Ciência & Saúde Coletiva, Volume: 23, Número: 3, Publicado: 2018
  • Dinâmica editorial da Revista Ciência & Saúde Coletiva em 2017

    Minayo, Maria Cecília de Souza; Gomes, Romeu
  • Fatores Associados à Adesão ao Aleitamento Materno Exclusivo

    Ferreira, Hellen Lívia Oliveira Catunda; Oliveira, Mirna Fontenele de; Bernardo, Elizian Braga Rodrigues; Almeida, Paulo César de; Aquino, Priscila de Souza; Pinheiro, Ana Karina Bezerra

    Resumo em Português:

    Resumo Estudo correlacional que objetivou verificar a associação entre variáveis maternas e aleitamento materno exclusivo em um ambulatório especializado do estado do Ceará, Brasil. Verificou-se a prática do aleitamento materno exclusivo, apresentando sua diminuição no decorrer dos seis primeiros meses de vida da criança. A maioria das mulheres era jovem, com companheiro, com bom nível de escolaridade, multigesta e que realizou até seis consultas de pré-natal em postos de saúde. Houve associação significativa entre as variáveis multiparidade e aleitamento materno exclusivo, mostrando-se como uma variável protetora para essa prática. A maioria das mulheres que amamentou exclusivamente afirmou não ter recebido orientação sobre aleitamento materno durante o pré-natal, o que evidencia a existência de outros fatores externos que podem influenciar no aleitamento materno exclusivo.

    Resumo em Inglês:

    Abstract This correlational study aimed to verify the association between maternal variables and exclusive breastfeeding in a specialized outpatient clinic in the state of Ceará, Brazil. The practice of exclusive breastfeeding was observed, showing a decrease during the first six months of a child’s life. Most women were young, with partners, with a good level of schooling, multigravidas and had six or fewer antenatal consultations in health centers. There was a significant association between multiparity and exclusive breastfeeding variables, showing up as a protective variable for this practice. Most women who breastfed exclusively said they had not received guidance on breastfeeding during prenatal care, which evidences the existence of other external factors that are favorable to exclusive breastfeeding.
  • Transtornos mentais na gravidez e condições do recém-nascido: estudo longitudinal com gestantes assistidas na atenção básica

    Costa, Daisy Oliveira; Souza, Fabíola Isabel Suano de; Pedroso, Glaura César; Strufaldi, Maria Wany Louzada

    Resumo em Português:

    Resumo O objetivo do estudo foi verificar a presença e a associação entre diagnósticos prováveis de transtornos mentais em gestantes da atenção básica e condições dos recém-nascidos. Estudo longitudinal com gestantes (18 a 39 anos), no segundo e terceiro trimestres da gravidez, assistidas na atenção básica da região Metropolitana de São Paulo (fevereiro a agosto/2014). Foram aplicados: questionário sociodemográfico, instrumento para Avaliação de Transtornos Mentais na Atenção Primária e entrevista sobre informações e percepção do comportamento do recém-nascido. Das 300 gestantes entrevistadas, 76 apresentaram diagnóstico provável de transtorno mental, sendo que 46 apresentavam sintomas de depressão/distimia e 58, ansiedade/pânico. Observou-se baixo peso ao nascer e prematuridade em 14 e 19 dos recém-nascidos, respectivamente, e não foi verificada associação com diagnósticos prováveis de transtorno mental; a presença destes associou-se com a percepção materna de alterações no comportamento do recém-nascido. Gestantes em acompanhamento de pré-natal de baixo risco apresentam frequência relevante de transtornos mentais, logo, a identificação dessas alterações na gestação pode colaborar para melhor compreensão da dinâmica do binômio mãe-filho e na qualidade na assistência à família.

    Resumo em Inglês:

    Abstract This study aimed to determine the presence and association of possible mental disorders diagnoses in primary care pregnant women and newborns’ conditions. This is a longitudinal study with pregnant women (18-39 years), in the second and third trimesters of pregnancy, attended at primary care facilities in the metropolitan region of São Paulo (February to August/2014). The following tools were used: sociodemographic questionnaire; Mental Disorders in Primary Care Assessment tool; and an interview with information and mother´s perception of the behavior of newborns. Of the 300 pregnant women interviewed, 76 had possible diagnosis of mental disorders, 46 women had depression/dysthymia and 58 anxiety/panic symptoms. Low birth weight and prematurity was observed in 14 and 19 newborns, respectively, and there was no association with the probable diagnosis of mental disorders; the possible presence of mental disorders was associated with the mother’s perception of newborns behavior. Pregnant women attended at low risk prenatal care showed relevant frequency of mental disorders; thus, the identification of these changes during pregnancy can also contribute to a better understanding of the mother-and-child dynamics and in the quality of family care.
  • Adequação da investigação dos óbitos infantis no Recife, Pernambuco, Brasil

    Oliveira, Conceição Maria de; Guimarães, Maria José Bezerra; Bonfim, Cristine Vieira do; Frias, Paulo Germano; Antonino, Verônica Cristina Sposito; Guimarães, Aline Luzia Sampaio; Medeiros, Zulma Maria

    Resumo em Português:

    Resumo Avaliou-se a adequação da investigação do óbito infantil no Recife-PE, Brasil. Estudo transversal com 120 variáveis da ficha de investigação, agrupadas em seis dimensões (pré-natal; parto e nascimento; puericultura; características da família; ocorrência do óbito; e conclusão e recomendações), ponderadas pela técnica de consenso e analisadas quanto ao preenchimento. A investigação foi classificada (adequada, parcialmente adequada e inadequada) segundo um indicador composto de avaliação (ICA). Houve dissenso em 11 variáveis (9, na dimensão pré-natal; 1, no parto e nascimento; 1, na conclusões e recomendações). Dos 568 óbitos estudados, 56,2% apresentam investigação adequada. A ocorrência do óbito foi a dimensão melhor avaliada, e pré-natal, a mais deficiente. A elaboração do ICA possibilita aos profissionais e gestores das políticas de saúde da criança, identificar os pontos de estrangulamento da investigação dos óbitos infantis para um melhor direcionamento das ações e contribui com a reflexão sobre esta vigilância em outros municípios e estados.

    Resumo em Inglês:

    Abstract This study is an evaluation of infant death research in Recife, Pernambuco (PE). It is a cross-sectional study with 120 variables grouped into six dimensions (prenatal, birth, child care, family characteristics, occurrence of death, and conclusion and recommendations), weighted by consensus technique. The research was classifiedas adequate, partially adequate or inadequate according to a composite indicator assessment (ICA). There was dissension on 11 variables (9 in prenatal dimension, one in labor and birth, and 1 in the conclusions and recommendations). Of the 568 deaths studied, 56.2% have adequate research. The occurrence of death was the best-evaluated dimension and prenatal the poorest. The preparation of the ICA enables professionals and managers of child health policies to identify bottlenecks in the investigation of infant deaths for better targeting of actions, and contributing to the discussion about surveillance in other cities and states.
  • Doenças diarreicas e hospitalizações em menores de cinco anos no estado de Pernambuco, Brasil, nos anos de 1997 e 2006

    Vasconcelos, Maria Josemere Oliveira Borba; Rissin, Anete; Figueiroa, José Natal; Lira, Pedro Israel Cabral de; Batista Filho, Malaquias

    Resumo em Português:

    Resumo O objetivo deste estudo foi avaliar as tendências temporais e geográficas das diarreias e suas implicações nas demandas de hospitalizações de crianças menores de cinco anos no Estado de Pernambuco, nos anos 1997 e 2006. Foram usados os bancos de dados de dois inquéritos de base populacional, com amostras probabilísticas de 2078 crianças, em 1997, e 1650 crianças, em 2006, avaliadas em 18 municípios de Pernambuco, incluindo a Região Metropolitana do Recife, Interior Urbano e Interior Rural. Considerou-se como prevalência a ocorrência de casos no dia ou nas duas semanas anteriores à entrevista e como internações o atendimento de casos com internação mínima de 24 horas, cobrindo o retrospecto de 12 meses. A prevalência das diarreias em Pernambuco teve um declínio estatisticamente não significante (19,8% para 18,1%; p = 0,192); contudo, na Região Metropolitana do Recife, foi observada uma redução estatisticamente significante (16,9% para 10,5%; p = 0,003). As internações aumentaram em mais de duas vezes (2,7% para 5,5%, no estado, e de 1,6% para 3,8%, na RMR), contrapondo-se, assim, às tendências nacionais. Portanto, as diarreias no Estado passaram a figurar como o principal componente das demandas de hospitalizações pediátricas no período analisado.

