• The gap between what has been defined and what is still pending in occupational health surveillance Article

    Vasconcellos, Luiz Carlos Fadel de; Gomez, Carlos Minayo; Machado, Jorge Mesquita Huet

    Abstract in Portuguese:

    O presente texto tem como objetivo trazer algumas indagações sobre a Vigilância em Saúde do Trabalhador (VISAT), no Brasil, a partir de vários elementos de análise, visando subsidiar o debate sobre o tema na IV Conferência Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora. Os tópicos analisados são: papel dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST) como lugar de fala da VISAT; formação de agentes de VISAT; compromisso dos trabalhadores enquanto sujeitos da ação de VISAT; estratégias de articulação intersetorial com outras áreas do Estado; e o diálogo estruturante entre os pares que atuam no campo da pesquisa e ação da VISAT. Constata-se a existência de ampla e específica legislação sobre a VISAT, inclusive como prioridade da Política Nacional do Trabalhador e da Trabalhadora. Conclui-se que é necessário intenso investimento na formação de agentes e na elaboração de diretrizes específicas para implementar ações sistemáticas e intersetoriais a esse respeito. Neste momento de realização da Conferência, a maior expressão do exercício do controle social, é recomendável que se avalie a sua participação nos processos de vigilância, enquanto pressuposto para garantir a eficácia dessas ações.

    Abstract in English:

    The scope of this paper is to address some questions about Occupational Health Surveillance (VISAT) in Brazil based on various elements of analysis, in order to contribute to the debate on this theme at the Fourth National Conference on Occupational Health. The topics discussed in the article are: the role of Reference Centers for Occupational Health (CEREST) as a place for discussing VISAT; training and qualification of the VISAT agents; commitment of workers as subjects of VISAT action; strategies for intersectorial liaison with other areas of the State; and the dialogue between peers working in the field of research and action of VISAT. It should be emphasized that in Brazil there is specific legislation on VISAT that is a priority of the National Labor Policy. The conclusion drawn is that heavy investment in the training of agents and the development of specific guidelines is needed to implement systematic and intersectorial actions in this respect. At the time of the Conference, the greatest expression of the exercise of social control, it is recommended that the participation in surveillance procedures of health workers be evaluated as a precondition to ensure the effectiveness of these actions.
  • The issue of mental health in occupational health surveillance Article

    Leão, Luís Henrique da Costa; Gomez, Carlos Minayo

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo aborda a questão da saúde mental no contexto da vigilância em saúde do trabalhador (VISAT). Busca-se apresentar aspectos teóricos e políticas institucionais que contribuam para incorporar dimensões da saúde mental nos processos de Visat, considerando a necessidade premente de responder a essa demanda que cada vez se torna mais explícita na área de saúde do trabalhador, especialmente no âmbito da Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador (RENAST). Nessa direção, são sistematizadas e discutidas algumas abordagens teóricas e experiências práticas em saúde mental e trabalho. Realiza-se também uma reflexão em torno das estratégias possíveis para a integração da saúde mental no escopo das ações de VISAT. Entende-se que a origem dos sofrimentos e agravos guarda estreita relação com os elementos que compõem a organização e a gestão do trabalho e, nesse sentido, as ações da vigilância devem incluir e identificar os componentes geradores desses agravos. A diversidade de sofrimentos gerados nas condições e processos de trabalho exige um grande investimento para conhecer e transformar as situações que lhes dão origem.

    Abstract in English:

    This paper addresses the issue of mental health in the Occupational Health Surveillance (VISAT) context. It seeks to present theoretical aspects and institutional policies contributing to the incorporation of mental health dimensions into the VISAT process, in view of the pressing need to attend to this demand that is becoming increasingly important in the occupational health area, especially within the scope of the National Comprehensive Occupational Healthcare Network (RENAST). Some theoretical approaches and practical experiences in mental health and work are systematically presented and discussed in this essay. A survey is also conducted of potential strategies to integrate mental health into VISAT actions. It is our view that the origins of illnesses and ensuing harm are closely linked to the elements involved in work organization and management. Consequently, surveillance practices should include and identify generating components of these negative aspects. The diversity of illnesses caused by work processes and conditions calls for major investment to ascertain and change the situations that give rise to such illnesses.
  • Health of subsistence fishermen and challenges for Occupational Health Surveillance Article

    Pena, Paulo Gilvane Lopes; Gomez, Carlos Minayo

    Abstract in Portuguese:

    Os pescadores artesanais compõem aproximadamente um milhão de pessoas no país, exercem atividades expostos a graves riscos ocupacionais e convivem sem proteção à saúde. Este artigo tem o objetivo de apresentar análise das condições de trabalho e riscos à saúde dos trabalhadores da pesca artesanal e indicar desafios para implementar ações da VISAT. A metodologia se fundamenta na análise qualitativa dos riscos e condições de trabalho, por meio de observações, entrevistas, diagnóstico de doenças do trabalho com avaliação clínica, e deslocamento de equipes itinerantes em oito anos de atividades junto às comunidades de pescadores da Bahia. Os resultados evidenciam desafio da atuação em uma categoria não assalariada e tradicional, com relativa autonomia da gestão, que permanece em precárias condições de vida e sem acesso aos serviços de saúde do trabalhador. Essa comunidade expõe-se sem proteção, diagnóstico, tratamento e reconhecimento previdenciário, a trinta doenças relacionadas ao trabalho. Essa análise é concluída indicando a necessidade de ações intersetoriais da VISAT, na perspectiva de redução da excessiva jornada de trabalho e organização do SUS, para reconhecimento das doenças do trabalho e garantia dos direitos previdenciários por meio de ações centradas na educação em saúde.

    Abstract in English:

    There are approximately a million subsistence fishermen in Brazil whose activities expose them to severe occupational hazards without adequate health protection. This article conducts an analysis of working conditions and health risks faced by subsistence fishermen and outlines challenges to the implementation of Occupational Health Surveillance (VISAT) actions. The methodology is based on qualitative analysis of risks and working conditions through observation and interviews, and diagnosis of occupational illnesses with clinical evaluation. Mobile teams conducted eight years of activities together with fishing communities throughout the state of Bahia. The results revealed the challenge of surveying a traditional self-employed category with relative management autonomy. Fishermen face precarious living conditions without access to occupational health services. They are exposed to thirty work-related illnesses without protection, diagnosis, treatment and social security coverage. The conclusion reached is that there is a need for intersectorial VISAT action to reduce excessive working hours, organization of the Unified Health System (SUS) for acknowledgement of occupational illnesses and guaranteeing social security rights through actions focused on health education.
  • "Dual causation accident": a third type of work-related accident and its importance for occupational health surveillance Article

    Cabral, Lenz Alberto Alves; Soler, Zaida Aurora Sperli Geraldes; Lopes, José Carlos

    Abstract in Portuguese:

    O propósito deste trabalho é contribuir com o aprimoramento da Vigilância em Saúde do Trabalhador no SUS, através do reconhecimento e da introdução na atual classificação da legislação brasileira de um terceiro tipo de acidente do trabalho - o acidente de dupla espécie. Esta classificação visa a facilitar o estabelecimento do nexo causal, ampliando, assim, a compreensão das relações entre processo de trabalho e a produção de doenças, bem como o aprimoramento das normas legais em defesa da saúde dos trabalhadores. Essa abordagem, além de possibilitar a identificação de eventos sentinelas - ponto de partida das ações de vigilância -, poderá contribuir não só para diminuição da subnotificação dos acidentes de trabalho, como também, para a uniformização de conceitos e a implantação de ações integradas entre o INSS, o SUS, o MTE e o Judiciário que busquem a proteção dos trabalhadores. Para essa proposição de uma nova classificação, foi realizado um estudo da legislação que trata dos acidentes de trabalho e das causas de subnotificação, tendo como pano de fundo a Política Nacional de Saúde do Trabalhador no contexto do SUS.

    Abstract in English:

    The scope of this study is to contribute to the improvement of Occupational Health Surveillance in the Unified Health System (UHS), through the recognition and inclusion of a third type of work-related accident in the current Brazilian legislation classification: the dual causation accident. This classification aims at facilitating the establishment of a causal connection, thus broadening the understanding of the relationship between work process and the production of diseases. It also aims at improving legal rules to protect the health of workers. This approach, besides enabling the identification of sentinel events (starting point of surveillance activities), might contribute not only to a decrease in underreporting of work-related accidents, but also to the uniformity of concepts and the implementation of integrated actions of the National Social Security Institute (NISS), the UHS, the Ministry of Labor (MLE) and the Judiciary for the protection of workers. To propose a third type of occupational accident, a study of occupational accidents and causes of underreporting was conducted, with reference to the Brazilian labor legislation in the context of the National Policy on Occupational Health and the UHS.
  • Health surveillance and agribusiness: the impact of pesticides on health and the environment. Danger ahead! Article

    Nasrala Neto, Elias; Lacaz, Francisco Antonio de Castro; Pignati, Wanderlei Antonio

    Abstract in Portuguese:

