Ciência & Saúde Coletiva, Volume: 24, Número: 1, Publicado: 2019
  • Longevidade: bônus ou ônus?

    Minayo, Maria Cecília de Souza; Firmo, Joselia Oliveira Araujo
  • A capacidade de resiliência e suporte social em idosos urbanos

    Silva Júnior, Edivan Gonçalves da; Eulálio, Maria do Carmo; Souto, Rafaella Queiroga; Santos, Kalina de Lima; Melo, Rômulo Lustosa Pimenteira de; Lacerda, Adrianna Ribeiro

    Resumo em Português:

    Resumo Resiliência é a capacidade humana de se adaptar às situações adversas de vida e pode ser potencializada pela ação dos fatores de proteção, dos quais se destaca o suporte social. Objetivou-se identificar associações entre a resiliência e variáveis sociodemográficas (sexo, idade, renda, estado civil, arranjo de moradia e religião) e correlações entre a resiliência e o suporte social, numa amostra de 86 idosos urbanos. Utilizaram-se um questionário sociodemográfico, a Escala de Resiliência e a Escala de Suporte Social. A média de idade foi de 75,7 anos (DP = 5,35), com predomínio de mulheres (72,1%; n = 62). Observou-se alta capacidade de resiliência nos idosos (M = 134,37; DP = 16,6) e moderado índice de suporte social (M = 17,36; DP = 2,77). Houve associação significativa apenas entre a resiliência e religião (χ2 = 0,30; p = 0,027). Foi observada apenas uma correlação fraca e positiva entre o fator independência e determinação da Escala de Resiliência com o suporte social (p = 0,005). A análise de regressão linear revelou que o suporte social não foi uma variável preditiva para a capacidade de resiliência no grupo pesquisado. É necessário criar novos instrumentos de pesquisa que possibilitem o estudo mais preciso dos efeitos protetores do suporte social sobre a capacidade de resiliência em idosos.

    Resumo em Inglês:

    Abstract Resilience is the human capacity to adapt to adverse life situations; it can be enhanced by the action of various protective factors and one of the most important of these is social support. The objective of this study was to identify associations between resilience and sociodemographic variables (gender, age, income, marital status, housing arrangements and religion), as well as correlations between resilience and social support in a sample of 86 urban elderly people. A sociodemographic questionnaire, the Resilience Scale and the Social Support Scale were used. The mean age was 75.7 years (SD = 5.35), with a predominance of women (72.1%, n = 62). A high level of resilience (M = 134.37, SD = 16.6) and a moderate level of social support (M = 17.36, SD = 2.77) were observed in the elderly people. There was only a significant association between resilience and religion (χ2 = 0.30; p = 0.027). Only a weak and positive correlation was observed between the factor of independence and determination on the Resilience Scale with social support (p = 0.005). Linear regression analysis revealed that social support was not a predictive variable for the capacity of resilience in the researched group. It is necessary to create new research instruments that permit a more precise study of the protective effects of social support regarding the capacity for resilience in the elderly.
  • Fatores associados às interações medicamentosas em idosos internados em hospital de alta complexidade

    Veloso, Ronara Camila de Souza Groia; Figueredo, Tácita Pires de; Barroso, Soraya Coelho Costa; Nascimento, Mariana Martins Gonzaga do; Reis, Adriano Max Moreira

    Resumo em Português:

    Resumo O estudo tem por objetivo determinar a frequência de interações medicamentosas potenciais (IMP) entre idosos hospitalizados e os fatores associados. Estudo transversal realizado em um hospital de ensino. A variável dependente do estudo foi a ocorrência de IMP identificadas utilizando o software DrugReax. Também foram identificados os pacientes que desenvolveram reações adversas a medicamentos (RAM) relacionadas à manifestação clínica de IMP. Realizou-se regressão logística para analisar a associação da ocorrência de IMP e variáveis independentes. No estudo foram incluídos 237 idosos, a prevalência de IMP foi de 87,8 %, e de RAM relacionadas às interações foi de 6,8%. Identificou-se associação positiva entre a detecção de IMP (OR 8,6; IC95% 2,5-30,0), internação por diagnóstico de doença do aparelho circulatório e número de medicamentos superior que 14 (OR 9,8; IC95% 2,8-34,3). O estudo evidenciou uma elevada prevalência de IMP na farmacoterapia dos idosos, mas reduzida prevalência de RAM. Além disso, detectou associação positiva entre IMP e internação por diagnóstico de doença do aparelho circulatório e número de medicamentos superior a 14. A identificação de fatores associados às IMP permite direcionar medidas de prevenção para populações mais expostas à ocorrência de eventos adversos.

    Resumo em Inglês:

    Abstract This study aims to determine the frequency of potential drug-drug interactions (PDI) in hospitalized elderly and associated factors. This is a cross-sectional study in a teaching hospital. The dependent variable was the occurrence of potential drug interactions identified using DrugReax software. Patients with adverse drug reactions (ADR) related to clinical manifestations of PDIs were also identified. Multivariate logistic regressions was performed to analyze the association between the occurrence of PDIs and independent variables. In total, 237 older adults were included in the study. The prevalence of PDIs and interaction-related ADRs was 87.8% and 6.8%, respectively. The multivariate analysis showed a positive association between the detection of PDIs (OR 8.6; 95% CI, 2.5-30.0), and hospitalization due to a diagnosed circulatory system disease and number of medications > 14 (OR 9.8; 95% CI, 2.8-34.3%). The study showed a high prevalence of PDIs in the drug treatment of the elderly, but a lower prevalence of ADRs, as well as a positive association between PDIs and hospitalization due to a diagnosed circulatory system disease and number of medications > 14. The identification of factors associated with PDIs guides prevention measures for people that are more exposed to adverse events.
  • Validade e concordância do diabetes mellitus referido em idosos

    Menezes, Tarciana Nobre de; Oliveira, Elaine Cristina Tôrres

    Resumo em Português:

    Resumo Este estudo teve como objetivo verificar a validade e a concordância do relato de diabetes mellitus (DM) na população idosa do município de Campina Grande/PB. Trata-se de um estudo transversal, domiciliar, realizado com 362 idosos de 60 anos ou mais de idade cadastrados na Estratégia Saúde da Família do município de Campina Grande/PB. Para verificar a validade e confiabilidade do relato foi realizado o cálculo de sensibilidade, especificidade e valores preditivos positivo (VPP) e negativo (VPN) em relação às variáveis demográficas e socioeconômicas. Utilizou-se o teste Kappa para verificar a concordância entre o diagnóstico e o relato da doença. Entre os participantes deste estudo, 67,4% eram mulheres. Foi verificada prevalência de DM diagnosticado de 14,1% e de DM referido de 18,1%. Foi observada moderada sensibilidade (58,8%), excelente especificidade (87,8%), moderado VPP (44,8%) e excelente VPN (92,7%), além de concordância moderada do relato de DM (Kappa = 0,413; p < 0,001). Observou-se neste estudo que devido à moderada validade e concordância do relato do DM entre os idosos, não é aconselhável que o DM referido seja utilizado como indicador de prevalência da doença na população estudada.

    Resumo em Inglês:

    Abstract The scope of this study was to verify the validity and concordance of self-reported diabetes (DM) by the elderly in Campina Grande, State of Paraíba. It involved a cross-sectional home-based study, conducted with 362 elderly people aged 60 years of age and above registered in the Family Health Strategy (FHS) Program in Campina Grande, State of Paraíba. A sensitivity calculation, specificity and positive predictive value (PPV) and negative predictive value (NPV) in relation to demographic and socioeconomic variables was carried out to verify the validity and reliability of self-reported DM. The Kappa test was used to verify the concordance between the diagnosis and the reporting of the disease. Among the study participants, 67.4% were women. The prevalence of diagnosed DM of 14.1% and self-reported DM of 18.1% was observed Moderate sensitivity (58.8%), excellent specificity (87.8%), moderate PPV (44.8%) and excellent NPV (92.7%), and moderate concordance of self-reported DM (Kappa = 0.413 p < 0.001) was observed. In this study, due to moderate validity and concordance of self-reported DM among the elderly, it is considered not to be advisable that self-reported DM should be used as a disease prevalence indicator in the population studied.
  • Prevalência e fatores associados à fragilidade em uma amostra de idosos que vivem na comunidade da cidade de Juiz de Fora, Minas Gerais, Brasil: estudo FIBRA-JF

    Lourenço, Roberto Alves; Moreira, Virgílio Garcia; Banhato, Eliane Ferreira Carvalho; Guedes, Danielle Viveiros; Silva, Kelly Cristina Atalaia da; Delgado, Francisco Eduardo da Fonseca; Marmora, Cláudia Helena Cerqueira

    Resumo em Português:

    Resumo Fragilidade é um estado de vulnerabilidade fisiológica multissistêmica relacionada à idade e a um risco aumentado de desfechos adversos. O objetivo do presente estudo foi avaliar a prevalência e os fatores associados à fragilidade no estudo FIBRA em Minas Gerais, Brasil. Selecionou-se uma amostra aleatória, estratificada por unidade territorial, sexo e idade, de 461 indivíduos, com 65 anos ou mais. A fragilidade foi estabelecida pela presença de três ou mais de cinco itens: sensação de exaustão, baixa força de preensão manual, velocidade da marcha lenta, perda de peso e baixo gasto calórico. A média de idade foi de 74,4 anos (DP± 6,8), 69,6% eram mulheres e 71,9% brancos. A prevalência de fragilidade foi de 5,2%; 49,9% foram de indivíduos pré-frágeis. Idade avançada (OR: 6,4; IC 1,76-23,8), comprometimento das atividades básicas de vida diária (OR: 5,2; IC 1,1-23,1) e auto percepção de saúde ruim (OR: 0,13; IC 0,03-0,4), foram associados à fragilidade. No presente estudo, um número substancial de indivíduos apresentou-se frágil, enquanto que metade da amostra estava sob risco de progressão para esta condição, sugerindo que é urgente a adoção de medidas de saúde pública com objetivo de prevenção e redução de complicações.

