Ciência & Saúde Coletiva, Volume: 1, Issue: 1, Published: 1996
  • Editorial

  • Política de Saúde no Brasil: a Universalização Tardia como Possibilidade de Construção do Novo

    Barros, Elizabeth

    Abstract in Portuguese:

    O texto trata de algumas questões relativas à reorganização do Sistema de Saúde no Brasil, focalizando avanços e dificuldades do processo. Apresenta dados sobre a evolução recente da rede pública de saúde e informa sobre transfomações na gestão que vêm sendo observadas como decorrência do processo de descentralização. Analisa a proposta de reforma do sistema de saúde, que prevê a separação da gestão das ações básicas e da assistência médico-hospitalar, em elaboração pelo governo federal, no contexto da Reforma Administrativa. Destaca a oportunidade desse debate durante a realização da X Conferência Nacional de Saúde.

    Abstract in English:

    This paper deals with some issues regarding the reorganization of the Health System in Brazil. First, it focus on the improvements and difficulties faced in the process of reorganization of the Health System. It presents data about the evolution of the public health service and information regarding changes in the management of the System as a result of the decentralization process. It also discusses the governmental proposal of reforming the Health System, in the light of Administrative Reform. Finally, the paper highlights the significance of discussing the reform of the Health System during the X National Health Conference.
  • Políticas de Saúde no Brasil ou Recusando o Apartheid Sanitário

    Paim, Jairnilson Silva
  • A Descentralização e a Gestão Municipal da Política de Saúde

    Junqueira, Luciano A. Prates
  • Papel do Movimento Sanitário na Construção do Novo

    Campos, Gastão Wagner de Souza
  • Comentários a: "A Política de Saúde no Brasil a Universalização Tardia como Possilidade de Construção do Novo"

    Rodrigues Neto, Eleutério
  • Políticas Sociais e Crise do Estado Relativizando Crenças Cognitivas

    Costa, Nilson do Rosário
  • Comentários a partir do Texto de Elizabeth Barros

    Cohn, Amélia
  • "Tréplica"

    Barros, Elizabeth
  • Políticas Científicas e Tecnológicas para a Saúde Coletiva

    Novaes, Hillegonda Maria Dutilh; Novaes, Ricardo Lafetá

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo apresenta a história e os fundamentos da ciência e tecnologia em saúde coletiva, no interior do desenvolvimento da ciência e tecnologia nacionais. Discute a lógica das políticas científicas e sua apropriação pelo campo da saúde, enquanto complexo sistema de interações entre a comunidade acadêmica, entidades financiadoras e associação representativa da área de conhecimento. O texto recupera o lugar e o espaço da produção científica, do papel do fomento e da avaliação, e termina apontando as tendências e desafios que a saúde coletiva tem pela frente, na década de 90, enquanto campo de conhecimento.

    Abstract in English:

    The paper presents the history and grounds of Science & Technology development in the realm of Public Health, and their relationships with Brazilian scientific milieu. The authors discuss the intrinsic logic of scientific policies and the way they are incorporated by the field of health sciences as a complex system of interaction of the academic scene with funding sources and the Brazilian professional association devoted to Public Health (ABRASCO). The paper addresses the scope of scientific knowledge in Brazilian Public Health, and the role of funding agencies and their strategies of evaluation. Finally, recent trends and current dilemmas of Public Health as a scientific endeavor are analyzed.
  • Saúde Coletiva: Revisitando a sua História e os Cursos de Pós-Graduação

    Nunes, Everardo Duarte

    Abstract in Portuguese:

