas populações estudadas.

    Abstract in English:

    This study evaluated the quality of diet of the population receiving the Bolsa Familia Program in Curitiba, state of Parana, Brazil. It was a population-based cross-sectional study, conducted from July 2006 to July 2007. 747 beneficiaries were interviewed from 19 years of age, of both genders. A 24 hour-recall was implemented in order to assess the quality of the diet and the Healthy Eating Index (HEI) was used as a parameter for the classification of the group in consumption levels. Descriptive statistics were used to describe the diet quality of the studied population. Wald test and ANOVA test were performed to compare the means of the index according to the socio-economic variables, considering a significance level of 5%. The sample comprised 91.4% of women and 8.6% ofmen. The average age of the population was 36.4 ± 13.3 years, with 75% having completed elementary school. The mean HEI was 51 points, which features a diet that needs improvement. The population has a monotonous diet with an adequate intake of legumes, but low for fruits, vegetables and dairy products. Comparing the categories of diet quality of individuals, all components, except sodium, showed statistically different median score (p < 0.01). Studies that evaluate the quality of the diet are essential to support the implementation of nutrition education programs targeted to the core of the problem in the populations studied.
  • Falls and fractures among older adults living in long-term care Artigos Originais

    Del Duca, Giovani Firpo; Antes, Danielle Ledur; Hallal, Pedro Curi

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Investigar a ocorrência de quedas e fraturas no último ano e fatores associados entre residentes de instituições de longa permanência para idosos (ILPI). MÉTODOS: Estudo transversal exploratório, a partir de um censo realizado em ILPI localizadas em Pelotas, Rio Grande do Sul, em 2008. As quedas e fraturas decorrentes dessas foram investigadas a partir de autorrelato referente ao último ano. Sexo, idade, escolaridade, incapacidade funcional para atividades básicas da vida diária, tipo de financiamento da instituição e hospitalização no último ano foram coletados como potencias fatores associados à ocorrência de queda no último ano. Empregou-se o teste qui-quadrado para heterogeneidade e tendência linear e, na análise ajustada, a regressão de Poisson com variância robusta. RESULTADOS: Nas 24 ILPI incluídas no estudo, coletaram-se dados de 466 indivíduos. A prevalência de quedas no último ano foi de 38,9% (IC95%: 34,5 - 43,4). Dentre aqueles que caíram, as fraturas acometeram 19,2%. As fraturas mais frequentes foram: fêmur/quadril (43,3%) e punho (10%). Na análise ajustada, o avanço da idade, apresentar incapacidade funcional em uma a cinco atividades da vida diária, residir em instituições públicas/filantrópicas e ter sido hospitalizado no último ano associaram-se à queda no último ano. CONCLUSÃO: A alta ocorrência de quedas e fraturas entre residentes de instituições de longa permanência para idosos revela a fragilidade da população avaliada. Atenção específica deve ser destinada a indivíduos mais velhos e hospitalizados no último ano.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To investigate the prevalence of falls and fractures over the past 12 months and associated factors among older adults living in long-term care. METHODS: Census of all long-term care located in the city of Pelotas, Brazil, in 2008. Falls over the past 12 months were assessed using the following question: "Over the last 12 months, have you fallen?" For those who replied positively, another question was asked: "In any of these falls, have you fractured a bone?" Sex, age, schooling, disability relating to basic activities of daily living, type of financing of the long-term care and hospital admissions were the independent variables. We used chi-square tests for heterogeneity and linear trend in the unadjusted analysis, and Poisson regression with robust variance in the adjusted one. RESULTS: Within the 24 long-term care studied, we collected data for 466 individuals. The prevalence of falls in the past year was 38.9% (95%CI 34.5; 43.4). Among those who have fallen, 19.2% had fractures. Femur (hip) was the most frequent site fractured (43.4%), followed by wrist (10%). In the adjusted analysis, older age, disability for 1-5 basic activities of daily living, living in public institutions and hospital admissions in the last year were associated with higher risk of falls. CONCLUSION: The high prevalence of falls and fractures highlights the fragility of the individuals living in long-term care. Special attention should be paid to older adults and those with hospital admissions in the last year.
  • Notification of healthcare associated infections based on international criteria performed in a reference neonatal progressive care unity in Belo Horizonte, MG Artigos Originais

    Romanelli, Roberta Maia de Castro; Anchieta, Leni Marcia; Mourao, Maria Vitoria Assumpcao; Campos, Flavia Alves; Loyola, Flavia Carvalho; Jesus, Lenize Adriana de; Armond, Guilherme Augusto; Clemente, Wanessa Trindade

