• Progresses in the implementation of policies and actions in the field of disability and mental health Editorial

    Cavalcante, Fátima Gonçalves; Goldson, Edward
  • Situational analysis of poverty and violence among children and youth with disabilities in the Americas an agenda proposal Debate

    Cavalcante, Fátima Gonçalves; Goldson, Edward

    Abstract in Portuguese:

    Esse artigo revisa a prevalência da pobreza na América Latina e no Caribe, discute o ciclo e a cultura da pobreza e sua interface com a violência e os maus tratos contra crianças e jovens com deficiência, de 1990 a 2006. A discussão sobre os maus tratos focaliza crianças com e sem deficiência, levando em consideração a especificidade e necessidades singulares das crianças com deficiência, o impacto na família e na sociedade e a disponibilidade de suporte e recursos. Finalmente, uma agenda é proposta para abordar o tema da pobreza e violência, ao procurar diminuir a prevalência de maus tratos entre todas as crianças, especialmente as crianças com deficiência, ao quebrar o ciclo de pobreza e dar suporte para indivíduos com deficiência e marginalizados. Essa agenda aponta a necessidade de colaboração multidisciplinar, como também colaboração regional e local entre organizações governamentais e não-governamentais, grupos de auto-ajuda e a comunidade mais ampla.

    Abstract in English:

    This article reviews the prevalence of poverty in Latin America and the Caribbean discussing the cycle and culture of poverty, their links to violence and maltreatment among disabled children and youth, from 1990 to 2006. There is a discussion of child maltreatment both of typical and disabled children taking into consideration the disabled child's unique needs, the impact on the family and society and the availability of supports and resources. Finally, an agenda is set forth to address poverty and violence, seeking to diminish the prevalence of maltreatment of all children, but especially children with disabilities. In addition, there is the hope of breaking the cycle of poverty and supporting disabled and marginalized individuals. This agenda speaks to the need for multidisciplinary collaboration as well as collaboration regionally and locally among governmental and non-governmental agencies, advocacy groups and the community at large.
  • Poverty, disability and violence Discussants

    Marinho, Alice Salgueiro do Nascimento
  • Less than a human condition? Discussants

    Minayo, Maria Cecília de Souza
  • Violence prevention and health promotion Discussants

    Bastos, Olga Maria
  • Children and youth with and without disabilities Discussants

    Assis, Simone Gonçalves de
  • Os autores respondem Discussants

  • Persons with disabilities and Brazilian healthcare policies: thoughts about bioethics Artigo

    Bernardes, Liliane Cristina Gonçalves; Maior, Izabel Maria Madeira de Loureiro; Spezia, Carlos Humberto; Araujo, Tereza Cristina Cavalcanti Ferreira de

    Abstract in Portuguese:

    O artigo propõe reflexões, à luz da bioética, acerca do dilema da alocação de recursos públicos para a assistência à saúde das pessoas com deficiência no Brasil. Para tanto, o conceito de deficiência e o marco legal brasileiro de assistência às pessoas com deficiência são apresentados; faz-se uma análise sobre a escassez de recursos; discutem-se referenciais teóricos atinentes e destaca-se o aporte da bioética de proteção e da bioética de intervenção. Conclui-se que, em razão de sua vulnerabilidade, as pessoas com deficiência devem ser protegidas pelo Estado e recursos devem ser empregados para garantir seu acesso aos serviços de saúde. Enfatiza-se, também, que apesar da previsão legal já existente, a efetiva destinação de recursos depende de outros fatores, tais como a participação sociopolítica das pessoas com deficiência na " pactuação" das políticas de saúde.

    Abstract in English:

    The purpose of this article is to analyze the dilemma of allocation of public funds to the healthcare of people with disabilities in Brazil from a bioethical standpoint. The concept of disability and the legal framework are presented; the question of budgetary constraints and theoretical bioethics references about this issue are discussed; and the role of Bioethics of Protection and Bioethics of Intervention is stressed. It is concluded that, because of their vulnerability, people with disabilities should be protected by the state and funds must be allocated to guarantee their access to healthcare services. However, in spite of the existing legal basis, the actual destination of public funds to people with disabilities still depends on other factors, among others social and political participation of the disabled persons themselves in the negotiation of healthcare policies.
  • Architectonic barriers for elderly and physically disabled people: an epidemiological study of the physical structure of health service units in seven Brazilian states Artigo

    Siqueira, Fernando Carlos Vinholes; Facchini, Luiz Augusto; Silveira, Denise Silva da; Piccini, Roberto Xavier; Thumé, Elaine; Tomasi, Elaine

    Abstract in Portuguese:

    O estudo transversal, realizado em 41 municípios com mais de 100 mil habitantes, descreve as condições das unidades básicas de saúde (UBS) em relação às barreiras arquitetônicas. A amostra aleatória de 240 UBS foi sorteada com diferentes modalidades de atenção básica. Um questionário padronizado foi utilizado e perguntas sobre barreiras arquitetônicas foram respondidas por trabalhadores das UBS. Cerca de 60% das UBS foram classificadas como inadequadas para o acesso de idosos e portadores de deficiências. A presença de degraus, a falta de corrimãos, rampas, banheiros adaptados para os cadeirantes e salas de espera inadequadas às necessidades foram uma constante.Concluiu-se que barreiras arquitetônicas dificultam o acesso aos serviços de saúde. O envelhecimento populacional, aumento da demanda de idosos, aumento das doenças crônicas e a utilização das UBS por pessoas com deficiência física tornam indispensável a intervenção institucional no sentido de qualificar e promover melhorias na estrutura das UBS.

    Abstract in English:

    This cross-sectional study, carried out in 41Brazilian cities, describes the conditions of the basic health units (UBS) in relation to architectural barriers. A sample of 240 UBS with different modalities of basic attention was selected at random. The professionals working in the UBS answered a standardized questionnaire about architectonic barriers in their units.Approximately 60% of the UBS were classified as inadequate in relation to easy access for the elderly and subjects with disabilities. The existence of steps, the lack of railings, the inexistence of slopes, the lack of bathrooms adapted for the users of wheelchairs, and the inadequate waiting rooms were a constant in the studied UBS. The conclusion is that many architectural barriers make the access to the health services difficult. The population aging and the consequent increasing demand for healthcare by the elderly, the increase of chronic diseases and use of UBS by disabled persons make an urgent institutional intervention for improving the physical the structure of the UBS indispensable.
  • Situational diagnostic about violence against children and adolescents with disability in three institutions of Rio de Janeiro Artigo

    Cavalcante, Fátima Gonçalves; Marinho, Alice Salgueiro do Nascimento; Bastos, Olga Maria; Deus, Vanda Valadão de; Maimone, Maria Salete; Carvalho, Milena Maciel de; Fiaux, Michelline Pereira; Valdene, Rejane de Souza Rocha

    Abstract in Portuguese:

    Apresentamos um diagnóstico situacional a respeito da violência contra crianças e adolescentes com deficiência, desenvolvido em três instituições de referência no Rio de Janeiro, da esfera federal, municipal e do terceiro setor, a partir de 53 estudos de caso. Partimos de uma revisão teórica sobre violência na área da deficiência e demonstramos como esse tema é embrionário no Brasil e América Latina. A relevância do estudo está na demonstração da diversidade e riqueza de formas atuais de assistência à pessoa com deficiência. É feita uma análise de como as instituições estão sendo desafiadas a enfrentar a violência e a violação de direitos e a desenvolver estratégias de proteção. Não apenas a violência, mas a pobreza também se coloca como problema para essas organizações. Concluímos que quando as deficiências estão associadas a formas de violência e à violação de direitos, as instituições têm desenvolvido estratégias de amparo social e apoio em rede para melhorar a qualidade de vida de seus usuários. O principal desafio está em se buscar reverter desvantagens cumulativas, ampliar capacidades e assegurar cuidado e proteção às crianças, adolescentes e jovens com deficiência e suas famílias.

