Saúde e Sociedade, Volume: 21, Issue: 3, Published: 2012
  • Mental health and the social-judicial field: the "state of the art of debate" with the psychiatric reform Artigos

    Mathes, Priscilla Gomes; Silva, Felipe Basso

    Abstract in Portuguese:

    No presente trabalho, pretende-se traçar uma trajetória do tema da saúde mental no campo sociojudiciário, com o objetivo de tentar visualizar o "estado da arte do debate" da produção acadêmica dessa temática na última década (2001-2011) nas áreas de produção de conhecimento das ciências humanas e sociais aplicadas (CAPES, 2009). Essa problemática aparece como uma questão relevante para ser objeto de pesquisa em decorrência de mudanças ocorridas em diversos espaços da saúde mental a partir do movimento de reforma psiquiátrica ocorrido no Brasil. Este trabalho apresenta um caráter inovador, considerando o ineditismo da construção do "estado da arte" sobre a temática da saúde mental, sendo assim, de caráter eminentemente exploratório. Visando alcançar os objetivos propostos, realizou-se a construção de uma base de dados como instrumento para observar o universo de trabalhos encontrados em torno da temática da saúde mental no campo sociojudiciário, nos principais meios de publicação com acesso virtual. Identificou-se, contudo, que, apesar dos avanços percebidos nas políticas públicas da área da saúde mental neste país, a produção científico-técnica não parece ter acompanhado essas modificações com a mesma intensidade.

    Abstract in English:

    In the present paper we aim to outline the trajectory of the theme of mental health in the social-judicial field, in an attempt to visualize the "state of the art of debate" of the academic production on this theme in the last decade (2001-2011), in the knowledge production areas of the applied human and social sciences (CAPES, 2009). This problem emerges as a relevant issue to be object of research due to changes that have occurred in several mental health spaces after the psychiatric reform movement that took place in Brazil. This paper has an innovative character, in view of the originality of the construction of the "state of the art" on the issue of mental health. Therefore, it has an eminently exploratory character. In order to achieve the proposed objectives, a database was constructed as a tool for analyzing the universe of works that were found about the theme of mental health in the social-judicial field in the main means of publication with virtual access. However, it was identified that, despite the advances perceived in the public policies in the area of mental health in this country, the scientific-technical production does not seem to have accompanied these changes with the same intensity.
  • Dealing with mental illness - the plurality of care systems and of therapeutic itineraries: a comparative analysis of two studies carried out in Portugal Artigos

    Alves, Fátima; Bäckström, Bárbara

    Abstract in Portuguese:

    Vários estudos apontam para a pluralidade dos sistemas de cuidados para lidar com a doença e neles integram o sistema profissional, popular e alternativo (inclui o complementar e o tradicional). Qual a sua configuração particular em cada sistema cultural é a questão norteadora das duas pesquisas efectuadas. O objectivo deste artigo é o de perceber como se lida com a doença mental, analisando os itinerários terapêuticos que se constroem entre sistemas de cuidados plurais, caracterizando em particular o recurso à medicina tradicional. A análise dos dois estudos (um efectuado na região Norte, outro em Lisboa) permitiu-nos interpretar essas práticas e problematizar os factores socioculturais que determinam e explicam as configurações encontradas. Ambas as pesquisas se enquadram numa metodologia qualitativa. Centrámos a pesquisa na análise dos discursos que obtivemos através de entrevistas semidiretivas, descrevendo-os, interpretando-os e comparando-os. Os resultados apontam para uma pluralidade de itinerários terapêuticos, que se tecem em torno de discursos públicos e privados, onde os sistemas explicativos do recurso à medicina ou às práticas tradicionais encontram sentidos, também eles plurais. As pessoas podem recorrer a estes sistemas de formas diversas, usando um só ou combinando mais do que um, de modo simultâneo ou sequencial, conforme o contexto e as necessidades sentidas face à doença ou ao sofrimento mental. É no espaço de impotência e "incompetência" da medicina "sábia" que se desenvolvem outros sistemas terapêuticos, que é necessário conhecer, pelos resultados que alcançam e pelo seu poder heurístico de explicação da sociedade e da cultura.

    Abstract in English:

    Several studies point to the plurality of care systems to deal with illness. They can be organized into professional, popular and alternative systems (the latter includes the complementary and the traditional ones). What the particular setup is in each cultural system is the core question of both the empirical studies we report. The purpose of this article is to understand how lay people deal with mental illness, examining the therapeutic itineraries that are constructed between plural care systems, featuring in particular the use of traditional medicine. The analysis of the two studies (one carried out in the north region and the other in Lisbon) allowed us to interpret these practices and discuss the social and cultural factors that determine and explain the settings that were found. Both researches fit into a qualitative methodology. In-depth, semi-structured interviews were performed and were analyzed using discourse analysis to describe and interpret data. The results point to a plurality of therapeutic itineraries, built around public and private speeches, where the explanatory systems underlying the use of official medicine and/or traditional practices found plural meanings. People may use these systems in several forms, using one or combining more than one, simultaneously or sequentially, depending on the context and on the needs they feel to face both illness and mental suffering. It is in between the space of the impotence and 'incompetence' of the 'wise' medicine that other therapeutic systems develop. It is important to understand those systems because of their achievements and their heuristic power to explain society and culture.
  • The process of recovery in the perspective of persons with schizophrenia spectrum disorders and of psychiatrists working at psychosocial health care services Artigos

    Lopes, Tatiana Scala; Dahl, Catarina Magalhães; Serpa Jr, Octavio Domont de; Leal, Erotildes M.; Campos, Rosana T. Onocko; Diaz, Alberto Giovanello

    Abstract in Portuguese:

    O tema do restabelecimento (recovery) na perspectiva das pessoas portadoras de transtornos mentais graves, no contexto dos serviços comunitários de saúde mental e da transformação da assistência psiquiátrica, ainda carece de estudo, embora cada vez mais investigado. Objetivo: analisar como o processo de restabelecimento (recovery) é percebido por usuários com diagnóstico de transtornos do espectro esquizofrênico e psiquiatras inseridos na rede de atenção psicossocial. Método: pesquisa qualitativa multicêntrica, informada pelo quadro de referência da Análise Fenomenológica Interpretativa, na qual se utilizaram as técnicas de observação participante, entrevistas semiestruturadas e grupos focais para obtenção dos dados. Resultados: a partir do material analisado, identificaram-se as seguintes categorias temáticas: efeitos do adoecimento; contexto de tratamento no Centro de Atenção Psicossocial - CAPS; diagnóstico; possibilidades e expectativas em relação ao futuro/prognóstico; e abertura para a experiência do outro (posição dialógica). Conclusão: existem pontos de convergência e divergência entre as perspectivas de usuários e psiquiatras a respeito do processo de restabelecimento. Mesmo assim, é possível criar contextos em que a experiência dos usuários ilumine o conhecimento técnico/experiência do psiquiatra e vice-versa.