    Resumo em Inglês:

    Abstract Frailty is a state of multisystem physiological vulnerability related to aging and an increased risk of adverse outcomes. This study aimed to evaluate the prevalence and associated factors of frailty in the Fibra-JF Study, Minas Gerais, Brazil. We selected a random sample of 461 individuals aged 65 years or more stratified by territorial unit, gender and age. The frailty syndrome was established by the presence of three or more of five items: a feeling of exhaustion, low handgrip strength, slow gait speed, weight loss, and low caloric expenditure. The mean age was 74.4 (SD ± 6.8) years, 69.6% were women and 71.9% white. The prevalence of frailty was 5.2%; 49.9% was from pre-frail subjects. Advanced age (OR: 6.4; CI 1.76-23.8), impairment of the basic activities of daily living (OR: 5.2, CI 1.1-23.1) and self-perception of poor health (OR: 0.13, CI 0.03-0.4) were associated with frailty. In this study, a substantial number of individuals was classified as frail, while half of the sample was at risk of progression towards this condition, suggesting that it is urgent to adopt public health measures focused on frailty prevention and reduction of associated adverse health outcomes.
  • Autopercepção da saúde entre adultos e idosos usuários da Atenção Básica de Saúde

    Lindemann, Ivana Loraine; Reis, Natasha Rodrigues; Mintem, Gicele Costa; Mendoza-Sassi, Raúl Andrés

    Resumo em Português:

    Resumo Com o objetivo de avaliar a autopercepção negativa da saúde entre usuários da atenção básica de saúde, foi realizado um estudo transversal com 1246 adultos e idosos, de ambos os sexos, em Pelotas, RS. A prevalência da autopercepção negativa da saúde foi referida por 41,6% dos entrevistados. As mulheres, aqueles que não estavam trabalhando, que referiram diagnóstico de três ou mais doenças crônicas não transmissíveis, que estavam em insegurança alimentar e não praticavam atividade física relataram em maior proporção, a autopercepção negativa da saúde. Enquanto que os usuários com no mínimo o ensino superior e aqueles cujos domicílios tinham quatro ou mais moradores foram menos predispostos ao desfecho. A elevada prevalência de autopercepção negativa da saúde nessa população, bem como as associações encontradas, indicam a necessidade de maior entendimento sobre a influência desses fatores na procura pelo atendimento e, consequentemente, na adesão ao tratamento.

    Resumo em Inglês:

    Abstract A cross-sectional study was conducted with 1,246 adults and senior men and women in Pelotas (RS), Brasil to evaluate the negative self-perception of health among Primary Health Care users. The prevalence of negative self-perception of health was reported by 41.6% of respondents. Women, those who were unemployed, who reported a diagnosis of three or more chronic noncommunicable diseases, who were food insecure and did not engage in physical activity reported a higher proportion of negative self-perceived health. Users with at least higher education level and those whose households had four or more residents were less predisposed to the outcome. The high prevalence of negative self-perceived health in this population, as well as the associations found, indicate the need for a better understanding of the influence of these factors on the search for care and, consequently, on adherence to treatment.
  • Capacidade para o trabalho e envelhecimento funcional: análise Sistêmica da Literatura utilizando o PROKNOW-C (Knowledge Development Process - Constructivist)

    Linhares, João Eduardo; Pessa, Sergio Luiz Ribas; Bortoluzzi, Sandro César; Luz, Roger Poglia da

    Resumo em Português:

    Resumo Dados do IBGE apontam que a população idosa do Brasil que era de 11%, em 2013, passará a ser de 33,7%, em 2060. Este processo de envelhecimento pode ser diagnosticado a partir da capacidade que o trabalhador dispõe para suas atividades laborais. Para realizar uma revisão de literatura sobre o tema, utilizou-se o PROKNOW-C, realizando a análise bibliométrica e sistêmica da literatura. Os resultados levaram a constituição de um portfólio com 29 artigos, destacando-se os periódicos de maior relevância, autores e palavras-chaves. A análise sistêmica proporcionou importantes resultados: a metodologia survey foi aplicada em 26 artigos; 21 estudos são cortes transversais; constatou-se que em 10 estudos a capacidade para o trabalho diminui com o avanço da idade e a prática de exercícios físicos foi associada positivamente com o ICT em 11 estudos. Os resultados confirmam que o ICT é um instrumento que permite diagnosticar a situação da vida laboral dos trabalhadores, e, em caso de baixos índices, a presença de um envelhecimento funcional precoce. O estudo possibilitou ressaltar a importância de avaliar aspectos da vida social do trabalhador, uma vez que estes fatores influenciam positiva ou negativamente na capacidade para o trabalho.

    Resumo em Inglês:

    Abstract Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE) data indicate that the elderly population of Brazil numbering 11% in 2003, will attain 33.7% by 2060. This aging process can be diagnosed from the capability workers possess for their labor activities. ProKnow-C was used to conduct the review, carrying out bibliometric and systemic analysis of the literature on the subject. The results led to the compilation of a portfolio with 29 papers, highlighting the most relevant journals, authors and keywords. Systemic analysis provided important results: survey methodology was applied on 26 papers, 21 of which were cross-sectional studies; in all the papers the WAI was associated with sociodemographic data; in 10 studies it was found that the work ability decreased while age increased and the practice of physical exercises was positively associated with the WAI in 11 studies. The results led to the perception that the WAI is an instrument that makes it possible to diagnose the situation of the working life of employees, and, in the case of low rates, the presence of early functional aging is detected. The study highlighted the importance of assessing aspects of the worker's social life, since these factors influence the work ability positively or negatively.
  • Quedas recorrentes e fatores de risco em idosos institucionalizados

    Ferreira, Lidiane Maria de Brito Macedo; Ribeiro, Karyna Myrelly Oliveira Bezerra de Figueiredo; Jerez-Roig, Javier; Araújo, José Rodolfo Torres; Lima, Kênio Costa de

    Resumo em Português:

    Resumo Queda recorrente representa alto risco de morbidade e mortalidade em idosos, principalmente institucionalizados, dado ao seu quadro de fragilidade e declínio funcional evidentes. O objetivo deste estudo é determinar a incidência e os fatores de risco relacionados a quedas recorrentes em idosos institucionalizados. Estudo longitudinal tipo coorte no período de um ano. Foram avaliados indivíduos com 60 anos ou mais residentes em 10 Instituições de Longa Permanência para Idosos, que deambulassem e possuíssem capacidade cognitiva preservada. Foi questionada a ocorrência de quedas nos últimos doze meses, considerando recorrentes a ocorrência de dois ou mais episódios neste período. Foram ainda coletadas variáveis referentes à instituição, condições sócio demográficas e de saúde do idoso através de questionários. Do total de 364 idosos, 130 foram incluídos. A incidência de quedas recorrentes foi de 26.9% (IC 95% = 22.4 – 31.5). A partir do Qui-quadrado e Regressão Logística, considerando o nível de significância de 5%, foi encontrada fadiga como fator de risco (p = 0.001; RR = 2.9) e uso de betabloqueadores como fator de proteção (p = 0.010; RR = 0.1). Conclui-se que queda recorrente é comum nas Instituições de Longa Permanência para Idosos e a fadiga representa fator de risco.

    Resumo em Inglês:

    Abstract Recurrent falls constitute a high risk for morbidity and mortality among older people, especially institutionalized individuals, due to greater frailty and functional decline in this group. The aim of this study was to identify risk factors associated with recurrent falls among institutionalized older persons. A longitudinal cohort study was conducted over a one-year period with a study sample consisting of individuals aged 60 years and over living in 10 Nursing homes (NH) who were able to walk and had preserved cognitive ability. The older persons and carers were asked about the occurrence of falls over the last twelve months. The older persons were considered recurrent fallers if they had had two or more falls during this period. Institutional, sociodemographic and health data was also collected using questionnaires and the residents' medical records. One hundred and thirty individuals were included in the sample out of a total of 364 older people living in the NH. The incidence of recurrent falls was 26.9% (CI95% = 22.4 - 31.5). The results of the chi-square test and logistic regression adopting a significance level of 0.05 showed that fatigue was a risk factor for recurrent falls(p = 0.001; RR = 2.9) and that the use of beta blockers was a protective factor (p = 0.010; RR = 0.1). It was concluded that recurrent falls are common in NH and that fatigue constitutes an important risk factor.
  • Preditores do medo de cair em idosos portugueses na comunidade: um estudo exploratório

    Santos, Sónia Cristina Antunes dos; Figueiredo, Daniela Maria Pias de

    Resumo em Português:

    Resumo O medo de cair é um fator de risco de queda. Também tem sido associado ao declínio funcional, diminuição da qualidade de vida e aumento do isolamento social na população idosa. Este estudo teve como objetivo analisar preditores do medo de cair em pessoas idosas portuguesas residentes na comunidade. Foi desenvolvido um estudo transversal com uma amostra de conveniência de 98 participantes (57,1% mulheres; média etária 74,07 ± 8,74 anos). O protocolo de coleta de dados incluiu um questionário sociodemográfico e de saúde, a Escala de Confiança no Equilíbrio específica para a Atividade, a Escala de Ansiedade e Depressão Hospitalar, a Escala Breve de Redes Sociais de Lubben, o Timed Up and Go, e o Teste de Sentar e Levantar Cinco Vezes. Os dados foram analisados com recurso à estatística descritiva e inferencial. Os resultados indicam que no gênero feminino (p = 0.01), a percepção de saúde física boa (p = 0.01) e moderada (p = 0.02) e os sintomas de depressão (p ≈ 0.00) são preditores do medo de cair. Controlar estes preditores é um aspecto fundamental para a promoção da independência das pessoas idosas, minimizando as consequências associadas ao medo de cair.

