Cadernos de Saúde Pública, Volume: 19 Supplement 2, Published: 2003
  • Gênero, sexualidade e saúde reprodutiva: a constituição de um novo campo na Saúde Coletiva Editorial

    Aquino, Estela M. L.; Barbosa, Regina M.; Heilborn, Maria Luiza; Berquó, Elza
  • The construction of sexual difference in medicine Revisão

    Rohden, Fabíola

    Abstract in Portuguese:

    O artigo discute o trabalho de alguns autores fundamentais no debate atual acerca da construção da noção de diferença sexual na modernidade, tomando como foco de análise e de ilustração as teses apresentadas à Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro durante o século XIX. O objetivo é problematizar o argumento de que a diferença entre os sexos passa a ser considerada como natural e imutável pela ciência. Essa ênfase na naturalidade estaria relacionada com as transformações ocorridas a partir do fim do século XVIII (crescente industrialização e urbanização, entrada mais efetiva das mulheres no mercado de trabalho, surgimento de movimentos de reivindicação de direitos) que requeriam mudanças nas relações de gênero estabelecidas. Contudo, nota-se que é exatamente por meio das tentativas de provar que a diferença era natural que se pode perceber o quanto ela era instável e ameaçadora. Intervenções como a educação e o trabalho da mulher poderiam alterar e mesmo "perverter" a diferença. Ser natural, portanto, não significava ser definitivo ou estar garantido.

    Abstract in English:

    This article discusses the work of some key players in the current debate on the construction of the notion of sexual difference in modernity, taking as the focus of analysis and illustration the theses submitted at the School of Medicine in Rio de Janeiro, Brazil, during the 19th century. The objective is to confront the argument that the difference between the sexes comes to be taken for granted and considered immutable by science. This emphasis on a natural difference between the sexes is related to transformations that occurred beginning in the late 18th century (growing industrialization and urbanization, more extensive participation by women in the labor market, the emergence of women's rights movements) that required changes in the established gender relations. Still, it is precisely through the attempts to prove that the difference was natural that one perceives how unstable and threatening it was. Interventions such as women's education and labor market participation were capable of altering and even "subverting" the difference. Thus, "natural" was not synonymous with definitive or guaranteed.
  • Knowledge and risk perception of HIV/AIDS: a profile of the Brazilian people in 1998 Artigos

    Ferreira, Maria Paula

    Abstract in Portuguese:

    Com o intuito de abordar os aspectos cognitivos sobre o HIV/AIDS, o presente trabalho apresenta subgrupos populacionais distintos, segundo nível de conhecimento em relação ao HIV/AIDS e percepção de risco. Foram gerados quatro subgrupos: grupo 1 (sem informação e sem percepção de risco), grupo 2 (sem informação e com alguma percepção de risco), grupo 3 (com informação e sem percepção de risco) e grupo 4 (com informação e alguma percepção de risco). Os dados utilizados são referentes à Pesquisa Nacional sobre Comportamento Sexual da População Brasileira e Percepções do HIV/AIDS, realizada em 1998 pelo Centro Brasileiro de Análise e Planejamento e Ministério da Saúde. Entre os resultados obtidos no estudo destaca-se o fato de que pouco mais da metade da população brasileira estava minimamente informada a respeito das formas de transmissão do vírus HIV no ano da pesquisa. Observou-se ainda, que aproximadamente 23% da população investigada pertencia ao grupo 1 - sem informação e sem percepção de risco - estando portanto, vulneráveis ao HIV quanto à sua condição de compreender seu próprio risco de exposição à AIDS.

    Abstract in English:

    This paper focuses on cognitive aspects related to HIV/AIDS by presenting distinct subgroups of the Brazilian population. Four subgroups were created according to their different levels of knowledge regarding HIV/AIDS and risk perception: subgroup 1 (no awareness and no risk perception); subgroup 2 (no awareness, with some risk perception); subgroup 3 (some awareness and no risk perception); and subgroup 4 (some awareness and some risk perception). The data come from the National Survey on Sexual Behavior and HIV/AIDS Risk Perception in the Brazilian Population, conducted by CEBRAP (the Brazilian Analysis and Planning Agency) together with the Ministry of Health, in 1998. The study highlights that in 1998, slightly over half of the Brazilian population were minimally aware of HIV transmission processes. Analysis of demographic and socioeconomic characteristics associated with protective behavior against HIV/AIDS showed that approximately 23% of the study population belonged to subgroup 1 - with no awareness and no risk perception - and were thus highly vulnerable to infection.
  • Sexual partners and practices of young homosexuals in Rio de Janeiro Artigos

    Rios, Luís Felipe

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo aborda aspectos da organização das vidas eróticas de homens jovens com práticas homossexuais. As reflexões apresentadas são embasadas em pesquisa etnográfica, que envolveu observações em espaços de homossociabilidade e entrevistas com jovens com práticas homossexuais do Rio de Janeiro. Por meio da apresentação de cenas eróticas próprias a um circuito homoerótico e pelo resgate das trajetórias sexuais de jovens com práticas homossexuais, este artigo busca apontar implicações dos roteiros eróticos e padrões de parcerias sexuais identificados para a saúde sexual desses mesmos jovens. O texto chama especial atenção para relatos sobre o surgimento de interações eróticas na infância, em parcerias interetárias e intergeracionais que se prolongam até a idade adulta, em uma crescente tendência a ir se invertendo (busca por parceiros mais novos em termos etários). O artigo sugere que tais fenômenos necessitam ser mais bem entendidos por possuírem sérias implicações para o planejamento de ações em saúde sexual para jovens (e crianças) com práticas homossexuais.

