NOTA EPIDEMIOLÓGICA EPIDEMIOLOGICAL NOTE

 

Curvas de sobrevivência de pacientes de AIDS em Santos, Brasil*

 

Survival curves of AIDS patients in Santos, Brazil

 

 

São apresentadas as probabilidades de sobrevivência de pacientes portadores de virus da AIDS residentes no Município de Santos, estimadas a partir do estudo de 1.056 notificações feitas nos anos de 1988, 1989 e 1990. Foram analisadas fichas de investigação epidemiológica, enviadas por serviços ambulatoriais ou obtidas mediante busca ativa realizada rotineiramente nos hospitais do citado Município. As informações sobre óbitos originam-se dos cartórios de registro civil de Santos, São Vicente e Guarujá e de notificações recebidas. A estimativa de perdas - óbitos registrados em cartórios de outras regiões - é inferior a 2%, proporção de ocorrência na população geral segundo dados da Fundação SEADE. Os pacientes foram agrupados por sexo e por estágio evolutivo da doença, sendo classificados em "casos" (IV B, IV C, IV D e IV E conforme classificação do Center of Disease Control), suspeitos (classe IV A do C.D.C.) e soropositivos assintomáticos (classe I, II e III do C.D.C.)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Separatas/Reprints: C.M.P. Henriques - R. Dr. Cláudio Orna da Costa, 280 - 11075-100 - Santos - SP - Brasil.
Publicação financiada pela FAPESP. Processo Saúde Coletiva 91/4994-0.
Nota apresentada por Cláudio Maierovitch Pessanha Henriques, Tarcísio Soares Borges Filho e Carolina Ozawa Rodrigues do Centro de Controle de Doenças da Secretaria de Higiene e Saúde da Prefeitura Municipal de Santos - Santos, SP - Brasil

Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revsp@org.usp.br