    Abstract in English:

    We present a situational diagnostic about violence against children and adolescent with disability, which were done in three referenced institutions in Rio de Janeiro, from federal and municipal level and from the third sector, based in 53 case studies. This article considered a recent theoretical study of violence in the disability field and it demonstrates that this subject is embryonic in Brazil and Latin American. The relevance of this study is in the description we did of the diversity and richness of the recent forms of assistance in the disability field. It was analyzed how these institutions are being challenged to face violence and rights violation and to build protection strategies. Not only violence, but the poverty is another problem which is pointed out to these organizations. We concluded that when disability is associated to forms of violence and rights violation these institutions have developed social benefits and a social network in order to change disability people´s quality of life. The central challenge is to promote change of cumulative disadvantages, to enhance capacities and to offer care and protection to disabled people and their families.
  • Social representations of rights and violence in the disability field Artigo

    Cavalcante, Fátima Gonçalves; Minayo, Maria Cecília de Souza

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo apresenta uma análise sobre relações e representações sociais de profissionais, gestores e familiares a respeito de direitos de crianças e adolescentes com deficiência e de violências cometidas contra eles. É parte de um estudo amplo ocorrido em três instituições do Rio de Janeiro que prestam serviços a esses jovens. Seu principal mérito é trazer a público a lógica das instituições, dos profissionais e dos familiares envolvidos nos cuidados como parte essencial da qualidade da atenção. Esse estudo se baseou em narrativas dos diversos atores sobre as especificidades do seu trabalho e em grupos de discussão sobre as dificuldades que enfrentam nos cuidados que oferecem, na interação entre si e com a sociedade e na visão que projetam sobre os temas direitos da pessoa com deficiência e manifestações de violências que sofrem. Levamos em conta um referencial teórico atualizado que trata das diferentes visões e perspectivas sobre a pessoa com deficiência e do apoio e cuidado de que necessita. Concluímos pela necessidade de dar maior atenção não apenas ao deficiente, mas principalmente à família e aos profissionais que cuidam dele, numa visão de fortalecimento das pessoas e dos programas.

    Abstract in English:

    This article presents the analysis of relations and social representations from professionals, leaderships and families about the rights of children and teenagers with disability and violence against them. It is part of a major study which occurred in three Rio de Janeiro's institutions for that population. Its merit is to show up the logic of institutions, professionals and families involved in the special care as an essential part of quality's attention. This study is based on narratives of different actors about the specificity of their work and in group´s discussion of difficulty faced in the care they offer, in the interaction among them and with society, and in the view they project into the themes rights of disabled person and the manifestations of violence against them. We took into account a theoretical revision up-to-date related to different visions and perspectives about people with disability, their support and the care they need. We concluded for the need of giving more attention not only for the disabled people, but mainly to families and professionals which take care of them, in order to empower people and programs.
  • Disability, autism and neurodiversity Artigo

    Ortega, Francisco

    Abstract in Portuguese:

    O artigo analisa o surgimento recente do movimento de neurodiversidade, situando-o no contexto dos estudos sobre a deficiência e da organização política de deficientes físicos. O movimento da neurodiversidade é organizado por autistas chamados de alto funcionamento que consideram que o autismo não é uma doença a ser tratada e se for possível curada. Trata-se antes de uma diferença humana que deve ser respeitada como outras diferenças (sexuais, raciais, entre outras). Os ativistas do movimento de neurodiversidade se opõem aos grupos de pais de filhos autistas e profissionais que buscam uma cura para a doença. No texto, são apresentados os argumentos dos grupos pró-cura e anticura, avaliando as duas posições e seu impacto na área da saúde e no desenvolvimento de políticas públicas para autistas.

    Abstract in English:

    This article analyzes the emergence of the neurodiversity movement in the context of studies about disabilities and the political organization of disabled people. The neurodiversity movement is organized by the so-called high functioning autists, who believe that autism is not a disease to be treated and, if possible, cured. It is instead a human difference that has to be respected just like other differences (sexual, racial, among others). The activists of the neurodiversity movement oppose the groups of parents of autistic children and professionals seeking for a cure for autism. This article presents the arguments of the pro- and anti-cure groups and analyzes both positions as well as their impact upon the field of health and the development of public policies for autists.
  • Being adolescent with mental disability: the point of view of the parents Artigo

    Bastos, Olga Maria; Deslandes, Suely Ferreira

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho tem como objetivo conhecer a representação da adolescência para os responsáveis por adolescentes com deficiência mental. Como metodologia, utilizamos a análise de narrativas de pais de adolescentes com deficiência mental. Baseamo-nos, principalmente, nas orientações de Thompson (1998) e Byron-Good (1996). Embora os pais reconhecessem nos filhos algumas características próprias da adolescência, nem sempre os consideravam como adolescentes, devido à pouca autonomia que possuíam. Muito freqüentemente, não propiciavam uma educação que contribuísse para uma maior autonomia dos filhos, ressentindo-se da falta de referências de como se comportar diante das mudanças de comportamento deles. Tendo em vista a constatação da importância da aquisição de uma maior autonomia para que os adolescentes tenham o reconhecimento deste período do desenvolvimento humano e possam vivenciá-lo da melhor forma possível, é neste sentido que algumas ações devem se desenvolver. Se forem apresentadas novas oportunidades de aprimoramento das competências e habilidades dos adolescentes com deficiência mental que ampliem seus " horizontes" , muitos poderão alcançar uma melhor autonomia que possibilite sua participação nas tomadas de decisão sobre seu destino e a vivência satisfatória de todas as etapas do seu ciclo de vida.

    Abstract in English:

    The purpose of this paper was to understand the meaning adolescence has for parents of adolescents with mental disability. The methodology used was the narrative analysis according to the guidelines of Thompson (1998) and Byron-Good (1996). Although the parents identified some typical characteristics of adolescence in their children, not always they did in fact consider them adolescents due to their lack of autonomy. Quite often the parents did not meet the family life education needs of their disabled children helping them to become more independent. The lack of information about how to act in face of the behavioral changes involved in adolescence was a source of resentment. In view of the importance of greater autonomy, actions should be developed to help these adolescents recognize this stage of human development and to live this period the best way possible. When- mentally disabled adolescents are given the opportunity to improve their competences and abilities and to expand their " horizon" , they will be able to become more autonomous and able to live all stages of life in a satisfactory way.
  • Mortality from epilepsy in Brazil, 1980-2003 Artigo

    Ferreira, Israel de Lucena Martins; Silva, Tiago Pessoa Tabosa e

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste estudo é contribuir para a análise do comportamento da mortalidade por epilepsia no Brasil, no período de 1980 a 2003. Os dados, obtidos do Subsistema de Informações sobre Mortalidade do Ministério da Saúde (SIM/MS) e da base demográfica do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), revelam redução de 20,35% do coeficiente de mortalidade por epilepsia no Brasil (1,13/100.000 em 1980 a 0,9/100.000 em 2003). A análise da mortalidade, segundo as características epidemiológicas, evidenciou: predominância do sexo masculino; taxas de mortalidade maiores nos grupos etários mais elevados; aumento expressivo da mortalidade na região Nordeste. A redução da mortalidade por epilepsia no Brasil, evidenciada no estudo, está de acordo com padrões internacionais. Foram discutidos os motivos que levariam ao aumento da mortalidade por epilepsia em determinados grupos populacionais, particularmente nos idosos.

    Abstract in English:

    The objective of this study is to contribute to the analysis of the behavior of mortality from epilepsy in Brazil over the period 1980-2003. The data were obtained through the SIM/MS (Mortality Information Subsystem of the Brazilian Health Department) and from the demographic database of the IBGE (Brazilian Institute of Geography and Statistics). There was a reduction of 20,35% in the mortality rate from epilepsy in Brasil (1,13/100.000 in 1980 to 0,9/100.000 in 2003). The epidemiological analysis of the mortality rate showed: predominance of males; higher mortality coefficient in the advanced age groups; expressive increase of mortality from epilepsy in the Brazilian Northeast over the studied period. The reduction of mortality from epilepsy in Brazil evidenced in this study is in accordance with international standards. The reasons leading to the increase of mortality from epilepsy in certain population groups, particularly in the elderly, were discussed.
  • Michel Foucault and the persistence of psychiatric power Artigo

    Caponi, Sandra

    Abstract in Portuguese:

    O artigo pretende estudar o curso que Michel Foucault ministra no Collège de France nos anos 1973-1974. Esse curso foi publicado em 2003 com o nome de " Le pouvoir psyquiatrique" . O objetivo foi analisar os diversos modos como Michel Foucault analisa a questão da loucura em " Le pouvoir psyquiatrique" e em " A história da loucura na época clássica" (1961), através de um estudo comparativo dos diferentes modos de analisar a loucura nos textos de Michel Foucault no período arqueológico e genealógico. Concluiu-se que a ausência de corpo, o diagnóstico binário, a descrição de superfície dos sintomas, a classificação de doenças mais próxima à classificação botânica que à nosologia patológica, o processo de cura diretamente vinculado à restituição de condutas e valores morais, assim como o sobre-poder exercido pelo psiquiatra, parecem falar da persistência de um antigo modelo de poder, um modelo pré-moderno e pré-capitalista, um resíduo do antigo poder soberano.

