• Rural work and health risks: a review into de "safe use" of pesticides in Brazil Revisão

    Abreu, Pedro Henrique Barbosa de; Alonzo, Herling Gregorio Aguilar

    Abstract in Portuguese:

    O paradigma do "uso seguro" de agrotóxicos sustenta-se em medidas de controle dos riscos na manipulação desses produtos. No entanto, estudos realizados em diversas regiões do País revelam um quadro de exposição e danos à saúde de trabalhadores rurais, evidenciando a ineficácia deste paradigma. Este trabalho apresenta uma revisão crítica sobre a abordagem do "uso seguro" de agrotóxicos nos artigos científicos publicados nos últimos 15 anos no Brasil. Os resultados apontaram que esses estudos não abordam, simultaneamente, todas as atividades de trabalho que envolvem exposição e risco de intoxicação (aquisição, transporte, armazenamento, preparo e aplicação, destino final de embalagens vazias e lavagem de roupas/EPI contaminados), tampouco abordam de maneira abrangente as diversas medidas de "uso seguro", descritas pelos manuais de segurança, obrigatórias para cada atividade. No total, 25 artigos foram selecionados e analisados, evidenciando-se a concentração de resultados e análises nas atividades de preparo e aplicação e destino final de embalagens vazias. A abrangência das abordagens se mostrou pontual nas seis atividades. Para futuros trabalhos, sugere-se uma abordagem ampliada do "uso seguro" de agrotóxicos, buscando-se revelar a completa inviabilidade deste paradigma de segurança.

    Abstract in English:

    The paradigm of the "safe use" of pesticides is based on measures to control risks in the handling of these products. However, studies carried out in various regions of Brazil reveal a situation of widespread exposure and health damages among rural workers, revealing the ineffectiveness of this paradigm. This work presents a critical review of the "safe use" approach for pesticides in scientific papers published in Brazil in the past 15 years. Results indicate that these studies do not address, simultaneously, all the work activities that involve exposure and risk of intoxication (acquisition, transportation, storage, preparation and application, final disposal of empty containers and sanitization of contaminated clothes/ PPEs), nor do they comprehensively address the "safe use" measures recommended in safety manuals, which are mandatory for each activity. A total of 25 studies were selected and analyzed, revealing a high number of results and analyses regarding activities of preparation and application and final disposal of empty containers. The range of the approaches was seen to be timely in the six work activities. For future studies, a broader approach of the "safe use" of pesticides is recommended, seeking to reveal the complete infeasibility of this safety paradigm.
  • Decision modeling for economic evaluation of health technologies Revisão

    Soárez, Patrícia Coelho de; Soares, Marta Oliveira; Novaes, Hillegonda Maria Dutilh

    Abstract in Portuguese:

    A maioria das avaliações econômicas que participam dos processos de decisão de incorporação e financiamento de tecnologias dos sistemas de saúde utiliza modelos de decisão para avaliar os custos e benefícios das estratégias comparadas. Apesar do grande número de avaliações econômicas conduzidas no Brasil, há necessidade de aprofundamento metodológico sobre os tipos de modelos de decisão e sua aplicabilidade no nosso meio. O objetivo desta revisão de literatura é contribuir para o conhecimento e o uso de modelos de decisão nos contextos nacionais das avaliações econômicas de tecnologias em saúde. Este artigo apresenta definições gerais sobre modelos e preocupações com o seu uso; descreve os principais modelos: árvore de decisão, Markov, microssimulação, simulação de eventos discretos e dinâmicos; discute os elementos envolvidos na escolha do modelo; e exemplifica os modelos abordados com estudos de avaliação econômica nacionais de tecnologias preventivas e de programas de saúde, diagnósticas e terapêuticas.

    Abstract in English:

    Most economic evaluations that participate in decision-making processes for incorporation and financing of technologies of health systems use decision models to assess the costs and benefits of the compared strategies. Despite the large number of economic evaluations conducted in Brazil, there is a pressing need to conduct an in-depth methodological study of the types of decision models and their applicability in our setting. The objective of this literature review is to contribute to the knowledge and use of decision models in the national context of economic evaluations of health technologies. This article presents general definitions about models and concerns with their use; it describes the main models: decision trees, Markov chains, micro-simulation, simulation of discrete and dynamic events; it discusses the elements involved in the choice of model; and exemplifies the models addressed in national economic evaluation studies of diagnostic and therapeutic preventive technologies and health programs.
ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revscol@fiocruz.br