• Technology-mediated programs of mental health literacy for adolescents: a systematic review Artigos Originais

    Coelho, Vera; Lamela, Diogo

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A promoção da literacia saúde mental em adolescentes tem recebido particular atenção na saúde pública, dado a adolescência ser vista como um período crítico para prevenção de problemas de saúde mental na idade adulta. Apesar da consistência empírica sobre a eficácia dos programas face a face de literacia da saúde mental para adolescentes, pouco se sabe sobre as características e o efeito de intervenções mediadas pela tecnologia para este objetivo. A presente revisão sistemática teve como finalidade sistematizar conhecimento empírico sobre os efeitos de programas mediados pela tecnologia de promoção da literacia em saúde mental em adolescentes. Procedeu-se a um levantamento sistemático da literatura até dezembro de 2019, tendo sido selecionados quatro estudos empíricos que avaliaram os efeitos deste tipo de programas em diferentes indicadores de saúde mental. Os resultados revelaram que os programas mediados pela tecnologia apresentaram efeitos positivos no aumento da literacia em saúde mental, sendo o sexo e a idade moderadores destas associações. No entanto, o seu efeito na redução do estigma e nos comportamentos de procura de ajuda profissional foi inconsistente. As limitações dos estudos incluídos na revisão são discutidas.

    Abstract in English:

    Abstract As adolescence is considered a critical period for preventing mental health issues in adulthood, adolescents became the primary audience of public health campaigns aimed at promoting mental health literacy. Despite empirical consistency on the effectiveness of face-to-face mental health literacy programs for adolescents, little is known about the characteristics and effects of technology-mediated interventions for this goal. This systematic review seeks to systematize the empirical knowledge on the effects of technology-mediated programs promoting mental health literacy among adolescents. We conducted a systematic literature search until December 2019 and selected four empirical studies that evaluated the effects of these types of programs on different mental health indicators. Results show that technology-mediated programs had positive effects on increasing mental health literacy, with gender and age moderating these associations. Their effect on reducing stigma and prompting professional help-seeking behavior, however, was inconsistent. The limitations of the studies included in the review were also discussed.
  • Public and social policies in the face of social vulnerability in the Cracolândia Artigos Originais

    Camargo, Paola de Oliveira; Oliveira, Michele Mandagará de; Raupp, Luciane Marques; Pereira, Gabriela Botelho; Ramos, Camila Irigonhé

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O presente estudo tem como objetivo discutir a operacionalização das políticas públicas e sociais frente à vulnerabilidade social no território da Cracolândia. Realizou-se uma etnografia a partir de observação participante com construção de diário de campo e entrevistas etnográficas. Foram entrevistadas pessoas que fazem uso de drogas nas cenas de uso e/ou que frequentam o Centro de Convivência É de Lei e os agentes redutores de danos dessa Organização Não Governamental (ONG). O estudo foi desenvolvido em 2018 na cidade de São Paulo. Para a análise dos dados, utilizou-se a Teoria Interpretativa. As políticas sociais voltadas para usuários de drogas devem considerar os determinantes sociais em saúde que são causadores de diversas desigualdades. Não é aceitável que as ações de saúde para pessoas em vulnerabilidade social não enfoquem questões de moradia, alimentação, escolaridade, trabalho e renda. Sendo assim, é necessário que as políticas públicas assumam e desempenhem seu caráter intersetorial e interdisciplinar, caso contrário, continuarão a ser arbitrárias e sem sucesso no cuidado de pessoas que precisam do auxílio e não da tutela e repreensão do Estado.

    Abstract in English:

    Abstract This ethnographic study discusses the operationalization of public and social policies in the face of social vulnerability in the Cracolândia. Data was collected by means of participant observation annotated on a field diary and ethnographic interviews with individuals who use drugs in the territory and/or attend the É de Lei Community Center and with the harm reduction agents of said Non-Governmental Organization (ONG). The study was developed in 2018 in the city of São Paulo, Brazil. Data was analyzed using Interpretative Theory. Social policies geared to drug users must consider the social determinants of health at the root of various inequalities. It is unacceptable that health actions for people in social vulnerability do not address issues of housing, food, education, work, and income. Hence, public policies must assume and perform their intersectoral and interdisciplinary character, otherwise they will continue to be arbitrary and unsuccessful in caring for those who need help and not tutelage and reprehension of the State.
  • Something to teach and to learn: the psychic suffering and mental health of educators in Alto Oeste Potiguar, Rio Grande do Norte, Brazil Artigos Originais

    Chaves, Francisco Gilmar da Silva; Souza, Bertulino José; Miranda, Lucas Vialli Batista