    Neste trabalho, o autor analisa os principais aspectos da história da Saúde Coletiva e dos cursos de pós-graduação em Saúde Coletiva no Brasil, restritos ao Mestrado e Doutorado. A partir dos primeiros cursos, iniciados nos anos 70, verifica-se a sua paulatina ampliação até os dias atuais. No momento, existem no país 24 cursos, incluindo os denominados genericamente de Saúde Coletiva ou Saúde Pública, e os que se especializaram em Epidemiologia. Estão excluídos desta relação os cursos da área da enfermagem, odontologia social, administração em saúde e saúde da criança. São levantados alguns aspectos referentes aos fatores que foram importantes na emergência desses cursos, e que são tanto de ordem político-social, sanitários, como institucionais; a origem da denominação Saúde Coletiva; as discussões sobre o conceito de coletivo; os principais conteúdos que configuram a área. Nas Considerações Finais, ressalta-se o fato bastante atual da especialização na área da Saúde Coletiva, com a formação de áreas de concentração, das quais o destaque é a Epidemiologia; faz-se também referência às disciplinas consideradas como núcleo comum à área, destacando o papel das Ciências Sociais.

    Abstract in English:

    The paper analyzes the milestones of the history of Public Health and of the Post-graduation stricto sensu courses in Brazil. Since its beginnings in the 70s we can observe a gradual broadening of the scope and an increase of the number of available Post-graduation courses. Presently, there are 24 Public Health Post-graduation courses in Brazil, including both the ones with a comprehensive curriculum and the ones mainly concerned with Epidemiology. The present analysis does not include courses in the field of nursing, social odontology, health administration and social pediatrics. The main aspects involved in the creation of those courses were studied in detail, including social and political background, data concerning public health context prevailing in Brazil and institutional issues. The paper also addresses the terminology employed in the field, e.g. Public Health, Community Medicine... as concepts embodying its guidelines. Finally, the growing specialization in the realm of Public Health was discussed, exemplifying it with the contemporaiy development of Epidemiology. In order to preserve a "core" of knowledges common to the different specialties, the paper highlights the role of Social Sciences applied to health.
  • Algumas Questões sobre o Desenvolvimento da Epidemiologia na América Latina

    Barata, Rita Barradas; Barreto, Maurício Lima

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo apresenta de maneira panorâmica algumas questões referentes ao estado atual do conhecimento e da prática epidemiológica no Brasil, relacionando tais desenvolvimentos com o movimento internacional no campo. Inicialmente é apresentado, de maneira sucinta, o desenvolvimento da área na última década. Em seguida, caracteriza-se a crise paradigmática da disciplina e apontam-se algumas questões teóricas e metodológicas relevantes no sentido da definição de um novo paradigma. Na seqüência, são abordadas questões relativas à incorporação dos conhecimentos epidemiológicos aos serviços de saúde apontando alguns dos desafios apresentados e, finalmente, considera-se as tendências de desenvolvimento da corrente hegemônica e também contrahegemônica da epidemiologia.

    Abstract in English:

    This paper presents in a panoramic way some relevant questions related to the present status of the epidemiologic knowledge and practices in Brazil and its relationship with the international movement in this field. Following, its paradigmatic crisis was characterized and some relevant theoretical and methodological questions towards the definition of a new paradigm were raised. Other topic discussed was about the utilization of the epidemiological knowledge in the health services. At the end, the trends in the development of the hegemonic epidemiology were considered, as well as its contra-hegemonic counter-part.
  • Planejamento & Gestão em Saúde: Situação Atual e Perspectivas para a Pesquisa, o Ensino e a Cooperação Técnica na Area