    Abstract in English:

    This article aims studying the course held by Michel Foucault at the Collège de France in 1973-1974. The records of this course were published in 2003 under the name " Psychiatric power" . The objective was to compare the different ways in which Foucault analyzes the question of madness in " Psychiatric power" and in " History of Madness in the Classical Age" (1961). It is a comparative study about the different ways of analyzing madness developed by Michel Foucault during the archeological and genealogic periods of his work. The absence of the body; binary diagnosis; the description of the surface of symptoms; the classification of diseases more similar to the botanical classification than to pathology; the process of cure directly linked to restitution of behaviors and moral values; as well as the over-power of the psychiatrist, seem to speak about the persistence of an old model of power, a pre-modern and pre-capitalist model, a residue of the old sovereign power.
  • Mental Healthcare in small and medium-sized cities: resonance of the psychiatric reform Artigo

    Luzio, Cristina Amélia; L'Abbate, Solange

    Abstract in Portuguese:

    A partir da análise da Política Nacional de Saúde Mental formulada nos últimos anos e das experiências desenvolvidas após 1987 no país, procura-se compreender como o Sistema Único de Saúde tem contribuído ao avanço da reforma psiquiátrica nos municípios; verificar como a assistência oferecida nesses municípios está viabilizando os princípios da reforma psiquiátrica e a melhora das condições de vida dos usuários, bem como pesquisar o papel dos trabalhadores e gestores na construção de novas práticas de cuidado em Saúde Mental. A análise das práticas discursivas aponta que os vários segmentos sociais envolvidos na Saúde Mental conhecem os princípios e propostas da reforma psiquiátrica. No entanto, as gestões municipais não assumem integralmente as propostas do Ministério da Saúde para a área, sob a alegação de falta de recursos financeiros para a contrapartida exigida. Os usuários e familiares têm aos poucos assumido as novas propostas de intervenção, mas os mecanismos de participação e organização popular ainda são incipientes. Por fim, deve-se destacar que, para uma efetiva consolidação das propostas atuais da reforma psiquiátrica, é necessário um maior compromisso dos gestores com a atenção em Saúde Mental, maior investimento nas equipes multiprofissionais, o estímulo à organização e à participação dos usuários e familiares e a integralidade dos dispositivos de saúde, de assistência social e de cultura existentes nas cidades.

    Abstract in English:

    From the analysis of the national Mental Health policy, formulated in the past years, and from the experiences developed after 1987, it is sought to: understand how Brazilian Health System has contributed to the development of the psychiatric reform in towns; verify how the assistance offered in those towns is making the psychiatric reform principles feasible as well as improving the users´ living conditions; and research the role of the workers and managers in the construction of new care practices in Mental Health. The analysis of the discursive practices point out that the various social segments involved in Mental Health have acquaintance with the principles and proposals of the psychiatric reform. However, the municipal administrations do not thoroughly take on the proposals of the Health Ministry to this field, under the allegation of lack of financial funds to meet the demands. The users and their relatives have gradually assumed the new intervention proposals, but the mechanisms of participation and popular organization are still incipient. Lastly, it is important to stress that for an effective consolidation of the current psychiatric reform proposals, there must be, among other actions, more commitment by the managers as far as Mental Health is concerned, more investments in multi-professional teams, encouragement to the organization and the users' and relatives' participation and integration of health devices, social assistance and the culture existing in towns.
  • Mental health in the cities in Alto Uruguai, RS, Brazil: a diagnosis of the psychiatric reform Artigo

    Consoli, Gelson Luiz; Hirdes, Alice; Costa, Juvenal Soares Dias da

    Abstract in Portuguese:

    O presente estudo investigou as características dos cuidados em saúde mental nos municípios do Alto Uruguai, levando em conta as diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS) e da Reforma Psiquiátrica. Através de um instrumento estruturado, foram entrevistados 31 profissionais que atuam na rede de saúde pública. Os resultados apontam a centralização das ações no modelo de atendimento clínico, na medicalização dos sintomas, embora a totalidade dos municípios disponha de Programas de Saúde da Família; a não utilização de conceitos de clínica ampliada na saúde mental; a inexistência de uma rede de serviços de Saúde Mental nos municípios, excetuando a cidade-pólo; a utilização da transferência para hospitais psiquiátricos como solução para os casos agudos e crônicos; a ausência de acompanhamento posterior das equipes à internação em hospitais psiquiátricos, caracterizando a porta giratória; a inexistência de programas de saúde mental inseridos nos Planos Municipais de Saúde; assim como a inexpressiva representatividade de profissionais nos Conselhos de Saúde. Conclui-se que a questão da municipalização da Saúde Mental na região norte do Rio Grande do Sul é incipiente, prevalecendo ainda as internações em hospitais psiquiátricos como principal intervenção em Saúde Mental.

    Abstract in English:

    This study investigated the characteristics of mental healthcare in the cities situated at the Alto Uruguai from the perspective of the guidelines of the Brazilian Health System (SUS), and of the Psychiatric Reform. Based on a structured tool, we interviewed 31 subjects working in the public care network. The results point to centralized actions and " medicalization" of symptoms in the clinical care model although all cities count on Family Health Programs; lack of integrated care in mental health; inexistence of a mental health service network in the cities except in the main city; transfer to psychiatric hospitals to solve acute and chronic cases; lack of follow-up after the patient is released from the psychiatric hospital characterizing the phenomenon of the revolving door; the inexistence of mental health programs in the Health Policies of the city; and the weak representation of these professionals in the Health Councils. We conclude that the transfer of the responsibility for mental healthcare to the local authorities in the northern region of Rio Grande do Sul is still incipient and that hospitalization in psychiatric hospitals continues the main intervention in the field of mental health.
  • Mental health in the primary care system of Campinas, SP: network or spider's web? Artigo

    Figueiredo, Mariana Dorsa; Campos, Rosana Onocko

    Abstract in Portuguese:

    Trata-se do relato de uma pesquisa sobre a organização das ações de saúde mental na atenção básica de Campinas (SP), a partir da implantação do arranjo de gestão Apoio Matricial. Esse arranjo visa a disparar a ampliação da clínica das equipes de referência e reorientar a demanda para a saúde mental. Desviando os encaminhamentos indiscriminados para uma lógica da co-responsabilização, ele pretende produzir maior resolutividade à atenção em saúde. Foram realizados grupos focais com profissionais de saúde mental, das equipes de referência e gestores. Numa abordagem hermenêutica-crítica, procurou-se encadear as linhas argumentativas dos grupos focais de modo narrativo, a fim de combinar a análise com a construção de sentidos para o material produzido. Observou-se a incorporação da saúde mental no fazer das equipes de referência e a diversificação dos dispositivos terapêuticos. Avaliou-se a necessidade de aprimorar a avaliação de risco e a importância da criação de espaços permanentes de análise sobre o Apoio Matricial, a fim de realimentar sua potencialidade em transformar as práticas hegemônicas em saúde. Pretende-se, com este artigo, contribuir para que as discussões geradas pelos profissionais possam ser significadas no interior das transformações políticas e assistenciais na área da Saúde Mental.

    Abstract in English:

    This article relates a study on the organization of the mental health services in the primary care network of the city of Campinas (SP), beginning with the implantation of the management model called Matrix Support. This organizational arrangement is aimed at integrating primary and mental care by redirecting indiscriminate actions to the logic of co-responsibility in order to produce major effectiveness. Focal groups composed by mental health professionals from reference teams and managers were created. From the perspective of a hermeneutic-critical approach, we sought interrelating narrative argumentations with the construction of meanings. The incorporation of the mental health actions in the reference teams, as well as diversification of therapeutic measures was observed. We also evaluated the need to improve risk evaluation and to create permanent spaces for analyzing the potential of the Matrix Support to change hegemonic practices. This article aims to contribute to the discussions about changes in the policies and care services in the field of mental health.
  • Mental health and primary care: analysis of a local experience Artigo

    Silveira, Daniele Pinto da; Vieira, Ana Luiza Stiebler

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa que teve como principal objetivo mapear as modalidades de atenção em saúde mental desenvolvidas numa unidade de saúde mista, do município do Rio de Janeiro. Partiu-se do pressuposto que os espaços de produção do cuidado à saúde mental na atenção primária podem contribuir para o processo de inversão do modelo de atenção em saúde mental, em curso no Brasil. Procura-se conhecer os modos de cuidado oferecidos pelos profissionais da unidade às necessidades de saúde identificadas como problemas de saúde mental, elencando para tal alguns eixos de análise: a noção de vínculo/acolhimento, de escuta do sujeito e de integralidade. Esta análise pautou-se na observação participante, na condução de entrevistas semi-estruturadas com profissionais da unidade de saúde e da equipe de Saúde da Família e na coleta de informações dos prontuários, através de um instrumento desenvolvido para tal finalidade. Os resultados deste estudo apontaram que, nas ações de saúde mental na atenção primária, ainda predomina o modelo biomédico de organização da atenção à saúde, a psiquiatrização do cuidado em saúde mental, a burocratização do processo de trabalho e o centramento nas ações intramuros.