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este artigo, originado do projeto de pesquisa Nascido nas sombras: percepção da comunidade acadêmica de Pau dos Ferros sobre sofrimento psíquico e saúde mental, analisou a condição da saúde de docentes em instituições de ensino do município de Pau dos Ferros, Rio Grande do Norte, tendo como objetivo identificar a existência de danos e fatores de impacto na saúde dos profissionais. Metodologicamente, a pesquisa, de natureza qualitativa e realizada entre 21 de fevereiro de 2019 e 21 de março de 2019 na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), no Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) e na Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), indagou, a partir de um questionário semiestruturado, 34 docentes por amostragem estratificada proporcional. A análise de conteúdo foi a estratégia utilizada para decodificar as falas e os resultados apontaram para uma estimativa de cerca de 60% do público-alvo, ou seja, 20 dos 34 respondentes deram indicativos de sofrimento psíquico, cargas excessivas e condições inadequadas de trabalho, estresse constante, forte pressão social, ausência de momentos de lazer, dentre outros. Considera-se que o conjunto de fatores que determinaram um índice tão elevado representam um sério alerta para a saúde desses profissionais e a necessidade de políticas de saúde que atendam a esse segmento.

    Abstract in English:

    Abstract This article, originated from the research project Born in the shadows: perception of the academic community of Pau dos Ferros on psychic suffering and mental health, analyzed the health condition of educators in the municipality of Pau dos Ferros, Rio Grande do Norte, Brazil, aiming to identify damages and impact factors on these professionals’ health. This qualitative research was carried out between February 21, 2019, and March 21, 2019, at the Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), in the Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), and at the Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA). Data was collected using a semi-structured questionnaire with 34 teachers by proportional stratified sampling. Content analysis was used to decode the statements and results showed an estimated 60% of the target audience, that is, 20 out of 34 respondents indicated psychic suffering, excessive workloads, inadequate working conditions, constant stress, strong social pressure, lack of leisure time, among others. The causes for this high rate represent serious danger for the health of these professionals, requiring health policies to address them.
  • “From technician to health professional”: analysis of professional identity (re)construction in the context of the Family Health Support Center Artigos Originais

    Arce, Vladimir Andrei Rodrigues; Teixeira, Carmen Fontes

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Ao fomentar a redefinição das práticas de saúde de profissionais inseridos na proposta, a implantação dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (Nasf) no Brasil provocou, além de inovações, indagações em diversos âmbitos, incluindo a questão da identidade profissional. Este artigo busca descrever e analisar trajetórias de formação e de trabalho de pessoas que atuam nesses núcleos e discutir o processo de construção/reconstrução de suas identidades profissionais. Trata-se de estudo de caso qualitativo conduzido com profissionais que trabalham em Salvador, Bahia, com os quais foram realizadas entrevistas individuais semiestruturadas. Os resultados evidenciaram que somente após a inserção no Nasf os indivíduos passaram a se reconhecer efetivamente como profissionais da saúde, à medida que desenvolviam ações que extrapolavam atividades exclusivamente técnicas, a partir das diversas necessidades de saúde dos territórios. Nesses núcleos, vivenciaram um trabalho em equipe colaborativo, interdependente e complexo, com importante grau de controle sobre o próprio trabalho, ainda que com limitações. Esse contexto contribuiu para o processo de desalienação profissional e formação de sujeitos sociais, tornando possível a emergência de uma forma identitária essencialmente estratégica e relacional, forjada no trabalho em equipe interprofissional e potencialmente transformadora do modelo de atenção à saúde no contexto estudado.

    Abstract in English:

    Abstract By redefining the health practices of professionals included in the proposal, the implementation of the Family Health Support Center (NASF) in Brazil provoked, besides innovations, discussions in several areas, including the issue of professional identity. This article describes and analyzes the education and work trajectories of professionals who work in these Centers and discuss the process of (re)construction of their professional identities. This qualitative case study carried out semi-structured individual interviews with professionals working in Salvador, Bahia. Results showed that only after joining the NASF, did these individuals began to effectively recognize themselves as health professionals, as they developed actions beyond exclusively technical activities, based on the diverse healthcare needs of the territories. In these centers, they experienced a collaborative, independent, and complex teamwork, with an important degree of control over their own work, although with limitations. This context contributed to the process of professional de-alienation and formation of social subjects, making possible the emergence of an essentially strategic and relational form of identity, forged through interprofessional teamwork and potentially transforming the health care model in the context studied.
  • Perceptions about remote teaching during physical isolation: what do mothers have to report to us? Artigos Originais

    Araujo, Denise Conceição Garcia; Oliveira, Letícia Natália de; Beretta, Regina Célia de Souza; Bittar, Cléria Maria Lobo

