• Culicidae mosquito abundance in a preserved metropolitan area and its epidemiological implications Artigos Originais

    Taipe-Lagos, Carmen Beatriz; Natal, Delsio

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Estudar a fauna de culicídeos adultos em uma área de reserva na periferia urbana para definir as espécies de interesse em saúde pública. MÉTODOS: O estudo foi realizado no Parque Ecológico do Tietê, localizado na periferia urbana da Grande São Paulo, Brasil. Realizaram-se coletas mensais em três locais e horários distintos, com o uso de aspiradores elétricos, armadilhas CDC e de Shannon no período de agosto de 1996 até março de 1998. O tratamento dos dados baseou-se na estimativa de freqüências e abundâncias. RESULTADOS: Coletaram-se 53.496 exemplares, tendo sido reconhecidas 25 espécies ou grupos genéricos. As espécies Ochlerotatus scapularis, Culex quinquefasciatus e Culex declarator foram as mais freqüentes e abundantes. CONCLUSÕES: As espécies mais freqüentes e abundantes têm demonstrado eficiência na transmissão de agentes patogênicos ao homem em outras regiões. Atenção deve ser dada a esses culicídeos, pois o o local investigado, ao lado de um complexo urbano, reúne condições favoráveis à disseminação de doenças por vetores.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To study the adult Culicidae fauna in a preserved area in urban outskirts for describing species of public health concern. METHODS: This study was developed in the Tietê Ecological Park located in the outskirt of the city of São Paulo, Brazil. Monthly collections were undertaken in three habitats at different times using electric aspirators and CDC and Shannon traps from August 1996 to March 1998. Data analysis was based on estimates of frequencies and abundance. RESULTS: Twenty-five species or generic groups were identified among 53,496 specimens collected. Ochlerotatus scapularis, Culex quinquefasciatus, and Culex declarator were the most frequent and abundant species. CONCLUSIONS: The most frequent and abundant species have been implicated in disease transmission to man in other regions. Attention must be given to these Culicidae since the study area is located near to an urban center, which could amplify the conditions for spreading vector diseases.
  • Parity and wind impact on the frequency of Anopheles marajoara in Brazil Artigos Originais

    Kakitani, Iná; Ueno, Helene Mariko; Forattini, Oswaldo Paulo

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar a influência da velocidade do vento sobre o comportamento da população de Anopheles marajoara e sua paridade. MÉTODOS: As capturas foram feitas a cada dois meses, de janeiro de 1999 a fevereiro de 2000, no município de Ilha Comprida, no Estado de São Paulo, com utilização de aspirador manual movido à pilha. Utilizou-se o teste de Mann-Whitney para verificar a possível influência do vento sobre o comportamento dos mosquitos capturados. Para determinar a paridade, utilizou-se a técnica de Polovodova e a análise do desenvolvimento folicular de Christopher e Mer. RESULTADOS: Foram capturados 11.833 mosquitos, dos quais 3.072 foram de An. marajoara. Observou-se pico de atividade hematofágica de An. marajoara no período das 2:00 às 5:00h. Das 1.006 fêmeas dissecadas, 530 (52,7%) foram nulíparas, 432 (42,9%) uníparas, 24 (2,4%) bíparas e uma multípara; 982 (97,6%) apresentavam seus folículos nas fases I/II de Christopher e Mer, sete nas fases III/IV, e 17 na fase V. Verificou-se diferença significativa entre a freqüência de An. marajoara diante de vento com velocidades iguais ou superiores a 3 km/h e para medidas inferiores a 3 km/h. CONCLUSÕES: An. marajoara apresentou atividade hematofágica notadamente noturna. Verificou-se que aproximadamente 50% das fêmeas de An. marajoara dissecadas eram oníparas. O dado, associado à elevada porcentagem (97,6%) de fêmeas com folículos nos estágios I e II de Christopher e Mer, sugere a existência de concordância gonotrófica. A freqüência de An. marajoara sofreu considerável redução diante de ventos com velocidade igual ou superior a 3 km/h.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To evaluate the impact of wind velocity on the behavior of An. marajoara population and its parity. METHODS: Collections were made bimonthly from January 1999 to February 2000 in the municipality of Ilha Comprida, Brazil. Adult mosquitoes were captured with a battery hand aspirator. Mann-Whitney test was applied to verify the wind impact on mosquito behavior. Polovodova technique and Christophers and Mer's follicular development analysis were used to determine parity. RESULTS: A total of 11,833 mosquitoes were captured, including 3,072 An. marajoara specimens. The peak of activity of An. marajoara occurred from 2 to 5 AM. Amongst 1,006 An. marajoara females who had their ovarioles dissected, it was found 530 (52.7%) nulliparous, 432 (42.9%) uniparous, 24 (2.4%) biparous and 1 multiparous. According to Christophers and Mer analysis, 982 (97.6%) had their follicles in phases I and II, 7 in phases III and IV, and 17 in phase V. The frequency of An. marajoara was significantly lower when wind velocity was 3 km/h or more or below 3 km/h. CONCLUSIONS: An. marajoara mosquitoes were more active at night. About 50% of dissected An. marajoara females were oniparous. Another important finding was the high proportion of females (97.6%) with follicles in the Christophers and Mer's phases I and II, suggesting the presence of gonotrophic concordance. Wind velocity equal or higher than 3 km/h considerably reduced the frequency of An. marajoara.
  • Survival of Aedes albopictus in Brazil: physiological age and reproductive history Artigos Originais