    Resumo em Inglês:

    Abstract The scope of this paper was to assess the temporal and geographical trends of diarrhea and its implications on the demands of hospitalizations of children under five years of age in the state of Pernambuco in 1997 and 2006. Databases of two population-based surveys were assessed with probabilistic samples of 2078 children (1997) and 1650 children (2006) evaluated in 18 municipalities of Pernambuco, including the Metropolitan Region of Recife, Urban Interior and Rural Interior. Prevalence was considered to involve the occurrence of cases on the day or in the two weeks prior to the interview and as admissions, service cases with minimal hospital stay of 24 hours in the period, covering up to one year before the interview. The prevalence of diarrhea in Pernambuco had a statistically non-significant decline (19.8% to 18.1%; p = 0.192). However, a statistically-significant reduction was observed (16.9% to 10.5%; p = 0.003) in the Metropolitan Region of Recife. The number of admissions increased by more than double (2.7% to 5.5% in the State and from 1.6% to 3.8% within the Metropolitan Region of Recife), in contrast with national trends. Therefore, diarrhea in the State appears as the main component of the demands of pediatric hospitalizations during the period under scrutiny.
  • Aspectos sociodemográficos relacionados à gravidade da maloclusão em crianças brasileiras de 12 anos

    Bauman, José Mansano; Souza, João Gabriel Silva; Bauman, Claudiana Donato; Flório, Flávia Martão

    Resumo em Português:

    Resumo Estudo transversal e analítico para caracterizar a maloclusão em crianças brasileiras de 12 anos e identificar os aspectos sociodemográficos associados, utilizando dados do SB Brasil 2010. Foram incluídas 5539 crianças dentre as quais 41% possuíam algum grau de maloclusão, de acordo com o índice Dental Aesthetic Index (DAI). Conduziu-se análises descritivas, bivariadas e múltiplas por regressão logística multinomial. A maloclusão definida foi maior entre os que avaliaram sua saúde bucal como nem satisfeito/nem insatisfeito (OR 1,24; IC 95%; 1,03-1,50) e insatisfeito (OR 1,76; IC 95%; 1,50-2,08). A maloclusão grave foi maior entre crianças do Sudeste (OR 1,44; IC 95%; 1,06-1,96) e Sul (OR 1,52; IC 95%; 1,05-2,19), sexo masculino (OR 1,24; IC 95%; 1,03-1,48), raça negro/pardo (OR 1,39; IC 95%; 1,14-1,69) e que avaliaram sua saúde bucal como nem satisfeito/nem insatisfeito (OR 1,79; IC 95%; 1,41-2,26) e insatisfeito (OR 2,20; IC 95%; 1,77-2,72). O nível muito grave foi maior entre os residentes de capitais (OR 1,36; IC 95%; 1,07-1,71) e que avaliaram sua saúde bucal como nem satisfeito/nem insatisfeito (OR 1,58; IC 95%; 1,22-2,05) e insatisfeito (OR 2,44; IC 95%; 1,96-3,03). A prevalência da maloclusão é alta entre crianças brasileiras, sendo suas diferentes gravidades associadas a aspectos sociodemográficos.

    Resumo em Inglês:

    Abstract The scope of this study was to characterize malocclusion in 12-year-old Brazilian children and identify associated socio-demographic aspects. It is a cross-sectional and analytical study based on an Oral Health Survey (SB Brasil 2010). A sample of 5,539 was included, among which 41% had some degree of malocclusion according to the Dental Aesthetic Index (DAI). Descriptive, bivariate and multiple multinomial logistic regression analyses were conducted. Defined malocclusion was greater among those who rated their oral health as neither satisfied/nor dissatisfied (OR 1.24; CI95%1.03-1.50) and dissatisfied (OR 1.76; CI95%1.50-2.08). Severe malocclusion was greater among children in the Southeast (OR 1.44; CI95%1.06-1.96) and South (OR 1.52; CI95%1.05-2.19), male (OR 1.24; CI95%1.03-1.48), black/brown (OR 1.39; CI95%1.14-1.69) who rated their oral health as neither satisfied/nor dissatisfied (OR 1.79; CI95%1.41-2.26) and dissatisfied (OR 2.20; CI95%1.77-2.72). Very severe malocclusion was higher among residents of capitals (OR 1.36; CI95%1.07-1.71) who evaluated their oral health as neither satisfied/nor dissatisfied (OR 1.58; CI95%1.22-2.05) and dissatisfied (OR 2.44; CI95%1.96-3.03). The prevalence of malocclusion is high among Brazilian children, the severity being associated with socio-demographic aspects.
  • Dor lombar em adolescentes do semiárido: resultados de um censo populacional no município de Caracol (PI), Brasil

    Meucci, Rodrigo Dalke; Linhares, Angélica Ozório; Olmedo, Daniel Wenceslau Votto; Cousin Sobrinho, Ewerton Luiz Porto; Duarte, Vlanice Madruga; Cesar, Juraci Almeida

    Resumo em Português:

    Resumo O objetivo deste artigo é avaliar a prevalência e os fatores associados à dor lombar nos últimos 12 meses entre adolescentes de um município do sul do estado do Piauí, Brasil. Estudo transversal com 1112 adolescentes de 13-19 anos do município de Caracol. Investigaram-se características demográficas, socioeconômicas, nutricionais, comportamentais e comorbidades. O desfecho foi a ocorrência de dor lombar (DL) nos últimos 12 meses. Foi calculada a prevalência do desfecho de acordo com as variáveis independentes. Entre os adolescentes com DL no último ano, foi calculada a proporção de indivíduos com dor lombar crônica. Para análise dos fatores associados, foi utilizada a regressão de Poisson bruta e ajustada para cálculo das razões de prevalência. A prevalência de dor lombar nos últimos 12 meses foi de 32,9%. De acordo com a análise ajustada, sexo feminino (RP = 1,75; IC95%:1,45-2,10), idade entre 18-19 anos (RP = 1,27; IC95%:1,01-1,62), maior renda (RP = 1,33; IC95%:1,06-1,67), estar trabalhando (RP 1,25 IC95%:1,02-1,53) e apresentar distúrbios psiquiátricos menores (RP 1,51 IC95%: 1,25-1,82) permaneceram associados à DL nos últimos 12 meses. Este estudo encontrou elevada prevalência de DL entre adolescentes de um município pequeno do semiárido nordestino.

    Resumo em Inglês:

    Abstract The scope of this article is to assess low back pain prevalence and associated factors in the last 12 months among adolescents in a city in the south of the State of Piauí. It was a cross-sectional study which included 1,112 adolescents aged 13-19 in the city of Caracol, Piauí. Demographic, socio-economic, nutritional, behavioral and comorbidty characteristics were investigated. The outcome was the occurrence of low back pain (LBP) in the last 12 months. The outcome prevalence was calculated in accordance with independent variables. The proportion of individuals with chronic LBP was calculated among adolescents with LBP in the last 12 months. Crude and adjusted Poisson regression was used to estimate the prevalence ratio in the analysis of associated factors. The prevalence of LBP in the last 12 months was 32.9%. According to the adjusted analysis, being female (PR = 1.75; 95%CI:1.45-2.10), being aged 18-19 (PR = 1.27; 95%CI:1.01-1.62), having higher income (PR = 1.33; 95%CI:1.06-1.67), having a job (PR 1.25 95%CI:1.02-1.53) and having minor psychiatric disorders (PR 1.51 95%CI: 1.25-1.82) were associated with LBP in the last 12 months. This study found a high prevalence of LBP among adolescents in a poor city in the semiarid region of Northeast Brazil.
  • Consumo de bebida alcoólica por estudantes adolescentes e sua associação com capital social e condição socioeconômica

    Jorge, Kelly Oliva; Paiva, Paula Cristina Pelli; Ferreira, Efigênia Ferreira e; Vale, Miriam Pimenta do; Kawachi, Ichiro; Zarzar, Patrícia Maria

    Resumo em Português:

    Resumo O objetivo foi avaliar prevalência do consumo de bebida alcoólica e associação com o capital social e fatores socioeconômicos em estudantes adolescentes. Estudo transversal realizado com amostra representativa aleatória de 936 adolescentes de 15 a 19 anos. Informações sobre o consumo de álcool no último ano, capital social e condição socioeconômica foram levantadas utilizando-se o Teste de Triagem para Abordar Problemas Relacionados com Álcool (AUDIT), Questionário Integrado para Medir Capital Social e Índice de Vulnerabilidade Social, respectivamente. Prevalência de consumo de bebida alcoólica foi de 50,3% e consumo abusivo de álcool 36,0%, no último ano. Os adolescentes que relataram acreditar que as pessoas em sua comunidade possam ajudar a resolver problemas coletivos (como o abastecimento de água) e os classificados como pertencentes ao grupo de alta vulnerabilidade social apresentaram menor probabilidade de consumo abusivo de álcool (RP = [IC95%:0,620-0,971] 0,776 e PR = [IC95%:0,542-,803] 0,660). As prevalências de consumo de bebidas alcoólicas e consumo abusivo de álcool no último ano foram altas. Adolescentes com melhor condição socioeconômica e menor percepção do capital social foram mais propensos a apresentar um comportamento de consumo abusivo de bebidas alcoólicas.

    Resumo em Inglês:

    Abstract The aim was to evaluate the prevalence of alcohol consumption, binge drinking and their association with social capital and socioeconomic factors among Brazilian adolescents students. A cross-sectional study was carried out with a randomly selected representative sample of 936 adolescents aged 15 to 19 years. Information on alcohol consumption, social capital and socioeconomic status was collected using the Alcohol Use Disorders Identification Test, the Integrated Questionnaire for the Measurement of Social Capital and Social Vulnerability Index, respectively. The prevalence of alcohol consumption was 50.3% and binge drinking 36% the last year. Adolescents who reported believing that people in their community could help solve a collective problem (with the water supply) and those classified as having high social vulnerability had lower likelihood of binge drinking (PR = 0.776 [95%CI:0.620 to 0.971] and PR = 0.660 [95%CI:0.542 to 0.803], respectively). The prevalence of alcohol consumption and binge drinking the last year is high among participants. Those with higher socioeconomic status as well as lower perceptions of community capital social are more likely to display binge-drinking behavior.
  • Modos de explicar o bullying: análise dimensional das concepções de adolescentes

    Oliveira, Wanderlei Abadio de; Silva, Jorge Luiz da; Braga, Iara Falleiros; Romualdo, Claudio; Caravita, Simona Carla Silvia; Silva, Marta Angélica Iossi

    Resumo em Português:

    Resumo Este estudo apreendeu o significado do bullying para estudantes e contribui com a abordagem da saúde do escolar. Objetivou-se conhecer as dimensões de concepções de estudantes sobre o bullying. Participaram 55 adolescentes de 11 escolas públicas, por meio de entrevistas semiestruturadas. A análise dimensional foi utilizada no tratamento dos dados e se construiu uma matriz com as dimensões identificadas. A Teoria Fundamentada nos Dados foi adotada como referencial metodológico e teórico. Os adolescentes conhecem as principais dimensões do bullying, mas o explicam de forma descritiva e numa perspectiva individual. As dimensões identificadas foram: tipo, natureza, exemplos, motivação e consequências. O tipo de violência foi a dimensão com maior poder explicativo em relação às demais, sobressaindo-se o tipo verbal e suas diferentes formas de manifestação. Aspectos da literatura que definem o bullying foram identificados no conjunto, indicando a difusão do tema, sua ocorrência e apreensão pelos estudantes. O caráter inovador do estudo se centra na identificação das dimensões presentes nas narrativas dos estudantes brasileiros sobre o bullying, abordagem que contribui com a organização dos programas de cuidado e intervenção em diferentes áreas.

