• The scientific journalism and the cloning Editorial

    Neves Candeias, José Alberto
  • The international language of science Artigo Especial

    Forattini, Oswaldo Paulo

    Abstract in Portuguese:

    São feitas considerações sobre a adoção da língua inglesa para publicações científicas cuja temática focalize problemas nosológicos da América Latina. Questiona-se o fato de com essa atitude se objetiva maior visibilidade do artigo e internacionalidade do periódico. Conclui-se que, no nosso ambiente, o ideal seria considerar três "línguas francas" para atingir aquelas finalidades, ou seja, o inglês, o português e o espanhol.

    Abstract in English:

    There is a trend, with a view to achieving greater scientific visibility and international projection, that favors the adoption of the English language in Brazilian journals dealing with nosological problems. This argument is here questioned. Latin America is a large continent with characteristic health problems. Thus it is to be recommended that scientific public health journals should accept for publication papers written in the three main language: English, Portuguese and Spanish.
  • The use of wide-mesh gauze impregnated with lambda-cyhalothrin covering wall openings in huts as a vector control method in Suriname Original Articles

    Voorham, Jaco

    Abstract in Portuguese:

    Foi desenvolvido, na parte oriental do interior do Suriname um método alternativo de controle antivetorial, usando uma tela de malha larga impregnada com lambda-cyhalotrina, cobrindo as aberturas das paredes das casas. Observações com casas experimentais mostraram uma redução de picadas muita alta (99%) de Anopheles darlingi durante os primeiros 5 meses após a impregnação. Um ensaio mostrou alta mortalidade dos mosquitos, repelidos ao tentar passar pelo tule, além daqueles que conseguiram passar. A aplicação no campo revelou resultados promissores deste método de controle antivetorial, boa aprovação da população e baixos custos operacionais em relação à borrifação residual com DDT.

    Abstract in English:

    An alternative vector control method, using lambda-cyhalothrin impregnated wide-mesh gauze covering openings in the walls of the houses was developed in an area in the Eastern part of the interior of Suriname. Experimental hut observations showed that Anopheles darlingi greatly reduced their biting activity (99-100%) during the first 5 months after impregnation. A model assay showed high mortality both of mosquitoes repelled by the gauze as well as of those that succeeded in getting through it. A field application test in 270 huts showed good acceptance by the population and good durability of the applied gauze. After introducing the method in the entire working area, replacing DDT residual housespraying, the malaria prevalence, of 25-37% before application dropped and stabilized at between 5 and 10% within one year. The operational costs were less than those of the previously used DDT housespraying program, due to a 50% reduction in the cost of materials used. The method using widemesh gauze impregnated with lambdacyhalothrin strongly affects the behavior of An. darlingi. It is important to examine the effect of the method on malaria transmission further, since data indirectly obtained suggest substantial positive results.
  • Anemia in the first year of life and its relation to the breast-feeding Artigos Originais

    Buongermino de Souza, Sonia; Cornbluth Szarfarc, Sophia; Pacheco de Souza, José Maria

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: Resultados de vários estudos permitem levantar a hipótese de que a existência de anemia no primeiro ano de vida tenha como causa, entre outras, o desmame precoce. O objetivo do presente estudo foi verificar a prevalência da anemia e sua relação com o tempo de aleitamento materno, em crianças de até um ano de idade. MATERIAL E MÉTODO: Estudou-se uma amostra de 317 crianças a partir da demanda de quatro Centros de Saúde Escola do Município de São Paulo, SP, Brasil. As informações sobre alimentação foram obtidas em entrevista com as mães. A presença de anemia foi verificada pela concentração de hemoglobina, usando-se o método da cianometa-hemoglobina e o critério recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para seu diagnóstico. Para determinar a duração do aleitamento materno exclusivo utilizou-se a técnica da tábua de vida para dados censurados. RESULTADOS: Verificou-se a prevalência de anemia de 14,5% entre toda a população e 22,6% entre as crianças maiores de 180 dias. Não foi encontrada associação entre anemia e duração do aleitamento materno exclusivo, cujo tempo mediano foi o mesmo para anêmicos e não anêmicos. COMENTÁRIOS: O resultado verificado deve-se, provavelmente, às características da população estudada e não invalida a importância do aleitamento materno exclusivo na prevenção da anemia.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Many studies in this field justify the hypothesis that early weaning is one of the causes of anemia in the first year of life. This study seeks to discover the prevalence of iron deficiency anemia and its relation to the duration of breast-feeding among infants aged 0-12 months. MATERIAL AND METHOD: A sample of 317 infants of four school health centers in the city of S. Paulo (Brazil) was studied. The information about diet was obtained by interviewing the mothers. The presence of anemia was verified by hemoglobin concentration, using the cianometahemoglobin method, and the criteria recommended by the World Health Organization (WHO) were utilized for the diagnosis. The duration of exclusive breast feeding was calculated by using the life table technique for censored data. RESULTS: The prevalence of anemia was found to be 14.5% for the whole population and 22.6% for infants aged more than 180 days. No association was found between anemia and time of breast-feeding; the median time were the same for both groups, anemic and non-anemic. COMMENTS: The results observed are more probably related to the demographic characteristics of the population studied and by no means lessen the importance of exclusive breast feeding in the prevention of anemia.
  • The consumption of psychoactive substances by adolescents in schools in an urban area of Southeastern region of Brazil. I - Prevalence by sex, age and kind of substance Artigos Originais