    Fernández, Zoraida; Forattini, Oswaldo Paulo

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: Estudar a sobrevivência de populações de Aedes albopictus de ambientes rural e urbano, em diferentes condições de alimentação, e analisar sua idade fisiológica e a história reprodutiva. MÉTODOS: Foram coletadas larvas de Ae. albopictus no Vale do Paraíba (localidade urbana), e no Vale do Ribeira (localidade rural), Estado de São Paulo. As fêmeas que emergiram foram alimentadas com açúcar ou com sangue e observadas diariamente anotando a data da morte de cada uma e outras variáveis relacionadas com a reprodução. Os ovários foram dissecados seguindo a técnica de Polovodova, e a avaliação do desenvolvimento folicular segundo Christophers e Mer. Foram construídas tábuas de vida e analisadas estatísticamente as taxas de sobrevida. Para análise dos dados foi utilizado o Stata 7.0. RESULTADOS: Foi observada discordância gonotrófica nas duas populações de Ae. albopictus. As fêmeas oníparas desenvolveram sacos terminais. As nulíparas apresentaram ovários normais e em alguns casos foram observadas dilatações. As fêmeas alimentadas com açúcar apresentaram maiores taxas de sobrevida. Não foi detectada diferença estatística na taxa de sobrevida entre as duas populações avaliadas. CONCLUSÕES: A idade fisiológica e o estado de paridade de Ae. albopictus não foram definidas pela análise dos ovaríolos porque estes apresentaram sacos terminais em vez de dilatações. O tipo de alimento ingerido influenciou na sobrevivência das fêmeas de Ae. albopictus.

    Abstract in English:

    OBJECTIVES: To study the longevity of Ae. albopictus populations in rural and urban areas in two different feeding conditions and to assess their physiological age and reproductive history. METHODS: Ae. albopictus larvae were collected in the Paraíba Valley, (urban area) and Ribeira Valley (rural area), São Paulo State, Brazil. In the laboratory, females were fed with sugar or blood and monitored daily. The day of death of each mosquito and other reproduction related characteristics were registered. Ovaries were dissected using Polovodova techniques and follicular development was examined according Christophers and Mer. Life tables were created and statistics analysis was performed for survival rates. Data analysis was carried out using Stata 7.0. RESULTS: Gonotrophic discordance was seen in both populations. Parous females developed terminal sacs. Nulliparous females had normal ovaries and in some cases dilatations were seen. Females fed with sugar showed higher survival rates. Statistical difference in survival rates was not observed in the populations of both areas. CONCLUSIONS: Parity status and physiological age of Ae. albopictus were not described using ovarioles analysis because they formed terminal sacs instead of dilations. Longevity of Ae. albopictus females was influenced by the food provided.
  • Validation of clinical and epidemiological diagnosis criterion for confirming cholera Artigos Originais