    Resumo em Inglês:

    Abstract This study unveils the meaning attributed by students to bullying and contributes to the approach of student health. The objective was to identify the dimensions of the conceptions of students regarding bullying. A total of 55 students from 11 public schools participated by answering semi-structured interviews. Dimensional analysis was used to treat data and a matrix was constructed with the dimensions identified. The Grounded Theory was adopted as the methodological and theoretical framework. The adolescents were aware of the main dimensions of bullying but explained it descriptively and from individual perspectives. The following dimensions were identified: type, nature, examples, motivation and consequences. The type of violence was a dimension with greater explanatory power in relation to the remaining dimensions. Verbal violence and its different manifestations stood out. Aspects of the literature that define bullying were identified, indicating how the topic is diffused, its occurrence and how it is understood by students. The innovative nature of this study is its focus on the identification of the dimensions of bullying present in the narrative of Brazilian students. It is an approach that contributes to the organization of healthcare programs and interventions in different fields.
  • Qualidade de vida e condições de saúde bucal de hipertensos e diabéticos em um município do Sudeste Brasileiro

    Oliveira, Eduardo José Pereira; Rocha, Vinício Felipe Brasil; Nogueira, Denismar Alves; Pereira, Alessandro Aparecido

    Resumo em Português:

    Resumo O objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade de vida relacionada às condições clínicas de saúde bucal entre hipertensos e diabéticos de Alfenas, MG, Brasil. Estudo domiciliar, descritivo-analítico, transversal, com amostra randomizada, sistemática, estratificada por Equipe Saúde da Família, composta por 218 sujeitos. Aplicou-se os índices CPOD, T-Health, FS-T, SiC index, uso e necessidade de próteses e OHIP-14. A maioria dos sujeitos (56,42%) apresenta apenas Hipertensão Arterial, é do sexo feminino (67,43%), com idade média de 64,83 (± 11,99), variando entre 35 e 93 anos. Não se observou diferenças significativas para as variáveis entre hipertensos, diabéticos e hipertensos-diabéticos. Registrou-se CPOD = 27,16 (± 6,15), com 22,94 (± 10,46) dentes perdidos; T-Health = 5,23 (± 6,52); FS-T = 8,53 (± 10,12) e SiC = 32 (± 0,00). Dos sujeitos, 85,78% usavam próteses (58,72% Prótese Total) e 61,01% necessitavam das mesmas (58,26% no arco inferior). As correlações entre OHIP-14 (5,37 [± 4,95]) e condições clínicas evidenciaram a presença de dentes afetando dimensões psicológicas, além de uso e necessidade de próteses associadas a impactos físicos e sociais (p < 0,05). Concluiu-se que edentulismo, uso e necessidade de próteses afetaram a qualidade de vida de hipertensos e diabéticos em aspectos psicológicos, físicos e sociais.

    Resumo em Inglês:

    Abstract This research aimed to assess the oral health related to quality of life among hypertensive and diabetic patients in the city of Alfenas, Brazil. This was a domiciliary-based, descriptive-analytical, cross-sectional research with a random, systematic sample stratified by the Family Health Team, consisting of 218 individuals. The following indexes were applied: DMFT, T-Health, FS-T, SiC index, use and need of prosthesis and OHIP-14. Most of the patients (56.42%) had only high blood pressure, were females (67.43%), with an average age of 64.83 (±11.99) years old, varying between 35 and 93 years old. No significant differences on the variables between hypertensives, diabetics and hypertensive-diabetics were noticed. The following data was registered: DMFT=27.16 (± 6.15), with 22.94 (± 10.46) of missing teeth; T-Health=5.23 (± 6.52); FS-T=8.53 (± 10.12) and SiC=32 (± 0.00). 85.78% of the individuals were using prosthesis (58.72% Dentures) and 61.01% needed prostheses (58.26% in the jaw).The correlations between OHIP-14 (5.37 [± 4.95]) and oral health evidenced the increase in the number of teeth affecting psychological dimensions, besides the use and need of prostheses were associated to physical and social impacts (p < 0.05). We concluded that edentulism, use and need of prostheses affected quality of life in hypertensive and diabetic patients concerning psychological, physical and social aspects.
  • Fatores associados e índice de adiposidade corporal (IAC) em adultos: estudo de base populacional

    Segheto, Wellington; Hallal, Pedro Curi; Marins, João Carlos Bouzas; Silva, Danielle Cristina Guimarães da; Coelho, France Araújo; Ribeiro, Andreia Queiroz; Morais, Silvia Helena Oliveira; Longo, Giana Zarbato

    Resumo em Português:

    Resumo Objetivou-se analisar os fatores associados ao índice de adiposidade corporal. Um estudo transversal de base populacional foi conduzido com 964 adultos, de 20 e 59 anos, em Viçosa, MG, Brasil. Aplicou-se questionários domiciliares e medidas antropométricas para se obter os dados. A análise múltipla foi realizada por meio de regressão linear, ajustada pelo efeito do desenho amostral. A prevalência de excesso de adiposidade corporal foi 36,89 (IC 30,81–43,43), sendo mais elevada nos homens (48,18% - IC 39,09–57,34). Associou-se positivamente com o índice de adiposidade corporal o sexo feminino (p = 0,002), idade em anos (p < 0,001), aqueles que viveram com companheiro (p = 0,022) e com insatisfação com a imagem corporal (p < 0,001). A autoavaliação da saúde positiva (p = 0,048) esteve associada negativamente com o índice de adiposidade corporal. A prevalência de excesso de adiposidade corporal foi elevada, sendo o sexo, a faixa etária, o estado civil, a autoavaliação da saúde e a insatisfação com a imagem corporal fatores determinantes para o aumento da adiposidade corporal, nesta população, indicando um forte risco para doenças crônicas não transmissíveis decorrentes do excesso de adiposidade.

    Resumo em Inglês:

    Abstract The objective of this study was to analyze factors associated with the body adiposity index. A population-based, cross-sectional study was conducted with 964 adults between 20 and 59 years of age, in Viçosa, State of Minas Gerais, Brazil. Household questionnaires and anthropometric measurements were applied to obtain data. Multiple analysis was performed using linear regression, adjusted for the sampling design effect. The prevalence of excess body adiposity was 36.89 (CI 30.81 to 43.43), being higher among men (48.18% - CI 39.09 to 57.34). Factors positively associated with body adiposity index were: female sex (p = 0.002); age in years (p < 0.001); those living with a partner (p = 0.022). Self-evaluation of positive health (p = 0.048) was negatively associated with the body adiposity index. The prevalence of excess body fat was high and the sex, age, marital status, health self-evaluation and dissatisfaction with body image were determinant factors to the increase in body adiposity in this population, indicating a marked risk for chronic diseases resulting from excess body fat.
  • Adaptação transcultural do Myocardial Infarction Dimensional Assessment Scale (MIDAS) para a língua portuguesa brasileira

    Fiorin, Bruno Henrique; Oliveira, Elizabete Regina Araújo de; Moreira, Rita Simone Lopes; Luna Filho, Bráulio

    Resumo em Português:

    Resumo A partir da avaliação dos fatores que incidem na qualidade de vida (QV) é possível planejar as intervenções que proporcionam melhoria do bem-estar dos pacientes. Realizar a adaptação transcultural do questionário Miocardial Infarction Dimensional Assessment Scale (MIDAS) para língua portuguesa, buscando as equivalências semântica, idiomática, conceitual e cultural. Foi utilizado o referencial teórico de Guillemin, Bombardier e Beaton, cumprindo as seguintes etapas: tradução, retrotradução, avaliação dos autores, banca de juízes e pré-teste. Após todas as avaliações, foram alcançadas as equivalências semântica, conceitual, idiomática e cultural. A escala mostrou-se de fácil aplicação e importância clínica. O MIDAS encontra-se validado no que se refere às equivalências semânticas, idiomáticas, conceituais e culturais. Posteriormente, será avaliada a equivalência de mensuração, para verificar as propriedades psicométricas.