    Abstract in English:

    This article focuses on the organization of the erotic lives of young men who engage in homosexual practices. The reflections presented here are based on ethnographic research including observation in places of homosociability and interviews with young men in Rio de Janeiro reporting homosexual practices. By presenting erotic scenes pertaining to a homoerotic circuit and recording the sexual trajectories of young men engaging in homosexual practices, the article seeks to identify the implications of the observed erotic scripts and sex-partner patterns for the sexual health of these individuals. The text calls special attention to reports concerning the emergence of different forms of erotic interaction in childhood, as well as cross-age and crossgenerational partnerships that extend into adulthood, with a growing trend toward seeking younger partners as the young men themselves grow older. The article suggests that such phenomena require a more in-depth understanding, since they have serious implications for planning sexual health measures for young men (and boys) who engage in homosexual practices.
  • Kangaroo Mother Care: the role of health care services and family networks in a successful program Artigos

    Toma, Tereza Setsuko

    Abstract in Portuguese:

    O Método Mãe Canguru (MMC) traz muitos benefícios ao recém-nascido de baixo peso. A participação efetiva da família no cuidado desses bebês, desde o início da vida, favorece a criação e o fortalecimento do vínculo afetivo. Este estudo teve como objetivo aumentar a compreensão sobre a influência das condições hospitalares e da organização familiar sobre a prática do MMC. Foram realizadas entrevistas com 14 mulheres e sete homens participantes do Programa Canguru, do Hospital Geral de Itapecerica da Serra, São Paulo. Os depoimentos dos entrevistados apontam o processo de decisão para a prática do MMC como um complexo que depende não só da vontade da mãe, mas também do apoio de sua rede familiar e de uma equipe de saúde compreensiva. Embora as mães percebam a importância do método para a recuperação de seus filhos, os dilemas e as dificuldades pessoais e de ordem familiar podem impedi-la de participar efetivamente do programa. A interação entre alguns fatores, tais como perda de uma criança em gestação anterior, presença de outros filhos, participação do pai e de outros membros da família e arranjos domésticos, pode determinar padrões mais ou menos favoráveis à opção e prática do MMC.

    Abstract in English:

    Kangaroo Mother Care (KMC) provides many benefits to low birth-weight babies. The family's early and active participation in the care of these infants helps create and strengthen bonding. This study was intended to increase the knowledge on the effect of hospital and family conditions on the method's implementation. Fourteen women and seven men taking part in KMC in the Itapecerica da Serra General Hospital (São Paulo State) answered in-depth interviews. The respondents' statements are focused on the decision-making process in the method's implementation, which depends not only on the mother's desire and willingness, but also on the support provided by the family network and empathetic health care teams. Although mothers realize the importance of KMC for their infants' recovery, personal and family problems may prevent them from taking active part in the program. Interaction of such factors as history of perinatal death, presence of other children in the household, involvement of the father and other family members, and household management can establish patterns that may or may not be favorable when choosing and implementing KMC.
  • Women's health in violent situations: municipal administrative roles and decision-making in the Brazilian public health system Artigos

    Porto, Madge; McCallum, Cecilia; Scott, Russell Parry; Morais, Heloísa M. Mendonça de

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo tem como objetivo investigar as representações de gestores/as sobre a saúde da mulher em situação de violência e a influência dessas representações nas decisões por ações de saúde para essas mulheres. Trata-se de um estudo qualitativo e descritivo, do qual participaram 18 gestores/as de três municípios em Gestão Plena do SUS da Região Metropolitana do Recife (Pernambuco, Brasil). Esses gestores/as foram acomodados em três grupos distintos, com base na semelhança de suas falas sobre a mulher em situação de violência e as ações em saúde para essas mulheres. Entretanto, esses três grupos convergem no que se refere às representações que determinam as decisões por ações em saúde para essas mulheres: o compromisso da gestão com o movimento feminista. Este compromisso aparece como o fator mais relevante e argumentos comuns entre gestores/as da saúde como: problema de saúde pública e qualidade de vida, ou mais tecnicamente, a questão de custo-benefício, não são destacados.

    Abstract in English:

    The aim of this study was to investigate the role of health management staff concerning the health of women facing violent situations and the impact these roles have on decisions concerning health measures targeting these women. The study employed a qualitative, descriptive methodology including 18 health management staff members from three municipalities classified as having fully autonomous municipal management systems under the Unified National Health System (SUS) in Greater Metropolitan Recife, Pernambuco State, Brazil. Staff members were divided into three distinct groups according to their opinions on women in violent situations and women's health interventions. However, the three groups were convergent with respect to their roles in determining decisions on health actions for these women. The health management staff's commitment to the feminist movement proved to be the most relevant factor. Common issues among staff members, such as the problem of public health and quality of living, or more technically, the cost-benefit issue, did appear as key arguments.
  • Women, family, and reproductive health: a case study on family planning on the outskirts of Recife, Pernambuco, Brazil Artigos

    Fernandes, Magda Fernanda Medeiros

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo apresenta resultados de um estudo realizado com mulheres de camadas populares em uma comunidade de baixa renda em Recife, Pernambuco, Brasil, procurando entender como são planejadas suas famílias. Tem como eixo orientador os aspectos da reprodução, especificamente as práticas de concepção e contracepção. Nesta análise, argumenta-se que as organizações que prestam serviços de planejamento familiar refletem a política chamada de "intervenção branca" no comportamento reprodutivo da população de camadas populares. Considera-se "intervenção branca" o transporte das decisões sobre ter ou não ter filhos, do âmbito doméstico para o consultório médico e a transferência gradativa do controle do Estado para o campo da saúde.

    Abstract in English:

    This paper presents the results of a study on women from a low-income community in Recife, Pernambuco State, Brazil, focusing on how the women practice their family planning. The study is based on an analysis of reproductive practices by these women, specifically related to conception and contraception. The paper argues that the family planning care provided to these women involves a so-called "low-profile interventionist" policy, meaning that decisions concerning the number and spacing of children is shifted from the family domain to that of attending physicians, with a gradual transfer of control from the public sector to the health field.
  • Violence against woman: clients of emergency care units in Salvador Artigos

    Silva, Iracema Viterbo

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo apresenta resultados de uma pesquisa sobre violência contra a mulher, realizada em um hospital de urgência e emergência de Salvador, Bahia, Brasil. Definindo-se uma amostra por conglomerado e utilizando-se de um questionário, foram realizadas 701 entrevistas com mulheres na faixa etária de 15 a 49 anos, sendo que 321 referiram algum tipo de violência: física, sexual e/ou psicológica. Constatou-se que embora a violência contra a mulher ocorra independentemente das características sócio-demográficas, é no espaço doméstico onde o fenômeno mais ocorre. Entre mulheres que referiram violência física foi encontrado um número maior de casos de doenças mentais e comportamentais, problemas decorrentes das causas externas, doenças do aparelho geniturinário e causas mal definidas. Conclui-se que os serviços de saúde têm de ter profissionais preparados para atender essas mulheres, que muitas vezes buscam a unidade para aliviar suas dores sem, no entanto, receber uma resposta concreta às suas reais necessidades.

