Physis: Revista de Saúde Coletiva, Volume: 29, Issue: 4, Published: 2019
  • Family Health Support Center and the challenges for mental health in primary health care Temas Livres

    ALVAREZ, ARIADNA PATRICIA ESTEVEZ; VIEIRA, ÁGATA CARLA DE DEUS; ALMEIDA, FAYLLANE ARAUJO

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este estudo teve como objetivo analisar artigos científicos publicados na área da saúde, investigando os principais desafios para o trabalho dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASFs), considerando a relação saúde mental-atenção básica. Como método, realizou-se revisão sistemática nas bases de dados entre os anos de 2013 e 2018 das pesquisas com campo empírico que se dedicaram a estudar a atuação dos NASFs no eixo de saúde mental na Região Sudeste do Brasil. Foram encontrados 21 artigos, dos quais três foram escolhidos a partir dos critérios de inclusão para análise e discussão de resultados. Conclui-se que entre os principais desafios do NASF na relação saúde mental-atenção básica, há: 1) predominância de um modelo biomédico em detrimento de um modo de trabalhar pautado no coletivo; 2) dificuldade em compreender e realizar o apoio matricial; e 3) isolamento e baixo grau de comunicação entre equipes, o que cria barreiras para o exercício da interdisciplinaridade.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This study aimed to analyze scientific articles published in the health area, investigating the main challenges for the work of the Family Health Support Centers (NASFs), considering the relation between mental health and primary health care. As a method, we did a systematic review in the databases between the years of 2013 and 2018 of empirical researches dedicated to study the performance of NASFs in the mental health axis in the Southeastern Region of Brazil. As a result, we found 21 articles, and three met the inclusion criteria for analysis and discussion of results. We concluded that among the main challenges of the NASF in mental health-primary health care there are: 1) Predominance of biomedical model in detriment of a way of working based on the collective; 2) Difficulty in understanding and performing matrix support; and 3) Isolation and low degree of communication between teams which creates barriers to the exercise of interdisciplinarity.
  • The intersubjective dimension of caring for babies with complex chronic conditions Temas Livres

    AZEVEDO, CREUZA DA SILVA; PFEIL, NATÁLIA VODOPIVES

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Apesar de todos os avanços da medicina moderna, muitas são as doenças e condições crônicas de saúde que não se consegue curar. As situações crônicas de saúde progressivas e limitadoras do tempo de vida são mais comuns no adulto e no idoso, mas podem ocorrer em todas as idades. Os bebês com condições crônicas complexas (CCC) apresentam fragilidades clínicas, altas taxas de morbidade e mortalidade e, portanto, necessidades que demandam transformações dos sentidos sobre o cuidado em saúde. O objetivo do artigo é explorar os desafios advindos do cuidado de bebês cronicamente adoecidos e submetidos à dependência tecnológica na perspectiva dos profissionais de saúde (médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem), vistos como sujeitos capazes de elaboração psíquica e transformação de suas práticas profissionais. Abordou-se a experiência de profissionais de saúde a partir de estudo qualitativo em um hospital de referência no Rio de Janeiro no ano de 2015, a partir de entrevistas com 15 profissionais de saúde e observação participante. A análise do material empírico, dialogada entre a abordagem clínica psicossociológica francesa e as contribuições da psicanálise, reconheceu e valorizou os desafios da prática de cuidado e as repercussões psíquicas nos profissionais de saúde. Buscou-se compreender em profundidade a realidade estudada e a singularidade da experiência cotidiana, sendo central a valorização da elaboração psíquica e da produção de sentidos dos sujeitos.

    Abstract in English:

    Abstract Despite all the advances in modern medicine, many diseases and chronic health conditions cannot be cured. Chronic progressive and life-limiting health situations are more common in adults and the elderly, but may occur at all ages. Infants with complex chronic conditions (CCC) have clinical weaknesses, high morbidity and mortality rates and, therefore, demand sensory transformations about health care. This paper aimed to explore the challenges arising from the care of chronically ill babies and those who are subject to technological dependence from the perspective of health professionals (doctors, nurses and nursing technicians), seen as subjects capable of psychic elaboration and transformation of their professional practices. The experience of health professionals was approached from a qualitative study in a referral hospital in Rio de Janeiro in 2015, from interviews with 15 health professionals and participant observation. The analysis of the empirical material, dialogued between the French psycho-sociological clinical approach and the contributions of psychoanalysis, recognized and valued the challenges of care practice and the psychic repercussions on health professionals. We sought an in-depth understanding of the reality studied and the uniqueness of everyday experience, which was central to the appreciation of the psychic elaboration and the production of meanings of the subjects.
  • The meeting between the Family Health Support Center and the Family Health teams: the production of a caring collective Temas Livres

