Sobre o periódico

Informação básica

 

Salud Pública de México é uma revista bimestral e interdisciplinar editada pelo Instituto Nacional de Salud Pública - INSP. Seu objetivo geral é disseminar informações sobre saúde pública, compreendida como a aplicação das ciências biológicas, ciências sociais, clínicas e de comportamento para a compreensão dos problemas de saúde da população, assim como para a identificação das necessidades de saúde e para a organização de serviços integrados.

Os objetivos específicos da revista incluem estudar experiências históricas e estimular novas correntes de pensamento no campo da saúde; participar dos debates sobre as mudanças nas condições de saúde e na resposta social organizada a essas condições; como também servir como um fórum para a divulgação de inovações no campo da saúde pública e áreas afins.

Criada em 1959, passa a ser publicada bimestralmente a partir de 1961. A revista publica textos, em espanhol e em inglês, sobre temas relacionados com a saúde pública, na forma de editoriais, artigos originais, comunicações breves, artigos de revisão, ensaios, atualizações, clássicos, indicadores, notícias, resenhas bibliográficas e cartas ao editor.

Seu título abreviado é Salud Publica Mex, que deve ser usado em bibliografias, notas de rodapé e referências e legendas bibliográficas.

 

 

Fontes de informação

 

A revista está indexada em:

  • Current Contents / Social and Behavioral Sciences
  • Social Sciences Citation Index
  • Research Alert
  • Index Medicus
  • Index Medicus Latinoamericano
  • Indice Médico Español
  • EMBASE / Excerpta Medica
  • CAB Health / CAB Abstracts
  • European Clearing House on Health Systems Reforms
  • Indice de Revistas Mexicanas de Investigación Científica y Tecnológica del CONACYT
  • Periódica
  • Indice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa (IRESIE)

Online:

  • Lilacs - Literatura Latino-Americana em Ciências da Saúde
  • Medline

CD-ROM:

  • Artemisa
 

 

Copyright

 

Todos os direitos são reservados. O material publicado poderá ser reproduzido, total ou parcialmente, sempre e somente com a autorização expressa e por escrito de Salud Pública de México, e desde que a fonte original de publicação seja citada.

Os artigos assinados são responsabilidade de seus autores, não refletindo necessariamente a opinião do INSP, da revista ou da instituição a que estão afiliados.

 

 


Corpo Editorial

Diretor

 
  • Mauricio Hernandez
    Secretaría de Salud
 

 

Editor executivo

  

 

Editores de seção

 
  • Mauricio Hernández Avila
    Epidemiologia e métodos quantitativos
  • Octavio Gómez Dantés
    Sistemas de saúde
  • Carlos Conde González
    Biomedicina
  • Sergio López Moreno
    Medicina social
 

 

Editora assistente

 
  • Mónica Fuentes Ramírez
    Instituto Nacional de Salud Pública
 

 

 

Comitê editorial

 
  • Xavier Bosch
    Institut Català d'Oncologie - España
  • Viviane Brachet
    El Colegio de México - México
  • Mario Bronfman Pertzovsky
    Fundación Ford - México
  • Kenneth Brown
    University of California - EUA
  • Pelayo Correa
    Louisiana State University - EUA
  • Javier de la Fuente Hernández
    Universidad Nacional Autónoma de México
  • Eduardo L. Franco
    McGill University - Canada
  • Julio Frenk Mora
    Harvard School of Public Health - EUA
  • Silvestre Frenk Freud
    Instituto Nacional de Pediatría - México
  • Howard Frumkin
    Centers for Disease Control - EUA
  • Anna D. Giuliano
    University of South Florida - EUA
  • Roger I. Glass
    Fogarty International Center and National Institutes of Health - EUA
  • Gonzalo Gutiérrez Trujillo
    Instituto Mexicano del Seguro Social
  • Janet Hemingway
    Liverpool School of Tropical Medicine - Reino Unido
  • Gustavo Kourí
    Instituto de Medicina Tropical Pedro Kouri - Cuba
  • Jean Lebel
    International Development Research Centre - Canada
  • Rubén Lisker Yourkowitzky
    Instituto Nacional de Ciencias Médicas y Nutrición Salvador Zubirán - México
  • Rafael Lozano Ascencio
    University of Washington - EUA
  • Adolfo Martínez Palomo
    Coordinación de los Institutos Nacionales de Salud - México
  • Reynaldo Martorell
    Emory University - EUA
  • Onofre Muñoz Hernández
    Hospital Infantil de México
  • José Narro Robles
    Universidad Nacional Autónoma de México
  • Ruy Pérez Tamayo
    Universidad Nacional Autónoma de México
  • Samuel Ponce de León Rosales
    Laboratorios de Biológicos y Reactivos de México
  • Janine Ramsey
    Instituto Nacional de Salud Pública - México
  • Jonathan Samet
    University of Southern California - EUA
  • Jaime Sepúlveda
    Bill & Melinda Gates Foundation - EUA
  • Guillermo Soberón Acevedo
    Coordinación General de los Institutos Nacionales de Salud - México
  • Giorgio Solimano
    Universidad de Chile
  • Julio Sotelo Morales
    Comisión Coordinadora de Institutos Nacionales de Salud - México
  • Walter Willett
    Harvard School of Public Health - EUA