    Pedrosa, Fernando de A; Ximenes, Ricardo Arraes de A

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Validar o critério diagnóstico clínico-epidemiológico para confirmação de casos suspeitos da cólera. MÉTODOS: Foram estudados pacientes em um hospital público em Maceió, sendo 2.687 do ano de 1992 e 716 de 1997. Nos pacientes admitidos com diarréia, que realizaram pesquisa do Vibrio cholerae O1 (Koch, 1884) pelo cultivo em TCBS-agar, foi aplicado o critério clínico-epidemiológico comparando-o com o padrão-ouro. A análise foi feita por faixa etária - menor que cinco anos e igual ou maior a cinco anos - em 1992 e 1997. RESULTADOS: Foram estudados 833 pacientes, 517 em 1992 e 316 em 1997; 72 com idade menor que cinco anos e 761 com idade igual ou maior a cinco anos. Nos pacientes menores que cinco anos, em 1992, a sensibilidade foi de 40%, enquanto a especificidade foi de 84,6%. Para a mesma faixa etária, em 1997, a sensibilidade foi de 28,6%. Já a especificidade foi de 62,5%. Nos pacientes com idade igual ou superior a cinco anos, em 1992, a sensibilidade e a especificidade foram de 99% e 1,2%; respectivamente. Para a mesma faixa etária, em 1997, a sensibilidade foi de 86,9%, enquanto a especificidade foi de 8,7%. CONCLUSÃO: A elevada sensibilidade do critério diagnóstico clínico-epidemiológico da cólera nos pacientes com idade igual ou maior que cinco anos, nos dois anos estudados, recomenda sua aplicação nos períodos de epidemia. Quando a incidência baixa, todos os casos devem ter confirmação laboratorial.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To validate the clinical and epidemiological diagnosis criterion for confirming cholera suspect cases. METHODS: The study comprised 2,687 and 716 patients admitted with diarrhea to a public hospital in Maceió, Brazil, in 1992 and 1997 respectively. Culture of V. cholerae O1 (Koch, 1884) in TCBS-agar was performed and the clinical and epidemiological criterion was applied and compared to the gold standard. The statistical analysis was carried out in two age-groups: less than five years old and five years old or more. RESULTS: There were studied 833 patients, of which 517 in 1992 and 316 in 1997; 72 aged less than five years and 761 aged five years or more. In those aged less than five years in 1992, sensitivity was 40% and specificity 84.6%. For this same age-group in 1997, sensitivity was 28.6% and specificity 62.5%. In patients aged five years or more in 1992, sensitivity was 99% and specificity 1.2%. For this same age-group in 1997, sensitivity was 86.9% and specificity 8.7%. CONCLUSION: The higher sensitivity of the clinical and epidemiological cholera diagnosis criterion in patients aged five years or more found in the study support its application during epidemics periods. In periods of lower incidence, all cases need to be confirmed using laboratory methods.
  • Prenatal care, low birth weight and prematurity in Brazil, 2000 Artigos Originais

    Kilsztajn, Samuel; Rossbach, Anacláudia; Carmo, Manuela Santos Nunes do; Sugahara, Gustavo Toshiaki Lopes

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: São apresentados os dados da evolução histórica da taxa de mortalidade infantil e neonatal por peso ao nascer e duração da gestação, com o objetivo de mostrar sua importância e analisar o papel do número de consultas pré-natais entre outros fatores de risco. MÉTODOS: Com base nos dados de estatísticas vitais da Fundação Seade, foram analisadas quatro variáveis (idade, estado civil, escolaridade da mãe e ordem de nascimento do filho), desdobradas em duas categorias, de acordo com o risco relativo de prevalência de baixo peso e/ou pré-termo. O cruzamento das quatro variáveis e duas categorias resultou em dezesseis grupos específicos. Foram calculados: a prevalência de baixo peso e/ou pré-termo por número de consultas pré-natais e o risco relativo para os dezesseis grupos analisados. RESULTADOS: Com o aumento do número de consultas pré-natais em todos os dezesseis grupos houve redução da prevalência de baixo peso e/ou pré-termo; e a diferença da prevalência de baixo peso e/ou pré-termo entre os dezesseis grupos analisados decresceu de 14% para 4% com o aumento do número de consultas de 0 a 3 para 7 ou mais. CONCLUSÕES: Dada a atual estrutura da mortalidade infantil no Estado de São Paulo, o aumento do número de consultas pré-natais e a elevação da acessibilidade para as categorias de risco permitiriam reduzir a prevalência de retardo do crescimento intra-uterino, prematuridade, número de nascidos vivos com baixo peso e óbitos por afecções do período perinatal.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: The historical evolution of infant mortality rate and neonatal mortality according to birth weight and term of delivery in the state of São Paulo are presented to assess the role of the number of prenatal visits and others factors for determining mortality. METHODS: Based on data available from the Seade Institute of Vital Statistics, four variables (maternal age, marital status, education, and childbirth order) were analyzed and divided into two categories according to the relative risk of low birth weight and/or preterm prevalence. Sixteen specific groups were created from crossing the four variables into two categories. Low birth weight and/or preterm prevalence per number of prenatal visits and the relative risk were calculated for all sixteen groups. RESULTS: For all sixteen groups, the higher the number of prenatal visits the lower the prevalence of low birth weight and/or prematurity. Additionally, there was an overall reduction of the difference of low birth weight and/or preterm prevalence among the 16 groups from 14% to 4% with an increase from 0-3 to 7 visits or more. CONCLUSIONS: Due to the current infant mortality composition in the state of Sao Paulo, increasing the number of prenatal visits and accessibility of women at risk would probably lead to a reduction in intrauterine growth retardation, prematurity, low birth weight and deaths associated to conditions originated in the perinatal period.
  • Prognostic factors for cognitive development of very low birth weight premature children Artigos Originais