    OLIVEIRA, KÁTIA SANTOS DE; BADUY, ROSSANA STAEVIE; MELCHIOR, REGINA

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) foi criado com a finalidade de reorganizar a assistência à saúde e auxiliar na qualificação do SUS. A organização do processo de trabalho do NASF depende da existência de espaços coletivos, de momentos de encontros em que trabalhadores possam estar juntos para implementação de ações mais qualificadas, aumentando a capacidade resolutiva das equipes. Este artigo tem como objetivo analisar os processos vivenciados pela equipe NASF para produção de momentos de encontro como meio de produzir apoio às equipes de saúde da família. Pesquisa de abordagem do tipo qualitativa, que utilizou no trabalho de campo observação e grupo focal. Como resultados, são apresentados os processos vividos pela equipe NASF para a produção de coletivo, descrevendo como foi construído o espaço da reunião de matriciamento e os processos vividos que contribuíram para isso, como momentos informais de encontros, como o do cafezinho. A equipe NASF buscava alternativas de integração, no entanto, sua prática era capturada pelo processo de trabalho operante e pelo modelo hegemônico. A aposta em encontros intercessores, onde saberes, tanto técnicos como os da vida, sejam compartilhados é um caminho a ser trilhado na produção de um coletivo.

    Abstract in English:

    Abstract The Family Health Support Center (NASF) was created with the purpose of reorganizing health care and assisting in the qualification of SUS. The organization of the work process of the NASF depends on the existence of collective spaces, moments of meetings in which workers can be together to implement more qualified actions, increasing the resolving capacity of the teams. This article aims to analyze the processes experienced by the NASF team to produce moments of encounter as a means of producing support for family health teams. It is a research of qualitative approach type, which used work observation and focal group in the field. As results are presented the processes experienced by the NASF team for the collective production, describing how the space of the matrix meeting was constructed and the contributing processes, as informal moments of meetings, such as coffee time. The NASF team looked for integration alternatives, however their practice was captured by the operative work process and by the hegemonic model. The bet on intercessory encounters, where both technical and life skills are shared, is a way to be followed in the production of collectives.
  • Conflicts with the patient, race and conceptions held by Dental students: The case of undergraduates from Southern Brazil Temas Livres

    CANDIDO, LAISE CORDEIRO; FINKLER, MIRELLE; BASTOS, JOÃO LUIZ; FREITAS, SÉRGIO FERNANDO TORRES DE

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Os processos sócio-históricos ocorridos no Brasil resultaram em desigualdades de saúde entre diferentes grupos étnico-raciais. A fim de investigar tais desigualdades na Odontologia, este estudo buscou avaliar se concepções de seus graduandos variam em função da cor/raça de um paciente, quando confrontados com a discordância dele e a necessidade de identificar fatores responsáveis pelo insucesso do tratamento. Os dados foram coletados com um questionário autopreenchível, respondido por 166 alunos matriculados em um curso de Odontologia no Sul do Brasil. Apresentou-se um caso clínico hipotético aos estudantes em dois momentos distintos: no primeiro, o paciente foi caracterizado com a cor negra; no segundo, branca. Os casos demandavam tratamento de um problema dental idêntico, após o qual foram aplicadas perguntas abertas, cujas respostas foram examinadas por meio da Análise de Conteúdo Temática. Os resultados sugerem um comportamento menos respeitoso e menos autonomia dada ao paciente negro em relação ao branco. Os pacientes negros também foram mais responsabilizados por falhas no tratamento, quando comparados a seus pares brancos. Com base nesses resultados, sugerimos que a formação dos profissionais de saúde se concentre no tema das desigualdades raciais, para melhor equipá-los para a construção de uma sociedade menos desigual.

    Abstract in English:

    Abstract The socio-historical processes that occurred in Brazil resulted in health inequalities between different ethnic and racial groups. This study aimed to assess whether the conceptions held by Dental students vary according to the patient’s race, when a hypothetic patient disagrees with the proposed treatment, as well as when the treatment fails. Data were collected with a self-completed questionnaire, which was administered to 166 undergraduate students living in Southern Brazil. The questionnaire was presented with a hypothetical clinical scenario on two different occasions; in the first one, the patient was black and, in the second one, white. On both occasions, the case asked about treatment decisions of a similarly affected tooth, after which the respondent had to answer some open-ended items. The answers were analyzed with Thematic Content Analysis. Results suggest a less respectful behavior towards and less autonomy given to the black patient, as compared with the white one. Black patients were also more responsible for treatment failures as compared to their white peers. Based on these results, we suggest that the training of health professionals should focus on the issue of racial inequalities, to better equip them to build a less unequal society.
  • Barriers to implementing early breast and cervical cancer detection guidelines in Brazil Temas Livres