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Descrever a ocorrência de infecções relacionadas à assistência à saúde em uma unidade neonatal de serviço público de referência em Belo Horizonte, MG, baseando-se em critérios internacionais. MÉTODOS: Trata-se de estudo descritivo, realizado por busca ativa, na Unidade Neonatal de Cuidados Progressivos do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais (HC/UFMG), de 2008 a 2009. A notificação de infecções baseou-se nos critérios do National Healthcare Safety Network (NHSN). O banco de dados e análise foi realizado em programa interno do serviço. RESULTADOS: Foram notificados 325 episódios de infecção nos recém-nascidos, com densidade de incidência de 22,8/1.000 pacientes-dia e incidência proporcional geral de infecção de 36,7%. A sepse foi a principal infecção (62,5%) notificada. A densidade de incidência de infecções foi maior em neonatos com peso menor que 750g (42,4/1.000 pacientes-dia). Observou-se 18,15 episódios de Sepse Relacionada a Cateter/1.000 Cateter Venoso Central-dia e 19,29/1.000 episódios de Sepse Relacionada a Cateter Umbilical/1.000 Cateter umbilical-dia. Em 122 (37,5%) casos de infecção notificada houve isolamento de microorganismos, predominando Staphylococcus coagulase negativo e Staphylococcus aureus (51 casos). A mortalidade e letalidade foram 4,3% e 17,12%, respectivamente. CONCLUSÃO: A utilização de critérios padronizados para notificação de infecções é necessária para a construção de indicadores em neonatologia, que são escassos no país e ressaltam a necessidade de avaliação dos critérios nacionais propostos pela Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To describe occurence of Healthcare Related Infections in a neonatal unit of public reference service in Belo Horizonte-MG, based on international criteria. METHODS: This is a descriptive study, performed by active searching, in the Progressive Care Unit Neonatal Hospital das Clinicas, Federal University of Minas Gerais (HC / UFMG), from 2008 to 2009. Notification of infections was based on National Healthcare Safety Network (NHSN) criteria. The database and analysis were performed in a internal program. RESULTS: A total of 325 episodes of infection in newborns were notified and overall incidence density of infections was 22.8/1,000 patient-days, with a rate of 36.7% of newborns. Sepsis was the main infection (62.5%) reported. The incidence density of infections was higher in neonates weighing lower than 750g (42.4/1,000 patient-days). There were 18.15 episodes of central venous catheter related sepsis/1,000 central venous catheter-day and 19.29 umbilical catheter related sepsis /1,000 umbilical catheter-days. Microorganisms were isolated in 122 (37.5%) cases of reported infections, mainly defined as Staphylococcus coagulase negative and Staphylococcus aureus (51 cases). Mortality and lethality rates were 4.3% and 17,12%, respectively. CONCLUSION: The use of standardized criteria for reporting infections is necessary for the construction of indicators in neonatology, which are scarce in the country and highlight the need for evaluation of national criteria proposed by National Agency of Sanitary Surveillance (ANVISA).
  • Male mortality in three Brazilian State Capitals, 1979-2007 Artigos Originais

    Luizaga, Carolina Terra de Moraes; Gotlieb, Sabina Lea Davidson

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: No Brasil, verifica-se maior mortalidade masculina em praticamente todas as idades e na quase totalidade das causas. OBJETIVO: Estimar e descrever a tendência da mortalidade masculina, entre 1979 e 2007, em São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Porto Alegre (RS). MATERIAL E MÉTODO: As populações de estudo referem-se aos residentes nas três capitais, nos triênios 1979/81, 1990/92, 1999/2001 e 2005/07 e respectivos óbitos. As fontes de dados incluíram Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e Sistemas de Informações em Saúde do Brasil. Calcularam-se os coeficientes de mortalidade gerais e específicos (brutos e padronizados). RESULTADOS: Verificaram-se declínio da proporção de crianças e de jovens e crescimento da proporção de idosos. Até 24 anos, os homens predominaram na população; a partir daí observaram-se maiores participações femininas e razões de sexos cada vez mais baixas, evidenciando, entre idosos, maior presença de mulheres, fato associado à elevada mortalidade masculina. Houve perda intensa de jovens por causas externas. Em 2005/07, este grupo correspondeu à principal causa de morte masculina até a faixa de 40-44 anos. Nos grupos etários seguintes, as doenças circulatórias foram a principal causa. CONSIDERAÇÕES FINAIS: As localidades evidenciam características de cidades em desenvolvimento, com redução da fecundidade, aumento da sobrevivência e envelhecimento populacional. As estimativas do elevado risco de morrer dos homens tornam clara sua vulnerabilidade, demandando ações que possibilitem redução da mortalidade por causas evitáveis, eliminando comportamentos de risco e incentivando hábitos saudáveis. Só assim haverá aumento da esperança de vida e redução das diferenças entre as mortalidades feminina e masculina.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: In Brazil, there is a higher male mortality in almost all ages and causes. The objective is to estimate and describe the trend in male mortality, between 1979/2007, in three State Capitals (São Paulo, Rio de Janeiro and Porto Alegre). METHODS: The study populations refer to the residents in the three cities, in 1979/1981, 1990/1992, 1999/2001 and 2005/2007, and their deaths. The data source was Health Information System of the Brazilian Ministry of Health. Overall (crude/standardized) and specific mortality coefficients were calculated. RESULTS: Up to 24 years, men predominate in the population; after, it has been observed higher female participation and gender ratios ever lower. This fact is associated with high male mortality and the intense involvement of young men with external causes. Throughout the series, these causes were responsible for large risk estimates of male death. In 2005/2007, this group was the leading cause of death in men until the age 40-44 years. In the following age groups, deaths by circulatory system diseases are the main cause. CONCLUSION: These capitals show features of a developing city, with reduced fertility, increased longevity and consequent trend to an aging population. Estimates of the men high risk of dying make clear their vulnerability. The intensity with these events occur demand actions that will reduce the mortality rates of preventable diseases and the men's risky behaviors. It is necessary that men adopt healthier lifestyles habits, thus increasing life expectancy and reducing the gender differences in mortalities.
  • Knowledge, attitudes and practices on tuberculosis in prisons and public health services Artigos Originais

