• To try and rebuild life, to try and create defenses against health Editorial

    Adorno, Rubens de Camargo Ferreira
  • Health promotion and its biopolitical extend: the sanitary discourse of contemporary society Parte I - Artigos

    Furtado, Mariama; Szapiro, Ana

    Abstract in Portuguese:

    O conceito de Promoção da Saúde vem sendo trabalhado por diferentes atores sociais ao longo dos últimos vinte anos e publicações teóricas e pesquisas têm contribuído para proceder à delimitação dos conceitos e práticas nesta área; em alguns casos, partindo de um ponto de vista crítico com relação ao seu arcabouço teórico-conceitual. Este artigo analisa o discurso sanitário contemporâneo no contexto das políticas de promoção da saúde; identificando essas políticas como estratégias reguladas, sobretudo, pela manutenção do projeto biopolítico de controle social dos corpos. Reconhecemos, então, o atual discurso da Promoção da Saúde como um dispositivo de regulação da vida que se define, de certo modo, pela continuidade do projeto biopolítico moderno tal como descrito por Foucault. Porém, mais do que isso, a promoção da saúde apresenta-se como uma forma de controle e regulação dos corpos através de uma inflexão sobre a responsabilidade individual na administração da vida. Desta forma, o discurso da promoção da saúde ajusta-se à perspectiva das doutrinas do fim do Estado de Bem-Estar Social; constituindo-se como um projeto de autonomização dos indivíduos através da atribuição de responsabilidade sobre seus próprios cuidados. Nosso olhar sobre o quadro conceitual da promoção da saúde busca, assim, inserir-se no atual debate travado no campo da saúde coletiva, sublinhando as transformações nas concepções de saúde e doença, seu compromisso com o fim do Estado de proteção e seus efeitos nas sociabilidades.

    Abstract in English:

    Over the past twenty years, the concept of Health Promotion has been discussed by different social actors; research and theoretical publications have contributed to establish the demarcation of the concepts and practices in this area, in some cases from a critical point of view of its theoretical and conceptual framework. This article examines the sanitary discourse of contemporary society in the context of health promotion policies, identifying these policies as being regulated mainly by the maintenance of a biopolitical project of social control of bodies. We recognize the current discourse of health promotion as a device for regulating life that defines, in a sense, the continuity of the biopolitical project of modern society as described by Foucault. But more than this, health promotion is presented as a form of control and regulation of bodies through an inflection on individual responsibility in the management of risks. Thus, we believe that the discourse of health promotion fits the perspective of the end of the Welfare State doctrines, establishing itself as a project of self-governing of individuals through the allocation of responsibility for their own care. By focusing on the conceptual framework of health promotion, we try and enter into the current debates that take place in the public health field. We emphasize the changes in concepts of health and disease and the engagement of these changes with the end of the Estate protection and their effects on sociability.
  • Health production as a life statement Parte I - Artigos

    Costa, Márcio Luis; Bernardes, Anita Guazzelli

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo discute o conceito de saúde e doença como forma de contribuir para o debate e implementação do Sistema Único de Saúde (SUS). Explora-se as possibilidades de articulação entre a Psicologia Social e a Fenomenologia de Lévinas. A articulação permite percorrer o solo de construção da saúde como ausência de doença, para a saúde como forma de produção de diferença, de alteridade e vida. Este texto discute o conceito de saúde e doença no marco da episteme moderna; a partir disso, a reflexão encaminha-se para a discussão de novos marcadores, como o nome próprio, o simulacro e o tempo, identificados como outras formas de operar com a saúde desvinculada do conceito de doença, o que permite pensar o conceito de saúde articulado aos de produção e alteridade.

    Abstract in English:

    This paper discusses the concepts of health and disease as an attempt to contribute to both the debate on and implementation of the Brazilian Health System (SUS). The possibilities of articulation between Social Psychology and Levinas' Phenomenology have been explored. Such an articulation allows for the trajectory from the construction of health as absence of disease, to health as a form of production of difference, otherness, and life. This text discusses the concepts of health and disease according to the modern episteme; from this point on, the reflection is directed to the discussion of new markers, such as name, simulacrum and time, identified as other forms of operating with health, one which is disassociated from the concept of disease, allowing us to think of the concept of health as being articulated with those of production and otherness.
  • The pathologization of sedentariness Parte I - Artigos

    Ferreira, Marcos Santos; Castiel, Luis David; Cardoso, Maria Helena Cabral de Almeida

    Abstract in Portuguese:

    A identificação do sedentarismo como fator de risco para doenças crônico-degenerativas influenciou significativamente nas recomendações de saúde pública em defesa de estilos de vida fisicamente ativos. O artigo estuda o processo de patologização do sedentarismo e seus desdobramentos para o campo da saúde pública. Num primeiro momento, discutimos de que maneira o modelo biomédico serve de base para a transposição de aspectos da conduta humana como "fator de risco" e, a seguir, como patologia, tal qual no caso específico da "Síndrome da Morte Sedentária", assim classificada por alguns autores. Em seguida, analisamos como essa visão vem sendo difundida no campo da saúde, tomando por base um programa institucional que, ao mesmo tempo em que transforma o sedentarismo em doença, apresenta a atividade física como um remédio cujos resultados podem se estender a todas as esferas da vida. Nessa linha de raciocínio, em que os mal-estares de nossa civilização são medicalizados e tornados mercadoria ao serem transformados em riscos e patologias, a atividade física torna-se vacina para o corpo social.

    Abstract in English:

    The identification of physical inactivity as a risk factor for chronic degenerative diseases has significantly influenced public health recommendations in support of physically active lifestyles. This study analyzes the pathologization of sedentariness and its implications in the public health field. First we discuss how the biomedical model serves as a basis to transform aspects of human behavior into 'risk factors' and subsequently into pathologies such as the 'Sedentary Death Syndrome', as some authors classify it. Second, we analyze how this view is being spread in the health field; our analysis is based on an institutional program which transforms sedentariness into illness while presents physical activity as a medicine whose results can reach all aspects of life. According to this rationale, in which the discomforts of our civilization are medicalized and made into commodities as they are transformed into risks and pathologies, physical activity becomes a vaccine to be applied to the social body.
  • Belisário Penna, a champion in the history of Brazilian public health Parte I - Artigos

    Castro-Santos, Luiz Antonio de; Figueiredo, Regina Érika Domingos de

    Abstract in Portuguese:

    A contribuição do médico sanitarista Belisário Penna (1868-1939) à história da saúde pública no Brasil constitui o tema central do texto. Belisário Penna é retratado aqui a partir de sua militância, dos combates que travou em defesa do saneamento rural e pela melhoria das condições de saúde de toda a população brasileira. O propósito também é situá-lo em meio aos debates de sua época, esclarecendo, por exemplo, como as ideias de Belisário - tão bem apresentadas em suas eloquentes palestras - primavam por se contrapor ao pensamento racista dominante entre as elites do País. Belisário argumentava que os obstáculos ao progresso nacional residiam na precariedade tanto da saúde quanto da instrução pública. Nessa medida, os problemas referidos à questão da eugenia no País eram interpretados sob um prisma otimista: no lugar de determinismos raciais intangíveis, a presença do Estado, por meio de programas de higiene e educação cívica, traria o progresso desejado. O "otimismo sanitário" do combatente mineiro não consistiu em um atributo só dele, mas era compartilhado por outros médicos e intelectuais em torno de movimentos como a Liga Pró-Saneamento, cujas bandeiras acenavam a necessidade de mudanças sociais e alcançaram significativa ressonância popular.