    SANTOS, RENATA OLIVEIRA MACIEL DOS; RAMOS, DANIELLE NOGUEIRA; MIGOWSKI, ARN

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Diretrizes clínicas podem melhorar a qualidade e a segurança da atenção à saúde, reduzindo ações inapropriadas, entretanto, a implementação desses documentos é influenciada por diversos fatores. O objetivo deste estudo foi identificar as barreiras na implementação das diretrizes para a detecção precoce do câncer de mama e do colo do útero no Brasil sob a perspectiva dos gestores do SUS. Trata-se de uma pesquisa transversal e exploratória com desenho quantitativo-qualitativo, com 60 gestores. As principais barreiras para o câncer de mama foram: conflitos com as sociedades de especialidades médicas (31,0%); baixa adesão dos profissionais (20,7%); desorganização dos serviços (17,2%); e para o câncer do colo do útero: pouca tradição organizacional no uso de diretrizes (25,0%); baixa adesão dos profissionais (21,4%); desorganização dos serviços de saúde (21,4%). Demais barreiras identificadas foram a precariedade do sistema de informação e alta rotatividade dos profissionais. Diferenças regionais se destacam na demanda inapropriada da população na Região Sul e na escassez de recursos financeiros na Região Norte. Os resultados reiteram pressupostos de como a comunicação ineficiente pode impactar na prática e adesão dos profissionais e usuários às recomendações e que as barreiras se relacionam a condições interdependentes e de forma sinérgica se potencializam nas dimensões práticas, sistêmicas e organizacionais.

    Abstract in English:

    Abstract Clinical guidelines can improve the quality and safety of health care by reducing inappropriate actions. However, the implementation of these documents is influenced by several factors. This study aimed to identify the barriers in the implementation of guidelines for early breast and cervical cancer detection in Brazil, as seen from the public health managers (SUS) perspective. This is a cross-sectional and exploratory research with quantitative-qualitative design, involving 60 managers. The implementation main barriers for breast cancer were: medical society conflicts (31.0%), low professionals’ adherence (20.7%); and disorganization of health services (17.2%). For the cervical cancer, these are: little organizational tradition in the use of guidelines (25.0%); low professionals’ adherence (21.4%); and disorganization of health services (21.4%). Other identified barriers were the precariousness of the information health system and high turnover of professionals. Regional differences stood out in the inappropriate demand of the population in the South Region and lack of financial resources in the North Region. The results reinforce the fact that inefficient communication does affect the medical practice. Moreover, the adherence of both professionals and users to recommendations are related to interdependent and synergistic conditions that become more relevant at the practical, systemic, and organizational dimensions.
  • The 8th Brazilian Congress of Social and Human Sciences in Health: continuity, convergence and coherence Editorial

    SILVA, MARTINHO
  • The profile of the child population with suspected diagnosis of autism spectrum disorder attended by a Specialized Rehabilitation Center in a southern Brazilian city Temas Livres

    ROCHA, CARLA CECÍLIA; SOUZA, SARA MARIANE VELASQUES DE; COSTA, ANDRÉ FELIPE; PORTES, JOÃO RODRIGO MACIEL

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O Centro Especializado em Reabilitação (CER-II) é um serviço do SUS que trabalha interdisciplinarmente na avaliação e reabilitação de pessoas com deficiência, incluindo a população com autismo. O objetivo desta pesquisa foi caracterizar o perfil da população infantil com suspeita de transtorno do espectro autista atendida por um CER-II do Sul do Brasil, levantar fontes, motivos de encaminhamentos, características sociodemográficas, instrumentos psicométricos utilizados nas avaliações e os níveis de diagnóstico recebido. Neste estudo documental retrospectivo, descritivo e exploratório-quantitativo, foram analisados 685 prontuários de usuários com idade de zero a 12 anos, que fizeram avaliação entre 2014 até dezembro de 2017. Os resultados mostraram que a média de idade da amostra é de 5,47 anos, sendo 83,8% do sexo masculino, 42% encontram-se na educação infantil e 59,7% fazem parte de uma família nuclear. Os sinais que mais motivaram encaminhamentos foram os déficits de linguagem (58,8%) e comportamentos externalizantes (56,9%); 30,1% da amostra obtiveram diagnóstico de TEA confirmado e o instrumento mais utilizado foi o ABC (70,5%). Observa-se a efetividade da aplicação do serviço proposto por essa política pública, destacando-se a necessidade de instrumentos qualificados para avaliação do diagnóstico e capacitação continuada para profissionais que nela atuam.