    Resumo em Inglês:

    Abstract From the evaluation of the factors that affect quality of life (QOL) it is possible to plan interventions that lead to the improved well-being of patients. The scope of this study was to conduct the cross-cultural adaptation of the Myocardial Infarction Dimensional Assessment Scale (MIDAS) questionnaire to the Portuguese language, seeking the necessary semantic, idiomatic, conceptual and cultural equivalence. The theoretical framework of Guillemin, Bombardier and Beaton was used, fulfilling the following steps: translation, back translation, evaluation of the authors, peer review and pre-testing. After all the tests, the semantic, idiomatic, conceptual and cultural equivalence was achieved. The scale proved to be easy to use and was clinically important. MIDAS was validated in terms of its semantic, idiomatic, conceptual and cultural equivalences. Subsequently, the measurement equivalence will be evaluated to verify the psychometric properties.
  • Não utilização de consultas de rotina na Atenção Básica por pessoas com hipertensão arterial

    Barreto, Mayckel da Silva; Mendonça, Raquel de Deus; Pimenta, Adriano Marçal; Garcia-Vivar, Cristina; Marcon, Sonia Silva

    Resumo em Português:

    Resumo Os objetivos deste estudo foram identificar, entre pessoas com hipertensão arterial, os fatores sociodemográficos associados a não utilização de consultas médicas de rotina disponíveis na Atenção Básica e verificar se a não utilização das consultas interfere na não adesão à farmacoterapia, no descontrole pressórico e na hospitalização. Estudo transversal analítico com amostragem aleatória e estratificada. Foram entrevistadas 422 pessoas residentes no município de Maringá-PR. Realizaram-se análises brutas e ajustadas por meio de Regressão Logística, estimando-se Odds Ratio e intervalos de confiança de 95%. Constatou-se que, nos seis meses anteriores a entrevista, 47 pessoas não utilizaram consultas de rotina. Sexo masculino, cor da pele não branca e utilização apenas de serviços públicos de saúde se associaram a não utilização das consultas. A maioria que não utilizou as consultas, também não aderiu à farmacoterapia e apresentou descontrole pressórico. Profissionais de saúde necessitam desenvolver estratégias para aumentar a procura dos hipertensos às consultas médicas, priorizando grupos populacionais de homens, pessoas não brancas e que utilizam serviços públicos de saúde. A maior utilização das consultas poderá auxiliar no controle pressórico e reduzir complicações.

    Resumo em Inglês:

    Abstract The objectives of this study were to identify, among individuals with hypertension, sociodemographic factors associated with non-use of routine medical appointments available in primary care and check if non-use of consultations interferes with noncompliance with pharmacotherapy, uncontrolled blood pressure and hospitalization. This is a cross-sectional study with random and stratified sampling. A total of 422 individuals living in the city of Maringá, Paraná, were interviewed. There were crude and adjusted analyses using logistic regression, estimating odds ratios and 95% confidence intervals. It was found that, in the six months preceding the interview, 47 (11.1%) individuals did not use routine appointments. Being male, nonwhite and using only public health services were associated with non-use of consultations. Most of those who did not use consultations also failed to comply with pharmacotherapy and presented dysregulated blood pressure. Healthcare professionals need to develop strategies in order to increase attendance of hypertensive individuals to medical appointments, giving priority to population groups of men, nonwhite individuals and those who use public health services. Greater use of consultations can assist in blood pressure control and reduce complications.
  • Teores de mercúrio em cabelo e consumo de pescado de comunidades ribeirinhas na Amazônia brasileira, região do Tapajós

    Costa Junior, José Maria Farah; Silva, Camile Irene Mota da; Lima, Abner Ariel da Silva; Rodrigues Júnior, Dario; Silveira, Luiz Carlos de Lima; Souza, Givago da Silva; Pinheiro, Maria da Conceição Nascimento

    Resumo em Português:

    Resumo Comunidades ribeirinhas estão expostas ao mercúrio devido à dieta composta por elevada ingestão de peixes. Com o objetivo de avaliar os níveis de exposição na região do Tapajós, identificando também a frequência de ingestão de pescado, realizou-se um estudo em adultos residentes nas comunidades ribeirinhas do município de Itaituba/PA. Foram coletadas amostras de cabelo para a determinação de mercúrio total e dados de frequência semanal de ingestão de peixes. A concentração média de mercúrio total variou de 7,25µg/g (em 2013) para 10,80µg/g (em 2014), não sendo observada diferença significativa (p = 0,1436). Quanto à frequência de ingestão de pescado, a maioria dos indivíduos avaliados apresentou um alto consumo, tanto em 2013 quanto em 2014. Índices elevados de mercúrio total foram observados somente naqueles com alto consumo de pescado em ambos anos. Ressalta-se a importância da continuação do monitoramento dos níveis de exposição em humanos, fundamentando-se nos índices de tolerância de 6µg/g preconizado pela Organização Mundial de Saúde, e na investigação quanto ao consumo de peixes para que as estratégias de controle e prevenção sejam melhoradas.

    Resumo em Inglês:

    Abstract Riverine communities are exposed to mercury due to the high ingestion of fish in their diet. In order to evaluate the levels of exposure in the Tapajós region, also assessing the fish ingestion frequency, a study was conducted in adults living in riverine communities in the municipality of Itaituba in the State of Pará. Hair samples were collected for the determination of total mercury and the weekly frequency data of fish ingestion was recorded. The mean concentration of total mercury varied from 7.25μg/g (in 2013) to 10.80μg/g (in 2014), with no significant difference being observed (p = 0.1436). As for fish ingestion frequency, the majority of the individuals evaluated revealed high consumption both in 2013 and in 2014. High levels of total mercury were observed only in those with high consumption of fish in both years. The importance of ongoing monitoring of exposure levels in humans should be stressed, basing itself on indices of tolerance of 6μg/g recommended by the World Health Organization, and investigation about the consumption of fish such that strategies for control and prevention are improved.
  • A afetividade do agente comunitário de saúde no território: um estudo com os mapas afetivos

    Bezerra, Yandra Raquel do Nascimento; Feitosa, Maria Zelfa de Souza

    Resumo em Português:

    Resumo O agente comunitário de saúde é um profissional essencial no contexto da Atenção Básica à Saúde, atuando no acompanhamento das famílias no território. O objetivo deste estudo foi analisar as implicações da afetividade na atuação do agente comunitário de saúde no território. As noções teóricas deste estudo estão baseadas na Psicologia Social de base histórico-cultural e na Psicologia Ambiental. A pesquisa foi realizada com dez agentes comunitários de saúde de uma Unidade Básica de Saúde em um município cearense. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, cuja coleta de dados foi realizada por meio da aplicação da parte qualitativa do Instrumento Gerador dos Mapas Afetivos (IGMA). Os dados foram analisados por meio da Análise de Conteúdo Categorial e da Análise do subtexto, do sentido e do motivo. Os resultados obtidos revelaram que a possibilidade do encontro com o outro e do vínculo construído com as famílias se torna potencializador da ação dos agentes comunitários de saúde, fazendo emergir uma implicação positiva com o território, mesmo diante do contexto de dificuldades. Esperamos que esta pesquisa contribua para delinear novas perspectivas a respeito da atuação do agente comunitário de saúde no contexto da política de Atenção Básica à Saúde.

    Resumo em Inglês:

    Abstract The community healthcare agent is an essential professional in the context of primary healthcare, helping to monitor the health of families in the territory. The scope of this study was to analyze the implications of affection on the performance of the community healthcare agent in the territory. The theoretical notions of this study are based on social psychology of a historical-cultural basis and environmental psychology. The survey was conducted with ten community healthcare agents at a basic health unit in a municipality of the State of Ceará. It is qualitative research, the data collection for which was carried out by applying the qualitative part of the Affective Map Generator Tool (IGMA). The data were analyzed using category content analysis and subtext, significance and motive analysis. The results revealed that the possibility of meeting each other and the bond built with families becomes a motivating force for the action of the community healthcare agents, giving rise to a positive engagement with the territory, despite the difficult context. We trust that this research will contribute to define new perspectives for the role of the community healthcare agent in the context of primary healthcare policy.
  • Falta de acesso a informações sobre problemas bucais entre adultos: abordagem baseada no modelo teórico de alfabetização em saúde

    Roberto, Luana Leal; Noronha, Daniele Durães; Souza, Taiane Oliveira; Miranda, Ellen Janayne Primo; Martins, Andréa Maria Eleutério de Barros Lima; Paula, Alfredo Maurício Batista De; Ferreira, Efigênia Ferreira e; Haikal, Desirée Sant’ana

    Resumo em Português:

    Resumo Objetivou-se investigar os fatores associados à falta de acesso à informação em saúde bucal entre adultos. Trata-se de um estudo transversal, conduzido entre 831 adultos (35-44 anos). A variável dependente foi o acesso a informações sobre como evitar problemas bucais e as independentes foram reunidas em subgrupos conforme modelo teórico de Alfabetização em saúde. Conduziu-se Regressão Logística Binária com correção pelo efeito de desenho. Observou-se que 37,5% não tiveram acesso a informações sobre problemas bucais. A falta de acesso foi maior entre os adultos que possuíam renda per capita menor, estavam insatisfeitos com os serviços odontológicos utilizados, não utilizavam fio dental, apresentavam o domínio físico da qualidade de vida insatisfatório e que autopercebiam a saúde bucal como regular/ruim/péssima. A chance de não ter recebido informações sobre com evitar problemas bucais entre os insatisfeitos com os serviços odontológicos utilizados foi 3,28 vezes aquela observada entre os satisfeitos com os serviços odontológicos utilizados. Assim, o menor acesso esteve relacionado a condições desfavoráveis entre adultos. Os serviços de saúde devem garantir informações adequadas a seus usuários, a fim de aumentar os níveis de Alfabetização em saúde, maior satisfação e equidade.