    Ferreira Junior, Sergio; Oliveira, Helenice Bosco de; Marin-Leon, Leticia

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Analisar o conhecimento, atitudes e práticas sobre a TB em uma unidade prisional e na rede pública de saúde (RPS). METODOLOGIA: Foi realizado estudo transversal com aplicação do questionário KAP (knowledge, atittudes and practices) na coleta de dados. Participaram 141 detentos, 115 funcionários do presídio e 158 da RPS. O programa Epi-Info versão 6.04 foi utilizado para comparação de proporções com significância estatística para p < 0,05. RESULTADOS: Foram observados conceitos equivocados sobre a doença entre os três grupos pesquisados. Na RPS foram detectados erros básicos sobre o conhecimento da TB, concluindo-se que há falhas nos treinamentos. O KAP mostrou-se eficaz na coleta de dados gerais sobre conhecimento, porém foi limitado e frágil nas informações sobre práticas e atitudes, não sendo aconselhável a sua utilização como instrumento único na coleta de dados sobre conhecimento, práticas e atitudes em TB. É sugerida sua utilização periódica como auxiliar nas atividades educativas e, considerando a elevada prevalência de TB entre detentos, aponta-se para a necessidade do envolvimento das Secretarias de Saúde na supervisão destas atividades educativas no sistema prisional

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To analyze the knowledge, attitudes and practices about TB in a prison and in public health services (PHS). METHODS: A cross sectional study was carried out and KAP (knowledge, attitudes and practices) questionnaire was applied to 141 prisoners, 115 prison's employees and 158 PHS workers. Epi-Info version 6.04 was used for comparison of proportions with statistic significance at p < 0.05. RESULTS: Mistaken concepts on TB were observed among the three searched groups. PHS also showed basic errors on TB knowledge thus pointing out imperfections on training. CONCLUSION: KAP revealed efficient for data collection of general knowledge items but was limited on practices and attitudes and so its use as the only tool for data collection about knowledge, attitudes and practices on TB is not advisable. It is suggested its regular use to aid educational activities and considering the high prevalence of TB among prisoners, it is noted the need to involve the Departments of Health in the supervision of educational activities in the prison system.
  • Factors that influence outpatient service user satisfaction in a low-income population: a population-based study Artigos Originais

    Bastos, Gisele Alsina Nader; Fasolo, Luisa Rabeno

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Medir a prevalência de satisfação geral com a última consulta médica e seus fatores associados entre adultos com 20 anos ou mais, em uma cidade do Sul do país. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional realizado em Porto Alegre-RS, de julho a dezembro de 2009. Foi utilizada amostragem sistemática com probabilidade proporcional ao tamanho de cada um dos 121 setores censitários da região em estudo. A satisfação geral da última consulta foi avaliada por questionário padronizado. As variáveis independentes foram: sexo, idade, cor da pele, classe social, escolaridade, motivo e local da consulta. Na análise bruta empregou-se o teste qui-quadrado e na ajustada regressão de Poisson com variância robusta, com os resultados expressos em razões de prevalências. RESULTADOS: Dos 3.700 indivíduos elegíveis, 3.391 responderam a pesquisa. Desses, 64,8% consultaram nos três meses antecedentes a entrevista. Em relação à satisfação geral da última consulta, 63,7% referiram estar satisfeitos e 23,2% estar muito satisfeitos. Na análise ajustada, indivíduos que consultaram em locais conveniados/privados apresentaram uma probabilidade 1,15 vezes maior de estar satisfeitos comparados a locais públicos. A facilidade para conseguir a consulta, o fato de ter sido bem tratado pela recepcionista e pelo médico esteve diretamente relacionado com uma maior satisfação. O tempo de espera para ser atendido esteve inversamente associado à satisfação tanto na análise bruta quanto na ajustada. CONCLUSÃO: O presente estudo revelou elevada prevalência de satisfação com a consulta médica e uma associação significativamente positiva entre satisfação e consulta em locais conveniados ou privados.