    Abstract in English:

    Abstract The CER-II Specialized Rehabilitation Center is a SUS service that works interdisciplinarly in the assessment and rehabilitation of people with disabilities, including the population with autism. This research aimed to characterize the profile of children with suspected autistic spectrum disorder treated by a CER-II from southern Brazil, to survey sources, referral reasons, socio-demographic characteristics, psychometric instruments used in the assessments and the levels of diagnosis received. This retrospective, descriptive and exploratory-quantitative documentary study assessed 685 medical records of users aged 0 to 12 years old who were evaluated between 2014 and December 2017. The results showed that the average age of the sample is 5.47 years; 83.8% are male, 42% are in kindergarten and 59.7% are part of a nuclear family. The signs that most motivated referrals were language deficits (58.8%) and externalizing behaviors (56.9%); 30.1% of the sample had a confirmed ASD diagnosis and the most used instrument was the ABC (70.5%). It is observed the effectiveness of the application of the service proposed by this public policy, highlighting the need for qualified instruments for diagnostic evaluation and continuing training for professionals who work in it.
  • Possibilities of addressing suicide in the Family Health Strategy Temas Livres

    FERREIRA, GEOVANA DA SILVA; FAJARDO, ANANYR PORTO; MELLO, ELIANA DABLE DE

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O artigo apresenta um estudo que teve como objetivo geral conhecer como os profissionais de uma unidade de Estratégia Saúde da Família (ESF) lidam com as demandas relacionadas ao tema do suicídio. Trata-se de uma pesquisa qualitativa com abordagem interpretativa, mediante grupo focal narrativo, realizado com profissionais de uma unidade de ESF, no município de Porto Alegre/RS. Foram identificadas as dificuldades que ocorrem no trabalho com o tema do suicídio, e os efeitos psíquicos que elas provocam nos trabalhadores. As dificuldades em relação ao trabalho incluem: as vulnerabilidades sociais do território, o tabu do suicídio, as dificuldades de manejo dessas demandas pelos profissionais e a insuficiência da rede de serviços. Os efeitos psíquicos identificados nos trabalhadores foram: sentimento de impotência, culpa e frustração, bem como estresse e sensação de sobrecarga de trabalho. As principais conclusões incluem a potencialidade do trabalho em ESF para a prevenção do suicídio, a necessidade de fortalecimento da rede de serviços e a importância da qualificação e do apoio permanentes aos profissionais, buscando ofertar os recursos necessários ao enfrentamento das dificuldades relacionadas ao trabalho com essa temática.

    Abstract in English:

    Abstract The paper introduces a study aimed at knowing how health providers from a Family Health Strategy (FHS) service address suicide-related demands. This qualitative research with an interpretative approach was developed through a narrative focus group with health workers of a service located in Porto Alegre, Brazil. The staff’s difficulties when working with the suicide topic and the resulting emotional effects were identified. Social vulnerabilities of the territory, suicide as a taboo, the workers’ management of suicide-related demands, and the health network inadequacy hamper the work. Feelings of helplessness, guilt and frustration, as well as work-associated stress and overload, were emotional effects identified in the staff. It was concluded that the FHS work has potential for suicide prevention, being critical to strengthen the services network and provide continuing qualification and support to the professionals, aiming to offer the necessary resources to face the difficulties related to working with this topic.
  • Visible and invisible walls: reflections on the itinerary of drug users in Brazil Temas Livres

    OLIVEIRA, LANNUZYA VERÍSSIMO E; COELHO, ARDIGLEUSA ALVES; SALVADOR, PÉTALA TUANI CÂNDIDO DE OLIVEIRA; FREITAS, CLAÚDIA HELENA SOARES DE MORAIS

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Trata-se de um ensaio teórico que objetiva contribuir com o debate sobre o cuidado destinado aos usuários de drogas no Brasil. Assim, problematiza a abordagem proibicionista e segregatória historicamente ofertada a essa população e propõe discussão sobre o uso de drogas na perspectiva da saúde e das ciências sociais/jurídicas. Além disso, analisa o itinerário dos usuários de drogas, os quais acabam por ocupar “permanentemente” e de forma cíclica espaços públicos que corroboram o agravamento de sua trajetória de vida e adoecimento, ocasionando ônus direto sobre si e sobre sua família, potencializando a segregação social e redesenhando os manicômios, as penitenciárias e as ruas. São revisitadas algumas contribuições sociológicas e antropológicas de Erving Goffman, que oferecem chaves de interpretação para o entendimento dos estigmas que permeiam os usuários de drogas, sobretudo após a inclusão destes em instituições totais. As reflexões propostas ressaltam a necessidade de consolidar as estratégias de redução de danos como ferramenta de cuidado ético e integral a esta clientela.