    Resumo em Inglês:

    Abstract The fear of falling constitutes a real risk factor for falls. It has also been associated with functional decline, decreased quality of life and increased social isolation among the elderly population. This study analyzed predictors of the fear of falling in elderly Portuguese people that live in the community. A cross-sectional study with a convenience sample of 98 participants (57.1% women; mean age 74.07 ± 8.74 years) was conducted. Data were collected with a protocol which includes a questionnaire for sociodemographic and health information, the Activity Specific Balance Confidence Scale, the Hospital Anxiety and Depression Scale, the Lubben Social Network Scale-6, the Timed Up and Go, and Five Times Sit to Stand Test. Data were analyzed using descriptive and inferential statistics. The results showed that female gender (p = 0.01), the perception of good (p = 0.01) and moderate (p = 0.02) physical health and the symptoms of depression (p ≈ 0.00) are predictors of fear of falling. Controlling these predictors is a fundamental aspect for promoting the independence of elderly people minimizing the consequences that are associated with the fear of falling.
  • Prevalência e fatores associados ao abuso de cuidadores contra idosos dependentes: a face oculta da violência familiar

    Lino, Valéria Teresa Saraiva; Rodrigues, Nádia Cristina Pinheiro; Lima, Idenalva Silva de; Athie, Soraya; Souza, Edinilsa Ramos de

    Resumo em Português:

    Resumo Realizou-se estudo transversal em Manguinhos, na cidade do Rio de Janeiro para identificar prevalência de violência de cuidadores contra idosos dependentes e fatores associados. Uma amostra de conveniência de 135 duplas foi avaliada. Testes estatísticos compararam os percentuais de violência, segundo as características do cuidador e do idoso e um modelo de regressão logística investigou a associação entre violência e as características de ambos. Mais de 30% dos cuidadores apresentaram indícios de abuso. Em relação aos cuidadores, elevados níveis de sobrecarga e problemas com álcool aumentaram em 11 e 3,8 vezes as chances de ocorrência de violência, respectivamente, quando comparados aos grupos de referência. Quanto aos idosos, homens e indivíduos com depressão tiveram chance 2,9 e 6,9 vezes maior de sofrerem maus tratos, em relação às mulheres e aos que não tinham depressão, respectivamente. A elevada prevalência de maus tratos por parte de cuidadores que apresentam altos níveis de sobrecarga, problemas relacionados ao álcool e que cuidam de idosos deprimidos requer a adoção de medidas de apoio familiar.

    Resumo em Inglês:

    Abstract This cross-sectional study was carried out in Manguinhos, Rio de Janeiro, Brazil and aimed to identify the prevalence and factors associated with familial violence perpetrated by caregivers against elderly dependents. A sample of 135 pairs was evaluated using instruments to assess both caregivers (social support, alcoholism, burden, violence) and elders (depression, cognition, functional capacity). Statistical tests compared the percentages of reported violence according to the characteristics of caregiver and elders. A logistic regression model investigated the association between violence and caregiver/ elder characteristics. More than 30% of caregivers gave responses consistent with risk of elder abuse. Among them, high burden level and comorbid alcohol abuse increased the risk of violence by 11 and 3.8 times, respectively. Elderly men were 2.9 times more likely to be mistreated than elderly women, and depressed ones were 6.9 times more likely to report mistreatment than those without depression. Conclusion: We detected a high prevalence of caregiver violence against elderly dependents, with substantially greater risk among caregivers with high levels of burden, alcohol-related problems, and those caring for depressed elders. Family support strategies are needed to reduce domestic violence and protect elderly victims.
  • Determinantes socioeconômicos e demográficos na assistência à fratura de fêmur em idosos

    Madeiras, Joselene Gomes; Silva, Eraldo Shunk; Yamaguchi, Mirian Ueda; Bertolini, Sonia Maria Marques Gomes; Costa, Cássia Kely Favoretto; Christofel, Helen Katharine; Bernuci, Marcelo Picinin; Massuda, Ely Mitie

    Resumo em Português:

    Resumo A fratura de fêmur afeta os idosos apresentando alta morbimortalidade. O objetivo do estudo foi analisar o perfil da assistência à fratura de fêmur em idosos, relacionando às condições socioeconômicas e demográficas, no Paraná entre os anos 2008 a 2013. As relações foram obtidas por meio de análise fatorial e construção dos índices: PAI - potencial de atenção ao idoso, cuja variável foi representada pelo PIB municipal idoso; PAP - potencial de atenção à população, representado pelo PIB per capta; e ET - eficiência do tratamento representado pela taxa anual de fraturas e taxa anual de óbitos por residência. Os municípios foram classificados de acordo com a faixa de variação por índice. Em relação ao PAI, 10 municípios foram classificados com baixo potencial de atenção ao idoso; 357 com moderado potencial; e 32 com baixo potencial. Em relação ao PAP, 12 municípios foram classificados com alto potencial de atenção à população; 303 com moderado potencial; e 84 com baixo potencial. Em relação ao ET, 109 municípios apresentaram alta eficiência do tratamento; 110 com moderada eficiência; e 180 com baixa eficiência. Conclui-se que o desempenho da economia exerce significativa influência na assistência à fratura de fêmur em idosos.

    Resumo em Inglês:

    Abstract Femur fracture affects the elderly with high morbidity and mortality. The purpose of the present study was to analyze the profile of the assistance given to the elderly who have femoral fractures, relating to their socioeconomic and demographic conditions, in the state of Paraná between the years 2008 to 2013. These relationships were obtained through factor analysis and the development and analysis of the following rates: PAE - the potential of primary health care to the elderly, whose variable was represented by the contribution of the elderly to the municipal GDP, PAP - the potential of the primary health care to the population, represented by GDP per capita and TE - treatment efficiency represented by the annual rate of fractures and annual rate of death per residence. The municipalities were classified according to the rate variation range. In relation to PAE, 10 municipalities were classified with low potential of care for the elderly, 357 with moderate potential and 32 had low potential. In relation to PAE, 12 municipalities were classified with low potential of primary care for the elderly, 303 with moderate potential and 84 had low potential. In relation to TE, 109 municipalities showed high treatment efficiency, 110 with moderate efficiency and 180 had low efficiency. Our conclusion was that the performance of the economy exerts significant influence on femoral fracture morbidity in the elderly.
  • Análise da prevalência de doenças cardiovasculares e fatores associados em idosos, 2000-2010

    Massa, Kaio Henrique Correa; Duarte, Yeda Aparecida Oliveira; Chiavegatto Filho, Alexandre Dias Porto

    Resumo em Português:

    Resumo O objetivo do estudo foi analisar a mudança na prevalência de doença cardiovascular (DCV) entre 2000 e 2010 e sua associação com os fatores socioeconômicos e fatores de risco em idosos. A diferença da prevalência de DCV ao longo do período foi analisada por meio de modelos multinível bayesianos e a análise da associação entre a presença de DCV e os fatores individuais utilizou modelos de regressão logística para amostras complexas nos três períodos separadamente (2000, 2006 e 2010). A presente pesquisa utilizou os dados do Estudo de Saúde, Bem-Estar e Envelhecimento (SABE), realizada no município de São Paulo, referente às amostras de 2000, 2006 e 2010. Foi observado um aumento geral na prevalência de DCV em idosos no município de São Paulo na última década, apresentando prevalências iguais a 17,9% em 2000, 22,2% em 2006 e 22,9% em 2010. Em relação à prevalência em 2000, foi observado o aumento estatisticamente significativo da presença de DCV em 2006 (OR = 3,20 IC95% = 1,93-5,31) e 2010 (OR = 2,98 IC95% = 1,51-5,89), mesmo após o ajuste estatístico para características individuais. A presença de DCV apresentou associação com maior faixa etária, histórico de tabagismo e presença de diabetes e hipertensão arterial, sendo observada uma associação inversa entre a presença de DCV e a ingestão de álcool.

    Resumo em Inglês:

    Abstract The scope of this study was to analyze the difference in the prevalence of cardiovascular disease (CVD) between 2000 and 2010 and its association with socio-economic and risk factors among the elderly. Bayesian multilevel models were applied to analyze the difference in the prevalence of CVD, and the association between individual characteristics and the presence of CVD was analyzed by logistic regression models with complex samples separately for 2000, 2006 and 2010. This research is part of the Health, Welfare and Aging (SABE) study, performed in Sao Paulo, Brazil, and used the samples collected in 2000, 2006 and 2010. An increase in the prevalence of cardiovascular disease among the elderly was observed during the period, from 17.9% in 2000, to 22.2% in 2006, attaining 22.9% in 2010. In reference to the prevalence observed in 2000, the multilevel analysis indicated a significant increase in the presence of cardiovascular disease in 2006 (OR = 3.20 95%CI = 1.93-5.31) and 2010 (OR = 2.98 95%CI = 1.51-5.89), even after statistical adjustment for individual factors. The presence of CVD was associated with older age, smoking history, the presence of diabetes and hypertension, and an inverse association was observed between the presence of CVD and alcohol intake.
  • Bienestar psicológico en las personas mayores no dependientes y su relación con la autoestima y la autoeficacia

    Mesa-Fernández, María; Pérez-Padilla, Javier; Nunes, Cristina; Menéndez, Susana

    Resumo em Espanhol:

    Resumen Este estudio tuvo como objetivo examinar las relaciones entre el bienestar psicológico, la autoeficacia para envejecer y la autoestima en personas mayores de 60 años no dependientes. Han participado 148 personas con edades comprendidas entre 60 y 96 años, completando una batería de instrumentos relacionados con la autonomía, el grado y tipo de actividad, la autoeficacia para afrontar el proceso de envejecimiento, la autoestima y el bienestar psicológico. Los resultados indican que el bienestar psicológico no está asociado con la edad, sino con un conjunto de factores de corte psicológico. En concreto la percepción de la salud, las actividades físico-deportivas, la autoeficacia para envejecer, la autoestima y la autonomía se relacionan con el bienestar psicológico, aunque sólo los tres últimos indicadores lo explican. Por tanto la autoeficacia y la autoestima funcionan como promotores del bienestar físico, psicológico y social, de manera que resulta fundamental motivar la participación de los mayores en actividades físico-deportivas, recreativas, sociales y cognitivas promoviendo así su bienestar.