    Abstract in English:

    AIM: To measure the prevalence of overall satisfaction with the previous medical consultation and their associated factors, among adults aged 20 years or more, in a city located in southern Brazil. METHODS: A cross-sectional population-based study was performed in Porto Alegre, RS, Brazil, from July to December 2009. Systematic sampling was used with a probability proportional to the size of each of the 121 census tracts in the area studied. Overall satisfaction with the previous consultation was evaluated with a standardized questionnaire. Crude analysis was performed using the chi-square test, while the adjusted analysis used Poisson regression with robust variance. Results were expressed as prevalence ratios. RESULTS: Among the 3,700 eligible individuals, 3,391 answered the survey. Of those, 64.8% (1677) reported having had their previous medical consultation in the three months prior to the interview. Regarding the overall satisfaction with the previous consultation, 63.7% reported being satisfied and 23.2% were very satisfied. Adjusted analysis showed that those who went to private/health plan-affiliated services were 1.15 times more likely to be satisfied than those going to public services. Easy consultation booking and being well treated by receptionist and physician were directly related with a higher level of satisfaction. The length of time waiting was inversely associated with satisfaction both in the crude and adjusted analyses. CONCLUSION: The present study revealed a high prevalence of satisfaction with medical consultations and a significant positive association between satisfaction and the location of consultation (health plan-affiliated or private services).
  • Trends and diversity in the empirical use of Karasek's demand-control model (job strain): a systematic review Artigos Originais

    Alves, Marcia Guimaraes de Mello; Hokerberg, Yara H M; Faerstein, Eduardo

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: O modelo demanda-controle de Karasek tem sido utilizado para investigar associação entre estresse no trabalho e desfechos de saúde. Entretanto, diferentes instrumentos e definições têm sido adotados para aferir a exposição "alta exigência no trabalho", o que dificulta a comparação de resultados entre estudos. OBJETIVO: Descrever os instrumentos e as definições adotadas para a variável de exposição "estresse no trabalho", avaliada segundo o modelo demanda-controle, nos estudos observacionais publicados até 2010. MÉTODOS: Revisão sistemática de estudos observacionais publicados até dezembro de 2010, que avaliaram a exposição "estresse no trabalho", aferido segundo o modelo demanda-controle de Karasek e utilizaram o JCQ ou seus derivados, desde que explicitado nos textos. RESULTADOS: Entre 877 resumos selecionados, 496 (57%) preencheram os critérios de inclusão. Identificou-se tendência à produção bibliográfica crescente no tema. A maioria dos estudos foi de natureza seccional; não encontramos diferenças relevantes entre as populações de estudo masculinas e femininas. Suécia, EUA, Japão e Canadá concentraram 57% das publicações, em sua maioria incluindo mais de 1.000 participantes e ocupações diversificadas. Desfechos cardiovasculares e seus fatores de risco foram os mais estudados (45%), seguidos por aqueles relacionados à saúde mental (25%). Em 71% dos estudos foi utilizado o Job Content Questionnaire (com 2 a 49 itens) e, em 19% do total, a versão sueca (Demand Control Swedish Questionnaire). Quadrantes de exposição demanda-controle foram utilizados em 51% dos trabalhos, mas com variados pontos de corte; escores das duas dimensões foram analisados em separado em 27%, e sua razão em 14% do total. Apoio social no trabalho foi avaliado em 44% dos estudos. CONCLUSÃO: O modelo Karasek deverá continuar a suscitar pesquisas epidemiológicas e esperamos que os pesquisadores enfrentem essas questões teóricas e metodológicas ainda pendentes.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Karasek's demand-control model has been used to investigate association between job strain and health outcomes. However, different instruments and definitions have been utilized to assess the exposure 'high strain at work', which makes difficult the comparison of results across studies. OBJECTIVE: To describe the measurement instruments and the definitions adopted for the exposure variable 'job strain', according to the demand-control model, by observational studies published until 2010. METHODS: Systematic review of observational studies published until December 2010, addressing the exposure 'job strain', measured according to the demand-control model and used the JCQ or its derivatives, since explicit. RESULTS: Among 877 selected abstracts, 496 (57%) met the inclusion criteria. It identified a trend towards the increasing production literature on the subject. Most studies were sectional; found no relevant differences among study populations of men and women. Sweden, USA, Japan and Canada accounted for 57% of publications, mostly including more than 1000 participants and diverse occupations. Cardiovascular outcomes and their risk factors were the most studied (45%), followed by those related to mental health (25%). In 71% of the studies used the Job Content Questionnaire (from 2 to 49 items) and 19% of the total, the Swedish version (Demand-Control Questionnaire Swedish). Quadrants of the demand-control exposure were used in 51% of the work, but with different cutoff points; scores of the two dimensions were analyzed separately in 27%, and its ratio in 14% of the total. Social support at work was assessed in 44% of the studies. CONCLUSION: Karasek's model should continue to raise epidemiological studies and we hope that researchers face these theoretical and methodological issues outstanding.
  • Prevalence and factors associated to malnutrition and excess weight among under five year-olds in the six largest cities of Maranhao Artigos Originais