    Abstract in English:

    The theme of recovery in the perspective of person with severe mental illness, within the context of community mental health services and psychiatry care transformations, still lacks studies although it has been increasingly investigated. Objective: To analyze how the recovery process is perceived by users with diagnosis of schizophrenia spectrum disorders and by psychiatrists of the public mental health system. Method: Qualitative multicentric study informed by the theoretical framework of Interpretative Phenomenological Analysis. Participant observation, semistructured interviews and focal groups were used for data collection. Results: Through data analysis the following thematic categories were identified: effects of the illness experience; treatment context at the Psychosocial Care Center; diagnosis; possibilities and expectations related to the future/prognosis; and openness for the experience of others (dialogic position). Conclusion: There are convergence and divergence points between users' and psychiatrists' perspectives about the recovery process. Even so, it is possible to create contexts in which users' experiences illuminate the technical expertise/experience of psychiatrists and vice versa.
  • Territory and community mental health service: conceptions present in the discourses of the actors of the process of Brazilian psychiatric reform Artigos

    Leão, Adriana; Barros, Sônia

    Abstract in Portuguese:

    Uma das proposições dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), serviços substitutivos de assistência à saúde mental de base comunitária e territorial, , é a intervenção no contexto de vida dos usuários, buscando explorar os recursos existentes para a viabilização dos projetos terapêuticos, os quais devem possibilitar transformações concretas no cotidiano. Nesse contexto, foi desenvolvida a pesquisa que tem como referencial metodológico a teoria da vida cotidiana, proposta por Agnes Heller, e as categorias analíticas, território e reabilitação psicossocial. Trata-se de um estudo de caso com a finalidade de identificar e discutir as possibilidades das práticas territoriais na produção de mudanças no cotidiano dos usuários. Nesse artigo, buscamos discutir um dos objetivos delineados no estudo: compreender a representação que a equipe multiprofissional tem sobre "território" e "serviço de saúde mental de base territorial". O campo do estudo constituiu-se em um dos CAPS III da cidade de Campinas/SP e os colaboradores desta pesquisa foram os trabalhadores de saúde mental, os usuários e não usuários do serviço. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas e sessões de grupo focal. Na análise dos dados, sob o enfoque da Análise do Discurso, obteve-se como resultado o reconhecimento de três categorias empíricas, dentre as quais o território. As ações no território é que dão significado para o cotidiano do serviço e nisso reside a importância dessas intervenções, as quais diferenciam um hospital psiquiátrico de um serviço comunitário.

    Abstract in English:

    One of the proposals of the territory- and community-based substitutive services in mental health assistance - the Centros de Atenção Psicossocial (CAPS - Psychosocial Care Centers) - is the intervention in the users' context, exploring existent resources to promote the feasibility of life projects, which in turn should enable concrete transformations in everyday life. The research was developed in this context and its methodological reference is the theory of everyday life proposed by Agnes Heller, and the analytical categories territory and Psychosocial Rehabilitation. It is a case study that intends to identify and discuss the possibilities of territorial practices in producing changes in the users' everyday life. In this article, one of the objectives outlined in the study is discussed: to comprehend the representation that the multiprofessional team has of "territory" and "territory-based mental health service". The field of the study was one of the CAPS III of the city of Campinas (State of São Paulo), and the collaborators of this research were the mental health professionals and the users and nonusers of the service. Data were collected by means of semi-structured interviews and focal group sessions. In the data analysis, under the perspective of Discourse Analysis, the result that was obtained was the recognition of three empirical categories, among them - territory. It is the actions in the territory that give meaning to the everyday life of the service, and in this resides the importance of these interventions, which differentiate a psychiatric hospital from a community service.
  • Therapeutic project at extra-hospital mental health services: a critical reflection on the elaboration and management of services' therapeutic projects Artigos

    Fiorati, Regina Célia; Saeki, Toyoko

    Abstract in Portuguese:

    Com base em uma pesquisa realizada no município de Ribeirão Preto, SP, em serviços extra-hospitalares de saúde mental, que teve como objetivo estudar a organização desses serviços, os projetos terapêuticos e a inserção da reabilitação psicossocial nas ações de saúde disponibilizadas, apresenta-se reflexão teórico-crítica sobre o processo de elaboração dos projetos terapêuticos pelas equipes dos serviços. A pesquisa, que foi desenvolvida em um Ambulatório e em um Centro de Atenção Psicossocial II, foi realizada com base em metodologia qualitativa; como técnicas de coleta de dados, utilizou-se entrevistas semidiretivas e grupos focais, e a análise dos dados apoiou-se em referencial hermenêutico dialético de Jürgen Habermas, seguindo técnica interpretativa reconstrutiva. A análise dos dados mostrou que os profissionais têm apresentado dificuldade na elaboração e gestão dos projetos terapêuticos. Ações de saúde são disponibilizadas sem o referencial concreto de uma proposta norteadora das atividades práticas do serviço. Os projetos terapêuticos são referenciados pelos profissionais como decorrentes das diretrizes provenientes de instâncias gestoras ou das orientações técnicas próprias a cada categoria profissional, mas não como atividade de construção representativa de uma filosofia de trabalho da equipe de saúde. Ao enfocar-se o projeto terapêutico como um tipo de consenso fundado, resultante de ação comunicativa orientada para o entendimento mútuo e intersubjetivo entre membros da equipe do serviço extra-hospitalar de saúde mental, evidencia-se a dificuldade das equipes dos serviços em organizarem-se dialogicamente para a construção coletiva do projeto terapêutico.