    Resumo em Inglês:

    Abstract The aim of this study was to examine the relationship between psychological well-being, self-efficacy and self-esteem in non-dependent individuals over the age of 60. The participants included 148 seniors between 60 and 96 years of age. Data were collected through the following questionnaires: autonomy and physical and social activity scale, self-efficacy for aging scale, self-esteem scale, and the Spanish version of the wellness psychology scale. The results suggest that psychological well-being was not associated with age, but with a set of psychological factors. Psychological well-being was associated with health perception, physical and sports activities, self-efficacy, self-esteem and autonomy. The last three variables are predictors of psychological well-being. Consequently, self-efficacy and self-esteem are considered promoters of physical, psychological and social well-being, encouraging participation in physical and sports, recreational, social and cognitive activities promoting wellness and, ultimately, active aging.
  • Conhecimento sobre o diabetes e atitude para o autocuidado de idosos na atenção primária à saúde

    Borba, Anna Karla de Oliveira Tito; Arruda, Ilma Kruze Grande; Marques, Ana Paula de Oliveira; Leal, Márcia Carréra Campos; Diniz, Alcides da Silva

    Resumo em Português:

    Resumo Objetivou-se avaliar o conhecimento sobre o diabetes, a atitude para o autocuidado e os fatores associados, por meio de estudo transversal, na linha de base de um ensaio clínico randomizado, com idosos diabéticos na atenção primária de saúde do Recife, Nordeste do Brasil. Utilizou-se o Diabetes Knowledge Scale (DKN-A) e o Diabetes Attitudes Questionnaire (ATT-19). Dos 202 idosos, 77,7% apresentaram conhecimento insuficiente sobre a doença, com destaque para a cetonúria, substituição de alimentos e desconhecimento das causas e dos cuidados com a hipoglicemia. Quanto à atitude, 85,6% tiveram ajustamento psicológico negativo em relação ao diabetes. O modelo de regressão logística mostrou que morar sozinho foi fator de proteção (OR = 0,24; IC95% 00,9-0,65; OR = 0,22; IC95% 0,07-0,71) e baixa escolaridade fator de risco (OR = 7,78; IC95% 3,36-18,01; OR = 13,05; IC95% 4,63-36,82) para conhecimento insuficiente e atitude negativa para o autocuidado, respectivamente. Os achados reforçam a necessidade de ações educativas interdisciplinares que incluam aspectos socioeconômicos, psicoemocionais e educacionais na gestão do diabetes com vistas à manutenção da autonomia e funcionalidade do idoso.

    Resumo em Inglês:

    Abstract This study aimed to assess the knowledge about diabetes, the attitude for self-care and associated factors through a cross-sectional study, the baseline of a randomized clinical trial with elderly diabetic in primary health care in Recife, Northeastern Brazil. We used the Diabetes Knowledge Scale (DKN-A) and Diabetes Attitudes Questionnaire (ATT-19). Of the 202 elderly, 77.7% had insufficient knowledge of the disease, especially for ketonuria, food replacement and were unaware of the causes and care of hypoglycemia. As for attitude, 85.6% had a negative psychological adjustment for diabetes. The logistic regression model showed that living alone was a protective factor (OR = 0.24; 95% CI 0.09-0.65; OR = 0.22; 95% CI 0.07 to 0.71), and low education, a risk factor (OR = 7.78; 95% CI 3.36-18.01; OR = 13.05; 95% CI 4.63-36.82) for the insufficient knowledge and the negative attitude for self-care, respectively. The findings reinforce the need for interdisciplinary educational actions that include socioeconomic, psycho-emotional and educational aspects in diabetes management to maintain elderly autonomy and functionality.
  • Estudo do impacto da fragilidade, multimorbidade e incapacidade funcional na sobrevida de idosos ambulatoriais

    Leme, Daniel Eduardo da Cunha; Thomaz, Raquel Prado; Borim, Flávia Silvia Arbex; Brenelli, Sigisfredo Luiz; Oliveira, Daniel Vicentini de; Fattori, André

    Resumo em Português:

    Resumo O objetivo deste estudo foi analisar o impacto da fragilidade, da multimorbidade e da incapacidade funcional na sobrevida de idosos assistidos em ambulatório de geriatria e identificar os fatores clínicos de risco associados ao óbito. Estudo longitudinal, com 133 idosos avaliados inicialmente em relação à fragilidade, multimorbidade (presença simultânea de 3 doenças crônicas ou mais) e perda funcional nas Atividades de Vida Diária. Utilizou-se o método Kaplan Meier, para a análise de sobrevida, e a regressão de Cox, para a associação dos fatores clínicos com o óbito. Após seguimento de seis anos, 21,2% dos participantes faleceram, sendo a sobrevida menor entre os idosos frágeis (p < 0,05). As variáveis fragilidade (HR = 2,26; IC95%: 1,03-4,93) e Insuficiência Renal Crônica (HR = 3,00; IC95%: 1,20-7,47) foram fatores de maiores riscos para óbito na análise multivariada. A fragilidade impactou negativamente na sobrevida desses pacientes, porém não foi observada associação estatisticamente significativa em relação à multimorbidade e perda funcional. O rastreio de vulnerabilidades no serviço ambulatorial de geriatria é relevante, em virtude do número expressivo de idosos portadores de síndromes geriátricas que utilizam este tipo de atendimento e do direcionamento dos cuidados desses indivíduos.

    Resumo em Inglês:

    Abstract This study aims to analyze the impact of frailty, multimorbidity and disability on the survival of elderly people attended in a geriatric outpatient facility, and identify the clinical risk factors associated with death. It is a longitudinal study, with 133 elderly people initially evaluated in relation to frailty, multimorbidity (simultaneous presence of three or more chronic diseases) and disability in Daily Life Activities. The Kaplan Meier method was used to analyze survival time, and the Cox regression was used for association of the clinical factors with death. In follow-up over six years, 21.2% of the participants died, survival being lowest among those who were fragile (p < 0.05). The variables frailty (HR = 2.26; CI95%: 1.03–4.93) and Chronic Renal Insufficiency (HR = 3.00; CI95%: 1.20–7.47) were the factors of highest risk for death in the multivariate analysis. Frailty had a negative effect on the survival of these patients, but no statistically significant association was found in relation to multimorbidity or disability. Tracking of vulnerabilities in the outpatient geriatric service is important, due to the significant number of elderly people with geriatric syndromes that use this type of service, and the taking of decisions on directions for care of these individuals.
  • Insatisfação com os serviços odontológicos entre idosos brasileiros dentados e edentados: análise multinível

    Souza, João Gabriel Silva; Oliveira, Bárbara Emanoele Costa; Lima, Carolina Veloso; Sampaio, Aline Araujo; Noronha, Mayara dos Santos; Oliveira, Renata Francine; Ferreira, Efigênia Ferreira e; Martins, Andrea Maria Eleutério de Barros Lima

    Resumo em Português:

    Resumo Avaliou-se a insatisfação com os serviços odontológicos entre idosos brasileiros dentados e edentados e sua associação com variáveis contextuais e individuais. Foram utilizados os dados do Levantamento Nacional de Saúde bucal realizado em 2010 e dados contextuais referentes aos municípios. Análises descritivas, bivariadas e multinível foram realizadas. Incluiu-se 1.989 idosos. Destes, 11,2% dos idosos dentados e 22,1% dos edentados estavam insatisfeitos. Entre os dentados, a insatisfação foi associada com variáveis contextuais (localização do município, índice de desenvolvimento humano, Índice de GINI, presença de Centro de Especialidades Odontológicas e cobertura das equipes de saúde bucal) e individuais pertencentes à atenção à saúde e condições de saúde bucal. Para os idosos edentados, não foi identificado associação com variáveis contextuais. Apenas o motivo do uso do serviço e a satisfação com dentes e boca foram associados. Identificou-se uma prevalência considerável de insatisfação com os serviços, sendo maior entre os idosos edentados. Entre os idosos dentados, foi observado associação com variáveis contextuais.