 

Produção editorial

 
  • Coordenador de edição
    Gabriel Nagore
  • Edição
    Susana de Voghel
    Francisco Reveles
    Jorge García
  • Promoção e distribuição
    Ma. Elena Martínez
  • Coordenador de produção
    Samuel Rivero Vázquez
  • Captura e formação
    Petra Montiel Martínez
    Zandra Arriaga Zamora
    Liliana Rojas
    Rubén Cortés
  • Material gráfico
    Juan Pablo Luna Ramírez
 

Instruções aos autores

Objetivo e política editorial

 

O objetivo geral de Salud Pública de México é disseminar informações sobre saúde pública, compreendida como a aplicação das ciências biológicas, ciências sociais, clínicas e de comportamento para a compreensão dos problemas de saúde da população, assim como para a identificação das necessidades de saúde e para a organização de serviços integrados.

Os objetivos específicos da revista incluem estudar experiências históricas e estimular novas correntes de pensamento no campo da saúde; participar dos debates sobre as mudanças nas condições de saúde e na resposta social organizada a essas condições; como também servir como um fórum para a divulgação de inovações no campo da saúde pública e áreas afins.

A revista publica textos, em espanhol e em inglês, sobre temas relacionados com a saúde pública, na forma de editoriais, artigos originais, comunicações breves, artigos de revisão, ensaios, atualizações, clássicos, indicadores, notícias, resenhas bibliográficas e cartas ao editor.

Somente são aceitos para publicação trabalhos originais e inéditos, que não estejam sendo considerados para publicação por outra revista e cujo conteúdo tenha sido aprovado por todos os autores.

A extensão dos trabalhos deve ser limitada, para os artigos originais, entre 12 a 18 folhas (da página de rosto até as referências bibliográficas), além de cinco tabelas e figuras (entre ambos); para as comunicações breves, a cinco folhas mais duas tabelas ou figuras. (Ver Normas para la publicación de manuscritos).

Todos os manuscritos são submetidos a uma avaliação preliminar, na qual se verifica o respeito à linha editorial da revista e às normas de Salud Pública de México; em caso positivo, uma segunda avaliação é feita por dois especialistas. Para assegurar o sigilo, os trabalhos são enviados sem a identificação dos autores, e nem estes tampouco tomam conhecimento da identidade dos revisores.

Como critérios de seleção utilizam a solidez científica do trabalho e a originalidade, atualidade e oportunidade da informação. Não se aceitam trabalhos meramente descritivos e com pouco valor estatístico. Além disso, têm prioridade os artigos originais com resultados de pesquisa sobre as revisões e os ensaios. Estes dois últimos tipos de trabalhos se recebem preferentemente por convite direto da revista.

Salud Pública de México se reserva o direito de aceitar ou rejeitar os trabalhos recebidos, de acordo com as recomendações do Comitê Editorial, assim como de realizar qualquer correção editorial que julgar necessária. Os originais não serão devolvidos em nenhum caso. Separatas do artigo publicado serão encaminhadas ao autor responsável pela correspondência.

 

 

Estilo e formato

 

Todos os manuscritos devem seguir as normas del Comité Internacional de Editores de Revistas Médicas. Devem ser enviados em arquivo eletrônico em formato de Word. Prefere-se a via postal, além disso, deverá enviar seu manuscrito impresso por duplicado, incluídos quadro e figura, em papel branco tamanho carta (21 x 28 cm), em uma só cara, a duplo espaço (o conteúdo aproximado de uma quarta parte de uma folha é de 25 linhas e 65 caráteres por linha). Deverá dirigir sua correspondência a Editor Executivo de Saúde Pública do México, Av. Universidad 655 -cub 22 PB, Santa María Ahuacatitlán, 62100, Cuernavaca, Morelos, México. Se você deseja fazer seu envio por e-mail, hagalo à conta: spm@correio.insp.mx. Em qualquer caso, lhe pedimos que envie a nosso domicílio a carta original de submissão com assinaturas autógrafas, ou, como cópia por fax, ao +52 (777) 329 3000, ext. 6426; ou por e-mail como documento adjunto.