    Abstract in English:

    Based on a study conducted in Ribeirão Preto, SP, Brazil in extra-hospital mental health services that addressed the organization of these services, therapeutic projects and the inclusion of psychosocial rehabilitation in health actions available, a theoretical-critical reflection concerning the development process of the therapeutic projects by the services' teams is presented. The qualitative study was conducted in an outpatient clinic and a Psychosocial Care Center. Data were collected through semi-structured interviews and focal groups. Data analysis was based on the hermeneutic dialectic philosophy of Jürgen Habermas according to the techniques of reconstruction and interpretation. Data analysis revealed that professionals have difficulty developing and managing therapeutic projects. Health actions are made available without being concretely supported by a proposal guiding the service's practical activities. The therapeutic projects are referred by professionals as the result of guidelines provided by management levels or technical orientations inherent to each profession but not as an activity that represents a philosophy of work of the health team. When the therapeutic project is focused on as a type of consensus that results from a communicative action directed to a mutual and intersubjective understanding among the members of the mental health extra-hospital team, the difficulties of the services' team dialogically organizing themselves to collectively construct the therapeutic project is evidenced.
  • The interlocution of mental health with primary care in the city of Vitoria - ES Artigos

    Rodrigues, Euzilene da Silva; Moreira, Maria Inês Badaró

    Abstract in Portuguese:

    Para contribuição ao avanço da Reforma Psiquiátrica Brasileira, uma das estratégias que vêm sendo direcionadas pelas políticas públicas é a proposição da articulação entre os serviços de atenção básica e os de saúde mental. Atualmente, a aproximação desses serviços no município de Vitória, no Espírito Santo, tem ocorrido principalmente por meio do apoio matricial. Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa que teve como objetivo analisar essa interlocução em curso neste município. Partiu-se do pressuposto de que as conquistas dessa aproximação podem inferir positivamente na vida da comunidade e trazer benefícios tanto para a prática dos profissionais quanto para os usuários. Trata-se de estudo de abordagem qualitativa, realizado a partir de entrevistas semiestruturadas com 14 profissionais de diversas categorias da área de saúde inseridos em um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) e em uma Unidade de Saúde da Família (USF). Os resultados mostraram que a referida interlocução ocorre de forma diferente no território, com aproximações importantes, mas com grandes desafios. Entretanto, as ricas possibilidades já podem ser percebidas com indicações de que é preciso investir e acreditar na potencialidade da constituição de uma rede substitutiva entre os CAPS e a atenção básica, como forma de garantir a integralidade aos usuários com transtorno mental. Essa articulação começou a se delinear no município de Vitória-ES, com a sistematização do apoio matricial. A aposta nessa aproximação tem significado desinstitucionalizar e, assim, transformar a produção do cuidado no território.

    Abstract in English:

    Abstract: So as to contribute to the advancement of the Psychiatric Reform in Brazil, one of the strategies that have been directed by public policies is the proposition of the articulation between primary care services and mental health services. The dialog between these services in the city of Vitoria (Southeastern Brazil) has currently been enabled mainly by Matrix Support. This paper presents the results of a research endeavor aimed at analyzing this ongoing interlocution in the aforementioned city. It was assumed in the study that the achievements of this dialog can positively impact community life and benefit both the professionals' practice and users. This is a qualitative study and data were collected through semi-structured interviews carried out with fourteen health professionals of various categories who worked at a Centro de Atenção Psicossocial (CAPS - Psychosocial Care Center) and at a Family Health Unit. Results show that the so-called interlocution takes different forms in the territory, with important dialogs but also great challenges. However, rich possibilities can be envisioned and perceived as indications that we must believe and make investments in the potentiality of the constitution of a substitutive net between the CAPS and primary care services as a way of guaranteeing integrality to users with mental disorders. This articulation was first outlined in Vitoria with the systematization of Matrix Support. The belief in this dialog has brought with it de-institutionalization and the transformation of the production of care in the territory.
  • Survey on drug use and vulnerabilities among students from public schools participating in the school health program / health and prevention in schools in the city of Florianópolis Artigos

    Giacomozzi, Andréia Isabel; Itokasu, Maria Cristina; Luzardo, Adriana Remião; Figueiredo, Camila Detoni Sá de; Vieira, Mariana

    Abstract in Portuguese:

    Esta pesquisa investigou o uso de álcool e outras drogas e as vulnerabilidades relacionadas de estudantes de nove escolas públicas participantes do Programa Saúde do Escolar/Saúde e Prevenção nas Escolas no município de Florianópolis. Participaram 789 alunos entre o sétimo ano do Ensino Fundamental e o terceiro ano do Ensino Médio. O álcool foi utilizado por 30,1% dos participantes, o tabaco por 20,1%, a maconha por 7%, a cocaína por 1,3% e o crack por 0,6%. Os estudantes que utilizam álcool e outras drogas mataram mais aulas, participaram mais de brigas, são sexualmente mais ativos e declararam que se arriscaram mais frente ao HIV/Aids. Observou-se a importância da família tanto como fator de influência nos comportamentos do uso de álcool e outras drogas, como de proteção frente a este uso.

    Abstract in English:

    This research investigated the use of alcohol and other drugs and related vulnerabilities among students from nine public schools participating in Projeto Saúde e Prevenção na Escola (SPE -Health and Prevention at School Project) and in Programa Saúde na Escola (PSE -Health at School Program) in the city of Florianópolis (Southern Brazil). The sample comprises 789 students ranging from the 7th grade (Elementary School) to the 3rd grade (High School). Main results: Tobacco was used by 20.1% of the students, 7% reported marijuana use, 1.3% used cocaine and 0.6% used crack at least once. Alcohol was the most frequently used drug: 30.1% of all students reported binge drinking. Students who make use of alcohol and other drugs are in a vulnerable situation: they skip more classes, get involved in fights more often, are sexually more active and admittedly take risks regarding HIV infection. Family influence is relevant, both protecting from drug use and leading to practices.
  • Assistance and care provided for teenage pregnancies in the family, in public policies and in the society: a literature review Artigos

    Pariz, Juliane; Mengarda, Celito Francisco; Frizzo, Giana Bitencourt

    Abstract in Portuguese:

    O presente trabalho pretendeu analisar a questão da gravidez na adolescência, observando o modo como família, política e sociedade têm cuidado dessas jovens. Para tanto, foi realizada uma revisão sistemática da literatura científica nacional com acesso livre nas principais bases de dados entre os anos de 1998 a 2008. Os resultados apontaram dificuldades de comunicação entre cada uma das três esferas estudadas e as adolescentes, fato que vem acarretando um déficit na orientação dos adolescentes que não têm encontrado, na família, na sociedade ou nas políticas públicas a clareza necessária para fazer escolhas mais conscientes e assertivas. Além disso, muitos estudos têm sugerido estratégias de enfrentamento em relação a engravidar durante a adolescência, mas esses achados não têm sido traduzidos em ações ou projetos. Percebe-se que, tanto a adolescência quanto a gravidez nessa etapa da vida, ainda ocupam um lugar confuso na família, política e sociedade e pode-se dizer que, no Brasil, também não está claro o papel de cada uma dessas esferas para atender e cuidar dessa população.