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A emergência da pandemia ocasionada pela covid-19 impôs modelos de cuidados preventivos, por meio de ações adotadas para evitar o agravamento da disseminação viral. Dentre essas medidas, o isolamento físico proposto pela Organização Mundial de Saúde (OMS) foi o que certamente trouxe maiores repercussões e ressignificações para as diferentes dimensões da vida social. Atividades habituais, como ir à escola passaram, a ser incorporadas ao ambiente domiciliar, reorganizando práticas tradicionais já estabelecidas socialmente. Este estudo qualitativo objetiva descrever as experiências das mães e identificar quais os principais desafios em relação ao acompanhamento das atividades escolares de seus filhos durante as aulas não presenciais. Para esta finalidade, foram realizadas entrevistas por meio telefônico. Os relatos foram divididos em três categorias temáticas a respeito do ensino remoto-domiciliar, na qual a primeira mostra as adaptações para o novo modelo de ensino, a segunda categoria abarca as diferentes experiências e a terceira aborda as dificuldades de acesso aos equipamentos e conexões. Por meio dos relatos, nota-se o quanto se torna complexa a experiência dessa modalidade de ensino quando associada à sobrecarga de afazeres domésticos e profissionais das participantes dentro de seus lares. Esta queixa é mais intensa entre as participantes que exercem profissão remunerada.

    Abstract in English:

    Abstract The pandemic caused by COVID-19 imposed models of preventive care through a series of measures aimed to avoid the virus spread. Among them, the physical isolation proposed by the World Health Organization (WHO) was the one that certainly had the greatest repercussions and resignifications to the different dimensions of social life, forcing the reorganization and incorporation of traditional practices into the domestic environment, such as studying at school. This qualitative study aims to describe the experiences and identify the main challenges faced by mothers in monitoring their children’s school activities during non-presential classes. Data were collected by means of telephone interviews and divided into three thematic categories regarding the home-remote teaching: the first category shows the adaptations for distance learning, the second addresses participants’ different experiences with this learning modality, and the third reports the difficulties in accessing equipment and internet connections. The reports evince the complexity of this teaching modality when associated with mothers’ domestic and professional overload, especially for participants with a paid occupation.
  • The role of Santa Casa in the Brazilian public health system: a historical survey of a philanthropic institution Artigos Originais

    Oliveira, André Luiz Mendes; Sacomano Neto, Mário; Donadone, Júlio César

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O artigo1 tem por objetivo analisar a evolução da interação entre Santas Casas e o Sistema de Saúde Público brasileiro por meio do levantamento histórico da Santa Casa de Mogi Mirim. Os procedimentos metodológicos foram de abordagem qualitativa e basearam-se em uma coleta de dados por pesquisa documental do levantamento histórico da Santa Casa em questão e do histórico dos principais marcos do sistema de saúde brasileiro. Os dados obtidos foram analisados para identificar o nível de interação entre a Santa Casa e a assistência hospitalar do sistema de saúde em vigor. O resultado desta análise histórico-comparativa demonstrou a intensificação da relação entre a Santa Casa e o sistema público de saúde, partindo de uma interação nula no início do século XIX que se transforma em uma codependência cercada de disputas e com limites muitos tênues no início do século XXI.

    Abstract in English:

    Abstract This article1 aims at analyzing the evolution of the interaction between the Santas Casas and the Brazilian Public Health stemmed from the historical research of the Santa Casa de Mogi Mirim. This qualitative research was based on data collected by means of documentary research on the historical survey of the Santa Casa and the Brazilian health system, identifying the level of interaction between the institution and hospital care. The result of this comparative historical analysis demonstrated the intensification of the relationship between Santa Casa and the public health system, starting from a null interaction in the beginning of the 19th century that turns into a codependency with numerous disputes and very subtle limits in the beginning of the 21st century.
  • Face-to-face class activities during the covid-19 syndemic: reasons to celebrate? Artigos Originais

    Rumenig, Eduardo

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Sindemia é o termo utilizado para designar como interações biológicas e sociais influenciam no comportamento de uma determinada doença. A retomada das atividades escolares presenciais em meio à sindemia de covid-19 suscita controvérsias. Os defensores alegam que o retorno presencial mitigaria vulnerabilidades sociais, sanitárias e educacionais, enquanto os críticos afirmam que tal decisão contribuiria para a disseminação do vírus. O presente estudo analisa a dinâmica das internações e mortes por covid-19 entre estudantes da educação básica mediante a retomada das atividades escolares presenciais no município de São Paulo. Ademais, procura desvelar se a incidência de infecção por Sars-Cov-2 entre profissionais da educação teria relação com a qualidade socioterritorial que circunscreve as unidades de ensino básico (UE). As análises foram realizadas utilizando base de dados de instituições públicas paulistas. A retomada das atividades presenciais coincidiu com o aumento de internações e óbitos por covid-19 entre estudantes. O pico ocorreu 15 dias após o início das aulas. As UE inseridas em territórios com menores índices de desenvolvimento humano (IDH) registraram as maiores taxas de infecção por Sars-Cov-2. Retomar as aulas presenciais sem diminuir os riscos de contaminação parece ameaçar principalmente os indivíduos de territórios vulneráveis.