    Muza, Gilson M.; Bettiol, Heloísa; Muccillo, Gerson; Barbieri, Marco A.

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: A preocupação suscitada quanto ao consumo de substâncias psicoativas pelos adolescentes tem mobilizado grandes esforços em todo o mundo na produção de conhecimento sobre este fenômeno. Decidiu-se estudar as taxas de prevalência de consumo de substâncias psicoativas de uso lícito e ilícito, sua distribuição por idade, sexo e a idade da primeira experiência com essas substâncias, entre adolescentes escolares do Município de Ribeirão Preto, SP, Brasil. MATERIAL DE MÉTODO: Um questionário devidamente adaptado e submetido a um teste de confiabilidade foi auto-aplicado a uma amostra proporcional de 1.025 adolescentes matriculados na oitava série do primeiro grau e primeiro, segundo e terceiro anos do segundo grau, das escolas públicas e privadas do município estudado. O questionário continha questões sobre o uso de dez classes de substâncias psicoativas, questões demográficas e informações de validação, além de questões de percepção e comportamento intrínseco ao consumo de drogas. RESULTADOS: Da amostra 88,9% consumiram bebidas alcoólicas alguma vez na vida; 37,7% utilizaram o tabaco; 31,1% os solventes; 10,5% os medicamentos; 6,8% a maconha; 2,7% a cocaína; 1,6% os alucinógenos e 0,3% consumiu alguma substância a base de opiácios. As taxas de consumo cresceram com a idade, para todas as substâncias; no entanto, o uso de tabaco e de substâncias ilícitas mostrou uma desaceleração nos anos que compreendem o final da adolescência. Verificou-se que os meninos consumiram mais do que as meninas, exceto para os medicamentos, com as meninas consumindo barbitúricos, anfetaminas e tranqüilizantes em proporções semelhantes ou maiores que os meninos. A idade da primeira experiência mostrou que o acesso às substâncias psicoativas ocorreu em idades bastante precoces. CONCLUSÕES: As substâncias psicoativas, sejam lícitas ou ilícitas, são freqüentemente experimentadas na adolescência, tanto pelos meninos como pelas meninas, muitas vezes em idades bem precoces.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Concern over the consumption of psychoactive substances by teenagers has given rise to a great wordwide effort to produce information about this phenomenon. This study set out to investigate the prevalence of consumption of legal and illegal psychoactive substances, its distribution by age, sex and age at first experience of them, among teenage pupils in county, Ribeirão Preto, SP, Southeastern Brazil. MATERIAL AND METHOD: A self-applicable questionnaire duly adapted and submitted to a reliability test was applied to a proportional sample of 1,025 teenagers enrolled in 8th, 9th, 10th and 11th grads at public and private city schools. The questionnaire contained questions about the use of ten classes of psychoactive substances, demographic questions and validation information, as well as questions about the perception and intrinsic behavior related to drug consumption. RESULTS: The sample of 88.9% had consumed alcoholic beverages sometime in their lives, 37.7% had used tobacco, 31.1% solvents, 10.5% medicines, 6.8% marihuana, 2.7% cocaine, 1.6% hallucinogens, and 0.3% of the sample had consumed some opiate substance. The rates of consumption increased with age for all substances; however, the use of tobacco and of illegal substances was less intense during the later years of adolescence. As to sex distribution, boys consumed more than girls, except for medicines, with girls consuming barbiturates, amphetamines and tranquilizers in proportions similar to or higher than those observed among boys. Age at first experience showed that access to psychoactive substances occurred at very early ages. CONCLUSIONS: Experimenting with psychoactive substances, whether legal or illegal, is a frequent phenomenon during adolescence, both among boys and girls, often at very early ages.
  • Factors affecting chilean elementary and high school children's smoking

    Daniza Ivanovic, M.; Carmen Castro, G.; Rodolfo Ivanovic, M.