    Abstract in English:

    The present article intends to analyze teenage pregnancies observing the ways in which families, policies and society have been taking care of these young women. To achieve this, a systematic review of the national scientific literature was carried out, and the main databases were accessed between the years of 1998 and 2008. The results showed that communication was difficult between each of the three studied spheres and the adolescents, a fact that has produced a deficit in the orientation of these young women, who have not been finding in their family, in society or in public policies, the clarity they need in order to make conscientious and assertive choices. Furthermore, many studies have suggested coping strategies to face difficulties related to teenage pregnancies, although few of the findings have been applied to real actions or projects. It is clear that adolescence, as well as pregnancies during this period, still occupy a confusing position concerning families, policies and society. Particularly in Brazil, the role that each of these spheres play when it comes to taking care of and assisting this population is not clear.
  • Community health agents and care provided for youths' sexual and reproductive health in the family health strategy Artigos

    Bellenzani, Renata; Santos, Alessandro de Oliveira dos; Paiva, Vera

    Abstract in Portuguese:

    As DST/HIV e a gestação não-planejada entre jovens têm exigido o incremento da atenção em saúde sexual e reprodutiva, desafiando a formação profissional tradicional, os processos de trabalho e gestão na atenção primária. Este estudo etnográfico (observação e entrevistas) foi realizado em duas unidades básicas de município turístico do Estado do Rio de Janeiro, focalizando o trabalho das agentes comunitárias de saúde. As agentes abordavam a sexualidade jovem, principalmente das garotas; orientavam o fluxo de ações e influenciavam as estratégias de prevenção e cuidado, enfatizando "gravidez precoce" e "promiscuidade sexual". A saúde de jovens não era considerada integralmente, embora o trabalho das agentes constituísse uma tecnologia de processo com grande potencial na atenção à saúde sexual de jovens. A juventude se beneficia da atuação dessas profissionais, que podem ter seu saber prático mais valorizado. Sugere-se a formação em abordagens baseadas nos direitos humanos e na construção social da sexualidade.

    Abstract in English:

    Unwanted pregnancies and STD/AIDS among young girls and boys have demanded the enhancement of reproductive and sexual health care, challenging the traditional professional education, the working processes and the management of primary care. METHODS: Ethnographic study (observation and interviews) conducted in two primary health care units of a touristic city in the State of Rio de Janeiro, focusing on the work of the Community Health Agents. RESULTS: The Agents did approach youth sexuality, mainly the girls'; they guided the actions flow and influenced the prevention and care strategies , emphasizing "early pregnancies" and "sexual promiscuity". Young people's health was not approached comprehensively, although the Agents' work constitutes a process technology with great potential for youths' sexual health care. CONCLUSION: Young people benefit from the Agents' professional practices; the Agents' practical wisdom should be valued and their education should include human rights and social construction approaches to health and sexuality.
  • Suicide thoughts and attempts of suicide in adolescents with hetero and homoerotic sexual practices Artigos

    Teixeira-Filho, Fernando Silva; Rondini, Carina Alexandra

    Abstract in Portuguese:

    Esta pesquisa, que teve como população-alvo adolescentes com idade entre 12 e 20 anos, residentes em três municípios do interior Paulista, buscou conhecer as associações entre orientação sexual e ideações e tentativas de suicídio. Corroborando com as pesquisas internacionais, evidenciou-se que os não heterossexuais têm mais chances de pensarem e tentarem suicídio, comparativamente aos heterossexuais. Todavia, encontrou-se que, dentre o grupo de adolescentes que se assumiram não heterossexuais, os que estão mais vulneráveis são aqueles que se autodefiniram bissexuais e "outros", os quais constituem o grupo de pessoas menos assumidas, dentre os não heterossexuais. Do mesmo modo, constatou-se que os respondentes apresentam diversas opiniões e valores homofóbicos, sexistas e heterocentrados, o que revela ser o espaço escolar, onde se encontram esses jovens não heterossexuais, bastante carregado de posicionamentos discursivos discriminatórios. Conclui-se que a questão do suicídio é uma problemática de saúde pública e que a população de jovens não heterossexuais necessita de abordagens específicas para a prevenção e de atenção relativas a essa conduta.

    Abstract in English:

    This survey, which had as the target population adolescents aged between 12 and 20 years living in three municipalities in São Paulo, sought to investigate the associations between sexual orientation and ideation and suicide attempts. Confirming international research findings, it is showed that non-heterosexuals are more likely to attempt and think about suicide, compared to heterosexuals. However, we found that among the group of teenagers who assumed to be non-heterosexuals, the most vulnerable are those who define themselves as bisexual and "other", which constitute the group of people less assumed, among non-heterosexuals. Similarly, it was found that the respondents have different homophobic, sexist and heterocentric opinions and values, which turn out to be the school environment, where these young non-heterosexual study, loaded with enough discriminatory discursive positions. We conclude that the issue of suicide is a public health problem and that the population of young non-heterosexual needs specific approaches for prevention and care in respect to this conduct.
  • Self-organisation and psychotherapy Artigos

    Pena, Liliana; Oliveira, Clara Costa

    Abstract in Portuguese:

    Neste artigo, resultado de uma pesquisa de tipo qualitativo, hermenêutico e documental, procuramos mostrar como as Ciências Cognitivas, desde a sua constituição, têm contribuído para a compreensão do ser humano. Fazemos referência às visões mais racionalistas da mente, que a entendem semelhante a um sistema computacional, até à visão menos (não) racionalista que lhe confere valor cognitivo, envolta em emoções e afetos, que numa visão mais construtivista - ou pós-racionalista - se diria que traduz significados, traduz uma vivência ou uma história narrativa (e) pessoal. Assim, apresentamos o modelo de terapia cognitiva pós-racionalista de Vittorio Guidano, refletindo sobre os fundamentos epistemológicos do Movimento da Auto-organização (MAO), nos quais ele se fundamenta. Descrevemos sumariamente os alicerces epistemológicos do MAO, os quais garantem a este modelo uma dimensão holista e explicativa do processo de construção da identidade humana, que pode ser descrita como processo de conhecimento, capaz de vivenciar e ao mesmo tempo perceber e avaliar a sua própria experiência (autoconsciência). O ser humano age na intersubjetividade, num mundo pluralista, com os seus congéneres, partilhando experiências e interpretando ações (complexificando-se através desses acoplamentos). Pretendemos, também, ilustrar que a matriz de funcionamento interno de cada ser humano, a qual lhe permite ordenar essa múltipla e facetada realidade, assim como formar/construir/ordenar significados pessoais, é o vínculo emotivo-afetivo.

    Abstract in English:

    In this paper, which is the result of a qualitative, hermeneutical and documental research, we intend to show how the Cognitive Sciences, since their beginning, have contributed to the understanding of human beings. We refer to the rationalistic understanding of the mind (the mind is like a computer system), and also to the non-rationalistic understanding, which attributes to the mind a cognitive value, immersed in emotions and affections. In addition, according to a constructivist or post-rationalistic understanding, the mind translates meanings, an experience or a personal narrative story. Thus, we present the model of post-rationalistic cognitive therapy of Vittorio Guidano, reflecting on the epistemological foundations of the Self-Organization Movement, on which it is based. We describe briefly the epistemological principles of the Self-Organization Movement, which give to this model a holistic and explanatory dimension of the process of construction of human identity. This identity can be described as the human beings' process of self-knowledge, as we are capable of experiencing and at the same time perceiving and evaluating, our own experiences (self-consciousness). The human being acts on intersubjectivity, in a pluralistic world with his peers, sharing experiences and interpreting actions. We also want to illustrate that the matrix of inner functioning of every human being, which allows us to sort this multi-faceted reality in a single personal order, is the emotional bond.
  • Repercussions of care in the life of family caregivers of elderlies with Alzheimer's disease Artigos

    Oliveira, Ana Paula Pessoa de; Caldana, Regina Helena Lima

    Abstract in Portuguese:

    Nos últimos anos tem aumentado progressivamente o número de famílias que se tem confrontado com a situação de cuidar de familiares idosos em condição de dependência, principalmente quando esta é provocada em virtude da Doença de Alzheimer (DA). O objetivo deste estudo é o de investigar as repercussões do cuidado na vida do cuidador familiar de idoso com demência de Alzheimer. Através da epistemologia qualitativa utilizou-se a técnica da entrevista na modalidade de história de vida temática aplicada a vinte cuidadores de idosos cadastrados na Associação Brasileira de Alzheimer do estado do Amazonas (ABRAZ-AM). Os resultados mostraram que as renúncias aparecem nos depoimentos dos familiares como uma repercussão significativa do cuidado. A privação social em função do cuidado é uma realidade presente na vida dos cuidadores deste estudo. A raiva, a impaciência, o medo, a solidão e a vergonha são sentimentos vivenciados pelos cuidadores em seu cotidiano, que se alternam com sentimentos de satisfação, felicidade, compaixão e de retribuição. É importante salientar que neste estudo, a situação de cuidado vivenciada pelos cuidadores é permeada por sentimentos que se contrapõem, em determinados momentos se configurando como desagradáveis e em outros momentos como agradáveis. Sendo assim, percebe-se que é possível e relevante os profissionais da saúde identificarem esses aspectos favorecedores de prazer na relação de cuidado, buscando exaltá-los perante os outros. Dessa forma, a possibilidade de enfrentar da melhor forma os percalços deve ser considerada uma realidade eminentemente presente no cotidiano de cuidado.

    Abstract in English:

    In recent years there has been a progressive increase in the number of families confronted with the situation of caring for elderly relatives in a dependent condition, principally as a result of Alzheimer's disease. The objective of the present study was to investigate the repercussions of such care in the life of family caregivers of elderly relatives with Alzheimer's disease. By means of qualitative epistemology, the interview technique was used in the thematic life history modality, and applied to 20 caregivers of elderly individuals enrolled in the Brazilian Association of Alzheimer's Disease in the State of Amazonas, Northern Brazil. The results showed that renouncements emerge in the caregivers' testimonies as a significant repercussion of care. Social deprivation is a reality that is present in the lives of all the caregivers who took part in this study. Anger, impatience, fear, loneliness and shame are feelings experienced by the caregivers in their everyday lives, intermingling with feelings of satisfaction, happiness, compassion and retribution. It is important to highlight that in the present study the care situation lived by the caregivers was permeated by opposing feelings, being considered unpleasant in certain moments and pleasant in others. Thus, it is perceived that it is possible and relevant for the health professionals to identify the pleasure-promoting aspects in the care relationship, praising them before the others. Therefore, the possibility of facing the mishaps in the best possible way should be considered as an eminently present reality in the daily routine of care.
  • What do professionals have to say about the demand and humanization of health services Artigos

    Junges, José Roque; Barbiani, Rosangela; Fernandes, Raquel Brondisia Panizzi; Prudente, Jessica; Schaefer, Rafaela; Kolling, Vanessa

    Abstract in Portuguese:

    A humanização dos serviços da atenção primária à saúde depende, em grande parte, da resolução das necessidades em saúde e da conseqüente organização da demanda. OBJETIVO: O artigo objetiva conhecer as implicações da demanda sobre a humanização das práticas de atenção primária. METODOLOGIA: Trata-se de uma pesquisa exploratória com abordagem qualitativa. O universo empírico da pesquisa foi composto por 10 trabalhadores de uma Unidade Básica de Saúde: 1 gestora, 1 médica, 1 dentista, 2 enfermeiros, 3 técnicos em enfermagem, 1 atendente da portaria e 1 encarregado do almoxarifado. A coleta de dados aconteceu em 8 reuniões de discussão focal sobre temas como política de humanização, direito à saúde, integralidade, acolhimento, subjetividade em saúde, processos de trabalho. As discussões foram gravadas e transcritas. Os dados foram trabalhados pela análise do discurso. RESULTADOS: Como resultados, apareceram três repertórios lingüísticos ligados à demanda: compreensão das necessidades em saúde; entendimento do acolhimento como triagem e aplicação de protocolo; influência do modelo biomédico na organização dos serviços. A excessiva demanda e a falta de resolubilidade estão ligadas a uma compreensão das necessidades de saúde como o simples acesso à tecnologia, e do acolhimento apenas como triagem de sintomas. Os profissionais da enfermagem reportam como uma causa da excessiva demanda o fato de que os usuários sempre querem ser atendidos pelo médico, o que pode ser explicado pela cultura da atenção criada pelo modelo biomédico no qual eles próprios se encontram quando entendem as necessidades e o acolhimento na perspectiva biomédica.

    Abstract in English:

    Humanization of Primary Health Care Services depends mostly on the resolution of the health needs and on the consequen organization of demand. OBJECTIVE: The article searches to know the implications of demand to the humanization of Primary Health Care practices. METHODOLOGY: It is an exploratory research with qualitative approach. The empirical universe was formed by 10 professionals: 1 manager; 1 physician; 1 dentist; 2 nurses, 3 nursing technicians; 1 reception attendant; 1 stockroom commissioner. Data were collected through 8 meetings in which discussion focused on themes such as humanization policy, right to health, integrality, users' reception, subjectivity in health, work processes. The discussions have been recorded and a transcription was made. Analysis of data was done through discourse analysis. RESULTS: As results, three linguistic repertories were found linked with the demand: the understanding of health needs; the understanding of users' reception as screening and application of protocols; the influence of the biomedical model in the organization of the services. The excessive demand and the lack of resolution are linked to the understanding of heath needs simply as access to technology, and of users' reception simply as screening of symptoms. Nurses claim that excessive demand is due to users always wanting to be seen by a physician, which can be explained by the health care culture created by the biomedical model which is also adopted by professionals when they understand health needs and the users' reception in the biomedical perspective.
  • Living the terminal state of a family member: salutogenic interpretation of the results of a case study Artigos

    Oliveira, Clara Costa; Costa, Ana Lúcia

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste artigo é interpretar dados obtidos num estudo de caso de tipo fenomenológico, que pesquisou o sofrimento de dezesseis cuidadores principais (familiares) de doentes em estado terminal, hospitalizados. Os dados desse estudo são aqui interpretados à luz do pré-paradigma salutogénico de A. Antonovsky, que promove a saúde, e não a doença, cumprindo finalidades proclamadas pela OMS, nomeadamente em Ottawa. A metodologia utilizada foi qualitativa, com recurso a interpretação hermenêutica, em conjugação com análise de conteúdo (baseada nas categorias mais importantes da conceptualização salutogénica). Os resultados obtidos revelam que todos os familiares identificaram e utilizaram vários Recursos Gerais de Resistência (GRR), passíveis de serem compreendidos à luz das três metacategorias: "compreensibilidade", "gerenciamento" e "significação". Verificou-se também que a utilização/criação dos GRR tem implícita a existência de sentidos de coerência fortes, por parte dos entrevistados, tal como enunciado por Antonovsky. Os resultados possibilitam compreender que existem áreas de formação de profissionais de saúde que podem ser estimuladas em situações similares à estudada. Algumas dessas áreas são a comunicação e a gestão emocional. Os resultados apontam também para a necessidade de investimento em ações de educação para a saúde que promovam o empoderamento psicológico e comunitário dos indivíduos e dos grupos, em geral.

    Abstract in English:

    The aim of this paper is to interpret data obtained in a phenomenological case study that researched the suffering of sixteen main caregivers (family members) of terminally ill hospitalized patients. The data of that study are interpreted here in light of A. Antonovsky's salutogenic pre-paradigm, which promotes health, not disease, fulfilling the objectives proclaimed by WHO, particularly in Ottawa. The methodology that was used was qualitative with hermeneutic interpretation, combined with content analysis (based on the most important categories of the salutogenic conceptualization). The results show that all the family members identified and utilized various General Resistance Resources (GRR), which can be understood in light of three metacategories: 'comprehensibility', 'manageability' and 'meaningfulness'. It was also found that the use/creation of the GRR implies the existence of strong senses of coherence on the part of the respondents, as stated by Antonovsky. The results allow us to understand that there are areas of health professionals' training that can be stimulated in situations similar to the studied one, such as communication and emotional management, among others. They also point to the need for investment in health education activities, promoting psychological and community empowerment.
  • Cross cultural adaptation: Multidimensional Orientation Toward Dying and Death Inventory (MODDI-F) to the Brazilian reality Artigos

    Olivas, Marcos Antônio de; Silva, José Vitor da; Santos, Franklin Santana

    Abstract in Portuguese:

    Muitos são os estudos realizados sobre a morte, entretanto, não existem na realidade brasileira instrumentos disponíveis sobre esse fenômeno. Este estudo teve como objetivo realizar a adaptação transcultural do Multidimensional Orientation Toward Dying and Death Inventory (MODDI-F) - Inventário de Orientação Multidimensional em Relação ao Morrer e à Morte (IMMOR); originalmente elaborado na Alemanha e traduzido para o inglês, está constituído por 47 itens divididos em oito domínios. Essa escala avalia as reações e atitudes das pessoas em relação ao medo da morte e do morrer. Para se adquirir a primeira versão, foi realizada a sua tradução para a língua portuguesa, separadamente, por três peritos em inglês. A primeira versão foi submetida ao corpo de cinco juízes para a "Avaliação das Equivalências Semântica e Idiomática" da qual se obteve a segunda versão, que foi submetida ao segundo grupo de cinco juízes para avaliação conceitual e cultural (3ª versão). A seguir desenvolveu-se o Grupo Focal, no qual o IMMOR foi analisado por representantes da comunidade, de ambos os gêneros, diferentes faixas etárias e graus de escolaridade, estabelecendo-se a quarta versão, que foi submetida à back-translation e enviada ao autor. Após os ajustes sugeridos por ele, alcançou-se a versão final. De acordo com as etapas metodológicas desenvolvidas, considera-se o presente instrumento adaptado à cultura brasileira.