    Abstract in English:

    The contribution of the sanitarian Belisário Penna (1868-1939) to the history of public health in Brazil constitutes the central topic of this text. The intellectual, professional, and political profile of Belisário Penna is here reconsidered, in the light of his entrenched defense of rural sanitation, his militancy in favor of the improvement of living conditions in the backlands of Brazil, and his criticism of oligarchical power. The intention is also to point out how he opposed, through a series of speeches of great eloquence, the climate of opinion in Brazil's early Republic. He took in the preoccupations of Brazilian elite with "eugenics," discussing them in a very different, optimistic vein. Belisário Penna opposed the dominant racist thought among the aristocracy of the country, arguing that the real obstacles to the national progress resided in the precariousness of health conditions as much as in the lack of public education. In this sense, Belisário was at the forefront of the intellectual and political circles that supported a determined action of the State, by means of hygiene and civic education programs. Better health, these progressive circles insisted, would bring a solution to the alleged racial "inferiority" of Brazilians. This kind of "sanitary optimism" was not shared by only a few progressive minds, but was the core of social movements such as the Pro-Sanitation League of Brazil, which gathered doctors and intellectuals. These movements propagated the need for social change and received considerable support of the public opinion in the 1920's.
  • The relationship between health and work of FUNASA's endemic diseases combat agents Parte I - Artigos

    Guida, Hilka Flavia Saldanha; Souza, Kátia Reis de; Santos, Maria Blandina Marques dos; Silva, Solange Maria Carvalho Lima da; Silva, Valéria Pereira

    Abstract in Portuguese:

    O presente artigo analisa as relações entre saúde e trabalho dos agentes de combate às endemias (ACEs) da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), lotados no município de Nova Iguaçu-RJ, que foram reintegrados ao quadro da administração pública após terem sido dispensados. Os objetivos principais deste estudo foram compreender a história da luta destes trabalhadores por reconhecimento social e justiça, cujo desfecho foi a readmissão ao trabalho, bem como conhecer os efeitos adversos na saúde em razão das condições da atividade de combate a endemias. Adotou-se como base metodológica os estudos participativos e, complementarmente, o enfoque da educação popular, realizando grupos de discussão com os trabalhadores. Trata-se, por conseguinte, de uma pesquisa de cunho pedagógico, na qual o diálogo é a relação fundamental. Dos temas identificados nos grupos de discussão obteve-se um repertório de problemas e questões que evidenciaram as más condições de trabalho e a desregulamentação de políticas de saúde voltada para os trabalhadores. Os próprios trabalhadores reconhecem a precarização de seu trabalho, conferindo grande responsabilidade à interferência da política. Referiram-se ainda a um período de incertezas, sofrido pela indefinição de responsabilidades entre os níveis de governo, durante o período de descentralização político-administrativa, e seus efeitos negativos na saúde. Mencionaram o possível aspecto de toxicidade dos inseticidas e os seus riscos de contaminação. Foram sinalizadas sugestões que podem ser adotadas, de modo a propiciar melhores condições de trabalho e de saúde.

    Abstract in English:

    This article analyses the relationship between health and work of the Agentes de Combate às Endemias (ACE - endemic diseases combat agents) of Fundação Nacional de Saúde (FUNASA) who work in the city of Nova Iguaçu (Southeastern Brazil) and who were readmitted after being dismissed. It aims to give visibility to the questions which involved their reintegration to work and points to the workers' main worries related to their work situation. The methodology was participant research. Collective interviews were conducted, in which the main themes were identified and used in the research. These themes are related to political interference in their actions, their work conditions and institutional and professional rewards. The workers perceive the continuous precariousness of their job due to political interference and to political and administrative decentralization. Besides that, there is a professional devaluation of these workers from both the institution and the population in general. Finally, the workers gave suggestions regarding the changes that should be made in their work environment in order to give them better work conditions.
  • Men and health care in impoverished families in Amazonia Parte I - Artigos

    Gutierrez, Denise Machado Duran; Minayo, Maria Cecília de Souza; Oliveira, Kátia Neves Lenz César de

    Abstract in Portuguese:

    Investigamos o lugar do homem em relação aos cuidados com saúde, em famílias de baixa renda no contexto amazônico. Utilizamos 11 entrevistas com eles e suas famílias e com 21 profissionais de Saúde sobre eles e observação dos contextos em que vivem e dos processos de utilização e atendimento dos serviços. Os dados empíricos foram analisados em seu conteúdo sob a perspectiva cultural do holismo-individualismo. Verificamos que os homens cuidam predominantemente da saúde de si e da família a partir dos papéis socialmente tradicionais que lhes são atribuídos. O cuidado de si para eles é, em geral, emergencial, superficial e mediado pela mulher. Já o cuidado com os outros está voltado para o cumprimento do papel de provedor. Fogem desse padrão, homens em que predomina a cultura indígena e jovens com visão social e familiar mais moderna. Via de regra, os parentes reforçam as principais tendências culturais do comportamento masculino a respeito dos cuidados com a saúde. Os profissionais, por sua vez, tendem a desqualificar as reivindicações masculinas, buscando equivocadamente combater o machismo, e falham em reconhecer diferenças pautadas em repertórios culturais.

    Abstract in English:

    We investigated the position of men in relation to health care in low-income families at the Amazon region. We completed 11 interviews with the men and their families and with 21 health care professionals responsible for them. We made observations of the contexts in which they live and of the use and provision of health service process. Data were analyzed from the perspective of cultural holism-individualism. We found that men tend to follow traditional social roles in managing their own and their family's health. Health care for themselves is usually emergency care, superficial and mediated by the woman. The man's care for others is primarily focused on fulfilling the role of provider. However, men dominated by indigenous culture and young men with more modern social and family views tend not to follow this pattern. As a rule, the parents reinforce the main cultural tendencies of male behaviour related to health care. The professionals, in turn, tend to dismiss male's claims, seeking mistakenly to combat sexism, and fail to recognize differences based on cultural repertoires.
  • Family Health Strategy professionals facing medical social needs: difficulties and coping strategies Parte I - Artigos

    Kanno, Natália de Paula; Bellodi, Patrícia Lacerda; Tess, Beatriz Helena

    Abstract in Portuguese:

    Os profissionais da Estratégia Saúde da Família (ESF) atuam em comunidades onde a complexidade de problemáticas médico-sociais pode levá-los a sofrer psicologicamente, com prejuízos ao atendimento aos usuários e à consolidação da ESF como modelo de reorganização da atenção básica no Brasil. Esse estudo investigou as dificuldades e as formas de enfrentamento referidas por profissionais de equipes da ESF frente às demandas médico-sociais apresentadas pelos usuários em seu cotidiano de trabalho. Grupos focais e entrevistas semiestruturadas foram realizados com 68 profissionais de três Unidades de Saúde da Família da cidade de São Paulo. Tráfico e uso de drogas ilícitas, alcoolismo, depressão e violência doméstica são as demandas mais significativas para o grupo estudado. Frente a elas, os profissionais referem formação profissional e capacitação técnica insuficientes, sobrecarga e condições desfavoráveis de trabalho, com sentimentos de impotência e frustração. No enfrentamento das dificuldades, destacam-se as estratégias coletivas, especialmente as reuniões de equipe e apoio matricial, nas quais há troca de experiências, conhecimentos e apoio compartilhado. Os resultados indicam que as dificuldades referidas podem deixar os profissionais da ESF em situação de vulnerabilidade, tal como os usuários por eles atendidos. O investimento no desenvolvimento de competências, o fortalecimento de estratégias de enfrentamento coletivas, assim como maior articulação com as redes de serviços e as lideranças locais, mostram-se necessários para que os profissionais de saúde atuem com menor estresse frente às complexas demandas médico-sociais presentes em seu cotidiano de trabalho, e assim contribuam na consolidação da ESF.