    Méio, Maria Dalva Barbosa Baker; Lopes, Claudia S; Morsch, Denise Streit

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Crianças prematuras, de muito baixo peso, podem apresentar alterações em seu desenvolvimento cognitivo. No Brasil, pouco se conhece sobre a evolução dessas crianças na idade pré-escolar. O objetivo do estudo foi descrever o desenvolvimento cognitivo de uma população de recém-nascidos prematuros de muito baixo peso e verificar possíveis fatores prognósticos para desenvolvimento cognitivo anormal. MÉTODOS: Um estudo de coorte foi realizado com uma população de crianças pré-escolares, nascidas prematuras, de muito baixo peso, entre janeiro de 1991 e setembro de 1993. O desenvolvimento cognitivo foi avaliado por meio do teste WPPSI-R (Wechsler Preschool and Primary Intelligence Scales) aplicado por psicólogas, utilizando dois pontos de corte para definição de anormalidade: escores abaixo de 1 e 2, desvios padrões da média (DP). RESULTADOS: Foram avaliadas 79 crianças de quatro a cinco anos de idade. A média do escore total do teste WIPPSI-R foi de 75,6 (±11,9). A incidência de escore total anormal foi de 77,2% e de 32,9% (1DP e 2 DP, respectivamente). Após o ajuste por "tipo de parto", ser pequeno para a idade gestacional (OR=6,19; IC95% 1,60-23,86), ultra-som transfontanela anormal (OR=5,90; IC95% 1,04-9,83) e ser do sexo masculino (OR=3,20; IC 95% 1,32-26,35) foram os fatores que predisseram escore total <70 (2 DP). CONCLUSÃO: Houve maior comprometimento do desenvolvimento cognitivo nas crianças estudadas do que o descrito na literatura. Ser pequeno para idade gestacional, ultra-som transfontanela anormal e sexo masculino foram fatores prognósticos de pior evolução.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: Very low birth weight premature children often show cognitive development abnormalities. There is scarce information about the outcome of these children at preschool age in Brazil.The objective of the study is to describe the cognitive development of a population of premature newborns and to assess possible prognostic factors for abnormalities. METHODS: A cohort study was conducted in a preschool children population whose subjects were very low birth weight premature babies born between January 1991 and September 1993. WPPSI-R Test was used for cognitive evaluation and it was applied by psychologists. Two cut-offs were set to describe abnormality: scores below 1 and 2 standard deviations (SD). RESULTS: Seventy-nine children aged 4 and 5 years were studied. The mean full WIPPSI-R score was 75.6 (±11.9). The incidence of abnormal 1 and 2 SD full score was 77.2% and 32.9%, respectively. After adjusting for the method of delivery, small for gestational age (OR=6.19, 95% CI 1.60-23.86), abnormal cerebral ultrasound exam (OR=5.90, 95% CI 1.04-9.83) and male sex (OR=3.20, 95% CI 1.32-26.35) were predictors of full score <70. CONCLUSIONS: Compared to the literature, these children showed a more severe cognitive development impairment. Small for gestational age, abnormal cerebral ultrasound exam and male sex were prognostic factors for worse outcome.
  • Impact estimates of breastfeeding over infant mortality Artigos Originais