    Abstract in English:

    Many studies have been conducted about death; however, there are no instruments available in Brazil to evaluate this phenomenon. The purpose of this study was to perform the cross-cultural adaptation of the Multidimensional Orientation Toward Dying and Death Inventory (MODDI-F), originally designed in Germany and translated into English, constituted by 47 items divided in eight domains. This scale evaluates people's reactions and attitudes in relation to fear of death and dying. To produce the first version, it was translated into Portuguese, separately, by three experts in English. The first version was submitted to five judges for the "Semantic and Idiomatic Equivalences Evaluation", which produced the second version. The second version was submitted to the second group of five judges for a conceptual and cultural evaluation (third version). Then the Focal Group was developed, in which the instrument, which was called IMMOR in Portuguese, was analyzed by community representatives, of both sexes, different ages and levels of schooling, establishing the fourth version, which was submitted to a back-translation and sent to the author. After the implementation of the changes he suggested, we reached the final version. According to the methodological steps that were developed, it is possible to state that the present instrument is adapted to the Brazilian culture.
  • In the struggles with death, doctors are not alone Artigos

    Falcão, Eliane Brígida Morais

    Abstract in Portuguese:

    Diferentes pesquisas já identificaram dificuldades, entre médicos, de lidar com o morrer humano, mas tais dificuldades estariam associadas a formas mais amplas e coletivas de lidar com o tema. O presente estudo buscou explorar tal perspectiva investigando grupos fora do âmbito dos profissionais da saúde. Dois grupos, cariocas e mineiros, foram entrevistados sobre suas visões e atitudes em relação ao tema morte. Todos na faixa etária 50-60 anos, com nível superior de escolaridade e padrão socioeconômico e cultural semelhantes e sem atuação em áreas relacionadas à saúde. A pesquisa foi de natureza exploratória e a metodologia de análise foi a do discurso do sujeito coletivo - (DSC) que se baseia na teoria da representação social. Os resultados sugeriram diferenças locais e de gênero. Os mineiros incluíram laços familiares e de amizade como elementos da qualidade de vida. Entre as mulheres (cariocas e mineiras) houve referências frequentes a elementos familiares como pai, mãe, avó e tia. No conjunto, cariocas e mineiros expressaram um padrão geral: preferem não pensar na morte, escolhem pensar na qualidade de vida para envelhecer bem. Ainda que o falar sobre a velhice traga relevantes reflexões, a dificuldade do falar sobre a morte revelou-se também nesse deslocamento. Se os médicos se veem hoje tateando caminhos para lidar com os limites da biomedicina, também os investigados encontram-se envolvidos com o uso de tais recursos no enfrentamento da morte. Uns e outros estão às voltas com as angústias que o tema favorece.

    Abstract in English:

    Different works have identified doctors' difficulty in dealing with human death, but such difficulties would be associated with broader and more collective forms of handling this theme. This research aimed at exploring this perspective and investigated professionals who were not in the health area. Two groups, from the Brazilian States of Rio de Janeiro and Minas Gerais, were interviewed on their views and attitudes concerning the theme. All the interviewees were aged between 50 and 60 years, had similar socioeconomic, cultural and educational background (university degree) and none of them had worked in the health field. The research had an exploratory nature and used the Collective Subject Discourse - CSD, which is based on the theory of social representation, for the methodological analysis. The results indicated both local and gender differences. The group from Minas Gerais included family and friendship ties as elements of quality of life. Among women (from both States) there were frequent references to family elements such as father, mother, grandmother and aunt. On the whole, both groups expressed a general pattern: they prefer not to think about death, and they would rather think about quality of life in order to age well. Even though talking about aging brings in relevant reflections, the difficulty in talking about death was also revealed in this displacement. Both doctors and the investigated professionals are facing the anguish that is favored by the theme.
  • The construction of the healthy "Habitat-Action" through a theoretical-methodological framework from the field of the semiotics of the built environment Artigos

    Cohen, Simone Cynamon; Barcelos, Mara Rejane Barroso

    Abstract in Portuguese:

    O artigo apresenta o processo de como se dá a qualidade do ambiente construído e as inter-relações com o seu entorno. Inicia-se com a reflexão sobre o campo da promoção da saúde, habitação saudável e conceitos correlatos. Em seguida, são introduzidas questões fundamentais para o desenvolvimento de propostas sociais de habitats saudáveis. Um caminho possível de aprofundamento teórico-metodológico desse campo dá-se por meio da Semiologia do Ambiente Construído, como ferramenta para a análise dos aspectos da habitabilidade. Aspectos fundamentais para construção de espacialidades saudáveis. Construção que se torna possível por meio da elaboração de políticas públicas saudáveis e da utilização de uma linguagem analítica para o ambiente construído. Ambas importantes no processo de desenvolvimento local, integrado e sustentável, adicionadas e incorporadas ao conceito e à prática metodológica da habitação saudável, campo intersetorial da promoção da saúde, habitação e meio ambiente.

    Abstract in English:

    This article approaches how the quality of the built environment and the interrelationships to its surroundings occur. It begins with a reflection on the field of health promotion, healthy housing and related concepts. Then it introduces the key issues concerning the development of social proposals for healthy habitats. One possible way of furthering the theoretical and methodological framework in this field is by using the Semiotics of the Built Environment as a tool to examine aspects of habitability. Fundamental aspects for building healthy spatialities. A construction that is made possible through the development of healthy public policies and through the use of an analytic language for the built environment. Both are important in the local, integrated and sustainable process of development, added and incorporated into the concept and methodological practice of healthy housing, which is an intersectoral field of health promotion, housing and environment.
  • Economic cost of air pollution in Cubatão - SP based on health expenses related to diseases of the respiratory and circulatory systems Artigos

    Tayra, Flávio; Ribeiro, Helena; Nardocci, Adelaide de Cássia

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo básico do trabalho foi avaliar os custos econômicos relacionados às doenças dos aparelhos respiratório e circulatório no município de Cubatão (SP). Para tanto, foram utilizados dados de internação e dias de trabalho perdidos com a internação (na faixa dos 14 aos 70 anos de idade), na base de dados do Sistema Único de Saúde (SUS). Resultados: A partir dos dados levantados, calculou-se o valor total de R$ 22,1 milhões gastos no período de 2000 a 2009 devido às doenças dos aparelhos circulatório e respiratório. Parte desses gastos pode estar diretamente relacionada à emissão de poluentes atmosféricos no município. Para se estimar os custos da poluição foram levantados dados de outros dois municípios da Região da Baixada Santista (Guarujá e Peruíbe), com menor atividade industrial em comparação a Cubatão. Verificou-se que, em ambos, as médias de gastos per capita em relação às duas doenças são menores do que em Cubatão, mas que essa diferença vem diminuindo sensivelmente nos últimos anos.