    Abstract in English:

    Professionals of Family Health Strategy (FHS) work in communities where there are complex medical social problems. These contexts may lead them to psychological suffering, jeopardizing their care for the users, and creating yet another obstacle to the consolidation of FHS as the primary health care model in Brazil. The study investigated the difficulties and coping strategies reported by health professionals of the FHS teams when they face medical social needs of the communities where they work. Focus groups and semi-structured interviews were carried out with 68 professionals of three primary care units in the city of São Paulo (Southeastern Brazil). Drug dealing and abuse, alcoholism, depression and domestic violence are the most relevant problems mentioned by the study group. Professionals reported lack of adequate training, work overload, poor working conditions with feelings of professional impotence and frustration. To overcome these difficulties, professionals reported collective strategies, particularly experience sharing during team meetings and matrix support groups. The results indicate that the difficulties may put the professionals in a vulnerable state, similar to the patients they care for. The promotion of specialized and long term support should be reinforced, as well as the interaction with the local network of services and communities leaders. That may help professionals to deal with occupational stress related to medical and social needs present in their routine work; in the end, it may as well contribute to the strengthening of FHS.
  • Health Education: discussing an integral pedagogical practice with young people at risk Parte I - Artigos

    Guimarães, Jamile Silva; Lima, Isabel Maria Sampaio Oliveira

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo objetivou analisar os fundamentos teórico-metodológicos de uma prática educativa integral em saúde promovida por uma ONG junto a jovens em situação de risco pessoal e social. Foram realizadas entrevistas em profundidade com seis participantes, observação sistemática das atividades educativas e pesquisa documental de textos, reportagens e vídeos no blog institucional. Articulando métodos diversos, esta ação educativa promove o diálogo e uma dinâmica de problematização, trabalhando em grupos cooperativos e fortalecendo relações horizontais entre os jovens e os educadores. Os resultados apontam para a formação de uma postura reflexiva que permitiu aos jovens ressignificar tabus e mitos sobre questões de saúde e compreender melhor a si mesmos, constituindo-se como sujeito. A análise crítica da informação mostra-se essencial para que se estabeleça uma relação entre o conhecimento e seu valor para a vida, e, por conseguinte, a saúde. O sentido construído é parâmetro de escolhas e motor de ações de autocuidado. Ao criar condições para que o jovem reflita e explore conceitos e procedimentos sociais e de saúde, esta prática educativa lhe oportuniza construir uma visão sobre a saúde e o significado de ser saudável. Conclui-se que o desenvolvimento da capacidade de análise, discernimento e decisão recursa ao jovem para organizar e conduzir sua vida pessoal e coletiva, de forma mais crítica, autônoma e participativa.

    Abstract in English:

    This article aims at analyzing the theoretical and methodological fundamentals of an integral educational experience of practice in health promoted by an NGO with youngsters at personal and social risk. In-depth interviews were conducted with six participants, as well as systematic observation in educational activities and research in documents, reports and videos on the institutional blog. Articulating different methods, this educational activity promotes dialogue and a dynamics of questioning, working in cooperative groups and strengthening horizontal relationships between youngsters and educators. Results indicate that health education induced the formation of a reflexive stance that allowed young people to reframe taboos and myths about health issues, and a better understanding of themselves. Information's critical analysis seems to be essential to establish a relationship between knowledge and its value for life and for health. The meaning built through this analysis is a parameter for choices and engines actions of self-care. By creating conditions for the young to reflect and explore concepts and procedures in society and regarding health, the methodology adopted nurtures the development of meanings for health and being healthy. It is concluded that analytical capacity, discernment and decision support helps the youngsters to organize and conduct their personal and collective life, in a more critical, autonomous and participatory way.
  • Do journalists who write about health know what it means 'Humanization of Health Care'? Parte I - Artigos

    Ortona, Concília; Fortes, Paulo Antonio de Carvalho

    Abstract in Portuguese:

    No Brasil, iniciativas de Humanização no atendimento em saúde são identificadas desde os anos 1990, mas ganharam vulto por meio do Programa Nacional de Humanização da Assistência Hospitalar (PNHAH), ampliado pela Política Nacional de Humanização (PNH). O objetivo deste artigo é identificar a percepção sobre Humanização por parte de alguns jornalistas que escrevem sobre Saúde em importantes publicações paulistas, e no que se constitui, na opinião deles, um atendimento humanizado. A análise do material coletado foi feita segundo referenciais teóricos da Bioética, sob o enfoque de autores como Pellegrino e Thomasma (Ética das Virtudes e Beneficência) e Beauchamp e Childress (Principialismo). Resultados: Os pesquisados ainda associam a Humanização às primeiras iniciativas de Humanização, vinculadas a assistência ao parto e pré-natal, além do voluntariado, mas desconhecem a existência de uma política estruturada sobre o tema: nenhum sequer mencionou a PNH; consideram o médico como figura essencial à Humanização da assistência e que, portanto, deveria ser virtuoso; e desejam que o atendimento tenha caráter integral (holístico).

    Abstract in English:

    In Brazil, initiatives about Humanization in health care can be indentified since the 90's, but gained weight through the National Program for Humanization of Hospital Care, later on amplified by National Politics of Humanization. The objective of this article is to identify the perception of Humanization by some journalists that write in São Paulo about Health in important media, and what is, in their opinion, a humanized health care. The analysis on the collected material was based on Bioethics theoretical frameworks, according to the approach of authors like Pellegrino and Thomasma (Virtue Ethics and Beneficence) and Beauchamp and Childress (Principialism). Results: The respondents still associate the Humanization to its first initiatives, linked to childbirth and prenatal care, in addition to volunteering; they ignore the existence of a structured policy on the topic: nobody mentioned the PNH; the doctor is considered as an essential figure for Humanization of assistance and, for this reason, should be virtuous; they wish that care had an integral (holistic) character.
  • What's your attitude?: College male students' narratives about AIDS preventive care Parte I - Artigos

    Rebello, Lúcia Emilia Figueiredo de Sousa; Gomes, Romeu

    Abstract in Portuguese:

    Objetivou-se analisar 22 narrativas de homens jovens universitários, focalizando os sentidos atribuídos à sexualidade e prevenção da AIDS. As narrativas, coletadas em 2009, são parte do acervo da pesquisa Sexualidade Masculina e Cuidados de Saúde realizada (RJ). O marco teórico privilegia os conceitos de masculinidade hegemônica e roteiro sexual. O desenho metodológico é de estudo de narrativas. Partiu-se do pressuposto de que, para além da escolaridade, marcas identitárias masculinas hegemônicas influenciam os sentidos atribuídos e a adesão à prevenção da AIDS. Destaca-se a necessidade de revisão das ações em saúde sexual masculina levando-se em conta aspectos culturais associados à construção da identidade dos sujeitos e espaços de informação e atendimento que favoreçam atitude de prevenção.