    Abstract in English:

    This article presents the results of a research aimed at mapping the mental care services provided in a Primary Care Unit in the city of Rio de Janeiro. The study is based on the premise that today Primary Care can contribute to a change in the mental care model in Brazil. The practices used by the professionals of the units for dealing with problems classified as mental problems are analyzed from the perspective of concepts such as patient-centered care, listening and integrality. The study is based on participant observation, semi-structured interviews with professionals working in a Health Unit and in a Family Health Program besides information collected from medical records using a tool especially conceived for this purpose. The results of this study show that in the mental care actions offered in primary care, the biomedical model, psychiatrization of mental care and bureaucratization of the work process restricting the actions to the Unit are still prevailing.
  • Reform, responsibilities and networks: about mental health care Artigo

    Silva, Martinho Braga Batista e

    Abstract in Portuguese:

    Tendo em vista o processo paulatino de responsabilização de atores e instâncias sociais pelo cuidado no contexto da Reforma Psiquiátrica brasileira, percebe-se que familiares e vizinhos de pacientes psiquiátricos têm sido instigados a " participar" da política pública, principalmente no lugar de " suporte social" , embora oficialmente considerados " parceiros" . Essa reconfiguração da relação entre Estado e sociedade civil é consagrada pela diretriz governamental de tomada de responsabilidade dos serviços pelo território, uma mudança da lógica de demanda e oferta de atendimento no sentido de estimular serviços extra-hospitalares - como os Centros de Atenção Psicossocial, campo desse estudo - a se encarregarem pela população adscrita a uma área geográfica. O objetivo desse texto é investigar as tecnologias psicossociais produzidas nesse contexto político, institucional e histórico específico, tais como a mediação de trocas sociais e a arbitragem de conflitos. Um dos materiais analisados são os registros em prontuário, que podem constituir os atores e instâncias sociais citados como envolvidos no campo da saúde mental, enredando-os na malha administrativa construída como rede de suporte social.

    Abstract in English:

    In the context of the Brazilian Psychiatric Reform family members and neighbors of psychiatric patients have been urged to " participate" in the public policies, mainly as " social support" although officially considered " partners" . This reconfiguration of the relationship between State and civil society is reflected in the directive that the services have to take over the responsibility for territories, a change in the logic of supply and demand aimed at stimulating extra-hospital services such as Psychosocial Care Centers, the object of this study, to provide care to the population of a certain geographical area. The purpose of this article is to investigate the psychosocial technologies produced in this specific political, institutional and historical context such as mediation of social changes and conflicts. Among the analyzed materials are the medical records indicating the involvement of the social actors in the social support network.
  • Mental care delivered in psychosocial care centers (CAPS) from the viewpoint of the professionals Artigo

    Mielke, Fernanda Barreto; Kantorski, Luciane Prado; Jardim, Vanda Maria da Rosa; Olschowsky, Agnes; Machado, Marlene Silva

    Abstract in Portuguese:

    Trata-se de um subprojeto da pesquisa Avaliação dos CAPS da região sul do Brasil, tendo como objetivo conhecer o entendimento dos profissionais de um serviço substitutivo sobre o cuidado em saúde mental prestado neste espaço. Estudo com abordagem qualitativa, realizado em um CAPS II. A coleta dos dados ocorreu através de entrevistas. Os dados foram classificados em três temáticas, analisados segundo a literatura disponível. Neste artigo, abordaremos a temática que trata do entendimento dos profissionais do serviço sobre o cuidado que é prestado neste local. Os resultados mostram que o cuidado para estes profissionais abrange aspectos que vão além do biológico, incluindo também a família e a sociedade. Percebemos que a equipe do serviço está ampliando seu olhar sobre a saúde mental, quando compreende a reabilitação psicossocial como o centro do cuidado.

    Abstract in English:

    This article deals with a subproject of the Project for Evaluation of the CAPS psychosocial care centers (CAPS) in the southern region of Brazil, whose purpose was to learn how the professionals of a substitute service feel about of the mental care delivered there. The study was conducted in a CAPS II using a qualitative approach. Data were collected in interviews. The data were classified into three thematic groups and analyzed according to the available literature. In this article we will approach the understanding of the professionals about the care services offered in the CAPS. The results show that for these professionals care involves more than the biological aspects, including the family and society. We perceive that the team is extending its perception of mental health, when considering psychosocial rehabilitation the most important aspect.
  • Autonomy and citizenship in psychosocial rehabilitation: a reflection Artigo

    Hirdes, Alice

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo aborda a autonomia e cidadania no processo de reabilitação psicossocial. A revisão bibliográfica aborda conceitos de desinstitucionalização e reabilitação de autores da tradição basagliana, assim como autores americanos e ingleses que discutem a questão da reabilitação/trabalho/saúde mental. Os resultados apontam que enquanto os primeiros adotam um estilo de trabalho mais flexível, em que o sentido de produção de vida supera a vida produtiva, os autores ingleses e americanos apresentam modelos em que o objetivo é a normalização dos pacientes psiquiátricos através dos confrontos com o mercado de trabalho. Observa-se que ambos os modelos trazem consigo variáveis determinantes - o estigma, as expectativas, a intolerância -, que denunciam formas de exclusão social do trabalho para segmentos marginalizados da população. Conclui-se que um dos maiores obstáculos diz respeito à inserção no mercado de trabalho formal, em razão da competitividade e da necessidade do estabelecimento de uma nova perspectiva na relação doença mental e sociedade.

    Abstract in English:

    This article approaches autonomy and citizenship in the psychosocial rehabilitation process. The bibliographical review approaches concepts such as de-institutionalization and rehabilitation used by authors following the tradition of Basaglia, as well as American and British authors discussing the question rehabilitation/work/mental health. The results show that while the first are adopting a more flexible style, in which production of life is more important that productive life, American and British authors present models whose objective is the normalization of psychiatric patients by confronting them with the labor market. Both models bring along determinant variables - stigma, expectations, intolerance - denouncing forms of social exclusion from work for marginalized segments of the population. It is concluded that one of the biggest obstacles for rehabilitation is the inclusion in the formal labor market due to its competitiveness and to the need for a new perspective of the relation of mental health and society.
  • The Family Health Program and Mental Health: difficulties and challenges for building a network Artigo

    Jucá, Vládia Jamile dos Santos; Nunes, Mônica de Oliveira; Barreto, Suely Galvão

    Abstract in Portuguese:

    O presente artigo é fruto de uma pesquisa denominada " A dinâmica do cuidado em saúde mental: signos, significados e práticas de profissionais no PSF e no CAPS" , cujo objetivo central era compreender como os profissionais de saúde interpretam o sofrimento mental e, para reduzi-lo, planejam e desenvolvem suas intervenções em dois contextos: PSF e CAPS. Para tanto, fizemos um trabalho de campo que envolve desde observação e acompanhamento de práticas desenvolvidas pelos profissionais dos serviços em questão até entrevistas com os mesmos. Apresentaremos, nesse momento, os dados produzidos acerca do PSF, em que, além das estratégias acima descritas, foram também realizados grupos focais. Os dados foram posteriormente analisados a partir de categorias previamente definidas. Como resultados, foi possível identificar que os profissionais experenciam dificuldades diversas que vão desde a identificação do sofrimento mental, passando pelos impasses relativos ao manejo de situações específicas até as questões relativas ao encaminhamento para os serviços especializados. Por outro lado, é importante destacar o quanto os profissionais se mostraram sensíveis ao sofrimento social, articulando-o, inclusive, ao sofrimento psíquico.