    Resumo em Inglês:

    Abstract The scope of this study was to evaluate dissatisfaction with dental services among dentate and edentulous elderly Brazilians and its association with contextual and individual variables. The data from the National Oral Health Survey conducted in 2010 and contextual variables related to cities were used. Descriptive, bivariate and multilevel analysis was conducted among 1,989 elderly individuals. Of these, 11.2% of dentate and 22.1% of edentulous elderly people were dissatisfied. Among the dentate individuals, dissatisfaction was associated with contextual variables (location of municipality, human development index, GINI Index, the presence of Dental Specialty Centers and the coverage of oral health in public service) and persons related to health care and oral health conditions. For the edentulous individuals, no associated contextual variables were identified. Only the motive for the use of the service and satisfaction with teeth and mouth were associated with dissatisfaction with dental services. A considerable prevalence of dissatisfaction with the services was identified, being higher among edentulous elderly Brazilians. Among dentate elderly Brazilians, an association with contextual variables was detected.
  • Prevalência e fatores associados a alterações na articulação temporomandibular em idosos institucionalizados

    Medeiros, Annie Karoline Bezerra de; Barbosa, Fernanda Pinheiro; Piuvezam, Grasiela; Carreiro, Adriana da Fonte Porto; Lima, Kenio Costa

    Resumo em Português:

    Resumo O objetivo deste artigo é avaliar a prevalência e os fatores associados a alterações na ATM em idosos institucionalizados. Estudo observacional e transversal, conduzido em 1.192 idosos brasileiros. Foram realizados exames intra e extraoral, baseados na Ficha de Avaliação da OMS (1997). Dados demográficos e nível de dependência também foram coletados. A autopercepção do idoso quanto à saúde bucal foi obtida através do GOHAI (Geriatric Oral Health Assessment Index). Na análise dos dados foram usados o teste do Qui-quadrado e a Regressão robusta de Poisson (nível de significância de 5%). A presença de alguma alteração na ATM foi pouco prevalente quando comparada a dos adultos, e esteve associada à condição de dependência do idoso (os independentes tiveram 45,4% mais alterações do que os dependentes), ao sexo (mulheres tiveram 47,4% mais alterações), à autopercepção de saúde bucal (quem avaliou negativamente teve 65,6% mais alterações) e à necessidade de prótese (PT) superior (quem necessita de algum tipo de PT superior teve 45,8%). Apesar de ter sido baixa, a presença de alterações na ATM esteve mais frequente em idosos independentes, do sexo feminino, que avaliaram negativamente a saúde bucal e que necessitam de algum tipo de PT superior.

    Resumo em Inglês:

    Abstract This article aims to analyze the prevalence and associated factors of TMJ alterations in elderly institutionalized. An cross-sectional study of 1192 elderly institutionalized in Brazil was undertaken. Intra and extra-oral exams were performed and the TMJ was evaluated based on the Oral Health Assessment Form of the WHO (1997). Demographic data and elderly dependence were also collected. The self-perception of the elderly regarding oral health was measured using the Geriatric Oral Health Assessment Index - GOHAI. Data analysis was performed using the Chi-squared test and robust Poisson regression (level of significance of 5%). The prevalence of TMJ alteration was low compared to adults and was only associated with the state of dependence of the elderly individual (independent had 45.4% more alterations than dependent individuals), gender (women had 47.4% more alterations), self-perception of oral health (who evaluated negatively had 65.6% more alterations) and the need of upper dentures (who needed some kind of upper dentures had 45.8% more alterations than those who did not). Despite being low, the presence of alterations in the TMJ was more frequent in elderly independent, women, who evaluated negatively oral health and need some kind of upper dentures.
  • Experiências de perda dentária em usuários adultos e idosos da Atenção Primária à Saúde

    Bitencourt, Fernando Valentim; Corrêa, Helena Weschenfelder; Toassi, Ramona Fernanda Ceriotti

    Resumo em Português:

    Resumo Partindo da perspectiva teórica da fenomenologia, este artigo propôs-se a compreender as experiências de perda dentária em usuários da Atenção Primária à Saúde de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. A perda dentária foi identificada pela análise de prontuários odontológicos dos usuários adultos e idosos que acessaram o serviço de saúde bucal na Unidade de Saúde estudada. A partir desta identificação, entrevistas domiciliares individuais foram realizadas. A amostra foi intencional. Os dados foram interpretados pela análise de conteúdo, com apoio do software ATLAS.ti (Visual Qualitative Data Analysis). O estudo teve aprovação ética. Perder dentes foi uma experiência que expressou subjetividades, mostrando narrativas plurais, com destaque para a função social da boca. Para além do número de dentes perdidos, o entendimento do modo como as pessoas se percebiam sem esses dentes determinou o quanto a perda dentária afetou suas vidas. O uso de próteses agregou valor ao corpo, permitindo o restabelecimento do seu equilíbrio com o mundo. Estudos de abordagem qualitativa nos serviços de saúde devem ser considerados para o planejamento de ações que priorizem as necessidades percebidas pelas pessoas em seus territórios, buscando reduzir estigmas e desigualdades sociais.

    Resumo em Inglês:

    Abstract From the theoretical perspective of phenomenology, this article seeks to understand the experiences of tooth loss in adult and elderly users of Primary Health Care in Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Tooth loss was identified by the analysis of dental records of users that attended the oral health service at the Health Unit under study. Following this identification, individual household interviews were carried out. The sample was intentional. Data were interpreted by content analysis using the software ATLAS.ti (Visual Qualitative Data Analysis). The study had ethical approval. Losing teeth was an experience that expresses subjectivities, showing plural narratives and highlighting the social function of the mouth. Besides the number of missing teeth, the understanding of how people perceived themselves without their teeth determined how much tooth loss affected their lives. Wearing prostheses adds significance to individuals’ perceptions of their body, restoring the balance between their body and the world. Qualitative approach studies in health services should be considered in order to plan interventions which prioritize people's individual needs in their own territories, thus reducing stigmas and social inequalities.
  • A Saúde bucal está associada à presença de sintomas depressivos em idosos?

    Silva, Alexandre Emidio Ribeiro; Kunrath, Isabelle; Danigno, Julia Freire; Cascaes, Andreia Morales; Castilhos, Eduardo Dickie de; Langlois, Caroline de Oliveira; Demarco, Flavio Fernando

    Resumo em Português:

    Resumo O objetivo do estudo foi descrever a prevalência de sintomas depressivos medidos por meio da Escala de Depressão Geriátrica–EDG - 15 e testar a associação de variáveis de saúde bucal com sintomas depressivos em uma população de idosos vinculados a onze unidades de saúde da família do Sul do Brasil. Estudo transversal com 439 idosos. Foi utilizado questionário padronizado para a obtenção das variáveis socioeconômicas e de saúde bucal. As variáveis clínicas de saúde bucal foram obtidas por um dentista treinado. Os sintomas depressivos desfecho do estudo foram obtidos por meio da Escala de Depressão Geriátrica–EDG - 15. A prevalência dos sintomas depressivos foi de 18,3% (IC95% 14,6-21,8). Analisando as variáveis de exposição e os sintomas depressivos, por meio da análise regressão de Poisson ajustada, os indivíduos com 1 a 9 dentes (RP = 1,68; IC95%1,06-2,64, p = 0,012), com percepção de boca seca (RP = 2,23; IC95%1,52-3,28, p < 0,001) e de dor na boca (RP = 2,11; IC95% 1,10-4,07, p = 0,036) tiveram maiores prevalências de sintomas depressivos. O estudo identificou uma prevalência importante de sintomas depressivos e que as variáveis de saúde bucal estão associadas à presença dos mesmos na população idosa.

    Resumo em Inglês:

    Abstract The scope of this study was to describe the prevalence of depressive symptoms measured by the Geriatric Depression Scale–EDG - 15 and test the association of oral health variables and depressive symptoms in a population of the elderly linked to eleven Family Health Units in the south of Brazil. It involved a cross-sectional study with 439 elderly individuals. A standardized questionnaire was used to obtain socio-economic and oral health variables of the study. The clinical variables of oral health were obtained by a qualified dentist. The symptoms of depression, which was the scope of the study, were obtained by the Geriatric Depression Scale–EDG −15. The prevalence of depressive symptoms was 18.3% (CI95% 14.6-21.8). Analyzing the exposure variables and depressive symptoms through adjusted Poisson regression analysis, individuals with 1 to 9 teeth (PR = 1.68; CI95% 1.06-2.64, p = 0.012), with a perception of dry mouth (PR = 2.23; CI95% 1.52-3.28, p < 0.001) and perception of pain in the mouth (PR = 2.11; CI95% 1.10-4.07, p = 0.036) have a higher prevalence of depressive symptoms. The study identified a significant prevalence of depressive symptoms and that oral health variables are associated with the presence of depressive symptoms in the elderly population.
  • Influencia de las actividades en la calidad de vida de los ancianos: revisión sistemática

    Gómez-Morales, Abigail; Miranda, Jessica Maria Arouca de; Pergola-Marconato, Aline Maino; Mansano-Schlosser, Thalyta Cristina; Mendes, Felismina Rosa Parreira; Torres, Gilson de Vasconcelos

    Resumo em Espanhol:

    Resumen El objetivo es identificar qué actividades o intervenciones ocasionan cambios en la calidad de vida de los ancianos. Revisión sistemática de la literatura en las bases de datos: Scopus, ISI Web of Science, Scielo, Lilacs, BDenf y PubMed. Cómo término principal Medical Subject Heading Terms (Mesh) se seleccionó “quality of life” en combianción con los términos de mayor interés:“elderly, motor activity, education“. Búsqueda realizada entre Julio y Agosto de 2015 en la cual se incluyen trabajos originales publicados entre 2010 y 2015 en ingles, portugués y español. Además se siguió la estragégia Cocharne para la elaboración de la revisión. Se estudiaron 27 artículos que comparaban la calidad de vida del anciano antes y después de realizar una intervención de tipo física, educativa o mixta. Cómo principal resultado se obtiene que la salud general, fución social, rol físico y satisfacción con la vida són los dominios más influenciados, así como las actividades físicas en grupo són las más realizadas. Se concluye que al realizar actividades de cualquier índole, preferiblemente adaptadas, se producen cambios de forma notable en la calidad de vida del anciano a nivel general, observándose especialmente una mejoría en aspectos funcionales, mentales y sociales.