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: Considerando a indiscutível evidência dos efeitos adversos do fumo para a saúde, milhões de pessoas continuam fumando. A situação é de maior gravidade, já que muitos dos fumantes e a maioria dos novos fumantes, tanto no Chile, como em outros países, são adolescentes. Dicidiu-se realizar estudo com o objetivo de determinar a prevalência do tabagismo em escolares chilenos e quantificar o impacto de fatores socioeconômicos, socioculturais, familiares, de exposição aos meios de comunicaçao de massa, demográficos, educacionais e psicosociais. MATERIAL E MÉTODO: Foi selecionada uma amostra aleatória representativa e proporcional de 2.967 escolares de educação básica e média, na Região Metropolitana do Chile, de acordo com o grau do curso (IV, VI e VIII básico de I e IV medio), sexo, tipo de escola e área geográfica. A prevalência de tabagismo foi determinada por meio de questionário auto administrado. O nível socioeconômico (NSE) foi avaliado pelo método de Graffar modificado determinando-se além das condições familiares, a exposicião aos meios de comunicação de massa e aos fatores psicosociais. O rendimento escolar foi determinado por um teste de idiomas e de matemáticas, além de outras variáveis educacionais. A análise estatística inclui análise de variância, teste "t" de Student e teste de Scheffe para comparar os médias, correlação, regressao múltipla, teste do qui-quadrado e o método de OPS/OMS para o cálculo de risco relativo(RR). RESULTADOS: A prevalência de tabagismo (10,6%) aumentou significativamente com a idade de 1,3% nos escolares menores de 13 anos, a 15,4 a 36,9% nos adolescentes entre 13-15 anos e ³ 16 anos, respectivamente (p < 0,001), e foi maior nos escolares de sexo feminino. Os níveis de plazer (r = 0,499 p < 0,001), rebeldía (r = 0,124 p < 0,001), recreação familiar (r = -0,131 p<0,0001) e assistência escolar (r = -0,118 p < 0,0001) foram as variáveis independentes com o maior poder de explicação na variância de tabagismo (r² = 0,2860). Porém o grau de prazer foi a variável com o maior poder de explicação na variância (89,2%) e com maior RR (34,3). O impacto relativo às variáveis independentes sobre o tabagismo foi diferente de acordo com a idade, sexo e nível socioeconômico. CONCLUSÃO: Os resultados podem ser úteis para a implementação das políticas de educação e saúde e para a prevenção deste fator de risco para a saúde da população escolar.

    Abstract in Spanish:

    INTRODUCCIÓN: Considerando la indiscutible evidencia de los efectos adversos del tabaco, para la salud, millones de personas continúan fumando. La situación es de mayor gravedad, ya que muchos de estos fumadores y la mayoría de los nuevos fumadores, tanto en Chile, como en otros países, son adolescentes. Los objetivos de este estudio fueron determinar la prevalencia de tabaquismo en escolares chilenos y cuantificar el impacto relativo que ejercen factores socioeconómicos, socioculturales, familiares, de exposición a medios de comunicación de masas, demográficos, educacionales y psicosociales, sobre la prevalencia de tabaquismo. MATERIAL E MÉTODO: Se seleccionó una muestra aleatoria, representativa de 2.967 escolares de educación básica y media de la Región Metropolitana de Chile, proporcional de acuerdo al curso(IV, VI, y VIII año básico y I y IV año medio), sexo, tipo de colegio y área geográfica. La prevalencia de tabaquismo se determinó mediante un cuestionario autoadministrado. El nivel socioeconómico(NSE) se midió por medio del método de Graffar modificado, midiéndose además, las condiciones familiares, la exposición a medios de comunicación de masas y factores psicosociales. El rendimiento escolar se determinó mediante un test de castellano y matemáticas, al mismo tiempo que se registraron otras variables educacionales. El análisis estadístico incluyó análisis de varianza, test de la t de Student y test de Scheffe para comparación de medias, correlación, regresión múltiple stepwise, chi-cuadrado y la metodología del enfoque de riesgo de OPS/OMS, para el cálculo del riesgo relativo simple (RR). RESULTADOS: La prevalencia de tabaquismo (10,6%) aumentó significativamente con la edad, de 1,3% en los escolares menores de 13 años, a 15,4% y 36,9%, en los adolescentes entre 13-15 años y <FONT FACE="Symbol">³</font> 16 años, respectivamente (p< 0,001), a la vez que fue mayor en los escolares de sexo femenino. El grado de placer(r=0,499 p<0,001), el grado de rebeldía(r=0,124 p<0,0001), el grado de recreación familiar (r=-0,131 p<0,0001) y el porcentaje de asistencia al colegio(r=-0,118 p< 0,0001), fueron las variables independientes con el mayor poder explicatorio en la varianza del tabaquismo (r²= 0,2860), pero el grado de placer fue la variable con el mayor poder explicatorio en la varianza explicada (89,2%) y con el mayor RR (34,3). El impacto relativo de las variables independientes sobre el tabaquismo experimentó diferencias de acuerdo a la edad, sexo y NSE. CONCLUSIONES: Nuestros resultados han demonstrado que el grado de placer, el grado de rebeldía, el grado de recreación familiar y el porcentaje de asistencia al colegio, fueron las variables independientes que mayormente contribuyeron a explicar el tabaquismo. Estos hallazgos podrían ser de utilidad para las políticas educacionales y de salud focalizadas a la población escolar, con el objeto de prevenir este importante factor de riesgo para la salud de la población.