    Abstract in English:

    Abstract The term syndemic has been used to designate how biological and social interactions influence the behavior of a particular disease. The resumption of face-to-face school activities amidst the covid-19 syndemic sparks considerable controversy: while supporters claim that returning to school would mitigate social, health, and educational vulnerabilities, critics say that such a decision would help to spread the virus. In this scenario, this study analyzes the dynamics of hospital admissions and deaths related to covid-19 among elementary students in terms of the resumption of face-to-face school activities in the city of São Paulo, Brazil. Moreover, it also investigates the association between the incidence of covid-19 among education professionals and the socio-spacial properties in which the based education units (UEs) are located. The analyses were conducted with data from the public institutions of São Paulo. The results indicate that in-person activities resumption coincided with an increase in admissions and deaths from covid-19 among students, peaking 15 days after the beginning of the classes. UEs located in territories with lower human development indices registered the highest SARS-Cov-2 infection rates. Thus, resuming in-person classes without mitigating contamination risks poses a threat for the population, especially for those from vulnerable territories.
  • Health surveillance in the Brazilian press: overview of the media coverage of the Brazilian health regulatory agency Artigos Originais

    Cunha, Nayane Yuri Taniguchi; Vasconcelos, Wagner Robson Manso de; Oliveira-Costa, Mariella Silva de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O artigo apresenta um panorama da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na imprensa brasileira. A amostra é composta por textos publicados em 2018 em diferentes veículos impressos e on-line, totalizando 1.629 publicações de 148 veículos de comunicação distintos. A partir da análise de conteúdo, observou-se que a Anvisa não é a principal fonte na maior parte dos textos sobre vigilância sanitária na imprensa, bem como não é apresentada como órgão do Sistema Único de Saúde (SUS), e que os principais temas pautados no período foram relacionados à regulamentação, aos registros e às autorizações. Dentre os assuntos sob sua responsabilidade, o mais frequente foi relacionado à área de medicamentos e farmacopeia. O mês de julho registrou uma frequência maior de textos devido à repercussão nacional do caso da morte da paciente de um cirurgião plástico e influenciador digital pelo uso de um produto autorizado pela agência. É importante que a Anvisa reveja o seu posicionamento junto à imprensa, ampliando nos meios de comunicação o seu espaço de fala como protagonista da vigilância sanitária brasileira. Os resultados da análise sugerem tendências da cobertura nacional e podem ajudar a melhorar as estratégias de comunicação não só da Anvisa, mas também de outros órgãos de saúde .

    Abstract in English:

    Abstract The article presents an overview of the Brazilian media coverage of the Brazilian Health Regulatory Agency (ANVISA). The sample consists of texts published in different print and online media throughout 2018, totaling 1,629 publications from 148 different media. Data underwent content analysis, showing that most texts on health surveillance in the press do not approach ANVISA as the main source nor as a body of the Brazilian Unified Health System (SUS). The main themes in the period were related to regulation, records, and authorizations. Among the subjects under the ANVISA responsibility, the most frequent were related to medication and pharmacopoeia. Given the national repercussion involving the death of a patient of a plastic surgeon and digital influencer due to the use of a product authorized by the agency, most publications date from July. ANVISA should review its positioning with the press, expanding its role as a protagonist of the Brazilian health surveillance in the media. The results suggest trends in national coverage and may help improving the communication strategies not only of ANVISA, but also of other health institutions.
  • An essay on blindness: mental health in primary care and disputes in the face of the pandemic of covid-19 Artigos Originais

    Mattos, Mússio Pirajá; Pereira, Beatriz Medrado; Gomes, Daiene Rosa

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A atenção básica à saúde (ABS) é um importante recurso para o enfrentamento de problemas relacionados ao sofrimento psíquico. A partir disso, o presente ensaio visa discutir a saúde mental (SM) na ABS diante da pandemia da covid-19. A pandemia ilumina problemas antigos em que é observado a lógica assistencialista e medicalizada do cuidado em SM. Além disso, persistem práticas de subaproveitamento e não reconhecimento das potencialidades da ABS como produtora do cuidado num espinhoso cenário político-econômico de disputa de poder e que incentiva a privatização dos serviços públicos. Esse jogo de forças tem influência na produção do cuidado, sobretudo em contextos caóticos, de injustiças e desigualdades sociais, terrenos férteis para a disseminação da covid-19. Assim, torna-se importante um olhar mais atento sobre os efeitos da SM na ABS, visto que gestores, profissionais e usuários podem mergulhar na “cegueira branca”. Portanto, é fundamental reconhecer a legitimidade dos saberes, valores e desejos que movimentam os trabalhadores e usuários dos serviços públicos; ou seja, compreender a SM como um campo relacional e dinâmico. Também é importante depositar um sopro de esperança ao gerar reflexões que acendam as luzes para que esse cuidado se aproxime do cuidado integral.