    Resumo em Inglês:

    Abstract The scope of this study was to identify which activities or interventions cause changes in the quality of life of the elderly. It involved a systematic review of the literature in the Scopus, ISI Web of Science, Scielo, Lilacs, BDenf and PubMed databases. The key word for the Medical Subject Heading (MeSH) used was “quality of life,” in combination with the terms of greatest interest: “elderly, motor activity, education.” The research was conducted between July and August 2015 and included original works published between 2010 and 2015 in English, Portuguese and Spanish. The Cochrane strategy was also adopted for the preparation of the review. Twenty-seven articles were studied that compared the quality of life of the elderly before and after performing a physical, educational or mixed-type intervention. The main result obtained was that the general health, social function, physical role and satisfaction with life are the most influenced domains, whereby group physical activities are practiced the most. The conclusion drawn is that when carrying out activities of any kind, preferably adapted for age, there are changes in the quality of life of the elderly in a general manner, notably with an improvement in functional, mental and social aspects.
  • Fragilidade física e desempenho cognitivo em populações idosas, parte I: revisão sistemática com metanálise

    Furtado, Guilherme Eustáquio; Letieri, Rubens; Hogervorst, Eef; Teixeira, Ana Botelho; Ferreira, José Pedro

    Resumo em Português:

    Resumo O presente estudo teve como objetivo analisar a magnitude do efeito estatístico das diferenças de média na avaliação do desempenho cognitivo em idosos-fragilizados. A pesquisa foi realizada nas bases de dados PubMed, B-on, Ebsco, Scielo, Eric, Lilacs e Sportdiscus. Foram incluídos estudos observacionais, coorte ou transversal, selecionados a partir do título, resumo e leitura do manuscrito. Os principais descritores utilizados foram: idoso, idoso-fragilizado, cognição, avaliação geriátrica e outros termos adicionais. De 1078 manuscritos identificados, 12 foram selecionados. Quando comparados os valores de média do desempenho cognitivo dos pré-fragilizados (n = 11265) e fragilizados (n = 2460) foram encontradas diferenças significantes (p < 0,001), com valores mais baixos emergindo no grupo dos idosos-fragilizados. Os resultados demostraram que o baixo desempenho cognitivo está relacionado à condição de idoso-fragilizado, sendo um desfecho clínico provável em idosos. Nestas circunstâncias, qualquer estratégia que vise atenuar ou reverter a incidência desta condição deve ter em consideração que durante o processo de envelhecimento, a fragilidade física e a cognitiva parecem ter trajetórias temporais similares.

    Resumo em Inglês:

    Abstract The purpose of present study was to analyze the magnitude of the effect-size in the assessment of the cognitive status of populations over 60 years of age. The search strategy included PubMed, B-on, Ebsco, Ebsco Health, Scielo, Eric, Lilacs and Sportdiscus data bases. Only observational, cohort and cross-sectional studies were included in the meta-analysis. The central descriptors were elderly-frail, older adults, cognition and geriatric assessment and other additional terms. After applying the additional search criteria, 12 manuscripts were selected from an initial universe of 1,078 identified. When comparing the mean cognitive profile scores of the participants of the pre-frail (n =11,265) and frail (n = 2,460) groups, significant statistical differences were found (p<0,001), with lower mean scores emerging in frail-group. The results showed that cognitive decline is strongly associated with frailty, being a probable main clinical outcome. In this sense, any strategy aimed at mitigating or reversing the incidence of frailty with ageing should take into account that physical and cognitive frailty seem to have similar temporal trajectories.
  • Análise epistemológica dos conhecimentos científicos sobre Toxocara sp. com ênfase na infecção humana

    Marques, Silvia Rafaelli; Alves, Leucio Câmara; Faustino, Maria Aparecida da Glória

    Resumo em Português:

    Resumo Este artigo objetivou analisar a evolução do conhecimento sobre Toxocara sp. em seu aspecto zoonótico por meio de dados científicos entre os anos de 1996 a 2015 utilizando a epistemologia como ferramenta. A análise epistemológica da evolução do conhecimento sobre o aspecto zoonótico de Toxocara sp. no Brasil demonstrou que, de uma maneira geral, foram agregadas poucas novas informações as quais tiveram, ao longo do período estudado, absorção lenta, descontínua, e não foram inseridas na realidade social do ponto de vista de Saúde Pública.

    Resumo em Inglês:

    Abstract The scope of this article was to analyze the evolution of knowledge about Toxocara sp. from a zoonotic point of view by means of scientific data published between the years 1996 and 2015 using epistemology as a tool. The epistemological analysis of the evolution of knowledge on the zoonotic aspect of Toxocara sp. in Brazil revealed that, in general, little new information was added which had, over the period studied, slow and discontinuous absorption, and was not incorporated in the social reality from the standpoint of public health.
  • O diálogo aberto e os desafios para sua implementação – análise a partir da revisão da literatura

    Kantorski, Luciane Prado; Cardano, Mario

    Resumo em Português:

    Resumo O Método Diálogo Aberto foi desenvolvido na Finlândia para atender crises psíquicas graves utilizando diálogo e inclusão da rede social. Este artigo pretende, através de uma revisão da literatura sobre o Método do Diálogo Aberto, identificar seus princípios e contribuições para processos de desisntitucionalização. Método: As bases utilizadas neste artigo de revisão foram: PubMed (365), PsycInfo (134) e Lilacs (nehuma publicação encontrada), além de 2 livros, incluídos por referência cruzada. Foram selecionadas 34 publicações que atendiam ao objetivo proposto. A busca foi realizada em outubro de 2015. Os descritores selecionados foram: open dialogue, crisis, first episode psycosis, schizophrenia, terapy family, need adapted approach. Resultados: Foram encontrados 3 artigos de revisão, 5 estudos teóricos, 21 estudos qualitativos e 5 estudos quantitativos. Destes, 2 foram escritos em italiano, 1 em francês e 31 em inglês. Com relação ao país de origem dos autores temos: Noruega, Estados Unidos, Finlândia, Austrália, Reino Unido, Bélgica, Canadá e Polônia. As produções foram agrupadas para análise em: Concepções e princípios do Diálogo Aberto; Contribuições do diálogo Aberto; Desafios para implementação do Diálogo Aberto em outros países, realidades e contextos.

    Resumo em Inglês:

    Abstract The Open Dialogue Method was developed in Finland in order to deal with severe psychotic crises using dialogue and social network inclusion. By means of a review of the literature on the Open Dialogue Method, this article sought to identify the principles and contributions for deinstitutionalization. Method: The PubMed (365), PsycInfo (134), Lilacs (no articles found) databases and 2 books were consulted. Thirty-four publications that fulfilled the requirements of this review were selected. The search was conducted in October 2015. The key words used were: open dialogue, crisis, first psychotic episode, schizophrenia, family therapy, need-adapted approach. Results: There were 3 reviews, 5 theoretical studies, 21 qualitative studies and 5 quantitative studies. Two of them were written in Italian, one in French and thirty-one in English. The authors were from Norway, the United States, Finland, Australia, the United Kingdom, Belgium, Canada and Poland. The publications were grouped for purposes of analysis into the following categories: Open Dialogue concepts and principles; Open Dialogue contributions; Challenges for Open Dialogue implementation in other countries, realities and contexts.
  • O imperativo de cuidar da pessoa idosa dependente

    Minayo, Maria Cecília de Souza

    Resumo em Português:

    Resumo Este texto apresenta um panorama do envelhecimento no Brasil e informações que fundamentam a necessidade de se criarem instrumentos para lidar com o aumento acelerado da população idosa e, particularmente, com os que perdem sua autonomia física, cognitiva, mental/emocional e social. São mostrados exemplos de políticas públicas criadas por países da União Europeia, em particular pela Espanha, para proteger os mais vulneráveis e dar apoio a suas famílias, em especial, aos cuidadores informais. Todo o processo de proteção aos mais longevos é pensado como uma solidariedade social em que o Estado e os entes subnacionais, a sociedade, as famílias e a própria pessoa idosa participam.

    Resumo em Inglês:

    Abstract This text presents an overview of aging in Brazil and information that highlights the need to create instruments to deal with the exponential increase of the elderly population, particularly those who lose their physical, cognitive, mental/emotional, and social autonomy. Examples of public policies created by European countries, notably Spain, show how they act to protect the most vulnerable individuals and provide support to their families, especially to the informal caregivers. The whole process of protection for the long-lived is perceived as a form of social solidarity in which the State and sub-national entities, society, the families and the elderly people themselves participate.
  • A falta de dentição funcional está associada ao comprometimento das funções bucais entre adultos brasileiros

    Souza, João Gabriel Silva; Lages, Vinicius Aguiar; Sampaio, Aline Araujo; Souza, Tamirys Caroline Silva; Martins, Andrea Maria Eleutério de Barros Lima

    Resumo em Português:

    Resumo Objetivou-se identificar se a falta de dentição funcional (DF) está associada com o comprometimento das funções bucais/atividades diárias entre adultos brasileiros. Para isto, foram utilizados dados da Pesquisa Nacional de Saúde Bucal - SB Brasil 2010. A DF foi avaliada pelo critério proposto pela Organização Mundial de Saúde (pelo menos 20 dentes na boca). O instrumento Impactos Odontológicos nos Desempenhos Diários (IODD) foi utilizado para avaliar as atividades diárias/funções bucais. Análises descritivas, bivariadas (Qui-quadrado) e múltiplas (Regressão Logística) foram realizadas, sendo estimado o odds ratio e o intervalo de confiança 95% (OR/IC95%). Foram incluídos e avaliados 9564 adultos. Foram considerados sem DF 2200 adultos (20,5%). Tiveram impacto em pelo menos uma das atividades diárias/funções bucais avaliadas, 55,0% dos adultos. A falta de DF entre adultos foi associada (p ≤ 0,05) com o impacto na fala (1,88/1,33-2,64) e vergonha ao sorrir ou falar (1,35/1,00-1,83). Uma prevalência considerável de falta de DF foi identificada, esta ausência foi associada às atividades diárias/funções bucais (fala e vergonha ao sorrir e falar). A reabilitação dentária de pacientes sem DF deve considerar a devolução destas funções bucais perdidas (fala e vergonha ao sorrir ou falar).