    Abstract in English:

    This article discusses research on violence against women treated at an emergency care hospital in Salvador, Bahia, Brazil. A total of 701 interviews were conducted in a cluster sample of women ages 15 to 49 years, of whom 321 reported some episode of physical, sexual, and/or psychological violence. Although violence against the women in this sample was not associated with social/demographic characteristics, most cases of violence occurred in the domestic environment. Among women reporting physical violence, there were more cases of mental and behavioral disorders, problems resulting from external causes, genitourinary tract diseases, and ill-defined causes. The article concludes that health services need professionals who are prepared to treat these women, who often come to emergency care units to relieve their pain and suffering but fail to find a concrete response to their real needs.
  • Pedophile, who are you? A study of pedophilia in the press Artigos

    Landini, Tatiana Savoia

    Abstract in Portuguese:

    O artigo traça as características atribuídas pela mídia impressa (Folha de S. Paulo)à pedofilia - incluindo aqui a imagem do agressor (quem pratica) e as razões atribuídas a tal ato ou comportamento (o porquê). A técnica de pesquisa é a análise por oposição, utilizando as reportagens sobre outras formas de violência sexual contra a criança (abuso sexual, pornografia infantil, estupro e incesto) como contraponto a fim de melhor elucidar as características próprias da pedofilia. Foram analisados 384 textos jornalísticos - dos quais 114 referentes à pedofilia - publicados ao longo dos anos de 1994 a 1999. Os resultados alcançados mostram que a narrativa da violência sexual contra crianças é permeada pelos conceitos de classe e violência/doença, reiterando a visão de senso comum da existência de uma violência produto da barbárie e da pobreza, e uma violência produto de um 'desvio psicológico', estando essas explicações relacionadas à classe social do agressor. A perspectiva teórica adotada - de que existe uma relação entre mídia e realidade - permite afirmar que tal viés é também compartilhado pela sociedade brasileira.

    Abstract in English:

    This paper define the characteristics of pedophilia as it appears in the Brazilian newspaper Folha de São Paulo, including both the characteristics of the pedophile and the reasons given for such behavior. The research employs a technique called analysis by opposition which means that news coverage on other forms of sexual violence against children (sexual abuse, child pornography, rape, and incest) is used to help shed light on the characteristics of pedophilia itself. Some 384 articles were analyzed, of which 114 referred to pedophilia, all published between 1994 and 1999. News on sexual abuse of children was biased by concepts of class and violence/illness, reiterating the lay view that violence can be either a result of barbarianism and poverty or of psychological disorder, both depending on the aggressor's social class. The theoretical perspective adopted, that there is a correlation between media and reality, indicates that this bias is shared by Brazilian society as a whole.
  • Teenage contraception and pregnancy from the perspective of young low-income fathers in a slum area in Rio de Janeiro Artigos

    Cabral, Cristiane S.

    Abstract in Portuguese:

    O estudo enfoca as repercussões da paternidade ocorrida no período da adolescência, para a trajetória biográfica de rapazes de camadas populares. Realizou-se um trabalho de campo associado a entrevistas individuais com jovens pais, moradores de uma comunidade favelada da cidade do Rio de Janeiro. Advoga-se que a abordagem do ponto de vista masculino possibilita ter acesso a outros níveis de uma teia de significados e relações que remete à lógica contraceptiva, à formação de casal, à assunção da paternidade etc. Ressalta-se o entrelaçamento entre tipo de relacionamento e de parceria, usos e desusos de métodos contraceptivos e significados da paternidade para os jovens das camadas populares. Salienta-se que a assunção da paternidade ajuda o jovem na consolidação da imagem de homem "maduro", "responsável", "adulto".

    Abstract in English:

    The study focuses on how teenage fatherhood affects the life histories of young low-income males. Field work included individual interviews of young fathers living in a shantytown in Rio de Janeiro city. The argument is that an approach from the male standpoint affords access to other levels in a web of meanings and relations that refer back to the logic of contraception, the formation of couples, and active fatherhood. The argument also highlights the links between type of relationship and partnership, use and non-use of contraceptive methods, and the meanings of fatherhood for young low-income males. It highlights that entering actively into fatherhood helps boys consolidate their image as "mature", "responsible", "adult" men.
  • Evaluation of procedures for identifying maternal deaths Artigos

    Valongueiro, Sandra; Ludermir, Ana Bernarda; Gominho, Lílian Albuquerque Ferraz

    Abstract in Portuguese:

    Os principais problemas identificados no sistema de vigilância do óbito materno em Pernambuco, Brasil, foram a baixa cobertura e qualidade das informações e a inadequação do instrumento de notificação. Com base nesta crítica, decidiu-se elaborar uma nova ficha de notificação chamada Ficha Confidencial de Notificação de Mortes de Mulheres em Idade Fértil, e em seguida avaliar os procedimentos disponíveis para identificar óbitos maternos entre os óbitos femininos. O método RAMOS, usando a nova ficha de notificação, foi conduzido em Camaragibe, município da Região Metropolitana do Recife, a partir dos óbitos femininos registrados em 2000. Os resultados mostraram que este método foi capaz de obter mais informações sobre variáveis sócio-demográficas e sobre variáveis diretamente relacionadas com o óbito feminino do que a investigação de rotina conduzida pelo município, e do que a declaração de óbito. Estes achados reforçam a necessidade de se implementar a vigilância do óbito materno na região metropolitana, tendo-se como referência o método RAMOS e a nova ficha de notificação.