    Abstract in English:

    This paper is fruit of an investigation called " The dynamics of mental care: signs, meanings and practices of professionals working in the Family Health Program (FHP) and in the Psychosocial Care Centers (PCCs)" . The main objective of this study was to understand how health professionals working in these two services interpret mental suffering and how they plan and develop their interventions for reducing it. To this purpose, we selected qualitative fieldwork methods that included interviews with the professionals and observation of the practices they develop in the context of the mentioned services. In this work, we present the data produced with regard to the FHP, where we also established focal groups with professionals. The data obtained were later analyzed on the basis of previously defined categories. As a result, we have been able to pin down a number of difficulties the professionals were facing, ranging from the identification of mental suffering to the challenge of dealing with specific situations and to the questions involved with the referral to specialized services. On the other hand, the degree of sensibility to social suffering demonstrated by these professionals and their ability to articulate it with psychological suffering deserve to be emphasized.
  • The concept of mental care of a family health team from a historical-cultural perspective Artigo

    Vecchia, Marcelo Dalla; Martins, Sueli Terezinha Ferreira

    Abstract in Portuguese:

    O presente estudo visa a analisar sentidos pessoais e significações sociais das atividades de atenção em saúde mental desenvolvidas por profissionais integrantes de uma equipe de saúde da família. Parte-se, para tal, da perspectiva teórica da psicologia histórico-cultural de Vigotsky (1896-1934). O trabalho é parte de uma pesquisa participante e, portanto, é contextualizado na etapa de inserção no campo. Observou-se que a equipe considera relevante a determinação das condições de vida no processo saúde-doença da população atendida, a necessidade de lançar mão de estratégias diversificadas no cuidado para além da consulta, a importância de se cuidar da saúde mental da própria equipe, bem como dificuldades na abordagem da família. Indica-se a importância, para o trabalho cotidiano das equipes, das possibilidades de superação da exclusividade do núcleo biomédico na determinação do processo saúde-doença apontadas nos princípios operacionais da Estratégia de Saúde da Família, expressas na utilização do acolhimento como recurso de cuidado, a constituição de vínculos e responsabilização e a continuidade da atenção.

    Abstract in English:

    The present study aims at analyzing the individual senses and social meanings of mental care actions carried out by professionals working in a Family Health Care Team. The study is based on Vigotsky's (1896-1934) theoretical perspective of a historical and cultural psychology. The work is part of a participant research and as such conducted in the context of a field research. It was observed that the team took into consideration the relevance of social determinants for the disease of the target population, the need for making use of diversified care strategies reaching beyond the clinical setting, the importance of taking care of their own mental health, as well as difficulties related to approaching the families of the patients. We emphasize the importance of overcoming the exclusiveness of the biomedical determination of the health-disease process as pointed out in the operational principles of the Family Health Care Strategy, expressed by responsiveness as a care tool, the establishment of relationships and continued care.
  • De-institutionalization of mental health and care practices in the context of home-based care Artigo

    Amorim, Ana Karenina de Melo Arraes; Dimenstein, Magda

    Abstract in Portuguese:

    Os serviços residenciais terapêuticos (SRT) no Brasil são considerados estratégicos e imprescindíveis no processo de desinstitucionalização de egressos de longas internações psiquiátricas que perderam vínculos sociais e familiares. No entanto, muitos são os problemas e desafios que este serviço evidencia no contexto mais amplo da atenção à saúde. Este artigo procura analisar alguns desses problemas e desafios a partir da experiência do SRT de Natal, Rio Grande do Norte, e de contribuições da literatura do campo. Propostos com base na idéia de que os encontros entre loucura e cidade são potentes no sentido da desconstrução da " lógica manicomial" , os SRT são problematizadores do modelo de atenção em saúde vigente, pois exigem a desconstrução das formas rígidas e hegemônicas de morar e cuidar. Pretende-se problematizar essa " lógica manicomial" que atravessa os limites dos manicômios concretos e se atualiza no cotidiano dos serviços substitutivos em certas práticas e na frágil articulação da rede de saúde mental. A falta de articulação efetiva entre SRT e Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) dá lugar a dispositivos biopolíticos no cotidiano através dos quais essa lógica opera. Discutimos, então, os riscos de captura por esta lógica e indicamos algumas das possibilidades de desconstrução, defendendo uma clínica que possibilite encontros potentes com a cidade e a construção de " redes de trabalho afetivo" produtoras de vida e liberdade.

    Abstract in English:

    In Brazil, the home-based care services (HCS) are considered strategic and essential in the de-institutionalization process of patients who passed years in psychiatric hospitals and lost their family and social links. However, this service faces a series of problems and challenges in the wider context of health care. This article seeks to analyze some of these problems and challenges based on the experience of the home-based care service in Natal RN and on the literature in this field. Proposed on the basis of the idea that the encounters between insanity and city are potent destructors of the " asylum logic" , these home-based care services put in question the current healthcare model, claiming to destruct the rigid and hegemonic forms of residence and care. The aim of this article is to discuss this " asylum logic" that surpasses the limits of the concrete insane asylum penetrating some daily practices of the substitute services, taking advantage of the weak articulation between the mental health services. The lack of a strong connection between the home-based care service and the psychosocial care center allows this logic to operate through day-by-day bio-political devices. Thus, we discuss the risks of this logic taking over and indicate some possibilities of avoiding this, defending a care model allowing for potent meetings with the city and for the construction of " affectionate networks" producing life and liberty.
  • Wide-spectrum clinical interventions in mental health: " care" and " subject supposed to know" in therapeutic assistance Artigo

    Estellita-Lins, Carlos; Oliveira, Verônica Miranda; Coutinho, Maria Fernanda

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho investiga o acompanhamento terapêutico, entendido como intervenção em saúde mental baseada em cuidados domiciliares. Destacamos a importância de intervenções comunitárias privilegiando formas de lidar com o sofrimento, seja através de uma concepção médica dos sintomas, fundada na visibilidade, seja valorizando uma leitura psicanalítica que recorre à escuta. Carecendo de teorização independente que fundamente sua prática, o AT (acompanhamento terapêutico) apropria-se de teorias provenientes de outros campos do saber que guardam afinidades. Neste sentido, abordamos a influência da psicanálise e sua participação na clínica ampliada em saúde mental através da prática clínica do AT, utilizando dois conceitos operatórios de amplo alcance, que são: sujeito suposto saber, proveniente da obra de Lacan, e cuidado, derivado de Winnicott. Ambos respondem a questões do campo teórico e orientam a atuação clínica. Concluímos que o AT realiza exigências do manejo transferencial sob a forma do cuidar exercido no cotidiano do sujeito, no qual desejo e subjetividade são necessariamente reconhecidos, sem que se configure como tecnologia psicoterápica, situando-se mais propriamente como sentinela clínica no campo da psiquiatria comunitária e saúde coletiva.

    Abstract in English:

    This paper discusses the theme therapeutic assistance (TA), understood as homecare-based mental health intervention. We emphasize the importance of community interventions for dealing with psychic suffering, either through reading the symptoms based on visibility, or through a psychoanalytic approach mainly concerned with listening. Lacking an independent theoretical background to support this practice, therapeutic assistance makes use of theories coming from other related fields of knowledge. Therefore, we discuss the influence of psychoanalysis and its role among broad spectrum mental health practice through clinical interventions belonging to the field of TA, focusing on two long-range operative concepts: Lacan's subject supposed to know and Winnicott's care (or caring process). Both concepts guide the clinical action and provide answers to theoretical problems within the TA field. We conclude that TA meets some requirements of the classical management of transference by means of a complex care process developed in the daily life and environment of the patient, in which desire and subjectivity are necessarily recognized although no psychotherapic setting is intentionally settled. Therapeutic assistance performs the role of an advanced clinical sentinel in the field of community psychiatry and public health.
  • The psychiatrist in psychosocial care: between grief and liberty Artigo

    Menezes, Mardônio; Yasui, Silvio

    Abstract in Portuguese:

    No Brasil, vemos surgir, a partir da década de setenta, diversas propostas inovadoras no campo da atenção à saúde mental. A partir de então, multiplicam-se no país ambulatórios de psicologia e psiquiatria, hospitais-dia, residências terapêuticas e diversos núcleos/centros de atenção psicossocial. Transformados em política pública, os centros de atenção psicossocial espalham-se pelo país, preconizando um atendimento ambulatorial, interdisciplinar e de orientação territorial. Geralmente formado sob os auspícios de um grande hospital, o psiquiatra que se propõe a trabalhar, a partir da ótica psicossocial, imerso em uma pequena cidade, vê-se exposto às diversas contradições e ilogicidades do discurso psiquiátrico clássico. Os variados saberes locais são uma ameaça ao saber psiquiátrico medicamente constituído. Respostas, antes fáceis no interior do hospital, têm variadas implicações no território e adquirem uma complexidade para a qual o psiquiatra não se encontra preparado. Assim, este trabalho tenta demonstrar a dissonância entre essas duas espécies de psiquiatria: a clássica (afinada com a biologia, com a normatividade e com a instituição) e a psicossocial (que se volta para respostas localmente construídas e que se afina com o homem, em uma dimensão muito além do seu corpo).