    Abstract in English:

    Abstract This theoretical essay aims to contribute to the debate on care for drug users in Brazil. Thus, it problematizes the prohibitionist and segregating approach historically offered to this population and proposes discussion on drug use from the perspective of health and the social / legal sciences. In addition, it analyzes the itinerary of drug users, who end up occupying “permanently” and cyclically public spaces that corroborate the worsening of their life and illness trajectory, causing a direct burden on themselves and their families, enhancing segregation and redesigning asylums, prisons and streets. Some sociological and anthropological contributions by Erving Goffman are revisited, which offer interpretation keys for understanding the stigmas that permeate drug users, especially after their inclusion in total institutions. The proposed reflections underscore the need to consolidate harm reduction strategies as an integral and ethical care tool for this clientele.
  • Los mil mundos de la Genética: entrevista al Dr. Víctor Penchaszadeh

    CUENYA, ANA MINES
  • O espaço e o tempo da desinstitucionalização Resenhas

    NASCIMENTO, MILENE SANTIAGO
  • Sexism, misogyny, and LGBTQphobia: challenges to promote inclusive work practices in Brazil Temas Livres

    CORTEZ, PEDRO AFONSO; SOUZA, MARCUS VINÍCIUS RODRIGUES DE; SALVADOR, ANA PAULA; OLIVEIRA, LUÍS FERNANDO ADAS

    Abstract in Portuguese:

    Resumo As práticas de violência permeiam diferentes contextos sociais, perpassando inclusive os espaços laborais. Nesse sentido, é fundamental promover o trabalho inclusivo, pois as práticas de dominação no trabalho relegam à marginalização diferentes atores sociais, incluindo mulheres e LGBTQs, ocasionando prejuízo à saúde psicossocial desses grupos. Com o intuito de contribuir nesse aspecto, propôs-se uma revisão crítica das produções sobre práticas de violência e dominação no contexto de trabalho voltado à população feminina e LGBTQs, a fim de identificar os desafios na proposição de trabalho inclusivo no Brasil. Foram empregados os descritores “trabalho” e “preconceito” ou “discriminação” em uma varredura da literatura entre 1995 e 2017 na base de dados Scielo, a qual permitiu a identificação de 54 estudos inclusos na presente revisão. Os resultados apontados pelos estudos revisados constataram violência com mulheres e LGBTQs nos diversos contextos laborais, praticada por chefes, colegas, clientes, entre outros sujeitos. Assim, apresenta-se como desafio para a proposição do trabalho inclusivo a implementação de intervenções educativas e assistenciais, respaldadas por legislações e políticas públicas que promovam o respeito e a equidade ao diverso como tônica nas organizações sociais e nos contextos de trabalho brasileiros.

    Abstract in English:

    Abstract Violent practices permeate different social contexts, including work spaces. In this sense, it is essential to promote inclusive work, as the practices of domination at work relegate to marginalization different social actors, including women and LGBTQs, causing harm to the psychosocial health of these groups. In order to contribute to this aspect, it was proposed a critical review of the productions on practices of violence and domination in the context of work aimed at the female population and LGBTQs, in order to identify the challenges in the proposition of inclusive work in Brazil. The descriptors “work” and “prejudice” or “discrimination” were used in a literature search between 1995 and 2017 in the Scielo database, which allowed the identification of 54 studies included in this review. The results pointed by the reviewed studies found violence with women and LGBTQs in the various work contexts, practiced by bosses, colleagues, clients, among other subjects. Thus, it is a challenge for the proposition of inclusive work to implement educational and assistance interventions, supported by laws and public policies that promote respect and equity to diversity as a keynote in Brazilian social organizations and work contexts.
  • Paths of axé in the search for care: a preliminary analysis of the crisis experience of candomblé followers in the process of deinstitutionalization in mental health Temas Livres