    Resumo em Inglês:

    Abstract The scope of this study was to identify if the absence of functional dentition (FD) is associated with a lack of commitment to oral functions/daily activities among Brazilian adults. For this purpose, data from the National Survey of Oral Health (referred to as SB Brasil 2010) was used. FD was evaluated by the criterion proposed by the WHO (at least 20 teeth in the mouth). The Oral Impacts on Daily Performance (OIDP) questionnaire was used to evaluate daily activities/oral functions. Descriptive, bivariate (chi-squared) and multiple (logistic regression) analysis was conducted, and the odds ratio estimated with a 95% confidence interval (OR/CI95%). The research evaluated 9,564 adults, of which 2,200 adults (20.5%) were considered to have poor FD, and at least one of the daily activities/oral functions evaluated had an impact among 55% of adults. The lack of FD between adults was associated (p ≤ 0.05) with the impact on speech (1.88/1.33-2.64) and being ashamed to smile or talk (1.35/1.00-1.83). A considerable prevalence of lack of FD was identified, this absence being associated with the lack of commitment to the daily activities/oral functions. Dental rehabilitation of patients with a lack of FD should consider the restoration of these lost oral functions (speech and being ashamed to smile or talk).
  • Sobrevida do câncer de mama e fatores preditivos: um estudo de base hospitalar do oeste amazônico, Brasil

    Fujimoto, Ruth Helena Pimenta; Koifman, Rosalina Jorge; Silva, Ilce Ferreira da

    Resumo em Português:

    Resumo Na América Latina, a sobrevida de 5 anos do câncer de mama está abaixo dos países da Europa central. Não há estudos de sobrevida de câncer de mama de base hospitalar no oeste da Amazônia brasileira. O objetivo deste artigo é estimar a sobrevida hospitalar de câncer de mama e fatores associados em Rio Branco, Acre. Estudo de coorte de base hospitalar com todos os casos de câncer de mama diagnosticados em Rio Branco (2007-2012). As informações foram obtidas de prontuários. As sobrevidas específicas para câncer de mama foram estimadas para 1, 2, e 5 anos pelo método de Kaplan Meier. As hazards ratios (HR) brutas e ajustadas foram estimadas pela regressão proporcional de Cox. As sobrevidas globais em 1, 2 e 5 anos foram respectivamente 95,5%, 83,7%e 87,3%. A cirurgia combinada à radioterapia afetou significativamente a sobrevida em 1, 2 e 5 anos (99%, 94% e 90,6%, respectivamente) quando comparadas a outros tratamentos (77%, 57,1% e 37,5%, respectivamente). Comparadas à cirurgia combinada, as mulheres submetidas à cirurgia isolada apresentaram maior risco de óbito, independentemente da idade e estadiamento (HR = 7,23; 95%CI:2,29-22,83). Em Rio Branco, Acre, a sobrevida em 5 anos para câncer de mama foi elevada. A cirurgia combinada à radioterapia foi independentemente associada ao menor risco de óbito.

    Resumo em Inglês:

    Abstract Breast cancer survival in Latin America countries is below Central European countries. Hospital-based breast cancer survival studies in western Amazon, Brazil, are lacking. This article aims to estimate hospital-based breast cancer survival in Rio Branco, Acre, and predictor factors. Hospital-based cohort study of all women diagnosed with breast cancer (2007-2012) was proceeded. Information were obtained from medical reports, and follow-up was until 2013. One-, 2- and 5- years breast cancer specific-survival were estimated by Kaplan-Meier method. Crude and adjusted Harzards Ratios (HR) were estimated by proportional Cox regression model. One-, 2-, and 5-year overall breast cancer survival were 95.5%, 83.7%, and 87.3% respectively. Surgery combined to radiotherapy significantly affected 1-, 2-, and 5-year survival (99%, 94%, and 90.6%, respectively) as compared to other treatments (77%,57.1%, and 37.5%, respectively). Comparing to surgery combined to radiotherapy treatment, surgery alone increased the risk of death, independently of age and stage (HR = 7.23;95%CI:2.29-22.83). In Rio Branco, Acre, 5-year breast cancer survival is similar to more developed areas in Brazil. Surgery combined to radiotherapy was independently associated to a lower risk of death as compared to surgery alone and other treatment.
  • Comprensión de la ciencia al servicio y cuidados de la salud y alteración mental

    Marulanda, Flor Ángela Tobón; Arroyave, Cristian David Londoño

    Resumo em Espanhol:

    Resumen Los cuidados de la salud y de la alteración mental, desde la atención primaria en salud, son un derecho ineludible. El objetivo fue indagar testimonios de usuarios de servicios de atención en salud sobre la actitud y práctica asistencial. Estudio cualitativo hermenéutico de casos. Hallazgos, se infiere la crisis relativa de la falta de aplicación de la política pública y de motivar aprendizajes significativos en función de su mayor o menor potencialidad, conexa a la construcción de subjetividades. Conclusiones, se requiere reflexión profunda de la mutación del significado y sentidos del servicio y cuidados a la salud y alteración mental, máxime la re-significación de lo humano y de lo psicoafectivo del paciente por los actores involucrados del servicio asistencial de forma holística sistemática. Unido al servicio farmacéutico en equipo intersectorial, en la búsqueda de un tratamiento alternativo cognitivo de entrenar el cerebro como productor de sustancias endógenas que fortalece el equilibrio entre la mente-emociones y lo orgánico, por el bienestar individual y social; y usar psicofármaco sólo cuando sea necesario.

    Resumo em Inglês:

    Abstract Caring for mental health and mental disorders, from primary health attention, is a prime right. The objective of this study was to examine the testimonies of health attention services users regarding the assistance attitudes and practices. This was a hermeneutic qualitative study of several cases. Findings: It can be inferred that there exists a relative crisis in the feeble application of a public policy and in the capacity to encourage meaningful learnings in function of higher or lower potentials, linked to the construction of subjectivities. Conclusions: it is necessary to make a profound reflection on the mutation of meaning and the senses of the service and care of mental health and mental disorders, especially for the re-signification of the patient's human and psychoaffective domains in behalf of the actors involved in providing services from a comprehensive and systematic perspective. This should be encompassed with the pharmaceutical service in the intersectorial team, searching for an alternative cognitive training of the brain, as an endogenous substances generator, to strengthen the balance between the mind-emotions and the organic, in favor of the individual and social well-being, while maintaining the use of psychopharmacological drugs only when strictly necessary.
  • O controle social em saneamento e em saúde: análise comparativa com base nos marcos legais federais brasileiros

    Souza, Cezarina Maria Nobre; Heller, Léo

    Resumo em Português:

    Resumo A comparação entre os marcos legais federais brasileiros das áreas de saúde e de saneamento, sob a perspectiva do controle social, é o fio condutor deste trabalho, tendo em vista o pioneirismo da primeira e sua possível influência sobre a segunda. O esforço comparativo foi realizado a partir de seis critérios analíticos: mecanismos de controle social definidos; caráter conferido ao controle social; responsabilidade, recomendações e apoio para viabilizar o controle social; acesso à informação; controle sobre o uso dos recursos; controle da implementação das deliberações. Avaliaram-se possibilidades de o marco do saneamento se beneficiar das formulações no campo da saúde e lograr produzir práticas mais efetivas de controle social na condução dessa política pública. Os resultados revelam que, mesmo tendo recebido alguma influência da área de saúde, o marco do saneamento é mais restrito e tem menor potencialidade de produzir práticas mais efetivas, uma vez que apresenta: 1) mecanismos mais restritivos por não serem necessariamente deliberativos; 2) ausência de uma política de formação de conselheiros e de educação popular como incentivo e fortalecimento ao controle social; 3) ausência de mecanismos efetivos voltados para a fiscalização do uso dos recursos.

    Resumo em Inglês:

    Abstract Comparison between federal Brazilian legal frameworks in the areas of health and sanitation, from the perspective of participation, is the thread of this work, considering the pioneering of health and its possible influence on sanitation. The comparative effort was made from six analytical criteria: defined social control mechanisms; character given to social control; responsibility, recommendations and support to enable social control; access to information; control over the use of resources; control of the implementation of the resolutions. It was evaluated if the sanitation framework have been helped by health formulations and if have achieved produce more effective practices of social control in the conduct of public policy. The results show that, although it has received some influence from the health area, the water and sanitation framework is more restricted and has less potential to produce more effective practices, since it presents: 1) more restrictive mechanisms because they are not necessarily deliberative; 2) lack of a policy of training counselors and popular education to incentive participation; 3) absence of effective mechanisms for monitoring the use of resources.
  • Protocolo para indivíduos hipertensos assistidos na Atenção Básica em Saúde

    Dantas, Rosimery Cruz de Oliveira; Roncalli, Angelo Giuseppe

    Resumo em Português:

    Resumo A hipertensão arterial apresenta baixa taxa de controle no Brasil e no mundo, ocasionando custo médico-social, necessitando de estratégias de controle. Objetivou-se construir e validar um protocolo para consulta e acompanhamento do hipertenso atendido na Atenção Primária à Saúde. Constitui-se uma pesquisa metodológica, de validação de conteúdo pelo método Delphi. A avaliação do protocolo por experts foi realizada em três ciclos, utilizando escala de não importante a extremamente importante, com graduação de 1 a 5. A análise se deu pela Escala de Likert, percentual de concordância, Índice de validação de conteúdo (IVC) e Correlação de Pearson. O percentual de concordância foi de 96%. O IVC de 0,98. A escala de Likert pontuou os itens, no mínimo, como “muito importante”. A correlação de Pearson foi positiva em todos os itens de moderada a forte. O protocolo é composto por 50 itens, dividido em sete dimensões. Conclui-se que o protocolo permite um acompanhamento mais expressivo e sistemático do hipertenso e identifica condições individuais e sociais que contribuem para a manutenção de cifras pressóricas elevadas, constituindo-se em um guia para a condução da consulta, favorecendo o diálogo entre o profissional, o paciente e o registro efetivo da assistência.