    Abstract in English:

    UNTRODUCTION: Despite the harmful effects of tobacco millions of people continue to smoke. Many of these smokers, including most news smokers, are adolescents - both in Chile and in other countries. This study sought to determine the prevalence of smoking among Chilean elementary and high school children and to quantify the relative impact of socioeconomic, socio-cultural, familial, mass media exposure, demographic, educational and psychosocial factors on smoking. MATERIAL AND METHOD: A representative sample of 2,967 elementary and high school children from Chile's Metropolitan Region were chosen at random, by grade (IV, VI, and VIII elementary school grades and I and IV high school grades), sex, type of school and geographical area. Prevalence of smoking was determined through an anonymous self-administered questionnaire. Socioeconomic status (SES) was measured by means of Graffar's modified method and family conditions, mass media exposure and psychosocial factors were registered. Scholastic achievement was measured by a language and mathematics test and other educational variables were considered. Statistical procedures included analysis of variance, Student's test and Scheffe's test for comparison of means, correlation, stepwise multiple regression, chi-squared and PAHO/WHO risk approach methodology. RESULTS: Prevalence of smoking (10.6%) increased significantly with age, from 1.3% in school children aged < 13 years to 15.4% and 36.9%, in adolescent students aged 13-15 years and <FONT FACE="Symbol">³</font> 16 years, respectively (p< 0.001) and was higher in females than in males. Pleasure level (r= 0.499 p < 0.001), level of rebelliousness (r= 0.124 p < 0.0001), family recreation level (r=-0.131 p < 0.0001) and the percentage of school attendance (r=-0.118 p < 0.0001) were the independent variables with the greatest explanatory power in smoking variance (r²= 0.2860), but pleasure level was the variable with the greatest explanatory power in the explained variance (89.2%) and with the greatest RR (34.3). The relative impact of the independent variables on smoking varied according to age, sex and SES. CONCLUSIONS: The result demonstrate that pleasure level, level of rebelliousness, family recreation lvel and the percentage of school attendance were the independent variables with the greatest explanatory power in smoking. These findings may be useful in the implementation of education and health policies with a view to the reduction of this serious public health risk factor.
  • The prevalence of dental caries and necessary treatment in six to twelve years old schoolchildren in Brazil, 1994 Artigos Originais

    Freire, Maria do Carmo Matias; Pereira, Márcio Florentino; Batista, Simone Machado de Oliveira; Borges, Maria do Rosário Siqueira; Barbosa, Maria Inêz; Rosa, Antônio Galvão Fortuna

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Investigou-se a prevalência de cárie e necessidades de tratamento em escolares de Goiânia-GO, Brasil, que possui água fluoretada há 9 anos. METODOLOGIA: A amostra foi constituída de 1.400 escolares de 6 a 12 anos de idade que freqüentavam escolas públicas na zona urbana do município estudado. RESULTADOS: Os índices CPO-D e ceo-d encontrados no total da amostra foram 2,19 e 2,86, respectivamente, demonstrando uma redução de 57,1% em relação ao CPO-D verificado na região Centro-Oeste, em 1986. Para os escolares de 12 anos de idade, o CPO-D encontrado foi 4,59, estando acima da meta estabelecida para o ano 2.000 pela FDI/OMS. Verificou-se que a percentagem de escolares livres de cárie foi muito baixa em todas as idades, apresentando-se em torno de 11% para o total da amostra. Houve predomínio do tratamento restaurador na dentição decídua em todas as idades e na permanente a partir dos 9 anos de idade. CONCLUSÃO: A prevalência de cárie em escolares de Goiânia-GO é alta e comparável à situação verificada na maioria dos países da América Latina e nas regiões menos favorecidas de países desenvolvidos. Há necessidade de se implantar medidas educativas e preventivas em saúde bucal que intervenham nos reais determinantes da doença na população.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: The prevalence of dental caries and needs of treatment among schoolchildren in Goiânia-GO, middle-west of Brazil was assessed. METHODOLOGY: The study population consisted of 6-12-yr-old schoolchildren (n=1,400) attending public schools located in the urban area of the city, where the water-supply had been fluoridated for 9 years. RESULTS: Mean dmf-t and DMF-T for the total sample were 2.19 and 2.86, respectively, showing a reduction of 57.1% in the DMF-T as compared to the regional data from the national survey carried out in 1986. At age 12 DMF-T was 4.59, which is above the acceptable level according to the FDI/WHO goal for the year 2000. Percentage of caries-free schoolchildren was very low at all ages (11% of the total sample). The most significant need was for restorative treatment in the treatment deciduous dentition at all ages and in the permanent dentition from age 9. CONCLUSION: It was concluded that the prevalence of dental caries among schoolchildren in Goiânia-GO is high, comparable to the situation in most Latin American countries and poor regions of developed countries. The results indicate the need for oral health education and preventive programs targeted at the underlying causes of the disease, in the population.
  • Hospitalizations due to pneumonia: the influence of socioeconomic and pregnancy factors in a cohort of children in Southern Brazil Artigos Originais