    Chagas, Deysianne Costa das; Silva, Antonio Augusto Moura da; Batista, Rosangela Fernandes Lucena; Simoes, Vanda Maria Ferreira; Lamy, Zeni Carvalho; Coimbra, Liberata Campos; Alves, Maria Teresa Seabra Soares de Britto e

    Abstract in Portuguese:

    Prevalências de desnutrição e excesso de peso em menores de cinco anos e sua associação com fatores socioeconômicos, sanitários e demográficos foram estimadas nos seis maiores municípios do Maranhão, em 2006/2007. Por meio de inquérito domiciliar por amostragem 1.214 crianças menores de cinco anos foram aleatoriamente selecionadas. Foi utilizada amostragem por conglomerados em dois estágios, representativa dos seis municípios maranhenses com mais de cem mil habitantes. Foram aplicados questionários padronizados para as mães ou responsáveis pelas crianças e aferidos peso e estatura. Para classificação da desnutrição foram utilizados os pontos de corte < - 2 escores z pelos indicadores peso para idade, peso para estatura e estatura para idade. Para a classificação do excesso de peso foram considerados > +2 escores z, de acordo com o indicador peso para estatura, seguindo recomendações da Organização Mundial da Saúde. Pelo índice peso para idade a prevalência de desnutrição foi de 4,5%, pelo índice estatura para idade 8,5% estavam com desnutrição pregressa e pelo índice peso para estatura 3,9% encontravam-se com desnutrição atual, enquanto 6,7% apresentavam excesso de peso. Crianças de famílias chefiadas por mulheres apresentaram menores prevalências de desnutrição (Razão de Prevalências = 0,4). Variáveis socioeconômicas não estiveram associadas à desnutrição ou ao excesso de peso. Recebimento de benefício do programa bolsa família não foi associado à desnutrição ou excesso de peso. A prevalência de desnutrição infantil foi baixa, mas o excesso de peso foi mais prevalente do que a desnutrição. Não foi detectada desigualdade social em relação à desnutrição em crianças menores de cinco anos, sugerindo evolução favorável no sentido de maior equidade.

    Abstract in English:

    Prevalences of malnutrition and overweight among children under five years and its association with socioeconomic, demographic and health indicators were estimated for the six largest municipalities of Maranhão, in 2006/2007. By means of a household survey, a sample of 1214 children under five years of age was randomly selected. Two-stage cluster sampling was used, representing the six municipalities of Maranhão with over one hundred thousand inhabitants. Standardized questionnaire was administered to mothers or guardians and trained personnel measured weight and height or length. For classification of malnutrition cutoff points of <-2z scores for weight-for-age, weight-for-length/height and length/height-for-age were used. Overweight was considered when weight for heithg was > +2 z score, following World Health Organization guidelines. By weight-for-age malnutrition prevalence was 4.5, by length/height-for-age 8.5% were stunted and by the weight-for-length/height 3.9% were malnourished (wasting), while 6.7% were overweight. Children of families headed by women had lower prevalence of malnutrition (prevalence ratio=0.4). Socioeconomic variables were not associated with malnutrition or overweight. Participation in money transfer programs from the government was not associated with malnutrition or overweight. The prevalence of malnutrition was low, but being overweight was more prevalent than malnutrition. Social inequality was not detected in relation to malnutrition in children under five years of age, suggesting a favorable trend towards greater equity.
  • Validity of self-reported height, weight and body mass index in the adult population of Brasilia, Brazil Artigos Originais

    Thomaz, Priscilla Marcondelli Dias; Silva, Eduardo Freitas da; Costa, Teresa Helena Macedo da