    Resumo em Inglês:

    Abstract This study sought to investigate factors associated with the lack of access to information on oral health among adults. It is a cross-sectional study, carried out among 831 adults (35-44 years of age). The dependent variable was access to information on how to avoid oral problems, and the independent variables were gathered into subgroups according to the theoretical model for literacy in health. Binary logistic regression was carried out, and results were corrected by the design effect. It was observed that 37.5% had no access to information about dental problems. The lack of access was higher among adults who had lower per capita income, were dissatisfied with the dental services provided, did not use dental floss, had unsatisfactory physical control of the quality of life, and self-perceived their oral health as fair/poor/very poor. The likelihood of not having access to information about dental problems among those dissatisfied with the dental services used was 3.28 times higher than for those satisfied with the dental services used. Thus, decreased access to information was related to unfavorable conditions among adults. Health services should ensure appropriate information to their users in order to increase health literacy levels and improve satisfaction and equity.
  • Aspectos históricos da criação dos grupos de pesquisa em dengue no Brasil com a utilização da ferramenta computacional ScriptGP

    Ferraz, Renato Ribeiro Nogueira; Barnabé, Anderson Sena; Quoniam, Luc; Santos, André Moraes dos; Mariosa, Duarcides Ferreira

    Resumo em Português:

    Resumo O número de casos de dengue no Brasil aumentou consideravelmente nos últimos anos. Assim, é necessário entender se a evolução histórica da criação de grupos de pesquisa em dengue no país tem sido compatível com a escalada da doença. O objetivo deste artigo é avaliar a evolução histórica da criação dos grupos de pesquisa em dengue no Brasil e comparar estes dados com os epidemiológicos nacionais. Utilizou-se a ferramenta computacional ScriptGP para extrair do Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq informações sobre a evolução histórica dos grupos de pesquisa em dengue, uma doença negligenciada (DN) prioritária no Brasil, disponibilizando-as em formato de gráficos e tabelas dinâmicas. Foram identificados os principais polos de pesquisa em dengue no país, comparando a série histórica da doença com o histórico de criação dos grupos. Foi possível especular sobre as causas da baixa efetividade das campanhas de prevenção contra a dengue instituídas nas últimas décadas. A apresentação de dados proposta permite uma análise apurada, no âmbito da saúde coletiva, do andamento das pesquisas em dengue no país, chamando a atenção para a necessidade de reformulação de estratégias especialmente voltadas à distribuição de fomento para o estudo das DN.

    Resumo em Inglês:

    Abstract The number of dengue cases in Brazil has increased considerably in recent years. Therefore, it is necessary to ascertain if the historical evolution of the creation of dengue research groups in the country has been compatible with the increased incidence of the disease. This article seeks to evaluate the historical evolution of dengue research groups in Brazil and compare these data with epidemiological data related to the incidence of the disease. The ScriptGP computational tool was used to extract information from the Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq database about the development of research groups in dengue, a neglected disease (ND) that is a priority in Brazil, making it available in charts and pivot tables format. It was possible to identify the main research centers on dengue and compare the time series of the disease to the history of the creation of research groups. These results made it possible to speculate about the causes of the low effectiveness of prevention campaigns against dengue conducted in recent decades. The proposed data presentation allows for detailed analysis in the context of public health, of the progress of research into dengue, drawing attention to the need to reformulate strategies especially towards the distribution of research funding to study ND.
  • Conhecimento e percepção sobre o HPV na população com mais de 18 anos da cidade de Ipatinga, MG, Brasil

    Abreu, Mery Natali Silva; Soares, Angela Deise; Ramos, Diemack Alle Oliveira; Soares, Fernanda Vieira; Nunes Filho, Gerson; Valadão, Analina Furtado; Motta, Patrícia Gonçalves da

    Resumo em Português:

    Resumo Vários estudos têm identificado conceitos errôneos sobre o Papiloma Vírus Humano (HPV), o que pode propiciar comportamentos negligentes e de risco para a saúde da população. O objetivo deste artigo é avaliar o conhecimento de homens e mulheres acerca do HPV na população do município de Ipatinga-MG, além de avaliar os fatores socioeconômicos e as atitudes preventivas associadas a esse conhecimento. Estudo transversal, com 591 indivíduos residentes na cidade de Ipatinga, por meio de amostragem estratificada por quotas, proporcional ao número de indivíduos por sexo e idade em cada uma das oito regionais administrativas da cidade. Para avaliar os fatores associados ao conhecimento sobre HPV foram utilizados os testes qui-quadrado ou t-Student e modelo de regressão logística binária. Menos da metade (40,1%) dos entrevistados afirmaram saber o que é HPV. Os fatores associados ao relato de conhecimento sobre HPV foram: ser do sexo feminino, ter nível de escolaridade médio ou superior, utilizar o serviço de saúde particular, ter ouvido ou visto alguma campanha sobre HPV e saber da existência da vacina contra o HPV. Existe grande déficit de conhecimento sobre o HPV e pouca qualificação do que se sabe, favorecendo ações com risco potencial à saúde, inclusive do parceiro.

    Resumo em Inglês:

    Abstract Several studies have identified misconceptions about human papillomavirus (HPV), which can lead to negligent behavior and risk to the health of the population. This article aims to assess the knowledge of men and women about HPV in the city of Ipatinga, Minas Gerais, and evaluate socioeconomic factors and preventive measures associated with such knowledge. It involved a cross-sectional study with 591 subjects living in the city, by means of stratified sampling by quotas proportional to the number of individuals by sex and age in each of the eight administrative regions of the city. Pearson’s chi-square test or the t–Student test and the binary logistic regression model were used to assess the factors associated with knowledge about HPV. Less than half (40.1%) of the respondents said they knew what HPV was. Factors associated with having knowledge about HPV were being female, having secondary or tertiary education, using the private health service, having heard about or seen a campaign about HPV and knowing of the existence of a vaccine against HPV. There is a great deficit of knowledge about HPV and vague information of what is known, favoring actions with a potential risk to personal health, including that of the partner.
  • Processo de trabalho na Estratégia de Saúde da Família: potencialidades da subjetividade do cuidado para reconfiguração do modelo de atenção

    Santos, Debora de Souza; Mishima, Silvana Martins; Merhy, Emerson Elias

    Resumo em Português:

    Resumo Estudo de abordagem qualitativa com objetivo de analisar a potencialidade da dimensão subjetiva das práticas de equipes de Saúde da Família para reconfiguração do modelo de atenção, utilizando como referencial teórico-metodológico o processo de trabalho em saúde na perspectiva marxista. Teve como instrumento de coleta de dados o grupo focal, realizado em 13 equipes de Saúde de Família de Maceió, Alagoas. A análise temática, combinada a princípios da hermenêutica e dialética, foi utilizada no tratamento e interpretação dos dados. Os resultados apontam que as necessidades de saúde identificadas pelas equipes são múltiplas e permeadas pela carência afetiva do usuário que busca recorrentemente ser “ouvido”. As equipes mostram-se abertas para o território das tecnologias leves de acolhimento, embora não as legitimem como instrumentos do seu trabalho. Saberes e tecnologias da clínica médica continuam sendo privilegiados no processo de trabalho, limitando a potencialidade de sua dimensão subjetiva para (re)configuração de um modelo que atenda as necessidades de saúde e ampare-se na integralidade da atenção.

    Resumo em Inglês:

    Abstract This is a study with a qualitative approach that aims to analyze the subjective dimension of the Family Health teams’ practices conducted in order to reconfigure the care model, using the work process in health as the fundamental analytical category from the Marxist standpoint. The data gathering tool used was the focus group, applied in 13 Family Health teams in Maceió, Alagoas. Thematic analysis combined with principles of hermeneutics and dialectics was used for treatment and interpretation of the data. The results indicate that the user´s needs identified by the teams are multiple and permeated by a lack of sympathetic care, and that the user repeatedly wishes to be “heard.” The teams show that they are open to the use of soft technologies of compassionate care, although they do not legitimate them as instruments of their work. Clinical knowledge and techniques are prioritized in the work process, which limits the potential of its subjective dimension in order to (re)configure a care model which attends the user´s needs and is sustained by integrated care.
  • Consumo de bebida alcoólica entre fumicultores: prevalência e fatores associados

    Fávero, Juliana Lopes; Meucci, Rodrigo Dalke; Faria, Neice Müller Xavier; Fiori, Nadia Spada; Fassa, Anaclaudia Gastal

    Resumo em Português:

    Resumo Resultados Este trabalho tem por objetivo descrever a prevalência do beber pesado e o consumo de risco de bebida alcoólica e fatores associados em agricultores que cultivam fumo. Foi realizado estudo transversal em 2469 fumicultores, maiores de 18 anos, no ano de 2011. Foi considerado consumo de risco de bebida alcoólica a ingestão de 3 ou mais doses padrão por dia em homens e 2 ou mais em mulheres. O beber pesado foi a ingestão de 15 ou mais doses padrão por semana em homens e 8 ou mais em mulheres. Foi realizada análise multivariada hierarquizada, que examinou a associação com variáveis socioeconômicas, comportamentais e ocupacionais. : A prevalência do consumo de risco e beber pesado foi 4,7% e 1,09% em mulheres e 30,8% e 4,8% em homens, respectivamente. Foram associados com consumo de risco em homens e mulheres: o percentual da renda representado pelo fumo (RP 1,3 e 0,4), ser empregado (RP 1,3 e 3,1) e uso de agrotóxico (RP 1,5 e 2,1), respectivamente. Foi associado a beber pesado em homens: perda da lavoura (RP 1,6), participação em atividades religiosas (RP 0,3) e horas de trabalho agrícola (RP 0,6). Existe associação de fatores ocupacionais com o consumo de risco de bebidas alcoólicas em homens. Os fatores associados variam conforme o padrão de consumo avaliado.