    Abstract in English:

    The main problems identified during maternal mortality surveillance in Pernambuco State, Brazil, were low coverage and poor quality of data, as well as the inadequacy of data-collection instruments. Based on these findings, a new instrument called the Confidential Form for Reporting Deaths of Reproductive-Age Women was developed, and later an evaluation was conducted on the available procedures for distinguishing maternal deaths among female deaths. The RAMOS method, using the new questionnaire, was applied in Camaragibe (a city in Greater Metropolitan Recife) based on the female deaths recorded in 2000. According to the results, this method, using the new form, showed improved recording of socio-demographic and female mortality variables as compared to both the maternal mortality surveillance conducted by the Municipal Epidemiological Department and the death certificate system. This finding reinforces the need to improve maternal mortality surveillance in the study area, taking into account the RAMOS method and the new instrument.
  • Cervical cancer screening in the Municipality of São Paulo: coverage and factors involved in submitting to the Pap test Artigos

    Pinho, Adriana de Araujo; França Junior, Ivan; Schraiber, Lilia Blima; D'Oliveira, Ana Flávia P. L.

    Abstract in Portuguese:

    Investigou-se a prevalência da realização do teste de Papanicolaou alguma vez na vida e nos últimos três anos entre mulheres de 15 a 49 anos, o recebimento do resultado do último teste realizado e os motivos relatados para a realização ou não do exame. Um inquérito domiciliar foi realizado no Município de São Paulo em 2000, com uma amostra representativa de 1.172 mulheres selecionadas aleatoriamente em seus domicílios. Das mulheres que já tinham iniciado a vida sexual (n = 1.050), 86,1% (932) realizaram o teste alguma vez na vida e 77,3 % (839) nos últimos três anos. Das que já realizaram o teste, 806 (87,0%) receberam o resultado do último exame. Os principais motivos para a realização do último teste foram: demanda espontânea (55,5%), recomendação médica (25%) e presença de queixas ginecológicas (18,2%). As principais razões para a não realização do exame foram: ausência de problemas ginecológicos, vergonha ou medo e dificuldades de acesso. A despeito do relativo aumento na cobertura do teste de Papanicolaou e de mais da metade das mulheres demandarem espontaneamente pelo exame, sua realização foi menor entre aquelas com as piores condições sócio-econômicas e, portanto, de maior risco para o câncer cervical.

    Abstract in English:

    This study estimated Pap smear coverage (at least one test in the lifetime and one in the last three years) among women aged 15 to 49 years old. The study also discusses whether the women received the results of their last test, as well as self-reported reasons for and against submitting to the test. A population-based survey was conducted in the city of São Paulo in 2000 with a randomly selected representative sample of 1,172 women. Among the women who were already sexually active (n = 1,050), 86.1% reported having had at least one Pap smear during their lifetime, and 77.3% had undergone the test in the previous 3 years. Among those who reported having had at least one Pap smear, 87.0% had received the result of the last test. The main reasons reported for having had the last test were: spontaneous demand (55.5%), medical referral (25%), and gynecological complaints (18.2%). The main reasons for never having had a Pap test were: no gynecological problems, embarrassment or fear, and difficulties in accessing health services. Despite high coverage of the Pap test and the fact that the majority of the women had self-reported a spontaneous demand, use of the Pap test was less prevalent among women with the lowest socioeconomic level (and consequently at greater risk of cervical cancer).
  • Reproductive demands and health care for people living with HIV/AIDS: limits and possibilities within the context of specialized health services Artigos

    Oliveira, Luzia Aparecida; França Junior, Ivan

    Abstract in Portuguese:

    Objetivando compreender o modo como foram tratadas, em serviços de saúde especializados, as demandas reprodutivas das pessoas vivendo com HIV/AIDS, desenvolveu-se estudo de natureza qualitativa, utilizando-se como referencial teórico o conceito de Necessidades em Saúde e como estratégia metodológica a Observação Participante. O estudo indicou que os trabalhadores compreenderam as demandas reprodutivas como das mulheres, ligadas ao controle da transmissão vertical do HIV. As demandas reprodutivas não foram tomadas como objeto do trabalho coletivo. Foram evidenciadas diferentes racionalidades técnicas, éticas e morais. No pólo dos trabalhadores predominou a lógica do controle da epidemia, e no pólo dos usuários predominou as escolhas ligadas ao modo de vida, consubstanciadas no "aparecimento da gravidez". O reconhecimento da autonomia, quanto às decisões reprodutivas das pessoas vivendo com HIV/ AIDS, parece necessário para a formulação de estratégias assistenciais que respeitem os Direitos Humanos e minimizem os riscos de infecção pelo HIV.

    Abstract in English:

    This qualitative study discusses how professionals in specialized health care services in the city of São Paulo have responded to the reproductive demands of people living with HIV/AIDS. Participant observation was the main methodological strategy; the concept of health demands was an important theoretical reference in the analysis. According to the health professionals, reproductive health demands were raised exclusively by women and related to mother-to-child HIV transmission. Reproductive issues were not recognized as patients’ needs, nor were they included among the objectives of collective staff work. Distinct technical, ethical, and moral rationalities were observed. Among health professionals, to control the epidemic was the prevailing logic, while among patients, exercising lifestyle choice was the key issue, materialized in the "unexpected advent of pregnancy". In order to formulate health care strategies that respect human rights and reduce the risks of HIV transmission, it is necessary to recognize the autonomy of people living with HIV/AIDS in relation to reproductive decisions.
  • Gender and leisure-time physical activity Artigos

    Salles-Costa, Rosana; Heilborn, Maria Luiza; Werneck, Guilherme Loureiro; Faerstein, Eduardo; Lopes, Claudia S.