    Abstract in English:

    Since the seventies Brazil has witnessed a diversity of new proposals in the field of mental health care. Since then, the psychology and psychiatry ambulatories, day-hospitals, therapeutical shelters and psychosocial care centers have multiplied. Transformed into a public policy, the psychosocial care centers are spread all over the country, offering outpatient care with interdisciplinary and territorial orientation. Generally established under the auspices of a great hospital, the psychiatrist who considers working from a psychosocial perspective in a small city, has to deal with the classic contradictions of the psychiatric discourse. The varied local knowledge seems to threat the psychiatric knowledge. Answers, easy to be given in the hospital, have different implications in the field and acquire a complexity for which the psychiatrist is not prepared. Thus, this work tries to demonstrate the differences between these two kinds of psychiatry: the classic one (concerned with biology and the institution) and the psychosocial one (seeking for locally constructed answers and concerned with the human being in a dimension reaching far beyond the body).
  • Knowledge and practices of the community health agent in the universe of mental disorder Artigo

    Barros, Márcia Maria Mont'Alverne de; Chagas, Maristela Inês Osawa; Dias, Maria Socorro de Araújo

    Abstract in Portuguese:

    Esta investigação, de natureza qualitativa, objetivou conhecer os saberes e práticas do agente comunitário de saúde no universo do transtorno mental. Foram entrevistados catorze agentes que atuam na Estratégia Saúde da Família de Sobral, Ceará. Inferimos que a construção dos conceitos acerca do transtorno mental é um processo influenciado por fatores subjetivos e socioculturais e vinculado à vivência de experiências concretas. Os agentes comunitários de saúde utilizam diferentes parâmetros para conceituar uma pessoa com transtornos mentais, como padrões de normalidade ou anormalidade do comportamento e capacidade de realizar julgamentos de fato. O isolamento social emergiu como importante fator, tendo sido relatado, pelos diferentes sujeitos da pesquisa, como causa, conseqüência e como o próprio transtorno mental. O medo, como conseqüência da estranheza causada pelo comportamento das pessoas com transtornos mentais, foi identificado como um importante entrave à atuação dos agentes comunitários de saúde. As estratégias adotadas por estes profissionais, pautadas fundamentalmente no diálogo, revelam a preocupação com a inserção social e com a necessidade de envolvimento das famílias no cuidado das pessoas com transtornos mentais.

    Abstract in English:

    This qualitative investigation aimed at collecting information about the knowledge and practices of the community health agents related to the universe of mental disorders. Fourteen agents working in the Family Health Program in Sobral, Ceará were interviewed. We deduced that the concepts of mental disorder are constructed in a process influenced by subjective and socio-cultural aspects and in connection with concrete experiences. The community health agents judge mentally disturbed persons on the basis of different criteria such as normal or abnormal behavior standards and the capacity to make judgments. Social isolation emerged as an important factor, considered by the different research subjects as the cause, the consequence and even as the mental disorder itself. Fear, as a consequence of the strange behavior of people with mental disorders, was identified as an important obstacle for the performance of the community health agents. The strategies adopted by these professionals, fundamentally based on dialogue, reveal concern with social inclusion and the need to involve the families in the care of people with mental disorders.
  • Positive psychology orientation: an intervention proposal for group work in mental health Artigo

    Lemos, Patrícia Mendes; Cavalcante Júnior, Francisco Silva

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo visa à proposta de uma psicologia de orientação positiva aplicada à Saúde Mental no acompanhamento de portadores de transtornos mentais. Foi realizado em grupos terapêuticos com portadores num Centro de Atenção Psicossocial (CAPS). A análise do trabalho em grupo avaliado baseou-se na abordagem humanista e sua visão de homem e mundo, no método (con)texto de letramentos múltiplos e na psicologia positiva. Usaram-se as metodologias quantitativa e qualitativa fenomenológica. Os resultados foram listados em categorias que versam sobre a facilitação de grupos de portadores de transtornos depressivos. Ao buscar a prática de um novo modelo em saúde mental, que tenha como aspecto fundamental o zelo pela humanidade e a cidadania dos usuários deste serviço, o CAPS surge como resultado histórico da construção dos conceitos de saúde/doença, com fins de exercer os princípios norteadores da reforma psiquiátrica no Brasil. Neste processo de mudança, a psicologia de orientação positiva adentra os horizontes de uma prática fundada num novo olhar sobre o sujeito, buscando a ênfase e o desenvolvimento de aspectos " virtuosos" como possibilidade de alcançar a saúde em seu sentido mais pleno, caminhando junto à promoção de saúde e instalando um diferencial em relação a práticas anteriores em psicologia.

    Abstract in English:

    This investigation aims at presenting a positive approach to psychology applied to the field of mental health in the treatment of patients with mental disorders. The intervention here presented was conducted in therapeutic groups with patients from a psychosocial care center (called CAPS). The analysis of the group work was based on three basic concepts: the humanistic approach and its vision of men and the world, the (con)text method of multiple literacies, and positive psychology. Quantitative and qualitative phenomenological research methodologies were used. The research results were divided into categories based on the group work with patients with depression-related disorders. Seeking for a new model of mental health care aimed at preserving the humanistic approach and the rights of the citizen, the Psychosocial Care Center (CAPS) emerges as a historical result of the construction of the health/disease concept in order to put into practice the principles guiding the psychiatric reform in Brazil. Within this process, a positive approach to psychology is opening horizons for a practice based on a new view of the subject, emphasizing and developing " virtuous" aspects like the possibility of achieving health in its broader meaning, together health promotion and the employment of different psychological practices.
  • Patterns of physical activity of people with chronic mental and behavioral disorders Artigo

    Adamoli, Angélica Nickel; Azevedo, Mario Renato

    Abstract in Portuguese:

    Considerando a atividade física (AF) como uma possibilidade viável de intervenção na melhora da qualidade de vida e prognóstico de indivíduos com transtornos mentais e de comportamento (TMC), o objetivo deste estudo foi analisar o padrão de AF de pessoas com TMC, atendidas nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) da cidade de Pelotas. Foi realizado um estudo descritivo sobre os padrões de AF de indivíduos com TMC. A população-alvo deste estudo foi constituída pelas pessoas atendidas nos CAPS da cidade. A amostra foi composta por 85 usuários e seus familiares de seis CAPS da cidade. A média de idade dos usuários da amostra foi de 40,9 anos (DP 13,8). Verificou-se que esta população possui menor escolaridade e menor nível econômico se comparado à população em geral. Constatou-se baixa prevalência de AF de lazer, além de uma tendência, entre as mulheres, de utilizarem grande parte do seu tempo de AF em atividades domésticas. Entre as AF realizadas nos CAPS, os homens mostraram-se mais participativos do que as mulheres. Sendo assim, a prática de AF realizadas no atendimento dos CAPS parece ser uma iniciativa viável como uma das partes do tratamento destes indivíduos, oferecendo uma oportunidade única de prática física orientada e estruturada.

    Abstract in English:

    Since physical activity (PA) is capable of improving both the quality of life and the prognosis for individuals with mental and behavioral disorders (MBD), the main purpose of this study was to analyze the PA patterns in individuals with MBD frequenting a Psychosocial Care Center (PCC) in the city of Pelotas. The target population of this descriptive study consisted of individuals attended in any of the PCCs of Pelotas. The sample was selected from six PCCs and comprised 85 patients and their relatives. The mean age of the sample was 40.9 years (standard deviation 13.8). It was found that, in comparison with the general population, these individuals had a lower socioeconomic level and less schooling. The prevalence of leisure-time physical activity was low. In addition, women tended to dedicate the greater part of their time to household activities. Men participated more in the PA offered by the PCC than women. Therefore, incorporation of PA in PCC seems to be a feasible initiative for supporting the treatment of these patients and would offer a unique opportunity for the patients to engage in supervised and structured PA programs.
  • Analysis of depression in elderly living in the shelter " Christ the Redeemer" , applying the Scale of Geriatric Depression (SGD) Artigo

    Siqueira, Gisela Rocha de; Vasconcelos, Diego Tenório de; Duarte, Gustavo Coelho; Arruda, Ivo Calado de; Costa, João Alysson Silva da; Cardoso, Renata de Oliveira

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo do estudo foi determinar a prevalência de depressão em idosos que residem no Abrigo Cristo Redentor, Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco. Foi realizado estudo descritivo no período de setembro e outubro de 2006, com idosos de idade igual ou acima de 60 anos. A amostra foi composta de 55 idosos, que responderam à Escala de Depressão Geriátrica de Yesavage, com trinta perguntas. Foram realizadas análises de variância da prevalência dos sintomas de depressão entre ambos os sexos. A depressão foi identificada em 28 idosos (51%), dentre os quais dezoito homens (64,3%) e dez mulheres (35,7%). Recomenda-se a criação de uma nova escala, mais simples e de entendimento mais fácil, para pacientes que têm nível cognitivo rebaixado.