    Abstract in English:

    The objective of this paper is to analyze 22 narratives of collegian young men, focusing on the meaning attributed to sexuality and AIDS prevention. The narratives, registered in 2009, are part of the research Masculine Sexuality and Health Care's collection, whicha was made in Rio de Janeiro.. The theoretical framework adopted is the concept of hegemonic masculinity and sexual script. The methodological design is the study of narratives. The starting point was the assumption that, beyond schooling, hegemonic masculinity marks influence the meanings attributed and the adherence to AIDS' prevention. The need of revising male sexual health care actions is highlighted, in order to include cultural aspects associated to the construction of subjects identity, as well as the need of health care and information services which favor a preventive attitude.
  • Life projects of young adults with HIV acquired by vertical transmission: an exploratory study with patients of an infectious diseases' outpatients department Parte I - Artigos

    Oliveira, Lédice Lino de; Negra, Marinella Della; Nogueira-Martins, Maria Cezira Fantini

    Abstract in Portuguese:

    Esta pesquisa teve o intuito de conhecer os projetos de vida de jovens adultos que convivem com o HIV/aids a partir da transmissão vertical, com relação a: estudo, trabalho e constituição familiar. Outro objetivo foi o de conhecer sua vivência no que diz respeito à assistência recebida. Como instrumentos, foram utilizados: questionário sociodemográfico e entrevista semiestruturada. Foram realizadas 16 entrevistas com jovens de idade entre 18 e 22 anos, usuários de um ambulatório de um hospital público especializado na área de Infectologia. O material obtido nas entrevistas foi analisado segundo os princípios da análise temática. Foram encontradas seis categorias temáticas: estudo e escolaridade; trabalho e emprego; sexualidade e constituição familiar; vivência de preconceito; adesão ao tratamento; acolhimento. Os entrevistados referiram que a escola é importante meio para a inserção social e para a conquista da autonomia. O trabalho foi apresentado como principal fonte de subsistência e de independência. O exercício da sexualidade foi marcado pela situação de existência do HIV, determinando cuidados especiais; quanto à conjugalidade, os projetos dos entrevistados são variados: união informal, casamento oficial, vida sem cônjuge. No que diz respeito à maternidade/paternidade, os projetos são marcadamente influenciados pela portabilidade do HIV, despertando dúvidas e receios. Os entrevistados relataram a existência do preconceito em vários contextos. Quanto à adesão ao tratamento, revelaram a existência tanto de dificuldades como de mecanismos criados para enfrentá-las. O acolhimento por parte de familiares, amigos e profissionais da saúde foi considerado fundamental para o desenvolvimento e a manutenção de seus projetos de vida.

    Abstract in English:

    This research had the intention to understand the life projects of young adults living with HIV/Aids infected through vertical transmission: how they deal with studies, work and with building a family. Another objective was to know their experiences regarding health assistance received. The research method was: socio-demographic questionnaires and semi-structured interviews. Sixteen interviews were performed with people between eighteen and twenty two years-old who were users of a public out patients service specialized in Infectious Diseases. Data from the interviews was analyzed according to the principles of thematic analysis. Six thematic categories were found: study and schooling; labor and employment; sexuality and family building; experiences of prejudice; adherence to treatment and reception at the health service.I Interviewees appointed the whole education ambient as an important way to reach social inclusion, as well as autonomy. They presented their working life as the first source of subsistence and independence. The exercise of their sexuality was marked by HIV, implicating in special care. Regarding conjugality, the interviewees' projects were varied: informal union, legal marriage and life without partner. The projects involving maternity/paternity were strongly influenced by the presence of HIV, which results in many doubts and worries. Interviewees reported the existence of prejudice in various situations. As regarding the adherence to treatment, subjects talked about difficulties and coping mechanisms. Being well received by friends, coworkers and family was considered pivotal to developing and maintaining life projects.
  • Counseling and testing for HIV as a prevention strategy: an international review of published research, 1999-2011 Parte I - Artigos

    Soares, Priscilla da Silva; Brandão, Elaine Reis

    Abstract in Portuguese:

    Com base em revisão bibliográfica discute-se a literatura produzida nos anos de 1999 a 2011, no campo da saúde coletiva, sobre uma importante estratégia de prevenção da transmissão do HIV: o aconselhamento e testagem anti-HIV. O artigo realiza um balanço da literatura internacional, analisando criticamente os aspectos mais assinalados pela comunidade científica, apontando divergências e convergências entre os estudos e identificando lacunas que possam estimular o desenvolvimento de novas pesquisas neste campo temático. Como resultado, evidenciou-se que os processos de decisão de realizar um teste e a experiência da testagem são discutidos na literatura com abordagens fragmentadas, sejam de ordem individual ou institucional. Para compreender diversas dimensões implicadas na adoção de uma prática preventiva como o teste HIV, é preciso contemplar indicadores sociais tais como gênero, religião, identidade sexual, raça/cor, e relacioná-los às políticas públicas e à operacionalização dos serviços de saúde. O uso expressivo do conceito de risco (aliado às categorias de grupo, comportamento, percepção) e de escalas quantitativas para aferir a percepção individual do risco como uma barreira para a realização do teste ilustra o foco excessivo sobre uma dimensão individual e parcial do problema.

    Abstract in English:

    Based in a bibliographical review, this paper discusses the literature produced between 1999 and 2011 in the field of Public Health over an important strategy of prevention of the transmission of HIV virus: the counseling and testing for HIV. The article critically analyzes the aspects highlighted by the literature, indicating divergences and convergences among the studies and identifying possible gaps that can stimulate new researches in this thematic field. The results of this work indicate a tendency of the literature in treating the processes of decision and the experience of taking a test under fragmented approaches at an individual or institutional level. To understand the many dimensions implied in the adoption of a preventive practice such as the HIV test, it's imperative contemplate social determinants such as gender, religion, sexual identity, race/ethnicity, and the intersection of these with individual factors or with those related to the public politics and operation of health services. The expressive use of the risk concept (group, behavior, perception) and of quantitative scales to measure the individual risk perception as a barrier for the test illustrates the focus on an individual and partial dimension of the problem.
  • Characteristics of the AIDS response of health departments in the context of the Incentive Policy of the Ministry of Health Parte I - Artigos

    Grangeiro, Alexandre; Escuder, Maria Mercedes Loureiro; Silva, Sara Romera da; Cervantes, Vilma; Teixeira, Paulo Roberto

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: Analisar a cobertura da Política de Incentivo do Ministério da Saúde para Programas de Aids e as características das ações de prevenção, assistência, gestão e apoio às organizações da sociedade civil induzidas nos Estados e municípios. METODOLOGIA: Os Planos de Ações e Metas de 2006, das 27 Unidades Federadas e de 427 municípios incluídos na Política de Incentivo, foram analisados segundo indicadores estabelecidos para aferir a complexidade e a sustentabilidade das ações induzidas, a inclusão de populações prioritárias e a capacidade de intervenção na epidemia. Informações sobre população e casos de aids registrados foram utilizadas para mensurar a cobertura. RESULTADOS: Os municípios incluídos representaram uma cobertura de 85,2% dos casos de aids do País. Houve uma baixa proporção de secretarias estaduais (48,2%) e municipais (32,6%) de saúde que contemplaram, concomitantemente, ações de prevenção para a população geral e as de maior prevalência da doença, assim como ações para o diagnóstico do HIV, o tratamento de pessoas infectadas e a prevenção da transmissão vertical. Em relação às populações prioritárias, 51,9% dos Estados e 31,1% dos municípios propuseram ações específicas na prevenção e na assistência. Estados (44,4%) e municípios (27,9%) com Planos abrangentes estão mais concentrados no Sudeste e em cidades de grande porte, representando a maioria dos casos de aids do País. CONCLUSÃO: A Política de Incentivo do Ministério da Saúde compreende as regiões de maior ocorrência da aids no Brasil, porém, o perfil da resposta induzida encontra-se parcialmente dissociado das características epidemiológicas da doença no País.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To analyze the coverage of the Brazilian Ministry of Health's Incentive Policy for AIDS programs and the characteristics of prevention, care, management and support to civil society organizations induced in states and municipalities. METHODS: The 2006 Action and Target Plans of the 27 Brazilian States and 427 municipalities enlisted in the Incentive Policy were analyzed according to indicators established to measure the complexity and sustainability of actions taken, the inclusion of priority populations, and the ability to address the epidemic. Information on population and on AIDS cases that were reported was used to measure the coverage of the Incentive Policy. RESULTS: The studied municipalities covered 85.2% of AIDS cases in the country. There was a low proportion of state (48.2%) and municipal (32.6%) departments that simultaneously adopted actions aimed at AIDS prevention in the general and in higher disease prevalence populations, as well as HIV diagnosis, treatment of infected individuals and mother-child transmission. Additionally, 51.9% of the states and 31.1% of the municipalities planned specific prevention and care actions aimed at priority population segments. States (44.4%) and municipalities (27.9%) with comprehensive responses are concentrated in the Southeast region, mainly in large cities, and represent most of the AIDS cases in the country. CONCLUSION: The Incentive Policy of the Ministry of Health comprises the regions with the highest incidences of AIDS, but the profile of the induced response is in partial disagreement with the epidemiological characteristics of the disease in Brazil.
  • Work precariousness and risk of accidents in civil construction: a study based on the Collective Work Analysis Parte I - Artigos