    Escuder, Maria Mercedes Loureiro; Venancio, Sonia Isoyama; Pereira, Julio César Rodrigues

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: A mortalidade infantil no Estado de São Paulo tem mostrado uma redução progressiva nos últimos anos. Atualmente, atinge níveis para além dos quais uma maior redução parece desafiadora. Causas neonatais precoces correspondem a 50% desses óbitos. Entre os óbitos não neonatais precoces, destacam-se a pneumonia e a diarréia como as principais causas. O objetivo da pesquisa é estudar o impacto da amamentação na redução dos óbitos. MÉTODOS: Foram estudados 14 municípios da Grande São Paulo, onde coletaram-se informações relativas à amamentação por entrevistas, em uma amostra por conglomerados em dias nacionais de vacinação (Projeto Amamentação e Municípios). Também foram consultadas informações sobre mortalidade infantil, recolhidas de fontes oficiais, dos anos de 1999 e 2000. Com base em parâmetros da literatura sobre o risco de óbito por infecção respiratória e diarréia para crianças não amamentadas, calculou-se a fração de mortalidade evitável por cada doença. Os valores, aplicados ao número de óbitos registrados em cada município, permitiram o cálculo do impacto da amamentação sobre o Coeficiente de Mortalidade Infantil (CMI). RESULTADOS: A fração de mortalidade evitável por infecção respiratória variou, segundo o município e a faixa etária, entre 33% e 72%. Para diarréia, a variação ficou entre 35% e 86%. A estimativa média de impacto foi de 9,3% no CMI, com variações, segundo o município, entre 3,6% e 13%. CONCLUSÕES: A amamentação no primeiro ano de vida pode ser a estratégia mais exeqüível de redução da mortalidade pós-neonatal para além dos níveis já alcançados em municípios do Estado de São Paulo.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: Infant mortality in the state of São Paulo has decreased in the last years and it seems to be leveling off at a limit beyond which further reductions are challenging. Early neonatal causes account for 50% of these deaths and the remaining are mostly due to pneumonia and diarrhea. This study is to assess the impact of breastfeeding over death reduction. METHODS: Fourteen municipalities of greater São Paulo were studied. Data on breastfeeding was collected through surveys conducted on national immunization campaign days and mortality data was taken from 1999 and 2000 official records. Drawing from literature parameters on risk for death from respiratory infection and diarrhea in non-breastfed infants, fractions of mortality preventable by breastfeeding were calculated. These figures applied to the number of recorded deaths allowed assessing the impact of breastfeeding over mortality for each municipality. RESULTS: Fractions of respiratory infection mortality preventable by breastfeeding varied according to locality and age group between 33% and 72%. As to diarrhea, variation was between 35% and 86%. The impact of breastfeeding over infant mortality was an average reduction of 9.3% with values raging from 3.6% to 13%, depending on the locality considered. CONCLUSIONS: Breastfeeding in the first year of life might be the most feasible strategy to further reduce the current levels of infant mortality in the state of São Paulo.
  • Hepatitis B vaccination among dentists Artigos Originais