    César, Juraci A.; Victora, Cesar G.; Santos, Iná S.; Barros, Fernando C.; Albernaz, Elaine P.; Oliveira, Luciani M.; Flores, José A.; Horta, Bernardo L.; Weiderpass, Elizabete; Halpern, Ricardo

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Investigar a influência de fatores socioeconômicos e gestacionais sobre a hospitalização por pneumonia no período pós-neonatal. MATERIAL E MÉTODO: Longitudinal. Crianças com idade entre 28 e 364 dias, nascidas na cidade de Pelotas, RS (Brasil), em 1993. A definição de caso foi a permanência em ambiente hospitalar por um período igual ou superior a 24 horas em conseqüência de pneumonia. Foi aplicado delineamento longitudinal. RESULTADOS: Dentre as 5.304 crianças da coorte, 152 (2,9%) foram hospitalizadas por pneumonia no período. O valor preditivo positivo do diagnóstico clínico comparado com o radiológico alcançou 76%. A análise através de regressão logística mostrou que a classe social e a escolaridade materna estiveram forte e inversamente associadas à admissão hospitalar. Filhos de mães adolescentes tiveram risco duplicado à internação; paridade igual ou superior a três representou risco 2,8 vezes maior em relação às mães primíparas; ganho de peso inferior a 10 kg durante a gestação implicou risco cerca de 40% maior à hospitalização. CONCLUSÕES: A classe social e a escolaridade materna foram os principais determinantes da hospitalização. Idade e paridade materna e o ganho de peso durante a gestação foram também fatores de risco importantes.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To investigate the influence of socioeconomic and gestational factors on admission due to pneumonia in the post-neonatal period. METHODOLOGY: Cohort. Children born in the city Pelotas, Brazil, in 1993. Cases were children admitted to hospital for 24 hours or more, between the ages of 28 and 364 days, with a diagnosis of pneumonia. RESULTS: Of the 5,304 children in the cohort, 152 (2.9%) were hospitalized with pneumonia. The positive preditive value of the clinical diagnosis compared to the radiological assessment was 76%. Analysis by conditional logistic regression showed that social class and maternal schooling were strongly inversely associated with pneumonia. Children of adolescent mothers were twice as likely to be admitted. The relative risk for children whose mothers were of parity three or greater was 2.8 relative to primiparae. Maternal weight gain during pregnancy of less than 10 kg was associated with a 40% increase in risk. CONCLUSION: Socioeconomic factors were important determinants of pneumonia admissions. Maternal age, parity and weight gain were also significant risk factors.
  • Gastroenteritis and acute respiratory infections among children up to 5 years old in an area of Southeastern Brazil, 1986-1987: II - Diarrhea Artigos Originais

    Waldman, Eliseu Alves; Barata, Rita de Cassia Barradas; Moraes, José Cássio de; Guibu, Ione Aquemi; Timenetsky, Maria do Carmo S. T.