A página de rosto deve conter unicamente o título do trabalho (em espanhol e em inglês, sem exceder 90 caracteres), os nomes completos dos autores, seus títulos acadêmicos e sua vinculação institucional; além disso, deve ser indicado o responsável pela correspondência, assim como seu endereço, telefone, fax e correio eletrônico.

O resumo e o abstract devem ter uma extensão máxima de 150 palavras, e devem ser estruturados de acordo com os subtítulos: Objetivo, Material e métodos, Resultados e Conclusões; nas comunicações breves, não devem ultrapassar 100 palavras. De três a seis palavras-chave também devem ser incluídas.

Quando se tratar de artigos originais, o texto deverá conter as seções correspondentes a: Introdução, Material e métodos, Resultados e Discussão. Quando se tratar de ensaios, deverão conter Introdução, Desenvolvimento do tema e Conclusões.

É responsabilidade dos autores o envio das referências bibliográficas completas, bem como sua correta citação no texto. Estas devem ser numeradas em ordem consecutiva.

Referências de revistas incluem:

a) sobrenome(s) e iniciais de todos os autores (mencionar todos quando se tratar de seis ou menos; quando se tratar de sete ou mais, apenas os seis primeiros devem ser citados, seguidos de "et al");
b) título completo do artigo, utilizando maiúscula somente para a primeira letra da palavra inicial (e para nomes próprios);
c) abreviatura do título da revista de acordo com o Index Medicus;
d) ano de publicação;
e) volume, em algarismos arábicos;
f) números completos das páginas (inicial e final), separados por hífen.

Para livros:

a) sobrenome(s) e iniciais de todos os autores;
b) título do livro;
c) número da edição, somente se não for a primeira;
d) local de publicação;
e) nome da editora;
f) ano de publicação (da última edição citada, se houver mais de uma);
g) número do volume se houver mais de um, antecedido da abreviatura "vol.";
h) número da página citada; no caso de a citação se referir ao capítulo de um livro, indicar a primeira e a última página do capítulo, separadas por hífen.

As unidades de medida devem seguir o Sistema Internacional de Unidades.

Cada tabela deve ser enviada em uma folha separada; as tabelas devem conter título e ser numeradas com algarismos romanos: Tabela I, Tabela II, etc., na mesma ordem em que são mencionadas no texto. As ilustrações poderão ser gráficos, fotografias ou esquemas, e deverão ser numeradas em algarismos arábicos: Figura 1, Figura 2, etc.; igualmente deverão ser enviadas em folhas separadas, cada uma com seu título.

 

 

Envio de artigos

 

Os manuscritos, original e duas cópias, devem ser entregues pessoalmente ou enviados por correio a Salud Pública de México, endereço abaixo, aos cuidados do editor, ou enviarse por e-mail em formato de Word a spm@correo.insp.mx. Todo trabalho enviado deverá ser acompanhado de uma carta assinada por todos os autores, e cujo conteúdo inclua o seguinte:

a) a aprovação do conteúdo do trabalho (incluindo tabelas e figuras) e a ordem de aparição dos autores (que será considerada definitiva sem exceção alguma);
b) a transferência dos direitos de autor à Salud Pública de México, no caso de o trabalho ser aceito para publicação; e
c) declaração de que se trata de um trabalho original não publicado anteriormente, na sua totalidade ou em partes, nem submetido para publicação, seja pelos próprios autores ou outros, a outra revista nacional ou estrangeira.

 

 

Referências

 

Oropeza-Abúndez C, Atrián-Salazar ML, Fuentes-Ramírez MR. Normas para la publicación de manuscritos en Salud Pública de México. Salud Publica Mex 1997; 39:75-82.

Comité Internacional de Editores de Revistas Médicas. Requisitos uniformes para preparar los manuscritos enviados a revistas biomédicas. Salud Publica Mex 1992; 34(1):94-102.

Llópiz-Avilés M, Gómez-Dantés O. El SistemaInternacional de Unidades. Salud Publica Mex 1988; 30:905-908.