Saúde e Sociedade, Volume: 31, Issue: 3, Published: 2022
  • The dimension of health care in Health Promotion: notes on the approach to care, Artigos Originais

    Carvalho, Fabio; Akerman, Marco; Cohen, Simone

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O objetivo do presente texto é explorar as interfaces entre a Promoção da Saúde (PS), atenção à saúde e processo de cuidado. Parte-se da premissa de que a dimensão da atenção à saúde é essencial para a construção teórico-prática da PS, de forma que possa contribuir para melhores condições de saúde. Trata-se de pesquisa com caráter qualitativo; foi realizada consulta a gestores(as) e trabalhadores(as) municipais da Atenção Básica, utilizando formulário eletrônico, que teve 215 respondentes; e 13 entrevistas com especialistas, membros do Grupo de Trabalho da Associação Brasileira de Saúde Coletiva; também foi realizada análise categorial-temática. Como resultado, pode-se destacar: não necessariamente há dicotomia entre PS, Clínica e cuidado; a forma como o cuidado é produzido torna-se relevante, já que é necessário considerar princípios e diretrizes da PS; e que o cuidado estaria relacionado à PS ainda que a perspectiva seja a recuperação da saúde em casos de adoecimento. Assim, defender a importância da dimensão da atenção à saúde não é ratificar a hegemonia da assistência à saúde sobre outros componentes do processo de cuidado, sendo essencial considerar necessidades individuais em conjunto com a dinâmica social e o contexto no qual vivem as pessoas.

    Abstract in English:

    Abstract The aim of this text is to explore the interfaces between Health Promotion (HP), health care and the care process. It starts from the assumption that the dimension of health care is essential for the theoretical-practical construction of HP, so that it can contribute to better health conditions. This is a qualitative research, a consultation was carried out with managers and municipal workers of Health Primary Care, using an electronic form, which had 215 respondents; and 13 interviews with experts, so called members of the Working Group of the Brazilian Association of Collective Health; also a categorical-thematic analysis was performed. As a result, stands out that: there is not necessarily a dichotomy between HP, , clinical care; the way in which care is produced becomes relevant since considering HP principles and guidelines is necessary, thus care would be related to HP even though the perspective is the recovery of health in cases of illness. Thus, defending the importance of the health care dimension is not to ratify the hegemony of health care over other components of care process, and considering individual needs alongside the social dynamics and the context in which people live is essential.
Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo. Associação Paulista de Saúde Pública. SP - Brazil
E-mail: saudesoc@usp.br