    PORTUGAL, CLARICE MOREIRA; NUNES, MONICA DE OLIVEIRA; COUTINHO, MARIA FERNANDA CRUZ

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O artigo objetivou abordar o acolhimento à experiência da crise em saúde mental a partir da cartoetnografia dos territórios existenciais e das práticas cotidianas de cuidado de adeptos do Candomblé em processo de desinstitucionalização em saúde mental de Salvador (BA) e adjacências. Para esses fins, nos valemos da abordagem teórico-metodológica cartoetnográfica. A pesquisa envolveu entrevistas não estruturadas conjugadas à observação participante nos moldes etnográficos nos espaços da vida cotidiana dos participantes. A análise de dados baseou-se em categorias éticas voltadas para o processo de desinstitucionalização e em uma segunda leitura amparada no que propusemos como “matriz cartoetnográfica de linhas de pensamento”. Verificamos que a experiência de crise se mostra bastante presente nas trajetórias dos interlocutores, cujas marcas são a interrupção do cotidiano, sua valoração moral e a convocação (por vezes tácita) da rede de apoio. Do ponto de vista narrativo, os atendimentos em pronto atendimentos e/ou emergências psiquiátricas são simbolicamente esvaziados e mesmo foracluídos, enquanto o acolhimento nos terreiros é simbolicamente rico e abre margem para outras interpretações e (re)criações da existência; isso aponta para sua importância enquanto instituições que podem contribuir para a desinstitucionalização em saúde mental daqueles que a elas recorrem.

    Abstract in English:

    Abstract This paper aimed to address the experience of the crisis in mental health from the cartoethnography of the existential territories and daily practices of care for candomblé followers in the process of deinstitutionalization in mental health in Salvador, Brazil, and adjacent areas. For these purposes, the cartoetnographic theoretical-methodological approach was used. The research involved unstructured interviews coupled with participant observation in the ethnographic molds in the participants' daily living spaces. Data analysis was based on ethical categories focused on the process of deinstitutionalization and on a second reading supported by what we proposed as the "cartoethnographic matrix of lines of thought". We find that the experience of crisis is very present in the trajectories of the interlocutors, which marks are the interruption of daily life, their moral value and the call (sometimes tacit) of the support network. From the narrative viewpoint, care in emergency rooms and / or psychiatric emergencies is symbolically emptied and even foracluted, while the care support in the terreiros is symbolically rich and offers an horizon for other interpretations and (re)creations of existence; this highlights their importance as institutions that can contribute to the deinstitutionalization in mental health of those who resort to them.
  • Poetry and medical humanities in the Southern Cone: some propositions from Virna Teixeira's work

    CONSTANTIN, FRANCISCO GELMAN

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O artigo propõe-se a delinear algumas direções futuras para os estudos literários no campo das humanidades médicas do Cone Sul, a partir de uma leitura qualitativa da poesia de Virna Teixeira à luz das condições históricas de disputa sobre o conhecimento e as práticas da medicina. Deixando o território tradicional mais restrito da relação de escuta entre médico e paciente e o problema da empatia, a palavra poética é pensada como um componente de um protocolo de cura, e os estudos literários em termos das humanidades médicas, como a investigação do que a literatura pode oferecer para o cuidado dos corpos.

    Abstract in Spanish:

    Resumen El artículo propone esbozar algunas direcciones futuras para los estudios literarios en el campo de las humanidades médicas del Cono Sur, a partir de una lectura cualitativa de la poesía de Virna Teixeira a la luz de las condiciones históricas de disputa sobre el conocimiento y las prácticas de la medicina. Al dejar el territorio tradicional más estrecho de la relación de escucha médico-paciente y el problema de la empatía, la palabra poética se considera un componente de un protocolo de curación, y los estudios literarios en términos de humanidades médicas, como investigación de lo que la literatura puede ofrecer para el cuidado del cuerpo.

    Abstract in English:

    Abstract Through a qualitative reading of Virna Teixeira’s poetry in the light of the historical conditions of struggle over the knowledge and practices of medicine, we suggest some possible lines of future development for literary scholarship in the Medical Humanities from the Cono Sur. Beyond the traditional narrower boundaries of the listening relationship between doctor and patient and the issue of empathy, the poetic word is brought forth as a part of a therapeutic protocol, while literary studies in the way of the Medical Humanities appear as the investigation of that which literature has to offer for the care of the bodies.
  • Care trajectories of users with precursor lesions of cervical cancer by primary health care in a health region: free transit, length and stop points Temas Livres