    Abstract in English:

    The objective of this study was to determine the prevalence of depression in elderly living in the shelter " Christ the Redeemer" , in Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco. A descriptive study was conducted in September and October 2006, with individuals aged 60 years or more. The sample consisted of 55 elderly, who answered the 30 questions of the Scale of Geriatric Depression of Yesavage. Analysis of variance of the prevalence of depression symptoms between both sexes was conducted. Depression was identified in 28 individuals (51%), 18 males (64,2%) and 10 females (35,7%). We recommend the creation of a new scale, simpler and easier to understand for patients with lower cognitive level.
  • Analysis of the prevalence of psychic disorders in the metropolitan region of Recife Artigo

    Paixão, Cíntia; Matias, Daniele; Alencar, Izabel; Nunes, Marina; Sales, Patrícia; Veiga, Paulo Henrique Altran

    Abstract in Portuguese:

    A saúde mental é um estado de bem-estar em que o indivíduo tem consciência das suas capacidades, é capaz de lidar com o estresse normal da vida, trabalhar produtivamente e contribuir para a sua comunidade. O presente trabalho tem como objetivo analisar quantitativamente a prevalência dos transtornos psíquicos, usando parâmetros referenciais como sexo, idade, tipos de distúrbios e assistência prestada aos portadores. Foi realizada uma abordagem quantitativa através de uma adaptação do questionário Self Reporting Questionnaire (SRQ - 20), em que foram entrevistadas assistentes sociais de três hospitais psiquiátricos da Região Metropolitana do Recife (RMR) - Hospital Psiquiátrico Ulysses Pernambucano, Núcleo de Atenção Psicossocial de Pernambuco (NAPPE) e Hospital Colônia Aucides Codiceira. O resultado mostrou uma maior incidência dos transtornos nas mulheres, entre a faixa etária de 41 - 60 anos, destacando-se a esquizofrenia como o principal tipo de patologia dentre as encontradas. Entre os diversos tratamentos oferecidos, prevalecem as terapias medicamentosas, em grupo e individual, estas apresentando melhor resultado.

    Abstract in English:

    Mental health is a state of well-being, in which the individual is aware of its capacities, capable of coping with the ordinary stress of everyday life, of working productively and of functioning in society. The purpose of the present work is a quantitative analysis of the prevalence of psychic disorders, using references such as sex, age, kind of disorder and care delivered to the carriers. Social assistants of three psychiatric hospitals of the Metropolitan Region of Recife - the Psychiatric Hospital Ulysses Pernambucano, the Nucleus for Psychosocial Care of Pernambuco (NAPPE) and the Hospital Colony Alcides Codeceira - answered an adapted version of the Self Reporting Questionnaire (SRQ-20). The results showed a higher incidence of disorders in women in the age group between 41 and 60 years. Schizophrenia was the most frequently observed kind of mental disorder. Among the different treatments offered were drug therapy and individual and group therapy, the latter showing better results.
  • Health promotion as a strategy for the prevention of drug use Artigo

    Büchele, Fátima; Coelho, Elza Berger Salema; Lindner, Sheila Rubia

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo descreve a promoção da saúde e prevenção ao uso das drogas, revisando abordagens, conceituações, sem especificar sua classificação, sejam elas lícitas ou ilícitas. Tem como objetivo descrever a prevenção ao uso de drogas e levantar aspectos pertinentes ao uso indevido na construção de uma estratégia de promoção da saúde. A atenção sobre drogas no Brasil tem investido na formulação de políticas de promoção, proteção e recuperação da saúde; porém, enfoques mais humanizados, intersetoriais, descentralizado, democrático e participativo necessitam de implementações. Essa revisão mostra a necessidade de ampliar discussões sobre a promoção da saúde e a prevenção ao uso das drogas, envolvendo educadores, pais, comunidade, num processo estruturado composto de múltiplas facetas, que integre e comprometa instituições e setores na co-responsabilidade de promover e prevenir a saúde da população neste sentido. Mostra também nossa preocupação em percorrer caminhos que contribuam para implementar políticas públicas na questão da drogadição.

    Abstract in English:

    This article addresses health promotion and prevention of drug use, reviewing approaches and conceptualizations without specifying determinate classes of drugs and their licitness or illicitness. The objective of this paper is to describe the prevention of drug use and to raise pertinent aspects of drug abuse for the construction of a health promotion strategy. As refers to drug use, Brazil has invested in the formulation of policies for health promotion, protection and recovery, however humanized, inter-sectorial, decentralized, integrated, democratic and active approaches need to be implemented. This review shows the need for more discussions about the prevention of drug use involving educators, parents and the community, in a structured multiple process integrating and involving institutions and sectors in the co-responsibility to promote the health of the population in this sense. This article also shows our concern with finding ways that contribute to the implementation of public policies as refers to drug addiction.
  • Self-esteem and quality of life: essential for the mental health of police officers Artigo

    Andrade, Edson Ribeiro; Sousa, Edinilsa Ramos de; Minayo, Maria Cecília de Souza

    Abstract in Portuguese:

    Apresentamos parte de uma pesquisa-ação por meio da qual elaboramos, aplicamos e avaliamos uma proposta piloto de intervenção, visando a contribuir para a saúde mental de policiais civis do Rio de Janeiro. Conjugamos abordagem quantitativa e qualitativa em desenho com características de avaliação ex-ante e ex-post. Participaram 148 policiais de uma delegacia especializada da capital (76 alocados no GrupoExperimental e 72 no Grupo de Controle, pareados segundo algumas variáveis). A aferição da auto-estima, feita pela escala de Rosenberg, mostrou diferenças no GE após a intervenção. Não observamos diferença na qualidade de vida, medida pelo WHOQOL-Bref. A maioria dos policiais avaliou positivamente a intervenção, sugerindo sua ampliação para a categoria como um todo. Concluímos que é possível e proveitoso realizar intervenção que ofereça suporte emocional aos policiais, enfocando auto-estima e qualidade de vida.

    Abstract in English:

    The results here shown are part of an action-research that aimed to elaborate, apply and evaluate a pilot project for contributing to the mental health of Rio de Janeiro police officers. This research comprises both quantitative and qualitative approaches in an ex-ante and ex-post evaluation pattern. The subjects of this research were 148 police officers serving in a special division of the city of Rio de Janeiro Police Department (76 were placed in the Experimental Group and 72 in the Control Group, according to certain variables). The article focuses on the results of the assessment made through standardized scales of self-esteem (Rosenberg Scale), quality of life (WHOQOL-Bref), and is complemented with a qualitative assessment using Content Analysis. The results show that interventions aimed at producing emotional support for police officers with emphasis on Quality of Life and Self-Esteem are possible and useful.
  • Work ability and stress in a bus transportation company in Belo Horizonte, Brazil Article

    Sampaio, Rosana Ferreira; Coelho, Cecília Martins; Barbosa, Fábio Bonfim; Mancini, Marisa Cotta; Parreira, Verônica Franco

    Abstract in Portuguese:

    Características demográficas, ocupacionais e psicossociais afetam a saúde e o desempenho dos trabalhadores. O objetivo deste estudo foi elaborar um perfil da capacidade para o trabalho e fatores que a afetam em uma empresa de transporte coletivo de Belo Horizonte, Brasil. Os instrumentos utilizados foram o Índice de Capacidade para o Trabalho, a Job Stress Scale e um questionário sociodemográfico e ocupacional. Dos 126 trabalhadores, 14,3% estavam aposentados ou afastados, todos por doença. Entre os ativos, a maioria era do sexo masculino (98%), com idade média de 39 anos (DP=10), baixa escolaridade (acima de 50%) e tempo médio na empresa de 79 meses (DP=68). Quanto aos hábitos pessoais, 88% estavam expostos a um ou mais fatores de risco, em especial o sedentarismo. O valor médio de desgaste (conseqüência do estresse) foi 0,78 (DP=0.2) e 75,3% relataram episódios de violência no trabalho. A capacidade para o trabalho foi boa ou ótima em 89% dos casos. No modelo de regressão logística com variável resposta ICT, a única variável significativa foi o desgaste (razão de chance estimada de 0,02). Os resultados sugerem que fatores psicossociais apresentaram maior associação com a capacidade para o trabalho e medidas preventivas e/ou corretivas devem ser implementadas.