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo avalia a relação entre gênero e construção social do corpo, tendo como objeto de estudo a prática de atividades físicas realizadas no tempo destinado ao lazer. O Estudo Pró-Saúde é um estudo prospectivo composto por 4.030 funcionários de uma universidade localizada no Rio de Janeiro, no qual analisamos as respostas sobre atividade física de lazer (AFL) de 3.740 participantes. Os resultados encontrados demonstram um domínio masculino na prática de AFL. A idade, a escolaridade e a renda familiar per capita estiveram diretamente associadas à prática de exercícios entre as mulheres e, entre os homens, a renda familiar per capita. Os homens se engajaram mais em atividades físicas coletivas e de caráter competitivo e as mulheres em atividades individuais, que requerem do corpo menos força física. Os resultados encontrados sugerem que as atividades físicas praticadas no tempo destinado ao lazer representam um domínio da vida cotidiana organizado segundo determinadas convenções, entre elas as concepções acerca do ideal de corpo segundo o gênero, onde homens e mulheres apresentam comportamentos distintos no que se refere à prática de exercícios físicos.

    Abstract in English:

    This article discusses the relationship between gender and the social construction of the body, specifically focusing on physical exercise during leisure time. The Pró-Saúde Project is a prospective study consisting of 4,030 employees of a university in Rio de Janeiro, in which we analyzed the answers on leisure-time physical activity (LTPA) by 3,740 participants. The results show a prevalence of males in LTPA. Age, schooling, and per capita family income were directly associated with exercise among women, as compared to per capita family among men. Men were more frequently involved in group sports and physical activities that required more strength than women, including football, tennis, volleyball, martial arts, jogging, and weight lifting. Women performed more individual physical activities and those demanding less strength, like walking, dance, gymnastics, and hydrogym. The results suggest that LTPA is a domain of daily life that is organized according to certain conventions, amongst which gender-related conceptions concerning the ideal body, where men and women display distinct behaviors in relation to physical exercise.
  • "Be someone in life": a socio-anthropological analysis of adolescent pregnancy and motherhood in Belém, Pará State, Brazil Artigos

    Pantoja, Ana Lídia Nauar

    Abstract in Portuguese:

    Tendo como universo de análise um grupo de jovens de camadas populares de Belém do Pará, este estudo traz para debate a questão da gravidez/maternidade na adolescência com base em uma perspectiva sócio-antropológica. Objetivando uma compreensão dos significados culturais do evento nesse contexto, o estudo aponta que o mesmo não implica, para as meninas, a ruptura ou abandono de projetos de vida. Ao contrário, a gravidez/maternidade é valorizada por traduzir tanto mudanças de status social para as mesmas, quanto a afirmação de projetos de mobilidade social no futuro, justificando assim, a continuidade dos estudos diante das dificuldades que a situação impõe.

    Abstract in English:

    Focused on a group of low-income youth in Belém, Pará State, Brazil, this study discusses the issue of adolescent pregnancy and motherhood from a socio-anthropological perspective. Aimed at an understanding of the cultural meanings of this event in this context, the study suggests that for adolescent girls, it does not mean a break with life projects. On the contrary, pregnancy and motherhood are valued to the extent that they produce changes in social status for the girls, in terms of affirmation of projects for social mobility in the future, thus justifying the continuity of studies in the face of difficulties imposed by the situation.
  • "Sex-daring games": sexuality and gender socialization in the working-class children's universe Artigos

    Ribeiro, Jucélia Santos Bispo

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo focaliza o processo de socialização infanto-juvenil no que diz respeito ao gênero e sexualidade, a partir de uma perspectiva sócio-antropológica. O trabalho baseia-se em pesquisa de cunho etnográfico, que teve como alvo grupos de crianças de ambos os sexos, dos 5 aos 14 anos de idade, pertencentes a famílias das camadas populares de uma comunidade na Baía de Todos os Santos, Bahia, Brasil. O estudo mostrou que, apesar da forte influência da família e da escola na socialização primária, as crianças reproduzem e reelaboram representações sobre gênero e conduta sexual adequada, sobretudo com seus pares, principalmente no contexto de diferentes brincadeiras infantis. A pesquisa analisa as representações e as práticas dos grupos observados nesse processo socializador, revelando como gênero e sexualidade são construídos socialmente, dependendo dos contextos em que se dão as diferentes interações sociais.

    Abstract in English:

    This article focuses on the socialization of children and youth with respect to gender and sexuality, from a socio-anthropological perspective. The work is based on ethnographic research in a group of 5-14-year-old boys and girls in a community in Baia de Todos os Santos, Bahia, Brazil. Despite the strong influence of family and school in primary socialization, the children reproduced and re-elaborated norms and practices on appropriate gender and sexual conduct, especially among their peers, and primarily in the context of play. The research analyzes the children’s representations and practices in this socializing process, showing how gender and sexuality are socially constructed according to the contexts in which the different social interactions take place.
  • Breastfeeding experiences in a group of women: the limits of "the body for the child" and "the body for oneself" Artigos

    Nakano, Ana Márcia Spanó

    Abstract in Portuguese:

    Neste estudo buscamos compreender o significado atribuído, por um grupo de mulheres da cidade de Ribeirão Preto, São Paulo, sobre as vivências da amamentação no que se refere às sensações e manifestações em seus corpos, bem como as percebidas nos corpos de seus filhos. Compreendemos esse fenômeno integrado a sistemas de valores da maternidade e do corpo. Constitui-se de uma pesquisa qualitativa. Participaram vinte primíparas com parto há menos de trinta dias, que procuraram as unidades básicas de saúde por razão adversa à amamentação. A análise das entrevistas e observações baseou-se na técnica de análise de conteúdo, modalidade temática. Para essas mulheres, amamentar é ser uma boa mãe e dar o melhor para o filho. Na prática da amamentação, entre limites e possibilidades, dimensionam o que consideram "problema", baseando-se nas manifestações percebidas em seus corpos e, prioritariamente, nos corpos de seus filhos. Suas preocupações estão fundadas nos prejuízos e perigos a que expõem o filho. Tais vivências se processam nos limites de ser: o corpo para o filho e o corpo para si, o que confere um vivido conflito entre maternidade e individualidade.