    Martins, Andréa Maria Eleutério de Barros Lima; Barreto, Sandhi Maria

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Inquéritos sorológicos realizados em diversos países mostraram uma maior prevalência da infecção pelo vírus da hepatite B (VHB) em dentistas, especialmente entre os cirurgiões, do que na população geral. O estudo realizado objetivou determinar a prevalência e os fatores associados à vacinação contra hepatite B (HB) entre os dentistas e investigar as principais razões alegadas para a não vacinação e vacinação incompleta. MÉTODOS: Foi conduzido um inquérito entre 299 cirurgiões dentistas residentes em Montes Claros, MG, por meio de questionário auto-aplicável. Foi determinada a prevalência de vacinação segundo o número de doses e os fatores associados à não vacinação e à vacinação incompleta através de regressão logística multinomial. RESULTADOS: Dos 299 questionários distribuídos, 296 (99%) foram respondidos. Destes, 74,9% tomaram três doses; 14%, duas doses; 2%, uma dose e 10% não foram vacinados. A vacinação completa foi maior entre os que relataram fazer exclusivamente cirurgia e/ou periodontia (89%). A principal razão alegada para a não vacinação ou vacinação incompleta foi a necessitade de maiores informações. A não vacinação foi mais freqüente entre aqueles com mais de 40 anos (OR=8,62; IC 95%: 1,88-39,41) e os que não se reciclaram nos dois anos prévios ao inquérito (OR=2,72; IC 95%: 1,02-7,22). A vacinação incompleta foi maior entre os que não usam luva no trabalho (OR=2,32; IC 95%: 1,08-4,97). CONCLUSÃO: A falta de informação, possivelmente relacionada a menor reciclagem profissional, parece ser um dos principais fatores limitantes da vacinação.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: Serological studies in several countries have found a higher prevalence of hepatitis B virus (HBV) among dentists when compared to the general population, especially among surgical specialties. The present study was carried out to determine the prevalence of hepatitis B (HB) vaccination and factors associated with no vaccination and incomplete vaccination among dentists. METHODS: A survey was conducted among 299 dentists living in Montes Claros, southeast Brazil, using a self-administered questionnaire. HBV vaccination prevalence was determined according to the number of doses of vaccine and factors associated with no vaccination or incomplete HBV vaccination were investigated using multinomial logistic regression analysis. RESULTS: Participation rate in the study was very high (296/299). Of the participants, 74.9% received three doses of HBV vaccine, 14% two doses, 2% a single dosis and 10% were not vaccinated. Complete vaccination rate was higher among surgeons and periodontists (89%). The main reason reported for not being vaccinated or incomplete vaccination was the need of more information. No vaccination was significantly higher among dentists aged 40 years and over (OR=8.62; 95%CI: 1.88-39.41) and those who did not attend refreshment courses in the last two years prior to the survey (OR=2.72; 95%CI: 1.02-7.22). Incomplete vaccination was positively associated with non-use of gloves during work (OR=2.32; 95%CI: 1.08-4.97). CONCLUSIONS: Lack of information, possibly associated to lower attendance to refreshment courses, seems to be one of the main factors affecting the vaccination rate.
  • Prevalence of diabetes mellitus in women with prior gestational hyperglycemia Artigos Originais

    Silva, Márcia Rocha Gabaldi; Calderon, Iracema de Mattos Paranhos; Gonçalves, Luciana Colnago; Aragon, Flávio Ferrari; Padovani, Carlos Roberto; Pimenta, Walkyria de Paula

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Verificar a freqüência com que ocorria intolerância à glicose (diabetes melito e tolerância à glicose diminuída) em mulheres cuja gestação foi acompanhada e avaliada quanto à tolerância à glicose. MÉTODOS: Num período de até 12 anos da gestação-alvo, de um total de 3.113 gestantes acompanhadas em um serviço de obstetrícia, 551 foram selecionadas por meio de um processo randômico, proporcional à representação dos grupos. Foram avaliadas 529, assim constituídas: 250 normotolerantes à glicose, grupo IA; 120 com hiperglicemia diária, grupo IB; 72 com o teste oral de tolerância à glicose alterado, grupo IIA; e 87 com o teste oral de tolerância à glicose alterado e hiperglicemia diária, grupo IIB. A avaliação constava da medida da glicemia de jejum, que entre 110 e 125 mg/dL, era seguida pelo teste oral de tolerância à glicose. RESULTADOS: A freqüência de ocorrência de diabetes foi 1,6, 16,7, 23,6 e 44,8% nos grupos IA, IB, IIA e IIB, respectivamente (IA <[IB=IIA]<IIB; p<0,05). Tal diferença entre os grupos se manteve nos primeiros quatro biênios. As mulheres do grupo IA diferiram das dos demais grupos em idade, paridade e história familiar de diabetes. CONCLUSÃO: Glicemias (perfil glicêmico) elevadas assim como o teste oral de tolerância à glicose alterado durante a gestação são igualmente eficazes em predizer o futuro desenvolvimento de diabetes materno; quando ambos os testes são alterados, tal prognóstico se agrava significativamente.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To estimate the prevalence of glucose intolerance (diabetes mellitus and impaired glucose tolerance) in women who had their glucose tolerance evaluated and followed up during pregnancy. METHODS: Over the last 12 years since the index pregnancy, from a total of 3,113 pregnant women seen in an obstetrics clinic, 551 were randomly selected and proportionally to the number of women in each group. Of these, 529 could be evaluated and had been classified as follows: 250 in group IA (normal glucose tolerance); 120 in group IB (daily hyperglycemia); 72 in group IIA (abnormal oral glucose tolerance test); and 87 in group IIB (abnormal oral glucose tolerance test and daily hyperglycemia). The evaluation consisted of measuring fasting plasma glucose and when the results ranged between 6.1 and 6.9 mmol/L, patients were submitted to oral glucose tolerance test. RESULTS: Prevalence of diabetes mellitus was: IA, 1.6%; IB, 16.7%; IIA, 23.6%; and IIB, 44.8% (IA < [IB=IIA] <IIB; p<0.05). This difference between the groups remained the same for the eight years. Women in IA group were different from others regarding age, parity, and diabetes family history. CONCLUSION: Hyperglycemia (high plasma glucose levels) and abnormal oral glucose tolerance test during pregnancy are equally effective in predicting the risk for developing maternal diabetes. When both tests are abnormal, this risk is much higher.
  • Suicide mortality: gender and socioeconomic differences Artigos Originais