    Takahashi, Mara Alice Batista Conti; Silva, Reginalice Cera da; Lacorte, Luiz Eduardo Cobra; Ceverny, Gislaine Cecília de Oliveira; Vilela, Rodolfo Andrade Gouveia

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo descreve a atividade e a percepção dos trabalhadores da construção civil sobre os riscos e a carga de trabalho. O estudo, com base na Análise Coletiva de Trabalho (ACT), é parte de pesquisa em políticas públicas para aprimoramento do Sistema de Vigilância em Acidentes de Trabalho (SIVAT) de Piracicaba-SP. Priorizou-se a construção civil pela magnitude epidemiológica de ocorrência de acidentes de trabalho e a baixa eficácia das ações tradicionais de vigilância pelas características de informalidade, terceirização e rotatividade do setor. Os trabalhadores revelaram elevada percepção dos riscos de acidentes e que as medidas de segurança dificultam ou impedem a realização do trabalho. Os achados questionam a eficácia dos treinamentos para adesão às medidas de segurança e evidenciam a necessidade de uma pedagogia transformadora nas ações de promoção da saúde e prevenção dos acidentes de trabalho.

    Abstract in English:

    This paper aims to describe the construction workers' activities, as well as their perceptions about risks and workload. The study, based on the Collective Work Analysis, is part of a broader public policies project for the improvement of SIVAT (Surveillance System of Work Accidents) - in the city of Piracicaba (Southeastern Brazil). Civil construction was prioritized given the epidemiological magnitude of the occurrence of work accidents and the limited efficacy of traditional surveillance initiatives in this sector due to informal employment practices, outsourcing, high staff turnover, etc. The workers have a high level of awareness concerning the risk of accidents, but they believe that the main preventive measures hinder or even make it impossible for them to carry out the tasks. Our findings question the efficacy of traditional training for adherence to safety practices, thus highlighting the need for a transformative pedagogy for preventive practices and the health promotion of workers.
  • Working conditions and referred morbidity in military police officers, Recife-PE, Brazil Parte I - Artigos

    Ferreira, Daniela Karina da Silva; Bonfim, Cristine; Augusto, Lia Giraldo da Silva

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo foi analisar as condições de trabalho e a morbidade referida por Policiais Militares (PM) do Recife-PE. Estudo epidemiológico de corte transversal do qual participaram 288 PMs do Comando de Policiamento da Capital, Recife-PE. Os dados foram coletados mediante questionário semiestruturado, sobre aspectos sociodemográficos, morbidades referidas, demandas e controle no trabalho (Job Content Questionnaire). O perfil sociodemográfico revelou que a maioria dos PMs tinha 39 anos ou mais de idade, era cor parda ou negra (71,3%), era casada (77,3%), possuía dois ou mais filhos (63,7%), tinha cursado até o ensino médio (64,9%) e estava no nível econômico C1 e C2 (61,8%). A maior parte identificou seu trabalho como de baixo controle (56,4%), alta demanda física (53,9%) e baixo suporte social (59,8%). Sendo classificado para 27,8% como de alta exigência; para estes os riscos de sofrimento psíquico e de doenças são maiores, necessitando mudanças na organização do trabalho. O maior tempo de serviço (OR=2,99) e a ausência de folgas semanais (OR=0,47) revelaram-se condicionantes mais importantes da morbidade referida. Sugere-se a utilização de estratégias que promovam maior integração social e cooperação entre os níveis hierárquicos superiores e os comandados, e redução da carga excessiva de trabalho.

    Abstract in English:

    The aim was to analyse the working conditions and referred morbidity of military police officers in the city of Recife (Northeastern Brazil). This was a cross-sectional epidemiological study in which 288 officers in the Policing Command of the state capital (Recife) participated. Sociodemographic, working conditions and referred morbidity data were collected using a semi-structured questionnaire (Job Content Questionnaire). The sociodemographic profile showed that most were 39 years of age or older, were of mixed ethnicity or had black skin color (71.3%), were married (77.3%), had two or more children (63.7%), had attended school up to high school level (64.9%), and were in the C1 or C2 economic level (61.8%). Most identified their work as presenting low control (56.4%), high physical demand (53.9%) and low social support (59.8%). According to 27.8% of the officers, the work was highly demanding. For these officers, the risks of psychological stress and diseases were greater, and they believe that changes are required in the work organization. The higher number of years of service (OR = 2.99) and the absence of weekly days off (OR = 0.47) proved to be the most important determinants of the referred morbidity. It is suggested that strategies promoting greater social integration and cooperation between hierarchically superior and subordinate levels should be used, and the excessive workload should be reduced.
  • The pesticide use and health in the Xukuru from Ororubá ethnic group, Pernambuco, Brasil Parte I - Artigos

    Gonçalves, Glaciene Mary da Silva; Gurgel, Idê Gomes Dantas; Costa, André Monteiro; Almeida, Ludimila Raupp de; Lima, Tatiane Fernandes Portal de; Silva, Edson

    Abstract in Portuguese:

    O presente estudo tem como objetivo compreender o processo de utilização de agrotóxicos no cultivo agrícola e a relação com a saúde indígena a partir de um estudo de caso entre os índios Xukuru do Ororubá, em Pesqueira, Pernambuco, Brasil. As estratégias metodológicas utilizadas como a observação participante, análise documental, grupos focais, aplicação de questionários permitiram conhecer eventos sociopolíticos e culturais, a percepção dos indivíduos, os aspectos contextuais sócio-históricos que influenciaram a inserção da tecnologia do uso de agrotóxicos na terra indígena Xukuru e o processo produtivo agrícola. O uso de agrotóxicos na etnia está historicamente relacionado ao modelo socioeconômico introduzido com o processo de industrialização da região. Na percepção dos indígenas, o agrotóxico foi relacionado ao significado de remédio, mas também foi percebido como veneno. O uso dos produtos químicos é feito de forma intensiva e sem a utilização de equipamento de proteção individual. Os Xukuru reconhecem a influência dos agrotóxicos na saúde, mas destacam que esta prática é necessária para garantir a produção agrícola. Há necessidade de implementação de políticas públicas de promoção da saúde, objetivando oferecer aos índios Xukuru alternativas agrícolas sustentáveis que incluam a participação dos agricultores, respeitando suas tradições culturais.