    Abstract in English:

    This study aims to understand the meanings ascribed by a group of women from Ribeirão Preto, São Paulo State, to their experiences with breastfeeding in relation to the sensations and manifestations in their own bodies as well as those they perceive in their children. The phenomenon was viewed as integrated with value systems related to motherhood and the body. The research methodology was qualitative. Participants included twenty primiparous women who had given birth less than 30 days previously who came to primary health care clinics due to various complaints. The analysis of interviews and observations was based on the thematic modality of content analysis. For these women, breastfeeding means to be a good mother and to give the best of oneself to the child. In breastfeeding practice, among limits and possibilities, they measure what they consider a "problem" based on the perceived manifestations in their own bodies and especially in those of their children. Their concerns are based on harm and danger to which they expose the child. Such experiences play out at the limits of being: the body for the child and the body for oneself, thereby establishing a sharp conflict between motherhood and individuality.
  • Female sterilization, AIDS, and medical culture in São Paulo and Porto Alegre, Brazil Artigos

    Barbosa, Regina Maria; Knauth, Daniela Riva

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo busca identificar os fatores que interferem nas escolhas reprodutivas de gestantes HIV positivo focalizando, em particular, o papel desempenhado pelos serviços de saúde e pela cultura médica nessas escolhas. O desejo e a realização de laqueadura tubária pós-parto constituem os eventos reprodutivos tomados como questões de análise. Os dados apresentados resultam de uma pesquisa desenvolvida em serviços de pré-natal nas cidades de São Paulo e Porto Alegre, que utilizou um desenho que combinou duas estratégias metodológicas: quantitativa, a partir de dados coletados em 427 prontuários clínicos, e qualitativa, por meio da observação etnográfica e realização de sessenta entrevistas em profundidade. A grande maioria de mulheres nas duas cidades manifestou o desejo de realizar a esterilização depois do parto. Entretanto, uma proporção muito maior de mulheres em São Paulo atingiu sua meta comparada a uma pequena proporção em Porto Alegre. A cultura médica local com relação à laqueadura, aliada à organização da prática de assistência ao pré-natal e parto, mostrou-se fator fundamental para compreender as diferenças encontrada nas duas cidades.

    Abstract in English:

    This paper explores the factors associated with reproductive choices by HIV-positive pregnant women in two settings in Brazil, and particularly how health care providers and the local medical culture can affect these choices. Requesting and submitting to postpartum sterilization provide the focus of the analysis. The data come from a study conducted in prenatal care services in two cities, São Paulo and Porto Alegre. We employed two data collection strategies: collection of information from 427 patient records for HIV-positive women who had received prenatal care, and in-depth interviews with 60 women. While most women in both cities requested tubal ligation after delivery, a much higher proportion of women in Sao Paulo were actually sterilized, as compared to a tiny proportion of women in Porto Alegre. The local medical culture regarding sterilization and organization of prenatal care emerged as important factors for understanding the differences between the two cities.
  • Adolescence and reproduction in Brazil: the heterogeneity of social profiles Artigos

    Aquino, Estela M. L.; Heilborn, Maria Luiza; Knauth, Daniela; Bozon, Michel; Almeida, Maria da Conceição; Araújo, Jenny; Menezes, Greice

    Abstract in Portuguese:

    Neste estudo, estimou-se a prevalência de gravidez na adolescência (GA), em Salvador, Rio de Janeiro e Porto Alegre, analisando-se o perfil de quem engravida e seus parceiros e os resultados da gestação. Trata-se de inquérito domiciliar, com entrevistas de uma amostra estratificada de homens e mulheres entre 18 e 24 anos, para a avaliação retrospectiva da GA. Foram entrevistados 4.634 jovens (85,2% dos elegíveis); 21,4% dos homens e 29,5% das mulheres com 20 anos e mais referiram GA, mas poucas se deram antes dos 15 anos (0,6% e 1,6%). A gravidez entre adolescentes foi relatada por 55,1% dos homens e 27,9% das mulheres; a maioria dessas teve a GA em relacionamento estável com parceiro mais velho (79,8%). A ocorrência de GA variou inversamente com a escolaridade e a renda. A primeira GA foi levada a termo por 72,2% das mulheres e 34,5% dos homens, estes com maior percentual de relato de aborto provocado (41,3% contra 15,3% das moças). Com o nascimento de um filho antes dos 20 anos, parte das moças parou os estudos temporária (25,0%) ou definitivamente (17,3%), mas 42,1% já se encontravam fora da escola.

    Abstract in English:

    This study aims to estimate the prevalence of adolescent pregnancy (AP) in three Brazilian cities Salvador, Rio de Janeiro, and Porto Alegre and to examine the profiles of pregnant girls and their partners in relation to pregnancy outcomes. Data for a retrospective assessment of AP were collected using an interview-based household survey applied to a stratified sample of males and females aged 18-24. A total of 4,634 individuals were interviewed (85.2 % of the eligible individuals). 21.4% of males and 29.5% of females aged 20-24 reported AP, but few such pregnancies had taken place before age 15 (0.6% and 1.6%). Pregnancy between adolescent partners was reported by 55.1% of males and 27.9% of females. 79.8% of the latter became pregnant while involved in a stable relationship with an older partner. AP levels varied inversely to schooling and income levels. 72.2% of females and 34.5% of males carried their first AP to completion, and more cases of induced abortion were reported by male partners in pregnancies (41.3%) than by females (15.3%). With the birth of the first child, 25.0% of women interrupted their studies temporarily and 17.3% definitively. However, 42.1% of primiparous mothers were already outside school before pregnancy.
  • Fathers' participation in childbirth at a public hospital: institutional difficulties and motivations of couples Artigos

    Carvalho, Maria Luiza Mello de

    Abstract in Portuguese:

    A participação dos pais no nascimento, presente na humanização da assistência ao parto, afina-se com o crescente envolvimento dos homens nos cuidados com as crianças. Possibilita o suporte psicossocial à gestante, o compartilhamento da experiência pelo casal e a formação de vínculo pai-bebê. Procurando conhecer o impacto desta experiência entre os pais numa maternidade pública no Rio de Janeiro, foi desenvolvida uma pesquisa etnográfica, em duas etapas: observação-participante do trabalho de parto e do parto, e onze entrevistas com pais participantes do parto. A participação dos pais se mostrou atravessada por: dificuldades institucionais; motivações das mães e dos pais; representações sociais sobre parto e paternidade; e exclusão dos pais nos serviços de saúde reprodutiva e pediátrica. A presença dos pais não foi valorizada pela equipe nem como suporte à gestante nem como evento da paternidade. O estudo indica: a necessidade de incentivo à participação dos pais no pré-natal, parto, pós-parto e nas consultas pediátricas; a preparação das equipes para trabalho com as famílias; a ampliação da discussão social sobre paternidade e a formulação de políticas trabalhistas que garantam a presença dos pais nos serviços de saúde.