    Abstract in English:

    Abstract Primary health care (PHC) is an important resource for facing issues associated with psychological distress. Thus, this essay aims to discuss mental health (MH) in PHC in the face of the covid-19 pandemic. Besides bringing to light old problems related to the assistentialist and medicalized logic of the MH care, the pandemic upholds practices that underutilize and disregard PHC potentialities as a care provider in a political-economic scenario of power struggle, which encourages the privatization of public services. Such power play influences care provision, especially in chaotic scenarios of injustices and inequalities - fertile ground for covid-19 spread. This context evinces the need for taking a closer look at the effects of MH on PHC, since managers, professionals, and users can be plunged into the so-called “white blindness”. Thus, recognizing the legitimacy of knowledge, values, and desires that move different types of workers and users is crucial; that is, understanding MH as a relational field in constant movement. Likewise, bringing a glimmer of hope by promoting reflections that turn on the lights so that this care approaches integral care is also important.
  • The meanings of mental health care from the meetings and reports of CAPS users Artigos Originais

    Medeiros, Victor Hugo Rodrigues; Moreira, Maria Inês Badaró

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este artigo apresenta a criação de serviços comunitários em ampla rede e políticas públicas brasileiras no campo da saúde mental, fundamentais para a análise do cuidado nos serviços. O objetivo é analisar a concepção do cuidado em saúde mental por meio da contribuição dos usuários e do entendimento de seus modos de fazer saúde mental. Dessa forma, contribui para o diálogo entre a desinstitucionalização e o panorama atual da saúde mental, com base em experiência de inspiração etnográfica. A metodologia, de natureza qualitativa, teve como componente a observação participante, diários de campo e encontro de grupo focal em um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) III, em Santos, município litorâneo no estado de São Paulo. Os dados foram sistematizados de acordo com a análise temática em três principais eixos: abordagem do cuidado e do acolhimento no CAPS; apontamento das necessidades cotidianas reais dos usuários e a percepção da complexidade no cuidado e nos encontros; e o mandato social dessas instituições, de atribuições inúmeras e complexas no território.

    Abstract in English:

    Abstract This study investigates changes in the field of mental health in the Brazilian scenario, analyzing the creation of community services and public policies related to care. With that, it aims to assess the conception of mental health care according to its users, contributing to the dialogue between deinstitutionalization and the field current panorama based on an ethnographic approach. This is a qualitative participant observation research conducted in a Center of Psychosocial Attention (CAPS) III in the city of Santos, Sao Paulo. Data were collected by means of focus groups and field diaries and treated by thematic analysis, resulting in three main discussion axes: care and embracement; real daily needs of users and the perception of complexity in care and meetings; and these institutions social mandate, with numerous and complex roles.
  • Planned obsolescence in public health services: the Prosthetic Mafia case Artigos Originais

    Martarello, Rafael de Almeida

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Obsolescência programada é um conjunto de ações empreendidas por parte do produtor com o objetivo de estabelecer o decaimento gradativo de algum atributo de uma mercadoria para, assim, estimular artificialmente a demanda pelo consumo. A literatura sobre o fenômeno tem apontado como vítimas somente indivíduos e, como forma de manifestação do fenômeno, objetos. Este trabalho aponta a ocorrência do fenômeno de obsolescência programada em serviços públicos de saúde. Para isso, é empreendido um estudo exploratório-interpretativo de abordagem qualitativa e utilizado como estratégia de pesquisa o estudo de caso. A unidade de análise foi a nomeada Máfia das Próteses e, para coleta de dados, foram empregadas as técnicas de pesquisa bibliográfica e documental. Como resultado, foram selecionados e expostos três casos da ocorrência do fenômeno em cirurgias. Foi também realizado um esforço interpretativo dos condicionantes, da dinâmica e dos efeitos da prática de sabote cirúrgico com objetivo de estimular a demanda por serviços médicos e equipamentos médico-hospitalares. Como contribuição, este estudo realiza o delineamento dos elementos que caracterizam a ocorrência deste fenômeno em serviços médicos. Além disso, inaugura uma agenda de futuros estudos que abordam tanto o Estado sendo vitimado pela prática, quanto a ocorrência do fenômeno no setor de serviços.

    Abstract in English:

    Abstract Planned obsolescence is a set of actions undertaken by the producer to establish the gradual decay of some attribute of a commodity, artificially stimulating the demand for consumption. The literature on the phenomenon has identified only individuals as victims and objects as forms of expression. This study reports the occurrence of planned obsolescence in public health services. To this end, it consists of an exploratory-interpretative study with a qualitative approach, using the case study of the so-called Prosthetic Mafia. Data were collected by means of bibliographic and documentary research, resulting in three cases that expose the phenomenon occurrence in surgeries. The results were analyzed through an attempt to interpret the conditions, dynamics, and effects of the practice of surgical sabotage to stimulate the demand for medical services and medical-hospital equipment. This study outlines the elements that characterize planned obsolescence occurrence in medical services, inaugurating an agenda of future studies that address both the State being victimized by the practice and the phenomenon in the service sector.
  • The challenge of ageing in Latin America: long-term care in Costa Rica Artigos Originais

    Matus-Lopez, Mauricio A.; Chaverri-Carvajal, Alexander; Jara-Males, Patricia C.