    GALVÃO, JÔSE RIBAS; ALMEIDA, PATTY FIDELIS DE; SANTOS, ADRIANO MAIA DOS; FERNANDES, NOÊMIA FERNANDA SANTOS

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O artigo objetiva avaliar o acesso e a organização das ações da Atenção Primária à Saúde (APS) utilizando o câncer do colo do útero (CCU) como evento traçador. Foram construídas trajetórias assistenciais de mulheres com diagnóstico de lesão de alto grau do colo uterino, adscritas a Unidades Básicas de Saúde Tradicionais e Unidades de Saúde da Família, de zonas urbana e rural, em municípios do interior e na sede de uma região de saúde da Bahia. As mulheres indicam dificuldade de acesso às consultas médicas na APS, sobretudo na zona rural. Além dos obstáculos para agendamento do citopatológico, a maioria relata não receber convocação para sua realização e não participar de atividades educativas sobre o tema. As ações de controle do CCU na APS são restritas à realização do citopatológico, avaliação do resultado e encaminhamento para rede especializada, sem seguimento do cuidado e com falhas na comunicação profissional-usuária. Foram identificadas barreiras no acesso à APS, em geral, e para controle do CCU relacionadas ao escopo de ações, principalmente nas unidades localizadas no município com menor disponibilidade de serviços, na zona rural e nas UBS tradicionais.

    Abstract in English:

    Abstract The article aims to evaluate the access and organization of Primary Health Care (PHC) actions using cervical cancer (CCU) as a tracer event. Assistance trajectories of women with diagnosis of high grade cervical lesion were constructed, from Basic Health Units and Family Health Units, urban and rural areas, in the interior municipalities and at the headquarters of a health region of the Bahia. Women indicate difficulty accessing medical consultations in PHC, especially in rural areas. In addition to the obstacles to cytopathological scheduling, most patients report not being called to accomplish it and do not participate in educational activities on the issue. The control actions of the CCU in PHC are restricted to cytopathology, evaluation of the outcome and referral to specialized care, without follow-up care and with failures in professional-user communication. Barriers to access to PHC in general and to CCU control related to the scope of actions were identified, mainly in the units located in the municipality with less availability of services, in the rural area and in the traditional Basic Health Units.
  • Antidepressive, anti-anxiety and hypnotics and sedatives agents: an analysis of public expenditure in Minas Gerais state, Brazil Temas Livres

    BARBI, LUCAS; CARVALHO, LILIANY MARA SILVA; LUZ, TATIANA CHAMA BORGES

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A alocação de recursos com a aquisição de medicamentos é um dos maiores desafios para a efetivação da assistência farmacêutica no SUS. No entanto, poucos estudos avaliam a evolução desses gastos no nível estadual, especialmente com as classes dos antidepressivos, ansiolíticos e hipnótico-sedativos. O objetivo do estudo foi analisar e identificar os determinantes dos gastos com essas classes terapêuticas em Minas Gerais. Foram utilizados dados de compras públicas do Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços (SIAD-MG) entre 2010 e 2015. Estimaram-se os gastos e volumes totais, além dos gastos com medicamentos não constantes nas listas de medicamentos essenciais. As análises de “Top 10” e de “Drug Cost 90%” identificaram os medicamentos responsáveis pelo maior gasto, e a análise de decomposição estabeleceu os determinantes da variação das despesas. Os gastos com as três classes totalizaram R$ 81 milhões e aumentaram 2,5 vezes entre 2010 e 2015, passando de R$ 7,5 milhões para R$ 18,7 milhões. Os antidepressivos representaram 89% dos gastos e 71% do volume adquirido. O preço foi o principal fator determinante do aumento das despesas, especialmente na classe dos antidepressivos. Os aumentos dos gastos ressaltam a necessidade de aprimoramento dos procedimentos de compra adotados pelo estado.

    Abstract in English:

    Abstract The allocation of financial resources on medicines procurement is one of the greatest challenges to the effectiveness of the Pharmaceutical Services in the Brazilian National Health System. However, there are few studies evaluating this expenditure trends at state level, especially with antidepressants, anxiolytics, hypnotics and sedatives. The study evaluated public expenditure trends and drivers for these therapeutic classes in Minas Gerais state, Brazil, by using data from SIAD database [Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços] from 2010 to 2015. Total expenditure, volume and also expenditures with medicines not included in the essential lists were estimated. The top 10 medicines in terms of expenditure and drugs accounting for 90% of the total cost were identified. Decomposition analysis was conducted to assess the drivers of expenditure. Expenditure in the period totaled R$ 81 million and increased 2.5 times from 2010 to 2015. Antidepressants accounted for 89% of expenses and 71% of volume. Price contributed positively to the expenditure variation during the period, especially in antidepressants. The results highlight the need of improvement of public procurement procedures adopted by Minas Gerais state.
  • Humanization in health and psychiatric reform: discussion of The Alienist among people with severe psychiatric illness Temas Livres