    Resumo em Inglês:

    Abstract Results This study aims to describe the prevalence of heavy drinking, high-risk alcohol consumption and associated factors among tobacco farmers. A cross-sectional study was carried out with 2,469 tobacco farmers over 18 years old in 2011. High-risk alcohol consumption was considered the intake of three or more standard doses per day for men or two or more for women. Heavy drinking was considered the intake of four or more standard doses per day for men and three or more for women. Hierarchical multivariate analysis was performed to investigate the association with socioeconomic, behavioral, and occupational variables. : The prevalence of high-risk and heavy drinking was of 4.7% and 1.09% among women and 30.8% and 4.8% among men, respectively. The factors associated with high-risk drinking for men and women were the percentage of income tobacco accounted for (PR 1.3 and 0.4), being an employee (PR 1.3 and 3.1), and use of pesticides (PR 1.5 and 2.1), respectively. Heavy drinking among men was associated with losing the crop (PR 1.6), attending religious activities (PR 0.3), and hours working in agriculture (PR 0.6). Occupational factors were associated wit high-risk alcohol consumption among men. The associated factors vary according to the pattern of consumption assessed.
  • Impacto da capacitação no Suporte Avançado à Vida em Cardiologia (SAVC) na carreira profissional e no ambiente de trabalho

    Azevedo, Lunia Sofia Lima; Ribeiro, Lucas Gaspar; Schmidt, André; Pazin Filho, Antônio

    Resumo em Português:

    Resumo Buscou-se avaliar o impacto do curso de Suporte Avançado a Vida em Cardiologia (SAVC) na carreira e no ambiente profissional de médicos formados em um centro de treinameto certificado pela American Heart Association (AHA). De 4631 estudantes (desde 1999 até 2009), 2776 foram encontrados, 657 cartas retornaram, sendo 388 excluidas da análise devido à não localização do endereço. A população final estudada foi composta por 269 participantes alocados em 3 grupos (< 3 anos, 3-5 anos e > 5 anos). Tempo maior de treinamento foi associado a sexo masculino, ter feito residência médica, de idade maior, melhores salários e mais tempo de formação, também menor chance de participar de um atendimento de parada cardíaca. No quesito mudança pessoal, nenhuma modificação foi detectada independentemente do tempo de curso. A única mudança no local de trabalho foi a implantação do desfibrilador externo automático (DEA) por aqueles que terminaram o curso há mais de 5 anos. Na análise multivariada, entretanto, a implementação de DEA não foi associada independentemente nesse grupo, que mostrou menor chance de repetir o curso. Os cursos SAVC deveriam enfatizar a forma como os médicos poderiam reforçar as mudanças no trabalho, melhorando a cadeia de sobrevida.

    Resumo em Inglês:

    Abstract We sought to evaluate the impact of Advanced Cardiac Life Support (ACLS) training in the professional career and work environment of physicians who took the course in a single center certified by the American Heart Association (AHA). Of the 4631 students (since 1999 to 2009), 2776 were located, 657 letters were returned, with 388 excluded from the analysis for being returned lacking addressees. The final study population was composed of 269 participants allocated in 3 groups (< 3 years, 3-5 and > 5years). Longer training was associated with older age, male gender, having undergone residency training, private office, greater earnings and longer time since graduation and a lower chance to participate in providing care for a cardiac arrest. Regarding personal change, no modification was detected according to time since taking the course. The only change in the work environment was the purchase of an automated external defibrillator (AED) by those who had taken the course more than 5 years ago. In multivariable analysis, however, the implementation of an AED was not independently associated with this group, which showed a lower chance to take a new ACLS course. ACLS courses should emphasize also how physicians could reinforce the survival chain through environmental changes.
  • Evolução e associação do IMC entre variáveis sociodemográficas e de condições de vida em idosos do Brasil: 2002/03-2008/09

    Silva, Vladimir Schuindt da; Souza, Israel; Silva, Diego Augusto Santos; Barbosa, Aline Rodrigues; Fonseca, Maria de Jesus Mendes da

    Resumo em Português:

    Resumo O objetivo foi descrever a evolução de curto prazo do índice de massa corporal (IMC) e analisar a associação entre este e variáveis sociodemográficas e de percepção familiar sobre a suficiência e o tipo dos alimentos consumidos em idosos brasileiros de ambos os sexos. Utilizaram-se dados das Pesquisas de Orçamentos Familiares (POF) coletados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2002/03 e em 2008/09. As prevalências de sobrepeso e obesidade aumentaram, e as de peso adequado e baixo peso diminuíram. Utilizaram-se modelos de regressão multinomial para 2008/09, a fim de analisar a associação entre o IMC e as características sociodemográficas e de percepção familiar sobre a suficiência e o tipo dos alimentos consumidos. Renda e idade se apresentaram mais associadas ao IMC. Sugere-se medidas de prevenção e monitoramento de saúde e nutrição por meio de políticas públicas, considerando a multifatorialidade do excesso de peso em idosos brasileiros.

    Resumo em Inglês:

    Abstract This study aimed to describe BMI’s short-term trends and analyze the association between the Body Mass Index (BMI) and the sociodemographic variables and variables of family perception of the sufficiency and type of food consumed by Brazilian elderly of both sexes. The authors used data from the Household Budget Surveys (HBS) collected by the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE) in 2002/03 and 2008/09. The prevalence of overweight and obesity increased, whereas normal and low weight decreased. Multinomial regression models were used for 2008/09 to analyze the association between BMI and sociodemographic variables and variables of family perception of the sufficiency and type of food intake. Income and age were more associated with BMI. We suggest that health and nutrition prevention and monitoring measures be implemented through public policies, considering multifactorial overweight in the Brazilian elderly.
  • Elevada prevalência de obesidade abdominal em idosos e associação com diabetes, hipertensão e doenças respiratórias

    Silveira, Erika Aparecida; Vieira, Liana Lima; Souza, Jacqueline Danesio de

    Resumo em Português:

    Resumo O envelhecimento populacional acelerado e a obesidade abdominal (OA) são problemas de saúde pública mundial entre idosos ainda pouco investigados. O artigo tem por objetivos identificar a prevalência da OA em idosos, verificar sua associação com diferentes morbidades e variáveis sociodemográficas e de estilo de vida, conforme sexo. Estudo transversal, com amostra representativa de idosos, residentes em Goiânia, Brasil. Foram realizadas visitas domiciliares para mensuração de peso, altura e circunferência abdominal (CA), pressão arterial e aplicação de questionário padronizado. A variável desfecho foi definida a partir da CA ≥ 102cm nos homens e ≥ 88 cm nas mulheres. Realizou-se regressão de Poisson múltipla, a partir de modelo hierárquico adotando-se nível de significância 5%. A prevalência de OA foi de 55,1%, sendo de 65,5% nas mulheres e 34,8% nos homens, com diferença significativa (p < 0,001). Nos homens a OA foi associada a faixa de idade entre 70 e 74 anos, presença de doenças do aparelho respiratório e hipertensão arterial. Nas mulheres, a OA manteve-se associada com a presença de diabetes mellitus. Os resultados contribuem para a compreensão da OA e o desenvolvimento de abordagens preventivas em saúde coletiva.

    Resumo em Inglês:

    Abstract Rapid population aging and abdominal obesity (AO) are worldwide public health problems among the elderly and have been insufficiently investigated. This article sets out to identify the prevalence of AO among the elderly, its association with different morbidities, sociodemographic variables, and lifestyle according to sex. It is a cross-sectional study with a representative sample of elderly people resident in Goiânia, Brazil. Home visits were conducted to measure weight, height, waist circumference (WC), blood pressure, and to fill out a standardized form. The outcome variable, was calculated at WC> 102 cm for men and> 88 cm for women. Multiple Poisson regression was performed using a hierarchical model, adopting a significance level of 5%. The prevalence of AO was 55.1%, with 65.5% in women and 34.8% in men, with a significant difference (p <0.001). In men, AO was associated with age range between 70 and 74 years, the presence of respiratory diseases and high blood pressure. In women, AO continued to be associated with the presence of diabetes mellitus. The results contribute to the understanding of AO and developing preventive approaches in public health.
  • Excesso de peso em idosos rurais: associação com as condições de saúde e qualidade de vida

    Tavares, Darlene Mara dos Santos; Bolina, Alisson Fernandes; Dias, Flavia Aparecida; Ferreira, Pollyana Cristina dos Santos; Santos, Nilce Maria de Freitas

    Resumo em Português:

    Resumo O objetivo deste estudo é verificar a associação do excesso de peso com a incapacidade funcional, morbidades autorreferidas e qualidade de vida (QV) de idosos residentes em área rural. Trata-se de um inquérito domiciliar e transversal realizado na área rural de um município do Sudoeste do Brasil. Foram avaliados 370 idosos sem excesso de peso e 192 com, por meio dos instrumentos: semiestruturado, escalas Katz e Lawton e, World Health Organization Quality of Life – BREF e World Health Organization Quality of Life Assessment for Older Adults. O excesso de peso associou às morbidades: artrite/artrose, hipertensão arterial sistêmica (p < 0,001), varizes (p = 0,009), problemas cardíacos (p = 0,028), diabetes mellitus (p = 0,001), acidente vascular encefálico (p = 0,044) e incontinência urinária (p = 0,032). Não identificou associação entre a incapacidade funcional e o excesso de peso (p = 0,729). Os idosos com excesso de peso apresentaram menores escores no domínio físico (p = 0,005) e maiores nas relações sociais (p = 0,033) comparados aos sem essa condição. Os resultados remetem à necessidade do acompanhamento do estado nutricional de idosos rurais na prevenção de comorbidades e na melhoria da qualidade de vida.