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Embora políticas públicas de cuidados prolongados estejam começando a ser implementadas na América Latina, poucos estudos analisam a situação dos países que compõem a região. Este estudo tem por objetivo examinar programas públicos de cuidados prolongados na Costa Rica e estimar a demanda do país por cuidados formais. Os dados foram obtidos por meio de revisão das Contas Nacionais de Saúde, cinco entrevistas com representantes de instituições governamentais, revisão da literatura científica e relatórios oficiais, e análise dos dados extraídos de uma pesquisa nacional de cuidados. Os resultados indicam a existência de programas fragmentados e focados no enfrentamento à pobreza que não foram projetados para atender às necessidades de cuidados prolongados. Estima-se que, atualmente, 13,4% dos idosos da região necessitam de ajuda na execução de atividades básicas da vida diária, e que o trabalho informal de cuidados é intensivo, oferecido principalmente por um membro da família, e não remunerado.

    Abstract in English:

    Abstract Latin America is beginning to implement long-term care public policies. But only a few studies look at the situation of the countries in the region. This study aims to examine long-term care public programs in Costa Rica and to estimate the country’s demand for formal care. For this purpose, we have revised its National Health Accounts, conducted five interviews with representatives of governmental institutions, reviewed the scientific literature and official reports, and analyzed the data drawn from a national care survey. The results show the existence of fragmented, poverty-focused programs that were not designed for long-term care needs. The estimated percentage of older adults in the region that currently require help to perform activities of daily living is 13.4%. The informal care work is intensive, mostly provided by a family member, and unpaid.
  • No “OLSW” in youth and retirement pension at risk: an autoethnography on the activism for the rights of people living with HIV/AIDS Artigos Originais

    Oliveira, Carolina Iara de; Ricoldi, Arlene

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este artigo busca contar as narrativas de jovens que nasceram com HIV apresentadas em rodas de conversa de um Grupo de Trabalho sobre Transmissão Vertical do HIV e Juventudes. Os temas abordados dizem respeito à empregabilidade e benefícios sociais, bem como analisam a perda de aposentadorias por Pessoas Vivendo com HIV/aids (PVHA) no período de 2016 a 2019. O método utilizado para esta pesquisa qualitativa é a autoetnografia de uma ativista travesti negra e intersexo, além da análise documental de atas, notícias, memórias de reuniões, anotações pessoais e legislações, tendo como escolha conceitual de análise a interseccionalidade.

    Abstract in English:

    Abstract This article presents the narratives of young people born with HIV told in chatting circles of a Working Group on Vertical Transmission of HIV and Youth. The themes relate to employability and social benefits, as well as the loss of retirement pensions by people living with HIV/AIDS (PLHA) from 2016 to 2019. Based on the concept of intersectionality, this qualitative research consists of the autoethnography of a Black intersex travesti activist and of a document analysis of minutes, news, meeting memories, personal notes, and legislations.
  • “Health needs:” reflections on the (in)definition of a concept Artigos Originais

    Freitas, Gabriele Carvalho de; Flores, Joyce Andrade das; Camargo Jr., Kenneth Rochel de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Definir um conceito de necessidades em saúde é fundamental para estabelecer limites às intervenções médico-sanitárias, sejam individuais ou coletivas. Como muitas expressões de uso técnico corrente, há uma variação considerável dos sentidos atribuídos à expressão “necessidades de saúde”. A hipótese que guiou este trabalho é de que a literatura especializada apresenta uma falta de rigor na definição e utilização do termo, o que constitui em si um problema ético e político, visto que pode reverberar em questões como alocação de recursos, na definição de estratégias e ações de um projeto terapêutico. Foi realizada uma análise temática em artigos publicados nas bases BVS e Pubmed em português, espanhol e inglês, com os respectivos descritores: determinação de necessidades de cuidados de saúde, evaluacíon de necessidades e needs assessment. Constatou-se que “necessidades de saúde” é um objeto pouco explorado numa perspectiva que envolva sua reflexão. Há uma ausência de definição conceitual nos trabalhos em que aparece, denotando uma falta de uniformidade no entendimento teórico acerca dessa expressão. A falta de um conceito strictu sensu e a complexidade dos fatores envolvendo o descritor resulta em um uso difuso, com problematização incipiente e, por vezes, conveniente ao contexto empregado.

