• A discussion about masculine sexuality and men's health Opinião

    Gomes, Romeu

    Abstract in Portuguese:

    O presente estudo objetiva problematizar aspectos da sexualidade masculina que, se não devidamente abordados, poderão comprometer a saúde do homem. Em termos de método, emprega-se o desenho de ensaio, entendendo tal modalidade como um exercício crítico de procura, de caráter exploratório, acerca de um tema ou objeto de meditação. A discussão é iniciada por uma reflexão em torno da questão por que falar de sexualidade masculina e saúde do homem? Em seguida, sexualidade, masculinidade e crise são postas em debate. Nesse debate, destacam-se as tensões que surgem entre padrões tradicionais da identidade masculina e a possibilidade de se viver novas formas de ser homem. Na terceira parte do estudo, focaliza-se a prevenção do câncer de próstata como espaço em que se refletem questões relacionadas à sexualidade masculina. Reflexos do imaginário social acerca da identidade sexual masculina podem fazer do toque retal, medida preventiva desse tipo de câncer, uma situação, no mínimo, constrangedora. Na conclusão, aponta-se para a necessidade de se promover mais estudos com homens de diferentes estratos sociais e profissionais de saúde e, a partir daí, caminhar na produção de conhecimentos que possam instrumentalizar as práticas de saúde.

    Abstract in English:

    The present study aims to discuss aspects of the masculine sexuality that, if not properly approached, they can commit the man's health. In terms of method, the essay is used, understanding such a modality as a critical exercise of search, of exploratory character, concerning a theme or meditation object. The discussion begins with the question: what is the reason of speaking of masculine sexuality and the man's health? Soon after, sexuality, manliness and crisis are put in debate. In that debate, the tensions that appear between traditional patterns of the masculine identity and the possibility of living new forms of being man are pointed out. In the third part of the study, it focus the prevention of the prostate cancer as space in that are reflected subjects related to the masculine sexuality. Social reflexes of the imaginary concerning the masculine sexual identity can do of the rectal touch, preventive measure of that cancer type, a situation, at least, constraining. In the conclusion, it is aimed for the need of promoting more studies with men of different social and professional of health to contribute to the practices of health.
ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revscol@fiocruz.br