    Marín-León, Leticia; Barros, Marilisa B A

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Descrever a tendência da mortalidade por suicídio e o perfil sociodemográfico, identificando diferenças de sexo e nível socioeconômico. MÉTODOS: Analisou-se a tendência das taxas brutas de suicídio, em Campinas, SP, no período 1976-2001, segundo o sexo. Para a análise sociodemográfica dos óbitos, no período de 1996-2001, foi utilizado o Banco de Dados de Óbitos de Campinas. Para a análise das diferenças socioeconômicas utilizou-se abordagem ecológica, em que as 42 áreas de abrangência das unidades básicas dos serviços de saúde foram agrupadas em quatro estratos homogêneos. Calcularam-se taxas padronizadas por idade (método direto). RESULTADOS: Comparando a outros países, a mortalidade por suicídio no município foi baixa (<5 ób/100.000 hab). A sobremortalidade masculina foi superior a 2,7 suicídios masculinos para cada suicídio feminino. Em 1980-1985 as maiores taxas foram observadas nos adultos de 55 anos e mais; já em 1997-2001 as taxas são mais elevadas nos adultos de 35-54 anos. Entre os homens, os meios mais utilizados são o enforcamento (36,4%) e as armas de fogo (31,8%). Entre as mulheres predomina o envenenamento (24,2%), seguido pelas armas de fogo e enforcamento (21,2% cada); este último ocorreu predominantemente no domicílio (75,7%); já as mortes por arma de fogo e envenenamento ocorreram em maior proporção em hospitais. Diferentemente dos homicídios, os suicídios não apresentam aumento progressivo das taxas com a diminuição do nível socioeconômico. CONCLUSÕES: As taxas são baixas, oscilando com aumentos e declínios sucessivos, sem tendência continua de crescimento ou redução. Os riscos de morte por suicídio são maiores nos homens e não aumentam com a redução do nível socioeconômico.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To describe suicide mortality trend and sociodemographic patterns identifying gender and socioeconomic differences. METHODS: The trend of crude rates of suicide mortality by sex in the city of Campinas, Brazil, for the period 1976-2001 was assessed. Data from the Mortality Registry were used for sociodemographic analyses in the period 1996-2001. An ecological approach was used to examine socioeconomic differences and the 42 city areas of health care units were classified into 4 homogeneous strata. Rates were age-adjusted using direct method. RESULTS: The city has a low suicide rate (less than 5/100,000) in comparison with other countries. Male excess mortality was over 2.7 male suicides for each female suicide. While in 1980-1985 the older group (55 years and older) had the highest suicide rates, in 1997-2001 the middle-aged adult group (35-54 years old) showed the highest ones. As for suicide methods, men used hanging (36.4%) and firearms (31.8%), while women used poisoning (24.2%) and firearms and hanging (21.2% each). Hangings led to death at home, while firearms or poisoning deaths took place more often in hospitals. Suicide is different from homicide in that there is no rate increase with lower socioeconomic level. CONCLUSIONS: Suicide rates are low with successive increments and decrements without consistent growing or lowering trends. The risk of dying by suicide is higher among men and does not increase with lower socioeconomic condition.
  • Quality of life and well-being of elderly people: an exploratory study in the Portuguese population Artigos Originais

    Sousa, Liliana; Galante, Helena; Figueiredo, Daniela

    Abstract in Portuguese:

    OBJECTIVOS: Caracterizar a qualidade de vida e bem-estar dos idosos do ponto de vista dos próprios. MÉTODOS: Foi caracterizada uma amostra de 1.665 idosos com 75 anos ou mais, residentes em 13 Distritos de Portugal. Destes, 311 sujeitos foram excluídos por incapacidade de expressarem opiniões. O instrumento utilizado na recolha dos dados dos 1.354 sujeitos (81,3%) da amostra foi o EASYcare (Sistema de Avaliação dos Idosos). A análise estatística baseou-se na Análise em Componentes Principais e Análise de Clusters. RESULTADOS: Os estudos estatísticos realizados revelaram que o EASYcare possui boas qualidades psicométricas (a de Cronbach =0,92) e permitiram encontrar quatro factores: actividades de vida diária, bem-estar, mobilidade e comunicação. A análise de clusters identificou quatro grupos em 81,3% da amostra: autónomos (62,8%), quase autónomos (8,5%), quase dependentes (4,3%) e dependentes (3,2%). CONCLUSÕES: A qualidade de vida, para a maioria dos idosos, pode ser considerada bastante positiva, sendo que uma minoria apresentou problemas de diminuição cognitiva grave ou algum grau de dependência.

    Abstract in English:

    OBJECTIVES: To characterize elderly people's perception of quality of life and well-being. METHODS: A sample of 1,665 elderly aged 75 years or more living in 13 districts in Portugal were studied. Of them, 311 subjects were excluded because they were not able to convey their opinions. The EASYcare (Elderly Assessment System) was used to collect data from 1,354 (81.3%) of 1,665 subjects. Statistical analysis was based on principal components analysis and cluster analysis. RESULTS: EASYcare's showed to have good psychometric proprieties (Cronbach a =0.92). The principal component analysis identified 4 factors: mobility, communication competencies, well-being and daily living activities. Cluster analysis showed 4 groups of elderly people: autonomous (62.8%), almost autonomous (8.5%), almost dependent (4.3%) and dependent (3.2%). CONCLUSIONS: Quality of life for most of the elderly is quite positive, and only a small group presents problems related to severe cognitive impairment or some degree of dependence.
  • Test-retest reliability of measures of social network in the "Pró-Saúde" Study Artigos Originais

    Griep, Rosane Harter; Dóra, Chor; Faerstein, Eduardo; Lopes, Cláudia

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar os níveis de confiabilidade teste-reteste de informações relativas à rede social no Estudo Pró-saúde. MÉTODOS: Foi estimada a confiabilidade pelo estudo teste-reteste por meio de questionário multidimensional aplicado a uma coorte de trabalhadores de uma universidade. O mesmo questionário foi preenchido duas vezes por 192 funcionários não efetivos da universidade, com duas semanas de intervalo entre as aplicações. A concordância foi estimada pela estatística Kappa (variáveis categóricas), estatística Kappa ponderado e modelos log-lineares (variáveis ordinais), e coeficiente de correlação intraclasse (variáveis discretas). RESULTADOS: As medidas de concordância situaram-se acima de 0,70 para a maioria das variáveis. Estratificando-se as informações segundo gênero, idade e escolaridade, observou-se que a confiabilidade não apresentou padrão consistente de variabilidade. A aplicação de modelos log-lineares indicou que, para as variáveis ordinais do estudo, o modelo de melhor ajuste foi o de "concordância diagonal mais associação linear por linear". CONCLUSÕES: Os altos níveis de confiabilidade estimados permitem concluir que o processo de aferição dos itens sobre rede social foi adequado para as características investigadas. Estudos de validação em andamento complementarão a avaliação da qualidade dessas informações.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To evaluate test-retest reliability of social network-related information of the" Pró-Saúde" study. METHODS: A test-retest reliability study was conducted using a multidimensional questionnaire applied to a cohort of university employees. The same questionnaire was filled out twice by 192 non-permanent employees with two weeks apart. Agreement was estimated using kappa statistics (categorical variables), weighted kappa statistics, log-linear models (ordinal variables), and intraclass correlation coefficient (discrete variables). RESULTS: Estimates of reliability were higher than 0.70 for most variables. Stratified analyses revealed no consistently varying patterns of reliability according to gender, age or schooling strata. Log-linear modelling showed that, for the study ordinal variables, the model of best fit was "diagonal agreement plus linear by linear association". CONCLUSIONS: The high level of reliability estimated in this study suggests that the process of measurement of social network-related aspects was adequate. Validation studies, which are currently being conducted, will complete the quality assessment of this information.
Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revsp@org.usp.br