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar a validade do peso, altura e índice de massa corporal (IMC) autorreferidos em adultos de Brasília e identificar os fatores associados às diferenças entre os valores medidos e autorreferidos. MÉTODOS: Em amostra por conglomerados de 250 domicílios foram aferidos peso e altura de todos os adultos residentes, após entrevista. A concordância entre os parâmetros medidos e autorreferidos foi feita por Bland & Altman (B&A). Utilizou-se análise de variância múltipla e estimou-se a sensibilidade e especificidade para o excesso de peso (IMC ? 25 kg/m2), estratificado por anos de estudo e faixa etária. RESULTADOS: As entrevistas e mensurações foram feitas em 469 indivíduos. Os resultados de B&A mostram viés (diferença dos valores medidos e autorreferidos) não significativo para o peso (-0,17 kg, p = 0,1) e significativo para a altura (-1 cm, p < 0,001). Os limites de concordância (LC) foram amplos: de ±4 kg e de -6 cm a 4 cm. O viés do IMC foi de - 0,06 kg/m2 e não significativo (p = 0,08) e os LC de - 1,5 a +1,4 kg/m2. Observou-se que homens com IMC < 25 kg/m2 superestimam o peso, enquanto aqueles com sobrepeso e obesos o subestimam (p < 0,01). Homens com + 60a de idade (p = 0,037) e mulheres com < 12a de estudo (p < 0,01) superestimam a altura. A sensibilidade e a especificidade para o excesso de peso foram para homens e mulheres, respectivamente: 94% e 88%; 90% e 98%. A sensibilidade foi de 77% para mulheres acima de 60 anos, de 75% para mulheres com 9 a 11 anos de estudo, e a especificidade de 78% para homens entre 30 e 39 anos. CONCLUSÃO: Em Brasília, a altura autorreferida pode ser utilizada para subgrupos de homens < 60anos de idade e mulheres com + 12 anos de estudo. Homens com IMC adequado superestimam o peso corporal quando comparados com aqueles com sobrepeso ou obesos. As medidas autorreferidas prestam-se para acompanhamento populacional do excesso de peso.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To assess the validity of self-reported weight, height and body mass index (BMI) estimates from adults in Brasilia and to identify factors associated to differences between measured and self-reported values. METHODS: In a cluster sampling 250 household´s were selected and weight and height were measured in all adults after an interview. Bland & Altman (B&A) was used to determined agreement between measured and self-reported parameters. The multiple analysis of variance was used to determine the associated factors. Sensitivity and specificity were used for excess weight (BMI ≥ 25 kg/m2). RESULTS: Interviews and measurements were done in 469 individuals. B&A showed bias (difference between measured and self-reported values) was not significant for weight (- 0.17 kg, p = 0.1) and significant for height (- 1 cm, p < 0.001). The limits of agreement (LA) were wide: from ± 4 kg for weight and - 6 cm to 4 cm for height. BMI presented a non significant bias of - 0.06 kg/m2 (p = 0.08) and LA of - 1.5 to + 1.4 kg/m2. Men with a BMI < 25 kg/m2 overestimated weight, while overweight or obese men underestimated it (p < 0.01). Men older than 60y of age (p = 0.037) and women with less than 12y of study (p < 0.01) overestimated height. The sensitivity and specificity to detect excess weight were for men and women, respectively: 94%, 88% and 90%, 98%. Sensitivity to detect excess weight was 77% for 60 or over years old women and 75% for women between 9 to 11 years of study, while. specificity was 78% for men between 30 e 39 years old. CONCLUSION: In Brasilia, self-reported height can be used for subgroups of women with more than 12y of study and men under 60y of age. Men with adequate BMI over estimate their weight when compared to overweight and obese men. Self-reported measures can be used for excess weight population follow-up.
  • Within-person variance of the energy and nutrient intake in adolescents: data adjustment in epidemiological studies Artigos Originais

    Verly Junior, Eliseu; Cesar, Chester Luis Galvao; Fisberg, Regina Mara; Marchioni, Dirce Maria Lobo

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Este artigo objetiva fornecer valores de componentes de variância intrapessoal da ingestão de energia e nutrientes que possibilita estimar a ingestão habitual em adolescentes, em inquéritos dietéticos quando há disponível somente um recordatório de 24 horas para cada indivíduo. Também será fornecido um exemplo de sua aplicação na correção da distribuição da ingestão de nutrientes proveniente de adolescentes de outro estudo. MÉTODOS: Foram utilizados recordatórios de 24 horas de 215 adolescentes do município de São Paulo. Os componentes de variância foram estimados utilizando o Software for Intake Distribution Estimation (PC-SIDE). Para cada nutriente foi construído um modelo, estratificado por sexo, que inclui o dia e o mês da coleta, e variáveis de ponderação. RESULTADOS: Os componentes de variância intrapessoal variaram de 0,55 para gordura mono-saturada (sexo feminino) a 0,96 para o folato (sexo masculino). Entre os macronutrientes e energia foram observados valores mais elevados para o sexo masculino. No exemplo da aplicação do componente de variância, foi estimada a distribuição da ingestão de vitamina B6 com menos viés comparada à distribuição sem a correção. CONCLUSÃO: Estes dados podem ser utilizados na estimativa da ingestão habitual de energia e nutrientes e cálculo da prevalência de inadequação em adolescentes de populações semelhantes, quando há disponível somente um recordatório de 24 horas para cada indivíduo do estudo.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: The aim of this paper is to calculate within-person variance component of the energy and nutrient intake that can be useful to adjust intake distribution from adolescents when is available only a single 24-hour recall for each participant. It will also give an example of its use in the intake distribution adjustment in adolescents from another sample. METHODS: It was used 24 hour recall from 215 adolescents living in São Paulo, Brazil. The variance components were estimated using the Software for Intake Distribution Estimation (PC-SIDE). It was made a model for each nutrient and sex of which were included covariates for day and month of intake and weight variable as well. RESULTS: The within-person variance component ranged from 0.55 for mono saturated fat (female) up to 0.96 for folate (male). I was found higher values regarding to macronutrient and energy for males. In the example of the use of the variance component, it was estimated the distribution of intake of vitamin B6 with less bias, when compared to the distribution with no adjustment. CONCLUSION: These results can be used to estimate habitual energy and nutrient intake for adolescent population when it is only a single dietary measurement.
  • Factors associated with breastfeeding in two municipalities with low human development index in Northeast Brazil Artigos Originais