    Resumo em Inglês:

    Abstract Hypertension has low control rate in Brazil and around the World, resulting in social and medical costs; thus there is the need to apply control strategies. This study aimed to create and validate a protocol for consultation and monitoring of hypertensive patients attended in primary health care. It is constituted a methodological research which uses the Delphi method for content validation. The analysis of the protocol by experts was performed in three cycles, using a scale that was not important to extremely important, with a graduation from 1 to 5. The analysis was performed by the Likert scale, percentage of agreement, content validation index, Pearson correlation. The percentage of agreement was 96%. The CVI of 0.98. The Likert scale scored items, at least, as very important. The Pearson correlation was positive for all items ranging from moderate to strong. The protocol is composed of 53 items, divided into seven dimensions. It was concluded that the protocol enables more expressive and systematics monitoring of hypertensive patients and it identifies social and individual conditions that contribute to high blood pressure, so it may be used to guide the consultation, encouraging dialogue between the professional and patient and effective recording of care.
  • Qualidade de vida, coesão e adaptabilidade em famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família

    Rosalini, Maria Helena Pereira; Probst, Livia Fernandes; Cunha, Inara Pereira da; Gondinho, Brunna Verna Castro; Cortellazzi, Karine Laura; Possobon, Rosana de Fátima; Pereira, Antonio Carlos; Guerra, Luciane Miranda

    Resumo em Português:

    Resumo Avaliou-se a associação entre qualidade de vida, coesão familiar e fatores sociodemográficos de famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família (PBF). Estudo transversal, analítico e de caráter exploratório com amostra representativa de 385 entrevistados. A variável dependente foi a qualidade de vida (WHOQOL-BREF), e as variáveis independentes quantificadas em características sociodemográficas, autopercepção sobre saúde, coesão e adaptabilidade familiar (FACES III). A melhor qualidade de vida associou-se com idade menor ou igual a 36 anos (OR = 2,15), maior nível educacional (OR = 1,54), boa/muito boa saúde (OR = 6,39), não ter problema de saúde atual (OR = 5,68), sem tratamento (OR = 1,76), moderada (OR = 3,39) e alta (OR = 3,66) coesão familiar e moderada adaptabilidade (OR = 2,23). Indivíduos provenientes de famílias com moderada e alta coesão familiar tiveram mais chance de ter uma melhor qualidade de vida do que aqueles vindos de famílias com baixa coesão. Os voluntários do sexo masculino tiveram 3,54 vezes mais chance de apresentar uma melhor qualidade de vida. Concluiu-se que níveis moderados e altos de coesão podem impactar positivamente uma melhor qualidade de vida das pessoas beneficiárias do PBF, indicando que as ações sociais devem buscar o fortalecimento dessa dinâmica.

    Resumo em Inglês:

    Abstract We evaluated the association between quality of life, family cohesion and sociodemographic factors of beneficiary families of the BolsaFamília Program (PBF). This was an analytical, cross-sectional study with exploratory methodology. The sample was composed of 385 respondents. The dependent variable was the quality of life (WHOQOL-BREF), and the independent variables were sociodemographic characteristics, self-rated health, family cohesion and adaptability (FACES III). The best quality of life was associated with an age younger than or equal to 36 years (OR = 2.15), higher educational level (OR = 1.54), good/very good health (OR = 6.39), not having current health problem (OR = 5.68), no treatment (OR = 1.76), moderate (OR = 3.39) and high (OR = 3.66) family cohesion and moderate adaptability (OR = 2.23). Individuals from families with moderate and high family cohesion were more likely to have a better quality of life than those from families with low cohesion. The male volunteers were 3.54 times more likely to have a better quality of life. It was concluded that moderate and high levels of cohesion may impact positively to the quality of life of persons receiving the PBF, indicating that social programs should seek to strengthen these dynamics.
  • Tratamento antirrábico humano pós-exposição em relação à situação epidemiológica da doença

    Andrade, Bruno Fonseca Martins da Costa; Andrade, Taísa Santos de Melo; Queiroz, Luzia Helena

    Resumo em Português:

    Resumo O objetivo da presente pesquisa foi avaliar a conduta profilática adotada após agressões por cães e gatos no município de Araçatuba, SP, com base no Manual Técnico de Tratamento Antirrábico Humano e considerando-se as situações de raiva não controlada (1990-1996) e controlada (1997-2010). Foi realizada uma análise retrospectiva dos dados das fichas do SINAN (W64-CID10) preenchidas pelo serviço de atendimento antirrábico no período de 1990 a 2010. Na maioria dos casos os acidentes foram leves (76,9%) e os animais agressores estavam sadios (75,4%), resultando em 53,3% de dispensa do tratamento. Em 64,6% dos casos em que houve indicação de tratamento esta foi considerada inadequada. No período de raiva não controlada houve maior indicação do tratamento com vacina e soro (43,4%) e no de raiva controlada o tratamento com três doses de vacina Fuenzalida e Palácios ou duas doses de vacina de cultivo celular (76,5%). No período de raiva controlada as condutas foram mais adequadas, segundo as recomendações técnicas, do que no período de raiva não controlada (p < 0,0001), embora, em ambos os períodos, tenha se observado uma aplicação excessiva de soro e vacina.

    Resumo em Inglês:

    Abstract This study evaluated the prophylactic measures adopted after attacks by dogs and cats in the main city of Northwester São Paulo State, based on the technical manual for post-exposure treatment, considering the not controlled (1990-1996) and controlled (1997-2010) rabies status. A retrospective analysis was done using the data from the SINAN records (W64-CID10) between 1990 and 2010. In most cases, the accidents were mild (76.9%), and biting animals were healthy (75.4%); therefore, no treatment was needed in 53.3% of the cases. In 64.6% of cases, the prescribed PEP treatment was inappropriate. The most indicated PEP treatments consisted of vaccine and RIG (43.4%), and either three doses of mouse brain vaccine or two doses of cell culture vaccine (76.5%), during the not controlled and controlled rabies periods, respectively. The treatment was more appropriate and followed the technical recommendations during controlled rabies periods compared to not controlled (p < 0.0001) periods. However, excessive application of RIG and rabies vaccine was observed in both periods.
  • Dislipidemia familiar e fatores associados a alterações no perfil lipídico em crianças

    Souza, Natália Aparecida de; Vieira, Sarah Aparecida; Fonsêca, Poliana Cristina de Almeida; Andreoli, Cristiana Santos; Priore, Silvia Eloiza; Franceschini, Sylvia do Carmo de Castro

    Resumo em Português:

    Resumo O objetivo deste artigo é avaliar a prevalência de dislipidemia e os fatores associados em crianças de 4 a 7 anos de idade. Estudo transversal, realizado com 402 crianças de 4 a 7 anos de idade, acompanhadas por um Programa de Apoio a Lactação nos primeiros seis meses de vida. Foram dosados colesterol total, triglicerídeos e lipoproteínas de alta (HDL) e baixa densidades (LDL). Selecionou-se variáveis que poderiam estar associadas ao perfil lipídico, como o histórico familiar de dislipidemia, estado nutricional e o consumo alimentar das crianças. Realizou-se análise de Regressão de Poisson com variância robusta. O nível de significância adotado foi de p < 0,05. Observou-se valores aumentados da LDL em 46,8% (188), colesterol total em 37,6% (151), triglicerídeos em 10,4% (42) e HDL abaixo do desejável em 33,8% (136) das crianças. Houve associação estatisticamente significativa entre o histórico familiar de dislipidemia com colesterol total, LDL e triglicerídeos (p < 0,05 e p < 0,001, respectivamente); Desmame precoce com LDL (p < 0,05); Sedentarismo com LDL e triglicerídeos (p < 0,05 e p < 0,001, respectivamente); bem como HDL com o consumo de bala (p < 0,05). Houve importante prevalência de alterações no perfil lipídico das crianças. São necessárias atividades de educação nutricional e programas voltados para esse grupo.

    Resumo em Inglês:

    Abstract This article aimed to assess the prevalence of dyslipidemia and associated factors in children aged from 4 to 7 years old. It is a cross-sectional study conducted with 402 children aged from 4 to 7 years old, accompanied by a Lactation Support Program in the first six months of life. We measured total cholesterol, triglycerides and high-density lipoprotein (HDL) and low-density lipoprotein (LDL). We selected the variables that could be associated with the lipid profile, such as the family history of dyslipidemia, nutritional status and food consumption of children. We performed Poisson regression analysis with robust variance. The level of significance adopted was p<0.05. We observed increased LDL values in 46.8% (188), total cholesterol in 37.6% (151), triglycerides in 10.4% (42) and below-desirable HDL in 33.8% (136) of the children. There was a statistically significant association between the family history of dyslipidemia with total cholesterol, LDL and triglycerides (p<0.05 and p < 0.001, respectively); Early weaning with LDL (p < 0.05); Sedentarism with LDL and triglycerides (p < 0.05 and p < 0.001, respectively); as well as HDL with candy consumption (p < 0.05). There was a significant prevalence of changes in the lipid profile of the children. Nutrition education activities and programs aimed at this group are needed.
  • Farfán-Santos E. Black bodies, black rights: the politics of quilombolismo in contemporary Brazil. Austin: University of Texas Press; 2016.

    Ferreira, Aline
  • Queja por plagio de artículo y solicitud de acciones correctivas

    Lince, Victoria E. Díaz Facio; Yepes, Cristian David Osorio
  • Carta Resposta: Queja por plagio de artículo

    Abeldaño, Roberto Ariel; Fernández, Alicia Ruth
  • [ARTIGO RETRATADO]: Seguridad alimentaria en poblaciones indígenas y campesinas: una revisión sistemática

ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revscol@fiocruz.br