Ordenar publicações por
Revista Brasileira de Epidemiologia, Volume: 21, Publicado: 2018
  • Anemia e fatores associados em mulheres de idade reprodutiva de um município do Nordeste brasileiro

    Bezerra, Adriana Guimarães Negromonte; Leal, Vanessa Sá; Lira, Pedro Israel Cabral de; Oliveira, Juliana Souza; Costa, Emilia Chagas; Menezes, Risia Cristina Egito de; Campos, Florisbela Arruda Câmara de Siqueira e; Andrade, Maria Izabel Siqueira de

    Resumo em Português:

    RESUMO: Objetivo: Determinar a prevalência de anemia e seus fatores associados em mulheres em idade reprodutiva do município de Vitória de Santo Antão, Pernambuco. Métodos: Estudo transversal com amostra representativa de 322 mulheres, com idade entre 15 e 49 anos. A anemia foi diagnosticada pela dosagem de hemoglobina abaixo de 12 g/dL. As variáveis independentes foram: condições demográficas e socioeconômicas (idade, raça/cor, escolaridade, alfabetização, presença de crianças com idade < 5 anos no domicílio, regime de ocupação de residência, posse de bens e renda familiar per capita), condições de moradia (número de pessoas no domicílio, número de dormitórios e condições de saneamento básico), segurança alimentar e nutricional e condições de saúde das mulheres (menarca, número de gestações, passado de abortos, índice de massa corporal e ferritina). A regressão de Poisson foi utilizada para a análise dos fatores associados à anemia. Resultados: A média de idade das mulheres investigadas foi de 31,1 ± 6,61 anos (desvio padrão - DP) e a prevalência de anemia, de 18,6% (IC95% 14,7 - 23,3). Após análise multivariável, a anemia apresentou associação significativa com idade ≤ 19 anos e com baixo índice de ferritina. Conclusão: A prevalência de anemia encontrada se caracteriza como um problema de saúde pública de grau leve e segue a tendência mundial de países em desenvolvimento.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT: Objective: To identify the prevalence of iron-deficiency anemia and associated factors in women at reproductive age in the city of Vitoria de Santo Antão, Pernambuco. Methods: Cross-sectional study with a representative sample of 322 women aged between 15 and 49 years. Anemia was diagnosed by measuring hemoglobin below 12 g/dL. The independent variables were: demographic and socioeconomic conditions (age, race/color, education, literacy, presence of children aged < 5 years in the household, regime of residence occupation, ownership of assets, and per capita income), housing conditions (number of people in the household, number of bedrooms, and basic sanitation), food and nutrition security and women’s health conditions (menarche, number of pregnancies, history of miscarriages, body mass index, and ferritin). Poisson regression was used to analyze the factors associated with anemia. Results: The mean age of women surveyed was 31.1 ± 6.61 years old (standard deviation - SD) and the prevalence of anemia was 18.6% (95%CI 14.7 - 23.3). After multivariate analysis, anemia was significantly associated with age ≤ 19 years and low ferritin. Conclusion: The prevalence of anemia is characterized as a mild public health problem and follows the world trend in developing countries.
  • Prevalência e fatores associados ao bruxismo do sono em adolescentes de Teresina, Piauí

    Sousa, Heloísa Clara Santos; Lima, Marina de Deus Moura de; Dantas Neta, Neusa Barros; Tobias, Raissa Quaresma; Moura, Marcoeli Silva de; Moura, Lúcia de Fátima Almeida de Deus

    Resumo em Português:

    RESUMO: Introdução: Bruxismo do sono (BS) é uma atividade muscular repetitiva cuja epidemiologia em adolescentes tem sido pouco estudada. Este estudo observacional transversal objetivou determinar a prevalência e os fatores associados ao BS em adolescentes. Metodologia: A amostra foi constituída de 594 escolares na faixa etária de 11 a 14 anos de Teresina, Piauí, Brasil. Os instrumentos de coleta dos dados foram questionário direcionado aos pais/responsáveis e exame clínico dentário. Para se verificar associação entre BS e variáveis independentes, o teste qui-quadrado de Pearson foi aplicado, bem como análise de regressão de Poisson com variância robusta, com resultados expressos em razão de prevalência (RP). Resultados: A prevalência de BS foi de 22,2%. Na análise multivariada foi observada maior prevalência de BS em adolescentes do sexo masculino (RP = 1,41; intervalo de confiança de 95% - IC95% 1,04 - 1,89), com relato de ronco (RP = 1,39; IC95% 1,02 - 1,89) e dificuldades para dormir (RP = 1,92; IC95% 1,38 - 2,66). Conclusão: BS é uma condição frequente em adolescentes, e os fatores associados à sua prevalência foram: sexo masculino, ronco e dificuldades para dormir.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT: Introduction: Sleep bruxism (SB) is defined as a repetitive jaw muscle activity whose epidemiology in adolescents has been little studied. This cross-sectional study aimed to determine the prevalence of sleep bruxism and associated factors in adolescents. Methodology: The sample consisted of 594 students aged 11 to 14 years old from Teresina, Piauí, Brazil. Self-administered questionnaire was answered by parents/caregivers and dental clinical examination was performed. Pearson’s chi-squared test was used to assess the association between SB and independent variables. Poisson regression analysis with robust variance was applied, with results expressed in prevalence ratio (PR). Results: The prevalence of SB in adolescents was 22.2%. Multivariate analysis showed a higher prevalence of SB in male gender adolescents (PR = 1.41; 95%CI 1.04 - 1.89), presenting snoring (PR = 1.39; 95%CI 1.02 - 1.89) and difficulty falling asleep (PR = 1.92; 95%CI 1.38 - 2.66). Conclusion: SB is a frequent condition in adolescents, and the factors associated with its prevalence were: male sex, snoring and difficulty falling asleep.
Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revbrepi@usp.br