    Abstract in English:

    Abstract Defining a concept of health needs is essential for establishing limits to medical and sanitary interventions, whether at an individual or collective level. Like many expressions in current technical use, the meanings attributed to the expression “health needs” vary considerably. Thus, this work was driven by the hypothesis that the specialized literature lacks rigor in the definition and use of the term, posing an ethical and political problem for it can reverberate in issues such as resource allocation and in the definition of strategies and actions of a therapeutic project. To this end, articles published in the BVS and Pubmed databases in Portuguese, Spanish, and English, with the descriptors determinação de necessidades de cuidados de saúde, evaluacíon de necessidades, and needs assessment were submitted to thematic analysis. The results indicate that reflections on the concept of “health needs” are scarce in the literature. Moreover, the studies addressing the concept show a lack of conceptual definition, denoting a lack of uniformity in the theoretical understanding about this expression. The absence of a strictu sensu concept and the complexity of the factors involving the descriptor results in a diffuse use, with incipient problematization and, at times, convenient for the context used.
  • The others are the others: perceptions of male users about the adverse effects of testosterone Artigos Originais

    Tramontano, Lucas

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este artigo analisa a percepção de homens usuários de testosterona acerca dos efeitos adversos no uso do hormônio, a fim de refletir sobre a eficácia e o alcance de ações em saúde voltadas para essa prática. Os dados empíricos foram obtidos a partir de 21 relatos de história de vida de homens que utilizam a testosterona, com ou sem acompanhamento médico, de perfil variado, coletados em 2016 majoritariamente no Rio de Janeiro. A discussão se apoia nos estudos de gênero e de masculinidades para argumentar como os homens interpretam os impactos do uso da testosterona a partir de uma valorização de características masculinas associadas a um ideal normalizador de masculinidade. Os resultados apontam uma percepção generalizada no campo de que o hormônio causa pouco ou nenhum mal, através de um processo de invisibilização ou ressignificação dos efeitos potencialmente negativos. Além disso, há um movimento de deslocamento dos problemas associados ao uso a personagens estereotipadas, num processo de desresponsabilização de si e reafirmação de atributos de um ideal de masculinidade. Com isso, busca-se contribuir para a construção de ações em saúde mais adequadas ao cotidiano dos usuários e, portanto, mais eficazes.

    Abstract in English:

    Abstract This article analyzes the perception of male users of testosterone about the adverse effects of the hormone, aiming to challenge the effectiveness and scope of health actions for this practice. Empirical data were obtained in 2016, mostly in Rio de Janeiro, from life history interviews with 21 male users of testosterone, with or without medical monitoring, from different backgrounds. In the light of gender and masculinity studies, it discusses how men interpret the impacts of testosterone use from a social valuation of certain traits associated with a normalizing manhood ideal. Results indicate an invisibilization or re-signification of potentially negative effects of the hormone, culminating in a widespread perception that it causes little or no harm. The problems associated with testosterone use acquire stereotyped characters, through a process of denying self-responsibility and reaffirming attributes of an ideal type of masculinity. This study is expected to contribute to the development of more adequate and thus more effective health actions to users’ daily lives.
  • Covid-19 beyond the disease: effects of the pandemic on the neonatal intensive care in the light of Nightingale’s environmental theory Artigos Originais

    Machado, Iara Caroline Silva; Rocha, Amanda Chaves; Amaral, Alda Silva Nery; Lima, Raquel Cristina Gomes; Santos, Juliana Oliveira; Manfroi, Edi Cristina; Medeiros, Danielle Souto de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo As rigorosas medidas de segurança adotadas pelos hospitais, em decorrência da pandemia, estenderam-se também às Unidades de Terapia Intensiva Neonatais (UTIN). Este artigo desvela, por meio de observação sistemática, as mudanças organizacionais e estruturais ancoradas na Teoria Ambientalista de Nightingale que ocorreram na UTIN de um hospital público do interior da Bahia. Observou-se a interconexão entre os Ambientes Físico, Psicológico e Social, porém, com comprometimento na comunicação e relação entre família, neonato e equipe, apresentando um viés sensível das consequências restritivas da covid-19. Salienta-se o paradoxo entre zelar pela segurança e o impedimento das práticas informativas e facilitadoras de vínculos que envolvem o trinômio mencionado. Contudo, novas estratégias emergem desse contexto, levando os profissionais a se reinventarem e ousarem na comunicação, por meio de recursos remotos antes não utilizados, destacando as tecnologias digitais.