    Abstract in English:

    This study aims to understand the use of pesticides in agricultural cultivation and its relationship with indigenous health from a case study among the Xukuru from Ororuba indians, in the town of Pesqueira, Pernambuco State, Brazil. The methodological strategies used were participatory observation, document analysis, focus groups and questionnaires; they have given access to socio-political events and cultural ethnicity, the perception of individuals and contextual socio-historical aspects that influenced the inclusion of pesticides' technology on the Xukuru indigenous land and agricultural productive process. The use of pesticides in this ethinic group is historically related to the socio-economical model introduced along with the process of industrialization in the region. In the indigenous perception, pesticides were related to the meaning of medicine, but it was also perceived as a poison. The use of chemicals is done intensively and the indians do not use any personal protective equipment. The Xukuru recognize the pesticide influence on health;, however they highlight that this practice is required to guarantee the agricultural production. There is a need for the implementation of public policies to promote health, aiming to offer sustainable agricultural alternatives to the indigenous Xukuru that are made with their participation, respecting their cultural traditions.
  • Public slaughterhouses and environmental health in Sergipe Parte I - Artigos

    Silva, Genival Nunes; Madi, Rubens Riscala; Melo, Cláudia Moura de; Fonseca, Vania

    Abstract in Portuguese:

    A incorporação da temática ambiental na saúde pública fez florescer mais recentemente a expressão saúde ambiental, relacionada à degradação do meio ambiente na escala mundial, como reflexo da atividade humana cujas consequências afetam a saúde da população. A produção de alimentos para consumo humano, além de afetar o meio natural, pode afetar, também, a saúde humana, devido ao processo de produção e comercialização. O abate de gado bovino, uma das principais fontes de proteína animal utilizada no Brasil, embora tenha legislação reguladora, muitas vezes é uma atividade que degrada o meio ambiente e compromete a saúde dos trabalhadores da cadeia produtiva e dos consumidores. Este estudo teve como objetivo geral identificar e avaliar os riscos ao meio ambiente e a saúde humana em decorrência da implantação e operação de matadouros públicos nos 75 municípios do Estado de Sergipe. Para o alcance desse objetivo, foram quantificados os matadouros municipais implantados e em operação no Estado, analisadas as condições físicas, sanitárias e tecnológicas, a existência de licenciamento ambiental e de supervisão veterinária do gado e das condições de abate e armazenamento da carne. Os dados foram levantados por observação direta em campo e junto ao cadastro da Administração Estadual do Meio Ambiente de Sergipe. O estudo concluiu haver danos significativos ao meio natural, especialmente aos recursos hídricos e risco bastante alto à saúde dos trabalhadores no matadouro e dos consumidores que recebem um produto sem controle de qualidade e sem qualquer tipo de inspeção sanitária.

    Abstract in English:

    The incorporation of environmental issues to the public health field resulted, more recently, in the flourishing of the term environmental health, which is related to environmental degradation on a global scale, as a result of human activity whose consequences affect population's health. Food production for human consumption affects the environment and can also affect human health through the production and marketing processes. Cattle slaughter, a major source of animal protein used in Brazil, in spite of regulatory legislation, is often an activity that degrades the environment and jeopardizes the health of workers employed in the production chain and consumers. This study aimed to identify and evaluate risks to the environment and to human health due to the implantation and operation of public slaughterhouses in all the 75 municipalities of the state of Sergipe. To achieve this goal, a census was made of the municipal slaughterhouses operating in the state, their physical, sanitary and technological conditions were examined, as well as livestock slaughtering and meat storage conditions and, the existence of environmental licensing and veterinary supervision. Data were gathered by direct observation in the field and through the existing registers at Sergipe's Environment Administration offices (Administração Estadual do Meio Ambiente de Sergipe). The study concluded that there is significant damage to natural environment, particularly water resources and very high risk to the health of slaughterhouse workers and of consumers who receive a product without quality control and without any sanitary inspection.
  • Mental health in the family health strategy: a review of Brazilian literature Parte I - Artigos

    Souza, Luiz Gustavo Silva; Menandro, Maria Cristina Smith; Couto, Leandra Lúcia Moraes; Schimith, Polyana Barbosa; Lima, Rebeca Panceri de

    Abstract in Portuguese:

    A Estratégia Saúde da Família orienta a organização da Atenção Primária à Saúde no Brasil e inclui importantes congruências programáticas com a Reforma Psiquiátrica. Os princípios de territorialização e acompanhamento longitudinal devem favorecer a construção de ações inovadoras de promoção, prevenção e reabilitação em saúde mental. O objetivo desta revisão foi analisar os principais temas da literatura científica brasileira sobre saúde mental na Estratégia Saúde da Família. Foram lidos os títulos de 267 artigos, publicados entre 1999 e 2009, e 38 artigos foram selecionados, segundo critérios específicos, para análise temática. A literatura abordou os temas da demanda em saúde mental, das percepções e práticas dos profissionais e da inserção do psicólogo na Atenção Primária. Os estudos revisados apontaram problemas como visões estereotipadas sobre os transtornos mentais, predominância da lógica manicomial, ausência de registros, fluxos, estratégias, apoio qualificado às famílias e de integração em rede. A meta-análise qualitativa indicou questões que podem fomentar o debate sobre o tópico e a realização de outras pesquisas, bem como a reflexão sobre a atuação profissional na interface entre Saúde Mental e Saúde da Família.

    Abstract in English:

    The Family Health Strategy establishes the principles of the Brazilian Primary Health Care and shares important goals with the Psychiatric Reform. The principles of territory-centered care and longitudinal care should enhance innovative actions of mental health promotion, prevention and rehabilitation. The aim of this review was to analyze the main themes approached by the Brazilian scientific literature concerning mental health in the Family Health Strategy. We read the titles of 267 articles published between 1999 and 2009. We followed specific criteria to select 38 articles for thematic analysis. The main themes were the demands in mental health, the perceptions and practices of health personnel and the role of the psychologist in Primary Care. The publications identified several problems: stereotypical views about mental disorders, the dominance of the hospitalization rationale, and the absence of clinical reports, strategies, qualified support to families and integrated health actions. The qualitative meta-analysis indicated questions that may strengthen the debate on the topic, the reflection on further research and on professional practice in the interface between Mental Health and Family Health.
  • Questioning the Psychiatric Reform nowadays: mental health as a field of praxis Parte I - Artigos

    Pereira, Erica Cristina; Costa-Rosa, Abílio da

    Abstract in Portuguese:

    A Saúde Mental, encarnada sob o modelo da Reforma Psiquiátrica, e o Movimento Antimanicomial não desconsideram a produção do conhecimento sobre aquele campo, sobretudo em decorrência da consolidação da Saúde Coletiva como campo do saber. O artigo explora alguns autores que tomam a Saúde Mental como novo campo de conhecimento, introduzindo um novo paradigma na percepção da saúde - Doença e Atenção -, contudo, o objetivo é introduzir a Atenção Psicossocial como meio para efetivar as práticas transdisciplinares e multiprofissionais. A possibilidade é que a Saúde Mental provoca desdobramentos na Saúde, consolidando as políticas públicas. Na prática, ainda há o aprisionamento ao modelo hospitalocêntrico-medicamentoso, existindo percalços a serem superados através do aproveitamento das brechas capazes de romper o instituído.