    LOGATTI, MARIA SILVIA MOTTA; CARVALHO, LICURGO LIMA DE; CÂNDIDO, VIVIANE CRISTINA; GALLIAN, DANTE MARCELLO CLARAMONTE

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O artigo apresenta os resultados de uma investigação realizada junto a pessoas com quadro psiquiátrico grave de um grupo psicoterapêutico. Partindo da metodologia do Laboratório de Humanidades (LabHum), foram realizados 11 encontros para a discussão da obra O Alienista. Das 22 pessoas que participaram da dinâmica, 14 eram usuários em sofrimento mental. Posteriormente, foram realizadas seis entrevistas de História Oral de Vida, analisadas pela Imersão/Cristalização, técnica inspirada na Fenomenologia Hermenêutica. Os eixos temáticos encontrados foram loucura, estigma, formas de tratamento, ciência, poder e o LabHum. A experiência do LabHum mostrou que este é um espaço com efeito terapêutico, promovendo entre os participantes uma maior compreensão de suas histórias de vida e do lugar que ocupam na sociedade, através da experiência do difuso e do indeterminado, algo que a literatura proporciona. O estudo apontou para a pertinência do LabHum enquanto uma possibilidade terapêutica que é capaz de contribuir e agregar com as formas existentes de tratamento, em consonância com valores e diretrizes da Reforma Psiquiátrica.

    Abstract in English:

    Abstract The article presents the results of an investigation conducted with people with severe psychiatric condition in a psychotherapeutic group. Based on the methodology of the Humanities Laboratory (LabHum), 11 meetings were held to discuss the novel The Alienist. Of the 22 people who participated in the dynamic, 14 were users in mental distress. Subsequently, six interviews of Oral History of Life were conducted, analyzed by Immersion / Crystallization, technique inspired by Hermeneutic Phenomenology. The thematic axes found were madness, stigma, forms of treatment, science, power and the “LabHum”. LabHum's experience has shown that this is a space with therapeutic effect, promoting among participants a greater understanding of their life stories and their place in society through the experience of diffuse and undetermined, something that literature provides. The study pointed to the relevance of LabHum as a therapeutic possibility that is able to contribute and aggregate with existing forms of treatment, in line with values and guidelines of the Psychiatric Reform.
  • Facing the discriminatory phenomenon in adult population Temas Livres

    BADALOTTI, TATIANA STRÜMER; TOASSI, RAMONA FERNANDA CERIOTTI; CELESTE, ROGER KELLER

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A discriminação é um fenômeno social causador de prejuízos e iniquidades em saúde. O objetivo desta pesquisa foi explorar a discriminação e suas formas de enfrentamento por servidores universitários. Trata-se de estudo qualitativo analítico, usando entrevistas individuais semiestruturadas, interpretadas pela fenomenologia. A amostra foi intencional, definida pela técnica da bola de neve. Utilizou-se a análise de conteúdo temática proposta por Bardin, com o auxílio do software NVivo para definir categorias analíticas. Os principais resultados revelam um modelo de enfrentamento/combate à discriminação, no qual as categorias se inter-relacionam. A categoria cultura ocupa papel central, interligando as estratégias de cotas, educação formal, legislação e políticas públicas, mídias e educação informal. As cotas viabilizam acesso à educação formal, que reduz discriminação e aumenta oportunidades entre os indivíduos. As leis e políticas alteram o comportamento, tanto pelo seu papel educativo, quanto coercitivo. A mídia permite a interação e discussão sobre nós críticos da discriminação na sociedade. A educação informal cria ambientes viáveis de discussão e estimula o convívio menos discriminatório desde a infância. Este estudo traz novas perspectivas e abordagens alternativas para compreender formas de enfrentamento à discriminação, que é um fenômeno injusto, que cruza múltiplos espaços e contextos sociais.

    Abstract in English:

    Abstract Discrimination is a social phenomenon that causes damage and inequities in health. This paper aimed to explore the discrimination and its ways of confrontation by university servants. This is a qualitative analytical study, using semi-structured individual interviews, interpreted by phenomenology. The sample was intentional, defined by the snowball technique. Thematic content analysis proposed by Bardin was used, with the help of NVivo software to define analytical categories. The main results reveal a model of confronting / combating discrimination, in which the categories are interrelated. The culture category occupies a central role, linking the strategies of quotas, formal education, legislation and public policies, media and informal education. Quotas allow access to formal education, which reduces discrimination and increases opportunities among individuals. Laws and policies change behavior by both its educational and coercive roles. The media allows interaction and discussion about us who are critical of discrimination in society. Informal education creates viable environments for discussion and encourages less discriminatory living since childhood. This study brings new perspectives and alternative approaches to understand ways to confront discrimination, which is an unfair phenomenon that crosses multiple spaces and social contexts.
IMS-UERJ RJ - Brazil
E-mail: publicacoes@ims.uerj.br