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: O declínio da morbi-mortalidade pelas gastroenterites é, em boa parte, responsável pela queda da mortalidade infantil e da mortalidade por doenças infecciosas nos países do terceiro mundo. Esse agravo ainda se destaca, nesses países, como importante problema de saúde pública, especialmente, entre os menores de 5 anos. OBJETIVOS: Descrever aspectos do comportamento das gastroenterites entre crianças menores de 5 anos, residentes em 5 bairros do Município de São Paulo. MATERIAL E MÉTODO: Estudou-se uma amostra probabilística (N = 468) de crianças menores de 5 anos, residentes em 5 áreas do Município de São Paulo, SP (Brasil), acompanhada durante um ano, por meio de entrevistas mensais. RESULTADOS: Durante o acompanhamento foram identificados 139 episódios de diarréia, com uma duração média de 5,5 dias, 10% dos casos prolongaram-se por 15 dias ou mais. Em 20% dos episódios havia ao menos outra pessoa na família com diarréia. A incidência foi de 2,78 casos por 100 crianças/mês, sendo mais elevada nos menores de 2 anos. Em 46,1% dos episódios de gastroenterite as crianças não demandaram assistência médica tendo sido tratadas pelas próprias mães, ou não receberam qualquer tratamento; em 51,8% dos episódios o atendimento foi feito em serviços de assistência primária à saúde e somente 2,1% dos casos necessitaram tratamento hospitalar. Nenhuma criança evoluiu para óbito. Entre as medidas terapêuticas mais utilizadas estão a reidratação oral (25,2%) e a antibioticoterapia associada à reidratação oral (11,5%); em somente 2 casos foi feita reidratação endovenosa. Alguns fatores socioeconômicos e antecedentes pessoais mostraram-se associados à ocorrência de diarréias, entre eles, as condições da habitação, saneamento básico e renda familiar "per capita" e história pregressa de diarréias freqüentes. DISCUSSÃO: Os resultados obtidos parecem refletir a tendência de diminuição da morbi-mortalidade por diarréias no Município de São Paulo, durante a década de 80, período em que houve acentuada queda nas internações hospitalares por essa causa. Tal tendência deve ser acompanhada atentamente, pois influenciará modificações nas características da demanda de assistência à saúde infantil.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: The decrease morbi-mortality gastroenteritis in is related to the factor responsible largely for the fall in infant mortality and mortality from communicable diseases in developing countries. Nevertheless, diarrhea is still a considerable public health problem in these countries, especially among children under 5 years old. OBJECTIVES: To describe some aspects of the of gastroenteritis epidemiology among children up to 5 years old, resident in areas of S. Paulo county. MATERIAL AND METHOD: A probabilistic sample of children up to 5 years old was studied (n=468). The epidemiological survey was undertaken in five areas S. Paulo county (Brazil) from March 1986 to May 1987. Data were obtained through household interviews once a month over a year. RESULTS: During the follow-up 139 diarrhea episodes were registered, with a mean duration of 5.5 days. Twenty percent of the diarrhea events were followed by at least one other case in the household. The incidence of gastroenteritis was 2.78 episodes per 100 children/month. The highest incidence affected the children of up to 2 years of age. In 46.1% of the gastroenteritis episodes medical assistance was not sought, the children were treated by their mothers or not at all; 51.8% of the diarrhea events were attended to by the primary health care service, and only 2.1% were attended to by a hospital. No child died as a consequence of diarrhea. Of the therapeutical interventions used the most frequent were oral rehydration (25.2%) and oral rehydration with antibiotics (11.5%). Various socio-economic and personal background factors such as living conditions, water supply, sewarage, coverage; family income per capita and prior history of frequent gastroenteritis were associated with a higher incidence of gastroenteritis. DISCUSSION: The results seen to reflect the tendency of morbi-mortality by gastroenteritis to decrease in S. Paulo county during the 1980's when hospital treatment of diarrhea presented a considerable reduction. This tendency must be observed closely, because it will influence the changes to be mode in the kind of demand for medical care.
  • Aspects of self-medication in Brazil Artigos Originais

    Arrais, Paulo Sérgio D.; Coelho, Helena Lutéscia L.; Batista, Maria do Carmo D. S.; Carvalho, Marisa L.; Righi, Roberto E.; Arnau, Josep Maria

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: Os dados apresentados fazem parte de um estudo multicêntrico sobre automedicação na América Latina realizado pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Objetivou-se traçar um perfil da automedicação através da análise da procura de medicamentos em farmácias sem prescrição médica ou aconselhamento do farmacêutico/balconista. MATERIAL E MÉTODO: As especialidades farmacêuticas foram classificadas pelo código "Anatomical Therapeutical Classification" e analisadas sob quatro aspectos qualitativos: valor intrínseco, essencialidade (lista da OMS e Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (RENAME), combinação em dose fixa e necessidade de prescrição médica. RESULTADOS: Foram solicitadas 5.332 especialidades farmacêuticas (785 diferentes princípios ativos), sendo 49,5% combinações em dose fixas, 53,0% de valor intrínseco não elevado, 44,1% sujeitos a prescrição médica, 71,0% não essenciais e 40,0% baseados em prescrições médicas anteriores. Os medicamentos mais solicitados foram analgésicos (17,3%), descongestionantes nasais (7,0%), antiinflamatório/antireumático e antiinfecciosos de uso sistêmico, ambos com 5,6%. CONCLUSÕES: Os dados sugerem que a automedicação no Brasil reflete as carências e hábitos da população, é consideravelmente influenciada pela prescrição médica e tem a sua qualidade prejudicada pela baixa seletividade do mercado farmacêutico.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: The data presented are part of a World Health Organization (WHO) multicenter study of self-medication in Latin America. Brazilian sites included: Belo Horizonte, Fortaleza, the city of S. Paulo and outlying locations. The objective was to characterize self-medication practices by analyzing drugs sought by consumers in pharmacies without a physician's prescription. MATERIAL AND METHOD: Drugs were classified according to the Anatomic Therapeutic Classification codes, and analyzed with respect to 1) intrinsic value; 2) recognition as an essential drug (by either WHO or Brazil); 3) number of active ingredients; and 4) requirement for prescription. RESULTS: Five thousand, three hundred and thirty-two (5,332) different drugs, with 785 distinct active ingredients were sought. Of these, 49.5% were fixed dose combinations, 53.0% were of little intrinsic value, 44,1% required a physician's prescription, 71.0% were not essential drugs, and 40.0% of requests were based on prior prescriptions from the physician. The drugs most requested were analgesics (17.3%), nasal descongestants (7.0%), antirheumatic anti-inflamatory drugs (5.6%), and systemic anti-infective drugs (5.6%). CONCLUSIONS: Self-medication in Brazil reflects the needs and habits of the population. It is strongly influenced by physician's-prescribing habits and by the inadequate selectivity of the Brazilian pharmaceutical market.
  • Analysis of legal registration of live births in an urban area of Southern Brazil Artigos Originais