    Abstract in English:

    Mental Health, in the form of the Psychiatric Reform, and the Anti-Asylum Movement do not ignore the production of knowledge about that field, mainly due to the consolidation of Public Health as a field of knowledge. The article explores some authors who consider Mental Health as a new field of knowledge, introducing a new paradigm in the perception of health - Disease and Care -; however, the goal is to introduce Psychosocial Care as a means to enforce the transdisciplinary and multiprofessional practices. The possibility is that mental health produces developments in Health, consolidating the public policies. In practice, the hospital-centered and drug-based model still predominates, and there are setbacks to be overcome by taking advantage of loopholes capable of breaking with what is instituted.
  • The young mother and the labor market Parte I - Artigos

    Ogido, Rosalina; Schor, Néia

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: O Centro de Orientação ao Adolescente de Campinas mantém um programa para capacitar adolescentes de 15 a 18 anos, desfavorecidos economicamente, estudantes, para a entrada no mercado de trabalho. OBJETIVO: Compreender projetos de vida de adolescentes, que se tornaram mães, enquanto participavam do programa, no período de 2003 a 2008, buscando desvelar o lugar da vida profissional na trajetória de vida, antes e depois da maternidade. MÉTODO: Oito jovens mães foram entrevistadas, sendo aplicada metodologia qualitativa para a análise das entrevistas. RESULTADOS: As trajetórias de estudo e trabalho foram descontinuadas, ou sofreram adaptações, com a maternidade. Quatro jovens finalizaram o segundo grau e nenhuma havia ingressado na faculdade. Três não voltaram a trabalhar e as demais tiveram experiências diversificadas de trabalho. As dificuldades relatadas para a inserção no mercado de trabalho foram: insuficiência de instrumentos de apoio no cuidado das crianças, baixo ganho salarial, falta de experiência de trabalho, filhos pequenos e pouca formação educacional. CONSIDERAÇÕES FINAIS: A maternidade na adolescência não indicou a exclusão dos projetos de formação educacional ou de trabalho, mas adaptações e necessidade de uma rede de apoio familiar e social. Constatou-se a necessidade de políticas públicas para a inserção do jovem no mercado de trabalho e para serviços de apoio, como creches. Demonstra-se a necessidade de uma mudança nas relações de gênero, com maior igualdade de direitos, como pré-condição à inserção da mulher no mercado de trabalho, em especial, daquelas que são mães.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: The Centro de Orientação ao Adolescente of Campinas (Southeastern Brazil) maintains a program to qualify economically disadvantaged adolescent students aged 15 to 18 years to enter the labor market. OBJECTIVE: To understand life projects of teenagers who became mothers while participating in the program, in the period from 2003 to 2008, aiming to find the place of professional life in their life trajectory before and after motherhood. METHOD: Eight young mothers were interviewed, and a qualitative methodology was applied to the analysis of the interviews. RESULTS: The trajectories of study and work were discontinued or adapted due to motherhood. Four young mothers completed high school and none had entered university. Three did not return to work and the rest had diverse work experiences. The reported difficulties to enter the labor market were: inadequate instruments to support the children's care, low income, lack of work experience, presence of small children and little educational background. FINAL CONSIDERATIONS: Teenage motherhood did not indicate the exclusion of educational or work projects but indicated adjustments and the need for a family and social support network. It was noted the need for public policies targeted at the inclusion of youths in the labor market and at support services such as nurseries. Also, the need for a change in gender relations was demonstrated, with greater equality of rights as a precondition for the inclusion of women, especially those who are mothers, in the labor market.
  • Induced abortion: the experience of women from the Brazilian state of Bahia Parte I - Artigos

    Pereira, Vanessa do Nascimento; Oliveira, Flávia Aelo de; Gomes, Nadirlene Pereira; Couto, Telmara Menezes; Paixão, Gilvânia Patrícia do Nascimento

    Abstract in Portuguese:

    O abortamento representa grave problema de saúde pública, que envolve questões legais, econômicas, sociais e psicológicas. Estudo qualitativo que teve como objetivo identificar situações que interferem na decisão pelo aborto e os sentimentos diante do processo de abortar. O estudo foi realizado em uma Maternidade Pública, no Município de Salvador-BA, e os sujeitos foram constituídos por nove mulheres hospitalizadas por aborto provocado. Para a coleta de dados, utilizamos a entrevista acompanhada por um formulário semiestruturado. Foram considerados os aspectos éticos baseados na Resolução 196/96 do Conselho Nacional de Saúde. Para a análise das falas, usamos como referencial a técnica de análise de conteúdo de Bardin. A amostra caracterizou-se por mulheres adultas eminentemente negras; casadas/união estável; dependentes financeiramente do companheiro. Na análise dos discursos, surgiram dois temas: Motivação e Sentimentos. Dentre os motivos que levam ao aborto, encontram-se a dificuldade financeira, o número de filhos, a vivência de violência conjugal e a perda de sua autonomia. O processo de abortamento gera medo de morrer, tristeza e alívio. As mulheres vivenciam o aborto induzido, revelando um processo muito doloroso, desde o momento em que descobrem a gravidez, passando pela difícil decisão de interrompê-la. Quando não são ajudadas, essas mulheres perpetuam essa dor, vivendo dias de angústia e culpa. O exercício da escuta e do acolhimento devem estar presentes na vida dos profissionais de saúde, independentemente de suas opiniões com relação ao aborto, a fim de que a mulher possa expressar seus sentimentos, e então obter ajuda e encaminhamento adequados.

    Abstract in English:

    Abortion is a serious public health problem that involves legal, economic, social and psychological issues. This qualitative study aimed to identify situations that interfere in the abortion decision and the feelings about the process of aborting. The study was conducted in a public maternity hospital in the city of Salvador (Northeastern Brazil), and the subjects were nine women hospitalized due to induced abortion. To collect data, we used the interview accompanied by a semi-structured form. Ethical aspects were considered based on Resolution 196/96 of the National Health Council. For the analysis of the discourses, we used Bardin's content analysis technique. The sample was characterized by predominantly black adult women, married or in a stable union, financially dependent on the partner. In the analysis, two themes emerged: motivation and feelings. Among the reasons leading to abortion, there are financial difficulties, the number of children, the experience of domestic violence and the loss of their autonomy. The process of aborting generates fear of death, sadness and relief. Women experiencing induced abortion revealed a very painful process from the moment they discover the pregnancy until the difficult decision to interrupt it. When they are not helped, these women perpetuate the pain, living days of anguish and guilt. The exercise of listening and welcoming these women must be present in the lives of health professionals, regardless of their views on abortion, so that the women can express their feelings, and then get appropriate help and referral.
  • Approach to food and nutrition issues in teaching materials in elementary school: interface with food and nutritional security and national curriculum parameters Parte I - Artigos

    Fiore, Elaine Gomes; Jobstraibizer, Gabriela Alsleben; Silva, Camila Souza da; Cervato-Mancuso, Ana Maria

    Abstract in Portuguese:

    A Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) deve ser assegurada a todos. A escola é ambiente propício à formação de hábitos saudáveis e à construção de cidadania. Os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) orientam a promoção de concepções de saúde de modo transversal no currículo escolar. Este estudo teve como objetivo identificar e analisar a abordagem dos temas alimentação e nutrição no material didático do ensino fundamental e sua interface com o conceito de SAN e com os PCNs. Foi realizada pesquisa documental mediante o material didático de 5ª a 8ª séries do ensino fundamental da rede pública do Estado de São Paulo. A presença difusa do tema alimentação e nutrição na maioria das disciplinas, por todos os bimestres, nas quatro séries, traz à tona a interdisciplinaridade em saúde. Verificou-se que os PCNs estão relacionados ao conceito de SAN nos seus diversos aspectos e que a maioria das disciplinas contém temas que abordam esta relação. Na interface entre os temas, destaca-se a promoção da saúde e a produção dos alimentos. A metodologia utilizada no material didático apresenta o tema, mas não o conteúdo correlato, o que impossibilitou a análise de sua adequação. Conclui-se que existe a abordagem dos temas relacionados à alimentação e nutrição no material didático, alguns de forma inconsistente, e cabe aos educadores a seleção do conteúdo e da estratégia adequada, além de sua constante atualização, o que está sendo proposto pelo Estado, mas não está ao alcance de todos os profissionais e, portanto, ainda depende da iniciativa de cada docente.