    Resumo em Inglês:

    Abstract This study aimed to verify the association of overweight with functional disability, self-reported morbidities and quality of life (QoL) among rural elderly dwellers. This is a domestic and cross-sectional survey conducted in the rural region of a municipality of Southeast Brazil. Three hundred seventy non-overweight elderly people and 192 overweight elderly people were evaluated with the following tools: semi-structured; Katz and Lawton and scales; World Health Organization Quality of Life – BREF and World Health Organization Quality of Life Assessment for Older Adults. Overweight was associated with morbidities arthritis/osteoarthritis (p = 0.002), systemic arterial hypertension (p < 0.001), varicose veins (p = 0.009), heart problems (p = 0.028), diabetes mellitus (p = 0.001), cerebrovascular accident (p = 0.044) and urinary incontinence (p = 0.032). Overweight elderly had lower scores in the physical realm (p = 0.005) and higher scores in social relationships (p = 0.033) compared to those without this condition. Results point to the importance of monitoring the nutritional status of rural elderly to prevent comorbidities and improve the quality of life.
  • Acessibilidade às Unidades Básicas de Saúde da Família na perspectiva de idosos

    Pedraza, Dixis Figueroa; Nobre, Amanda Manuella Dantas; Albuquerque, Francisco José Batista de; Menezes, Tarciana Nobre de

    Resumo em Português:

    Resumo O objetivo deste artigo é avaliar a acessibilidade às Unidades Básicas de Saúde da Família na perspectiva dos idosos em um município do Nordeste brasileiro. Foram coletadas informações socioeconômicas e demográficas dos idosos e sua avaliação acerca da acessibilidade (organizacional, sociocultural e econômica) aos serviços oferecidos pela Estratégia Saúde da Família (ESF). Utilizou-se instrumento validado para avaliar a ESF pelos usuários em municípios paraibanos, o qual foi adaptado à população de idosos. Foi analisada a associação das variáveis socioeconômicas e demográficas com a avaliação da acessibilidade. Para a acessibilidade organizacional, idosos das classes econômicas inferiores apresentaram maior chance de emitir avaliação positiva aos horários de atendimento, e menor chance de avaliação positiva em relação à quantidade de atendimentos por dia e à facilidade em receber medicamentos. As mulheres apresentaram maior chance de avaliar positivamente a consulta com especialistas (acessibilidade econômica). A avaliação dos idosos mostra a existência de barreiras, principalmente na acessibilidade organizacional, que ainda persistem para a procura e a utilização dos serviços.

    Resumo em Inglês:

    Abstract This article aims to evaluate accessibility to health services from the perspective of the elderly in a city of Northeast Brazil. Socioeconomic and demographic data were collected, and the organizational, socio-cultural and economic accessibility to services offered by the Family Health Strategy (FHS) was assessed. A validated instrument adapted for the elderly population was used to assess the FHS by users in cities in Paraíba. The association of socioeconomic and demographic variables with accessibility was assessed. For organizational accessibility, the elderly of lower economic classes were more likely to give a positive evaluation regarding the opening hours for care, and less likely to give a positive assessment in relation to the amount of people attended per day and the ease to obtain medication. Women were more likely to positively evaluate the consultation with experts (economic accessibility). The evaluation of the elderly shows the existence of barriers, especially in organizational accessibility, which still persist regarding the demand and use of health services.
  • Prevalência de anemia e correlação da concentração de hemoglobina com fatores cognitivos em idosos

    Sousa, Natane Daiana Silva; Menezes, Tarciana Nobre de; Silva, Nathalie de Almeida; Eulálio, Maria do Carmo; Paiva, Adriana de Azevedo

    Resumo em Português:

    Resumo O objetivo deste estudo foi verificar a prevalência de anemia e a correlação da concentração de hemoglobina com fatores cognitivos em população idosa residente em Campina Grande, Paraíba, Brasil. Tratou-se de um estudo transversal com indivíduos de 60 anos de idade ou mais. Foram considerados anêmicos os indivíduos do sexo masculino que apresentaram concentração de hemoglobina < 13 g/dL e do feminino que apresentaram concentrações < 12 g/dL. Foram analisadas variáveis sociodemográficas, condição cognitiva e estado nutricional. A análise estatística foi realizada por meio da regressão linear simples e múltipla. Foram avaliados 360 idosos (67,2% mulheres), cuja prevalência de anemia foi de 12,5%. A concentração média de hemoglobina verificada foi de 13,5 g/dL e esteve correlacionada às variáveis sexo (β = -0,44; IC95%: -1,35;-0,85), idade (β = -0,14; IC95%: -0,03;-0,01), estado nutricional (β = 0,16; IC95%: 0,01;0,06), comprometimento de memória (β = 0,12; IC95%: -0,06;-0,01), e demência (β = -0,13; IC95%: -0,06;-0,01). A realização rotineira do hemograma dos idosos proporciona identificar e tratar precocemente a anemia. Ações voltadas para os idosos que apresentam declínio cognitivo devem ser desenvolvidas nas Unidades Básicas de Saúde da Família, a fim de melhorar a qualidade de vida desta população.

    Resumo em Inglês:

    Abstract The scope of this study was to determine the prevalence of anemia and the correlation between the concentration of hemoglobin and cognitive factors in an elderly population group resident in Campina Grande, Paraiba, Brazil. It was a cross-sectional study with individuals aged 60 or older. Men with hemoglobin levels <13 g / dL and women with levels <12 g / dL were considered anemic. Sociodemographic, cognitive condition and nutritional status variables were analyzed. Statistical analysis was performed by means of simple and multiple linear regression. Among the 360 elderly patients evaluated (67.2% women), the prevalence of anemia was 12.5%. The average concentration of hemoglobin found was 13.5 g / dL and was correlated to sex variables (β = -0.44, 95% CI: -1.35, -0.85), age (β = -0.14 ; 95% CI: -0.03, -0.01), nutritional status (β = 0.16; 95% CI: 0.01, 0.06), memory impairment (β = 0.12; 95% CI: - 0.06, -0.01), and dementia (β = -0.13, 95% CI: -0.06, -0.01). Routine blood testing among the elderly makes it possible to detect and treat anemia at an early stage. Actions geared towards the elderly who show a cognitive decline should be developed in the Basic Family Health Units in order to improve the quality of life of this population.
  • Fatores associados à autopercepção da necessidade de tratamento odontológico e de prótese em idosos brasileiros

    Dalazen, Chaiane Emilia; Bomfim, Rafael Aiello; De-Carli, Alessandro Diogo

    Resumo em Português:

    Resumo Este estudo teve como objetivo identificar fatores individuais e contextuais associados à autopercepção da necessidade de tratamento odontológico e de prótese em idosos brasileiros. Foram utilizados dados secundários de 7.619 indivíduos idosos do levantamento epidemiológico SB Brasil 2010. As associações entre as variáveis dependentes e os fatores individuais e contextuais foram estimadas através da razão de chances (odds ratio – OR) e intervalo de confiança de 95%, obtidas por regressão logística multinível. Dos idosos avaliados pelo SB Brasil 2010, 3.848 (50,5%) afirmaram necessitar de tratamento odontológico e 4.236 (55,6%) acreditavam necessitar de prótese. Os resultados da regressão logística multinível mostraram que sexo, cor da pele autorreferida, renda e cobertura pelas equipes de saúde bucal na Estratégia de Saúde da Família estiveram associados à autopercepção. O presente trabalho evidenciou maior influência de fatores individuais na autopercepção da necessidade de tratamento odontológico e de prótese entre idosos brasileiros. Essas informações podem auxiliar na identificação de desigualdades que afetam essa parcela da população e na definição de prioridades para o planejamento dos serviços de saúde.

    Resumo em Inglês:

    Abstract The scope of this study was to identify individual and contextual factors associated with the self-perceived need for dental treatment and for prostheses among elderly Brazilians. An analysis was performed with data from the SB Brazil 2010 epidemiological survey conducted by the Ministry of Health with a sample of 7,619 elderly individuals. Multilevel logistic regression models of mixed random and fixed effects were used to the estimate odds ratio (OR) with 95% confidence interval (95% CI) between the dependent variables and individual and contextual factors. Of the individuals assessed, 3,848 (50.5%) reported a need for dental treatment and 4,236 (55.6%) believed they have the need for prostheses. The results of multilevel logistic regression showed that gender, self-reported skin color, income and coverage by the oral health teams in the Family Health Program were associated with self-perception. This study revealed a greater influence of individual factors on the self-perceived need for dental treatment and prostheses by elderly Brazilians. This information can help to identify the inequalities that affect this population group and in setting priorities for the planning of health services.
  • Fatores associados à adesão terapêutica em idosos diabéticos assistidos na atenção primária de saúde

    Borba, Anna Karla de Oliveira Tito; Marques, Ana Paula de Oliveira; Ramos, Vânia Pinheiro; Leal, Márcia Carrera Campos; Arruda, Ilma Kruze Grande de; Ramos, Roberta Souza Pereira da Silva

    Resumo em Português:

    Resumo Este estudo investiga os fatores associados à adesão terapêutica em 150 idosos diabéticos assistidos em serviço gerontogeriátrico de natureza ambulatorial no Nordeste do Brasil. Dentre os idosos, 27,3% autorreferiram adesão integral à terapêutica. Na análise bivariada a adesão esteve associada com a autopercepção da saúde, crenças no uso dos remédios, entendimento das explicações sobre o diabetes e profissional responsável pelas orientações sobre o tratamento. Após análise ajustada, apenas as crenças no medicamento foram significativas ao comparar a não adesão com a adesão integral (OR = 9,65; IC95% 1,6;56,6) e a não adesão com a adesão parcial (OR = 18,15; IC95% 3,5;95,4). Conclui-se que a adesão integral ao tratamento para o diabetes é baixa e está associada às crenças nas medicações utilizadas para o controle da doença. Faz-se necessário o desenvolvimento de estudos adicionais para melhor definir o papel das crenças em saúde e as práticas de cuidados entre idosos assistidos na atenção básica de saúde.