    Oliveira, Mirella Gondim Ozias Aquino de; Lira, Pedro Israel Cabral de; Batista Filho, Malaquias; Lima, Marilia de Carvalho

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: Determinar a duração do aleitamento materno e verificar os fatores associados ao aleitamento exclusivo/predominante (AMEP), em crianças menores de dois anos de idade. MÉTODOS: Estudo transversal realizado nos municípios de Gameleira, situado na Zona da Mata Sul do Estado de Pernambuco e em São João do Tigre, pertencente à Zona Semi-Árida do Estado da Paraíba, no período de março a junho de 2005. A amostra foi composta por 504 crianças menores de dois anos (280 residentes em Gameleira e 224 em São João do Tigre). Utilizou-se a análise de sobrevida para estimar a mediana do aleitamento materno e das associações com a condição socioeconômica, com fatores relacionados às mães e crianças e assistência à saúde. RESULTADOS: As durações medianas do tempo de sobrevida do aleitamento materno exclusivo, exclusivo/predominante e aleitamento materno foram de 19, 79 e 179 dias em Gameleira e de 23, 91, e 169 dias em São João do Tigre, respectivamente. Mães com melhores condições socioeconômicas, representadas pela escolaridade, saneamento básico e posse de bens de consumo apresentaram maior duração do aleitamento exclusivo/predominante em ambos os municípios. Assistência pré-natal representada pelo maior número de consultas, início mais precoce e com orientação referente à alimentação e ao aleitamento materno influenciaram positivamente na duração do aleitamento exclusivo/predominante. CONCLUSÕES: A duração do aleitamento esteve aquém da recomendada. Apesar das precárias condições de vida das famílias, uma melhor condição socioeconômica e assistência ao pré-natal foram fatores protetores na duração do aleitamento exclusivo/predominante nessas áreas.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To determine the duration of breastfeeding and to identify factors associated with exclusive / predominant breastfeeding in children under two years old. METHODS: This is a cross-sectional study conducted from March to June 2005 in the municipalities of Gameleira and São João do Tigre, located in the interior of Pernambuco and Paraiba States. The sample comprised 504 children under two years (280 residents in Gameleira and 224 in São João do Tigre). Survival analysis was used to estimate the median duration of survival time of breastfeeding and the associations with socioeconomic conditions, factors related to mothers and children and health care. RESULTS: The duration of exclusive and exclusive/predominant breastfeeding and breastfeeding were of 19, 79 and 179 days in Gameleira and 23, 91 and 169 days in São João do Tigre, respectively. Mothers with better socioeconomic conditions, as represented by education, sanitation, and possession of consumer goods, had a higher median duration of exclusive/ predominant breastfeeding in both towns. Prenatal care represented by higher number of attendance, earlier onset and feeding and breastfeeding advice had a positive influence on breastfeeding duration. CONCLUSIONS: Breastfeeding duration was lower than the recommendation. Despite the families precarious living conditions, a better socioeconomic status and prenatal care were protective factors for exclusive/ predominant breastfeeding duration in these areas.
  • Test-retest reliability of the Work Ability Index (WAI) in nursing workers Artigos Originais

    Silva Junior, Sergio Henrique Almeida da; Vasconcelos, Ana Gloria Godoi; Griep, Rosane Harter; Rotenberg, Lucia