    Abstract in English:

    Food and Nutrition Security (FNS) must be ensured to everybody. The school environment is favorable to the formation of healthy habits and citizenship. The National Curriculum Parameters (PCNs) guide the promotion of health concepts in a transversal way in the school curriculum. This study aimed to identify and analyze the approach used for food and nutrition themes in Fundamental Education's teaching material and its interface with the concept of FNS and the PCNs. Documental research was conducted on the teaching material from 5th to 8th grades of Fundamental Education in Public School of the state of São Paulo. The diffuse presence of food and nutrition themes was found in most disciplines in all bimesters in the four series, which shows the interdisciplinarity in health. It was found that the PCNs are related to the concept of SAN in its various aspects and that most subjects include topics that approach this relationship. In the correlation between themes, there is emphasis to health promotion and food production. The methodology used in the teaching material presents the theme, but not the correspondent content, what made the analysis of its suitability impossible. We conclude that there is the approach of the issues related to food and nutrition in the teaching material, some of them in an inconsistent way; it is the educators' task to select the contents and the appropriate strategy, doing an effort of constant update. This isbeing proposed by the State, however it is not accessible to all professionals and therefore still depends on the initiative of each teacher.
  • The waiting room as a health education strategy in the field of sexually transmitted diseases prevention and care Parte II - Relato de Experiência

    Zambenedetti, Gustavo

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo apresenta e discute uma experiência de sala de espera no âmbito da atenção às doenças sexualmente transmissíveis - DST, desenvolvida em um serviço especializado na atenção às DST, localizado em Porto Alegre-RS. O objetivo da sala de espera foi oferecer uma possibilidade de prevenção e educação em saúde, tendo por base uma abordagem participativa e problematizadora, buscando diferenciar-se da lógica prescritiva, centrada na transmissão de informação, hegemonicamente presente nos serviços de saúde. A atividade ocorreu diariamente, antecedendo a consulta médica de homens que procuravam o serviço para atendimento relacionado às DST. Entendida como uma atividade relativa ao campo de competências profissionais (Campos, 2002), foi coordenada por duplas de residentes multiprofissionais (Psicólogos, Nutricionistas, Enfermeiros e Assistentes Sociais). A abordagem da sala de espera utilizou-se das contribuições da prática do aconselhamento em HIV/Aids, buscando trabalhar com aspectos afetivos/emocionais, informativos e avaliação de riscos. Através de uma perspectiva problematizadora, buscou-se interrogar e colocar em análise as relações que as pessoas estabelecem com a sexualidade, as DST e o uso do preservativo. Esta intervenção propiciou maior acesso a informações (sobre as DST, insumos de prevenção, tratamento e testagem anti-HIV) e discussão sobre aspectos relacionados às repercussões das DST na vida afetiva e sexual, reconfigurando o momento de espera em um momento de prevenção e educação em saúde.

    Abstract in English:

    This article presents a waiting room experience developed in the scope of sexually transmitted diseases (STD) prevention and care, developed at an STD specialized service, located in the city of Porto Alegre (Southern Brazil). The objective of the waiting room was to offer a possibility of prevention and health education, based on a participatory and problematizing approach, in an attempt to differentiate it from the prescriptive logic, which is centered on the transmission of information and is present in the health services in a hegemonic way. The activity happened on a daily basis, preceding the medical consultation of men that sought the service to receive STD assistance. Understood as an activity related to the field of professional competences (Campos, 2002), it was coordinated by couples of multiprofessional residents (Psychologists, Nutritionists, Nurses and Social Workers). The waiting room approach used the contributions of the HIV/AIDS counseling practice, and tried to work with emotional/affective and informative aspects, as well as risk assessment. Through a problematizing perspective, the relationships that people establish with sexuality, STD and the use of the condom were analyzed. This intervention enabled greater access to information (on STD, prevention inputs, treatment and HIV testing) and discussion of aspects related to the repercussions of STD on the person's affective and sexual life, transforming the waiting time into a moment of prevention and health education.
  • Challenges for popular participation in health issues: reflections based on popular education in the development of a local health council in communities at João Pessoa/PB Parte II - Relato de Experiência

    Cruz, Pedro José Santos Carneiro; Vieira, Samara Cíntia Rodrigues; Massa, Nayara Moreira; Araújo, Thaise Anataly Maria de; Vasconcelos, Ana Cláudia Cavalcanti Peixoto de

    Abstract in Portuguese:

    A participação popular constitui uma força social capaz de elencar prioridades e influir nos serviços públicos de saúde, impulsionando a formulação de políticas para a promoção da saúde como um direito, de forma equânime, democrática e participativa. A organização da representação popular em conselhos de saúde vem avançando desde sua garantia na Lei 8.142/90, fazendo deste um espaço para fiscalização de ações e dinamização do controle social. Nesse contexto, o projeto de extensão "Práticas Integrais da Nutrição na Atenção Básica em Saúde - PINAB", do Departamento de Nutrição/UFPB, vem atuando no processo de fortalecimento da participação popular na saúde a partir da construção de um conselho local de saúde (CLS), em uma Unidade de Saúde da Família (USF), em João Pessoa/PB. Este trabalho pretende sistematizar essa experiência, por meio da inserção dos extensionistas no processo e sua participação ativa nas ações desenvolvidas. Utilizando como metodologia a educação popular, o grupo operativo Mobilização Popular atuou por meio de: Visitas domiciliares, no intuito de reconhecer os movimentos sociais locais, para compreender a sua história de luta; e Atividades educativas, que visam contribuir para a participação comunitária no CLS e aprimorar os conhecimentos dos sujeitos envolvidos, favorecendo assim, o diálogo e o compartilhamento de saberes entre os mesmos. Ante o exposto, o PINAB pôde gerar movimentos e interlocuções para colaborar com o fortalecimento da gestão participativa na USF ao apoiar os espaços de formação e informação sobre o CLS, cooperando com o aprimoramento do senso crítico e estimulando a construção de um conselho verdadeiramente democrático.

    Abstract in English:

    Popular participation constitutes a social force which is able to point out priorities and also to influence the Public Health Services, developing policy-making for Health Promotion as a right, in a democratic, equal and participative way. The organization of popular representation into Health Councils has been growing since it was guaranteed in law 8.142/90, making this space become an instrument to inspect actions and to promote the dynamism of social control. In this context, the Extension Project "Integral Nutrition Practices in Primary Health Care - PINAB", of the Nutrition Department of UFPB (Federal University of Paraíba) has been participating in the process of strengthening popular participation in health, taking as a starting point the organization of a Local Health Council within a Family Health Unit in the city of João Pessoa (Northeastern Brazil). This work aims at organizing this experience, through the insertion of students in the process and through the promotion of their active participation in the developed actions. Popular Education was used as methodology, and the operational group Popular Mobilization acted by means of: Home Visits, in order to survey the local social movements, so as to understand their history of struggle; and Educational Activities, which aim to contribute to the community's participation in the Local Health Council, and to enhance the knowledge of the involved subjects, thus favoring the promotion of dialogue and the sharing of knowledge among them. Thus, PINAB could create movements and dialogues to collaborate with the strengthening of participative management in the Family Health Unit by means of supporting spaces of education and information about the Local Health Council, cooperating to improve critical sense and stimulating the construction of a truly democratic Council.
  • Correction Errata

  • Acknowledgements Agradecimentos

Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo. Associação Paulista de Saúde Pública. SP - Brazil
E-mail: saudesoc@usp.br