    Jorge, Maria Helena P. de Mello; Gotlieb, Sabina Léa Davidson; Andrade, Selma Maffei de

    Abstract in Portuguese:

    Foram analisados os nascimentos vivos de mulheres residentes em Londrina, Paraná, (Brasil), ocorridos entre abril e setembro de 1994 (4259), a partir das duas vias das Declarações de Nascidos Vivos (DN) - vias brancas (provindas dos hospitais onde ocorreram os nascimentos) e amarelas (vindas dos Cartórios onde houve o registro) - recebidas pelo Serviço Municipal de Saúde. Visitas domiciliárias foram realizadas nos casos em que não houve o pareamento das respectivas vias da DN de cada criança (possível caso de sub-registro ou parto domiciliar). A taxa de sub-registro de nascimento vivo foi estimada entre 5,3% e 6,6%; o custo foi o principal motivo alegado para o não registro, seguido da negligência e legitimidade. Dos que foram registrados, em 88,7% o mesmo ocorreu até 60 dias após o parto e o tempo médio para o registro foi de 26,5 dias (com desvio-padrão de 52 dias).Variáveis estatisticamente associadas aos fatos de registrar e ter sido no tempo legal (60 dias) foram tipo de parto, instrução e idade materna. Estimativa da proporção de partos domiciliares entre os nascimentos registrados foi um valor entre 0,1 e 0,3%, sendo as razões alegadas: "opção por parte da mãe", "falta de condução para ser removida para o hospital" e "não deu tempo de chegar no hospital".

    Abstract in English:

    Live births which occurred in the period from April to September of 1994 were analysed, using the two copies of the Birth Declaration-BD-( the white copy coming from the hospital where the child was born and the yellow copy sent by the Legal Registry Office where the birth was registered) received by the Londrina Municipal Health Service. After the "cross matching"of both copies (for each child), household interviews were performed in cases without matched pairs (only a white or only a yellow copy indicating possibly unregistered or home deliveries). Results showed that the proportion of births not legally registered was of from 5.3 to 6.6% of the hospital births. Cost, negligence and legitimacy were the main reasons given for not registering births legally. The average time taken to make the registration was 26.5 days( standard deviation of 52 days) and 88.7% of the families did it by the 60th day from the date of the birth. A statistical association was detected between the act of registration and the period within which registration is required (within 60 days from birth) and type of delivery, maternal age and education. The official proportion of home deliveries was 0.5%;however, after the research the value was found to be somewere between 0.13 and 0.3% of all the registered births - only 36.8% were really born at home. Reasons for home deliveries were: option, "there wasn't a means of transport to take the pregnant woman to hospital" and "there wasn't enough time to get to a hospital".
  • Ratio of proportions and the use of the delta method for confidence interval estimation in logistic regression Artigos Originais