    Os agrotóxicos são usados abundantemente impulsionados pelo agronegócio. Causam danos ao ambiente e à saúde. Seu uso deveria ser fiscalizado pela sociedade e por instituições dos setores da agricultura, meio ambiente e saúde. Para identificar e avaliar estas ações foram entrevistados gestores e funcionários das Secretarias Municipais e dirigentes sindicais dos trabalhadores e produtores rurais. Encontrou-se no discurso de gestores e produtores rurais a crença de que agrotóxicos são fundamentais para a produtividade agrícola e não geram impactos à saúde e ao ambiente. Não se identificou desenvolvimento de ações de vigilância do uso de agrotóxicos. Os sindicatos dos trabalhadores rurais não desenvolveram articulações políticas que possam beneficiar a saúde dos próprios trabalhadores, de seus familiares e da sociedade em geral. Conclui-se sobre a necessidade de se desenvolver um modelo de agricultura sustentável, saudável e livre de agrotóxicos e que a sociedade organizada e as instituições responsáveis construam ações que atendam os interesses da população que vive do trabalho no campo ou que consome os produtos daí colhidos, sobretudo controlando riscos e repercussões que podem e devem ser evitados.

    Abstract in English:

    Pesticides are abundantly used in agribusiness and can be damaging to health and the environment. Society in general and agricultural, environmental and health institutions in particular have a legal and statutory duty to supervise their use. To identify and analyze these actions, interviews were conducted with managers of the municipal offices and union leaders representing the workers and farmers. Managers and rural producers were of the opinion that pesticides are essential to productivity and do not generate any impact on health and the environment. No policies or institutional relations monitoring pesticide use were identified or being considered. Rural workers' unions do not take any political initiatives to benefit the health of the workers themselves, their families and that of society in general. The conclusion draws is the pressing need to develop a model for sustainable agriculture, healthy and free of pesticides and that organized society and responsible institutions must undertake actions that meet the needs of the people who working on the farms or consume the agricultural products harvested there, especially controlling risks and consequences that can and must be avoided.
  • Urinary lithiasis in civil construction workers as a management indicator for health and improvement in personnel Article

    Ferraz, Renato Ribeiro Nogueira; Aquino, Simone

    Abstract in Portuguese:

    Informações empíricas fornecidas por profissionais de saúde que atuam no setor de pronto atendimento relatam aumento constante do número de trabalhadores da construção civil que apresentam quadros dolorosos agudos, na sua maioria associados à presença de cálculos no trato urinário. O objetivo deste artigo é avaliar a prevalência de litíase urinária em funcionários da construção civil, buscando identificar indicadores para a gestão em saúde e de pessoas. Método: Estudo observacional realizado com a aplicação de um questionário direcionado. Dos 94 participantes, 18 (19%) eram litiásicos, fato este associado principalmente ao sobrepeso e à reduzida ingestão hídrica. A prevalência observada mostrou-se o do dobro da população em geral. Desta forma, é importante prevenir os riscos desta condição, evitando assim o desconforto do trabalhador, reduzindo os custos do SUS com o tratamento e também os das empresas com o absenteísmo, gerando melhoria na produtividade, beneficiando o empregado pelo desempenho e criando perspectiva na melhoria da qualidade de vida.

    Abstract in English:

    Introduction: Empirical information provided by health care professionals acting in the first line of care report a constant increase in the number of civil construction workers that present painful acute conditions, in most cases associated with the existence of urinary tract calculi. Aims: Evaluating the prevalence of urinary lithiasis in civil construction workers, as a means to identify indicators for the management of health and personnel. Methods: Observational study based on directed questionnaire. Results: From the 94 participants, 18 (19%) were lithiasic, mostly due to overweight and reduced fluid intake. Conclusion: The observed prevalence appeared to be two times greater than that of the general population. Thus, prevention for such condition gains relevance, in order to avoid discomfort for the worker, and also reduce costs due to absenteeism, improving productivity, benefiting the workers by performance and creating the perspective of an improved quality of life.
  • Impact of oral health conditions on the quality of life of workers Article

    Guerra, Maria Júlia Campos; Greco, Rosangela Maria; Leite, Isabel Cristina Gonçalves; Ferreira, Efigênia Ferreira e; Paula, Marcos Vinícius Queiroz de

    Abstract in Portuguese:

    A Saúde do Trabalhador tem sido objeto de inúmeros estudos devido, principalmente, à preocupação de que o trabalhador tenha boas condições de trabalho e uma qualidade de vida satisfatória. O presente estudo objetiva analisar o impacto das condições de saúde bucal na qualidade de vida de trabalhadores de uma universidade pública através do Oral Health Impact Profile, na sua versão reduzida (OHIP-14), e fatores associados. Realizou-se um estudo transversal com 326 trabalhadores que responderam às questões do índice OHIP-14, de autopercepção de saúde, morbidade bucal autorreferida, uso de serviços odontológicos e questões socioeconômicas e demográficas. Através da análise de regressão linear múltipla foi feita a associação entre as variáveis independentes e o OHIP-14. Cerca de 40% do impacto das condições de saúde bucal na qualidade de vida pode ser explicado pelas variáveis: escolaridade (p = 0,03), idade (p = 0,03), motivo da consulta odontológica (p = 0,01), percepção de saúde bucal (p < 0,01) e satisfação com dentes e boca (p < 0,01). A utilização do OHIP-14 pode ser útil para o planejamento de programas e ações focados na educação em saúde, voltados para o trabalhador, priorizando aqueles com maiores impactos psicossociais produzidos pelos problemas bucais.

    Abstract in English:

    Occupational health has been the scope of numerous studies, primarily due to the concern that the worker should enjoy good working conditions and a satisfactory quality of life. This study seeks to analyze the impact of oral health on the quality of life of workers at a public university using the simplified version of the Oral Health Impact Profile (OHIP-14) and associated factors. A cross-sectional study was conducted with 326 workers who responded the questions of OHIP-14 about self-rated health, oral morbidity, and socioeconomic and demographic questions. Multiple linear regression analysis was performed to verify the association between the independent variables and OHIP-14. About 40% of the impact of oral health on quality of life can be explained by the variables: education level (p = 0,03), age (p = 0,03), reason for visiting a dentist (p = 0,01), oral health perception (p < 0,01) and satisfaction with teeth and mouth (p < 0,01). The use of OHIP-14 can be useful for planning programs and actions focused on health education for occupational health, prioritizing workers with greater psychosocial impacts caused by oral problems.
  • A study of the status of exposure to polycyclic aromatic hydrocarbons (PAHs) in relation to its metabolites among workers in a Korean chemical factory Article

    Lee, Kwan; Lim, Hyun-Sul; Kim, Heon

    Abstract in Portuguese:

    O presente estudo foi realizado para avaliar o estado de exposição a hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (HAPs) em trabalhadores, por medição de metabólitos urinários, tais como 1-hidroxipireno (OHP) e 2-naftol. Foi realizada uma pesquisa por questionário envolvendo 326 trabalhadores e a mensuração dos metabólitos urinários de 1-OHP e 2-naftol. Foram analisadas as diferenças na urinária 1-OHP e as concentrações de 2-naftol e mudanças pelo trabalho, hábito de fumar e estilo de vida. O número de indivíduos do sexo masculino foi de 314 (96,3%), a maior faixa etária foi a quinta década (170 casos, 52,1 %). Com relação aos metabólitos urinários 1 -OHP e 2-naftol, as concentrações foram significativamente maiores nos trabalhadores produtivos. As concentrações dos metabólitos urinários 1-OHP e 2-naftol foram significativamente maiores nos fumantes. Em um modelo de regressão múltipla, log (1-OHP) aumentou em fumantes e em trabalhadores produtivos, enquanto que log (2-naftol) aumentou apenas em fumantes. Nossos resultados sugerem que os trabalhadores desta fábrica foram expostos tanto a HAPs de fontes não ocupacionais como ocupacionais. A exposição ocupacional a HAPs pode ser diminuída através da melhoria do processo, mas a exposição devido ao fumo só pode ser impedida interrompendo esse hábito.

    Abstract in English:

    The study was conducted to evaluate the status of worker exposure to polycyclic aromatic hydrocarbons (PAHs) through the measurement of urinary metabolites such as 1-hydroxypyrene (OHP) and 2-naphthol. A survey using a questionnaire involving 326 workers with measurement of urinary metabolites of 1-OHP and 2-naphthol was conducted. The differences in urinary 1-OHP and 2-naphthol concentrations, and changes in work, smoking habits and lifestyle were analyzed. The number of male subjects was 314 (96.3%), the largest age group was the fifth decade (170 cases, 52.1%). The urinary 1-OHP and 2-naphthol concentrations were significantly higher in the production workers. The urinary 1-OHP and 2-naphthol concentrations were significantly higher in smokers. In a multiple regression model, log (1-OHP) increased in smokers and production workers, while log (2-naphthol) only increased in smokers. Our results suggest that workers in this factory were exposed to PAHs from non-occupational as well as occupational sources. The occupational exposure to PAHs can be reduced through the improvement of the process, but the exposure due to smoking can be prevented only by giving up smoking.
ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revscol@fiocruz.br