    Abstract in English:

    Demographic, occupational and psychosocial characteristics affect the health and occupational performance of workers. The objective of the present study was to elaborate a profile of the work ability and factors that affect it in a bus transportation company in Belo Horizonte, Brazil. The instruments used included a socio-demographic and occupational questionnaire, the Work Ability Index and the Job Stress Scale. Demographic information revealed that 85.7% of the 126 employees of the company were active workers, 98% were males, with an average of 39 years of age (SD= 10) and 79 months working in the company (SD= 68); more than half reported having a low schooling level. In terms of personal habits, 88% were exposed to one or more risk factors, especially a sedentary lifestyle. The average strain value (as a consequence of stress) was 0.78 (SD= 0.2) and 75.3% reported episodes of violence at the workplace. The work ability was good to excellent among 89% of the workers. Results from the logistic regression analysis showed that strain was the only significant variable in relation to the Work Ability Index, (estimated odds ratio of 0.02). The results suggest that psychosocial factors presented the greatest association with work ability, and preventive and/or corrective measures should be implemented.
  • The psychiatric reform in Brazil: a (re)view Revisão

    Hirdes, Alice

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo tem por objetivo contextualizar a reforma psiquiátrica brasileira, a partir da revisão dos marcos políticos, teóricos e práticos. Foram pesquisadas dissertações, teses, artigos em bases de dados (Scielo), livros sobre a temática e documentos oficiais (relatórios de conferências, leis, portarias) de 1990 a 2007. Os resultados evidenciam os avanços e desafios da reforma psiquiátrica, apontam para a necessidade urgente da capacitação dos operadores, a utilização da atenção básica, particularmente a estratégia do Programa de Saúde da Família; o financiamento da atenção básica; a adoção dos princípios da reforma psiquiátrica; a articulação tratamento, reabilitação psicossocial; clínica ampliada; projetos terapêuticos individualizados, construídos coletivamente, mediante abordagens inter/transdisciplinares; e a avaliação das práticas em curso. Finaliza apontando que os projetos de reforma não são homogêneos, as práticas são executadas conforme a concepção teórica dos trabalhadores de saúde mental, ou seja, existem princípios orientadores gerais, mas que, em última análise, estão subordinados aos settings específicos onde ocorrem as práticas.

    Abstract in English:

    This paper aims at contextualizing the Brazilian Psychiatric Reform by reviewing theoretical and practical milestones in the country's policies. Theses, dissertations, papers published in a database (Scielo), books on the theme, and official documents (conference reports, laws, bills) published between 1990 and 2007 were studied. The results show the advances and challenges of the Psychiatric Reform and point to the immediate need of a program for qualifying personnel; the need to use primary care, mainly the Family Health Program; the need to finance primary care; the adoption of the principles of the psychiatric reform; the need to individualize treatment, psychosocial rehabilitation; integrated care; and therapeutic project constructed collectively through the use of interdisciplinary and trans-disciplinary approaches, as well as constant assessment of the current practices. It is also pointed out that Reform projects are not homogeneous, i. e., practices happen according to the professionals' theoretical conception. This means that there are general guidelines, but that they are subordinated to the specific settings where the practices are carried out.
  • Inorganic arsenic and human prostate cancer Review

    Benbrahim-Tallaa, Lamia; Waalkes, Michael

    Abstract in Portuguese:

    Realizamos uma avaliação crítica do papel etiológico do arsênico inorgânico no câncer de próstata humano. Avaliamos dados de estudos epidemiológicos relevantes referentes à exposição ao arsênico inorgânico ambiental. Foram avaliados estudos com animais completos, bem como sistemas de modelo in vitro de carcinogênese decorrente de arsênico inorgânico na próstata. Estudos múltiplos em seres humanos revelaram uma associação entre exposição ao arsênico inorgânico ambiental e mortalidade por ou incidência de câncer de próstata. Muitos desses estudos em seres humanos oferecem indícios claros de uma relação dose-resposta. Não se encontram disponíveis modelos animais completos relevantes que mostrem uma relação entre arsênico inorgânico e câncer de próstata. Contudo, os sistemas de modelos celulares indicam que o arsênico é capaz de levar a transformações malignas de células epiteliais da próstata humana in vitro. Aparentemente, o arsênico também tem um impacto na progressão do câncer de próstata ao precipitar eventos que levam à independência de andrógeno in vitro. Os indícios disponíveis em populações humanas e células humanas in vitro indicam que a próstata é alvo da carcinogênese de arsênico inorgânico. Um papel para esse contaminante ambiental comum na iniciação e/ou progressão do câncer de próstata humano seria de suma importância.

    Abstract in English:

    We critically evaluated the etiologic role of inorganic arsenic in human prostate cancer. We assessed data from relevant epidemiologic studies concerning environmental inorganic arsenic exposure. Whole animal studies were evaluated as were in vitro model systems of inorganic arsenic carcinogenesis in the prostate. Multiple studies in humans reveal an association between environmental inorganic arsenic exposure and prostate cancer mortality or incidence. Many of these human studies provide clear evidence of a dose-response relationship. Relevant whole animal models showing a relationship between inorganic arsenic and prostate cancer are not available. However, cellular model systems indicate arsenic can induce malignant transformation of human prostate epithelial cells in vitro. Arsenic also appears to impact prostate cancer cell progression by precipitating events leading to androgen independence in vitro. Available evidence in human populations and human cells in vitro indicates that the prostate is a target for inorganic arsenic carcinogenesis. A role for this common environmental contaminant in human prostate cancer initiation and/or progression would be very important.
  • Psychiatric reform and social participation: a case study Opinião

    Oliveira, Alice Guimarães Bottaro de; Conciani, Marta Ester

    Abstract in Portuguese:

    A reforma psiquiátrica no Brasil articula várias dimensões - conceitual, técnica-assistencial, administrativa, legislativa e cultural - com o objetivo de superar o paradigma psiquiátrico que se estruturou em torno do isolamento e exclusão dos doentes mentais. Articula-se ao SUS e pressupõe hierarquização, municipalização, participação e controle social. Em Mato Grosso, apesar do avanço na dimensão administrativa, observa-se a sua realização em contextos de gestão centralizados, numa aparente contradição às suas raízes críticas. Nosso objetivo é analisar os processos participativos na construção da reforma psiquiátrica em Cuiabá e Mato Grosso, por meio do estudo de documentos dos Conselhos e Conferências de Saúde produzidos no período de 2000 a 2005. A fragilidade dos processos políticos dos Conselhos de Saúde dificulta a sua constituição como espaços articuladores de novas práticas. O processo de mudança rumo à reforma psiquiátrica se conforma como um novo desenho administrativo de gestão, determinado pelos novos modelos de financiamento - redução de internações e desospitalização -, sendo possível sua realização em processos centralizados de gestão, pois não resulta de crítica à lógica manicomial representada nas instâncias do SUS analisadas.

    Abstract in English:

    The psychiatric reform in Brazil articulates several dimensions - conceptual, technical, administrative, legislative and cultural. It is aimed at overcoming the psychiatric paradigm based on isolation and exclusion of the mentally ill. The Reform makes part of the Brazilian Health System and presupposes a hierarchical system, municipality, participation and social control. Besides the advances made in the administrative dimension, in the state of Mato Grosso the reform takes place in centralized management contexts, revealing an apparent contradiction. Aim: Analyzing the participative processes in the construction of the psychiatric reform in Cuiabá and in the state of Mato Grosso by means of analyses of documents of the Health Councils and Conferences held over the period 2000 to 2005. The fragility of the political processes of the Health Councils hampers their constitution as environments for articulating new practices. The process of changes toward the psychiatric reform is in accordance with a new management, determined by new financing models - reduction of hospitalizations and not hospital-centered care. This is possible because it is not a result of criticisms to the asylum logic represented in the analyzed dimensions of the Brazilian Health System.
  • Juan César García: su pensamiento en el tiempo, 1984-2007 Resenhas

    Nunes, Everardo Duarte
  • A psicologia em diálogo com o SUS: prática profissional e produção acadêmica Resenhas

    Carvalho, Denis Barros de
ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revscol@fiocruz.br