    Resumo em Inglês:

    Abstract This study aimed to investigate factors associated with the treatment adherence of 150 elderly diabetics assisted in gerontogeriatric outpatient service in northeastern Brazil. Full adherence to therapy was self-reported by 27.3% of the elderly. In the bivariate analysis, adherence was associated with self-perceived health, beliefs in the use of medication, understanding explanations about diabetes and professional responsible for treatment guidance. After analysis adjustment, only beliefs in medicine were significant when comparing non-adherence with full adherence (OR = 9.65; CI95% 1.6; 56.6) and non-adherence with partial adherence (OR = 18.15; CI95% 3.5;95.4). It can be concluded that full adherence to diabetes treatment is low and is associated with beliefs in medications for disease control. It is necessary to develop additional studies to better define the role of health beliefs and practices of care among elderly assisted in primary health care.
  • Religiosidade, suporte social e uso de antidepressivos entre idosos residentes em comunidade: um estudo de base populacional

    Vicente, Adriano Roberto Tarifa; Castro-Costa, Érico; Firmo, Josélia de Oliveira Araújo; Lima-Costa, Maria Fernanda; Loyola Filho, Antônio Ignácio de

    Resumo em Português:

    Resumo O propósito do estudo foi investigar se a religiosidade e o suporte social estariam associados ao uso de antidepressivos entre idosos residentes em comunidade. A investigação envolveu 1.606 integrantes da coorte idosa do Projeto Bambuí, um estudo longitudinal sobre envelhecimento e saúde. A variável dependente foi o uso de antidepressivos nos últimos 90 dias, e as exposições de interesse foram suporte social e religiosidade. As hipóteses de associação foram testadas por meio de regressão logística multivariada, que incluiu características sociodemográficas, condições de saúde e uso de serviços de saúde como potenciais fatores de confusão. As chances de utilização de antidepressivos foram significativamente menores entre os idosos com nível mais elevado de religiosidade (OR = 0,45; IC95%: 0,29-0,7), mas nenhum dos descritores de suporte social mostrou-se associado ao evento. É possível que, nessa população, a religiosidade ocupe um lugar de destaque no arsenal de estratégias de enfrentamento de problemas de saúde, especialmente os mentais. Profissionais de saúde que atendem este segmento específico da população (idosos com transtornos depressivos) devem considerar a religiosidade dos pacientes quando das orientações e tratamento propostos no enfrentamento do seu sofrimento mental.

    Resumo em Inglês:

    Abstract The purpose of the study was to investigate whether religiousness and social support were associated with the use of antidepressants among community-dwelling elders. The research involved 1,606 older adults who make up the cohort of Bambuí Project, a study on ageing and health. The dependent variable was the use of antidepressants in the last 90 days, and the exposures of interest were social support and religiousness. Logistic regression was used to test the associations and to estimate crude and adjusted Odds Ratio and their 95% confidence intervals. The chances of use of antidepressants were significantly lower among older people with higher level of religiosity (OR = 0.45; 95% CI: 0.29 to 0.70), but none of the descriptors social support was associated with the event. In this population, it is possible that religion occupies a prominent role in the arsenal of health problems coping strategies, especially mental. Health professionals attending this particular segment of the population (elderly people with depressive disorders) should consider religiousness of patients when the proposed guidelines and treatment in coping with their mental suffering.
  • Qualidade de vida relacionada à saúde de adolescentes com dm1- revisão integrativa

    Cruz, Déa Silvia Moura da; Collet, Neusa; Nóbrega, Vanessa Medeiros

    Resumo em Português:

    Resumo Objetivou-se analisar a produção científica sobre a qualidade de vida relacionada à saúde (QVRS) de adolescentes com diabetes mellitus tipo1. Trata-se de uma revisão integrativa, cujos critérios de inclusão foram artigos disponíveis na íntegra on line nos idiomas português, inglês e espanhol, publicados e indexados nas bases de dados Lilacs, Medline, Adolec e BDENF, no período de 2003 a 2013, e que retratassem a temática QVRS, diabetes tipo1 em adolescentes. Foram analisados 22 artigos, dos quais se extraíram os seguintes temas: construção e validação de instrumentos para mensurar a QVRS dos adolescentes diabéticos; QVRS de adolescentes com diabetes; fatores que interferem na qualidade de vida de adolescentes com diabetes e recursos utilizados para auxiliar o adolescente na gestão com o diabetes. A QVRS de adolescentes diabéticos é um tema que tem sido estudado e divulgado com frequência na literatura internacional, porém com pouca repercussão nacional. Predominaram estudos publicados em periódicos internacionais em língua inglesa. Por essa razão, entende-se que é necessário desenvolver mais pesquisas dessa natureza no Brasil, visto que a mensuração da QVRS de adolescentes diabéticos poderá auxiliar a equipe multiprofissional a planejar a assistência.

    Resumo em Inglês:

    Abstract This study aimed to analyze the scientific literature on health-related quality of life (HRQOL) of adolescents with type 1 diabetes mellitus. This is an integrative review whose inclusion criteria were full-text papers available online in Portuguese, English and Spanish; published and indexed in databases Lilacs, Medline, Adolec, BDENF, in the period 2003-2013 that reflected the theme HRQOL, Type 1 diabetes and adolescents. Twenty-two papers were analyzed, from which the following themes were retrieved: development and validation of tools to measure the HRQOL of diabetic adolescents; HRQOL of adolescents with diabetes; factors affecting the quality of life of adolescents with diabetes and resources used to assist adolescents in diabetes management. The HRQOL of adolescents with diabetes has been a widely studied and disseminated topic in international literature, but has poorly echoed in Brazil. Studies published in international journals in English predominated. Thus, we emphasize the importance of conducting research of this nature in Brazil, since the measurement of HRQOL of diabetic adolescents may help the multidisciplinary team in care planning.
  • Alimentação Escolar no Brasil e Estados Unidos: uma revisão integrativa

    Cesar, Josiane Tiborski; Valentim, Emanuele de Araújo; Almeida, Claudia Choma Bettega; Schieferdecker, Maria Eliana Madalozzo; Schmidt, Suely Teresinha

    Resumo em Português:

    Resumo Trata-se de uma revisão integrativa da literatura que teve como objetivo identificar os fatores que influenciam a adesão e a aceitação da alimentação escolar entre estudantes brasileiros e americanos, e apontar as principais diferenças entre os programas desses dois países. A busca dos trabalhos científicos foi realizada nas bases de dados da Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (Lilacs), Pubmed, Scientific Eletronic Library Online (SciELO) e Science Direct. Os dados foram coletados no período de julho a agosto de 2015, utilizando os seguintes descritores em português e inglês: “adesão à alimentação escolar” (adherence of school feeding), “aceitação à alimentação escolar” (accepting of school feeding), “Programa Nacional de Alimentação Escolar” e “National School Lunch Program”. A busca resultou em 07 artigos brasileiros e 07 artigos americanos, publicados entre os períodos de 2004 a 2014, além das legislações vigentes de cada programa, selecionadas nos sites eletrônicos dos órgãos responsáveis pelo gerenciamento dos mesmos. Após análise descritiva e comparativa, os resultados demonstraram que a adesão e a aceitação foram baixas em ambos os programas, e que são influenciadas por fatores socioeconômicos, alimentos competitivos presentes no ambiente escolar e pelas preferências alimentares dos alunos.

    Resumo em Inglês:

    Abstract This paper is an integrative review of the literature that sought to identify the factors that influence the adhesion and acceptance of school food among Brazilian and American students, and to show the main differences between the programs of these two countries. the following databases were consulted: Latin American and Caribbean Health Sciences (Lilacs); Pubmed; Scientific Electronic Library Online (Scielo); and Science Direct. Data were collected between July and August 2015, using the following key words in Portuguese and English: “adherence to school food” (adesão à alimentação escolar), “accepting of school feeding” (aceitação à alimentação escolar) and the “National School Lunch Program” (“Programa Nacional de Alimentação Escolar”). The search resulted in 7 Brazilian articles and 7 Americans articles published between 2004 and 2014, besides the current laws of each program, selected in the electronic sites of agencies responsible for administrating them. After descriptive and comparative analysis, the results revealed that adherence and acceptance are low in both programs, and they are influenced by socioeconomic factors, competitive foods present in the school environment and students’ food preferences.
  • Villela EFM, Natal D. Epidemia, Mídia e História: A emergência do virus Rocio. Jundiaí, São Paulo: Paco Editorial; 2014.

    Machado, Carla Jorge; Torres, Maricrisley Rocha; Bressan, André Luiz
  • Morabia A. Enigmas of Health and Disease: How Epidemiology Helps Unravel Scientic Misteries. New York: Columbia University Press; 2014.

    Moreira, Henrique Morávia de Andrade Santos; Machado, Carla Jorge
ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revscol@fiocruz.br