    Abstract in English:

    Participation by fathers in the process of childbirth, an aspect of the humanization of obstetric care, helps foster the fathers' involvement in raising their children. This participation provides psychosocial support for pregnant women during labor and delivery, sharing of the experience by the couple, and father-child bonding. The focus of this ethnographic research was the impact of this process on fathers participating in childbirth at a State hospital in Rio de Janeiro, with two stages: participant observation of labor and delivery and eleven interviews with fathers who had been present at delivery. Fathers' participation was influenced by: the motivation of mothers and fathers; social representations of delivery and fatherhood; and exclusion of fathers from reproductive health and pediatrics services. The father's participation was not valued by the attending staff as either a source of emotional support for the mother or as part of fatherhood. The following are necessary: inclusion of fathers in prenatal care, delivery, and pediatrics services; the training of staff to work with the families; social discussion of fatherhood and health services policies to ensure the presence of fathers during labor and childbirth.
  • Health professionals and legal abortion in Brazil: challenges, conflicts, and meanings Artigos

    Soares, Gilberta Santos

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste artigo é compartilhar as representações de assistentes sociais, psicólogas, enfermeiras e médicos sobre o abortamento, com base em suas atuações nos programas de assistência às mulheres em situação de violência. O pressuposto inicial da pesquisa considerou a resistência de muitos profissionais em aderir aos programas, sobretudo, por causa da interrupção da gravidez. Tratou-se de um estudo qualitativo em que foram entrevistados 12 profissionais de saúde e dois gestores dos programas da Paraíba e do Distrito Federal. Os resultados da pesquisa revelaram que as representações dos profissionais sobre o abortamento transitaram de uma concepção mais moralista/religiosa à promoção dos direitos e da autonomia das mulheres. Foram evidentes os desafios com os quais os profissionais se depararam ao trabalhar com o tema do aborto. As experiências de atendimento às mulheres têm possibilitado mudanças de valores e a resignificação da prática dos profissionais.

    Abstract in English:

    This article discusses the roles of social workers, psychologists, nurses, and physicians concerning abortion and their participation in assisting legal abortion in Brazil for women victims of sexual violence. The working hypothesis was that many health professionals might oppose such programs on the grounds that they involve interruption of pregnancy. This qualitative study interviewed 12 health professionals and two program managers in the State of Paraíba and the Federal District (Brasilia). The health professionals' representations of abortion ranged from a moralist and religious concept to the promotion of women's rights and autonomy. The health professionals faced obvious challenges in dealing with the abortion issue. Their experience in treating women had fostered changes in values and a reinterpretation of the meaning of their own practice.
  • Risk factors for hysterectomy among Brazilian women Artigos

    Araújo, Thália V. Barreto de; Aquino, Estela M. L.

    Abstract in Portuguese:

    Realizou-se um estudo de caso-controle exploratório para investigar fatores de risco para histerectomia entre usuárias do setor público de saúde em Recife, Pernambuco, Brasil. Os 373 casos são mulheres com idade entre 30 e 54 anos, submetidas à histerectomia eletiva por condição pélvica benigna. Os controles, 742 mulheres com útero preservado, foram selecionados em centros de saúde. Os dados foram coletados em entrevistas, com um questionário estruturado e pré-testado, ou transcritos dos prontuários médicos. Com base em regressão logística múltipla não-condicional, foram identificados como fatores de risco para histerectomia: a renda familiar per capita relativamente maior, a nuliparidade e a paridade de até três filhos, a demanda por cuidados médicos por problemas menstruais, o antecedente de distúrbio menstrual ou de morbidade do colo uterino, a hospitalização por causa ginecológica e a presença de laqueadura tubária antes dos trinta anos. A história prévia de filho nascido morto e a menopausa se constituíram em fatores de proteção.

    Abstract in English:

    A case-control study was conducted to investigate risk factors for hysterectomy among women using the public health system in Northeast Brazil. The cases were 373 women aged 30-54 years that had undergone elective hysterectomy for benign pelvic conditions. Controls were 742 women with preserved uterus selected from public health clinics. Data were collected through a review of medical records and a personal interview using a structured, pre-tested questionnaire. Unconditional multiple logistic regression was applied in the analysis. Women at greater risk for hysterectomy were those with a higher per capita family income, zero to three children, a history of medical consultation for menstrual problems, hospitalization for gynecological problems, or tubal ligation before age 30 years. Menopause and a history of stillbirth appeared as protective factors in the statistical analysis.
  • The paradoxes of humanized childbirth care in a public maternity ward in Brazil Artigos

    Tornquist, Carmen Susana

    Abstract in Portuguese:

    A Maternidade do Hospital Universitário em Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, procura seguir as recomendações da Organização Mundial da Saúde no sentido da humanização da assistência ao parto, entre elas: o incentivo ao parto vaginal, ao aleitamento materno, ao alojamento conjunto, à presença de acompanhante e à redução do excessivo intervencionismo tecnológico no processo do parto. Neste artigo, são analisadas as diferenças relativas ao público que a ela acorre: mulheres de classes médias e de grupos populares. A análise busca observar as diferenças entre estas usuárias no que tange à escolha de acompanhante e experiências de dor e de amamentação.