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo avalia a confiabilidade teste-reteste do Índice de Capacidade para o Trabalho (ICT) em trabalhadores de enfermagem. Foi aplicado questionário autopreenchível duas vezes a um grupo de 80 trabalhadores de enfermagem (enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem) de um hospital público no Município do Rio de Janeiro, com intervalo entre sete e quinze dias. A confiabilidade foi estimada pela estatística kappa ponderada quadrática, pelo coeficiente de correlação intraclasse (CCI) e pelo gráfico de Bland e Altman. Dos participantes, 81% eram mulheres e com idade variando de 22 a 67 anos (média = 39,1; DP = 10,8anos) e 36,3% tinham ensino superior completo. O escore global do ICT apresentou CCI = 0,79 (IC95% 0,67 a 0,86) e kappa = 0,69 (IC95% 0,50 a 0,80) para o ICT categórico (classificado em baixo, moderado, bom e ótimo). O kappa dos itens do ICT variou de 0,39 a 0,82 e o gráfico de Bland e Altman não mostrou um padrão sistemático. A concordância entre as medidas de teste-reteste indica grau aceitável de confiabilidade, sugerindo adequação do processo de aferição entre trabalhadores de enfermagem.

    Abstract in English:

    This paper assesses the test retest reliability of the Work Ability Index (WAI) in nursing workers. A self-administered questionnaire was applied twice to a group of 80 workers (nurses and nursing aides/assistants) at a public hospital in Rio de Janeiro, Brazil within an interval from seven to fifteen days. The reliability was estimated using quadratic weighted kappa statistics, interclass correlation coefficient (ICC) and the Bland and Altman plot. Eighty-one percent of participants were women aged betweenfrom 22 to 67 years (mean =39.1; SD=10.8 years); 36.3% had completed higher education. The global score of the WAI presented ICC= 0.79 (IC95% 0.67 to 0.86) and weighted kappa=0.69 (CI95% 0.50 to 0.80) for categorical WAI (classified as low, moderate, good and excellent). The quadratic weighted kappa of the WAI items ranged from 0.39 to 0.82 and the Bland and Altman plot did not show a systematic pattern. The agreement between the test and retest measures shows an acceptable degree of reliability, suggesting the adequacy of the assessment process among nursing workers.
  • Health Index applied to the city of Araraquara, SP: an instrument to accompaniment the Primary Care Artigos Originais

    Mattos, Augustus Tadeu Relo de; Caccia-Bava, Maria do Carmo G.G.; Barbosa, Debora Cristina Modesto

    Abstract in Portuguese:

    O aprimoramento do processo de avaliação da Atenção Básica, compreendida como organizadora de todo o sistema de saúde e não apenas como um nível assistencial, vem sendo almejado pelos gestores do Sistema Único de Saúde. O presente trabalho buscou identificar aspectos da assistência à saúde no município de Araraquara/SP, valorizando as características particulares presentes na área de adscrição de cada unidade de saúde. Adotando um indicador composto aplicado a cada unidade de saúde, o estudo visou contemplar a emergência de fenômenos favorecendo uma visão mais abrangente de cada unidade e distrito sanitário em relação à Mortalidade Infantil, Incidência de Tuberculose, Mortalidade por Causas Externas e Mortalidade Precoce por Doenças Crônicas. Valeu-se da metodologia desenvolvida no Índice de Saúde de Drumond Jr, obtido pela média dos valores dos componentes de cada Distrito de Saúde para os indicadores acima, agregando, ainda, a Taxa de Alfabetização e Rendimento Médio Mensal do Responsável pelo Domicílio. As áreas de abrangência das Unidades de Saúde foram classificadas segundo os valores obtidos na relação entre estes componentes. Os resultados apontaram diferenciais intraurbanos para a maioria dos componentes e revelou a presença dos piores valores nas Unidades de Saúde da periferia. O conhecimento dessa realidade pela gestão municipal é de fundamental importância para avançar no aprimoramento do processo de avaliação da Atenção Básica no município.

    Abstract in English:

    The improvement of the process of evaluation and monitoring of the Primary Care Attention has been yearned by the managers of the different spheres in the context of the Unified System Health - UHS. Thus, in the order to identify the conditions of the health assistance in the city of Araraquara/SP, based on the particular features presented in the inscribe areas of each unit of health. It was adopted by means of a composed indicator aiming to favor a broader view which contemplates the emergency of phenomena from a more including vision. It was used the methodology developed in the Index of Health of Drumond Jr, whose final value of the Index is gotten by the average of the values of the components of each health district. To the components originally adopted - Coefficient of Infant Mortality, Coefficient of Tuberculosis Incidence, Coefficient of Mortality by External Causes and Coefficient of Precocious Mortality by Chronic Diseases - was still added in this study, the Tax of Alphabetization and the Monthly Nominal Average Income of Responsible People for the Domiciles. The 24 Units of Health had been classified according to values obtained in the relation among its components. The results point intra-urban differentials in relation to the majority of the components and lower values for the Health Units located at the periphery of the city. Knowing this fact municipal administration is of fundamental importance to progress in improving the process of evaluation of primary care in the county.
Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revbrepi@usp.br