    Abstract in English:

    The aim of this research was to evaluate economic costs of respiratory and circulatory diseases in the municipality of Cubatão, in the state of São Paulo, Brazil. Data on hospital admissions and on missed working days due to hospitalization (for age group 14 to 70 years old) from the database of Sistema Único de Saúde (SUS - Brazilian National Health System) were used. Results: Based on these data, it was calculated that R$ 22.1 million were spent in the period 2000 to 2009 due to diseases of the respiratory and circulatory systems. Part of these expenses can be directly related to the emission of atmospheric pollutants in the city. In order to estimate the costs related to air pollution, data on Cubatão were compared to data from two other municipalities that are also located at the coast side (Guarujá and Peruíbe), but which have little industrial activity in comparison to Cubatão. It was verified that, in both, average per capita costs were lower when compared to Cubatão, but that this difference has been decreasing in recent years.
  • The environmental theme in representations and practices of family health professionals in the municipality of Manaus - state of Amazonas /Brazil Artigos

    Mendonça, Raimunda das Chagas; Giatti, Leandro Luiz; Toledo, Renata Ferraz de

    Abstract in Portuguese:

    Evidências científicas mostram que mudanças ambientais antrópicas aumentam riscos de exposição a diversas doenças. Na Estratégia Saúde da Família - ESF, tarefas com claro enfoque ambiental são prescritas indicando às equipes de profissionais que considerem esses aspectos em suas intervenções. O objetivo desta pesquisa foi conhecer representações e práticas de profissionais de Saúde da Família de Manaus (AM) sobre a questão ambiental e sua interface com a saúde pública. Os dados foram coletados por meio de observação participante e entrevistas semiestruturadas, e a análise qualitativa destes deu-se pela Análise de Conteúdo e Triangulação de Métodos. Resultados da pesquisa revelaram que a maioria dos profissionais não compreende o ambiente de forma sistêmica, mesmo tendo declarado que os fatores ambientais têm grande influência sobre a saúde humana; enquanto intervenções, as práticas educativas seguem metodologias tradicionais e são centradas na culpabilização do indivíduo e na simples transmissão de conhecimentos pontuais; o relacionamento dos profissionais com a comunidade resume-se ao atendimento individual e/ou coletivo. Concluiu-se que, para a ESF contribuir para o reordenamento do sistema, é fundamental o redirecionamento desse novo modelo de política de saúde para efetivar-se como prática social e ambiental.

    Abstract in English:

    There are abundant scientific evidences showing that the increased risk of exposure to diseases is a consequence of anthropogenic environmental changes. In the Family Health Strategy, tasks with a clear environmental focus are prescribed, indicating to the professional teams that they should consider these aspects in their health practices. The objective of this research was to study representations and practices of Family Health Professionals of Manaus - State of Amazonas, Northern Brazil - about environmental issues and their interface with public health. Data were collected by means of participant observation and semi-structured interviews, and the qualitative analysis was carried out through Content Analysis and Methodological Triangulation. The results showed that most professionals do not understand the environment in a systemic way, even though they recognize the great impact that environmental factors have on human health; as interventions, the educational practices follow traditional methodologies and focus on blaming the individual and on the simple transmission of knowledge; the professionals' relationship with the community is limited to personal and/or collective care. It is concluded that in order to the Family Health Strategy to contribute to restructure the system, it is essential to redirect this new health policy model so that it becomes effective as a social and environmental practice.
  • Stress and Ways of Walking Through Life: a contribution of Canguilhem to the understanding of the General Adaptation Syndrome Artigos

    Santos, Maurici Tadeu Ferreira dos; Gomes, Mara H. de Andréa

    Abstract in Portuguese:

    Com a ajuda de Canguilhem - para quem "homem e meio, considerados separadamente, não podem ser normais" - empreendemos uma etnografia em um condomínio da cidade de São Paulo tendo como parâmetro a noção de normatividade, segundo a qual os organismos, em suas interações com as infidelidades do meio, elaboram normas de adaptação. Ao longo de seis meses, dialogamos com 16 moradores a respeito de suas atividades de vida diária e de suas maneiras de interpretar e enfrentar eventos considerados estressantes. Dada a estreita associação com as condições de vida desses moradores, a abordagem mostrou-se adequada para apreender a multiplicidade de sensações apontadas pelos entrevistados. Para adequar a análise à ideia canguilheniana de que "vida é polaridade", traduzimos essas sensações em categorias "frustrantes" e "gratificantes" e as consideramos maneiras de engendrar modos de andar a vida. Assim, pudemos perceber que eventos considerados prazerosos ou dolorosos e referidos de modo difuso e não específico, podem desencadear desordens adaptativas muitas vezes interpretadas como estresse por aqueles que os vivenciam.

    Abstract in English:

    With the help of Canguilhem - for whom "man and environment, considered separately, cannot be normal" - an ethnography was undertaken in a condominium located in the city of São Paulo, having as parameter the notion of normativity, according to which the organisms, in their interactions with the infidelities of the environment, develop norms for adaptation. During six months we interviewed 16 residents about their daily life activities and their ways of interpreting and facing events considered stressful. Given the close association with the living conditions of these residents, the approach proved to be adequate to capture the multiplicity of sensations mentioned by respondents. To adapt the analysis to Canguilhem's idea that "life is polarity", we translated these sensations into the categories "frustrating" - "gratifying" and considered them as manners to engender ways of walking through life. Thus, we perceived that events considered pleasurable or painful, and referred to in a diffuse and nonspecific way, may trigger adaptive disorders often interpreted as stress by those who experience them.
Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo. Associação Paulista de Saúde Pública. SP - Brazil
E-mail: saudesoc@usp.br