    Abstract in English:

    The maternity ward of the University Hospital in Florianópolis, Santa Catarina, Brazil, attempts to follow World Health Organization guidelines for humanized childbirth care, including the encouragement of non-surgical delivery, breastfeeding, rooming-in, extended family visitation, and reduction of excessive technological intervention in the delivery process. The study focuses specifically on the choice of delivery procedure and on family presence during labor/childbirth, as well as women's experience with labor and breastfeeding.
  • Sexuality and STD/AIDS prevention: social representations by rural men in a county in the Zona da Mata region in Pernambuco, Brazil Artigos

    Alves, Maria de Fátima Paz

    Abstract in Portuguese:

    Neste trabalho analisamos as concepções de homens rurais residentes na zona da mata pernambucana sobre suas práticas sexuais e a prevenção de DST/AIDS. Ele baseia-se numa metodologia de natureza qualitativa, tendo sido entrevistados 22 homens. Os resultados indicam que a primeira relação sexual destes apresenta um caráter de aprendizado, sendo marcada, por vezes, pela violência. Que eles fazem distinção entre mulheres "de casa e da rua", reconhecem o desejo feminino e valorizam a reciprocidade nas relações sexuais, diferenciando o sexo que se faz com distintas categorias de mulheres. Sete homens relatam experiências homoeróticas na adolescência, atribuídas à imaturidade, que não afetam a identidade heterossexual. O uso do preservativo, percebido negativamente, é inconstante e irregular, concorrendo com o conhecimento da parceira. As DSTs são pouco temidas ao passo que a AIDS é associada à morte, não vendo-se os entrevistados sob risco de contraí-la. Ambigüidades presentes no discurso, aliadas a uma atuação pouco eficaz dos serviços de saúde e campanhas de prevenção, evidenciam um elevado nível de exposição ao risco de contrair DST/AIDS por parte dos entrevistados e suas/seus parceiras/os.

    Abstract in English:

    This study analyzes the concepts displayed by rural men in the Zona da Mata region in the State of Pernambuco, Brazil, concerning their sexual practices and STD/AIDS prevention. The study adopts a qualitative methodology, having interviewed 22 men According to the interviews, their first sexual intercourse is characterized as a learning experience and is sometimes marked by violence. They make a distinction between the "woman at home" and "street women"; they acknowledge women's sexual desire and value reciprocity in sexual relations, differentiating between the kinds of sex they have with different categories of women. Seven men report homoerotic experiences during adolescence, which they ascribe to immaturity, not affecting their heterosexual identity. Condom use, perceived in a negative light, is inconstant and irregular, inversely proportional to knowing the female partner. STDs in general inspire little fear, while AIDS is associated with death; the interviewees do not see themselves at risk of acquiring HIV. Ambiguities in the men's discourse, together with a basically ineffective approach by health services and preventive campaigns, reveal a high level of exposure to the risk of contracting STDs/AIDS among the interviewees and their female or male partners.
  • Reproductive rights of women and men in light of new legislation on voluntary sterilization in Brazil Artigos

    Berquó, Elza; Cavenaghi, Suzana

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste trabalho é analisar os impactos e as possíveis mudanças que a implementação da nova legislação sobre planejamento familiar teve nas práticas reprodutivas, especialmente na esterilização voluntária, e observar se os diretos reprodutivos de mulheres e homens têm sido satisfeitos. A abordagem metodológica é baseada em uma pesquisa follow-up, aplicada a uma amostra de 159 indivíduos durante seis meses e em seis diferentes capitais de estado. Além de verificar se os critérios estabelecidos na lei estavam sendo seguidos pelo setor público de saúde, nós analisamos o tempo de espera entre a solicitação pela esterilização e a realização da cirurgia, utilizando análise de sobrevivência. Adicionalmente, foram realizadas entrevistas com profissionais de saúde, as quais são muito elucidativas dos procedimentos adotados na prática da esterilização. Os resultados mostram que, por diferentes motivos, a lei mudou pouco a prática usual da esterilização e ainda não satisfaz os direitos reprodutivos de mulheres e homens no Brasil.

    Abstract in English:

    This paper aims to analyze the impacts and possible changes that the implementation of a new Brazilian family planning law has on reproductive practices, especially voluntary sterilization, and to determine whether men's and women's reproductive rights are being respected. The methodological approach is based on a six-month follow-up survey taken monthly, applied to a sample of 159 individuals in six contextually different State capitals. Besides verifying whether the health sector is complying with the criteria set by the law, we analyze the waiting time between the request for sterilization and the surgery itself, utilizing survival analysis. We also conduct interviews with health professionals, shedding light on the procedures adopted in the practice of sterilization. For various reasons, the law has produced little change in the usual practice of sterilization, besides failing to satisfy individual reproductive rights.
  • Sexual culture, science, and politics: an interview with Richard Parker Entrevista

    Barbosa, Regina Maria; Aquino, Estela Maria Leão de
  • Sexual and reproductive rights: challenges for health policies Opinião

    Ávila, Maria Betânia

    Abstract in Portuguese:

    São desenvolvidas algumas considerações sobre direitos reprodutivos e direitos sexuais, no sentido de colocar um posicionamento sobre eles na perspectiva transformadora das relações sociais, da luta contra os preconceitos, da garantia do bem-estar e finalmente, da relação entre sexualidade, reprodução e cidadania. Em um segundo momento são feitas algumas reflexões sobre os desafios para uma política de saúde nestes campos, onde são enfatizadas questões como: garantia de recursos, qualidade e quantidade de serviços de saúde que respondam às demandas da população e mudanças culturais que produzam uma nova visão sobre a relação entre profissionais de saúde e usuárias/as, baseadas nos princípios da cidadania: reconhecimento do outro como sujeito dotado de liberdade e igualdade.

    Abstract in English:

    This article discusses sexual and reproductive rights in the sense of a stance that assumes a perspective of transformations in social relations, the struggle against prejudices, the guarantee of well-being, and finally the relationship between sexuality, reproduction, and citizenship. The article then proceeds to reflect on health policy challenges in these fields, emphasizing such issues as: guaranteed resources, quality and quantity of health services in response to demands by the population, and cultural changes that produce a new view of the relationship between health professionals and health system clients, based on the principles of citizenship: recognition others as entitled to freedom and equality.
Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br