• High prevalence of hepatitis C in the district of Botafogo, municipality of Bebedouro, São Paulo State, Brazil, 2007 Nota

    Ferrão, Sabrina de Brito Ramalho Luz; Figueiredo, José Fernando de Castro; Yoshida, Clara Fumiko Tachibana; Passos, Afonso Dinis Costa

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste artigo foi estimar a prevalência de hepatite C nos moradores de Botafogo, distrito de Bebedouro, São Paulo, Brasil, e estudar possíveis fatores associados. Em cada domicílio foi sorteado um indivíduo com idade mínima de 18 anos, submetido a um questionário que levantava variáveis sócio-demográficas e fatores associados à infecção por hepatite C. Ao mesmo tempo, foi coletada uma amostra de sangue para realização de exames imunoenzimáticos. As amostras positivas ao anti-HCV foram submetidas à detecção do RNA viral. A prevalência de hepatite C encontrada foi 8,8% (IC95%: 5,8-11,7) e as variáveis preditoras independentes para o risco de infecção foram: sexo masculino, tempo de residência no local superior a trinta anos e uso de medicações parenterais com material não descartável, esterilizado com técnica de fervura. A prevalência elevada de infecção pela hepatite C nessa população relativamente isolada, de características rurais, parece ser resultado de exposições pregressas a injeções com material não adequadamente esterilizado, com algumas evidências apontando para a possibilidade de envolvimento de um antigo farmacêutico prático, que centralizava a aplicação desses produtos e era possivelmente um portador crônico da infecção.

    Abstract in English:

    This article aimed to estimate the prevalence of hepatitis C in Botafogo, a district of Bebedouro, São Paulo State, Brazil, and investigate possible risk factors. One individual over 18 years of age was selected from each household to answer a questionnaire on socio-demographic variables and factors associated with hepatitis C. Blood samples were also drawn for immunoenzymatic tests. Positive HCV-antibody samples were submitted to viral RNA detection. HCV prevalence was 8.8% (95%CI: 5.8-11.7), and independent variables associated with risk of infection were: male gender, time of local residence > 30 years, and history of injected medication using non-disposable material, sterilized by boiling. The high prevalence of hepatitis C infection in this relatively isolated rural population appears to result from previous exposure to injections with inadequately sterilized material, with some evidence suggesting a specific elderly pharmacy employee who customarily applied such injections and may have been a chronic HCV carrier.
Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@ensp.fiocruz.br