    Abstract in English:

    Abstract The strict safety measures adopted in hospital environments due to the pandemic have also been extended to Neonatal Intensive Care Units (NICU). By means of a systematic observation and based on Nightingale’s Environmental Theory, this article sought to unveil the organizational and structural changes in the NICU of a public hospital in the countryside of Bahia. Results indicate an interconnection between physical, psychological, and social environments, which were committed to the communication and relationship between family, newborn, and team, thus presenting a sensitive bias of the restrictive consequences of covid-19. These findings highlight the paradox between ensuring security and preventing informational and bond-facilitator practices that involve the aforementioned triad. From this context emerge new communication strategies leading professionals to reinvent themselves, and to dare in communication by remote resources not used before, emphasizing the use of digital technologies.
  • Validation of a serialized album on harm reduction for homeless persons Artigos Originais

    Aragão, Caroline Ponte; Ximenes, Maria Aline Moreira; Brandão, Maria Girlane Sousa Albuquerque; Galindo Neto, Nelson Miguel; Caetano, Joselany Áfio; Barros, Lívia Moreira

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este estudo buscou construir e validar um álbum seriado sobre redução de danos para pessoas em situação de rua. Foi desenvolvida pesquisa metodológica para a construção e validação do álbum seriado por 22 juízes especialistas. Foi considerado índice de concordância de, no mínimo, 80% para se garantir a validação do material. Houve nível de concordância de 100% quanto aos objetivos do material, assim como sua relevância para prática clínica. A estrutura e apresentação obteve concordância de 95,5%. Assim, o índice de validade de conteúdo global na validação com juízes foi igual a 0,99, o que confirma a validação de conteúdo e aparência junto aos especialistas da área. A tecnologia foi considerada válida quanto ao conteúdo, podendo ser utilizada como ferramenta educativa sobre redução de danos, e como meio de aproximação e construção de vínculo do profissional com pessoas em situação de rua nos serviços de saúde e assistência social.

    Abstract in English:

    Abstract This study sought to build and validate a serialized album on harm reduction for homeless persons. Methodological research was developed for the construction and validation of the serialized album by 22 expert judges. An agreement index of at least 80% was considered to ensure its validation. There was a 100% agreement level regarding the objectives of the educational material, as well as its relevance to clinical practice; structure and presentation obtained 95.5% agreement. As for the judges’ validation, the global content validity index was 0.99, thus confirming the validation of content and appearance among specialists in the field. The technology was considered valid in terms of content, and can be used as an educational tool on harm reduction and as a means to approach and build bonds between professionals and homeless persons in health and social services.
  • Implications of covid-19 in the daily lives of northeastern families and childcare Artigos Originais

    Silva, Jordan Prazeres Freitas da; Castro, Marcia C.; Aquino, Camila Machado de; Souza, Carla Renata Braga de; Rocha, Hermano Alexandre Lima; Correia, Luciano Lima; Altafim, Elisa Rachel Pisani; Oliveira, Francisco Ariclene; Machado, Márcia Maria Tavares

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este estudo explora o cotidiano das famílias com filhos de 0 a 6 anos, residentes em Fortaleza, no Ceará, durante o período de distanciamento físico, estipulado pelo Governo do Estado do Ceará. Esta pesquisa qualitativa se utilizou do referencial da teoria de formação de vínculos na adversidade. Foram entrevistadas 30 mães, entre os meses de julho e agosto de 2020, utilizando videochamadas ou telefonemas. Para análise do material empírico, recorreu-se à análise de conteúdo de Bardin, possibilitando a criação de duas categorias temáticas: (1) o exercício do cuidado parental em tempos de covid-19; (2) o cotidiano das crianças diante da pandemia. A interpretação das narrativas revelou que alguns cuidadores buscaram realizar brincadeiras e atividades manuais com os filhos, e explicavam o que estava acontecendo no cenário mundial, exercendo a parentalidade positiva. Ademais, o distanciamento físico favoreceu o aumento da tolerância dos pais no tempo em que os filhos ficaram expostos às telas. Percebeu-se que os pais influenciaram a prática de hábitos alimentares não saudáveis entre as crianças e a manifestação de mudanças no comportamento dos filhos. Como conclusão, destaca-se a necessidade de um acompanhamento contínuo dos aspectos referentes ao desenvolvimento dessas crianças e do retorno delas às atividades presenciais.

    Abstract in English:

    Abstract This study sought to explore the daily life of families with children aged 0 - 6 years old, living in Fortaleza, Ceará - Brazil, during the period of social distancing stipulated by the State Government. This qualitative research was conducted with data collected by means of video or phone interviews with thirty mothers, between July and August 2020. The empirical material was analyzed in the light of Bardin’s content analysis, generating two thematic categories: (1) the exercise of parental care in Covid-19 times; and (2) the daily life of children in the face of the pandemic. The narratives revealed that some caregivers tried to play games and practice arts and crafts with their children, besides explaining what was happening in the world scenario - thus exercising positive parenting. Moreover, the social distancing measures promoted parental tolerance during the time children were exposed to screens, and parents showed to influence the practice of unhealthy eating habits and the manifestation of behavior changes in their children. These findings highlight the need for a continuous monitoring of aspects related to these children’s development, as well as for their return to face-to-face activities.
Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo. Associação Paulista de Saúde Pública. SP - Brazil
E-mail: saudesoc@usp.br