    Oliveira, Nelson F. de; Santana, Vilma S.; Lopes, Antonio Alberto

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Apresentar uma aplicação da regressão logística para estimar razões de prevalência ou risco relativo, e o uso do método delta para a estimativa de intervalos de confiança. MÉTODOS: Utilizou-se o método delta, visto que esta técnica é adequada para estimar variâncias de funções não lineares de variáveis aleatórias, do tipo razão de proporções. O método baseia-se na expansão da função em série de Taylor, provendo uma aproximação para o cálculo das variâncias. Para estimar as razões de proporções e as respectivas variâncias, que permitem a estimação dos intervalos de confiança, desenvolveu-se programa utilizando-se o módulo matricial do SAS. A aplicação prática do modelo proposto é feita utilizando-se dados de um estudo transversal com uma amostra de 611 mulheres, para testar a hipótese de que a falta de compartilhamento do trabalho doméstico associa-se com altos escores de sintomas psicológicos medidos através de um questionário validado. As razões de prevalência calculadas através da regressão logística, e os intervalos de confiança estimados pelo método delta foram comparadas com os resultados obtidos pela técnica de Mantel-Haenszel. RESULTADOS: As estimativas pontuais das razões de prevalência brutas, cruas ou ajustadas, obtidas através da regressão logística, foram semelhantes às encontradas na análise tabular. Também os limites dos intervalos de confianças para as razões de prevalência através do método delta foram praticamente iguais em relação aos encontrados através da técnica de Mantel-Haenszel. CONCLUSÕES: Os resultados apóiam o uso do método delta para estimar intervalos de confiança para razões de proporção. Esse método deve ser visto como uma alternativa para situações em que o efeito em estudo (variável dependente) não é raro, situação onde a "odds ratio" se afasta das medidas epidemiológicas caracterizadas como razão de proporções.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To present an application of logistic regression modelling to estimate ratios of proportions, such as prevalence ratio or relative risk, and the Delta Method to estimate confidence intervals. METHOD: The Delta Method was used because it is appropriate for the estimation of variance of non-linear functions of random variables. The method is based on Taylor's series expansion and provides a good approximation of variance estimates. A computer program, utilizing the matrix module of SAS, was developed to compute the variance estimates. A practical demonstration is presented with data from a cross-sectional study carried out on a sample of 611 women, to test the hypothesis that the lack of housework sharing is associated with high scores of psychological symptoms as measured by a validated questionnaire. RESULTS: Crude and adjusted prevalence ratio estimated by logistic regression were similar to those estimated by tabular analysis. Also, ranges of the confidence intervals of the prevalence ratio according to the Delta Method were nearly equal to those obtained by the Mantel-Haenszel approach. CONCLUSIONS: The results give support to the use of the Delta Method for the estimation of confidence intervals for ratios of proportions. The method should be seen as an alternative for situations in which the need to control a large number of potential confounders limits the use of stratified analysis.
  • Methodological aspects of measuring injuries from traffic accidents at the site of occurrence Atualização

    Híjar-Medina, Martha C.; López-López, Ma. Victoria; Flores-Aldana, Mario; Anaya, Rafael

    Abstract in Portuguese:

    Os acidentes de trânsito de veículos a motor representam problema de saúde pública, em nível mundial. No México, a pesquisa, nesse campo, é limitada e a metodologia para seu estudo é pouco desenvolvida. Na literatura científica internacional são escassos os artigos que discutem os aspectos metodológicos de pesquisa nesse campo. Assim, realizou-se estudo com o objetivo de apresentar alguns aspectos metodológicos úteis para os interessados em pesquisar lesões por acidentes de trânsito. Foram discutidos aspectos sobre como medir, no local de ocorrência, as variáveis básicas para o estudo dessas lesões, tais como: se o motorista sofreu ou não lesões, uso de cinto de segurança, velocidade e consumo de álcool.

    Abstract in Spanish:

    Los accidentes de tráfico de vehículos de motor, representan un problema de Salud Pública a nivel mundial. En México la investigación en este campo es limitada y la metodología para su estudio está poco desarrollada. Por otro lado, son relativamente escasos los artículos publicados en revistas científicas internacionales que abunden, en la discusión sobre aspectos metodológicos de la investigación. El objetivo del trabajo es el presentar algunas consideraciones metodológicas que pueden ser de utilidad para los investigadores interesados en el tema de las lesiones por accidentes de tráfico. Se discuten aspectos que deben tenerse en cuenta cuando se miden en el sitio de ocurrencia algunas variables fundamentales para el estudio de las lesiones, como son: Si el conductor está o no lesionado, uso de cinturón de seguridad, velocidad y consumo de alcohol.

    Abstract in English:

    Traffic accidents are a well-known public health problem worldwide. In Mexico research into risk factors for motor involving vehicles accidents and their consequences has recentlly been taken into account. The relevant literature does not normally describe the methodological aspects involved in the collection of primary data, since most studies have used secondary data the good quality and validity of wich are assumed. The paper presented seeks to discuss and share with researchers in this field, some of the methodological aspects to be considered in the attempt to recreate the scene of the accident and obtain information approximating to reality. The measurements in situ of, such traffic accident variables as injury, use of seat belt, speed and alcohol intake are discussed.
  • Literature News Notícias Bibliográficas

    Pilon, André F.
Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revsp@org.usp.br