    Teixeira, Carmem Fontes; Sá, Marilene de Castilho

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo analisa a situação atual e as perspectivas da área de Planejamento e Gestão (P & G) em Saúde no âmbito acadêmico, com o propósito de subsidiar o processo de rearticulação política e institucional dos núcleos de P & G existentes nos Departamentos, Institutos e Escolas do campo da Saúde Coletiva. Tem seu ponto de partida na revisão dos movimentos antecedentes de articulação da área, retomando determinantes e resultados alcançados nas reuniões realizadas durante os anos 80 e primeira metade dos anos 90. Em seguida, expõe os resultados de um levantamento realizado junto a 40 núcleos de 26 instituições acadêmicas, no segundo semestre de 1995, objetivando mapear a abrangência do P & G em termos de áreas temáticas, sub-áreas e temas que vêm sendo trabalhados no âmbito da pesquisa, do ensino e da cooperação técnica interinstitucional. Apresenta uma classificação preliminar das áreas temáticas por ordem de importância, mensurada em termos da freqüência com que as palavras-chave a elas relacionadas são mencionadas no levantamento realizado, e expõe uma caracterização inicial das atividades de pesquisa, ensino e cooperação técnica com os serviços no âmbito do P & G. Finalmente, baseando-se nos relatórios dos encontros realizados, especialmente da Oficina de Trabalho para a rearticulação da área, ocorrida em outubro de 1995, discute as tendências observadas, â luz das questões teórico-metodológicas e dos problemas e desafios formulados pelo processo de construção do SUS.

    Abstract in English:

    This paper analyzes the current situation and the perspectives of the Health Planning and Management (P & M) area in the academic field in Brazil. Its main purpose is to support the establishment of political and institutional alliances among the existing Health P & M groups in the Brazilian Schools, Institutes and Departments of Public Health. It begins reviewing determinants and results of the efforts toward the development of solid connections between the institutions of the area in the 1980's and the early 1990's. Then, it shows the results of a survey conducted in 40 P & M groups of 26 academic institutions in 1995, aimed at identifying the scope of P & M area in Brazil, taking into account the thematic areas and themes addressed by research projects, teaching activities and interinstitutional technical cooperation efforts. This paper also ranks the thematic areas based on the frequency in which their associated keywords are mentioned in the answers to the survey. A general overview of the research, teaching and technical cooperation activities in the Health Planning and Management area is given. Finally, the observed trends in the area are discussed, considering the theoretical and methodological problems and challenges incurred by the implementation process of the Brazilian Unified Health System (SUS).
  • Da Saúde Pública às Políticas Saudáveis — Saúde e Cidadania na Pós-modernidade

    Carvalho, Antônio Ivo de

    Abstract in Portuguese:

    O artigo discute alternativas para o futuro da Saúde Pública, nos marcos do pensamento e das exigências da pós-modernidade. Apresenta os avanços sanitários alcançados na época moderna, e aborda os efeitos mórbidos da tecno-ciência. Com base nos aportes do pensamento pós-moderno, propõe uma agenda de desafios a serem enfrentados pela nova Saúde Pública. Especificamente, propõe novos aportes conceituais para lidar com as relações subjetivo-objetivo e coletivo-individual no campo sanitário. Discute, ainda, as condições e possibilidades de que a proposta de Políticas Saudáveis possa apontar para uma renovação da identidade da saúde pública.

    Abstract in English:

    This paper discusses alternatives for Public Health in the future, based on the ideas and demands of postmodernity. It presents the sanitaiy improvements achieved in modem times and discusses the morbid effects of techno-science. Based on the contributions of the post-modern thought, it proposes an agenda of challenges to be faced by the new Public Health. Moreover, it suggests new conceptual ways of dealing with subjective versus objective, and social versus individual relationships in the sanitary field. It discusses the premises and the possibilities for the Healthy Policies to become a new identity of public health.
  • Porque Devemos, de Novo, Erradicar o Aedes Aegypti

    Teixeira, Maria da Glória; Barreto, Maurício Lima

    Abstract in Portuguese:

    A ocorrência de epidemias de Dengue Clássica, Febre Hemorrágica da Dengue e Síndrome de Choque da Dengue, no Brasil e nas Américas, faz com que essa virose se constitua em um dos grandes problemas de saúde pública do continente, o que impõe uma reflexão sobre sua situação epidemiológica e as estratégias de seu enfrentamento. Neste sentido, um importante debate nacional vem se processando, desde o início do ano de 1995 sobre a estratégia de prevenção que deve ser adotada no Brasil. O Conselho Nacional de Saúde ao criar uma Comissão Técnica para analisar o problema não descartou a readoção de uma proposta de erradicação do Aedes Aegypti, estratégia adotada até 1985, quando foi substituída por um programa de controle. Seminário promovido pelo Conselho Nacional de Saúde e Ministério da Saúde em novembro de 1995, com a participação da comunidade científica (ABRASCO, SBMT e SBP), CONASS, CONASSEMS e de profissionais de saúde que desenvolvem trabalho nesta área, revelou a existência de opiniões favoráveis e desfavoráveis à erradicação do Aedes aegypti. Este artigo sistematiza esta discussão, e a opinião dos autores é de que, levando em consideração as diretrizes técnicas e políticas imprimidas ao Plano Nacional de Erradicação do Aedes aegypti do Brasil, emanadas do Conselho Nacional de Saúde e referendadas pelos participantes do Seminário, os profissionais de saúde e a sociedade brasileira devem lutar pela efetiva implantação do referido Plano. Isso porque, apesar de todas as questões técnicas envolvidas, o plano além de factível é defensável pelos seus aspectos humanos, éticos e pela capacidade de resgatar questões essenciais como o próprio Sistema Único de Saúde e a luta pela eqüidade social e inter-regional no país.

    Abstract in English:

    The occurrence of epidemics of Classic Dengue, Dengue Hemorragic Fever and Dengue Shock Syndrome in Brazil and other American countries highlight the fact that those viroses constitute an important public health problem in the continent and stress the need of a permanent evaluation of its epidemiological picture and the development of preventive strategies. Since 1995, an important national debate came out on the strategy of prevention that must be adopted in Brazil. The National Health Council (CNS) created a task force to analyze the problem, that renewed the thesis of erradication of the Aedes aegypti. Eradication was the strategy employed until 1985, when it was replaced by a control approach. A Seminar promoted by CNS in November, 1995, with the participation of members of scientific community, representatives of the State and Municipal Health Secretaries Councils, and health professionals from different public offices disclosed the existence of favorable and unfavorable opinions as far as Aedes aegypti eradication is concerned. This article aims to present a summary of such discussion. The authors endorse the "Aedes aegypti National Erradication Plan" that emerged from CNS Seminar. Despite its technical and scientific problems the plan is feasible, defensible by its capacity to reintroduce essential questions such as the original aims of the Unified Health System (SUS), and the struggle for a better social and inter-regional equity in the country.
  • Estratégias de Comunicação frente ao Desafio do Aedes Aegypti no Brasil

    Pitta, Áurea M. da Rocha; Oliveira, Valdir Castro de

    Abstract in Portuguese:

    O presente artigo desenvolve uma análise das diferentes dimensões e especificidades dos processos de planejamento e desenho de estratégias de comunicação no combate ao Aedes aegypti no Brasil. A reflexão se organiza em torno do problema do combate aos criadouros do vetor da Dengue e da Febre Amarela Urbana e é atravessada por uma perspectiva conflitual da comunicação, que a situa no campo dos processos de disputa de sentidos nas sociedades contemporâneas.

    Abstract in English:

    The present work develops an analysis of the different dimensions and specificities of planning processes and strategies of communication involved in the struggle against Aedes aegypti in Brazil. The core of the reasoning described below deals with the problem of erradication of Dengue and Urban Yellow Fever vector foci, and encompasses a prospect of conflictive communication, in the broader sense of the processes of "dispute of senses" prevalent in contemporary societies.
  • Fina Sintonia: Notas sobre "Velhos e novos males da saúde no Brasil"

    Bastos, Francisco Inácio
  • O Pensamento de Habermas Posto à Disposição do Movimento Sanitário

    Cecílio, Luiz Carlos de Oliveira
  • Comentários a "Dilemas e Desafios das Ciências Sociais na Saúde Coletiva"

    Deslandes, Suely Ferreira
  • Um Antropólogo em Marte ou os Paradoxos da Saúde-Doença

    Minayo, Maria Cecília de Souza
ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revscol@fiocruz.br